“Índio” usa celular? E você, come pipoca?

Katumirim – Instagram

A história da pipoca pelo mundo, começa com indícios comprovam que o milho foi domesticado no México, pela primeira vez, a 9.000 anos atrás. Em 1948 e 1950, pesquisadores descobriram resquícios arqueológicos de pipoca na Bat Cave, centro-oeste do Novo México, e seu tamanho variava de 5 cm até menos de 1 cm. Provavelmente consumidos 3600 anos antes de Cristo, comprovando a teoria de que os mexicanos conheciam a pipoca há milhares de anos. Emílio do Clube da Pipoca

Os antigos indígenas norte-americanos cultivavam o milho, que era chamado mahiz — e que depois passou a se chamar maize (Maíz) —, e o introduziram aos ingleses quando eles chegaram à América nos séculos XVI e XVII. Acredita-se que esses nativos teriam descoberto que os grãos de milho estouravam quando atirados no fogo ou na areia quente. Na época da história da pipoca, ela não era apenas um alimento importante, mas usada também pelos indígenas norte-americanos e astecas para fazer guirlandas com as quais as mulheres se enfeitavam para as danças rituais.

Uma dos primeiros carrinhos de pipoqueiro da história, foi criado por Charles Cretors, em Chicago, no anos de 1880. Após o nascimento das primeiras pipoqueiras, a pipoca se popularizou rapidamente.

A pipoca passou a ser vendida em feiras e circos, bem como em mercados e quitandas. Quando surgiram as “imagens falantes”, os cinemas, não era permitida a venda de pipoca nesses locais porque fazia muita sujeira, mas o público acabava trazendo sua própria pipoca, comprada de vendedores ambulantes. Então, os cinemas logo perceberam que era um bom negócio e passaram a oferecê-la nas suas salas. O primeiro a fazer isso foi Glen W. Dickson, que espertamente instalou uma máquina de pipoca no hall de entrada de uma de seus cinemas.

Em algumas culturas americanas, o milho era uma fonte de alimento tão importante que acreditavam que esse alimento teria uma forte vinculação às divindades que organizavam o seu mundo. De acordo com antigas tradições, o grão de milho armazenava um espírito dentro de si. Com isso, assim que o grão era aquecido no fogo, esse espírito se irritava até estourar. Essa seria uma explicação mítica para o processo de transformação do milho em pipoca. Rainer Gonçalves Sousa – História do Mundo

Na verdade, todo grão de milho armazena dentro de si uma ínfima quantidade de água. Assim, quando aquecida, essa água se transforma em vapor e exerce uma pressão que provoca o estouro do milho. Do ponto de vista nutricional, a pipoca, quando não leva muito sal e manteiga, pode ser uma fonte de alimentação com baixas calorias rica em proteínasferro e fibras.

Pipoze-se: Rick and Morty, C1.21, 9 dicas de como fazer festa junina em casa, Brazil, o filme, Andanças, Bolo de milho, Arroz Basmati com Milho (vegana)

Anciões nativos do ártico enviaram um aviso a NASA e disseram que algo esta acontecendo com a Terra

Anciões nativos do ártico enviaram um aviso a NASA e disseram que algo esta acontecendo com a TerraMundo Dos Mistérios

Hoje, vamos dar uma olhada no que os anciões do Ártico disseram à NASA. Os anciãos nativos do Ártico enviaram um aviso à NASA e ao mundo.

Os anciões Inuit do Ártico têm dito que o mundo está mudando, e eles podem dizer isso por causa da maneira como a terra e o clima estão agindo. Eles disseram que até coisas como o suprimento de alimentos não estão agindo como antes, e que o aumento das inundações está chegando às suas comunidades e administrando suas casas.

O Sol também foi observado de forma normal em relação ao Horizonte.

As tribos Inuit é indígena que vive no Ártico canadense, na Groenlândia, na Sibéria e no Alasca. Os mais velhos escreveram para a Administração Nacional do Espaço e Aeronáutica (a NASA) para lhes dizer que o eixo da Terra mudou. Thoth3126Oscar Brisolara

Os mais velhos não acreditam que as emissões de carbono efetuada pela civilização planetária dos seres humanos estão causando as mudanças climáticas atuais. Eles sentem que é exatamente o contrário, que a mudança do eixo da Terra é que esta causando as mudanças climáticas.

The Inuits of the Arctic regions have actually been enjoying the sun all their lives. Jay GreenbergNeon Nettle

For thousands of years, they and their ancestors before them, have taken note of the changes in its positions at all points throughout the day.

They declare that due to the tilt, the sunlight now strikes Earth from a greater angle.

The Inuits of the Arctic regions have actually been enjoying the sun all their lives.

