A HORA DO SUFOCO

Boechat percorre trajeto de trem entre zona leste e centro de São Paulo a fim de verificar de perto o que passam os passageiros que são obrigados a enfrentar duas vezes por dia os vagões e plataformas superlotados. Ricardo Eugênio Boechat

BOECHATBand

Cardiologista explica os efeitos do estresse nos usuários de trens e metrôs, Rafael Munerato, lembra que não é por acaso que esses transportes têm serviço de socorro para quem está passando mal. Veja a entrevista completa para o Jornal da Band com exclusividade.

Panes e superlotação fazem parte da rotina dos usuários de trem e metrô, o drama diário dos passageiros, as viagens em meios de transporte geram desgastes físicos e emocionais, em São Paulo, não são raras as disputas por lugares em trens e metrôs terminarem em cenas de guerra. Jornal da Band

metroahoradosufoco

Jornal da Band registra aperto em trens e metrôs de cidades brasileiras para mostrar o sofrimento dos passageiros que não têm alternativa além do transporte público, embarcou nos vagões nos horários de maior movimento. Jornal da Band

Veja também: O de Otário, A culpa é de quem!, Ficha Limpa!!!, 2014, Ano do Pão e Circo, Carta à Sra. “Presidenta” da República, A guerra do vintém, Vinte centavos, Eu vou de bike, e você?, Marcha Fúnebre da Arte, Instituto Pindorama, voluntariado., Neste Chão Tudo Dá

PIB???

o-GRFICO-PIB-2014-570

O PIB é um indicador para medir a atividade econômica do País, é a soma as riquezas geradas pelos mais diversos setores (industrial, financeiro e serviços), mede a diferença entre o custo de se produzir e o que se obtém como fruto dessa produção, o chamado valor agregado e é composto por itens como consumo das famílias, despesas do governo, produção dos setores (o que se produz, o que estamos consumindo, investindo e vendendo). BRASIL POST

ibgelogo

Veja também: Índice de Desenvolvimento Humano, VERGONHA INTERNACIONAL (France Football), Turismo sexual, Sistema Nacional de Políticas Públicas sobre Drogas, Ministério da Saúde, Robin Hulk, Consulta CPF, Sonegômetro, Nota 10!, O bom moço do Brasil, Vinte centavos

Declaração de Imposto de Renda

Imposto-de-renda
Como fazer sua declaração de imposto de renda. Douglas Ciriaco

logo-rfb
Download de Programas

Veja também: DECLARAÇÃO IRPF 2012, Economia de mercado, Alunos de contabilidade fazem plantão de dúvidas gratuito sobre imposto de renda, Os sentidos da política – problemas e perspectivas, Qual o volume ocupado por 1 trilhão de reais?, Um país (d)e(s)ngraçado, EduFin, 1994 vs 2015: 100 reais, Impostômetro, Brasileiro Reclama De Quê?, DECLARAÇÃO UNIVERSAL DOS DIREITOS HUMANOS, Rockefeller, RECEITA PÃO DE ATUM, Veneno ecológico para matar ratos., Leis de Murphy, Casas de Mediação, Hora do Código

Quinua

quinua

A quinua real age na prevenção de enfermidades crônicas, como osteoporose, câncer de mama, doenças do coração e outras alterações femininas decorrentes da carência de estrógenos na menopausa, ajuda a combater anemias, problemas urinários, tuberculose e doenças do fígado, atua também na redução de danos gastrointestinais, na integridade do sistema imunológico, na regulação das funções cardiovasculares, nos processos de cicatrização e como normalizador da próstata e órgãos reprodutores masculinos. PONTO NATURAL

quinoa-vermelha

Veja também: SEMENTE DE CHIA (Salvia hispanica), Sugestão de desintoxicação ayurvédica após os excessos., Graviola, Vegano na marra, Neste Chão Tudo Dá, Eu te disse, eu te disse., O Amaranto Inca Kiwicha invade plantações de soja transgênica da Monsanto nos Estados Unidos

Story Of My Life

socialdistortion

Story Of My Life – Social Distortion

Well high school seemed like such a blur,
I didn’t have much interest in sports or
school elections
And in class I dreamed all day,
‘bout a rock ‘n’ roll weekend
And the girl in the front of the room, so close yet so far y’knowshe never seemed
To notice
In this silly school-boy crush
Wasn’t just pretend

Life goes by so fast, you only wanna do what you think is right
Close your eyes and then it’s past;
Story of my life

