Sign-IO e Roy Allela, ALFALUVA e a Unipampa

O queniano Roy Allela, de 25 anos, criou a Sign-IO, uma luva inteligente que converte os movimentos da língua de sinais em áudio, em tempo real.

O engenheiro de software e programador teve essa ideia porque queria se comunicar com sua sobrinha, que tem deficiência auditiva. A menina tinha dificuldades para se comunicar com a própria família, já que ninguém conhecia a língua de sinais.

A luva reconhece letras e palavras e envia a informação para um aplicativo de Android, que vocaliza em tempo real o que está sendo dito. Os usuários também podem configurar a linguagem, o gênero e o tom da vocalização por meio do aplicativo. Os resultados chegam a 93% de precisão, segundo Roy.

O inventor agora está tentando disponibilizar dois pares de luvas em cada escola para crianças com deficiência no Quênia. Por conta da sua criação, Roy Allela é um dos 16 indicados a um prêmio de £ 25 mil — o equivalente a R$ 120 mil — da Royal Academy of Engineering Africa. O vencedor será anunciado em junho. Hypeness e Extra, in: Isabela Alves – Observatorio do Terceiro Setor

ALFALUVA é um dispositivo que auxilia na alfabetização de LIBRAS de crianças com ou sem deficiência auditiva, reconhecendo sinais em LIBRAS e transmitindo-os a um aplicativo Android via Bluetooth. Os padrões são identificados por meio de sensores de flexão, toque nos dedos e orientação e movimento da mão.

Uma luva capaz de captar o gestual de cada dedo e, com isso, a equipe da Universidade Federal do Pampa (Unipampa) a conquisto o prêmio internacional na área de circuitos e sistemas. GAÚCHAZH

Entre os dias 27 e 30 de maio, os estudantes Felipe Antunes Quirino, 19 anos, e Marcelo Romanssini, 26 anos, representaram o Estado no International Symposium on Circuits and Systems 2018 (Iscas), em Florença, Itália.

Orientados pelo professor Alessandro Girardi, os universitários desenvolveram a luva com o objetivo de aumentar a interatividade entre ser humano e máquina, principalmente em indivíduos com alguma deficiência visual, auditiva ou de fala.

5 PONTOS IMPORTANTES SOBRE O ESTATUTO DA PESSOA COM DEFICIÊNCIA, LIBRAS no almoço, Falando sobre YouTube – Libras

Fridays for Future global climate strike — live updates

More than 5,000 protests are planned around the world, culminating in a New York City march led by Greta Thunberg. In Australia, young people challenged politicians to do “their jobs for once.” Read the latest here.

  • Hundreds of thousands of people were planning to participate in some 5,000 events in 156 countries on Friday
  • The rallies are timed to come ahead of a UN climate summit and inspired by the 16-year-old Swedish activist Greta Thunberg
  • The marches will culminate in New York, where Thunberg will lead a march to the UN headquarters

All updates in Universal Coordinate Time (UTC). DW – Deutsche Welle

09:10 – In Finland demonstrators in costume stopped outside the parliament building in Helsinki. One man dressed as Santa Claus held a sign declaring “my house is on fire.”

O Dia em que a Terra Parou

Tá rebocado meu compadre
Como os donos do mundo piraram
Eles já são carrascos e vítimas
Do próprio mecanismo que criaram

O monstro SIST é retado
E tá doido pra transar comigo
E sempre que você dorme de touca
Ele fatura em cima do inimigo

A arapuca está armada
E não adianta de fora protestar
Quando se quer entrar
Num buraco de rato
De rato você tem que transar

Buliram muito com o planeta
E o planeta como um cachorro eu vejo
Se ele já não aguenta mais as pulgas
Se livra delas num sacolejo

Hoje a gente já nem sabe
De que lado estão certos cabeludos
Tipo estereotipado
Se é da direita ou dá traseira
Não se sabe mais lá de que lado

Eu que sou vivo pra cachorro
No que eu estou longe eu tô perto
Se eu não estiver com Deus, meu filho
Eu estou sempre aqui com o olho aberto

A civilização se tornou complicada
Que ficou tão frágil como um computador
Que se uma criança descobrir
O calcanhar de Aquiles
Com um só palito pára o motor

Tem gente que passa a vida inteira
Travando a inútil luta com os galhos
Sem saber que é lá no tronco
Que está o coringa do baralho

Quando eu compus fiz Ouro de Tolo
Uns imbecis me chamaram de profeta do apocalipse
Mas eles só vão entender o que eu falei
No esperado dia do eclipse

Acredite que eu não tenho nada a ver
Com a linha evolutiva da Música Popular Brasileira
A única linha que eu conheça
É a linha de empinar uma bandeira

Eu já passei por todas as religiões
Filosofias, políticas e lutas
Aos 11 anos de idade eu já desconfiava
Da verdade absoluta

Raul Seixas e Raulzito
Sempre foram o mesmo homem
Mas pra aprender o jogo dos ratos
Transou com Deus e com o lobisomem

Os heróis anônimos que emprestaram seus corpos à luta pelos direitos civis nos EUA

A luta pelos direitos civis nos Estados Unidos partiu de pessoas comuns, como eu e você. Em 1961, indivíduos de todas as etnias decidiram protestar de forma silenciosa pelo direito dos negros a viajar de ônibus, sentados em qualquer lugar do veículo. Na época, as leis em vigor no sul do país definiam que determinados assentos em ônibus interestaduais só poderiam ser usados por pessoas brancas.

Com base na ideia de desobediência civil e protestos não violentos, surgiu o movimento que ficou conhecido como “freedom riders” ou “viajantes da liberdade”. Pessoas negras e brancas viajavam em grupos, com o objetivo de desrespeitar as leis segregacionistas e permitir que viajantes negros pudessem sentar em qualquer lugar do ônibus.

No conservador estado do Missouri, muitos destes ativistas terminaram presos. Alguns dos veículos em que os protestos ocorreram foram também alvos de ataques realizados pela Ku Klux Klan. Vivimetaliun

O site The Pop History Dig reuniu fotografias destes heróis anônimos ao serem fichados pela polícia e elas são o verdadeiro retrato da luta pelos direitos civis.

Fonte:via Fotos via The Pop History Dig

A grande Rosa Parks sendo presa no Alabama, em 1956, poucos meses após ter se recusado a ceder seu lugar em um ônibus para um passageiro branco – gesto que levou ao boicote dos ônibus pela população negra e tornou-se um marco na luta pelos direitos civis.

Para colocar em perspectiva o racismo no mundo, é importante olhar para trás e perceber há quão pouco tempo a segregação racial era legal, legitima e posta em prática em diversos países – como, por exemplo, nos Estados Unidos. Mesmo passados cem anos do fim da Guerra Civil americana, em 1865, e da abolição da escravidão, nos anos 1960 – ou seja, ontem – o país ainda separava negros de brancos em praticamente toda e qualquer instância social.

