Uma Viagem Extraordinária

Conhecido por O Fabuloso Destino de Amélie Poulain (2001), mas também responsável pelo duvidoso Alien – A Ressurreição (1997), Jean-Pierre Jeunet é dono de uma vasta imaginação. Sua marca como cineasta é misturar lúdico e inusitado e em Uma Viagem Extraordinária (L’Extravagant voyage du jeune et prodigieux T.S. Spivet, 2013) esse estilo está em todos os cantos da tela. Omelete

A psiquiatra suíça Elizabeth Kubler-Ross, em 1969, escreveu seu livro mais famoso, intitulado “On Death and Dying”. A obra ficou marcada pelo discurso dos cinco estágios que a pessoa pode sofrer no processo do luto: negação, raiva, barganha, depressão e aceitação. Estágios que não precisam estar necessariamente nesta ordem e também podem acontecer em qualquer outro momento doloroso na vida de alguém. Focando mais em alguns e deixando outros sem muito aprofundamento, o novo filme de Jean-Pierre Jeunet lida com este tema delicado até certo ponto com maestria, porém o diretor se perde quando escolhe não se aprofundar no assunto. Guilherme AugustoCinema com Rapadura

De uma forma geral, o longa tem um tom ingênuo que pode parecer desconexo com a contemporaneidade. Porém, talvez resida nele a efetiva capacidade crítica social do filme baseado no livro O Mundo Explicado por T.S. Spivet, de Reif Larsen, que centra foco no núcleo familiar e nas indústrias científicas e midiáticas. Papo de Cinema

Spiveze-se: George Orwell, 1984 e Revolução dos Bichos, Eu Me Importo, Unesco disponibiliza mais de 80 filmes indígenas gratuitamente, Repo man, Cabeza borradora – Eraserhead, Free Energy, Micro hidrelétrica e redemoinhos, Quem matou o carro elétrico?, Empoderamento dos recursos, Planta autosuficiente, Miniusina de energia, Funcional Obsoleto

E…que Deus nos ajude!!

Assista aqui: FILMES GOSPEL CASSELI

O longa-metragem oferece uma bem humorada visão das igrejas protestantes dos EUA numa comédia de humor negro. TOM ROCHADestrutor

O roteiro é de Doug Max Stone e George Ratliff, e o último também se encarregou da direção. O filme se baseia num livro homônimo, Salvation Boulevard (2018), de autoria de Larry Beinhart.

E...que Deus nos ajude!!!

Set in the world of mega-churches in which a former Deadhead-turned-born again-Christian finds himself on the run from fundamentalist members of his mega-church who will do anything to protect their larger-than-life pastor. IMDb

Deuze-se: Oh My Gog!, CAMAZOTZ, O BATMAN DO MUNDO MAIA, A espera de Deus na linha verde!!!, Adeus Lênin, A igreja de todos os Deuses, Deus existe, Contos Indianos, O Estado Laico, Juan dos MortosReign Over Me, Eu, Christiane F., 13 anos, drogada, prostituída, In Time, Na Natureza Selvagem (spoiler)

George Orwell, 1984 e Revolução dos Bichos

George Orwell | 1984 | Revolução dos Bichos | Filosofia e LiteraturaSUPERLEITURAS

Blairze-se: Dia do trabalho, e a saúde?, Ilha das Flores, Quarto poder, Os cães, 1984!, Roda de Conversa sobre Direitos Indígenas E Contexto Urbano E O Trabalho do Programa “Índios na Cidade”, Descubra como utilizar as suas habilidades para o trabalho voluntário, Ikigai, Save Ralph, 7 livros de ficção científica que todo homem deveria ler

Eu Me Importo

A exibição de Eu Me Importo para aqueles que leram “comédia” na descrição do filme pode ser confusa. Dificilmente você vai soltar alguma risadinha durante a projeção. De fato, na maioria do tempo, o longa causa muito mais ojeriza. Então, ele não é exatamente uma comédia. 

Sabemos que a comédia enquanto gênero não exige tanto de si mesma e que se difere da comédia enquanto senso comum. Blakeson – que também assinou o roteiro do filme – resolveu levar esse descompromisso com a comédia sensorial até o limite, apresentando ao público uma história que se apoia na mais abjeta personificação da vilania: aquela que se aproveita de velhinhos indefesos.