And I went down to my old neighborhood,
The faces have all changed, there’s no one left to talk to
And the pool hall I loved as a kid
Is now a Seven Eleven
I went downtown to look for a job,
I had no training, no experience to speak of
I looked at the holes in my jeans
And turned and headed back

Life goes by so fast, you only wanna do what you think is right
Close your eyes and then it’s past
Story of my life

And good times come and good times go,
I only wish the good times would last a
Little longer
I think about the good times we had
And why they had to end
So I sit at the edge of my bed,
I strum my guitar and I sing an outlaw
love song
I think about what you’re doin’ now
And when you’re comin’ back

Life goes by so fast, you only wanna do what you think is right.
Close your eyes and then it’s past;
Story of my life

Veja também: My Favourite Game, Steve’n’Seagulls, Uma camiseta do ramones incomoda muita gente, Voce Pode ir na Janela, Where Is My Mind, Incredibox, Nick Cave, Seven Ages of Rock, Pin-up

Carry On Wayward Son

Carry On Wayward Son – Kansas

Carry on my wayward son
There’ll be peace when you are done
Lay your weary head to rest
Don’t you cry no more

Once I rose above the noise and confusion
Just to get a glimpse beyond this illusion
I was soaring ever higher
But I flew too high

Though my eyes could see I still was a blind man
Though my mind could think I still was a mad man
I hear the voices when I’m dreaming
I can hear them say

Carry on my wayward son
There’ll be peace when you are done
Lay your weary head to rest
Don’t you cry no more

Masquerading as a man with a reason
My charade is the event of the season
And if I claim to be a wise man, well
It surely means that I don’t know

On a stormy sea of moving emotion
Tossed about like a ship on the ocean
I set a course for winds of fortune
But I hear the voices say

Carry on my wayward son
There’ll be peace when you are done
Lay your weary head to rest
Don’t you cry no more, No!

Carry on, you will always remember
Carry on, nothing equals the splendor
Now your life’s no longer empty
Surely heaven waits for you

Carry on my wayward son
There’ll be peace when you are done
Lay your weary head to rest
Don’t you cry
Don’t you cry no more!

No more!

Veja também: SUPERNATURALBad Estacionamento, The X-Files, Deus e o Diabo na Terra do Sol, Lippy e Hardy, Fahrenheit 451, Cine Belas Artes, Tura Satana, Cerveja no trabalho pode?, O Senhor do Labirinto

Happy Together

Happy Together – The Turtles

Imagine me and you, I do
I think about you day and night
It’s only right
To think about the girl you love
And hold her tight
So happy together

If I should call you up
Invest a dime
And you say you belong to me
And ease my mind
Imagine how the world could be
So very fine
So happy together

I can’t see me loving nobody but you
For all my life
When you’re with me
Baby the skies will be blue
For all my life

Me and you
And you and me
No matter how they tossed the dice
It had to be
The only one for me is you
And you for me
So happy together

I can’t see me loving nobody but you
For all my life
When you’re with me
Baby the skies will be blue
For all my life

Me and you
And you and me
No matter how they tossed the dice
It had to be
The only one for me is you
And you for me
So happy together
So happy together
How is the weather
So happy together
We’re happy together
So happy together…

Veja também: Comida para o espírito, For What It’s Worth 1967, Saudosa Maloca, Feliz Natal (A Guerra Acabou), 15 coisas que você precisa abandonar para ser feliz

Um deputado no céu

Deputado q morreu e foi para o céu…

Um deputado está andando tranqüilamente quando é atropelado e morre.

A alma dele chega ao Paraíso e dá de cara com São Pedro na entrada.

– Bem-vindo ao Paraíso! – diz São Pedro

– Antes Que você entre, há um probleminha.

Raramente vemos parlamentares por aqui, sabe, então não sabemos bem o
que fazer com você.

– Não vejo problema, é só me deixar entrar, diz o antigo deputado.

– Eu bem que gostaria, mas tenho ordens superiores. Vamos fazer o seguinte:

Você passa um dia no Inferno e um dia no Paraíso. Aí, pode escolher
onde quer passar a eternidade.

– Não precisa, já resolvi. Quero ficar no Paraíso diz o deputado.

– Desculpe, mas temos as nossas regras. ‘

Assim, São Pedro o acompanha até o elevador e ele desce, desce, desce
até o Inferno.

A porta se abre e ele se vê no meio de um lindo campo de golfe.

Ao fundo o clube onde estão todos os seus amigos e outros políticos
com os quais havia trabalhado.

Todos muito felizes em traje social.

