Truques simples e originais para o ajudar no jardim

Estes simples truques e ideias para o jardim vão ajuda-lo, faz bem também para a cabeça: relaxa a mente e promove o bom humor. Além disso, para dedicar-se a jardinagem não é necessariamente preciso ter um jardim, basta ter uma bela varanda em casa. Neste artigo vamos mostrar alguns truques que vão te ajudar a ter um cantinho verde perfeito. 1001 ideias

Confere abaixo:

1. Plante as sementes equidistantes usando uma forma para muffin.

2. Faça um caminho com garrafas de vidro.

3. Utilize o escorredor de massa como floreira suspensa.

4. Esmague colheres velhas até que fiquem planas.

Decore-as e use o nome das plantas que plantou.

Ou use talheres de plástico.

5. Tire a parte de cima de uma lata.

Pinte com um spray…

E use para colocar ervas aromáticas.

6. Use uma garrafa de vinho para irrigar as plantas: encha de água e enterre.

7. Pode usar uma velha pia para decorar o jardim.

Para deixar os animais longe das plantas, use garfos de plástico.

Espalhe cascas de bananas no terreno, ao se decomporem elas vão deixar cálcio, magnésio e muitos outros nutrientes.

A mesma coisa para os restos de café que são fertilizantes naturais.

E as cascas de ovo que devem ser enterradas depois de secarem durante três dias.

10. Um escorredor de massa com filtros de café é uma solução para reter a humidade.

11. Aproveitando esta ideia até quem mora num apartamento pode ter um cantinho verde.

image: 11eureka.blogspot.com

Clique neste link acima e veja como fazer isto!

Tem também aqui um video com mais dicas para o jardim:

[embedyt] https://www.youtube.com/watch?v=u31l960Ggx0%5B/embedyt%5D

Dicaze-se: Ergonomia no home office: 6 dicas para sua saúde, Saúde financeira: 5 dicas para equilibrar as finanças, Corona Vírus, dicas., 5 dicas para ajudar um autista, Dicas para fugir do hábito de reclamar, Dicas de uma árvore

Pés pretos

Ainda hoje revejo a cor em que, em criança, deixava a água do banho e o contentamento com que observava o seu escurecer assim que os pés pretos entravam na banheira. Barriga Cheia

Pintava orgulhosamente a água, contrariando assim a professora de Ciências da Natureza que ensinava aquela ideia peregrina de que “a água não tem cor”!…

Hoje é assim. Quando somos donos do nosso tempo e encontramos um sítio que gostamos, improvisamos uma casa. E tal como alguém que se descalça quando chega a casa potenciando o conforto, também nós nos descalçamos. O pé descalço tem este significado.

Os pés pretos são a tatuagem da experiência vivida em toda a sua plenitude, sem barreiras impostas por um calçado mais ou menos confortável, sem filtros impostos por normas mais ou menos instituídas.

Os pés pretos sentiram a viscosidade da relva, a humidade do piso molhado, o calor da terra…

(Imagino que aquele slogan de um famoso produto de limpeza de roupa que apregoa que “É bom sujar-se” tenha esta ideia implícita…)

Se disser que o foco desta imagem está em 4 pés pretos, não estou, de forma alguma, a desvalorizá-la. Muito pelo contrário.

Estes quatro pés pretos revelam duas almas lavadas. E, geralmente, é diretamente proporcional: quanto mais pretos os pés, mais cheios os corações e mais cor-de-rosa as memórias.

E, mais logo, quando formos para a nossa casa de verdade, construídas à prova do vento que aqui nos embala, e pintarmos a água do banho, sabemos que o que ganhámos não vai escorrer com o preto….

Embrapa Live

Manejo do solo e nutrição de hortaliças com insumos biológicos, irrigação, sementes e doenças que atacam os vegetais são alguns dos temas a serem tratados. “A Embrapa Hortaliças desenvolveu biofertilizantes para hortaliças, com ótimos resultados e que são bastante fáceis de produzir”, afirma Mariane Vidal, pesquisadora da Embrapa Hortaliças. Marcia Sousa

Quer ver como é possível produzir alimentos livres de substâncias contaminantes? Abaixo você confere a programação:

