Telhados verdes: benefícios para o consumo de energia

Jardins de cobertura usam um dos melhores isolantes: solo e vegetação. Das florestas tropicais da América do Sul às florestas de coníferas da Europa, a vegetação sempre forneceu um refúgio natural do calor. Cobertura de árvores e vegetação rasteira protegem do sol, permitindo que a parte inferior fique fria. Trajano XavierTerritorio Secreto.

Em cidades de todo o mundo, os telhados verdes podem mudar a maneira como conservamos energia. Esses espaços vastos e subutilizados podem reduzir o consumo de energia e produzir alimentos. Eles também podem fornecer um lar para a vida selvagem mais vulnerável e tudo o que é preciso é um jardim no telhado simples.

Os gigantes de concreto que dominaram o horizonte das cidades geralmente ignorando o espaço extra de terra que está fora de nossa linha de visão. Com a quantidade de terra disponível ao nível do solo diminuindo nas áreas urbanas, é mais importante do que nunca pensar em como podemos aproveitar as vantagens de terrenos mais elevados.

Os telhados ou telhados verdes são uma maneira fácil e econômica de reduzir o consumo de energia de um edifício, além de outros benefícios, como ajudar a combater esta crise urbana. Apresentamos dois tipos principais de jardins no telhado: intensivos e extensos.

LP2 Studio – Shutterstock
  1. Telhado verde intensivo.

Esse sistema usa uma espessa camada de solo, geralmente com vários centímetros de profundidade, que corre ao longo de um telhado plano. Às vezes, um canteiro elevado pode ser usado para cultivar uma variedade mais ampla de plantas. A grande quantidade de solo nutritivo que as pessoas usam ali permite que plantas e árvores maiores floresçam.

Os telhados verdes intensivos geralmente são encontrados em prédios comerciais. A estrutura deve ser forte o suficiente para suportar o peso e exigem mais manutenção do que outros tipos de jardins no telhado, no entanto, eles têm o benefício adicional de produzir alimentos no coração da cidade. Feito corretamente, uma área não utilizada pode se tornar um espaço útil, saudável e lucrativo.

  1. Telhado verde extenso .

O extenso sistema de telhado verde usa uma carga mais leve em comparação com o sistema intensivo. Uma fina camada de solo que percorre toda a extensão do telhado, povoada por espécies como suculentas e gramíneas, são plantas de baixa manutenção que crescem rapidamente e podem absorver calor, resfriam todo o edifício no processo. As plantas resistentes à seca podem sobreviver até mesmo nas piores condições climáticas.

Como têm apenas alguns centímetros de espessura, esses mini-jardins são adequados para uma variedade de telhados diferentes. Extensos telhados verdes podem ser esteticamente impressionantes e cobrem o concreto feio com designs de planta exclusivos. Também são uma ótima opção para edifícios residenciais menores que buscam reduzir sua conta de energia.

YuRi Photolife – Shutterstock

Dias quentes e ensolarados podem fazer com que os topos dos edifícios fiquem muito quentes, esse calor passará naturalmente pelo edifício, pois o concreto exterior atua como um condutor, pois não possui uma camada isolante. Os telhados jardins são sistemas de isolamento incrivelmente eficazes e podem ajudar a reduzir o custo de resfriamento de um edifício. Embora o solo funcione naturalmente como um isolante, as plantas no topo também podem baixar a temperatura por meio da fotossíntese e da transpiração.

Os sistemas de ar condicionado devem ser usados ​​para regular a temperatura, causando um desperdício desnecessário de dinheiro, energia e recursos. Em climas quentes, não é incomum que os residentes gastem 70% de sua conta de eletricidade com custos de refrigeração.

Quando a água é adicionada à equação, o efeito de resfriamento é duplo. O solo úmido esfria naturalmente conforme a água evapora, resfriando a superfície abaixo.

Embora esse processo seja especialmente benéfico no verão, os jardins no telhado também podem evitar que o edifício perca calor no inverno. Uma camada de isolamento nos telhados é útil na maioria das condições climáticas, mantendo as temperaturas estáveis ​​em edifícios e protegendo-os de condições climáticas extremas e adversas.

O dinheiro que economizamos deve-se em grande parte ao consumo de eletricidade. Em climas mais temperados, a economia não será tanto quanto aqueles que vivem em temperaturas mais extremas, já que bombas de calor e condicionadores de ar são grandes consumidores de energia.

No entanto, independentemente do clima, os jardins no telhado podem ajudar a reduzir os custos gerais de energia. Alguns outros benefícios importantes dos telhados verdes são:

  1. Reduz as emissões de CO2. Uma cidade cheia de telhados verdes faria maravilhas para reduzir a quantidade total de CO2 emitida, pois podem absorver CO2 do ar e liberar oxigênio, criando um ambiente urbano mais saudável.
  2. Fornece um habitat para a vida selvagem. A destruição de grandes áreas de habitats naturais para o desenvolvimento urbano deslocou muitos animais. Jardins de cobertura fornecem áreas de nidificação e lares para insetos, atraindo uma grande variedade de pássaros. As plantas floridas nos telhados fornecem os alimentos e habitats necessários para as abelhas.
  3. Permite uma melhor gestão da água da chuva. Os jardins nos telhados retêm água, ajudando as cidades a administrar as enormes quantidades de água durante as tempestades severas.
  4. Você pode produzir alimentos localmente. Os jardins de cobertura têm a capacidade de produzir alimentos exatamente onde a demanda é maior: em cidades densamente povoadas. Cultivar alimentos no centro de uma cidade reduz os custos de transporte.
  5. Eles podem melhorar nosso humor. Os espaços verdes nas cidades podem reduzir significativamente o estresse geral das pessoas. EcoInventos