For thousands of years, they and their ancestors before them, have taken note of the changes in its positions at all points throughout the day.

They declare that due to the tilt, the sunlight now strikes Earth from a greater angle.

The International Business Times reiterates NASA’s claim that this phenomenon is due to global warming.

The Inuits intended to alert NASA that the environmental change was a natural procedure of a moving Earth, not caused by global warming.

Antiga localização dos polos antes da última mudança ocorrida durante o DILÚVIO, em 10.986 a.C.

Em 20 de abril de 2011, a CNN News informou que um terremoto moveu a ilha principal do Japão por 8 pés (2,40 metros) e deslocou a Terra em seu eixo axial. Eles citaram Kenneth Hudnut, um geofísico do US Geological Survey, dizendo: “Neste ponto, sabemos que uma estação de GPS se moveu (8 pés) e vimos um mapa da GSI (Geospatial Information Authority) no Japão mostrando o padrão de mudança de uma grande área é consistente com o deslocamento da massa de terra”.

Eles citaram o Instituto Nacional de Geofísica e Vulcanologia da Itália, que estimou que “o terremoto de magnitude 8,9º no Japão deslocou o planeta em seu eixo em quase 10 centímetros”. Os astrônomos concordam que não houve uma mudança no eixo rotacional da Terra, mas que houve mudanças polares sutis nos últimos dez anos. Esta é uma mudança no que é chamado de eixo da figura.

Essas mudanças são causadas pela deriva continental, que vem mudando a localização do Pólo Norte para o sul em cerca de 10 cms por ano nos últimos 100 anos. Equipes da Universidade do Texas, usando o satélite GRACE da NASA, descobriram que a posição do Pólo Norte para o sul mudou em 2005 e, desde então, a tendência vem em seu deslocamento para leste. Eles detectaram uma mudança de 1,2 metros de 2005 a 2013. Eles concluem que a mudança é causada pelas mudanças climáticas causadas pelo aquecimento global.

O povo inuit habita o extremo norte do Ártico canadense e o faz há milênios. A área em que habitam é quase continuamente congelada sob uma camada de permafrost. Por meses a fio, durante o período de inverno, seus dias começam e terminam na escuridão. Um povo nômade, eles constroem tendas de pele de caribu nos meses mais quentes, e vivem em iglus no inverno.

Anteriormente, eles eram conhecidos como esquimós. A palavra esquimó é de uma palavra em sua língua que significa “comedor de carne crua”. Este grupo de moradores do Círculo Polar Ártico foi renomeado Inuit, uma palavra que significa “o povo”. Inuk é a palavra para descrever um membro da tribo, ou “uma pessoa”. Os Inuit falam muitos dialetos diferentes, todos originários da língua Eskimaleut ou Inuit-Aleut.

Eles são principalmente caçadores nômades, confiando na vida selvagem do Ártico para sua sobrevivência. Eles pescam, caçam mamíferos marinhos, como focas e morsas, e mamíferos terrestres, como a lebre ártica e o caribu, e usam peles de focas para suas roupas, fabricação de suas tendas e a gordura dos animais como combustível. A maior parte de sua dieta é composta de carne crua, pois há muito pouca vida vegetal em seu ambiente.

Terreze-se: Nós, povos da Amazônia, estamos cheios de medo. Em breve vocês também terão., Os guardiões das florestas, Destruição da natureza pelos humanos é suicida, alerta ONU, The Turning Point, Planeta Terra é um ser vivo !

O caminho do Peabiru

O Caminho de Peabiru é uma rota indígena antiga. Para alguns, o significado em guarani é “Terra sem males”, mas são encontradas várias versões para o significado de seu nome. Os Guaranis o chamavam de Peabiru, Piabiru ou Piabiyu, que significa “caminho” em guarani (pia, bia, pe, bia; ybabia: caminho que leva ao céu). Ou Caminho do Peru, sendo a palavra um híbrido de tupi – pe (caminho) + biru (Peru). Secretaria da
Educação e do Esporte do Paraná

Itinerário de Ulrich Schmidel com o Caminho de Peabiru em destaque. Adaptado de Maack (2002). Organizado por Ana Paula Colavite

Os primeiros portugueses, quando chegaram por aqui, ouviram dos índios histórias sobre um caminho que ligava o Oceano Atlântico a um lugar descrito como os Andes. Ele ia de São Vicente, litoral paulista, à Cusco, no Peru. Existiam também outros ramais, partindo de Cananeia, também em São Paulo, e São Francisco do Sul, em Santa Catarina. Esse caminho atravessava os limites territoriais do Brasil até chegar ao Peru, ligando o Oceano Atlântico ao Oceano Pacífico, passando por matas, rios, pântanos e cataratas com uma extensão de três mil quilômetros, aproximadamente.

