O segredo da MERITOCRACIA

O segredo da MERITOCRACIA

O segredo do sucesso, o caminho da vitória e a fórmula para se ter uma vida boa parecem promessas bem sedutoras e muito atraentes. Mas o que é vencer na vida? Existe um calculo matemático onde podemos seguir uma fórmula e assim alcançar o sucesso? Como podemos calcular as chances de sucesso e como essa conta não é tão exata?

Cataki, o “Tinder da reciclagem”

Os catadores recolhem cerca de 90% de tudo o que é reciclado no Brasil. Os trabalhadores autônomos são a base da pirâmide de um setor não regulamentado e não reconhecido. Cataki

No Brasil, são 800 mil catadores. Em Cataki, apenas 1.400 estão cadastrados. Ainda temos muito trabalho a fazer.

Um aplicativo chamado Cataki, disponível para Android e iOS, foi reconhecido com o prêmio de inovação do fórum Netexplo, que é concedido anualmente para projetos de tecnologia com maior impacto social e nos negócios.

Como a ferramenta é destinada a uma população vulnerável, ela não requer que os catadores tenham um smartphone sempre consigo. O usuário procura uma pessoa nas proximidades para fazer o descarte de determinado material e, quando encontra alguém, acessa os contatos do catador para fazer uma ligação. tecmundo

E você pode ajudar a ampliar esta rede. Catador, catadora, se cadastrem.

Voluntário, voluntário, inscreva-se no catador de sua rua. Aquela mulher da cooperativa, aquele homem que puxa carroça … fala com eles!

Nesse contato inicial, data e hora do serviço são agendados, e os catadores combinam com seus clientes o preço adequado para a realização do transporte do material.

Os idealizadores do app arrecadaram R$ 160 mil para desenvolver a ferramenta e inscreveram seu projeto no prêmio de inovações tecnológicas do Netexplo, um observatório independente de estudos sobre o impacto de tecnologias na sociedade e nos negócios, parceiro da Unesco. Segundo a Deutsche Welle, mais de dois mil projetos de várias partes do mundo foram avaliados pela comissão do Netexplo, e o Cataki foi o vencedor.

Cataki é um processo aberto, sem fins lucrativos e colaborativo.  Nós precisamos da sua ajuda. Você pode:

  • Registre colecionadores
  • Escritório
  • Arrecadar fundos
  • Desenvolver (nodeJS, React, HTML, CSS)
  • Design e comunicação
  • Outro trabalho voluntário

Catakize-se: Contrapropaganda sobre a Cannabis, Sexo seguro!, 69 com moral da história., CATAKI, Coleta Seletiva e Reciclagem em condomínios, Reciclagem, flores e pneus, Como a Suécia consegue reciclar 99% do lixo que produz?

Blumenkohl – Linsencurry mit Möhren

Ein köstliches Gericht 

ZUTATEN für 3 – 4 Personen …

  • 1 Blumenkohl mittlere Größe
  • 3 mittelgroße Möhren
  • 300 g gekochte Berglinsen
  • 1 EL Rapsöl
  • 2 Zwiebeln
  • 1/2 EL Curry
  • 300 g Brühe
  • 2 EL frische Petersilie

ZUBEREITUNG …

Den Blumenkohl von den äußeren, nicht so schönen Blättern säubern. Die jungen knackigen Blätter könnt ihr dran lassen.

Dann in einen Topf ca. 1 Liter Wasser geben, salzen und den Blumenkohl ca. 15 – 20 Minuten auf Biss köcheln lassen.

In einem weiteren Topf etwas Rapsöl erhitzen, die geschnittene Zwiebeln darin anschwitzen und mit der Brühe angießen.

Die Möhren putzen, in Stücke geschnitten zugeben und ebenfalls auf Biss köcheln lassen.

Den Blumenkohl in Röschen teilen und mit den bereits gekochten Linsen zu den Möhren und der Brühe geben.

Mit dem Curry, Salz und Petersilie würzen und in Teller anrichten.

Nun wünsche ich euch einen guten Appetit.