Palavras Perdidas: Troca de Saberes, Whiplash – Filme Completo e Dublado, Descontaminação em 15 dias, Cânhamo: e a descontaminação de solos, Pesquisadoras da FSP-USP brindam o Dia do Nutricionista com lançamento de e-book sobre educação alimentar e nutricional, ISA lança manual sobre plantas indígenas com download gratuito, Corredores ecológicos urbanos & Brent’s Bee Corridor, OFICINA TETO VERDE e ESTRUTURAS DE BAMBU

CARURU | Como ACABAR COM A FOME no Brasil

(ESTE VÍDEO PRECISA CHEGAR A MAIOR QUANTIDADE DE PESSOAS O QUANTO ANTES) E aí Rezenhadores de plantão beleza? Em nosso país esta planta só não dá mais que a Tiririca ou que Pardal e Pomba, porém, o Caruru atualmente é muito menosprezado por todos nós, sendo que em dado momento na história ele foi muito […]

CARURU | Como ACABAR COM A FOME no Brasil

Palavras perdidas: Vamos plantar água?, COMO FAZER uma HORTA CASEIRA: passo a passo, Criar abelhas em casa pode ser “tiro no pé” para conservação da espécie, Boizinhos do #ÉTãoTrágico!

11 mini estufas DIY que você pode ter em casa jesushemp

Proteger plantas e mudas delicadas não precisa ser caro graças a essas mini estufas DIY que você mesmo pode fazer. Com apenas um pouco de tempo e upcycling, você pode criar alguns pequenos espaços de cultivo engenhosos que darão às suas preciosas plantas um abrigo nos dias de frio… 11 mini estufas DIY que você […]

11 mini estufas DIY que você pode ter em casa

Palavras perdidas: Casa-estufa permite cultivar alimentos o ano todo, COMO FAZER uma HORTA CASEIRA: passo a passo, 130 mil itens são descartados por semana em depósito da Escócia, ISA lança manual sobre plantas indígenas com download gratuito

Assista a “CAFÉ FAZ BEM OU FAZ MAL PARA O CORAÇÃO? | EFEITOS, RISCOS e BENEFÍCIOS da CAFEÍNA na sua SAÚDE” no YouTube

Assista a “CAFÉ FAZ BEM OU FAZ MAL PARA O CORAÇÃO? | EFEITOS, RISCOS e BENEFÍCIOS da CAFEÍNA na sua SAÚDE” no YouTube

0:00– CAFÉ FAZ BEM OU FAZ MAL PARA O CORAÇÃO? | EFEITOS, RISCOS e BENEFÍCIOS da CAFEÍNA na sua SAÚDE

1:31– CAFÉ: EFEITOS, RISCOS e BENEFÍCIOS para sua SAÚDE

1:35– O café faz bem ou faz mal para a saúde?

2:22– O que existe no café além da cafeína?

2:58– Quais os tipos de câncer que o café pode reduzir o risco?

3:39– Quais os outros benefícios o café pode trazer à saúde?

3:40– O café reduz o risco de doença de Parkinson

4:11– Quanto de cafeína existe em uma xícara de café?

4:31– O café protege contra Alzheimer e demência?

5:06– O café protege contra depressão e suicídio

5:37– O café reduz o risco de pedras na vesícula

5:48– O café pode reduzir doenças do fígado

5:57– O café pode reduzir seu risco de diabetes tipo 2

6:14– O café pode ajudar a emagrecer

6:20– O café reduz doenças cardiovasculares

6:29– O café pode reduzir o risco de AVC

6:41– O café reduz risco de morte precoce

7:35– Quais os malefícios do café para sua saúde?

7:40– O café pode aumentar sua pressão arterial

8:01– O Café pode aumentar seu risco de palpitações

8:20– O café PODE SER ruim na gravidez

8:38– O café pode piorar o refluxo 8:52– A cafeína pode modificar a percepção por doces 9:04– Exagero de café pode aumentar fadiga

9:20– O café pode aumentar risco de insônia

10:53– E a adição de outras coisas ao café, cancela os benefícios?

11:19– A forma como o café é preparado importa?

11:28– Café é viciante? (Café vicia?)

11:42– E por que o café dá vontade de ir ao banheiro?

12:02– Como o café mudou nossa sociedade? (História do café)

Palavras perdidas: Um café e um amor!, Holanda transforma igrejas em livrarias, cafés e casas de shows, Café com Dengue.

O Clube do Bangue-Bangue (Repórteres de Guerra)

Clube do Bangue-Bangue (nome original, traduzido como Repórteres de Guerra) é um filme baseado no trabalho de fotógrafos para capturar os últimos dias do apartheid na África do Sul, um dos períodos mais violentos da História. iphotochannel

Publicado em 2001, com fotos de Greg Marinovich, João Silva, Kevin Carter e Ken Oosterbroek, o livro retrata os violentos conflitos entre diversos grupos políticos no período entre a libertação de Nelson Mandela, em 1990, e as primeiras eleições livres da história do país, em 1994. Rafael Pirrho, Johanesburgo (África do Sul) – BBC Brasil. 14 maio 2009

Quatro fotojornalistas arriscam suas vidas para mostrar ao mundo o que acontecia em lugares que ninguém mais tinha coragem de ir. O filme é baseado em fatos reais e é fundamental para todos apaixonados por fotografia (veja trailer abaixo e assista o filme completo no final do post. O filme é legendado e tem 105 minutos de duração).

Um dos 4 fotógrafos interpretados no filme é Kevin Carter, que foi um premiado fotojornalista sul-africano e membro do Clube do Bangue-Bangue. Em 1994, Carter ganhou um Prêmio Pulitzer por uma fotografia de sua autoria que retrata a fome no Sudão em 1993. Ele cometeu suicídio aos 33 anos de idade e sua história é retratada no filme.

A irmã de Oosterbroek, Athele, também participou da produção. Para ela, foi uma forma de homenagear o irmão assassinado.

“No início das filmagens tudo foi muito real e doloroso. Mas estou feliz em contar essa história que homenageia quatro amigos, incluindo meu irmão. O filme vai ajudar a curar feridas e creio que muita gente vai aprender com ele”, disse Athele.

