All For You

All For You – Sister Hazel. Somewhere More Familiar

Finally I figured out, but it took a long, long time
And now there’s a turnabout, Maybe cause I’m trying

There’s been times, I’m so confused
All my roads, They lead to you
I just can’t turn, And walk away

It’s hard to say, What it is I see in you
Wonder if I’ll always, Be with you
But words can’t say, And I can’t do
Enough to prove, It’s all for you

I thought I’d seen it all, ‘Cause it’s been a long, long time
But then we’ll trip and fall, Wondering if I’m blind

There’s been times, I’m so confused
All my roads, They lead to you
I just can’t turn, And walk away

It’s hard to say, What it is I see in you
Wonder if I’ll always, Be with you
But words can’t say, And I can’t do
Enough to prove, It’s all for you

Rain comes pouring down
Falling from blue skies
Words without a sound
Coming from your eyes
Finally I figured out, but it took a long, long time
And now there’s a turnabout, Maybe cause I’m trying
There’s been times, I’m so confused
All my roads, They lead to you
I just can’t turn, And walk away
It’s hard to say, What it is I see in you
Wonder if I’ll always, Be with you
But words can’t say, And I can’t do
Enough to prove, It’s all for you
It’s hard to say, What it is I see in you
Wonder if I’ll always, Be with you
But words can’t say, And I can’t do
Enough to prove, It’s all for you
Hard to say
Hard to say it’s all for you. vagalume

13 Reasons Why: trilha sonora da série

13 Reasons Why, série adaptada do livro de Jay Asher de mesmo nome (aqui no Brasil, o título virou “Os 13 Porquês”). O que chama a atenção para os amantes de música é a trilha sonora da série, com bastante apelo pop.

Selena Gomez é uma das produtoras da série e criou duas músicas para a trilha sonora: a sua versão inédita de “Only You” (cover do Yazoo) e uma versão lentinha e acústica para o hit “Kill ‘Em With Kindness”. Damy Coelhocifraclubnews

Selena Gomez – Only You

The Cure – Fascination Street

Joy Division – Love Will Tell Us Apart

Chromatics – Into The Black

Billie Elish – Bored

Selena Gomez – Kill Them With Kindness

Todas as músicas dão a impressão que foram escolhidas a dedo, pois as letras fazem muito sentido em conjunto com o roteiro. Bastidores

  • “THE NIGHT WE MET”, LORD HURON

  • “A 1000 TIMES”, HAMILTON LEITHAUSER + ROSTAM

  • “HIGH”, SIR SLY

  • “COOL BLUE”, THE JAPANESE HOUSE

  • “THE KILLING MOON”, ECHO & THE BUNNYMEN

as músicas da segunda temporada de 13 Reasons Why. todateen

O Dia em que a Terra Parou

Tá rebocado meu compadre
Como os donos do mundo piraram
Eles já são carrascos e vítimas
Do próprio mecanismo que criaram

O monstro SIST é retado
E tá doido pra transar comigo
E sempre que você dorme de touca
Ele fatura em cima do inimigo

A arapuca está armada
E não adianta de fora protestar
Quando se quer entrar
Num buraco de rato
De rato você tem que transar

Buliram muito com o planeta
E o planeta como um cachorro eu vejo
Se ele já não aguenta mais as pulgas
Se livra delas num sacolejo

Hoje a gente já nem sabe
De que lado estão certos cabeludos
Tipo estereotipado
Se é da direita ou dá traseira
Não se sabe mais lá de que lado

Eu que sou vivo pra cachorro
No que eu estou longe eu tô perto
Se eu não estiver com Deus, meu filho
Eu estou sempre aqui com o olho aberto

A civilização se tornou complicada
Que ficou tão frágil como um computador
Que se uma criança descobrir
O calcanhar de Aquiles
Com um só palito pára o motor

Tem gente que passa a vida inteira
Travando a inútil luta com os galhos
Sem saber que é lá no tronco
Que está o coringa do baralho

Quando eu compus fiz Ouro de Tolo
Uns imbecis me chamaram de profeta do apocalipse
Mas eles só vão entender o que eu falei
No esperado dia do eclipse

Acredite que eu não tenho nada a ver
Com a linha evolutiva da Música Popular Brasileira
A única linha que eu conheça
É a linha de empinar uma bandeira

Eu já passei por todas as religiões
Filosofias, políticas e lutas
Aos 11 anos de idade eu já desconfiava
Da verdade absoluta

Raul Seixas e Raulzito
Sempre foram o mesmo homem
Mas pra aprender o jogo dos ratos
Transou com Deus e com o lobisomem

188

Eu Consegui sair da Depressão e fiz essa musica pra você que nesse momento acha que sua vida não tem mais faz sentido.
Saiba que você é MUITO IMPORTANTE pras pessoas que estão ao seu arredo, converse com elas conte o que você esta sentindo busque ajuda e assim como eu você vai ficar bem.