Eure Gitta von Gittakocht.com

Soluções ecológicas para afastar insetos

O CicloVivo ensina algumas soluções ecológicas para afastar formigas, moscas, mosquitos, baratas e pernilongos. Ucho.Info

Para afastar formigas

Nos locais onde as formigas passam e costumam aparecer, espalhe um dos itens a seguir: cravos da índia, borra de café; sal; farinha de trigo (branca); cinza; ramos de menta ou gotas de óleo essencial de menta numa bola de algodão; bolas de cânfora, um limão cortado num pires ou algodão umedecido com gotas de óleos essenciais de hortelã-pimenta, hortelã e citronela.

Em alguns casos, esses produtos podem não ser suficientes. Para as formigas mais resistentes coloque punhados de cravo-da-índia, folhas de louro e cascas de limão ou de tangerina, todas essas ervas possuem óleos essenciais repelentes. Outra opção é usar um composto de hortelã seca, pimenta-de-caiena e bórax.

A mistura de água e vinagre também ajuda a afugentá-las. Basta passar nos objetos em que as formigas aparecem.

Para afastar moscas e mosquitos

Espalhe chumaços de algodão embebidos em lavanda pela casa para afastar esses insetos. Outra opção é colocar tigelas com cascas frescas de limão e laranja misturadas com cravos secos.

Das ervas também podem ser feitos molhos para serem colocados em jarras ou vasos. No composto escolha alguns dos produtos a seguir: sabugueiro, alfazema, hortelã, hortelã-pimenta, artemísia, poejo e arruda. Se não quiser fazer molhos, basta apenas espalhar eucalipto, manjericão, alecrim e folhas de louro pisadas em uma taça com água.

Para afastar baratas

A solução mais simples para impedir que elas cheguem perto de suas roupas é colocar folhas de louro nas gavetas. Já para a casa, misture uma massa de 100 ml de ácido bórico com uma colher de sopa de farinha de trigo e uma cebola picada faça bolinhas e espalhe-as em sua residência.

Assim como outros insetos, as baratas podem ser repelidas com algodão embebido em óleos essenciais e com sachês de cravo-da-índia. Não se esqueça de colocar protetores nos ralos e consertar canos quebrados, pois ambientes úmidos atraem as baratas.

Para afastar pernilongos

Prepare uma solução com parafina líquida, leite e água e aplique-a nas paredes, vãos de janelas e pontos de luz. Outra dica é utilizar citronela, a planta é conhecida por ser um eficaz repelente ecológico. Considerado um biopesticida, o óleo essencial dela pode ser usado para afastar diversos insetos e a melhor opção é comprá-lo pronto, uma vez que a extração caseira do óleo da planta não é muito fácil de ser realizada.

Os pernilongos também podem ser afastados com a ajuda de ramos de hortelã e com limões cortados ao meio e espetados com cravos. (Do CicloVivo com informações de 365 coisas que posso fazer e Blog da Karlinha)

Criolo – Ao Vivo em Paris 2015

Criolo – Ao Vivo em Paris 2015 – Turnê Convoque seu Buda (HD)

1. Convoque Seu Buda 0:00:35 2. Esquiva da Esgrima 0:04:54 3. Subirusdoistiozin 0:09:27 4. Casa de Papelão 0:14:26 5. Sucrilhos 0:20:20 6. Pé de Breque 0:24:46 7. Freguês da Meia-Noite 0:30:40 8. Grajauex 0:35:50 9. Lion Man 0:38:43 10. Cóccix-ência 0:44:30 11. Não Existe Amor em SP 0:50:10 12. Pegue pra Ela 0:58:47 13. Cartão de Visita 1:04:54 Encore: 14. Demorô 1:09:37 15. Tô Pra Vê 1:15:20 16. Bogotá 1:18:52

®Todos os direitos reservados ao Criolo.

Crioloze-se: Hemp Roll, Clara Rosa, Eu voto em você!?!, (In)dependentes

Vídeo simula ação de robô-soldado

Em função disso, a ‘Corridor Digital’, estúdio de produção de Los Angeles especializado em efeitos visuais, fez uma montagem impressionante simulando a ação de um robô-soldado, desenvolvido com inteligência artificial do Pentágono, em um cenário de batalha fictício com soldados humanos. Apesar de se tratar de uma brincadeira cheia de efeitos especiais, nos dá a entender que, em breve, a intervenção humana em conflitos de guerra se tornará completamente desnecessária. Matheus Luque

Só no ano de 2019, diversos projetos envolvendo diferentes robôs entraram em ação, como o robô pizzaiolo, o robô cozinheiro e o robô carregador.