Importeze-se; Aposentadoria da Água, O filtro de barro, Ecovila para idosos, Convivir, Preconceito, é preciso admitir!?!, CLE – Consolidação das Leis do Escravo, INSs com desconto, A ÚLTIMA SACANAGEM DO CRIADOR CONTRA NÓS, Manuel Edmilson da Cruz, 11 filmes para quem é apaixonado por Psicologia

Save Ralph

Salve Ralph – Curto Film Dublado Portuguesa & Subtitulo | Save O Ralph – Curta com Rodrigo Santoro. MARRYGN


The Humane Society of the United S
tates

O curta se chama “Save Ralph”, mas o objetivo da campanha da qual a animação faz parte é salvar não só o personagem coelho que batiza o vídeo, mas todos os animais ainda utilizados em testes para produtos de beleza ou farmacológicos em geral. Vitor Paiva – Hyperness

A animação foi criada em parceria com o Arch Model Studio como parte de uma campanha da Humane Society of the United States pelo fim dos testes animais em todo o planeta, e traz ainda em seu elenco as vozes de Olivia Munn, Zac Efron, Pom Klementieff, Tricia Helfer e do brasileiro Rodrigo Santoro como participações especiais. “Nenhum animal deve sofrer ou morrer em nome da beleza”, diz a chamada que encerra o vídeo, após Ralph aparecer ainda mais debilitado ao fim do seu dia de trabalho – ou tortura.

Saze-se: Fenômeno Baader-Meinhof, PRO TESTE, Mikey Chanel, Qual o Primeiro Animal na Imagem, Indústria 4.0 ou Quarta Revolução Industrial, Jardim da Empatia, A gente sempre soube.

Ivo Holanda de Barros

As pegadinhas do Programa Silvio Santos se tornaram um símbolo da TV brasileira, principalmente as que envolveram Ivo Holanda. Contudo, as brincadeiras não ficaram restritas apenas ao humorista e teve outras pessoas que fizeram parte do quadro. Só que algumas vezes a situação passou do controle e precisou a produção intervir. Na telinha

Rasteira, tapa e Ivo Holanda quebrado: As pegadinha de Silvio Santos que deram errado
Ivo Holanda virou o rei das pegadinhas no Programa Silvio Santos

Veja algumas pegadinhas clicando aqui.

O artista, que começou na TV como calouro de Raul Gil e virou ator de pegadinhas no programa Alegria 81, apresentado por Gugu Liberato, é sucesso na TV (já bateu a Globo) e no YouTube, onde recentemente criou seu próprio canal.

 Ivo Holanda faz 85 anos e comenta suas cinco Câmeras Escondidas mais vistas

Veja outras pegadinhas clicando aqui.

Desde menino na pequena Pompeia, no oeste de São Paulo, Holanda cultivava fascínio pelo mundo do espetáculo, e se mudou para a capital como imitador de Vicente Celestino, seu ídolo pessoal. Para complementar o orçamento, foi engraxate, tapeceiro, marceneiro, pesquisador do Ibope, e sua profissão mais duradoura, contínuo por mais de três décadas em variados bancos. Ivo iniciou-se como ator no teatro amador em apresentações da Paixão de Cristo na periferia paulistana. Depois, desempenhou pequenos papéis em filmes de pornochanchada nos anos 1970 e atuou em circos. Wikipédia, a enciclopédia livre.

Ele começou a carreira de artista como demônio. Depois foi o traidor Judas e Gestas – o ladrão que não se arrependeu dos pecados, crucificado ao lado de Jesus- em representações da Paixão de Cristo na periferia de São Paulo, nos anos 1970. ELISANGELA ROXO – Folha

Ivo Holanda, hoje com 85 anos, nasceu em 22 de junho de 1935, é ator e humorista brasileiro, conhecido como “rei das pegadinhas“.

Ivo Holanda publicou um vídeo anunciando seu canal no YouTube. No cenário, uma foto gigante ao lado do patrão e uma espécie de boneco inflável com o rosto do humorista e a frase “O saco de pancada”, homenagem aos quase 40 anos apanhando nas Câmeras Escondidas do SBT. Paulo Pacheco

 Aos 84 anos, Ivo Holanda quer ser youtuber para suportar quarentena: "Sou de beijo e abraço"

Instagram: ivoholandasbt

Ivoze-se: Comedia dell’arte, FICA TRANQUILO!?!, 15 Mind Opening LSD Quotes, El Chavo del Ocho, Começou o carnaval!, Burger King faz piada de Dia das Bruxas, O país da piada pronta!, FICA TRANQUILO!?!, O Poder Que A Bunda Tem

Cidade Invisível

Esqueça os deuses nórdicos ou a lendas celtas: os mitos do folclore brasileiro finalmente estão entre nós em Cidade Invisível, série que é um excelente acerto da Netflix e traz para o audiovisual uma muito bem-vinda versão de entidades como a Cuca, o Curipira, o Saci e a Iara. Conta com a presença de Margo PigossiAlessandra Negrini e José Dumont à frente do ótimo elenco, com direção de Carlos Saldanha. RAQUEL PINHEIRO