Live 1 – 28/09: “Nutrição das hortaliças com coberturas vivas em sistemas orgânicos
Live 2 – 05/10: “O que há de novo sobre manejo de solo para produção de hortaliças em sistemas orgânicos?
Live 3 – 19/10: “Programa de melhoramento para sistemas orgânicos de hortaliças? Sim!” (Parte 1)
Live 4 – 26/10: “Programa de melhoramento para sistemas orgânicos de hortaliças? Sim!” (Parte 2)
Live 5 – 09/11: “Bioinsumos e o uso do Hortbio para sistemas orgânicos de hortaliças”
Live 6 – 16/11: “Pragas em sistemas orgânicos de hortaliças, o que fazer?”
Live 7 – 23/11: “Como usar as substâncias húmicas nos sistemas orgânicos de hortaliças?
Live 8 – 30/11: “Como controlar doenças de hortaliças nos sistemas orgânicos”?
Live 9 – 07/12: “Nutrição das hortaliças com coberturas vivas em sistemas orgânicos”
Live 10 – 14/12: “Como irrigar hortaliças nos sistemas orgânicos de produção?”

As lives ocorrerão sempre às 16h, com duração de 1h30, no canal do Youtube da Embrapa. CicloVivo

Embraze-se: Indígenas doam alimentos, Sua horta, Hortas e temperos, Bokashi, o super adubo, Sistema aquapónico Pet, From garden to forest e Agroflorestar, Gongolos

10 anos, Gratidão!!!

Diga o artigo que gostou e mais e vou escolher a resposta mais interessante para presentear, divirta-se.

Gratidão, tenho uma enorme preocupação em cuidar para que todos dia você possa ter algo interessante para pensar.

Esse espaço pertencem a ti, deixe seu comentário de como podemos melhorar.

Namastê: Dinas Miguel, Eles eram muitos cavalos, Pavê de Chocolate com Calda de Frutas Vermelhas, UM DIA VESTIDOS DE MENINA, A INVEJA É UMA MERDA, Timo

Icons Unmasked

batman_iu_800

A coleção de ilustrações Icons Unmasked do ilustrador Alex Solis é uma série de desenhos onde ele mistura ícones pop brincando que na verdade uns são os “alter egos” de outros. Que alguns personagens são outros desmascarados.

alien_iu_800

daffy_iu_800

darthvader_iu_800

nemo_iu_800

Unmaskedze-se: Inacreditáveis ilusões de ótica com tinta e maquiagemIlustrador desmascara os personagens de filmes, games e animaçõesKay Pike and Lianne MoseleyMotoqueiro Fantasma Cósmico ganha capa variantes em diversos títulos da Marvel ComicsMarvel

Guia de compostagem e idéias de caixa de compostagem

Composting is a great way to recycle and build a beautiful lush garden. Composting is a natural process that recycles various organic materials (waste) and produces a rich black soil known as ‘humus’ or ‘black gold’. Digging In The Garden

Also, composting is a sustainable way to save money by reducing kitchen waste and landfills.

Composting is a scientific process, and several factors need your attention:

  • Temperature
  • Size of Materials
  • Oxygen
  • Heat
  • Moisture

Microorganisms are the primary role of the composting process. Aerobic bacteria are the most efficient compost-makers, excreting nitrogen, phosphorus, and magnesium. But anaerobic microorganisms let organic materials ferment and become stinky. No one wants food and garden debris rotting in a corner of their yard. Therefore composting encourages the addition of aerobic bacteria. That is why you have to turn the compost pile(it lets fresh air in).

Compost materials can be divided into two categories: carbon suppliers (Brown) and nitrogen suppliers (Green). The best ratio of carbon and nitrogen materials is 30:1. (This ratio is based on the dry weight and can only be approximated in practical applications.).

When you add too much carbon material, the composting process will slow down; Too little carbon, and the compost ferments, gets stinky, and loses its nutrient value.

Fast Method:
The best ratio C(30):N(1); 40-60% Moisture; Aeration(Turning the pile 1-2 times a week); Temperature(90-160°F, you can use a compost thermometer).

Slow Method:
Too much carbon and low temperature will slow down the composting process.

Conclusion:
In fact, it is difficult to achieve a ratio of 30: 1. According to the suppliers’ weight, you can add 2 to 3 pounds of Brown per pound of Green.

Carbon Suppliers (Brown): Hay, Straw, Fall leaves, Wood chips, Corn stalks
Nitrogen Suppliers (Green): Egg shells, Fruit scraps, Vegetable scraps, Fresh leaves, coffee grounds

First, choose an area in your garden or yard for your compost pile, then prepare a suitable container. You can repurpose an old bin or make a DIY compost container

Chop the materials into small pieces; the smaller the pieces, the faster the materials can be broken down. When adding materials, always bury kitchen scraps in the center of the pile to accelerate degradation and to block flies and other bugs.