Integrantes do grupo racista Ku Klux Klan reúnem-se ao redor de uma cruz em chamas no estado da Geórgia, em 1962

Integrantes do grupo racista Ku Klux Klan reúnem-se ao redor de uma cruz em chamas no estado da Geórgia, em 1962

A própria Suprema Corte dos EUA determinou, no final do século XIX e até meados dos anos 1960, que se as raças permanecessem “separadas, mas iguais”, a segregação racial não seria considerada violação da constituição americana. Somente após muita luta – e muitas prisões, agressões e mortes – através do movimento pelos direitos civis que, em 1964 a Lei dos Direitos Civis e, no ano seguinte, a Lei dos Direitos de Voto garantiram a igualdade racial nos Estados Unidos – ao menos, na letra fria da lei. https://vivimetaliun.wordpress.com/2017/04/26/imagens-de-quando-a-segregacao-racial-era-legal-nos-eua-lembram-a-importancia-de-combater-o-racismo/

RE 1.017.365

Em abril, o STF reconheceu a repercussão geral do Recurso Extraordinário (RE) 1.017.365, caso que discute uma reintegração de posse movida contra o povo Xokleng, em Santa Catarina. Por isso, no prazo de um ano, a Suprema Corte poderá dar uma solução definitiva aos conflitos envolvendo terras indígenas no país, e garantir um respiro às comunidades que se encontram, atualmente, pressionadas por poderosos setores econômicos.

Por este motivo, no 15º Acampamento Terra Livre (ATL), os povos indígenas decidiram realizar uma vigília em frente ao STF, para chamar a atenção à luta por justiça histórica e em defesa de seus direitos originários.

Entenda do que se trata esse julgamento e o que está em jogo. Mobilização Nacional Indígena


No limite, o que está em jogo é o reconhecimento ou a negação do direito mais fundamental aos povos indígenas: o direito à terra. Há, em síntese, duas teses principais que se encontram atualmente em disputa: de um lado, a chamada “teoria do indigenato”, uma tradição legislativa que vem desde o período colonial e que reconhece o direito dos povos indígenas sobre suas terras como um direito originário – ou seja, anterior ao próprio Estado. A Constituição Federal de 1988 segue essa tradição e garante aos indígenas “os direitos originários sobre as terras que tradicionalmente ocupam”. Do outro lado, há uma interpretação mais restritiva, que pretende restringir os direitos dos povos indígenas às suas terras ao reinterpretar a Constituição com base na tese do “marco temporal”.


A tese do marco temporal defende uma interpretação mais restritiva dos direitos constitucionais dos povos indígenas. Nessa interpretação, defendida por ruralistas e setores interessados na exploração dos territórios indígenas, os povos só teriam direito à demarcação das terras que estivessem sob sua posse no dia 5 de outubro de 1988, ou que estivessem sob disputa física ou judicial.Na avaliação de indigenistas, juristas, lideranças indígenas e do Ministério Público Federal (MPF), essa é uma tese perversa, pois legaliza e legitima as violências a que os povos foram submetidos até a promulgação da Constituição de 1988. Além disso, essa posição ignora o fato de que, até 1988, os povos indígenas eram tutelados pelo Estado e não tinham autonomia para lutar, judicialmente, por seus direitos.

Na origem, o juízo considerou que houve tumulto no exercício da posse da área da reserva pela presença da reserva biológica pela presença dos índios na região, e ressaltou, na sentença, que não há elementos que permitam inferir que as terras sejam tradicionalmente ocupadas pelos índios, ao observar que quem ocupa a área, para fins de preservação ambiental, é a parte autora (Fatma).

No RE, a Funai alega que a decisão, que foi mantida pelo TRF, ofende o artigo 5º (incisos XXXV, LIV e LV) e o artigo 231 – sobre o reconhecimento da posse e usufruto de terras tradicionalmente ocupadas pelos índios – da CF/88. A fundação sustenta que a área em questão já foi reconhecida como de tradicional ocupação indígena, tendo sido afastada a interpretação do artigo 231 da CF/88 pelo TRF da 4ª região, privilegiando o direito de posse daquele que consta como proprietário no registro de imóveis em detrimento do direito originário dos índios. Migalhas

O relator do caso, ministro Edson Fachin, defendeu a ampla participação de todos os setores interessados no tema, dada a importância da matéria. Tal participação pode se dar partir da figura do amicus curiae – termo em latim que significa “amigo da corte” e que permite que pessoas, entidades ou órgãos com interesse e conhecimento sobre o tema contribuam subsidiando o tribunal. Por esse caminho, comunidades e organizações indígenas deverão estar habilitadas a contribuir com o processo. CIMI – CONSELHO INDIGENISTA MISSIONÁRIO

Poetize-se: Radio Yandê, Parabéns Néstle, Adriana Plens e o Tanque Grande, Mão Santa, O papel da lareira, Trator, 30 Matrix indígenas, Território, O Brasil visto do Céu, Mapa da indecência, Conhecimento Ancestral, Bolsa ruralista, quer que desenhe?, Coletores de sementes, Mapa dos ecossistemas intactos da Terra, Biblioteca Web, Princípio do ou não, Árvores?

Fridays For Future


As greves estudantis contra o aquecimento global começaram em agosto de 2018, com Greta Thunberg, de 16 anos, e se espalharam pelo mundo, esta talvez tenha sido a maior manifestação pelo clima já realizada no planeta. Nem as Marchas pelo Clima reuniram tanta gente. E, em alguns casos, os jovens ainda tiveram o apoio dos pais, dos professores e das escolas. Mônica Nunesconexão planeta

Aqui estão algumas diretrizes gerais:

1. As sextas-feiras para o futuro querem que você ataque apenas de uma maneira com a qual se sinta seguro.
2. Muitos atacantes de sexta-feira a sexta-feira têm aprovação da polícia para a greve.
3. É comum que essas aprovações permitam apenas um protesto silencioso e sentado.
4. É improvável que as sextas-feiras do futuro sejam capazes de fornecer apoio jurídico se houver problemas; portanto, a FFF aconselha os grevistas a estabelecer uma ligação com as ONGs locais. Essas ONGs geralmente conhecem advogados locais, que são bem versados em situações de protesto.
5. Somos uma organização de greve pacífica e silenciosa, mas, infelizmente, já vimos exemplos em alguns países, onde alguns indivíduos ou organizações tentam entrar em uma greve com o objetivo de causar problemas. Tome cuidado e priorize sua própria segurança.

Informe-nos se pudermos ajudar com mais perguntas.