Em 27 de julho de 1994, Kevin Carter dirigiu até um córrego, em Joanesburgo, uma área onde ele costumava brincar quando criança, e tirou a própria vida colocando uma das extremidades de uma mangueira no escapamento de sua caminhonete e a outra na janela do lado do passageiro. Ele morreu por intoxicação por monóxido de carbono, aos 33 anos de idade. Partes da nota de suicídio de Carter diziam:

“Eu sinto muito. A dor da vida ultrapassa a alegria ao ponto em que a alegria não existe…. deprimido … sem telefone … dinheiro para o aluguel … dinheiro para sustentar as crianças … dinheiro para dívidas … dinheiro! … Estou assombrado pelas vívidas memórias de mortes e cadáveres e raiva e dor … de crianças famintas ou feridas, de loucos com dedo no gatilho, muitas vezes policiais, carrascos assassinos … Fui juntar-me ao Ken (Ken Oosterbroek, seu colega fotógrafo que havia falecido há pouco tempo), se eu tiver tamanha sorte.”

Agora que você já sabe um pouco dos fotógrafos que fazem parte desse icônico filme, chegou a hora de assistir. Anteriormente o filme estava disponível na Amazon Prime, mas foi removido da plataforma recentemente. Mas o canal Extrema – Produção Criativa postou no Youtube a versão completa e legendada do filme. Assista abaixo:

Fontes: Adoro Cinema e Wikipedia

Banze-se: É ao morrerem que se tornam santos., Manguetown, Motivos para aprender sobre fotografia, O poço (El hoyo), “The Nu Project” – Nudez de mulheres comuns pelo mundo

16 MINUTOS QUE VALERÃO POR UMA VIDA INTEIRA! – EDUARDO MARINHO (EMPATIA E CONEXÃO)

16 MINUTOS QUE VALERÃO POR UMA VIDA INTEIRA! – EDUARDO MARINHO (EMPATIA E CONEXÃO)Saúde da Mente

Nesse vídeo Eduardo Marinho encara o desafio de falar sobre empatia e conexão entre pessoas, como tentou se encaixar. Fez concurso para o Banco do Brasil, para o Exército e depois entrou no curso de Direito. Mas não deu, era inconformado demais.

E desde que foi levado pela mãe, aos 6 anos, para distribuir pães numa comunidade pobre, como pagamento de uma promessa, nunca mais saiu do estado de choque diante da miséria. Para experimentar o sentimento de igualdade, fez das ruas a sua nova casa.

Hoje é é um artista plástico, escritor, ativista social e filósofo brasileiro e continua fora do padrão. ” Eu não estou aqui pra vencer na vida, eu estou aqui pra viver ” Eduardo Marinho

No canal Saúde da Mente você encontra vídeos motivacionais e reflexivos para colocar foco no desenvolvimento pessoal e profissional sempre visando fornecer conteúdo que agregue valor as pessoas.

Obrigado Senhor por fazer nossos vídeos chegarem ao maior número de pessoas!

Palavras perdidasObservar e Absorver, GREG NEWS – MST e Mineração, Jardim da Empatia, O poço (El hoyo), POR QUE ODIAMOS TANTO?

Dolly vira o jogo

A novela em que se transformou a batalha entre a fabricante de refrigerantes Dolly, do empresário Laerte Codonho, e a Procuradoria Geral da Fazenda Nacional (PGFN) acaba de ganhar novo capítulo. O executivo conseguiu virar o jogo na Justiça e a dívida de R$ 1,7 bilhão em impostos que a empresa era acusada de ter com a Receita Federal transformou-se em créditos de R$ 200 milhões. Uma tutela de urgência concedida pelo juiz Eduardo Rocha Penteado, da 14ª Vara Federal em Brasília, e uma sentença do juiz Carlos Loverra, da 1ª Vara Federal em São Bernardo do Campo (SP), reconheceram que a engarrafadora de bebidas tem o direito de usar créditos do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI). Marcelo de Paulaistoedinheiro. 25/11/19 – Atualizado em 30/10/20

Os juízes levaram em conta uma decisão de abril do Supremo Tribunal Federal (STF) que determinou às empresas do setor de bebidas o direito ao crédito do IPI na entrada de insumos produzidos na Zona Franca de Manaus. O concentrado usado nos refrigerantes da marca Dolly é comprado de fabricantes dessa região. O empresário comemorou. “Não é nada rápido. Costumo dizer que são 24 horas para quebrarem você e 24 meses para conseguir se reerguer.” Segundo Codonho, procuradores interferiram na recuperação judicial para que a União figurase como credora, o que não é permitido pelo Código Tributário Nacional. “E isso sem que houvesse dívida. É um absurdo. Agora tenho decisões reconhecendo que temos créditos a receber. Isso é um alento para quem foi tratado como criminoso e teve o nome enxovalhado publicamente”.

A história começou em junho de 2016, quando foram reveladas fraudes contábeis de R$ 100 milhões nas contas da Dolly. Segundo Codonho, o que aconteceu é que sua empresa foi vítima de um golpe do seu então contador, Rogério Raucci, sócio da RD Assessoria Contábil, que teria desviado recursos e deixado de pagar impostos devidos. O sócio minoritário do escritório, Esaú Vespúcio Domingues, fez acordo de delação premiada e confessou os crimes à Polícia Federal e ao Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado de São Paulo (Gaeco). A confissão, porém, parece não ter convencido os procuradores responsáveis pelo caso. Em maio de 2018 a Justiça ordenou medidas cautelares contra o executivo, que teve bens seqüestrados, sigilos fiscal e bancário quebrados, conta corrente bloqueada, além de ter ficado preso por oito dias. No mês seguinte, a Dolly apresentou pedido de recuperação judicial. O processo resultou no fechamento de uma unidade fabril (havia quatro em operação) e a demissão de 1 mil funcionários.