Runzer-se: Robôs do Face criam língua própria – mas calma, não é a revolução das máquinas, Como Fazer um Robô, A evolução dos robôs., Robô em busca de liberdade, Nikola Tesla

Pés pretos

Ainda hoje revejo a cor em que, em criança, deixava a água do banho e o contentamento com que observava o seu escurecer assim que os pés pretos entravam na banheira. Barriga Cheia

Pintava orgulhosamente a água, contrariando assim a professora de Ciências da Natureza que ensinava aquela ideia peregrina de que “a água não tem cor”!…

Hoje é assim. Quando somos donos do nosso tempo e encontramos um sítio que gostamos, improvisamos uma casa. E tal como alguém que se descalça quando chega a casa potenciando o conforto, também nós nos descalçamos. O pé descalço tem este significado.

Os pés pretos são a tatuagem da experiência vivida em toda a sua plenitude, sem barreiras impostas por um calçado mais ou menos confortável, sem filtros impostos por normas mais ou menos instituídas.

Os pés pretos sentiram a viscosidade da relva, a humidade do piso molhado, o calor da terra…

(Imagino que aquele slogan de um famoso produto de limpeza de roupa que apregoa que “É bom sujar-se” tenha esta ideia implícita…)

Se disser que o foco desta imagem está em 4 pés pretos, não estou, de forma alguma, a desvalorizá-la. Muito pelo contrário.

Estes quatro pés pretos revelam duas almas lavadas. E, geralmente, é diretamente proporcional: quanto mais pretos os pés, mais cheios os corações e mais cor-de-rosa as memórias.

E, mais logo, quando formos para a nossa casa de verdade, construídas à prova do vento que aqui nos embala, e pintarmos a água do banho, sabemos que o que ganhámos não vai escorrer com o preto….

Menta, aranhas, baratas, formigas e ratos?

Estamos trazendo uma dica simples. Cura pela Natureza

Ela é natural e totalmente ecológica, você não vai matar os insetos, vai apenas mantê-los longe da sua casa.

As duas são da mesma família, mas a menta tem sabor e cheiro mais fortes.

A hortelã também pode ser utilizada para a mesma finalidade, mas a menta é mais forte, por isso é mais efetiva.

Você pode plantar várias mudas de menta em torno do seu jardim, ou combine alguns gotas óleo essencial de menta (vende-se em lojas de produtos naturais ou na internet) com água e coloque a mistura em um frasco tipo spray.

Pulverize as janelas, portas e cada canto da sua casa, é natural e ecológico, você não colocará a saúde de sua família e de seu animal de estimação em risco.

Hortelã é a Mentha piperita e a menta é a Mentha spicata. São plantas muito parecidas, mas uma é mais forte no aroma e no sabor do que a outra. Dimóvel

GURGEL MOTORES: O LEGADO

GURGEL MOTORES: O LEGADO – Canal Flashback, com Carlos Bighetti

Em setembro de 2019, a Gurgel Motores completaria 50 anos de fundação! Uma história construída com estudo, trabalho duro, talento e persistência, além de muito dinheiro e teimosia, por João do Amaral Gurgel, um brasileiro de valor.

Ele tinha espírito empreendedor e era um visionário: antecipou em décadas os conceitos de carro elétrico, hoje festejado pelos seguidores da Tesla, de Elon Musk; do carro ultra compacto Smart e até de algo mais cosmético, como o estilo “cross” ou “adventure”, de veículos para uso na cidade e fora da estrada. Da prancheta do Gurgel, saíram dezenas e mais dezenas de projetos de tudo quanto é tipo de carro. São tantos que não consegui colocar todos nessa reportagem especial de 52 minutos: acabou virando um documentário.

O Canal Flashback apresenta uma bela seleção, com representantes de todas as famílias e estilos de veículos produzidos por ele, graças aos novos amigos colecionadores do Gurgel Clube de São Paulo e do grupo X-15 & Cia., do Facebook e do WhatsApp, ainda tem imagens raríssimas dos arquivos da fábrica de Rio Claro, resgatadas por arqueólogos urbanos como Leandro Basso e Felipe Olivani, que foram essenciais para a realização deste trabalho.