#FridaysforFuture é um movimento popular após a ligação de @GretaThunberg à greve escolar.

As crianças em idade escolar são obrigadas a frequentar a escola. Mas com o agravamento da Destruição Climática, esse objetivo de ir à escola começa a ser inútil.
– Por que estudar para um futuro, que pode não estar lá?
– Por que gastar muito esforço para ser educado, quando nossos governos não estão ouvindo os educados?
Greta Thunberg pede que as pessoas batam na frente de sua prefeitura mais próxima, toda sexta-feira. Com uma placa, tire uma foto e publique-a com as hashtags
#Fridaysforfuture
#Climatestrike

A emergência climática é uma questão urgente, já que agrava e amplia as desigualdades existentes. Os seus efeitos vão continuar a crescer e a piorar com o tempo, criando uma ruína para as gerações atuais e futuras. Para a Anistia Internacional, o fracasso dos governos em agir contra as alterações climáticas pode ser a maior violação intergeracional de direitos humanos da história.

“Direitos humanos e a crise climática andam de mãos dadas. Não podemos resolver um sem resolver o outro. As alterações climáticas significam que as pessoas não vão conseguir cultivar alimentos, que suas casas estarão sob ameaça e que sua saúde ficará comprometida. Os governos têm o dever de nos proteger, então por que razão não estão fazendo nada para impedir que as alterações climáticas destruam as nossas vidas?”, questiona Greta Thunberg. Anistia

O Prêmio de Embaixador de Consciência foi criado em 2002 para celebrar pessoas e grupos que promovem a causa dos direitos humanos ao agir em consciência, confrontando a injustiça e usando suas competências para inspirar outras pessoas. Entre os homenageados estão nomes como Nelson Mandela, Malala Yousafzai, Harry Belafonte, Ai Weiwei, os Grupos da Juventude da África Ocidental e Central, Angélique Kidjo, o movimento dos direitos indígenas no Canadá, Alicia Keys e Colin Kaepernick.
A ativista Greta Thunberg e o movimento estudantil Fridays for Future foram homenageados Embaixadores de Consciência da Anistia Internacional em 2019.
Veja também: Felix Finkbeiner: Plant For The Planet, Puta Que Pariu!!!, Índice de Desenvolvimento Humano, O que é ser defensor dos direitos humanos, afinal?, Impostômetro, Portal da Transparência, DECLARAÇÃO UNIVERSAL DOS DIREITOS HUMANOS, O que, de quem?, Só Pra Variar, Cadê os Amarildos?, Um Monte de mentiras, Dia Internacional do Direito a Saber, Velozes e Incompetentes, Semana do Consumidor, Flúor reduz o QI?

Torta geométrica

A norte americana Lauren Ko é escritora, artista e confeiteira autodidata, nasceu em San Diego – Califórnia, se mudou para o estado de Washington, onde abriu sua confeitaria, a Lolo Kitchen, em Seattle, sua especialidade são tortas nada convencionais, milimetricamente perfeitas, com sabores variados, cores e texturas que nunca imaginamos encontrar em tortas, seu trabalho é uma verdadeira arte, e já estampou diversas revistas, como Vogue e O Magazine. Vivimetalium

Torta de pera com cardamomo

Lauren nasceu em San Diego – Califórnia, porém recentemente se mudou para o estado de Washington, onde abriu sua confeitaria, a Lolo Kitchen. Sua conta no Instagram possui cada vez mais seguidores, ávidos por experimentar suas incríveis tortas.

Torta de cerejas com flores

Não é à toa que suas tortas estejam sendo super disputadas. Além de lindas, possuem sabores exóticos e são sempre pensadas levando em conta uma alimentação saudável e balanceada. Mas, e a coragem de comer uma obra de arte como essa?

Uma torta de maçã nada convencional

No perfil @LokoKitchen ela já possui quase 60 mil seguidores impressionados com suas criações artísticas dignas das paredes dos mais renomados museus do mundo. Alguns de seus trabalhos incluem uma bela torta de batata doce com tons dourados e alaranjados enfeitada com uma rosa de maçã com nozes ao molho de açúcar.

Uma outra foto mostra uma torta de mirtilo com uma crosta de treliça pouco cozida para o jantar de Ação de Graças. Também são comuns tortas inspiradas em obras de mestres como uma feita em homenagem a Vincent Van Gogh.

fonte:via Fotos: Lauren Ko
Poetize-se: Mousse de vinho, Leite de aveia, Sucos verdes, Chás que Ajudam a Emagrecer, Conheça 13 maneiras de reaproveitar sobras e cascas de frutas e vegetais, WASABI, Receitas rápidas de verão, Sua cara, Comidinhas de Maconha, Tortine di ceci e spinaci (gluten free e vegan), Comida colorida

Brasil termina Parapan em 1º lugar e faz a melhor campanha da história

Da série “Acontecimentos que merecem ser compartilhados”, o Brasil fez história no Parapan disputado no Peru e terminou a competição na liderança geral do quadro de medalhas. Ao todo, foram 124 ouros, 99 pratas e 85 bronzes, somando 308 medalhas no total.O antigo recorde pertencia ao México que, no Parapan de 1999, conquistou 307 medalhas, sendo 121 só de ouro.


Guiherme Costa – Mesatenista do AM / Ouro nos Jogos Parapan-Americanos – Créditos: A Critica
Um detalhe importante é que o Brasil terminou sua trajetória na competição com mais que o dobro de medalhas de ouro do que o segundo colocado, a fortíssima equipe dos Estados Unidos que teve 58 ouros, 62 pratas e 65 bronzes. O terceiro lugar ficou com o México que conseguiu 55 ouros, 58 pratas e 45 bronzes.

Os Jogos Parapan-Americanos tiveram sua origem em solo canadense, em 1967, em Winnipeg. Na ocasião, seis países se reuniram para a disputa apenas em modalidades para cadeirantes. Até 1995, nove edições similares para modalidades e classes específicas foram realizadas. Somente a partir de 1999, na Cidade do México, a competição ganhou o nome de Jogos Parapan-Americanos e reuniu atletas com diferentes tipos de deficiência em quatro modalidades, isso tudo sob a chancela do Comitê Paralímpico
Internacional (IPC). A cada edição, o número de atletas e modalidades em disputas aumenta.
Desde 1999, os atletas brasileiros já conquistaram 1.026 medalhas em Jogos Parapan-Americanos, sendo 445 de ouro, 310 de prata e 271 de bronze. Nas três últimas edições, Rio 2007, Guadalajara 2011 e Toronto 2015 o Brasil terminou os Jogos na primeira posição do quadro de medalhas. olimpíada todo dia
Neste sábado, 21, acontece o #FestivalParalímpico em 70 cidades!