Em “188”, Das Quebradas imprime certa confusão mental e tristeza profunda, além de um grito de socorro. Segundo o cantor e compositor, a ideia da música é ajudar as pessoas a identificarem a doença e incentivar a procura por ajuda, até por isso a canção foi batizada com o número de telefone do Centro de Valorização da Vida, disponível 24 horas por dia para auxiliar pessoas depressivas.

“A melhor forma para a pessoa sair da depressão é conversar, pedir ajuda. Fale com as pessoas que te ama, com as pessoas que estão do seu lado. A gente está no tempo do virtual e, muitas vezes, não temos um contato real com as pessoas. E, claro, se não estiver confortável para falar com os amigos e familiares, ligue 188”, finaliza.

Contato para Shows: contato.dasquebradas@gmail.com

Facebook: https://www.facebook.com/dasquebradas
Instagram:

http://instagram.com/dasquebradas
Twitter:

https://twitter.com/DasQuebradasDQ

Mude conceitos, você pode e deve: CVV, Ilumina o Mundo, A MEDITAÇÃO E SEU CERÉBRO, SAUDAÇÃO AO SOL, Eju Orendive, Portal Rap Nacional, Xeque Monte, Catastrofe natural?, Território, Quebrada Queer, O povo da caixa, Tribo de Jah – Mata Atlântica, A verdade pode estar no ovo, MC SOFFIA

Masaka Kids Africana


The Masaka Kids Africana is composed of African children, from the age of 2 and up. Many have lost one or both parents through the devastation of war, famine and disease. They represent all the children of a continent and they demonstrate the potential of African children to become strong leaders for a better future in their land.

MASAKA KIDS AFRICANA
POBox 1536 MASAKA UGANDA EAST AFRICA

Há mais órfãos no Uganda do que em qualquer outro lugar do mundo – mais de 2,4 milhões de crianças – devido à epidemia de SIDA, pobreza extrema e décadas de conflito civil. Damos às crianças abrigo seguro, comida, roupas, educação e assistência médica, as crianças ganham uma educação e as habilidades de vida que precisam para o sucesso futuro. Suas vidas são completamente transformadas.

Yesterday

Nesta fábula na qual todas as pessoas, após um apagão de 12 segundos na Terra inteira, eliminaram da sua memória que existiu um grupo chamado The Beatles, assim como desapareceram uma famosa bebida e essas coisas que se fumam e que faziam parte aditiva da vida cotidiana. CARLOS BOYERO – El País

Yesterday é uma carta explícita de amor aos Beatles. Derrama doçuras a cada minuto, a cada referência, a cada música apresentada.


Os Beatles tomaram o mundo porque, explique como quiser, era o momento perfeito para a sua existência. O mundo (e os Estados Unidos) estava de braços abertos para a euforia inicial, abertos às experimentações, entregues às pirações estética-sonoras do fim. PEDRO ANTUNES – Rolling Stone

RIGOLETTO, DE GIUSEPPE VERDI

Theatro Municipal de São Paulo

A ópera em três atos, com libreto de Francesco Maria Piave, é baseada na peça Le rois’amuse (O Rei se Diverte) de Victor Hugo e faz parte da chamada trilogia popular de Verdi (junto a Il Trovatore e La Traviata). Rigoletto é um bufão corcunda da corte, de língua afiada e mordaz que serve ao Duque de Mântua, um libertino incontrolável, com direção cênica de Jorge Takla e direção musical do maestro Roberto Minczuk, ópera de Giuseppe Verdi traz temas como assédio, vingança, maldição e poder.