Moplast, kart, minicarros, Macan, Gurgel, 1200, Ipanema, Enseada, Augusta, Xavante, X-10, X-12, Itaipu, Transa, X-15, Jipão, X-20, G-15, E-400, E-500, GTA: Gran Turismo Articulado, XEF, Carajás, Cena, BR-800, Furgão, Tocantins, Motomachine, Supermini, Delta.

Gurzel-se: Itaipu E-400: o primeiro carro elétrico brasileiro, Conversão de veículos elétricos, Usina Solar no Brazil. Aluga-se!, Índio? No Brazil? Nunca existiu?!?, Copaíba do Brazil!?!, eTruck

Plantez des arbres avec le moteur de recherche Ecosia

Ecosia est un moteur de recherche gratuit alternatif à Google et est également écologique. Pourquoi ne pas continuer à faire vos recherches tout en plantant des arbres par la même occasion ? Les Jumelles

Le principal objectif d’Ecosia est de planter des jeunes arbres. Le saviez-vous ? Lorsque vous utilisez le moteur de recherche Ecosia, les revenus provenant de publicités et des recherches sont investis dans une bonne cause.

Le moteur de recherche Ecosia a été fondé en 2009 par l’allemand Christian Kroll. Le moteur de recherche Ecosia (optimisé par Bing de Microsoft) réinvestit 80% de ses bénéfices dans la plantation d’arbres. En effet, chez Ecosia, faire 45 recherches permet de planter un arbre.

Depuis sa création en 2009, Ecosia s’est investi à ce jour dans 17 pays, notamment au Brésil, au Pérou, au Canada, au Sénégal, au Ghana, en Tanzanie, à Madagascar et au Maroc. Ces projets sont d’ailleurs très nombreux.

Christian Kroll (fondateur d’Ecosia), explique que planter des arbres est l’une des façons les plus efficaces pour éliminer le dioxyde de carbone dans l’atmosphère. Mais tout le monde n’en est pas conscient.

En allant sur le lien des rapports financiers, vous pourrez faire bouger le cercle et comprendre le fonctionnement.

Vous voulez installer Ecosia sur votre ordinateur ? ou sur votre téléphone ?

Il suffit d’ajouter une extension à Google. C’est très rapide et cela se fait sur le site d’Ecosia. Pour mettre Ecosia sur votre téléphone, vous n’avez qu’à télécharger l’application pour commencer vos recherches. 

Planteze-se: As MELHORES PLANTAS pra HORTA, São Paulo ganha escola de hortas para pessoas em situação de rua, Embrapa Live, Prefeitura e Segurança alimentar, Plantas Que Espantam Insetos, “A MÃE DO BRASIL É INDÍGENA”, Eu voto em você!?!

Brazilian Berry

Brazilian Berry é uma fruta nativa aqui do BR e bastante incomum e caríssima em outros lugares, típica da mata Atlântica, leva entre 10 e 15 anos para começar a dar frutos e ainda assim, geralmente, é uma única safra por ano, de agosto a setembro, às vezes, dá fora de época também.

Sempre docinhas e pretinhas, são deliciosas para comer, para fazer doces, sucos e até drinks (misturei com tequila e leite condensado e preciso dizer que ficou sensacional, aprovado!). Amor e um pouco mais

A jabuticaba é conhecida no mundo vegetal como couve-flor, ou seja, suas flores e frutos brotam diretamente do tronco. A casca dessas esferas é comestível, mas com um sabor forte de ervas devido ao seu alto teor de tanino. Os coletores podem usar a pele medicinalmente (para tratar  tosse com sangue, disenteria ou asma). Atlas Obscura

https://amoreumpoucomais.wordpress.com/2020/09/15/brazilian-berry/

Como as uvas, existem muitas variedades da fruta. Um dos mais comuns, conhecido como jabuticaba vermelha (embora seja mais violeta), tem gosto de iogurte de mirtilo. As jaboticabas brancas têm gosto de lichia azeda e as jaboticabas de Grimal têm gosto de doce de uva. Mas isso é apenas uma pequena amostra. Existem inúmeras outras variedades. Uma coisa que todos parecem ter em comum é que estão cheios de sabor.