Quer saber se a sua cidade será uma delas?! Confira na matéria

Os próximos jogos Parapan-Americanos acontecerão em Santiago, no Chile, em 2023.

Entenda mais: Lei Brasileira de Inclusão das Pessoas com Deficiência, Inclusão, MULTA MORAL, EMPREGO APOIADO, AMIGÃO VACILÃO, DEMÃOS DADAS, CARTA DA TERRA, AUDIOTECA SAL E LUZ, SOBRE RODAS, E VOCÊ?, INCLUSÃO

Como aprendemos a comer plantas tóxicas sem ajuda da ciência

Ao longo das gerações, nossos ancestrais acumularam ideias úteis por tentativa e erro, que foram copiadas pelas gerações seguintes.

Em 1860, os exploradores Robert Burke e William Wills lideraram a primeira famosa expedição europeia pelo interior desconhecido da Austrália, mas a sorte não esteve ao lado deles. Devido a uma combinação de falta de comando, mau planejamento e azar, ficaram sem comida na viagem de volta.

Os yandruwandha deram aos exploradores bolos feitos a partir de vagens esmagadas de uma samambaia chamada nardoo, que é um tipo de samambaia nativa da Austrália. Burke brigou com eles e, imprudentemente, os afastou ao disparar sua pistola.
O nardoo, um tipo de samambaia, é coberta por uma enzima chamada tiaminase, que é tóxica para o corpo humano. A tiaminase impede a absorção pelo corpo da vitamina B1, que tem entre suas principais funções o metabolismo dos carboidratos, lipídios e proteínas e a estimulação de nervos periféricos.

Como comida, a nardoo é mais uma curiosidade. O que não é o caso da mandioca, que é uma fonte vital de calorias em várias regiões do mundo, em particular na África e na América Latina.
À rigor, há dois tipos de mandioca, a mandioca mansa, também chamada de mandioca de mesa (conhecida também no Brasil pelos nomes de macaxeira e aipim), e a mandioca brava, conhecida como mandioca de indústria, mas a mandioca brava é altamente tóxica – e requer um procedimento industrial ou um ritual de preparação tedioso e complexo para torná-la um alimento seguro. Ela libera cianeto de hidrogênio.

Plantas tóxicas estão por toda parte. Às vezes, processos simples de cozimento são suficientes para torná-las comestíveis. Mas como alguém aprende a elaborada preparação necessária para a mandioca ou o nardoo?

Para Joseph Henrich, professor de biologia evolucionária humana na Universidade de Harvard, nos Estados Unidos, esse conhecimento é cultural, e nossas culturas evoluem por meio de um processo de tentativa e erro análogo à evolução em espécies biológicas.

Na América do Sul, onde humanos comem mandioca há milhares de anos, as tribos aprenderam os muitos passos necessários para desintoxicá-la completamente: raspar, ralar, lavar, ferver o líquido, deixar a massa repousar por dois dias e depois assar.
Estudos realizados posteriormente mostram que o comportamento de imitar é instintivo entre humanos. Os psicólogos chamam isso de superimitação. Acordo Coletivo

ID.3, quer ser o Fusca elétrico.

Em pré venda na Europa há alguns meses, com preço inicial abaixo dos 30.000 euros, o modelo é o primeiro de uma aguardada – e grande – família de carros elétricos da marca.

Não por acaso, também coube ao ID.3 a estreia da plataforma modular MEB, a equivalente elétrica da conhecida MQB. A Volkswagen o trata como seu carro elétrico para as massas. E é impossível não fazer um paralelo com o Fusca. Henrique Rodriguez, de Frankfurt (Alemanha)QuatroRodas

O menor conjunto, de 45 kWh, permite percorrer até 330 km por recarga, seguindo o ciclo WLTP. Já o maior, de 77 kWh, garante autonomia de até 550 km.
A propulsão elétrica fica por conta de um motor síncrono com ímã permanente que, assim como o inversor e a transmissão de uma marcha, estão integrados ao eixo traseiro.

A Volkswagen buscava entrar no mercado norte-americano de veículos a diesel.

As propagandas prometiam motores “diesel realmente limpos”. Depois descobriu-se que elas ludibriavam quem buscava durabilidade e eficiência nos Volkswagen, uma das poucas marcas com sedãs e peruas a diesel com preço acessível.

A fabricante alemã violou as leis de controle de poluentes ao instalar nos automóveis um software que mascarava os índices reais de emissão. QuatroRodas2

Com porte bastante próximo ao de um Golf, o ID.3 mede 4,26 metros de comprimento, 1,80 m de largura, 1,55 m de altura e 2,76 m de entre-eixos. A marca diz que a ausência de túnel central e os balanços curtos fazem do elétrico uma referência em termos de espaço interno e habitabilidade. Batizado de Open Space, o conceito de espaço interno permite acomodar confortavelmente 5 pessoas e levar 385 litros de bagagem. Outros dados revelam peso inicial de 1.719 kg (pode variar de acordo com a versão), capacidade de carga de 416 kg a 541 kg, raio de giro de apenas 10,2 metros (ideal para manobras em espaços urbanos apertados) e coeficiente de arrasto (Cx) de 0,267. Dyogo Fagundesmotor1.com


A história do Transporter começou com um esboço de um tipo de veículo que não existia naquele tempo em nenhum lugar do mundo.
Dada intenções da Volkswagen para entrar na nova década com uma série de veículos elétricos, não será uma surpresa se o novo modelo acabar sendo alimentado por um sistema 100% elétrico. Baseado na plataforma MEB, poderia ter as baterias localizadas sob o assoalho, economizando espaço interno e baixando o centro de gravidade do veículo. De acordo com alguns rumores, o Buzz será capaz de viajar até 300 quilômetros com uma única recarga. Anthony Karrmotor1.com

Enxergue mais: NIKOLA TESLA, QUEM MATOU O CARRO ELÉTRICO?, Telhas fotovoltaicas, 900.000 km de elétrico, MOVIDA A ÁGUA, Lamborghini faz parceria com MIT para supercarro elétrico, TURBINA EÓLICA CASEIRA, FUSCA HÍBRIDO, VIABILIDADE???, Tesla surf, FUSCA ELÉTRICO – RESGATE DE CARROS CLÁSSICOS, 8 palestras do TED com imigrantes que criaram empresas incríveis

Ausonia Donato, entre outras.