Esboço do Caminho de Peabiru na América do Sul. Adaptado de Bond & Finco (2004). Organizado por Ana Paula Colavite.

O caminho era uma estrada primitiva, porém muito bem ordenada rumo ao desconhecido, que possuía oito palmos de largura, ou seja, cerca de um metro e meio de largura e um rebaixamento de 40 centímetros. Alguns dizem que o percurso era coberto por uma espécie de gramínea que não permitia que arbustos, ervas daninhas e árvores crescessem em seu curso, e evitava também a erosão, pois ele era intensamente utilizado. O Caminho propiciava uma troca cultural e mercantil muito rica entre os povos. Além disso, atendia à necessidade desses povos em terem um caminho e uma forma de comunicação.

Historiadores e estudiosos do assunto garantem que ela liga a Baixada do Maciambu, em Palhoça, ao Peru. Dayane Bazzo – NSC Total

Flavio dos Santos, 48, nativo de Palhoça e pesquisador do Caminho do Peabiru, conta que tudo indica que os índios abriram a trilha quando estavam indo em busca da Terra sem Males, um lugar onde não havia guerra entre tribos.

Eles caminhavam em direção ao nascer do sol e chegaram na localidade conhecida antigamente como Porto dos Patos, entre o Rio Maciambu e a Enseada da Pinheira. A trilha, segundo Flavio, era o principal caminho que ligava as grandes tribos, assim como hoje as rodovias ligam as cidades.

Ela passa pelo litoral catarinense até o Rio Itapocu, em Barra Velha, sobe por Jaraguá do Sul, Corupá, passa pelo interior do Paraná, Foz do Iguaçu, Paraguai até chegar às atuais áreas da Bolívia e Peru, antigo território do império Inca, de onde os índios traziam ouro para o Brasil.

O primeiro trecho mapeado por Flavio teria saída ou chegada na Praia de Baixo, onde fica um sítio arqueológico, com caminhada por toda a Praia da Pinheira até acessar uma trilha que leva ao Parque Estadual da Serra do tabuleiro. Depois, a caminhada passa pelo viaduto da BR-101, pelo Maciambu, igreja católica, segue pelo Rio Maciambu até o trapiche, passa por Araçatuba, onde fica a trilha antiga, até chegar à Enseada de Brito. Esse trecho tem 25 quilômetros.

Já o segundo trecho, com mais 25 quilômetros, seguiria pela Enseada de Brito, Praia de Fora, Guarda do Cubatão até chegar à igreja de São Tomé, no bairro Passa Vinte. Segundo Flavio, a escolha da igreja foi porque há uma versão religiosa sobre a trilha, de que São Tomé também passou por ela ao vir para cá catequizar a população.

Peabiruze-se: Cuaracy Ra’Angaba – O céu Tupi Guarani, Xokleng, Corredores ecológicos urbanos & Brent’s Bee Corridor, Era da Pilhagem, Jeguatá: Caderno de Viagem, As mais belas estações, Vale, acionistas e as terras indígenas, O Brasil é terra indígena, Reacts: Portuguesa reage a PORTA DOS FUNDOS (Colonizado)

As ferramentas de tatuagem mais antigas conhecidas

Os registros das primeiras tatuagens são antigos. Já foram encontrados registros no antigo Egito. Da mesma forma que indícios de  desenhos sobre a pele também já foram encontrados em diferentes povos de culturas milenares.   – Fatos Desconhecidos

Ferramentas de tatuagem antigas são difíceis de encontrar ou sequer reconhecer como instrumentos para criar desenhos de pele. Mas novos estudos microscópicos de dois ossos de pernas de peru com pontas afiadas indicam que os nativos da América do Norte usaram esses itens para fazer tatuagens entre cerca de 5.520 e 3.620 anos atrás. Vivimetalium

Esses ossos manchados de pigmento são as ferramentas de tatuagem mais antigas conhecidas do mundo, diz o arqueólogo Aaron Deter-Wolf, da Divisão de Arqueologia do Tennessee, em Nashville (EUA), e seus colegas.

Ötzi, o Homem de Gelo, que viveu cerca de 5.250 anos na Europa, exibe as tatuagens mais antigas conhecidas, mas os pesquisadores não encontraram nenhuma das ferramentas usadas para fazer as tatuagens do Homem de Gelo.

Escavações em 1985 revelaram esses ossos de peru e outros elementos de um provável kit de tatuagem no túmulo de um homem no local de Fernvale, no Tennessee, relatam os pesquisadores no June Journal of Archaeological Science: Reports. Os danos nas pontas dos dois ossos de pernas de peru se assemelham ao desgaste característico observado anteriormente em ferramentas experimentais de tatuagem feitas a partir de ossos de cervos, diz a equipe do Deter-Wolf.