Jabuticaba, or Jaboticaba, may also be referred to as Brazilian grape tree and is botanically classified as Plinia cauliflora and a member of the Myrtaceae family. It is a tropical or subtropical evergreen tree native to Brazil that produces thick-skinned purple fruits that resemble large grapes. Specialty Produce

In Brazil, Jaboticaba fruit is one of the richest native sources of antioxidants, specifically of anthocyanins with most of them being located in the skin of the fruit. The fruit’s purple skin contains a significant amount of tannins, water-soluble polyphenols which have been the subject of some nutritional debate as to whether they are good or bad for humans. Some studies indicate that tannins exhibit carcinogenic activity which in some people when consumed in mass can impact health negatively. Recent studies, however, show that plant tannins such as found in Jaboticaba fruit have massive antioxidant potential and are being tied to a long list of curative and preventative health benefits.

Brazilian aborigines consumed jaboticaba as a snacking fruit and used it to make a fermented wine. It has also long been used in Brazilian traditional medicine to treat inflamed tonsils, asthma, and gastrointestinal distress. The fruit is so important in Minas Gerais that an image of the tree even appears in the city of Cotagem’s coat of arms, and in the city of Sabará a celebration of the fruit is held annually.

Jaboticaba is thought to have originated in the Minas Gerais region of Brazil. Some species of Jaboticaba are also indigenous to Uruguay, Bolivia, Peru, northeastern Argentina, and Paraguay. Jaboticaba first made their way to Santa Barbara, California around 1904.

Dia Mundial das Abelhas

No dia 20 de maio celebra-se o Dia Mundial das Abelhas. Essenciais para a produção de alimentos, estes agentes polinizadores estão morrendo pela aplicação de agrotóxicos nos cultivos e pela perda de habitat natural. Entre os esforços para reverter o declínio das abelhas, há grupos que incentivam a criação de abelhas sem ferrão. Marcia Sousa

O projeto “beehome” da empresa sueca Ikea, cria casinhas de madeira para abelhas, esta dividido em três etapas. A primeira delas é escolher o design que deseja tendo como base parâmetros predefinidos. Você pode selecionar altura, quantidade de andares e qual será a base da casa – isso muda conforme onde pretende instalá-la – telhado ou quintal, por exemplo. CicloVivo

Em seguida, poderá fazer o download do design instantaneamente e de graça. Depois basta procurar um marceneiro para fazer os cortes ou, se tiver habilidades manuais, fazer você mesmo.

O último passo é plantar flores ao redor da “residência” para atrair as abelhas.

O projeto, que tem código aberto, foi criado pelo SPACE10 – centro de inovação externo da IKea – em parceria com o estúdio Bakken & Bæck e a designer Tanita Klein.

Veja aqui como fazer sua casinha para abelhas.

Beezze-se: Corredores ecológicos urbanos & Brent’s Bee Corridor, The Bee Is The Most Important Of The Planet, As abelhas-azuis, Manual de Apicultura em Pequena Escala

Prefeitura e Segurança alimentar

O objetivo da prefeitura de Victória, no Canadá, é garantir a segurança alimentar das pessoas em um período de dificuldades econômicas e instabilidade. CicloVivo

Victória é uma cidade canadense famosa por seus jardins de flores. O clima favorece o cultivo de diferentes tipos de flores e a cidade é conhecida como a capital florida do Canadá, ou a “cidade jardim”. Natasha Olsen

Esta é a primeira vez, desde a II Guerra Mundial, que a prefeitura foca seu trabalho em ajudar os cidadãos a produzirem sua própria comida. O objetivo é garantir a segurança alimentar na cidade em um momento em que muitas pessoas estão com problemas econômicos, o valor dos alimentos está subindo nos mercados e alguns estoques de comida estão baixos.

De acordo com o site da prefeitura, a prioridade será dada a quem perdeu o emprego recentemente, população indígena, pessoas com imunidade baixa ou grupos de risco, famílias em situação de vulnerabilidade social e casos especiais que serão avaliados pela administração municipal.