Ausonia Favorido Donato – Escavador

A participação da Ausonia foi especialmente dirigida por Cacau Rhoden, pai de ex-aluno da escola. Acreditamos que esse material possa ser inspirador e motivador para muitos educadores que trabalham diariamente procurando formar pessoas justas e solidárias. Direção do Colégio Equipe

O pequeno burguês

Felicidade, passei no vestibular

Mas a faculdade é particular

Particular, ela é particular

Particular, ela é particular

Livros tão caros tantas taxas pra pagar

Meu dinheiro muito raro,

Alguém teve que emprestar

O meu dinheiro, alguém teve que emprestar

O meu dinheiro, alguém teve que emprestar

Morei no subúrbio, andei de trem atrasado

Do trabalho ia pra aula, sem

Jantar e bem cansado

Mas lá em casa à meia-noite tinha

Sempre a me esperar

Um punhado de problemas e criança pra criar

Para criar, só criança pra criar

Para criar, só criança pra criar

Mas felizmente eu consegui me formar

Mas da minha formatura, não cheguei a participar

Faltou dinheiro pra beca e também pro meu anel

Nem o diretor careca entregou o meu papel

O meu papel, meu canudo de papel

O meu papel, meu canudo de papel

E depois de tantos anos,

Só decepções, desenganos

Dizem que sou um burguês muito privilegiado

Mas burgueses são vocês

Eu não passo de um pobre-coitado

E quem quiser ser como eu,

Vai ter é que penar um bocado

Um bom bocado,

Vai penar um bom bocado. (Martinho da Vila, 1969)

A canção inicia com uma expressão que carrega em si um conjunto de sonhos e desejos, “felicidade!”, seguido daquilo que motivou esse sentimento: “passei no vestibular!”. Essa frase se transformou ao longo do tempo na expressão de uma conquista que estabelecia um limite muito claro entre dois grupos sociais, aqueles que teriam o reconhecimento expresso em aspectos simbólicos, traduzido pelo título de doutor, e aos que se negavam a possível continuidade dos estudos. Essa diferença, estruturante quando pensamos na constituição da sociedade brasileira, tem início em tempos em que ainda nem se cogitava compreender o Brasil como nação. O samba nos revela, em seus dois primeiros versos, um mecanismo que constitui um dos maiores impasses quando pensamos quais seriam as finalidades de um processo educacional. Afinal, a educação não deveria ser pensada como uma estratégia de emancipação de todos e de cada um? (Freire, 1987, p.30). Os preteridos e os preferidos: sinal dos tempos da educação. AUSONIA DONATO e MONIQUE BORBA CERQUEIRA. Instituto de Saúde, São Paulo, São Paulo, Brasil. In: Scielo


Assim, quando pequenos, vão com suas bicicletas de rodinhas e aos poucos vão aprendendo a se equilibrar, prescindindo delas e se tornando capazes de dar várias voltas na pista. É claro que alguns tombos e esfolados acontecem. Afinal, aprender nem sempre é fácil! Estadão
Veja também: O crime compensa, Deixa o menino brincar!, Todos querem ser felizes!, Sexo seguro!, FHC = THC, A onda, A Revolta dos Macacos, Não sou de postar coisas religiosas, mas as vezes, esse tipo de coisa é que me deixa com muita raiva da sociedade!, Criacionismo., Feliz dia do índio!!!, 3º opção, Paulo Freire, The Sustainability Treehouse, O dízimo da educação!

188

Eu Consegui sair da Depressão e fiz essa musica pra você que nesse momento acha que sua vida não tem mais faz sentido.
Saiba que você é MUITO IMPORTANTE pras pessoas que estão ao seu arredo, converse com elas conte o que você esta sentindo busque ajuda e assim como eu você vai ficar bem.

Em “188”, Das Quebradas imprime certa confusão mental e tristeza profunda, além de um grito de socorro. Segundo o cantor e compositor, a ideia da música é ajudar as pessoas a identificarem a doença e incentivar a procura por ajuda, até por isso a canção foi batizada com o número de telefone do Centro de Valorização da Vida, disponível 24 horas por dia para auxiliar pessoas depressivas.

“A melhor forma para a pessoa sair da depressão é conversar, pedir ajuda. Fale com as pessoas que te ama, com as pessoas que estão do seu lado. A gente está no tempo do virtual e, muitas vezes, não temos um contato real com as pessoas. E, claro, se não estiver confortável para falar com os amigos e familiares, ligue 188”, finaliza.

Contato para Shows: contato.dasquebradas@gmail.com

Facebook: https://www.facebook.com/dasquebradas
Instagram:

http://instagram.com/dasquebradas
Twitter:

https://twitter.com/DasQuebradasDQ

Mude conceitos, você pode e deve: CVV, Ilumina o Mundo, A MEDITAÇÃO E SEU CERÉBRO, SAUDAÇÃO AO SOL, Eju Orendive, Portal Rap Nacional, Xeque Monte, Catastrofe natural?, Território, Quebrada Queer, O povo da caixa, Tribo de Jah – Mata Atlântica, A verdade pode estar no ovo, MC SOFFIA

Gastronomia Funcional

Os alimentos funcionais são considerados promotores de saúde e podem estar associados à diminuição dos riscos de algumas doenças crônicas degenerativas, como câncer, diabetes, doenças cardiovasculares, doenças autoimune, dentre outras. É necessário que o consumo destes alimentos seja regular, a fim de que seus benefícios sejam alcançados. Artemis Gourmet