Too dry materials will prevent compost from breaking down. At this time, you need to add water to the compost. If the compost is too wet, you can add sawdust, hay, and other materials to reach the appropriate consistency.

Ideally, you add new materials and turn the pile every 3-4 days. It provides fresh air for aerobic bacteria. The fork is a perfect tool to turn a compost pile.

Tips: Do not add cooked foods, oils, fats, meat, animal bones, pet waste, treated wood, or anything with insecticide exposure.

A too wet compost will reduce air flow inside the materials and cause a nasty smell. Because in low oxygen levels, the greens can ferment and become stinky due to the production of acids, hydrogen sulfide, and more. Therefore, during the rainy season, prepare a cover such as plastic cloth or a layer of hay to prevent the compost pile from getting too wet.

Insert a perforated PVC pipe in the center of the pile can greatly improve the flow of air.

 Composting in winter is not different than composting in the summer; it is just slower. In the coldest weather, the process simply stalls and the food scraps freeze. When temperatures rise above freezing, the process resumes. The cold temperatures will lower the pile’s overall temperature, so stop turning the pile during the winter months to lock in as much heat as possible.

When compost is ready for use, it looks, feels, and smells like good, earthy dirt. Then you can use compost to slowly feed your plants over a long period instead of expensive chemical fertilizers.

Compostze-se: GongolosVegetais fast to mesaBoas Idéias Que Todos Os Países Deveriam AdotarFavela OrgânicaMinhocário.Um anticorpo de Gaia para o vírus ser humanoMicro hidrelétrica e redemoinhosFlorest PoultLixo não existeNeste Chão Tudo Dá

Care me!

A boca fala do que o coração está cheio. De coisas cinzentas o mundo está cheio. Vamos compartilhar um arco-íris de cores? NICOLE GUIMARÃESentre conversas e flores

Confesso que é difícil não julgar aqueles que pensam ou agem diferente de mim, mas é uma mudança que estou buscando. Antes de apontar o dedo para o outro, comecei a olhar para meu mundo interior. Por que estou julgando? Se for para criticar, que seja partindo da empatia, da vontade de desejar o bem e com afeto.

Caze-se: A VIDA… E SUAS PEDRAS!, Horas Iguais!!!, Elegância, eu?, Ponto de vista do amor, Não adoeça, LEIS DA GRATIDÃO, Tipos de amor by Greece, How Do You Do!, Dinamarca, combate depressão com vitamina de cultura, A arte de culpar, PK, Insensatez, CVV

Tornar-se adulto…

DOCE E AGRIDOCE:   CLICHÉ  Perdigota é uma perdiz nova que se utili...

Papai Noel foi contratado para distribuir brinquedos na festa de Natal dos trabalhadores. Ao ver o ministro do Trabalho, expôs-lhe a situação:

— Ministro, nossa profissão ainda não foi regulamentada. Faça alguma coisa por nós.

 — Como, se você e seus colegas só trabalham alguns dias por ano?

— Perdão, mas ainda que fosse um dia apenas, é trabalho regular, e em condições desfavoráveis. Ser Papai Noel na Europa é fácil, aqui o senhor não faz ideia. Além disso, passamos o ano inteiro à espera do Natal, com capacidade ociosa.

O ministro prometeu estudar o caso, mas acabou indeferindo a petição, com fundamento em parecer da assessoria, segundo o qual Papai Noel não existe. Carlos Drummond de Andrade, in Contos plausíveisElilson BatistaRapadura Cult

Eggtimer the Temple is Man Shostik MeMe
por isso nunca vou deixar de ser criança, ok? abraços prus adultos!

“Quando um idiota faz alguma coisa de que se envergonha, diz que está apenas cumprindo seu dever.” George Bernard Shaw, in: Elilson BatistaRapadura Cult

Linda Boa tarde. Se puder está aqui a tarde!

“Tem um não em todo sim.”Guimarães Rosa, in Buriti

Adulteze-se: We did just fine, Miguelitos façam alguma coisa!, Milton Friedman, O Exterminador do Futuro: Gênesis, Os cegos do castelo, El Chavo del Ocho, Charles M. Schulz desenhando Charlie Brown, Ilustrador desmascara os personagens de filmes, games e animações, A ÚLTIMA SACANAGEM DO CRIADOR CONTRA NÓS, Jeunesse, Verdade Ou Mentira?