Até o momento, a equipe de jardinagem municipal já disponibilizou 75 mil mudas para doação, num total de 17 espécies de vegetais: brócolis, alface, tomate, pepino, abobrinha, abóbora-menina, repolho, folhas de mostarda, acelga, couve, manjericão e salsa.

Durante a ação, os estudantes que trabalham com voluntários estão fazendo cursos de agricultura e aprendendo sobre as políticas de crédito agrário do país. A agricultura urbana e familiar é muito valorizada e uma série de medidas e protocolos da prefeitura estimula a população a produzir sua própria comida.

A cidade permite, por exemplo, a criação de galinhas e abelhas nos quintais, estimula a criação de hortas comunitárias, pomares, jardins em telhados verdes e tem um programa especial que patrocina o plantio de árvores frutíferas e de castanhas em espaços públicos. A venda de produtos cultivados em casa também é permitida e estimulada como uma ferramenta de melhorar a economia doméstica.

Cerejas do Brasil e Grumixama!?!

cereja-do-Rio-Grande ou cerejeira (Eugenia involucrata DC.; Myrtaceae) é uma árvorefrutíferabrasileira. sua distribuição se dá também na Argentina, Uruguai e no Paraguai. A ocorrência da espécie se dá no Bioma Mata Atlantica, mais especificamente nos ecossistemas de Florestas Ómbrofila Densa, Estacional Semidecidual e Ombrófila Mista, podendo ser encontrada desde o estado do Rio de Janeiro até o Rio Grande do Sul. Wikipedia

grumixama (Eugenia brasiliensis Lam., da família Myrtaceae) é uma árvore brasileira da floresta pluvial da Mata Atlântica, também chamada xaneira de nega, grumixabagrumixameiracumbixabaibaporoiti e gurumixameira. Wikipédia

Árvore de até 15 metros de altura, nativa das matas primárias desde a Bahia até Santa Catarina, em mata aluviais e encostas suaves, é, hoje, rara.

Apesar do crescimento lento, a grumixameira é resistente a variações climáticas, não apresenta dificuldades em seu cultivo e é muito usada em projetos de restauração florestal.

Na medicina popular, a casca da grumixameira tem uso na elaboração de xarope expectorante e a ingestão da fruta é considerada curativa para inflamações bucais e de garganta. Com elevados teores de vitaminas C, B1 e B2 e flavonoides, a grumixama ainda tem ação adstringente, diurética e estimulante – e, por ser rica em antioxidantes, protege as células do corpo contra os radicais livres, que provocam o envelhecimento precoce e causam vários tipos de doenças. Contudo, ressalte-se que são efeitos não comprovados cientificamente. Toda Fruta

A origem do seu nome Grumixama, segundo o vocabulário Tupi-Guarani, provém de “guamichã” que quer dizer: o que pega na língua. Seu fruto “pega na língua” por ser bastante palatável e com sabor inigualável, e ainda é uma mistura de doçura e acidez, um misto de Pitanga e Jabuticaba. Frutiferas

Grumixama é Rica em Antioxidantes: A Grumixama é rica em antioxidantes que possuem como papel principal proteger as células sadias do organismo contra a ação oxidante dos radicais livres. Uma dieta rica com o consumo de Grumixama colabora para a redução da situação de Estresse oxidativo (desequilíbrio entre os níveis de radicais livres e antioxidantes). 

 Combate doenças cardiovasculares: Ainda por conta dos antioxidantes presentes em sua composição, a grumixama também pode ajudar a combater vários tipos de doenças cardiovasculares, como arteriosclerose, hipertensão, AVCs e ataques cardíacos. Isso porque as suas propriedades são capazes de eliminar os radicais livres presentes no organismo, principais causadores de problemas no coração.

 Grumixama Como Expectorante: Foi descoberto que a Grumixama pode ser usada como expectorante para cessar a Tosse, quando adicionada a um xarope com a sua casca e um pouco de mel é capaz de provocar ou promover a remoção de impurezas do ar inspirado. Para uma melhor compreensão,  a Grumixama ajuda na expectoração ou seja, na eliminação das secreções.

 Grumixama é Fonte de Vitamina C: A Grumixama possui alto teor de Vitamina C que sua principal função é produzir e nutrir o Colágeno, um nutriente encontrado nos vasos da pele, ligamentos e no sangue. A Vitamina C é fundamental para a cicatrização da pele, para a manutenção dos vasos sanguíneos, ajuda a cuidar do Coração, a proteger de certas doenças degenerativas, além de participar na metabolização de outros nutrientes e vitaminas.