O que intriga o proprietário da Dolly é que as medidas se basearam em uma investigação que teve dados de uma empresa de tecnologia que, segundo ele, “é ligada à Coca-Cola e à AmBev”. Codonho diz não ter dúvidas de que foi vítima dos concorrentes “que desejam a Dolly fora do mercado”, além do que ele chama de “má-fé dos procuradores”. Por má-fé entenda-se o uso, por parte de servidores federais e estaduais, de documentos como prova da compra de imóveis no Brasil por meio da offshore Lumia Capital Industries LLC, sediada no estado americano de Nevada. Segundo a denúncia, ela pertenceria a Codonho. “Não sou proprietário desta empresa”, diz.

O dono da Dolly lembra que a decisão de transformar a dívida em crédito é apenas uma etapa de todo o processo, que ainda levará tempo para ser concluído. “Isso só vai se definir em Brasília. Mas tenho consciência de que vou ganhar”.

Em decisão unânime, a 8ª Câmara de Direito Público do Tribunal de Justiça de São Paulo rejeitou no último dia 24 de novembro de 2021 recurso da Secretaria da Fazenda do Estado e confirmou a anulação de uma suposta dívida fiscal de quase R$ 211 milhões da Ragi Refrigerantes (Ecoserv), engarrafadora dos refrigerantes Dolly.

 A sentença da Vara da Fazenda Pública de Barueri, proferida no ano passado pela juíza Graciella Lorenzo Salzman, já apontava a irregularidade em uma cobrança dupla contra a empresa. Laudo pericial determinado pela magistrada comprovou que a Ragi já havia negociado com o Fisco a entrega de declarações fiscais em atraso e o respectivo pagamento residual, de apenas R$ 50 mil, quando foi surpreendida por uma segunda autuação pelos mesmos fatos: a falta de entrega de declarações entre janeiro de 2012 e dezembro de 2016.

De acordo com o desembargador Costa, o auto de infração foi lavrado contemplando o mesmo período das obrigações acessórias cuja entrega havia sido devidamente autorizada pelo Fisco, como consta em ata de reunião na qual estavam autoridades da Secretaria da Fazenda do Estado, da Procuradoria-Geral do Estado e da Delegacia Regional Tributária de São Bernardo do Campo (DRT-12). “Após a entrega de toda a escrituração fiscal, ela foi avaliada e consolidada pelo DRT, resultando na apuração do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) a pagar. No mesmo momento em que foi notificada pela DRT-14 (Osasco) para pagar o saldo restante, a empresa foi surpreendida pelo auto de infração da DRT-12, como se as mesmas não tivessem sido entregues”, afirmou o desembargador.

 Essa segunda autuação levou à abertura da ação criminal contra o empresário Laerte Codonho, dono da Dolly. Em 2018, ele chegou a ficar preso por oito dias pela dívida.

Além de confirmar anulação da dívida, o TJ-SP ainda acatou recurso da defesa e aumentou os honorários advocatícios de R$ 50 mil para 1% do valor da causa. “Já passou da hora de a Secretaria da Fazenda ter grandes cautelas sobre os procedimentos que adota, especialmente sobre grandes autuações. Porque isso se reflete nos honorários advocatícios. Foi por isso que o procurador do Estado veio fazer sustentação oral: porque teme a questão dos honorários advocatícios, já que o laudo foi claro. A Fazenda tem que tomar extrema cautela com autuações como essa, de R$ 200 milhões”, advertiu o desembargador Antonio Celso Faria.

Segundo o advogado Carlos Vinícius de Araújo, a decisão evidencia a preocupação da Justiça com a má-fé do Fisco estadual, que consumiu três anos de recursos públicos e de trabalho do Judiciário com a cobrança indevida. “Os procuradores omitiram deliberadamente a informação de que o Fisco já havia negociado o débito com a empresa”, afirma.

Codonho já moveu duas ações na Justiça contra procuradores estaduais e federais, acusando-os de inserir informações falsas nos processos e manipular a Justiça, com a finalidade de inviabilizar a Dolly. Os processos ainda tramitam. A empresa pediu recuperação judicial em 2018, demitindo mais de 900 empregados. Consultor Jurídico

O esforço do empresário Laerte Codonho para provar dentro e fora dos tribunais a inocência da fabricante de refrigerantes Dolly tem se mostrado compensador. O Tribunal de Justiça de São Paulo confirmou a anulação de um suposto débito fiscal de quase R$ 211 milhões da Ragi Refrigerantes (Ecoserv), engarrafadora dos refrigerantes Dolly, com a Secretaria da Fazenda do Estado. Em decisão unânime, a 8ª Câmara de Direito Público da corte manteve a sentença da juíza Graciella Lorenzo Salzman, da Vara da Fazenda Pública de Barueri, anulando a cobrança. A suposta dívida foi o que levou à prisão o executivo em 2018. “O tiro saiu pela culatra. Quiseram acabar conosco, mas no final ficou positivo para a empresa”, disse Codonho à DINHEIRO. Angelo Verotti – 10/12/21

Palavras Perdidas: A SURPREENDENTE HISTÓRIA DA DOLLY, O Espião Inglês, Grandes marcas ressignificam a palavra luxo, WEG: A Gigante do Brasil, O eVTOL da EMBRAER, João Elon Musk Gurgel

Descontaminação em 15 dias

Marino Morikawa, um cientista peruano doutorado em Ciências Ambientais e catedrático no Japão, voltou ao seu país, Peru, às pressas, para descontaminar uma pequena lagoa de sua infância com a aplicação de técnicas de nanotecnologia. Para salvar a lagoa El Cascajo, em Huaral, onde Morikawa pescava, com seu pai, antes que esta fosse totalmente contaminada e assoreada, Morikawa abandonou a Universidade de Tsukuba, no Japão e, junto com voluntários da região e usando materiais artesanais que se encontravam na área afetada, em apenas 15 dias conseguiu salvar El Cascajo da destruição. BiO3

O cientista Marino Morikawa criou uma solução inovadora que limpou todo um lago contaminado, o mais surpreendente é que sua solução é tão natural que pode até ser comida por nós. Muitos e muitos lagos e rios no mundo iriam amar. Vídeo Henri Armelin – Via Lixo Zero Guarulhos in: Ricardo Amorim

O processo é resultado da injeção na lagoa de um fluxo contínuo de microbolhas 10 mil vezes menores do que as bolhinhas de um refrigerante.