Ele é cumprimentado, abraçado e eles começam a falar sobre os bons
tempos em que ficaram ricos às custas do povo.

Jogam uma partida descontraída e depois comem lagosta e caviar.

Quem também está presente é o diabo, um cara muito amigável que passa
o tempo todo dançando e contando piadas.

Eles se divertem tanto que, antes que ele perceba, já é hora de ir embora.

Todos se despedem dele com abraços e acenam enquanto o elevador sobe.

Ele sobe, sobe, sobe e porta se abre outra vez. São Pedro está
esperando por ele..

Agora é a vez de visitar o Paraíso.

Ele passa 24 horas junto a um grupo de almas contentes que andam de
nuvem em nuvem, tocando harpas e cantando.

Tudo vai muito bem e, antes que ele perceba, o dia se acaba e São Pedro retorna.

– E aí? Você passou um dia no Inferno e um dia no Paraíso.

Agora escolha a sua casa eterna. Ele pensa um minuto e responde:

– Olha, eu nunca pensei … . O Paraíso é muito bom, mas eu acho que vou
ficar melhor no Inferno.

Então São Pedro o leva de volta ao elevador e ele desce, desce, desce
até o Inferno.

A porta abre e ele se vê no meio de um enorme terreno baldio cheio de lixo.

Ele vê todos os amigos com as roupas rasgadas e sujas catando o
entulho e colocando em sacos pretos.

O diabo vai ao seu encontro e passa o braço pelo ombro do deputado.

– Não estou entendendo, – gagueja o deputado – Ontem mesmo eu
estive aqui e havia um campo de golfe, um clube, lagosta, caviar, e
nós dançamos e nos divertimos o tempo todo. Agora só vejo esse fim de
mundo cheio de lixo e meus amigos arrasados!!!

O diabo olha pra ele, sorri ironicamente e diz:
– Ontem estávamos em campanha.
Agora , já conseguimos o seu voto… .

porcosxhomem

Veja também: Eleições, Cabeças de bagre, Candidato Caô Caô, Irmãos, metralha!!!, A Copa do Pinheirinho, Ilha das Flores, Os cães, 1984!, Controle Social, DECLARAÇÃO UNIVERSAL DOS DIREITOS HUMANOS

É Natal!!!!

Mais um ano chega ao fim
E com ele sonhos, promessas
Começar tudo de novo
Ou continuar tudo de novo
Não importa,
O Sol sempre brilha no outro dia
Mais um dia na nossas vidas
Espero que todos, não só meus amigos
Ou pessoas próximas e conhecidas
Que o Mundo pare e reflita
O rumo que esta tomando
E que datas como esta
Não se perca em meio a turbulência
Presenciada todos os dias
Ao vivo ou no sofá da sua casa
Só quero dizer a todos vocês
Que são parte de mim
Nós somos aquilo que acreditamos
E que ninguém esta aqui para sofrer
Aproveitem todos os momentos
E sempre agradeça
Se não for a Deus
Ao motorista do onibus que lhe desejou bom dia
Ou a você mesmo por ter ficado
5 minutos a mais na cama.
Tudo de bom a vocês.
Muito obrigado.

Caminhões de abraços, beijos, alegria, amizade e cerveja .
rsrsrsrsrshahahahahahehehehekkkkkkkk!

Edson JESUS Novaes

Veja também: Hoje., Ho’oponopono, Text Me Something Dirty, Sobre quem?, Diferença lógica entre Religião e Espiritualidade, Plante uma árvore, Canceriano Sem Lar, Nightswimming, É Natal!, Feliz Natal (A Guerra Acabou), Luzes do Natal, Natal com a consciência tranquila!, Falando sobre Pato Fu

A EXECUTIVA BEM SUCEDIDA

Max Gehringer – (Revista Exame)

Foi tudo muito rápido. A executiva bem-sucedida sentiu uma pontada no peito, vacilou, cambaleou. Deu um gemido e apagou. Quando voltou a abrir os olhos, viu-se diante de um imenso Portal.

Ainda meio zonza, atravessou-o e viu uma miríade de pessoas. Todas vestindo cândidos camisolões e caminhando despreocupadas. Sem entender bem o que estava acontecendo, a executiva bem-sucedida abordou um dos passantes:

– Enfermeiro, eu preciso voltar urgente para o meu escritório, porque tenho um meeting importantíssimo. Aliás, acho que fui trazida para cá por engano, porque meu convênio médico é classe A, e isto aqui está me parecendo mais um pronto-socorro. Onde é que nós estamos?
– No céu.
– No céu?…
– É.
– Tipo assim… o céu, CÉU…! Aquele com querubins voando e coisas do gênero?
– Certamente. Aqui todos vivemos em estado de gozo permanente.
Apesar das óbvias evidências nenhuma poluição, todo mundo sorrindo, ninguém usando telefone celular, a executiva bem-sucedida custou um pouco a admitir que havia mesmo apitado na curva.