 Grumixama Funciona Como Adstringente: Funcionando também como adstringente, a Grumixama além das funções comuns aos tônicos, complementa a limpeza da pele, fecha temporariamente os poros e ajuda a controlar a oleosidade da pele.

  Como Diurético: A Grumixama funciona como diurético que atua no rim, aumentando o volume e o grau do fluxo urinário. Também promovem a eliminação de eletrólitos como o Sódio e o Potássio, sendo usados no tratamento da Hipertensão, insuficiência renal, insuficiência cardíaca ou cirrose hepática, pois perda de Sódio provoca redução de líquido extracelular.

 Por conta disso, ao consumir a fruta diariamente, você pode conseguir a eliminação dos eletrólitos, como potássio e sódio, ajudando no combate a problemas como hipertensão, insuficiência cardíaca, insuficiência renal ou cirrose hepática. Para quem não sabe, perda de sódio pode provocar a redução do líquido extracelular.

 Melhora os rins: A grumixama possui propriedades diuréticas, o que quer dizer que ela pode ser consumida para atuar no melhor funcionamento dos rins, aumentando o volume e o grau do fluxo urinário.

Combate a retenção líquida: Por ajudar na remoção das substâncias químicas tóxicas do organismo, comer a grumixama pode auxiliar no combate à retenção líquida, podendo evitar os terríveis inchaços na barriga que dão a sensação de aumento de peso.

 Prevenção do Câncer: Existem alguns alimentos que ajudam a prevenir o Câncer, entre esses alimentos, as frutas também estão incluídas e a Grumixama, desempenha seu papel na prevenção do Câncer muito bem, devido a substâncias específicas, como os antioxidantes encontrados nela que protegem as células do organismo ajudando a combater e a evitar o aparecimento de Câncer.

Outros Benefícios da Grumixama:

 ► Auxilia na remoção de substâncias químicas tóxicas do nosso corpo;

 ► Participa do processo de Digestão e absorção de Carboidratos, gorduras e Proteínas e da  produção de energia a partir deles;

 ► Auxilia na produção de ácido clorídrico (HCL), o ácido do Estômago, fundamental para uma boa Digestão;

 ► Participa da produção de hormônios sexuais e hormônios relacionados ao Estresse;

 ► Importante para a ação de enzimas antioxidantes;

 ► Contribui com o bom funcionamento dos sistemas cardiovascular e nervoso;

 ► Energizante;

 ► Revitalizante;

 ► Rico em Vitamina B1 e B2.

Patrick Kilonzo Mwalua

Patrick Kilonzo Mwalua, water man, kenya

The story of Patrick Kilonzo Mwalua, the farmer bringing water to animals during droughts, has fascinated many. We asked him about his new project.

To many, Mwalua is a hero. When we point this out to him, he bursts out in sincere and melodious laughter. It seems like fame hasn’t changed him at all: he’s driven by his love for animals and for his land, a remote region of Kenya located about fifty kilometres from Tsavo National Park. It all started in November 2016, when Mwalua decided to rent a truck, get behind the wheel and drive for hours, multiple times a week, to bring water to the animals in the park, whose survival was being threatened by a terrible drought.  Ever since, he has made a name for himself as the “water man“. Buffalos and zebras know they can count on him. And now that his first project has taken off thanks to the contribution of those who believed in its potential, Mwalua wants to launch a new one. Something as simple as it is brilliant, that could contribute to safeguarding elephants, bees and communities: cultivating sunflowers. Elisabetta ScuriLifegate

Eu voto em você!?!

O avanço das invasões em terras indígenas, o desmatamento, o assédio a órgãos públicos como a Fundação Nacional do Índio (Funai) por ruralistas como Nabhan Garcia e a crise causada pelo novo coronavírus são alguns dos cenários que preocupam etnias em todo o país.

