For What It’s Worth 1967

Buffalo Springfield – For What It’s Worth 1967

There’s somethin’ happenin’ here.
What it is ain’t exactly clear.
There’s a man with a gun over there
A-tellin’ me I’ve got to beware.

I think it’s time we stop.
Children, what’s that sound?
Everybody look what’s goin’ down.

There’s battle lines bein’ drawn.
Nobody’s right if everybody’s wrong.
Young people speakin’ their minds
A-gettin’ so much resistance from behind.

I think it’s time we stop.
Hey, what’s that sound?
Everybody look what’s goin’ down.

What a field day for the heat.
A thousand people in the street
Singin’ songs and a-carryin’ signs
Mostly sayin’ hooray for our side.

It’s time we stop.
Hey, what’s that sound?
Everybody look what’s goin’ down.

Paranoia strikes deep.
Into your life it will creep.
It starts when you’re always afraid.
Step out of line, the men come and take you away.

You better stop.
Hey, what’s that sound?
Everybody look what’s goin’..
You better stop.
Hey, what’s that sound?
Everybody look what’s goin’..
You better stop.
Now, what’s that sound?
Everybody look what’s goin’..
You better stop.
Children, what’s that sound?
Everybody look what’s goin’..

Veja também: Feliz Natal (A Guerra Acabou), Faça uma Evolução, CALVIN WARS, I AM BRUCE LEE, Computer History Museum, A Invenção de Hugo Cabret, Symphony Of Destruction, Robin Hulk, V de Vingança

A indústria farmacêutica está fora de controle?

Um canceriano sem lar.

Construímos um sistema médico em que o ato de enganar não é apenas tolerado, mas recompensado, a afirmação é de Carl Elliot, professor de Bioética e Filosofia na Universidade de Minnesota e autor do livro White Coat, Black Hat – Adventures on the Dark Side of Medicine em português: Jaleco branco, chapéu preto: aventuras no lado negro da medicina.

O livro de Elliot se junta a uma série de obras que, nos últimos cinco anos, vem revelando que a indústria farmacêutica escapou de todo o controle e que tem influência sobre a formação, a pesquisa e os médicos.

Confira o que o médico e escritor disse em uma entrevista recente e responda você mesmo a pergunta do título! (Homeopatia Ação Pelo Semelhante)

umbrella

“A Máfia Médica” é o título do livro lançado em 2010 que custou à doutora Ghislaine Lanctot a sua expulsão do colégio de médicos e a…

Ver o post original 88 mais palavras

Neste Chão Tudo Dá

“O Roundup é o espelho do completo ignorante”. Ernest Gotsch

“Neste Chão Tudo Dá – semeando conhecimento e colhendo resultados”.

Documentário realizado em 2008. Como registro de uma viagem à Bahia, o filme fala sobre o pensamento e o trabalho desenvolvido pelo pesquisador e agricultor suiço Ernest Gotsch, que transformou, por meio da prática agroflorestal, uma área de solo pobre em um dos locais com o solo mais fértil do estado. Por meio do contato com essa prática, alguns agricultores rurais começaram a aprimorar suas técnicas agrícolas e melhorar a qualidade de vida de suas famílias. Tv Escola

Veja também: Comer faz bem, Instituto Pindorama, voluntariado., Financiando árvores, Ana Primavesi, Engenheira agrônoma., Clima louco?, O Amaranto Inca Kiwicha invade plantações de soja transgênica da Monsanto nos Estados Unidos, Infinito paralelo, Repo man, Steve’n’Seagulls, Hortas e temperos, Minhocário., Manual de agricultura urbana

Queenstown – Nova Zelândia

novazelandiamap

bumpjumpnovazelandia

A paisagem do lago e das montanhas faz com que o local seja adequado para todos os tipos de aventuras. Há oportunidades para a prática de esqui no inverno e atividades como bungy jump, paraquedismo, canyon swinging, passeio de barco a jato, passeios a cavalo e rafting em rio durante todo o ano.

bikenovazelandia

5x1-nz-logo.en

Veja também: Queda Livre!, Tatu bola, Ar condicionado caseiro, Demãos dadas, Multa não, ciclovia!, Eu vou de bike, e você?, Um Monte de mentiras, Sobre Rodas, Brasileiros criam antena que faz celular funcionar mesmo sem sinal, Canceriano Sem Lar, Bicicleta emprestada!