SOPA CURA GRIPA

CREME DE MILHO SEM GLÚTEN

LEITE DE AMÊNDOAS

RISOTO DE BETERRABA

CREME DE MANDIOQUINHA COM SHITAKE

SOPA DE ERVILHA

CUSCUZ COM FEIJÃO FRADINHO

ESTROGONOFE DE LEGUMES

OMELETE DE ORA-PRO-NÓBIS

PANQUECA DE BETERRABA

PÃO FUNCIONAL RÁPIDO

ESTROGONOFE DE GRÃO DE BICO

GELADINHO DE LIMÃO FUNCIONAL

CARPACCIO VEGETAL

SALADA PROTEICA

SALADA ARTEMIS

QUICHE SEM GLÚTEN

LASANHA DE VEGETAIS

SALADA REFRESCANTE

DOCE DE ABÓBORA EM PEDAÇOS

QUIBE ASSADO VEGETARIANO

POLENTA COM INHAME

BIOMASSA DE BANANA VERDE

TORTA DE RICOTA COM ESPINAFRE

SALADA DE LENTILHA

PANQUECA FIT

LEGUMES FIT

BOLACHA DE AMENDOIM

SALADA VERDE COM NOZES PERA E BRIE

TERRRINE DE PEPINO

SALADA DE FEIJÃO DE CORDA

HAMBÚRGUER DE QUINOA COM ABOBRINHA

HAMBÚRGUER DE QUINOA COM ABOBRINHA

BRIGADEIRO FIT

BRIGADEIRO FIT

BIOMASSA DE BANANA VERDE

BIOMASSA DE BANANA VERDE

ARROZ DE COUVE FLOR

ARROZ DE COUVE FLOR 3

BOLO DE CHOCOLATE CREMOSO

BOLO DE CHOCOLATE CREMOSO

CREME DE ABÓBORA COM GENGIBRE

PROTEIN COOKIE DE LIMÃO

PROTEIN COOKIE DE LIMÃO

RISOTO COM SHITAKE

RISOTO COM SHITAKE

BROWNIE DE BATATA DOCE

BROWNIE DE BATATA DOCE

PÃO COM FARINHA DE LINHAÇA

PÃO DE FRIGIDEIRA LINHAÇA3

BOLACHA SALGADO COM CHIA

BOLACHA SEM GLUTEN2

OVO DE PÁSCOA SALGADO

Abacate recheado

CHUCHU RECHEADO

CHUCHU RECHEADO

BRIGADEIRO CREMOSO FIT

BRIGADEIRO CREMOSO FIT

MACARRONADA DE ABOBRINHA

MACARRONADA DE ABOBRINHA

PÃOZINHO DE BATATA DOCE COM KEFIR

BOLINHO DE BATATA DOCE KEFIR

ABOBRINHA RECHEADA DE QUINOA

ABOBRINHA RECHEADA QUINOA

MOUSSE DE CHIA

MOUSSE DE CHIA

TOMATES LEVES FIT

TOMATES FIT FIT

COOKIES MACIOS

COOKIES MACIOS

PIZZAIOCA

PIZZAIOCA

SORVETE FUNCIONAL

SORVETE FUNCIONAL

CHARUTINHO DE FOLHA DE COUVE

charuto de couve quinoa

TORRE DE YACON E QUINOA

TORRE YACON QUINOA 1

HAMBÚRGUER DE QUINOA

HAMBURGUER QUINOA 5

FAROFA FUNCIONAL

FAROFA VEGANA2

BISCOITO FUNCIONAL

BOLACHINHA FUNCIONAL

PIZZA DE INHAME

PANQUECA DE INHAME

ARROZ INTEGRAL COM LENTILHA

ARROZ COM LENTILHA3

OMELETE DE ESPINAFRE E QUEIJO COALHO

FRITADA ESPINAFRE AMARANTO CAPA

SALADA DE ORA-PRO-NÓBIS COM COUVE FLOR

SALADA ORA PRO NOBIS

PAÇOCA FIT

PAÇOCA FIT RECEITA

GRANOLA

Granola ok

IOGURTE

IOGURTE4

ABACATE RECHEADO

abacate 2

PÃOZINHO FUNCIONAL

SALADA DE GRÃO DE BICO

SALADA GRÃO DE BICO

TAPIOCA

IMG_20170918_134628

As gémeas marotas

“As gémeas marotas” (com grafia da edição de Portugal) apresenta desenhos de personagens em atos sexuais. O livro é assinado pelo pseudônimo Brick Bruna e trata-se de uma paródia pornográfica direcionada a adultos feita a partir da obra do autor holandês Dick Bruna.

“É falsa a informação de que a Procuradoria Geral do Município teria enviado ao Supremo Tribunal Federal imagens do livro “As Gêmeas Marotas”, na Bienal do Livro no Rio. A Prefeitura lamenta que, na ânsia de atacar a atual gestão, parte da imprensa seja usada como ferramenta política.

Reforçamos: trata-se de “fake news”. Bastava ter lido o documento original no site do STF, mas, infelizmente, alguns veículos de imprensa publicaram a informação sem a mínima apuração.

A Prefeitura do Rio reitera que não cometeu nenhum ato de discriminação. Ao contrário, a decisão de verificar o cumprimento do ECA é uma medida a favor do consumidor, que precisa ser informado sobre o produto que lhe está sendo oferecido. Tratar o tema como censura é, sim, uma tentativa de cercear o direito de cada família de decidir quais assuntos devem ser compartilhados com seus filhos.

Por fim, usamos as palavras do apresentador da TV Globo, Flávio Fachel, que, precipitadamente, trocou sua função de jornalista pela de juiz durante o Bom Dia Rio desta manhã, e devolvemos a pergunta: “Foi má-fé ou incompetência?”. Prefeitura do Rio de Janeiro – O Globo

A obra, em nome de um suposto autor holandês chamado Brick Duna, é uma sátira que foi lançada em Portugal em 2012, com tradução de Maria Barbosa.

O livro não é voltado ao público infantojuvenil. É uma sátira das produções infantis do holandês Dick Bruna, morto em 2017, conhecido pelo personagem Miffy, um coelhinho de traços simples. Consultor Jurídico

Observe mais: SUCOS VERDES, VIA LÁCTEA PELO NAVEGADOR, 23ª FEIRA INTERNACIONAL DO COOPERATIVISMO (FEICOOP), 4 SINAIS DE QUE VOCÊ E SUA CARREIRA SÃO IDIOTAS, DENTE DE LEÃO, DOUTOR ESTRANHO, RESERVE™, REPO MAN, APPS QUE CUIDAM DO SEU PET

O figado que ri

DESOPILAR O FÍGADO É VITAL PRA SAÚDE…

LEIS DA ATRAÇÃO:

– COISAS QUE SE ATRAEM SEM ESFORÇO NENHUM:

•Olhos e bunda
•Pobre e funk
•Mulher e vitrines
•Homem e cerveja
•Chifre e dupla sertaneja
•Leite fervendo e fogão limpinho
•Dedinho do pé e ponta de móveis
•Camisa branca e molho de tomate
•Tampa de creme dental e ralo de pia
•Dor de barriga e final de rolo de papel higiênico
•Bebedeira e mulher feia

1- LEIS BÁSICAS DA CIÊNCIA MODERNA:

•Se mexer, pertence à Biologia.
•Se feder, pertence à Química.
•Se não funciona, pertence à Física.
•Se ninguém entende, é Matemática.
•Se não faz sentido, é Economia ou Psicologia.
•Se mexer, feder, não funcionar, ninguém entender e não fizer sentido, é INFORMÁTICA.

2- LEI DA PROCURA INDIRETA:

•O modo mais rápido de encontrar uma coisa é procurar outra.
•Você sempre encontra aquilo que não está procurando.

3- LEI DA TELEFONIA:

•Quando te ligam: se você tem caneta, não tem papel. Se tiver papel, não tem caneta. Se tiver ambos, ninguém liga.
•Quando você liga para números errados de telefone, eles nunca estão ocupados.
•Parágrafo único: Todo corpo mergulhado numa banheira ou debaixo do chuveiro faz tocar o telefone.