Minimal Vertical Aquaponics Garden

Jardim vertical mínimo de Aquaponics

Parts list:

  • 3″ Bamboo (or PVC) pipes, 5′ tall (2 count)
  • 10gal Aquarium (50 Qt. Storage Bin Clear Plastic)
  • 300 GPH Pump
  • 6′ of food safe 3/4″ Black Tubing
  • 1/2-Inch PVC Slip-fit Female Adapter Pipe Fitting – Barb
  • 1/2-Inch PVC Male Thread Adapter Pipe Fitting – Barb
  • 1/2-Inch PVC T Shape (3 count)1/2-Inch End Caps
  • Aquarium pebbles
  • Aquarium heater – 100W
  • 2 Ball valves
  • Reused plastic bottles or net pots

All of these materials can be found at local hardware stores, pet stores, or purchased online for under $60. We recommend repurposing as many materials as possible from your community (pro DIY). instructables

F5D3QDNIZT6HN44.LARGE

Using a drill and hole saw bit. We used a 3 inch hole saw. The reason for the 3 inch size is to later accommodate reusable materials for media holders like plastic water bottles.

1. measure the height of your fish tank/plastic container. Then from that mark on your pipe, drill the holes 8″ apart, measuring from the center point of each hole.

*You’ll want to drill a hole below the mark too so that the fish can swim freely through the pipe in the fish tank.

2. use a file or sandpaper to smooth off any plastic burrs.

3. After tracing the pipe ends on the lid, use a jig saw to cut the holes for the pipes.

4. Cut inside the lines by 1mm for a snug fit.

diyjardimvert

5. Add your pump to the container/fish tank and connect the 1/2″ threaded barb to the pump and black tubing.

6. Add your media (aquarium pebbles, etc). This should amount to around at least 10% of the total volume of your system to allow for enough space for nitrifying bacteria to live. Nitrifying bacteria are the magic that makes this system work.

7. Some pumps come with an attached filter. If it does not, you’ll need to rig up a filter so that your pump doesn’t clog. Here we used a 2 inch net pot, sponge, and a zip tie.

diyjardimvertical

8. Measure the distance between the centers of your pipes. Using a hacksaw or pipe cutter, cut two pieces of 1/2 inch PVC pipe to go between the PVC T-Shape drippers and connected everything.

9. Cap the two ends with your PVC end caps.

*If you find you need more water flow control, add 2 ball valves to the drip outlets.

Reuse plastic bottles with holes cut in them to hold your seedlings in place. Make sure to put enough holes/gaps in so that the drip stream keeps everything wet and make a bottom hole for the roots to grow through. The plastic bottles are longer and extend further to the back of the pipe (to better catch the water flow).

diyjardimvertic

10. Go ahead and add the water. Make sure to use dechlorination product or let the water sit 24+ hours before adding the fish to allow the chlorine in tap water to dissipate.

11. Add 1 or 2 small goldfish.

12. Add your seedlings! It is best to let them develop 3-4 true leaves in your nursery before placing them in the system.

#Aquaponic spinning #wheel. Wow! Yes interesting sci fi proto type for a massive space station. Pinterest

#Aquaponic spinning #wheel. Wow! Yes interesting sci fi proto type for a massive space station

Aquaponize-se: Cursos online e gratuitos sobre agrofloresta, permacultura e ecodesignWater Crisis in PakistanFavela OrgânicaEcoinventos, Campanha recolhe óleo de fritura para fabricação de biodieselLâmpadas fritasLixo, 40% de desconto.

 

Adorable Circle Of Life

Savage. Menacing. Ruthless. Predators get a pretty bad rap. Sure, they prey on helpless animals that never stand a chance. But behind those jagged teeth, powerful jaws and razor-sharp claws, every predator has a softer side. Maybe even an adorable one.

Everyone has compassion for the cute bunny or lamb. But what about their predators who are working hard for their meal? Capturing their prey is life or death for them. Just think about the last time you had to hunt for food while hangry. You can understand, right?

It’s time to give the predators a break. Because in the end, both predators and their prey play a role. Let’s celebrate all animals who complete the Adorable Circle of Life.

Animais em 3D do Google

A nova funcionalidade foi anunciada pela empresa na sua conferência Google I/O de 2019, mas ganhou a atenção das pessoas justamente no início do isolamento social no Brasil, no final de março. Desde então, a popularidade dos animais em 3D diminuiu, mas voltou agora em julho, com quatro meses de quarentena. terra

A ferramenta de Realidade Aumentada (AR) chamou a atenção de usuários do Twitter, no sábado 28/03/2020, que desconheciam a novidade apresentada pela Google em 2019 durante a conferência anual Google I/O. O recurso permite, a partir da pesquisa por animais como cachorro, leão e tigre no buscador, visualizar modelos em 3D das figuras enquanto elas rugem, nadam, voam e emitem seus sons típicos, com uma pesquisa simples, é possível ver animais, planetas e até mesmo o esqueleto humano em 3D.. Clara Fabro – TechTudo