Rigoletto estreou no La Fenice em Veneza, em 11 de março de 1851. Uma produção polêmica para a época, inspirada na peça O Rei se diverte de Victor Hugo que retratava um monarca libertino que explorava o seu criado corcunda, totalmente complexado por sua condição. A peça, que já havia sido banida dos palcos franceses por ofender a monarquia, sofreu também censura em sua adaptação operística. Verdi insistiu (chegou a pedir ao libretista Piave que percorresse Veneza para tentar encontrar uma pessoa influente que ajudasse a liberar o texto) e acaba por adaptar o local da ação, ao invés da França o enredo se passaria em Mântua na Itália; e o Rei, seria substituído por um Duque. Theatro Municipal de São Paulo


No palácio do Duque de Mântua acontece um baile. A música preenche o salão. O Duque conversa alegremente sobre suas aventuras e conquistas amorosas com o cortesão Borsa. Fala, em especial, da sua mais recente aventura: há três meses, uma bela jovem é observada por ele. Mas, até aquele momento, a oportunidade que teve de vê-la foi na igreja, ela desconhece quem ele é. Diogenes Junior
The work was in many ways a turning point for the composer, representing the start of his middle period. For many, “Rigoletto” is easily one of Verdi’s finest operas. OperaWire

Dinamarca, combate depressão com vitamina de cultura

Segundo a OMS, até 2020 a depressão será a doença mental mais incapacitante do mundo. Porém, alguns países estão buscando maneiras alternativas de lidar com ela, como a Dinamarca. Através do programa Kulturvitaminer (Vitamina de Cultura), as pessoas estão sendo incentivadas a participar de atividades culturais. A iniciativa envolve reunir pacientes em pequenos grupos, com o intuito de evitar drogas e seus efeitos colaterais. Gabriela Glette – hypeness

Por enquanto o tratamento já foi implementado em 4 cidades: Aalborg, Silkeborg, Nyborg e Vordingborg. Na cidade de Aalborg, por exemplo, o programa possui um convênio com a orquestra sinfônica local, para que desta maneira os pacientes participem de ensaios e concertos. Já foi comprovado cientificamente que ouvir música reduz o estresse e a ansiedade, ambos diretamente associados à depressão.


No entanto, também faz parte do programa passeios na praia, sessões de leitura e passeios à galerias de arte e museus. Por enquanto em fase de testes, os participantes são convidados a participar de 2 ou 3 excursões culturais por semana durante 10 semanas. Já são 200 pessoas que participam em Aalborg. Além das atividades, o simples fato de compartilhar suas experiências com outras pessoas na mesma situação tem ajudado estas pessoas.

A abordagem dinamarquesa tem mostrado resultados promissores, segundo os pesquisadores. A depressão afeta 300 milhões de pessoas no mundo e, por ser a doença mais desabilitante que existe, de acordo com a Organização Mundial de Saúde, tem impactos sobre indivíduos e também sobre a riqueza das nações: estima-se que ela custe à economia global US$ 1 trilhão por ano. Scandinavianway


Além de evitar o uso de remédios e seus efeitos colaterais, o”vitamina de cultura” não requer o envolvimento direto do pessoal clínico, mas pode ser administrado por leigos treinados. A abordagem envolve reunir pessoas em pequenos grupos para experimentar tudo, desde concertos a corais comunitários, segundo registra o blog do Fórum Econômico Mundial.

Poetize-se: CVV, Efeito Werther, A MEDITAÇÃO E SEU CERÉBRO, SAUDAÇÃO AO SOL, A arte de culpar, OS JOVENS, O SUICÍDIO E A AUTOMUTILAÇÃO, VANUSA SABBATH,EM BUSCA DA VERDADE, LIVROS QUE ENSINAM AS CRIANCAS CUIDAR DO PLANETA, MEDO?, ATARI 2600,VIDACELL®, I WILL SURVIVE,HO’OPONOPONO, BESOURINHA, OS CINCO PRINCÍPIOS DE BEM VIVER, Love vigilantes, Setembro Amarelo