A Articulação dos Povos Indígenas do Brasil (Apib) reuniu virtualmente, no dia 11, centenas de pré-candidatos indígenas e apresentou uma plataforma de apoio a candidaturas coordenada pela Mídia Ninja. O objetivo é reunir os pré-candidatos indígenas e de outros setores progressistas e apoiá-los com encontros e cursos de formação em política, ferramentas de comunicação e outras estratégias que auxiliem na construção de campanhas democráticas e diversas.

Nas eleições municipais de 2016, o número de candidatos indígenas correspondia a 0,35% do total, segundo balanço do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Dos 496,9 mil candidatos à eleição daquele ano, apenas 1,7 mil eram indígenas.

A participação ativa na política é vista como uma das frentes para impedir novos retrocessos e garantir a defesa dos direitos indígenas. “Via política partidária, a gente tem uma estratégia de defender os nossos direitos que podem ser usurpados e excluídos na calada da noite”, afirma Mário Nicácio Wapichana, que concorre à vice-prefeitura do município de Bonfim, a 126 quilômetros de Boa Vista, capital de Roraima.

Em nota, a organização demonstra preocupação com o assédio de diversos partidos políticos a indígenas e pretende, por meio de reflexões e análises, evitar que possíveis candidatos sejam “vítimas de manobras politiqueiras, enganações e falsas ilusões que em muitos casos se reverteram contra nós”.

A jovem Wapichana, Ariene Susui, de 23 anos, a primeira de oito irmãos da Aldeia Truaru da Cabeceira, em Boa Vista, a concluir o ensino superior, acredita que a política eleitoral é uma das estratégias de barrar o avanço de pautas anti-indígenas nas esferas municipal, estadual e federal. “Vamos lutar com as mesmas armas”, afirma. “Se é o lugar onde as decisões são tomadas, precisamos nos organizar para chegar nesses espaços, especialmente nós, mulheres, indígenas e jovens”.

A ideia coincide com a da indígena Jozileia Daniza Jagso Kaingang, de Florianópolis. Ela se uniu a outras cinco integrantes de movimentos sociais em uma candidatura coletiva para disputar uma vaga na Câmara Municipal.

Formanda em Geografia, Jozileia Kaingang mudou-se da região oeste do estado — berço do povo Kaingang em Santa Catarina — para cursar o mestrado em Antropologia Social na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), onde agora cursa o doutorado. Entre 2016 e 2020, foi coordenadora pedagógica da Licenciatura Intercultural Indígena na mesma universidade.

“Quando se está dentro do espaço de poder, você consegue incidir com os seus pensamentos e conquistar pessoas que eram contrárias ou que não entendiam bem quais eram as pautas de luta dos povos indígenas”.

A parlamentar foi a primeira mulher indígena a ocupar uma cadeira no Congresso e a segunda indígena eleita após o cacique Xavante Mário Juruna, eleito com 31 mil votos pelo PDT do Rio de Janeiro em 1983. Poliana Dallabrida. De Olho nos Ruralistas

A Justiça Eleitoral tem registrado aumento no número de candidaturas indígenas em eleições nacionais. Em 2018, houve um crescimento de 56,47% de candidatos que se declararam índios ou descendentes ao realizarem o pedido de registro de candidatura. Foram 133 concorrentes ao pleito, contra 85 nas Eleições Gerais de 2014. TSE

O número de eleitos também saltou de um deputado estadual, em 2014, para uma deputada federal e um vice-presidente da República, em 2018. O general Hamilton Mourão (PRTB) integrou a chapa eleita para comandar o país, e a advogada Joenia Wapichana (REDE) conquistou uma cadeira na Câmara Federal pelo estado de Roraima.

“Nós hoje somos cerca de um milhão de pessoas que fazem parte de mais de 305 povos distintos, que falam mais de 180 línguas. E, apesar de termos sido criminosamente reduzidos em números, nós representamos uma enorme diversidade social e cultural que detém conhecimentos tradicionais, saberes e ancestrais. Nossos conhecimentos tradicionais asseguraram toda proteção aos territórios indígenas que hoje são 13% do território nacional”

Para o antropólogo Stephen Baines, chefe do Departamento de Antropologia da Universidade de Brasília (UnB), a mudança cultural necessária deve começar pela educação nas escolas, com a finalidade de mostrar aos estudantes que os indígenas fazem parte da sociedade brasileira. “Eles têm suas próprias culturas, que são tão válidas quanto a cultura nacional”.