A tecnologia do Google permite, ainda, transportar os animais em 3D para a sala de sua casa com a opção “veja no seu espaço”, se o seu celular tiver suporte à tecnologia de Realidade Aumentada do Google. Confira a seguir a lista de animais disponíveis em 3D, mas, até o momento, apenas alguns deles que podem ser observados em realidade aumentada são: aligátor americano, urso, gato, cachorro, guepardo, lobo, pato, águia, pinguim, panda, cabra, ouriço-terrestre, cavalo, pônei, leão, tigre, arara, polvo, tubarão, guaxinim, cobra e tartaruga. Segundo o site de tecnologia 9To5Google, não existe, por enquanto, nenhuma lista oficial do Google com os animais que podem ser vistos em 3D.

Todos os smartphones com Android 7 ou superior e iPhones com iOS 11 ou superior possuem suporte para a ferramenta de observação em 3D da busca do Google. O problema é que nem todos podem utilizar do recurso “Ver no seu espaço”, já que uma outra tecnologia é necessária para isso, a ARCore, que é a plataforma para a Realidade Aumentada do Google, também é necessário que o celular tenha CPU com capacidade o suficiente para rodar todas as variações de imagem em tempo real.

A compreensão ambiental é o que permite ao ARCore identificar superfícies planas. A tecnologia consegue fazer isso procurando aglomerados de pontos-chave (os feature points) que parecem estar em um horizonte comum, como o chão ou uma mesa. O sistema detecta o tamanho e a localização de superfícies, disponibilizando os dados para o aplicativo, que pode então inserir objetos virtuais nos planos. Raquel Freire

Como ver animais em 3D pelo Google no celular

  • Abra o aplicativo de buscas do Google para celular
  • Pesquise o nome do animal que você quer visualizar (por exemplo, tigre)
  • Role os resultados de pesquisa para baixo até encontrar o modelo em 3D do animal
  • Toque em “Veja em 3D”
  • Quando o animal em 3D aparecer, toque em “Veja no seu espaço”
  • O aplicativo vai pedir para você apontar a câmera para o chão. Isso serve para a ferramenta de realidade aumentada se ambientar. Em alguns segundos, o animal deve aparecer na sua tela como se estivesse parado à sua frente
  • Você pode tirar fotos ou filmar o animal, inclusive com uma pessoa junto como se estivesse com ele

3dze-se: Photoshop CC 2018 e Maquete Eletrônica 3Ds Max 2018 e Vray: Free, Como desenhar um Buraco em 3D (Drawing 3D Hole), WORKSHOP DE ESCULTURA PARA INICIANTES, 2 mil livros sobre permacultura e bioconstrução, LITERATURA INDÍGENA: POR ONDE COMEÇAR?, Memória Quântica made in Rusnet, Painéis solares em Curitiba recebe destaque internacional, Córnea feita de células-tronco “reprogramadas”

365 NUS

A inspiração veio do avô naturista, que apresentou para Fernando uma maneira libertadora de lidar com a nudez, porém o fotógrafo perdeu a conta de quantas vezes foi bloqueado e denunciado por ‘conteúdo impróprio’. Apesar disso, fica claro o que seu trabalho quer mostrar: que o ‘nu’ é bem mais do que órgãos sexuais em evidência.

O trabalho autoral, um projeto de Schlaepfer, #365nus foi lançado em 2015 e rendeu imagens espetaculares, com modelos sendo colocados em diversos contextos, cenários e atmosferas.

Tomás (foto: Fernando Schlaepfer)

O fotógrafo Fernando Schlaepfer lançou um projeto intitulado #365nus, com o qual se responsabilizou a publicar uma foto por dia, durante um ano de inteiro, de diferentes pessoas nuas. Maurício Thomaz

… eu entendi que independente do estereótipo, não é a pessoa que você fotografa que vai fazer o resultado ser uma réplica do estabelecido: há um conjunto de fatores muito maior na criação de uma imagem que envolve não só o lado estético, mas o olhar e as intenções das pessoas que criam aquela imagem (as fotografadas e as que fotografam, no caso), … . #365nus

O lado egoísta sempre bate quando perdemos alguém, mas é no mínimo injusto ficar triste com algo em relação a ele, muito menos deixar de lado algo que ele foi o maior incentivador.