Dois ossos de asa de peru encontrados na mesma sepultura de Fernvale exibem desgaste microscópico e resíduos de pigmento que provavelmente resultaram da aplicação de pigmento durante a tatuagem, dizem os cientistas. Conchas manchadas de pigmento na sepultura podem ter mantido soluções nas quais tatuadores mergulharam essas ferramentas.

Nossa Senhora Aparecida, mãe das crianças!

Na verdade o dia das crianças é mais antigo que a comemoração da Padroeira do Brasil. Historicamente, a festa de Nossa Senhora Aparecida, desde 1930, quando foi proclamada a Padroeira do Brasil, era comemorada no dia 08 de setembro.

Somente em 1980, com a visita do agora santo, o Papa João Paulo II é que passou a ser celebrada no dia 12 de outubro. Já o dia das crianças foi instituído na década de 1920, mas somente em 1960 passou a ter relevância de fato, com o forte apoio da indústria de brinquedos.

A maternidade e a fecundidade são duas faces de uma mesmo realidade, a beleza incondicional da vida! Nada melhor do que pedir, nesse dia, que a Mãe Aparecida abençoe as crianças do Brasil, e porque não, pedir que ela nos abençoe, eternas crianças que somos diante de Deus Criador.

Nosso Salvador, Jesus Cristo, já dizia que para poder entrar no Reino de Deus era preciso ser igual uma criança. Jesus acolhia as crianças, as abençoava, trazia-as para o centro das conversas e a elas dava atenção especial. Ele sabia que a singeleza e pureza de uma criança é o reflexo do coração de Deus e que no olhar de uma criança podemos ver refletido o Céu. Pe. Evaldo César Souza, C.Ss.R – Garotada Missionária

Nossa Senhora da Conceição Aparecida, foi proclamada Rainha do Brasil e sua Padroeira Oficial em 16 de julho de 1930, por decreto do Papa Pio e, 50 anos depois, foi decretado oficialmente que o dia 12 de outubro seria feriado oficial no país. Calendarr

Devido à importância que esta santa possui no país, em 1946 foi iniciada a construção de um santuário dedicado a Ela no estado de São Paulo, na cidade de Aparecida.

O Papa João Paulo II, em visita ao Brasil, em 1980, consagrou a igreja como basílica e Santuário Nacional. Assim, o templo é considerado o maior santuário dedicado à Virgem Maria em todo o mundo.

Por sua vez, o Papa Francisco, ao visitar o Brasil em 2016, elevou a basílica à catedral da Arquidiocese de Aparecida.

Dia de Nossa Senhora Aparecida foi oficialmente instituído a partir da Lei nº 6.802, de 30 de junho de 1980.

O dia 12 de outubro foi escolhido para o feriado, pois a data já abrigava outros fatos importantes, como a chegada de Cristóvão Colombo às Américas, em 12 de outubro de 1942, e no ano de 1822, no mesmo dia, após a independência do Brasil, a nação ganhou seu primeiro imperador, Dom Pedro I.

Oração a Nossa Senhora Aparecida

“Ó incomparável Senhora da Conceição Aparecida, Mãe de Deus, Rainha dos Anjos, Advogada dos pecadores, Refúgio e consolação dos aflitos e atribulados, Virgem Santíssima, cheia de poder e de bondade, lançai sobre nós um olhar favorável para que sejamos socorridos por vós em todas as necessidades em que nos acharmos.

Lembrai-vos, ó clementíssima Mãe Aparecida, que nunca se ouviu dizer, que algum daqueles que têm a vós recorrido, invocado vosso santíssimo nome e implorado a vossa singular proteção, fosse por vós abandonado. Animados com esta confiança, a vós recorremos, tomamos-vos para sempre por nossa Mãe, nossa protetora, consolação e guia, esperança e luz na hora da morte.

Livrai-nos de tudo o que possa ofender-vos e ao vosso Santíssimo Filho, Jesus. Preservai-nos de todos os perigos, da alma e do corpo, dirigi-nos em todos os assuntos espirituais e temporais, livrai-nos da tentação do demônio, para que, trilhando o caminho da virtude, possamos um dia ver-vos e amar-vos, na eterna glória, por todos os séculos dos séculos. Amém!”