Dia do Voluntariado

My Favourite Game

My Favourite Game – The Cardigans

I don’t know what you’re looking for
You haven’t found it baby, thats for sure
You rip me down, you spread me all around
In the dust of the deed of time

And this is no case of lust you see
It’s not a matter of you versus me
Its fine the way you want me on your own
But in the end its always me alone

I’m losing my favorite game
You’re losing your mind again
I’m losing my baby, losing my favorite game

I only know what I’ve been working for
Another you so I could love you more
I really thought that I could take you there
But my experiment is not getting us anywhere

I had a vision I could turn you right
A stupid mission in a lethal fight
I should have seen it when my hope was new
My heart is black and my body is blue

And I’m losing my favorite game
You’re losing your mind again
I’m losing my favorite game
You’re losing your mind again

I’m losing my baby, losing my favorite game
I’m losing my favorite game (losing my favorite)
You’re losing your mind again (I try)
I try but you’re still the same (I try)
I’m losing my baby
You’re losing a saviour and a saint


GameView

Veja também: Carry On Wayward Son, Batman – O Livro dos mortos, He Got Game, Motoqueira Fantasma, Catastrofe natural?, Bumblebee era um Fusca???, Atari 2600

Where Is My Mind

Where Is My Mind? – Pixies

With your feet on the air and your head on the ground
Try this trick and spin it, yeah
Your head will collapse but there’s nothing in it
And you’ll ask yourself
“Where is my mind?”
“Where is my mind?”
“Where is my mind?”

Way out in the water
See it swimming?

I was swimming in the Caribbean
Animals were hiding behind the rocks
Except the little fish, but they told me
This is where it’s gonna talk to me honeybunny:
“Where is my mind?”
“Where is my mind?”
“Where is my mind?”

Way out in the water
See it swimming?

With your feet on the air and your head on the ground
Try this trick and spin it, yeah
Your head will collapse but there’s nothing in it
And you’ll ask yourself
“Where is my mind?”
“Where is my mind?”
“Where is my mind?”

Way out in the water
See it swimming?

Veja também: CONSCIÊNCIA EVOLUTIVA, juiz, mas não Deus!, Bonecos famosos, 50 filmes que são melhores do que o livro, Filmes e seus carros, Lucy, Área Q, Bumblebee era um Fusca???, Pessoas criativas são mais propensas à depressão e dependência química, Evolusex

Deixa Eu Falar

Deixa eu Falar – Raimundos

Foi , foi , foi mal aí, véi!
Se eu falei um monte de coisa que você não gosta
Com o microfone eu tenho a faca e o queijo
Olho o jornal, eu ouço rádio, eu só ouço bosta
E na tv eu não gosto de nada que eu vejo

Uma camisa-de-força tamanho mirim
Vai ter que me explicar tintim por tintim
Por que a lei só se aplica a mim
Perigo pra sociedade é o que me dizem
E penso comigo mesmo: por que não eu
Pra cuspir o pensar e taxarem de crime?

“é inverno no inferno e nevam brasas
Por favor, escondam-se todos em suas casas
Pois o anjo caído voa com novas asas
Raimundos, Nativus, Black Alien
Quebrando a espinha de filhos da puta
Como num mergulho de águas rasas”

Liberdade de expressão!!!
Deixa eu falar, filha-da-puta!!!
Expressão!!

“a livre expressão é o que constrói uma nação
Independentemente da moeda e sua cotação”
Deixa eu falar, filha-da-puta!!!
Expressão!!

Preste atenção no que eu vou dizer
Consciência e rebeldia é o que eu preciso ter
Pois minha mente pede
Num hardcore ou reggae
A mensagem vem das ruas, não dá pra esconder
Eu tenho um segredo
Já não tenho medo
Viver não vale nada se eu não me expressar
Seja certo ou errado, de cara ou chapado
Quem é calango do cerrado nunca vai mudar

Não tem flagrante não, não tem flagrante não;
Já bolou, acendeu, virou fumaça, subiu pra cuca;
Fim do Silêncio não deixa goela;
Malandro que é malandro sempre segue o ritmo da favela.

Liberdade de expressão!!!
Deixa eu falar, filha-da-puta!!!
Expressão!!

Deixa eu falar, filha-da-puta!!!
Expressão!!

Liberdade de expressão!!!
Deixa eu falar, filha-da-puta!!!
Expressão!!

“a livre expressão é o que constrói uma nação
Independentemente da moeda e sua cotação”
Deixa eu falar, filha-da-puta!!!
Expressão!!

“de junho a junho eu nasço
Eu morro de março a março
Presencio cenas impossíveis de traduzir para o cinema
Não perco atuações e atos
Mesmo quando abaixo pra amarrar os cadarços
Espaço, espaço, eu preciso de espaço
Pra mostrar pra esses covardes seu crepúsculo de aço
Imperial, como Carlos, eu passo
Conexão nordestina
Até Niterói, morte e vida Severina
Passando por Brasília…
Reis…”

(caralho!!!)

Veja também: Comidinhas de Maconha, Maconha faz mal., Sistema Nacional de Políticas Públicas sobre Drogas, Amigão Vacilão, Comida para o espírito, Pare Pra Pensar, Legalize Já, FHC = THC, A tua mente, SEMENTE DE CHIA (Salvia hispanica), A Meditação e seu cerébro, Filmes e seus carros, Eustácio Bagge, The-The, Pessoas criativas são mais propensas à depressão e dependência química, Tatu bola