Pra quem duvidou

[Intro]
Quebrada Queer!
Apuke no beat!
[Verso 1: Murillo]
Puxei um pra abrir a mente, me faço presente
Mais respeito pra falar das bixa, conserve seus dente
Nóis chega com as rima no pente pra ficar ciente
Réu inocentado da condenação dos crente
Tô de rolê na quebrada
Com as bixa bolada
Vários olho torto
Mas nem pega nada
Nóis já tá blindada
E até armada
Porque respeito tá sendo conversa fiada
[Verso 2: Guigo]
Segura a emoção, que hoje cês vão rodar
Pediram pra eu pegar mais leve, pra não incomodar
Verdades sejam ditas, e hoje eu vim pra questionar
Mas não atravessa a pista que eu não hesito em pisar
Dona da empresa “close” e agora eu me firmei
Chamam de bíblia os versos da primeira cypher gay
Guigo virou papisa e hoje eu me canonizei
Diva do rap? Irônico que agora eu virei rei
[Verso 3: Murillo]
Disseram que eu sou brabo nas rima
E é claro, cês pira
Mas no dia a dia me oprime
E é mó covardia
Dizendo que é opinião quando é homofobia (Não fode)
Ameaçam de morte os meus
Quando foi que tudo se perdeu?
Percebe como é contraditório aqueles que matam em nome de Deus?
[Verso 4: Guigo]
Me chamaram de louco e me imploraram pra parar
Me queimam na estaca e mesmo sem saber rezar
E ainda com a crítica, trouxeram caviar
Escrevo com sangue seus nomes, pra amanhã cobrar!
[Verso 5: Tchelo]
Tchelo, Tchelo, Tchelo, Tchelo
Tchelo vem pesado, pronto pra tumultuar (yeal)
Cheio de deboche, quero mais é incomodar (vrau)
Com a mente amolada
E a língua afiada
Aqui são seis facadas perfurando sua escrotidão (aiiii)
Me achou ofensivo, então eu só lamento
Vem sentir na minha pele o que diariamente é o meu tormento
Aqui não apavora, não!
Nas mana não encosta, não!
Olha essa situação pra gente agora cê perde cifrão
Favela sinistra, na madrugada
Filha da puta assassino de trava
Se nóis te ver nem tenta correr
Que seja no inferno, nóis acha você, cuzão!
Ficou passada? Então
Aprende a fazer carão
Pois só lhes restarão ver nossa dominação! Vrau
[Verso 6: Lucas Boombeat]
E eles reduzem as notas
Eu canto e eles chora
No meu fone, a Flora
Lembro da volta pra escola
Gay, o que passo eu sei
Hoje ele implora
Play play play no meu som
Eu sei que ele toca
Pode me trazer flores na porta
Guarda esse amendoim que faz mal pra mim
Eu sou light, vegana, não encosta!
Good good, money is very good
Foda-se skr
Quero ver meu progresso
Pro meu pai um teto
E um green on the beach to the moon
Ah, cês são tudo igual, tô cansado igual
Macho coça pau se achando uau
Pensa que é o tal, cérebro sem sal
Quer biscoito? Toma!
Rar rar rar
[Verso 7: Harlley]
Cês falam muito e não dão nada pra mim
Falam demais e não dão nada pra mim
Esperam meu fim
Mas não é assim
Eu não vou rodar
Nossa união fez força
Quero ver quebrar
Se emocionou com o meu pai, mas é tua irmã que sofre
Não contestou a atitude escrota do teu parça
Riu da minha cara, mas olha onde eu tô
Onde tu sempre sonhou, mas tu desacreditou
[Verso 8: Lucas Boombeat]
Cada verso eu canto além do palco, descalço, no asfalto
Aprende o que é ser rua numa que não seja a sua
Mirando no peito do seu preconceito
Aprende o que é rap, depois bate no peito
Se não soma, some; que se foda seu vulgo ou nome
Não pago pau pra nenhum homem, vai vendo
Pode pá que não tô perdendo
Quem fecha, quem força e quem quer meu dinheiro
[Harlley]
Cês falam muito e não dão nada pra mim
Falam demais e não dão nada pra mim
Esperam meu fim
Mas não é assim
Eu não vou rodar
Nossa união fez força
Quero ver quebrar
[Refrão: todos]
Minas gritando hey
Monas gritam ho
Pra quem duvidou
Quebrada chega pra te incomodar
Bicha no jeito de ser
Bicha no jeito de andar
Se isso incomoda você
Vim pra incomodar
Que-que-quebrada
Minas gritando hey
Monas gritam ho
Pra quem duvidou
Quebrada chega pra te incomodar
Bicha no jeito de ser
Bicha no jeito de andar
Se isso incomoda você
Vim pra incomodar
Que-que-quebrada

Quebrada Queer

Se o debate em cima da democracia racial é pilar fundamental do rap, o machismo e, principalmente, a homofobia, são defeitos da cena ainda em discussão extremamente embrionária.

O Quebrada Queer nasceu por acaso. O que era para ser apenas uma música acabou virando o nome do grupo composto por seis jovens da periferia, Murillo Zyess, Guigo, Harlley, Lucas Boombeat, Tchelo Gomez e Apuke estão na faixa dos 20 e poucos anos e vieram das mais diversas regiões de São Paulo: Parelheiros, Guarulhos, Jandira e Jardim Martins Silva.