4- LEI DAS UNIDADES DE MEDIDA:

•Se estiver escrito ‘Tamanho Único’, é porque não serve em ninguém, muito menos em você…

5- LEI DA GRAVIDADE:

•Se você consegue manter a cabeça enquanto à sua volta todos estão perdendo, provavelmente você não está entendendo a gravidade da situação..

6- LEI DOS CURSOS, PROVAS E AFINS:

•80% da prova final será baseada na única aula a que você não compareceu e os outros 20% será baseada no único livro que você não leu.

7- LEI DA QUEDA LIVRE:

•Qualquer esforço para agarrar um objeto em queda provoca mais destruição do que se o deixássemos cair naturalmente.
•A probabilidade de o pão cair com o lado da manteiga virado para baixo é proporcional ao valor do carpete.

8- LEI DAS FILAS E DOS ENGARRAFAMENTOS:

•A fila do lado sempre anda mais rápido.
•Parágrafo único: Não adianta mudar de fila. A outra é sempre mais rápida.

9- LEI DA RELATIVIDADE DOCUMENTADA:

•Nada é tão fácil quanto parece, nem tão difícil quanto a explicação do manual.

10- LEI DO ESPARADRAPO:

•Existem dois tipos de esparadrapo: o que não gruda e o que não sai.

11- LEI DA VIDA:

•Uma pessoa saudável é aquela que não foi suficientemente examinada.
•Tudo que é bom na vida é ilegal, imoral, engorda ou engravida.

12- LEI DA ATRAÇÃO DE PARTÍCULAS:

Toda partícula que voa sempre encontra um olho aberto.

Algumas coisas podem esperar!

Santos Futebol Clube


O Suicide Awareness Voices of Educations (SAVE), organização dedicada à prevenção do suicídio, apresenta alguns alertas de comportamento, como dormir muito pouco ou demais, exibir mudanças extremas de humor, isolamento, mostrar raiva ou demostrar desejo de vingança, agir com ansiedade, agitação ou imprudência, dizer que está desesperançoso ou que não tem propósito na vida. Portal da Cidade de Louveira

A genética, a poluição e até os agrotóxicos podem ser considerados como catalisadores de transtornos mentais, também existem fatores como estresse, mudanças bruscas na rotina e acontecimentos que desestabilizam o ser humano, como a perda de familiares. Os jovens são mais afetados por estarem ainda com o cérebro em desenvolvimento.

Se você está passando por um momento difícil, o Centro de Valorização da Vida (CVV) conta com telefones que oferecem auxílio 24 horas, sem custo. Ligue 188 e peça ajuda. Você vai ser acolhido, você vai ser ouvido. Ligue 188 ou converse através do CHAT.

Compartilhar sobre o quão suscetíveis podemos ser, e dividir nossos medos e fraquezas nos afeta profundamente, mas é uma das melhores maneiras de diminuir o fardo das aflições. A campanha do Setembro Amarelo acontece desde 2014, através de uma parceria entre CVV, Conselho Federal de Medicina (CFM) e Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP), e visa intensificar a prevenção do suicídio. Blog Netion

Também é possível pedir ajuda através do site, clicando AQUI.


A cor e o mês para a campanha não foram escolhidos à toa, o amarelo representa a chama da vida e a esperança, já setembro, foi escolhido por ser o mês com maior índice de suicídios no mundo e em comemoração ao dia 10 de setembro (Dia Mundial de Prevenção ao Suicídio).

Setembro Amarelo é uma campanha organizada pela Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP), em conjunto com a Associação Médica Brasileira (AMB), o Conselho Federal de Medicina (CFM), a Federação Nacional dos Médicos (FENAM) e outras entidades como o Centro de Valorização à Vida (CVV).


No Brasil, é possível receber assistência gratuita nos Centros de Atenção Psicossocial (CAPS), em algumas universidades, e entidades que prestam serviço social e acompanhamento psicológico e psiquiátrico. Além disso, o Centro de Valorização da Vida (CVV) é referência em apoio e assistência emocional, recebendo até 800 mil ligações por ano através do telefone (141). TV Gazeta

Uso de remédio para dormir cresce 560%

Venda da substância zolpidem aumenta em meio a uma queda dos demais ansiolíticos, usados de forma errada por quem deseja pegar no sono.
As vendas de zolpidem, um poderoso medicamento para dormir, cresceram 560% entre 2011 e 2018 no Brasil, país com 73 milhões de pessoas que sofrem de insônia, segundo a Associação Brasileira do Sono. Fernando Mellis, do R7
O clonazepam, vendido sob o nome de referência Rivotril, é até hoje o medicamento mais consumido entre os ansiolíticos. Por ter como efeito colateral a sonolência, é usado de forma incorreta para pegar no sono.

Mas que dogs


“Onde houver ódio que eu leve amor”


“Ele disse: ‘Mas, mãe, é só um beijo! A minha escola não tem gás há dois dias. Não era isso que o prefeito deveria estar vendo?'”, afirma a Camila Motta, 30 anos, a ideia do cartaz veio do menino, sem nenhuma interferência de adultos. Lola Ferreira – UOL Entretê

Estude mais: PANCADARIA DO Ó, RELATÓRIO FIGUEIREDO, Obrigado Senhor, pela Montanha, Marx escreve uma carta de repúdio ao professor, OS CÃES, 1984!, THE LONE RANGER, MC SOFFIA, Outras caras, A história de sempre?, PRESÍDIOS NO REGIME MILITAR, Cantada de Natal

Real X-men: híbridos entre humanos e animais

Um cientista renomado fez uma afirmação que deixou o mundo da ciência eufórico. O psicólogo evolutivo, Gordon Gallup, relatou ao The Sun que, quase 100 anos atrás, um híbrido humano-chimpanzé foi criado em um laboratório nos Estados Unidos.

Segundo Gallup, um de seus professores confirmou que o híbrido conhecido como ‘humanzee’ foi gerado em Orange Park, na Flórida, em 1920, porém foi morto depois que médicos entraram em pânico com o seu desenvolvimento.

Os exemplos mais antigos e notáveis de hibridização humano-macaco foram testados em 1920, pelo cientista russo Ilya Ivanovich Ivanov, seus experimentos também foram feitos por inseminação artificial, porém não obtiveram sucesso. Último Segundo – iG

De acordo com revelação publicada pela revista Nature, um comitê do Ministério da Ciência do Japão aprovou um pedido de pesquisadores para o cultivo de pâncreas humanos em ratos e camundongos, sendo a primeira experiência do tipo a ter aprovação para seguir até o fim do processo. Rafael Rodrigues da Silva – Canaltech

O objetivo da experiência não é criar um rato com nariz e orelhas humanas, mas sim testar se é possível desenvolver órgãos humanos no corpo de animais cujos quais nós já possuímos toda uma infraestrutura para abate pronta (como porcos e gado), o que poderia ajudar a solucionar todos os problemas de falta de órgãos em hospitais que criam gigantescas filas para transplantes, onde muitas pessoas acabam morrendo antes de terem a oportunidade de uma cirurgia.