A produção acompanha Eric (Marco Pigossi), um detetive da polícia ambiental que investiga a misteriosa morte de sua mulher, Gabriela (Julia Konrad). Durante o trabalho, no entanto, ele acaba descobrindo que o Rio de Janeiro que ele conhece está habitado por figuras fantásticas —que parecem estar de alguma forma ligadas ao incêndio em que Gabriela morreu. Beatriz Amendola – Splash

Divulgação

São criaturas como o Curupira, o Saci e a Cuca, que se materializa aqui na figura de Inês (Alessandra Negrini), dona de bar e uma poderosa bruxa que sabe mais do que revela e que mantém com Eric uma relação de desconfiança mútua, mais do que uma relação vilã-mocinho.

Com sete episódios disponíveis a partir de 05/fev na Netflix, Cidade invisível revisita lendas e personagens do folclore brasileiro em uma trama aventureira e contemporânea.
Saldanha é o criador da série, que tem produção da Prodigo Films (responsável por Coisa mais linda, outro título da Netflix), mas a direção dos episódios é dividida entre Luis Carone e Julia Jordão.  Mariana Peixoto

Sazi-se: A lenda maia do beija-flor, A lenda do fio vermelho, Rio fervente, lenda amazônica, Halloween Saci!, Curupira, Iemanjá, Macunaíma, Dia do folclore, Cultura Indígena e Fantasia

Domínio Público

domínio público o que é

O C cortado na imagem deste post é o símbolo que indica que uma obra está em domínio público! Quando você o encontrar em algum material, pode estar certeza que ele está nessa situação. Assim, é possível baixar e até comercializar sem enfrentar problemas com os autores nem cometer nenhuma ilegalidade. Escrever e Ler

No Brasil, os direitos autorais duram por 70 anos após a morte do autor (contados a partir de 1 de janeiro do ano seguinte ao falecimento). Em geral, a regra é a mesma em outros países. Depois de um tempo do falecimento dos autores, os direitos autorais vencem.

O domínio público vale não apenas para livros, mas também para artigos, músicas, invenções e outras obras de tecnologia, cultura ou informação.

O “Portal Domínio Público“, lançado em novembro de 2004 (com um acervo inicial de 500 obras), propõe o compartilhamento de conhecimentos de forma equânime, colocando à disposição de todos os usuários da rede mundial de computadores – Internet – uma biblioteca virtual que deverá se constituir em referência para professores, alunos, pesquisadores e para a população em geral.

O portal Domínio Público constitui-se em um ambiente virtual que permite a coleta, a integração, a preservação e o compartilhamento de conhecimentos, sendo seu principal objetivo o de promover o amplo acesso às obras literárias, artísticas e científicas (na forma de textos, sons, imagens e vídeos), já em domínio público ou que tenham a sua divulgação devidamente autorizada, que constituem o patrimônio cultural brasileiro e universal.

Dominize-se: Biblioteca de objetos Leila Berlin, Maior biblioteca de magia e ocultismo do mundo digitaliza seu acervo, Biblioteca Tabera, Biblioteca Web, Flash na Biblioteca

Trilha sonora de Akira

Bottleneck Gallery e a Milan Records trouxe de volta as músicas clássicas do filme em versões “regravadas e remasterizadas”, segundo a descrição oficial. Apesar disso, a obra ainda é creditada a Geinoh Yamashirogumi, o grupo fundado por Shoji Yamashiro, que foi responsável pela trilha original. Jefferson Sato – Geektrooper.wordpress.com/2017/08/04/trilha-sonora-de-akira-sera-relancada-em-discos-de-vinil-sangrentos-jovem-nerd/

akira-trilha-vinil1

Esta é a lista de músicas inclusas nos discos:

  1. “Kaneda”
  2. “Battle Against Clow”
  3. “Winds Over Neo Tokyo”
  4. “Tetsuo”
  5. “Doll’s Polyphony”
  6. “Shohmyoh”
  7. “Exodus From the Underground Fortress”
  8. “Illusion”
  9. “Mutation”
  10. “Requiem”

O mangá de Akira foi originalmente publicado entre 1982 e 1990, mostrando uma Tóquio futurista após a 3ª Guerra Mundial, desolada por uma força sobre-humana. Quando um jovem acaba se envolvendo com a causa da destruição, segredos enterrados voltam à tona e a nova cidade corre perigo. Uma adaptação em anime foi lançada em 1988. Jovem Nerd