O homossexual na cena rap não é novidade, mas ainda assusta muita gente, um grupo de rap só com gays não existe no Brasil e pelo o que pesquisamos em lugar nenhum. E nós provamos que conseguimos fazer um som e que isso não depende da nossa sexualidade.
Representamos muita gente: o negro, quem é da periferia, as mulheres. Não dá para agradar todo mundo. Para alguns gays, somos muito “heteros” [por não serem afeminados]. Para alguns heteros, somos muito gays. Queremos apenas mostrar o nosso som, exatamente do jeito que somos. Não queremos tentar pertencer ou agradar algum grupo. Edu Garcia/R7
o segundo clipe do grupo que foi feito em um dia e com orçamento baixíssimo, quase que inteiro de favor com os profissionais envolvidos. Pra quem duvidou foi feito no Castelinho da rua Apa, casarão famoso no centro de São Paulo e com fama de mal assombrado por causa de um crime que aconteceu em 1937. Hoje, funciona a ONG Clube de Mães do Brasil, com quem o Quebrada pretende fazer alguns trabalhos em conjunto.
Primeiro Cypher Gay do Brasil e América Latina!!

Quebrada Queer – Guigo | Murillo Zyess | Harlley | Lucas Boombeat | Tchelo Gomez. Rap Box
Veja também: Eju Orendive, Portal Rap Nacional, Xeque Monte, Catastrofe natural?, Território, A Terra a Gastar, O povo da caixa, Tribo de Jah – Mata Atlântica, A verdade pode estar no ovo, MC SOFFIA, Rap na esteira, Brô Mc´s

Paul McCartney fumou Fela Kuti

Mr. Catra teve três mulheres e pregava, em várias entrevistas (como nos papos que teve com Silvio Essinger para o livro Batidão) a liberação da maconha. Agora corta para Fela Kuti. O rei do afrobeat casou-se com 27 mulheres de uma só vez e, quem privava de sua intimidade, dizia que ele passava os dias fumando baseados do tamanho de emissários submarinos. E assustava amigos com a alta potência da maconha egípcia que fumava. POP fantasma

“Cara, eu viajei. Era muito forte. Mais forte do que qualquer coisa que eu já tinha fumado. Não sei se tinha alguma coisa na maconha”, ele disse. “Mas, ao fim, foi uma boa noite”. Vivimetaliun

Corria o ano de 1973 quando Paul McCartney decidiu que não gravaria o próximo disco do Wings, então sua banda – o histórico “Band On The Run” – em um estúdio habitual, nem em sua casa, nem em Londres. Paul decidiu que aproveitaria que sua gravadora, a EMI, tinha estúdio espalhados pelo mundo, e escolheu a mais exótica e excitante opção: as gravações aconteceriam em um estúdio em Lagos, na Nigéria.

Mude conceitos, você pode e deve: MANUAL PLANTAS AMAZÔNICAS, Funcional Obsoleto, Produtos para Consumo de Maconha, Hemp Car, Álcool, drogas e Sacklers, Como a indústria do fumo enganou as pessoas?, A onda, BEBER MENOS, A VERDADE por trás da proibição da MACONHA, Hemp Church

Te desejo Vida

Te desejo VidaFlavia Wenceslau

Eu te desejo vida, longa vida

Te desejo a sorte de tudo que é bom
De toda alegria, ter a companhia
Colorindo a estrada em seu mais belo tom

Eu te desejo a chuva na varanda
Molhando a roseira pra desabrochar
E dias de sol pra fazer os teus planos
Nas coisas mais simples que se imaginar
E dias de sol pra fazer os teus planos
Nas coisas mais simples que se imaginar

Eu te desejo a paz de uma andorinha
No vôo perfeito contemplando o mar
E que a fé movedora de qualquer montanha
Te renove sempre e te faça sonhar

Mas se vier as horas de melancolia
Que a lua tão meiga venha te afagar
E que a mais doce estrela seja tua guia
Como mãe singela a te orientar

Eu te desejo mais que mil amigos
A poesia que todo poeta esperou
Coração de menino cheio de esperança
Voz de pai amigo e olhar de avô

Eu te desejo muito mais que mil amigos
A poesia que todo poeta esperou
Coração de menino cheio de esperança
Voz de pai amigo e olhar de avô

Fonte: vagalume

Mude conceitos, você pode e deve: Dinâmicos, Um Caranguejo Elétrico, Neil Armstrong, Um bom lugar, MORADOR DE RUA CUIDA DE 11 CÃES, Yuka, Marcelo., CRASSEFICADOS‏, Dia do músico, Na contramão?,Viabilidade???, FRECUENCIA DE LA FELICIDAD, Batman – O Livro dos mortos