Nozze-se: Festa de Nossa Senhora das Dores, Nossa Senhora de Guadalupe, O Pib da Pib, Brincadeiras ao ar livre, 29 DETALHES que você PERDEU em CORALINE e o Mundo Secreto, Ser um ser do presente

Garis montam biblioteca com livros que iriam para o lixo

Em Ancara, na capital da Turquia, os profissionais de limpeza urbana tiveram uma iniciativa incrível. Ao perceberem que muitos livros estavam sendo descartados pela população, decidiram se unir para uma operação de coleta e armazenamento e abrir uma biblioteca comunitária. CicloVivo

A história começou com Serhat, de 32 anos, que sempre sonhou em ter uma biblioteca e decidiu juntar os livros que encontrava no lixo. Aos poucos, seus colegas se uniram a ele e em 7 meses conseguiram uma quantidade de livros suficiente para que os colegas do serviço de limpeza tivessem uma boa biblioteca.

Mas, os garis continuaram a recolher livros descartados pela população e a biblioteca foi crescendo cada vez mais. Com isso, surgiu a ideia de abrir uma biblioteca comunitária, para que mais pessoas tivessem acesso ao acervo. A princípio a biblioteca seria apenas para os profissionais de limpeza, amigos e família, mas o grupo de colegas decidiu procurar a prefeitura e levar os livros para um local acessível para toda a comunidade.

A prefeitura apoiou a iniciativa e e adaptou uma antiga olaria que estava fechada há mais de vinte anos. Com a divulgação do trabalho dos garis, dezenas de pessoas passaram a doar mais livros e outras publicações, como catálogos e revistas.

A biblioteca foi inaugurada no bairro de Çsankaya, com um incível acervo de mais de 6 mil títulos, catalogados com seções infantis, livros de pesquisa científica e até publicações em muitos em outros idiomas como inglês e francês. Para completar, a biblioteca ganhou um espaço de leitura, espaço zona infantil, espaços para jogos de tabuleiro e uma cafetaria.

Garize-se: Vida do Gari, Giorggio Abrantes, Biblioteca de objetos Leila Berlin, Biblioteca Web, Flash na Biblioteca, Kamikatsu, como separar o lixo?!?, Cataki, o “Tinder da reciclagem”

Round 6 apavora partido comunista chinês com sucesso estrondoso na China, apesar do firewall

Round 6 apavora partido comunista chinês com sucesso estrondoso na China, apesar do firewallVisão Libertária

A série sul coreana Round 6 está fazendo um enorme sucesso aqui no Brasil. Embora o roteiro não seja algo absolutamente original, o conceito de filmes em que jogadores humanos jogam um jogo de vida ou morte para ganhar prêmios, já foi bem explorado por vários outros filmes, como Battle Royalle, de 2000, e a série de filmes Hunger Games, de 2012 a 2015, a forma como a série é montada é bastante interessante.

Focada em brincadeiras infantis coreanas que, de forma não surpreendente, são similares em outros países da região e não são totalmente diferentes daqui do Brasil.

O fato é que a série é o maior sucesso mundial da netflix de todos os tempos. De longe. Inclusive vamos fazer um vídeo aqui no canal mostrando os paralelos entre a série e o estado, aguarde nos próximos dias. Mas aqui quero falar sobre um outro aspecto surpreendente dessa série que deve deixar a elite política socialista brasileira apavorada: como essa série está fazendo um sucesso absoluto na China.

Sim, com grande firewall proibindo Netflix e tudo mais. Não vou falar detalhes sobre a série, para não dar espoilers e porque, como expliquei, vamos falar sobre ela em um outro vídeo, que já está quase pronto e deve sair nos próximos dias. Mas basta, para o interesse desse vídeo, saber que, na série uma das principais protagonistas é uma norte coreana, fugitiva do regime comunista da coréia do norte.

Mas se você observar as tentativas brasileiras de “controle da internet” ou “campanhas contra fake news” ou ainda “contra discursos de ódio”, no final das contas, o objetivo parece ser o mesmo. Peter TurgunievThis is Libertarian View, your source of decentralized and distributed information

Não é só a elite socialista brasileira que está desesperada para implantar o modelo chinês de controle da internet aqui. Nos estados unidos, os democratas querem algo bem próximo disso também. A mais recente delatora do facebook, que fizemos um vídeo recentemente, “A informante que derrubou o facebook”, quando questionada sobre como ela achava que o problema seria resolvido, disse que achava que o governo deveria criar uma agência de regulamentação de mídias sociais. O fato é que todos os governos do mundo, todos inerentemente socialistas, estão preocupados com as pessoas tendo opiniões próprias derivadas da internet, sem nenhum controle de nenhuma agência do governo. Todos os governos do mundo, nesse momento adorariam ter um controle sobre a internet tão grande quanto o governo chinês tem.