A pesquisa, que será chefiada pelo pesquisador Hiromitsu Nakauchi, utilizará manipulação genética para criar embriões de roedores que serão incapazes de desenvolver um pâncreas por si só, serão injetadas células tronco humanas nesses embriões para que o pâncreas desses animais se desenvolva a partir delas, com órgão desenvolvido, este será transplantado para ratos adultos para testar se um órgão gerado dessa maneira continuará funcional em outro hospedeiro.

A cientista Carolyn Neuhaus, especialista em ética médica do Centro Hastings (Estados Unidos), em 2017 afirmou em entrevista que a comunidade deveria dar um passo atrás nesse processo e discutir as implicações éticas destes experimentos. Ela não considera a criação de porcos para extração de órgãos algo moralmente pior do que a maneira como esses animais já são criados para o consumo humano, é preciso que os cientistas ouçam as pessoas que precisam de órgãos para saber se essa é uma solução que elas aceitariam.

Atualmente não há doadores de órgãos o suficiente no planeta. A preocupação dos cientistas consiste em fazer com que esses animais possam se tornar possíveis fontes de doação. Já pensou em caminhar na rua e encontrar um ser metade humano, metade cão? Bom, isso está bem distante e parece que, por enquanto, apenas pequenas partes de nós farão parte do mundo animal. Consumidor Moderno

Cientistas em vários países criam híbridos fantásticos de pessoas e de animais que podem lançar o pânico na sociedade. Apenas nos últimos 10 anos, o progresso no campo da engenharia genética espantou os cientistas e simples observadores.

Hoje, a criação de novas formas de vida tornou-se acessível mesmo a estudantes em condições caseiras. Infelizmente, as leis não conseguem acompanhar os jogos dos cientistas.

Fonte: Voz da Rússia – Foto: skarabokki.deviantart.com. Dinamica Global

Onde estudar maconha medicinal?!?

A comunidade acadêmica tem se interessado pelo tema, especialmente ao acompanhar estudos estrangeiros sobre o uso da maconha no tratamento de doenças como depressão, Síndrome de Hett, Alzheimer e esclerose múltipla.

A Universidade Federal do Rio Grande do Norte está abrindo o primeiro curso sobre o uso terapêutico da cannabis, além das informações sobre pesquisas recentes acerca da maconha medicinal, com foco na redução de dores crônicas e crises epiléticas, os participantes também vão aprender mais sobre a história da erva e de seu uso pela humanidade.

As inscrições podem ser feitas no Sistema Integrado de Atividades Acadêmicas da UFRN. Hipeness


Seguindo a onda de legalização da maconha para uso medicinal e recreativo, universidades pelo mundo todo estão lançando cursos especializados em seu uso medicinal, como é o caso em alguns lugares da Europa e Estados Unidos e Israel, que acaba de criar um curso de pós graduação neste mercado, que tem tudo para continuar crescendo.
Itzhak Harpaz – presidente da instituição, situada entre as cidades de Afula e Nazareth, a Max Stern Yezreel Valley College, completa: A indústria de cannabis hoje é o que a indústria cibernética fez há 10 anos e Israel precisa e pode liderar esta indústria também”. Enquanto isto, o Brasil continua perdendo tempo e dinheiro, já que em 2018 somente os Estados Unidos faturou mais de R$ 20 bilhões. Gabriela Glette


A combinação maconha e faculdade nunca foi uma novidade. Mas na Universidade do Norte do Michigan (MNU), nos EUA, a planta deixou o intervalo e as matadas de aula para virar tema de quatro anos de graduação, surgiu o curso de Química de Plantas Medicinais. Quase metade dos 50 estados norte-americanos já reconhecem o uso terapêutico da planta, sendo que oito unidades da federação legalizaram inclusive o uso recreativo. Nasceu assim um mercado bilionário, mas ainda faltam pessoas capacitadas para lidar com ele.

Somente no ano passado, no mercado legal de maconha e seus usuários movimentados U $ 6.7 bilhões somente nos EUA. A expectativa é de que o volume seja disponibilizado nos próximos anos, atingindo uma marca de U $ 44 bilhões em 2020, tanto para a revista Forbes como para o mercado de erva como a melhor oportunidade de negócios para empreendedores e investidores de startups. A Sociedade Americana de Química criou recentemente uma subdivisão que apresenta os novos lançamentos da indústria nos seus encontros nacionais. REDAÇÃO GALILEU
Reflexo disso é a consolidação e surgimento de novos cursos que visam esmiuçar e formar profissionais em diversas áreas relacionadas à maconha – de cultivo a empreendedorismo, passando por bioquímica e horticultura, conheça 10 universidades que oferecem cursos sobre maconha:

1- Oaksterdam;

2- THC University;

3- Cannabis Training University;

4- Niagara College;

5- Northern Michigan University;

6- Seattle Central College;

7- University of California/Davis;

8- The Ohio State University;

9- University of Washington;

10- Scuola Italiana Della Canapa. Maryjuana

A inteligência coletiva é fundamental no enfrentamento ao proibicionismo e e o preconceito.

O curso online “O uso médico da cannabis no tratamento da dor crônica”, oferecido pelo Centro Brasileiro de Informações sobre Drogas Psicotrópicas (CEBRID), Universidade Federal de São Paulo.

O curso conta com diversos recursos didáticos e interativos, como vídeos, imagens, ilustrações, entrevistas com especialistas, trabalhos científicos para download e discussão de caso clínico. É coisa de alto nível, com um time de pesquisadores que estuda essa querida planta há décadas. Hempadão

Para ter acesso ao conteúdo basta clicar neste link http://www.cebrid.com.br/curso/


O estudo foi divulgado pela Vegetation History and Archaeobotany, segundo o artigo, a maconha deve ter sua origem precisa pelos lados do Planalto do Tibete, próximo ao Lago Qinghai, uma parte especial do planeta. Hempadão
Mude conceitos, você pode e deve: VENDE-SE MACONHA, SNOOP DOGG LION, NAARA BEAUTY DRINK!!!™, MOVIDA A ÁGUA, NEVO™, MEDICINAL VIBES, VIRTUDE, INSTANTLY AGELESS™, NISE – O CORAÇÃO DA LOUCURA., KID VINIL, VIDACELL®, BECAUSE I GOT HIGH, RESERVE™, OIL, WHICH ONE TO CHOOSE HEALTHWISE?, FHC = THC, PLANTEI MACONHA?!?, Cursos de saúde da UFPB: Uso medicinal da maconha