As nanobolhas têm íons positivos e negativos o que gera uma alta concentração de energia – as bactérias que estão no meio líquido se aderem às nanobolhas de ar e ficam presas a elas. Com esse processo, as bactérias perdem mobilidade, deixam de se alimentarem e se autodestroem.

Este é um processo que obriga as bactérias a se desmolecularizarem e morrerem, explicou Morikawa.

A lagoa de El Cascajo foi descontaminada em 15 dias de trabalho constante, com a ajuda de voluntários locais. As aves e peixes já voltaram à lagoa e agora é preciso que a população que reside em suas margens mantenha os cuidados necessários para sua preservação.

Morikawa formou uma empresa, a Nanoplus 7. para trabalhar no Peru, seu país natal. A ambição é descontaminar o famoso lago Titicaca que percorre dois países, Peru e Bolívia. No momento, uma grande quantidade de material orgânico despejado através de resíduos urbanos está saturando o lago, tirando a sua qualidade natural, e a possibilidade de vida no lago. Motivo este que faz Marino, e a Nanoplus 7 desejam aplicar a tecnologia ali e resgatar a vida no lago. Sua experiência ganhou destaque até em palestras do TEDx Talks. greenme.com.br.

Usar la ciencia para limpiar un humedal | Marino Morikawa | TEDxTukuy

Marino Morikawa recuperó el humedal el Cascajo. Contaminado por el abandono, la crianza de cerdos y un desagüe, el humedal no era el mismo que Marino Morikawa conoció cuando era pequeño. Al descubrir la situación de el Cascajo Morikawa volvió temporalmente a Perú desde Japón y se dedicó a limpiarlo utilizando biofiltros y nano burbujas. En esta charla Morikawa narra la historia de esta labor.

Marino Morikawa es un científico que se dedicó a limpiar un humedal, un ecosistema similar a una laguna. Lo hizo en parte con tecnología de nano burbujas que desarrolló en sus años en Japón. Hoy sigue buscando nuevas oportunidades para salvar ríos y lagos. This talk was given at a TEDx event using the TED conference format but independently organized by a local community. Learn more at http://ted.com/tedx

Palavras perdidas: As artérias da cidade, COMO SE PREPARAR PARA A FALTA DE ÁGUA?, Como coletar água, Planeta Água, A torre de bambu que pode extrair até 75 litros de água por dia “do nada”, Micro hidrelétrica e redemoinhos

COMO FAZER uma HORTA CASEIRA: passo a passo

COMO FAZER uma HORTA CASEIRA: passo a passo. Minhas Plantas

A jardineira Carol Costa vai pegar na sua mão e ensinar como iniciar uma horta em casa. Vem sem medo porque essa é uma série de vídeos perfeita pra quem tá “começando do comecinho” e, talvez, nunca plantou.

No marco zero da sua jornada jardinística. Bora plantar? Horta por semente ou mudas? Uma é ótima pra acompanhar, a outra, é mais rápida pra colher. Como a maioria das plantas de horta são anuais, ou seja, duram no máximo, 1 ano, tudo muito rápido. Mas, algumas espécies, como manjericão ou alecrim, podem entrar na horta já grandinhos. Cultivar sua horta em casa não é um bicho (ou planta) de sete cabeças, você saberá escolher as espécies certas e garantir uma colheita até mesmo em espaços pequenos.

O passo a passo mastigadinho pra que seu primeiro contato com as verdinhas tenha sucesso garantido. Anote aí as dicas da Carol!

1 – Pesquise sobre a planta que pretende cultivar antes de comprá-la – algumas espécies precisam de certos cuidados e outras topam qualquer parada.

2 – Priorize espécies tropicais que gostem do clima da sua cidade – assim, você não apanha tentando cultivar algo que é difícil até pra produtores experientes.

3 – Mapeie quantas horas de sol batem onde você deixará sua horta – verifique onde bate a luz solar no espaço definido pra sua horta. Às vezes, um muro, árvore ou prédio pode deixar uma sombra onde deveria ter sol. O mesmo pra dentro de casa: claridade o dia todo não é o mesmo que sol pleno.

4 – Escolha um vaso com pelo menos um palmo de altura – a maioria das plantas de horta precisam de uns 40 cm de substrato. Então, use um vaso com esse tamanho e com furos pra drenagem.

5 – Adapte a camada de drenagem à profundidade do vaso – regrinha simples: quanto mais fundo o vaso, maior a camada de drenagem.

6 – Separe a argila expandida da terra usando uma manta de drenagem – serve um tecido velho ou até mesmo jornal funciona pra separar as pedrinhas do fundo do substrato.

7 – Use menos adubo do que o recomendado na embalagem – uma dosagem menor não vai prejudicar a planta mas, se você exagera na quantidade, será um problema. Menos é mais.

8 – Quanto mais planta num vaso pequeno, menores elas ficam – sem espaço, a planta se adapta e acaba crescendo menos. Manja o bonsai, aquela árvore cultivada num vaso raso?

9 – Plante no mesmo vaso espécies que serão colhidas em tempos diferentes – otimiza o espaço e você terá mais colheitas, ó que legal!

10 – Colha no tempo certo, não fique “com dó” de comer – você está plantando uma horta, cultivando seu alimento. Se não colher pra consumir, a planta morre e não cumpre seu objetivo.

11 – Faça um ensaio pra saber quantas plantas caberão – planeje pra que todas as espécies tenham espaço no vaso.