Roundze-se: Turn around, Herbicida RoundUp, cancerígeno?!?!, Mapa 3D do cérebro humano, Trilha sonora de Akira, Músic of Cold Case, Coreia do Norte, a paranoia, AI WEIWEI: NEVER SORRY

Artur Nabeth & Kriança India – Tiradentes [Clipe Oficial]

Artur Nabeth & Kriança India – Tiradentes [Clipe Oficial]Artur Nabeth

Assista agora a “Tiradentes”, quinto vídeo de “Mitos”, álbum de estreia do cantor e compositor Artur Nabeth.

Tiradentes (Artur Nabeth e Manfredo Jr.)

Arrasta a mão do meu sono

Eu quero dormir

Beber mentiras num copo

Até cair E me esgueirar pelas ruas que já não existem mais

Bêbado, trôpego, cego à luz da manhã

Pra afugentar essa sombra que insiste em acompanhar

Cada passo que dou

Não vê que esse é seu dom

Querer ser imortal

A mesma mão que te afaga

Te faz cair

Trama em segredo em tuas costas

Quer te trair

Mas na tua frente, sorrisos solares pra disfarçar

Pra conquistar teu afeto e vender-te ilusão

E em meio as meias e malas e madres, te apunhalar

Pra provar que você

Também padece em dor

E não é imortal

Tiradenteze-se: Joaquim, Os índios nos gibis., Zanshin, Dinâmicos, Eles eram muitos cavalos, Privatização de parques, O choro dos imóveis!

Dia do Nordestino

Dia do Nordestino é comemorado anualmente em 8 de outubro, no Brasil. Calendarr

Esta data homenageia a cultura nordestina e a diversidade folclórica típica da região Nordeste do Brasil. O povo nordestino é um grande tesouro da cultura nacional, um dos maiores traços da identidade do Brasil.

O Nordeste brasileiro é conhecido pelas belíssimas paisagens naturais, culinária, artesanatos, musicalidade e danças que atraem turistas do mundo todo.

A criação desta data é uma homenagem ao centenário do poeta popular, compositor e cantor cearense Antônio Gonçalves da Silva, conhecido como Patativa do Assaré (1909 – 2002).

O Dia do Nordestino foi oficializado com a lei nº 14.952, de 13 de julho de 2009, na cidade de São Paulo, região com a maior concentração de nordestino em todo o país (com exceção do próprio Nordeste, obviamente).

A imagem que tem sido designada ao Nordeste é a de região problema, atrasada e subdesenvolvida. “Essa imagem historicamente atribuída ao nordestino tem relação direta com o papel histórico que essa região desempenha na divisão regional do trabalho dentro do desenvolvimento capitalista”. A professora do Departamento de Serviço Social da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), Evelyne Medeiros, sobre o assunto.

Doutora em Serviço Social, a professora estudou a questão social no Nordeste brasileiro. aponta que o Brasil integra as regiões, mas integra de forma desigual. Segundo ela, é a forma que o capitalismo se desenvolve internamente no país, e faz uma analogia quanto a dependência do Brasil em relação a outros países, que internamente, se manifesta com a desigualdade entre as regiões. “A relação de dependência que acontece externamente se reproduz também internamente através dessa divisão regional do trabalho e dessa integração desintegradora das regiões.”  Júlia Vasconcelos – Brasil de Fato – Recife (PE)

Por aqui é assim… é assim, temos um jeito de falar bem diferente, típico da nossa região e nem a internet escapa disso.

Para ela, o papel desempenhado pela região é fundamental para a produção de riqueza, na transferência de matéria prima e recursos naturais, para o Brasil, sobretudo na exportação e reprodução de força de trabalho barata para outras regiões e para a manutenção das elites locais.

“Não fosse assim, não teríamos uma produção incessante de pobreza e desigualdades, ao mesmo tempo em que se alcança patamares nunca vistos de riqueza no país, mas riquezas essas que são cada vez mais acumuladas privadamente por poucas famílias bilionárias. A pandemia, inclusive, escancara isso”, aponta.

Em um dia para se pensar o que significa ser nordestino e o que representa uma data como o Dia do Nordestino, Evelyne diz que o sentimento é contraditório.

“A nossa história não é harmônica, é uma história atravessada por conflitos. Dentro dessa contradição do sentimento de ser nordestina nesse momento histórico, há uma sensação que é a necessidade de rememorar e de tornar vivo o processo de resistência do qual nós fomos e somos protagonistas. É saber que há esse potencial de luta e que isso, uma hora ou outra, deve romper esse limbo que a história está nos colocando”.

Evelyne finaliza dizendo que, embora massacrada e ameaçada, a memória da resistência anda viva.