Esta imagem possuí um atributo alt vazio; O nome do arquivo é 006-tripla-hugo-1080px.jpg

Foram-se as risadas ininterruptas, os almoços de domingo, as conversas inteligentes mesmo nos assuntos mais idiotas, as mil histórias da versão brasileira e gente boa do Bukowski… Mas ficam as lições de vida, os incentivos, as lembranças lindas, a energia 101% positiva e todo o amor transbordante.

“Isso tudo se trata de confiança. Confiança entre o fotografo e a fotografada. É confiar no universo ao seu redor, e principalmente, confiar em si mesma. É se sentir inteira, conectada consigo mesma. É plenitude, mais que isso, solitude. É resiliência, resistência, é amor. Amor próprio, e assim, amor pelo próximo. É gratidão.” Amanda, uma das fotografadas

Esta imagem possuí um atributo alt vazio; O nome do arquivo é tumblr_nu2cn9Okfl1qba6lwo1_1280-855x561.jpg

365ze-se: 400 Nudes, Que nudez escandaliza?!?, Polêmica de homem nu, EU ESCOLHI VOCÊ, Wellcome Boxerville (Adulto), Primeiras fotos eróticas coloridas da humanidade, O Jardim do Éden e os Anunnaki, O Universo em 6 minutis

Waldschule für kränkliche Kinder

Em 1904, surgia nas proximidades de Berlim a primeira escola ao ar livre do mundo. A Waldschule für kränkliche Kinder havia sido criada por Walter Spickendorff em conjunto com o pediatra Bernhard Bendix e o inspetor escolar Hermann Neufert, com o objetivo de atender crianças com tuberculose latente. Ainda no início do século 20, a ideia viria a se transformar em um movimento que se espalhou pela Europa e pelos Estados Unidos. Hypeness

O objetivo dessas instituições era permitir que as crianças continuassem estudando em um ambiente com menos chances de transmissão da tuberculose. Normalmente, as escolas ofereciam “salas” ao ar livre, longe de grandes centros urbanos. Algumas delas tinham paredes, enquanto outras ficavam em plena floresta.

Em comum, as escolas ofereciam áreas ao ar livre em ambientes rurais, geralmente próximos a florestas, adotavam rotinas de exercícios físicos e dietas controladas, além de oferecer revisões médicas regularmente.

Escola ao ar livre na França. Foto: CC BY-SA 4.0Thomas BRENAC

À medida que antibióticos foram se tornando mais acessíveis, a tuberculose passou a ser uma doença controlada. Ela ainda existe e, segundo a Agência Brasil, se encontra entre as 10 principais causas de morte no mundo.

No Brasil, são registrados cerca de 200 novos casos por dia. Um dos principais problemas relacionados à tuberculose no país é o abandono do tratamento, que tem uma duração de cerca de seis meses e está disponível pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

Graças à melhoria das condições para tratar da doença, as escolas ao ar livre foram pouco a pouco se tornando obsoletas, mas podem voltar a inspirar arquitetos e educadores a encontrar uma solução que permita retomar o ensino com mais segurança em um mundo pós-Coronavírus.

Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo. Redação Hypeness

““Quem não quer aprender a Física observando o trânsito, lançando um foguete de plástico? Aprender Ciências e Geografia dentro de uma piscina? Aprender sobre diferentes culturas com brincadeiras temáticas no pátio? Aprender sobre sustentabilidade em um bosque?” (…) “A aprendizagem é um processo complexo: cada um de nós faz novas e diferentes conexões a cada momento. Levar os alunos para fora da sala de aula permite ampliar as possibilidades dessas conexões”, questiona Hannyni Mesquita, gestora de Educação Infantil do Colégio Positivo. ” Gazeta do Povo

“Os benefícios da aprendizagem ao ar livre foram analisados em um estudo pioneiro realizado por pesquisadores da Universidade de São Paulo (USP). Segundo a pesquisa, aulas em contato direto com a natureza, oferecem um contraponto à vida urbana e ajudam a desenvolver nos estudantes habilidades como trabalho em grupo e autonomia, que levam a uma maior capacidade ética e moral. “

 |

“Os benefícios da aprendizagem ao ar livre foram analisados em um estudo pioneiro realizado por pesquisadores da Universidade de São Paulo (USP). Segundo a pesquisa, aulas em contato direto com a natureza, oferecem um contraponto à vida urbana e ajudam a desenvolver nos estudantes habilidades como trabalho em grupo e autonomia, que levam a uma maior capacidade ética e moral. Um estudo realizado pela pesquisadora Amanda Lloyd, do centro de pesquisa em educação da Western Sydney University, indica que as habilidades desenvolvidas em ambiente externo permanecem com os estudantes e melhoram seu desempenho durante toda a vida acadêmica.