12 – Molhe as plantas um ou dois dias antes de mudá-las de vaso – se escolheu replantar as mudinhas, regue um dia antes pra que elas se soltem mais facilmente do vaso.

13 – Solte o torrão de raízes – com jeitinho, solte as raízes da muda com a ponta dos dedos antes de replantá-la.

14 – Reaproveite o substrato das mudas, misture aquela terrinha que sobrou das mudas replantadas em substrato novo.

15 – Ao plantar de sementes, faça um berçário – uma bandeja plástica funciona como uma mini-estufa pra suas sementes se desenvolverem melhor.

16 – Leia as informações da embalagem de sementes – parece óbvio mas, muita gente pula essa etapa. Ali tem informações valiosas!

17 – Semeie 3 pra garantir que ao menos uma dê certo – não arrisque, em cada espacinho do berçário, coloque 3 sementinhas. Cubra com um tico de terra e regue com delicadeza.

18 – Ponha a estufa na claridade e mantenha ela fechada – sem essa de ficar abrindo e fechando, a tendência da estufa é manter a umidade lá dentro. E, não, não faltará ar pras plantas.

19 – Só regue se usar o dedômetro – essa é a regra das regas! Se não conhece a técnica, basta esfregar o substrato com a ponta do indicador. Se o dedo saiu sujo de terra, não precisa regar.

Lista de materiais:

  • vaso;
  • tesoura Limmat 710;
  • argila expandida, substrato e casca de pínus;
  • pulverizador de pressão acumulada da STIHL;
  • tagetes;
  • palhinhas protetoras;
  • Bokashi, o super adubo;
  • manjericão;
  • alface Cerbiatta.

Universidade Minhas Plantas

Meu caos: Palavras Perdidas

Guia para quem vai a SP pela primeira vez na vida…e Sozinha!

Se você está com pouca grana ou está com dinheiro bem contadinho, invista no transporte público. O metrô de São Paulo funciona perfeitamente, são 104 quilômetros de extensão divididos em cinco linhas. Procure hospedagens que ficam próximas da estação, pois 90% dos lugares de SP usam estes locais como ponto de referência. Ou seja, a cidade é movida nos trilhos e sem contar que é uma forma de entender um pouquinho a rotina do paulistano e por R$ 4,40 (aceita em pagamento em dinheiro e PIX através do Whatsapp da companhia que gerencia o transporte, no qual dão os QR Code por mensagem e não precisa levar um monte de papel). Brechando em SP (2022)

Na República, por exemplo, você rapidamente vai conhecer importantes pontos boêmios de SP, como o SESC da 24 de março, a Galeria do Rock, o CopanViaduto do CháLargo do Paiçandu (foto acima)Teatro Municipal e os bares da região. 

Ao todo, são cinco linhas: Azul (a maior quantidade de estações), Verde (maior em extensão), Vermelha, Amarela e Lilás. O detalhe que todas elas se conectam entre si e os trens da região.

São Paulo é incrivelmente arborizada, principalmente nos bairros que tem uma circulação bacana de gente. Assim, a cidade fica fresquinha e não morremos de calor com o excesso de andança. Além disso, existem vários parques para visitar.

Umas das áreas verdes do Ibirapuera, que tem 10 portões de acesso, museus e acesso por vários bares.

Um local que me surpreendeu positivamente foi o Parque Ibirapuera, que é um espaço enorme de área verde, que une a prática esportiva, museus e atividades de lazer. O mais legal que funciona tanto durante o dia quanto a noite. Ele é ótimo para jogar futebol, praticar frescobol, tomar banho de sol e, inclusive, fazer aquele almoço gostosinho.  Ele é o parque mais visitado da América Latina. 

Lá tem restaurantes para você se alimentar bem e não necessariamente precisa ser health food.

Há também aparelhos de ginástica, quadras, playground, quiosques (inclusive para pedir comida do Ifood), ciclovia, maquininha de Red Bull (igual para tirar lata de Coca-Cola, sendo mais chique) e planetário.

A avenida Paulista, uma das principais via da cidade, aparece na mídia o tempo todo, poderíamos falar sobre os prédios dos importantes bancos, das principais empresas, a sede da Cásper Líbero (coincidentemente da TV Gazeta), do MASP (Museu de Arte de São Paulo) e entre outras coisas.

A Paulista é o novo e velho se encontrando. São paulistanos de nascença com os imigrantes juntos e conversando sobre amenidades. É poesia estampada na calçada. Pessoas almoçando no Burger King contando as horas para bater o ponto novamente.

É comprar aquela roupa na loja de Departamento, ir ao shopping para comprar o livro. Visitar aquele Mc Donald’s novo, que restauraram um casarão abandonado e deixaram quase uma atração da Disney. Além disso, eles vendem um sorvete com coca muito bom. 

Paulista é a cidade por si só, para quem quer viajar a trabalho e está sem tempo de fazer grandes passeios.

Beco do Batman pode parecer sinônimo de graffiti, mas, garota, calma, não é apenas um museu ao céu aberto, o pessoal realmente fez o local como um complexo cultural. 

No metrô, parei na estação de Vila Madalena e com o Uber cheguei ao local. De longe já dá para ver as cores e os motoristas dão dicas dos melhores restaurantes para almoçar. As cores em direção ao beco já dão os primeiros sinais que estamos chegando no local. 

A rua já está fechada para que pedestres possam andar em quase um quilômetro de graffitis vindos de artistas de SP e de vários países. Foi por causa dele que surgiu as pinturas do Beco da Lama, em Natal-RN. Além disso, o local é cheio de restaurantes com bons drinks, PFs ou pratos bem elaborados para sair com a família e os amigos. 

O trecho recebeu esse nome devido a um grafite do personagem homônimo da DC Comics há muitos anos, e acabou por se tornar um ponto de turismo devido a dezenas de grafites pintados em seus muros; atualmente conta até mesmo com visitas monitoradas realizadas na área.