Tentou então o plano B: convencer o interlocutor, por meio das infalíveis técnicas avançadas de negociação, de que aquela situação era inaceitável. Porque, ponderou, dali a uma semana ela iria receber o bônus anual, além de estar fortemente cotada para assumir a posição de presidente do conselho de administração da empresa.

E foi aí que o interlocutor sugeriu:
– Talvez seja melhor você conversar com Pedro, o síndico.
– É? E como é que eu marco uma audiência? Ele tem secretária?
– Não, não. Basta estalar os dedos e ele aparece.
– Assim? (…)
– Pois não?

A executiva bem-sucedida quase desaba da nuvem. À sua frente, imponente, segurando uma chave que mais parecia um martelo, estava o próprio Pedro.

Mas, a executiva havia feito um curso intensivo de approach para situações inesperadas e reagiu rapidinho:

– Bom dia. Muito prazer. Belas sandálias. Eu sou uma executiva bem-sucedida e…
– Executiva… Que palavra estranha. De que século você veio?
– Do 21. O distinto vai me dizer que não conhece o termo ‘executiva’?
– Já ouvi falar. Mas não é do meu tempo.

Foi então que a executiva bem-sucedida teve um insight. A máxima autoridade ali no paraíso aparentava ser um zero à esquerda em modernas técnicas de gestão empresarial. Logo, com seu brilhante currículo tecnocrático, a executiva poderia rapidamente assumir uma posição hierárquica, por assim dizer, celestial ali na organização.

– Sabe, meu caro Pedro. Se você me permite, eu gostaria de lhe fazer uma proposta. Basta olhar para esse povo todo aí, só batendo papo e andando à toa, para perceber que aqui no Paraíso há enormes oportunidades para dar um upgrade na produtividade sistêmica.

– É mesmo?

– Pode acreditar, porque tenho PhD em reengenharia. Por exemplo, não vejo ninguém usando crachá. Como é que a gente sabe quem é quem aqui, e quem faz o quê?

– Ah, não sabemos.
– Entendeu o meu ponto? Sem controle, há dispersão. E dispersão gera desmotivação. Com o tempo isto aqui vai acabar virando uma anarquia. Mas nós dois podemos consertar tudo isso rapidinho implementando um simples programa de targets individuais e avaliação de performance.

– Que interessante!…

– É claro que, antes de tudo, precisaríamos de uma hierarquização e um organograma funcional, nada que dinâmicas de grupo e avaliações de perfis psicológicos não consigam resolver.

– !!!…???…!!!…???…!!!

– Aí, contrataríamos uma consultoria especializada para nos ajudar a definir as estratégias operacionais e estabeleceríamos algumas metas factíveis de leverage, maximizando, dessa forma, o retorno do investimento do Grande Acionista… Ele existe, certo?

– Sobre todas as coisas.

– Ótimo. O passo seguinte seria partir para um downsizing progressivo, encontrar sinergias high-tech, redigir manuais de procedimento, definir o marketing mix e investir no desenvolvimento de produtos alternativos de alto valor agregado. O mercado telestérico, por exemplo, me parece extremamente atrativo.

– Incrível!

– É óbvio que, para conseguir tudo isso, nós dois teremos que nomear um board de altíssimo nível. Com um pacote de remuneração atraente, é claro. Coisa assim de salário de seis dígitos e todos os fringe benefits e mordomias de praxe. Porque, agora falando de colega para colega, tenho certeza de que você vai concordar comigo, Pedro. O desafio que temos pela frente vai resultar em um turnaround radical.

– Impressionante!

– Isso significa que podemos partir para a implementação?

– Não. Significa que você terá um futuro brilhante… se for trabalhar com o nosso concorrente. Porque você acaba de descrever, exatamente, como funciona o Inferno…

Veja também: O Preço da Arrogância, Ouro de tolo, Carlos Marighella, Consciência escolar, Coincidence or not, EduFin, juiz, mas não Deus!, El Chavo del Ocho, A necessidade é a mãe da invenção!, Eu te disse, eu te disse., Linus Torvalds, Ignorância e sucesso?, Bandeirantes Modernos