“A educação ao ar livre provê múltiplas oportunidades de tarefas cooperativas entre seus alunos”, aponta o estudo. “Na medida em que a vida nos grandes centros urbanos, por diferentes razões, restringe o acesso do jovem às áreas naturais, a educação pela experiência que se dá em tais locais ganha relevância para o desenvolvimento de indivíduos atentos às questões éticas.”

A educação ao ar livre, por meio de cursos no formato expedição, ainda acontece de forma tímida no Brasil. Entende-se por cursos no formato expedição, experiências educacionais contínuas, de múltiplos dias, em que alunos e instrutores se aventuram em um trajeto em área remota na natureza, de forma autossuficiente. Culturamix.com

A educação ao ar livre potencializa a apropriação de um largo conjunto de experiências que enriquecem o currículo. Sair da sala de aula para desenvolver todo um conjunto de atividades liga os alunos ao seu meio ambiente, à sua comunidade, à sociedade em geral e a eles próprios. A riqueza das experiências vividas que a educação ao ar livre proporciona pode ser relevante na aquisição de conhecimentos, na compreensão dos fenômenos estudados e no desenvolvimento das mais diversas habilidades. O governo escocês aposta decididamente nesta via e disponibiliza on-line todo um conjunto de informações bem interessantes.

Outro aspecto decorrente das experiências vividas nos cursos de educação ao ar livre, segundo relatos dos alunos adolescentes, dos alunos adultos e dos educadores, está na oportunidade de adquirir conhecimento sobre si mesmo. As experiências que abordam disciplina, esforço, superação e coragem também permitem que a pessoa se conheça melhor. Além das menções diretas ao autoconhecimento, reconhecimento dos próprios limites e sobre a autopercepção dos pontos fracos e fortes.

O método de educação ao ar livre foi o grande legado do Filósofo Sócrates, que vivia de maneira humilde, percorrendo descalço as ruas de Atenas. Tornou-se o filósofo por excelência, “amigo do saber”. Passou a ensinar em praça pública, sem cobrar pelos seus ensinamentos, ao contrário do que faziam os sofistas. Seu método consistia em fazer perguntas que conduziam o discípulo à descoberta da verdade.

Sócrates reformulou a filosofia grega, fazendo com que a busca de conhecimento, antes centrada no estudo da natureza, passasse a ocupar-se do homem e das suas ações. Tudo isso se deu de maneira espontânea, nas ruas, percorrendo os bosques, as praças, os rios. O intuito dele era fazer com que as pessoas pensassem e que, através da observação do mundo, fossem capazes de fazer sua própria analise de tudo.

Apesar de nunca ter escrito uma obra, a atividade filosófica de Sócrates está documentada nos livros do também filósofo grego Platão, que foi um dos seus discípulos. Os célebres diálogos de Platão incluem o “Êutifron”, o “Critão”, o “Fédon” e “Um Banquete”. Em todos eles, Sócrates aparece como personagem.

Acreditávamos na tecnologia como vetor saudável para solucionar problemas humanos que também poderiam distrair as crianças sem deixá-las dependentes, ledo engano. Para elas, a tecnologia não é nada emancipatória. Se para nós já é difícil desconectar, imaginem para a meninada. A tecnologia, infelizmente, tem um viés altamente alienante e abusivo quando se refere às crianças, São como ímãs do mal, visto que os motores de recomendação tendem a se ativar e vão chover vídeos similares nas telinhas. Maria Inês Vasconcelos – O Debate

Subir em árvores passou a ser tão improvável como escalar o Everest. O mundo está cheio de novas metáforas, e foi decretado o fim do quintal. Os novos hábitos das crianças digitais nos mostra que estamos perdidos num mundo tecnológico, onde o algoritmo e o dinheiro fazem a tecnologia se tornar paradoxal. Rousseau dizia que “o único hábito que se deve permitir a uma criança é o de não adquirir nenhum”.

escolaarlivre

O contato com a natureza melhora todos os marcos mais importantes de uma infância saudável – imunidade, memória, sono, capacidade de aprendizado, sociabilidade, capacidade física – e contribuiu significativamente para o bem estar integral das crianças e jovens. As evidências apontam que os benefícios são mútuos: assim como as crianças e adolescentes precisam da natureza, a natureza precisa das crianças e jovens. (Programa Criança e Natureza e Sociedade Brasileira de Pediatria, 2019) – Criança e Natureza