Na região central existe a Liberdade, fui no local no sábado e mal sabia que teria a presença de uma feira que traz não só os melhores artigos asiáticos, mas também produtos artesanais do Brasil e de outros países da América do Sul. Além disso, lá tem barraquinhas trazendo o melhor das comidas japonesas fugindo daquele tradicional sushi. Em volta da praça também tem os prédios e restaurantes alinhados com a temática da cultura, com livrarias vendendo mangá em japonês, cafés com doces customizados com personagens de anime e também uma rua com várias lojas importadas, inclusive mercadinhos com os produtos vindos do Japão, Coreia e China, para os curiosos levarem para os outros estados do Nordeste.

Uma experiência diferente em São Paulo foi assistir um concerto de música clássica, que tocava clássicos do rock and roll. E, o melhor, a luz de vela, o show se chama Candlelight e acontecem no tradicional Theatro São Pedro, construído no século XX, para receber concertos e óperas. A banda que se apresentou era o Sexteto de Cordas do Monte Cristo Coral e Orquestra, que eles tocaram os sucessos de Beatles e Rolling Stones.

As pessoas sempre pediam que eu fizesse um rápido guia sobre a via. E, realmente, ela é a minha cara, principalmente porque as ruas paralelas também tem o mesmo espírito de bares, boates, cinemas e teatros voltados para o público alternativo.

Tem muita coisa para se fazer na Augusta. Se você não quer festa, tem cinema com filmes que você não veria nas grandes redes do shopping, shows de bandas locais e famosas, restaurantes, bistrôs ou seja, o mundo inteiro está lá. E quanto mais avança os horários, mais gente. 

Museu da Língua Portuguesa fica dentro da Estação da Luz

Museu da Língua Portuguesa fica dentro da Estação da Luz e só chegar e pronto. Mata dois pontos turísticos em um, ele foi fundado em 2016 e reinaugurado em julho de 2021, no qual é dividido por três andares que falam sobre como português do Brasil teve influências não só de Portugal, mas de vários países e a contribuição da imigração no nosso vocabulário.

No meio de um bairro de luxo, existe o Museu da Imagem e do Som – MIS, em um prédio construído no final dos anos 60. O seu objetivo é armazenar dados de pessoas que contribuíram com a televisão, rádio, música e também no clipe. O acervo do MIS conta com mais de 200 mil itens relacionados à história da produção audiovisual brasileira. São fotografias, filmes (curtas, longas, vídeos e documentários), vídeos, cartazes, peças gráficas, equipamentos de imagem e som e registros sonoros e audiovisuais, além dos livros, catálogos, periódicos, CDs, DVDs, VHS, coleções, cuja coleta e criação esteve sempre ligada aos acontecimentos contemporâneos. Também conhecido pela exposição sobre o Castelo Rá-Tim-Bum, programa infantil de sucesso da TV Cultura.

A principal de duas exposições que visitei, sendo uma de graça, mostrava os trabalhos da cantora Rita Lee com a curadoria do próprio filho dela, que expôs roupas, discos, anotações e toda memória física de 60 anos de carreira da “Rainha do Rock do Brasil”.

A exposição gratuita é um coletivo de artistas que mostraram a vida das travestis, dos doentes de Covid-19 e da periferia de SP de uma forma crua, mas também usaram canais de omnichannel para que os visitantes pudessem expressar a sua opinião sobre os temas retratados. 

São Paulo tem muito museu e é uma das formas de passeio mais barata, quase todos cobram o preço de estudante (a meia-entrada), basta comprovar que você estuda, além de todos ficarem próximos de estações e paradas de ônibus.

Procura aqueles que são perto de sua hospedagem ou dos lugares que obrigatoriamente vai visitar.  Se você é do tipo de pessoa que curte passeios culturais, São Paulo vai fazer seus olhos brilharem. A capital paulista reúne uma série de museus e um acervo que não fica atrás de lugar nenhum no mundo.

Consegui viajar e gastar apenas o necessário. Para que eu pudesse conciliar o turismo e não atrapalhar o curso, eu tive que fazer uma ampla organização, aqui vai algumas dicas:

  1. Monte a planilha com o que vai gastar diariamente;
  2. Pense no que vai comprar, principalmente se a única mala for a de mão e uma mochila;
  3. Comida em São Paulo é realmente caro, mas existem opções nutritivas e gastronômicas incríveis. Procure olhar Trip Advisor e o Google, o público não mente mesmo quando algo é ruim. Se você ver algum restaurante que tenha crítica de 1 estrela, observe bem essa crítica para saber se isto iria lhe incomodar ou não.
  4. Leve bateria portátil na sua bolsa, pois nunca se sabe quando vai pedir ajuda e celular não descarregar.
  5. Sempre observe os lados e não tenha medo de caminhar,  isso te ajuda a ter uma excelente memória fotográfica dos locais. 
  6. Se conhece alguém na cidade, peça dicas e converse sobre lugares interessantes para visitar. Afinal, ele sabe quais são os locais que vale a pena e o que não vale. 
  7. Vai encontrar alguém? Combine de se encontrar nas estações de metrô e lugares públicos. 
  8. Informe a localização para todos amigos de confiança, pais, irmãos e quem você confia para não se perder ou caso aconteça alguma coisa eles saberem onde você está.
  9. Procure hospedagens perto do transporte público e que tenha locais para fazer as principais refeições, farmácias para comprar remédios e um posto de saúde. 
  10. Cuide bem de sua saúde, principalmente se você está em uma cidade que o clima é totalmente diferente do seu. Alongue-se, use roupas leves, tênis e pequeno kit de sobrevivência para poder fazer longas caminhadas. 