Um dia, um ladrão

Um Dia, Um Ladrão. Pato FuTelevisão de Cachorro

Um dia não vai dar pra voltar atrás
Se tenho a vida em minhas mãos
Não quero pensar que devo deixar pra lá
O que eu não quero deixar

Um dia esse tempo vai ficar pra trás
E o que vai ser desse rapaz?
Um carro corre pra chegar logo a um lugar
É lá que eu quero estar

Você não vai, não vou também
Se vai ficar, estou aqui
Não vou deixar escapar
Não vou deixar você me escapar

Se o acaso decidir, não vai ficar assim
E o que vai ser dessa vez?
Por mim, motivos pra roubar,
Matar, mentir, trair a astuta lei
Temos no bolso e coração
Você vai não…
Estou aqui…
Não vou deixar escapar
Não vou deixar você me escapar
Um dia só me bastaria pra fugir
Pra anos-luz daqui
Mas tenho o sangue vulgar
Volto a ficar
Perto demais p’ra enxergar
Você não vai, não vou também
Se vai ficar, estou aqui
Não vou deixar escapar
Não vou deixar você me escapar

Compositor: John. vagalume

Palavras Perdidas: Na Medida do Impossível ao Vivo no Inhotim, Perto do Fogo, Clarice Lispector do Samba, Clara Nunes., Falando sobre Pato Fu, Brinquedos e brigadeiros, Brô Mc´s, Os tampinhas, De Quem é a Culpa?, Faça uma Evolução, Sobre O Tempo, Feliz Natal (A Guerra Acabou)

Um sonho

Territórios Culturais

Ao longo de 35 episódios, com 15 minutos de duração cada, a série descobre e revela esses territórios, a atração é uma parceria entre a TV Cultura e a Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo.
Apresentada por Tuti Müller e Felipe Gaia, a série percorre diferentes espaços culturais da cidade e do estado de São Paulo, como teatros, museus e patrimônios culturais, além de Fábricas de Cultura, descobrindo manifestações culturais populares e novos talentos da metrópole, de cidades do interior e do litoral deste imenso estado. A direção é de Julio Piconi. Territórios Culturais
A série Territórios Culturais percorre e descobre diversas personalidades e ações inclusivas, que são apresentados ao telespectador de forma descontraída, bem humorada e informativa.Siga as redes da TV Cultura!
Facebook: https://www.facebook.com/tvcultura Twitter:
https://twitter.com/tvcultura
G+: https://plus.google.com/+TVCultura Site: http://tvcultura.com.br

Observação de aves: torres abrigos e mobiliário de apoio

Observação de aves: torres abrigos e mobiliário de apoio

Erika Hingst-Zaher & Guto Carvalho

O objetivo desse livro é oferecer ideias e informações para a melhoria da estrutura de observação em áreas protegidas, a partir de uma perspectiva inclusiva (parques para todos) e assim contribuir com o crescimento da observação de aves no Brasil.

Enxergue mais: Comida para pássaros, INSTANTLY AGELESS ™, BE MY EYES APP, Cuco, O MAR DE ARAL VIROU AREIA., ANA PRIMAVESI, ENGENHEIRA AGRÔNOMA., PRIVATIZAÇÃO DE PARQUES, DIA MUNDIAL DO MEIO AMBIENTE, RECEITA PARA CONSTRUIR SUA CASA COM SUAS PRÓPRIAS MÃOS, AGRICULTURA FAMILIAR, Envy Birds, WikiAves, Comida para pássaros

Turma da Mônica live-action

Depois de muitos anos, Turma da Mônica chegou aos cinemas no formato de live-action, dirigido por Daniel Rezende, também diretor de Bingo: O Rei das Manhãs e roteirizado por Thiago Dottori e Luiz Bolognesi. O filme, é uma adaptação da história em quadrinhos, ilustrada pelos irmãos Vitor e Lu Cafaggi, publicado em 2013 pela Panini.
Os personagens principais demoraram para ser encontrados, foram mais de 8 meses de testes pelo Brasil, com mais de 7.500 crianças inscritas, 2.000 testes realizados e quatro crianças foram escolhidas para viver a turminha em carne e osso. Os atores Giulia Benite (Mônica), Kevin Vechiatto (Cebolinha), Laura Rauseo (Magali) e Gabriel Moreira (Cascão), são a Turma da Mônica.

Os cenários da filmagem foram realizados no Sul de Minas, onde teve a maior parte das filmagens. Além de Poços de Caldas, a equipe fez gravações em Holambra, Mairiporã, Cubatão e Paulínia, no estado de São Paulo.