Nordeze-se: Conheça o trabalho de 19 tatuadores do norte e nordeste que precisam ser divulgados, Energia eólica, 30% do Nordeste, Norte Nordeste Me Veste, Consciência Negra, FAKE X DISCERNIMENTO e CARTA 7 de Platão, 15 RECEITAS COM TAPIOCA: PRÁTICAS E DELICIOSAS

A torre de bambu que pode extrair até 75 litros de água por dia “do nada”

Uma nova invenção de baixa tecnologia poderia matar a sede de milhões de africanos sedentos absorvendo a água da atmosfera. Pensando pra Frente

Na África há muita luta para encontrar água potável para seu povo. Milhões de aldeões passam de 4 a 6 horas por dia procurando água, e na maioria das vezes ela nem está limpa.

Uma organização sem fins lucrativos criou uma estrutura de bambu barata e rápida de montar que ajudará a trazer água limpa “do nada” para os africanos.

O arquiteto Arturo Vittori desenvolveu o projeto Warka Water, uma estrutura de bambu projetada para coletar água potável do ar. Fernanda DrumondCASACOR

A invenção deles é o Warka Water Tower, que é projetada para coletar até 75 litros de água por dia da atmosfera. Esta estrutura passiva de fácil manutenção depende apenas da gravidade, condensação e evaporação.

A Warka Water Tower é uma torre de 30 pés de altura feita de materiais locais, naturais e biodegradáveis. Possui uma malha laranja resistente à água no interior que coleta a névoa da atmosfera.

Vapor de água atmosférico da chuva, neblina ou orvalho, condensa-se contra a superfície fria da malha, formando gotículas de água líquida. Um toldo de tecido sombreia a parte inferior da torre para evitar que a água coletada evapore. O desempenho é dependente do tempo, mas a torre tem a capacidade de fornecer 100 litros de água por dia.

A torre de água “Warka” tem o nome da árvore Warka. Esta figueira gigante é encontrada na Etiópia e é sagrada porque fornece sombra, comida e um local de reunião para os africanos.

A Warka Water foi projetada para ser de propriedade e operada pelos moradores, um fator chave, que facilita o sucesso do projeto. A torre não apenas fornece um recurso fundamental para a vida, mas também cria um lugar social para a comunidade, onde as pessoas podem se reunir à sombra de suas copas.

No total, o custo para montar uma torre fica entre US $ 500 e US $ 1.000 – menos de um quarto do custo do vaso sanitário desenvolvido por Bill Gates, que custa cerca de US $ 2.200 para instalar e mais para manter. Como seu design é basicamente paramétrico, a torre Warka pode ser facilmente adaptada e implementada em várias situações diferentes.

Com o baixo custo e materiais prontamente disponíveis para fazê-los, esperançosamente mais africanos terão acesso a água potável em um futuro muito próximo.

Warka Water foi apresentada ao mundo durante a Bienal de Veneza em 2012. A equipe por trás do projeto vem, desde então, desenvolvendo uma série de protótipos experimentais e  adicionais, instalando sua primeira torre piloto em uma vila rural no sul da Etiópia, em maio de 2015, que continua sendo monitorada. Lá, Arturo testemunhou aldeões vivendo no meio ambiente, muitas vezes sem água corrente, eletricidade, banheiro ou chuveiro. A população precisava caminhar longos percursos até a fonte de água, lagos desprotegidos frequentemente contaminados.

O projeto Warka Water busca ajudar diferentes comunidades isoladas em lugares como o Haiti, Madagascar, Colômbia, Brasil, Índia, Sumba e Camarões, entre outros. Essa expansão não apenas estimulou a experimentação com outros materiais locais [inclusive as folhas de palmeira], mas também levou a uma série de projetos adicionais, que buscam resolver outras questões importantes. A iniciativa desenvolveu um sistema modular chamado W-solar, que transforma qualquer torre Warka em uma fonte de eletricidade, adicionando painéis solares para fornecer iluminação e energia para recarregar dispositivos móveis. Enquanto isso, a W-garden propõe um sistema que usa a água coletada para a produção de alimentos e W-Wc para a melhoria do saneamento e higiene.

Árguaze-se: Water Crisis in Pakistan, Reuso de água na Semana do Químico, Ranking da poluição plástica nos oceanos, Patrick Kilonzo Mwalua

Pica-pau extinto!?!

pica-pau-bico-de-marfim, que inspirou o personagem da animação “Pica-Pau”, deve ser declarado extinto. Autoridades do Serviço de Pesca e Vida Selvagem dos Estados Unidos anunciaram uma listagem com outras 22 espécies de pássaros, peixes e uma planta devem ser declarados extintos e removidos da lista de espécies ameaçadas de extinção. Uol

O animal inspirou Walter Lantz a criar o Woody Woodypecker, o nosso pica-pau, e eternizou a espécie no desenho que marcou a infância de milhões de crianças ao redor de todo o planeta. Conhecido como o “pássaro do Senhor Deus”. Vivimetaliun

Além das espécies anunciadas, também estão programados para extinção o pássaro outinegra de Bachmanduas espécies de peixes de água doce, oito espécies de mexilhões-de-água-doce do sudeste e 11 do Havaí e das ilhas do Pacífico.