Diversos fatores são responsáveis pelo contexto de confinamento ao qual todos estamos sujeitos: dinâmica familiar, planejamento urbano, mobilidade, uso de eletrônicos, consumismo, desenvolvimento econômico, desigualdade social, insegurança, violência, conservação da natureza e educação. Trata-se de um cenário complexo, cujos fatores estão inter-relacionados e que variam de intensidade, dependendo da condição socioeconômica e da realidade específica de cada um. Assim, os impactos do confinamento e da falta de contato com natureza e ambientes saudáveis são mais agudos e presentes nas cidades e bairros densamente     habitados e de alta vulnerabilidade social, onde as condições para uma vida saudável e plena estão ameaçadas. Esse cenário vem se agravando nos últimos anos e é particularmente crítico quando se trata da infância e da adolescência, com indicadores que se destacam em diversos setores. Laís Fleury (Instituto Alana) e Luciana Rodrigues Silva (SBP)

Arze-se: São Paulo ganha escola de hortas para pessoas em situação de ruaVocê aprendeu errado na escolaESCOLA DO LEGISLATIVO, ESCOLA DE DEMOCRACIADedo Verde na Escola: terrários aproximam biodiversidade das criançasCASES SEBRAE: BANCO PÉROLA, HERSELF E SUMÁHome office: dicas posturaisCentro de Mídias SP

 

 

Pra Não Dizer Que Não Falei Das Flores

Charlie Brown JR. – Pra Não Dizer Que Não Falei Das Flores

Tom: D

[Intro] Em  D  Em  D
        Em  D  Em  D
        Em  D  Em  D
        Em  D  Em  D

[Primeira Parte]

      Em         D                     Em
Caminhando e cantando e seguindo a canção
               D                    Em
Somos todos iguais braços dados ou não
                 D                    Em
Nas escolas nas ruas, campos, construções
                 D                     Em
Caminhando e cantando e seguindo a canção

[Refrão]

 Em            D                         Em
Vem, vamos embora, que esperar não é saber
                 D                      Em
Quem sabe faz a hora, não espera acontecer
 Em            D                         Em
Vem, vamos embora, que esperar não é saber
                 D                      Em
Quem sabe faz a hora, não espera acontecer

( Em  D  Em  D )

[Segunda Parte]

Em                 D                     Em
  Pelos campos há fome em grandes plantações
                D                  Em
Pelas ruas marchando indecisos cordões
                 D                     Em
Ainda fazem da flor seu mais forte refrão
                  D                Em
E acreditam nas flores vencendo o canhão

[Refrão]

 Em             D                         Em
Vem, vamos embora, que esperar não é saber
                 D                      Em
Quem sabe faz a hora, não espera acontecer
 Em             D                         Em
Vem, vamos embora, que esperar não é saber
                 D                      Em
Quem sabe faz a hora, não espera acontecer

( Em  D  Em  D )

[Terceira Parte]

Em               D                Em
  Há soldados armados, amados ou não
                D                 Em
Quase todos perdidos de armas na mão
                     D                  Em
Nos quartéis lhes ensinam uma antiga lição
                D                  Em
De morrer pela pátria e viver sem razão

[Refrão]

 Em             D                         Em
Vem, vamos embora, que esperar não é saber
                 D                      Em
Quem sabe faz a hora, não espera acontecer
 Em             D                         Em
Vem, vamos embora, que esperar não é saber
                 D                      Em
Quem sabe faz a hora, não espera acontecer

 Em               D                Em
Nas escolas, nas ruas, campos, construções 
                D                Em
Somos todos soldados armados ou não 
                 D                     Em
Caminhando e cantando e seguindo a canção 
               D                    Em 
Somos todos iguais braços dados ou não 
               D                 Em
Os amores na mente, as flores no chão 
               D                    Em
A certeza na frente, a historia na mão 
                 D                     Em
Caminhando e cantando e seguindo a canção 
                  D                Em
Aprendendo e ensinando uma nova lição 

 Em             D                         Em
Vem, vamos embora, que esperar não é saber
                 D                      Em
Quem sabe faz a hora, não espera acontecer
 Em             D                         Em
Vem, vamos embora, que esperar não é saber
                 D                      Em
Quem sabe faz a hora, não espera acontecer

[Final] Em  D  Em  D

Composição de Geraldo Vandrécifraclub

Pra Não Dizer Que Não Falei Das FloresGeraldo Vandré

Vandré-se: Jornada ninja, Bidu Sayão, Quebrada Queer, Um bom lugar, Debaixo dos Caracóis dos seus Cabelos, Kid Vinil