Akiraze-se: Akai Koudan Zillion Dublado, 30 Matrix indígenas, Trilha sonora de Akira será relançada em discos de vinil sangrentos [Jovem Nerd], KIERU, UM JOGO DE COMBATE ENTRE SAMURAIS INSPIRADO EM SAMURAI JACK

Huni Kuin: os caminhos da jiboia

A tribo Huni Kuin (ou Kaxinawá) desenvolveu um jogo eletrônico, que pode ser baixado gratuitamente, possibilitando uma experiência de intercâmbio de conhecimentos e memórias indígenas. Revista Prosa Verso e Arte

Isso mesmo, a comunidade indígena localizada no Acre, Brasil, montou uma equipe de programadores, artistas e antropólogos para criar seu próprio videogame. O projeto se chama Huni Kuin: os caminhos da jiboia e trata-se de um jogo de plataforma de cinco fases, onde cada fase conta uma antiga história do povo Huni Kuin.

A proposta é propiciar uma imersão no universo Huni Kuin, em que os jogadores possam entrar em contato com saberes indígenas – como os cantos, grafismos, histórias, mitos e rituais deste povo – possibilitando uma circulação destes conhecimentos por uma rede mais ampla.

“Um casal de gêmeos kaxinawá foram concebidos pela jiboia Yube em sonhos e herdaram seus poderes especiais. Um jovem caçador e uma pequena artesã, ao longo do jogo, passarão por uma série de desafios para se tornarem, respectivamente, um curandeiro (mukaya) e uma mestra dos desenhos (kene). Nesta jornada, eles adquirirão habilidades e conhecimentos de seus ancestrais, dos animais, das plantas e dos espíritos; entrarão em comunicação com os seres visíveis e invisíveis da floresta (yuxin), para se tornarem, enfim, seres humanos verdadeiros (Huni Kuin).”

Caapora Adventure

O Game conta a história de um jovem índio chamado Yacamin que seguirá em uma aventura em busca dos fragmentos da pedra Caapora que foi violada e separada em 4 fragmentos elementares que foram espalhados pelo continente de Zaltana, o que fez com que o portal entre os mundos; mitológico e dos humanos, fosse novamente aberto, trazendo monstros e entidades folclóricas para o mundo dos humanos.

Noel ou Jesus?!?

Imagem relacionada

Celebrar e ser feliz deve ser todo dia; reunir os amigos e a família, sempre. E, muitas vezes, escolhemos uma data para nos juntarmos com pessoas que às vezes nem mais convivem conosco ou que não temos afinidade. Sem ser hipócrita: clima natalino é diferente de clima comercial. DISCUTINDO CONTEMPORANEIDADES

doar brinquedos no natal

Papai Noel é só um personagem bem pequeno, e que os mais estudiosos sabem, foi criado pela Coca-Cola para campanhas de marketing no final do ano nos EUA há muito tempo atrás, essa data criou uma repercussão comercial e o verdadeiro significado do Natal está se apagando aos poucos. Karin Petermann

Nataze-se: Dicas de como fazer uma árvore de Natal diferente gastando pouco, Natal na pandemia: dicas e orientações para confraternização familiar, Feliz Natal by CVV, Cantada de Natal, Natal com a consciência tranquila!, 13º Salário

Parenti Serpenti

Parenti Serpenti (Parente é Serpente) – 1992. Direção Mario Monicelli. filmow

A ceia de Natal está pronta. A família Colapietro irradia paz e tranquilidade. A casa paterna se enche de risos, gritinhos de crianças, muitas lembranças em comum, muitos segredinhos, histórias picantes e fofocas para trocar. Antecipando as delícias da mesa, todos esperam o momento de começar a mais esperada comemoração do ano. Então, a matriarca da família anuncia que ela e o marido estão muito velhos para continuarem vivendo sozinhos e decidiram ir morar com um de seus filhos ou filhas.

Parente é serpente – Filme completo

Golden Shower: Total Control (SD) (2001)

Golden Shower: Total Control (SD) (2001)

Segundo videoclipe oficial do Projecto Golden Shower, finalista na categoria Melhor Clipe de Música Eletrônica do VMB MTV 2001.

Direção : Carlos Bêla e Mario Sader, Animação: Alfredo Hisa, Guga, Certain e Roger Marmo Uma produção da Lobo (www.lobo.cx) 2001

Download this song: http://goldenshower.bandcamp.com

Official website: http://www.goldenshower.gs

Showerze-se: Atari 2600, Projeto Guri, Dia do músico, Music of House, Springfield’Spring