Além deles, o Kauai O’o, um pássaro da floresta havaiana, além de mais oito pássaros, um morcego e uma planta fazem parte da lista.
Pedro Grigori – Correio Braziliense

Os cientistas alertaram que a mudança climática, somada a outras pressões, torna o desaparecimento de animais mais comum. A agência ainda disse que as circunstâncias de cada um também destacam como a atividade humana pode levar ao declínio e extinção de espécies, “contribuindo para a perda de habitat, uso excessivo e a introdução de espécies invasivas e doenças”, disse  o Serviço de Pesca e Vida Selvagem dos EUA.

Em cada caso, os humanos foram a causa final, e os fatores variam, como o desenvolvimento excessivo, a poluição da água, a extração de madeira, a competição de espécies invasoras, os pássaros mortos por penas e os animais capturados por coletores privados.

O pica-pau-bico-de-marfim foi visto pela última vez no estado da Louisiana, nos Estados Unidos, em 1944. A maioria dos animais da lista não são avistados desde a década de 1980.

Devido ao impacto cultural e simbolismo do Pica-Pau, as autoridades norte-americanas não mediram esforços na busca pelo animal. “Nenhum animal do lote foi procurado com mais paixão do que o bico de marfim, o maior pica-pau dos Estados Unidos. Antes habitando florestas antigas e pântanos do sudeste (dos EUA), os pássaros declinaram à medida que os colonizadores europeus e seus descendentes desmataram as florestas e os caçaram”, informou Bridget Fahey, que supervisiona a classificação de espécies do Serviço de Peixes e Vida Selvagem dos Estados Unidos.

De acordo com as autoridades norte-americanas, atividades humanas como agricultura, extração de madeira, mineração e represamento estão diretamente ligadas com o aumento da lista de espécies extintas. As ações tiram o habitat dos animais e poluem regiões.

Quase 3 bilhões de pássaros foram perdidos na América do Norte desde 1970, segundo a agência de notícias Associated Press. No caso do pica-pau-bico-de-marfim, ele sempre foi vítima de colecionadores. Última vez que alguém registrou ter visto o pica-pau foi em 1994. Itatiaia

Picaze-se: Pica pau retardado!!!, , PLANKTON INVASION, Zoo, X-Maus, Primo rico?

Ogusu Apykay

Essa era Ogusu Apykay, na Aldeia indígena Guapo’y, cidade Amambai-MS. Construído com ajuda dos companheiros de luta e vítima de várias ameaças, perseguições, de um fanatismo religioso e Intolerância religiosa hoje foi queimada a pouco e se encontra em cinzas. ” Porque queimam nosso espaço de reza, nosso espaço sagrado? Nunca nós os rezadores e rezadores queimamos igrejas e porque se vêm no direito queimar os nossos sagrados? ” Palavra de uma nhandesy. midiaguaranimbya

É muita tristeza ver esses crimes de intolerância religiosa impune, parece cenas de livros de história da idade média da Europa medieval onde a religião impõe qual é o certo e qual o errado e se não for considerados por eles “certos” são perseguidos, chamam as rezadoras de bruxas de macumbeiros e no fim se vêm no direito de queimar o espaço sagrado, agridem fisicamente. Ainda no século XXI nhandesy são chamadas de bruxas, ainda no século XXI dita era contemporâneo, as casas de rezas são considerados espaços de macumbas, espaço errado pela igreja e queimadas pelo cristianismo.

As perseguições aos anciões e anciãs detentores dos conhecimentos ancestral Guarani Kaiowá está cada vez mais frequente, esses se encontram sem proteção nas comunidades indígenas onde as igrejas as perseguem. Até quando?

Intolerância religiosa é crime, precisamos de justiça parece que não existe a nós nas comunidades indígenas. Kunhã Yvoty relata que é chamada de macaca ao rezar, ela também diz que sua casa de medicina tradicional se encontra em constante ameaça, já que seu agressor ameaça queimar sua casa também.

A religiosidade e o fanatismo cristão é a escória que age em nome da fé para destruir a cultura ancestral do povo Guarani Kaiowá. Todo repúdio ao que aconteceu hoje a casa de reza OGUSU APYKAY. Via: @kunhayvoty

Opyze-se: O Lago de Nós, Carnaval é Perfeição!, Primeira Academia de Língua Nheengatu, Vale, acionistas e as terras indígenas, Não confie em homem branco, Moquém_Surarí: Arte Indígena Contemporânea