“A gente procurava o traço do Maurício no mundo real”. Quando a gente viu fotos de Poços de Caldas, as ruas, as cores, a arquitetura, tudo batia com o bairro do limoeiro real. Quando a gente mostrou a foto da praça de Poços pro Maurício de Souza, ele disse: ‘‘se eu desenhasse uma praça, eu desenharia exatamente assim”, lembra Daniel.

As filmagens foram feitas durante o inverno, nos meses de junho e julho de 2018. cravoecanela

Em apenas duas semanas em cartaz, Turma da Mônica – Laços conquistou uma expressiva marca de espectadores no cinema. Segundo um tweet da Paris Filmes, distribuidora do filme no Brasil, um milhão de pessoas já foram assistir à aventura da turminha. O longa, dirigido por Daniel Rezende, é uma adaptação da HQ ‘Laços’, escrita e desenhada pelos irmãos Vitor e Lu Cafaggi, que traz releituras dos personagens criados por Mauricio de Sousa.
Os números são ainda mais impressionantes se levado em consideração que Laços compete pela atenção do público infantil com outros nomes de peso, como Toy Story 4, Pets – A Vida Secreta dos Bichos 2 e o live-action de Aladdin, que também estão em cartaz neste mês de férias escolares. Adorocinema

Um bom lugar


[Intro: Sabotage]
Ha, ha, ha-ha, ha, ha, ha!
Sou Sabotage
[Refrão: Sabotage]
Um bom lugar se constrói com humildade
É bom lembrar, aqui é o mano Sabotage
Vou seguir sem pilantragem, vou honrar, provar
No Brooklin, tô sempre ali
Pois vou seguir com Deus, enfim

[Verso 1: Sabotage]
Não sei qual que é, se me veem, dão ré
Trinta caras a pé, do Piolho vêm descendo
Lá na Conde, ferve
Pisque-clack, enlouquece, breck só de arma pesada
Inferno em massa
Vem violentando a minha quebrada, basta
Eu registrei e vim cobrar, sangue bom
Boa ideia: quem tem, não vai tirar a ninguém
Meditei, mandando um som com os irmãos da Fundão
Volto ao Canão
Se os homens virem, disfarço o grandão
Rap é o som
Embora, lá no morro, só louco
A união não tem fim, vai moscar?
Se envolve, jão
Já viu seu pivete dizer que rap quer curtir?
O beat fortalece, nunca esquece
Quem conclui é o mestre, basta
Quem longe for, vem com pudor
Lutou pra conseguir, forte dor
Tem que depôr e não voltar, sujou
Bem-vindo ao inferno
Aqui é raro, eu falo sério
Pecados do anticristo, imortal
Patifaria, aí, meu!
Vai batalhar, tenta a sorte, seja forte
Só o destino, aqui, resolve
Pauleca, Bulinho, só saudades
Fez da vida, por aqui, de mente erguida
Sem mentira, com malícia
Me passou lição de vida
[Refrão: Sabotage]
Um bom lugar se constrói com humildade
É bom lembrar, aqui é o mano Sabotage
Vou seguir sem pilantragem, vou honrar, provar
No Brooklin, tô sempre ali
Pois vou seguir com Deus, enfim
[Verso 2: Sabotage]
Dois caras simples, gostavam mais de ouvir e aprender
Até que fatalidades, com certeza, e é o seguinte
Sempre assim, maquiavélico
E maldade se percebe, aqui, cuidado
É falsidade, estopim
Dois mil graus (boom!) é ser sobrevivente
E nunca ser fã de canalha

A luta nunca vale a experiência
Santo Amaro a Pirituba, o pobre sofre, mas vive
A chave é ter sempre resposta
Àquele que infringe a lei
Na blitz, pobre tratado como cafajeste

Nem sempre polícia, aqui, respeita alguém
Em casa, invade a soco
Ou fala baixo, ou você sabe: maldade

Uma mentira deles, dez verdades
Momentos oculares, respeito, estilo um cofre
Só levam os fortes
Filhos do vento, um super-homem
Lá, cada vez tem um largado atrás do poste
Quando inflama
É capaz de entregar o irmão pros homens
Fuja, se jogue, o vaps não se envolve, anda só
Na sul, respeito é lei, também, melhor
Tipo madeira, estilingue, exige uma forquilha
Rap é milidia
Um integrante da família, com uma ideia fixa
Que atinge a maioria que ainda acredita
Plano B, periferia
Hoje, quem pratica
Tá ligado que é o que liga
Porque vira, vira, vira

[Verso 3: Black Alien]
Do ano 2000 pra frente
Homens do passado, pisando no futuro, vivendo no presente
Há três tipos de gente:
Os que imaginam o que acontece (ha, ha, ha!)
Os que não sabem o que acontece
E nós, que faz acontecer

Do bolo, o glacê
Unido, a gente fica em pé, dividido, a gente cai
Quem falha, cai; bum, biri, bye-bye-bye!
A colaboração do som é a carta na mesa
Aqui rima: Black Alien, Sandrão, Helião, Sabotage
À vontade, na balada, desde ontem à tarde
Habilidade é o álibi
No beat, Ganjaman e Zé Gonzales
Quem tá no erro, sabe
Cocaína no avião da FAB
Ninguém vai deter o poder, o crème de la crème
De Niterói à SP
PhD em THC, no país de FHC
Dream Team da rima, essa união me dá autoestima
Mestres das armas, do microfone à esgrima
Vê se me entende: o estudante aprende, o professor ensina
O verbo que fortalece, como vitamina

Contamina, na nova, velha escola, como o vírus Ebola
Biatch! Rebola (ha, ha, ha, ha!)
[Refrão: Sabotage]
Um bom lugar se constrói com humildade
É bom lembrar, aqui é o mano Sabotage
Vou seguir sem pilantragem, vou honrar, provar
No Brooklin, tô sempre ali
Pois vou seguir com Deus, enfim
[Verso 4: Sabotage]
Sobreviver no inferno
A obsessão é alternativa
Eu quero o lado certo
Brooklin-Sul, paz eu quero
Prospero, eu vejo um fim pro abandono
Deixa rolando
Ninguém, aqui, nasceu com dono
Mas, por enquanto
Ainda tem muita mãe chorando
Alguns parando
Trampando ou se recuperando
Do eterno sono
Tipo o Rafinha e o Adriano
Milagre em dobro
O livramento vem pros manos
Tem que ter fé, aqui, sim, tem que insistir
Humilde! Só assim para progredir, enfim
Quero juntar, sim, com os manos
Que protestaram o preconceito, daquele jeito
Eu sei que vou traçar os planos
Cantar pras minas e os manos

Eu me emociono, eu não me escondo
Me levantando, como deve ser

Lá vem polícia, sai da pista
Hasta la vista, baby
Andar de monte, a chave, a cara é ter Deus em mente
Longe daquela e dois pentes
Há quem não precise, entende
Sonic e Cyclone, ágil, ouriço e resistente
Brooklin-Sul, Canão
O sobrevivente, a-gente, a-gente, a-gente
[Ponte: Sabotage]
Sou Sabotage, um bom lugar
Lugar, lugar, lugar, lugar
Um bom lugar, ha, ha, ha, ha, ha
Um bom lugar, lugar
Ha, ha, ha, ha, ha, ha
[Refrão: Sabotage]
Um bom lugar se constrói com humildade
É bom lembrar, aqui é o mano Sabotage
Vou seguir sem pilantragem, vou honrar, provar
No Brooklin, tô sempre ali
Pois vou seguir com Deus, enfim

Fonte: Genius

Apesar de não ter relação com minha equipe, o episódio de ontem, ocorrido na Espanha, é inaceitável. Exigi investigação imediata e punição severa ao responsável pelo material entorpecente encontrado no avião da FAB. Não toleraremos tamanho desrespeito ao nosso país!

— Jair M. Bolsonaro (@jairbolsonaro) June 26, 2019. hypeness

Observe mais: CIDADES DEMOCRÁTICAS, POLICIAL DA FLÓRIDA MOSTRA COMO SE TRATA RECLAMAÇÃO DE QUE GAROTOS ESTÃO JOGANDO BASQUETE NA RUA, A RAINHA DE MAIO, EXAME COM UMA GOTA DE SANGUE, A ÚLTIMA SACANAGEM DO CRIADOR CONTRA NÓS,VIDA SIMPLES, AUTODOMÍNIO E O PAPEL DA CONSCIÊNCIA NA CRIAÇÃO DA REALIDADE, MEDICINA TRADICIONAL YANOMAMI ON-LINE, THE JOLLY BOYS, VIDACELL®, Respeito É Pra Quem Tem, RESERVE™, A HISTÓRIA DO JARDINEIRO DE OXALÁ,VIDA INTELIGENTE., LEI BRASILEIRA DE INCLUSÃO DAS PESSOAS COM DEFICIÊNCIA