Palavras PerdidasDia do turista!!!, Museu Pelé, Arte Fora do Museu, Aldeia360, Expedição pelas Nascentes do Rio Água Preta, Biblioteca a noite, Jaider Esbell e Bienal de São Paulo

Cúrcuma, o açafrão da terra

Saiba o que essa planta pode fazer por você. Existe Guarani em SP

De origem indiana, a cúrcuma (ou açafrão da terra) é muito usada como tempero em diferentes pratos. Ela é um tipo de planta da família do gengibre e, a partir de sua raiz, é possível extrair um pó amarelado (rico em curcumina). Um canceriano sem lar

A curcumina é ótima para fortalecer a imunidade, tem ação antioxidante, anti-inflamatória, antibacteriana. De sabor característico pode ser feita na forma de manipulação associada a outros suplementos para ser potencializada sua ação! dramariaclarafrank

A cúrcuma, açafrão-da-índia, açafrão-da-terra ou tumérico é uma espécie de raiz com propriedades medicinais. Tatiana Zanin

Além de ser ter uma grande potencial antioxidante, a cúrcuma também pode ser usada como remédio natural para melhorar problemas gastrointestinais, febre, tratar resfriados e, até, reduzir o colesterol alto. Tua Saúde

As principais propriedades da cúrcuma são a sua ação anti-inflamatória, antioxidante, antibacteriana e digestiva e, por isso, esta planta tem vários benefícios para o corpo, como:

  1. Melhorar a digestão;
  2. Ajudar na perda de peso;
  3. Combater resfriados e gripes;
  4. Evitar crises de asma;
  5. Desintoxicar e tratar problemas de fígado;
  6. Regular a flora intestinal;
  7. Regular colesterol;
  8. Estimular o sistema imune;
  9. Aliviar inflamações da pele, como eczema, acne ou psoríase;
  10. Melhorar a resposta anti-inflatória natural.

Além disso, a cúrcuma pode ser utilizada como tônico cerebral, ajuda a inibir a formação de coágulos no sangue e até contribui para aliviar os sintomas de tensão pré-menstrual.

A parte mais utilizada da cúrcuma é o pó da sua raiz, para temperar comidas, mas também pode ser consumida na forma de cápsulas. Além disso, as suas folhas podem ainda ser utilizadas na preparação de alguns chás.

  • Infusão de cúrcuma: Colocar 1 colher de café de pó de cúrcuma em 150 ml de água fervente e deixar repousar por cerca de 10 a 15 minutos. Depois de amornar, beber até 3 xícaras por dia no intervalo das refeições;
  • Cápsulas de cúrcuma: geralmente a dosagem recomendada é de 2 cápsulas de 250 mg a cada 12 horas, totalizando 1 g por dia, no entanto, a dosagem pode variar de acordo com o problema a tratar;
  • Gel de cúrcuma: Misturar uma colher de sopa de babosa com o pó de cúrcuma e aplicar sobre as inflamações da pele, como psoríase.

Além disso, para melhorar a absorção de antioxidantes da raiz, a cúrcuma pode ser consumida junto com óleos, como azeite, óleo de coco ou de abacate, por exemplo.

As Verdades Sobre a Cúrcuma! Impressionante. Dr. Fernando Lemos – Planeta Intestino

As Verdades Sobre a Cúrcuma! Impressionante. Assuntos sobre doenças intestinais e digestivas, distúrbios alimentares e cirurgia especializada, explanada pelo Coloproctologista Dr. Fernando Lemos.

As informações contidas nos vídeos não pretendem substituir a consulta ao profissional médico ou servir como recomendação para qualquer plano de tratamento. Em caso de duvidas procure seu médico. A Medicina é uma ciência em constante mudança, os vídeos são produzidos baseados nos Artigos Científicos mais recentes até a data. De acordo com o Art. 8º da Resolução CFM 1974/11 de Publicidade do Código de Ética Medica, os vídeos têm somente caráter de prestar informações de fins estritamente educativos. De acordo com o Art. 9º da Resolução CFM 1974/11 de Publicidade do Código de Ética Medica § 1º “E” não são divulgados endereço e telefone de consultório, clínica ou serviço.

Hae’vete: MedicinaAprenda remédios caseiros que ajudam a fortalecer a imunidadeISA lança manual sobre plantas indígenas com download gratuito, Curcuma

Aproveite para retribuir, contribuir e fortalecer a arte e cultura Guarani e dos povos originários do nosso planeta.

James Cameron afirma que a Skynet destruiria a humanidade apenas com deepfakes 1.2

James Cameron é apenas o diretor de dois dos filmes que mais faturaram na história: Avatar, de 2009, rendeu US$ 2,85 bilhões e ocupa o primeiro lugar no ranking. Titanic vem em terceiro, atrás apenas de Vingadores: Ultimato, lucrando US$ 2,19 bilhões de dólares. Pablo Nogueira – Hardware.com.br

No entanto, há outro filme de James Cameron, da década de 1980, que revolucionou a indústria: O Exterminador do Futuro. Em 1991, Cameron dirigiu a sequência do filme, considerada melhor que a obra anterior.

No filme, o protagonista é um cyborg conhecido como exterminador, interpretado por Arnold Schwarzenegger, que viaja no tempo para evitar o surgimento da Skynet, um sistema de inteligência artificial que causa um holocausto nuclear em 2029.

Assim nasceu a Skynet e sua revolução, uma mente artificial capaz de colocar toda a humanidade em xeque e levar os seres vivos à quase extinção. Cameron, que escreveu o roteiro do filme sob efeito de drogas, agora confirma em entrevista à BBC que, se a Skynet existisse, ele usaria uma arma diferente das nucleares para acabar com tudo. Uma arma? Um vírus? Não! Os deepfakes. Gabriel Martins – trecobox

Aliás, ao iniciar a entrevista, Cameron cita o problema de que todas as tecnologias que nós criamos, aparentemente, em algum momento, “dão errado”.

Avatar, de 2009, revolucionou a indústria cinematográfica com os seus avanços em efeitos especiais e capturas de movimento.

Destacando o avanço dos efeitos visuais em imagens e filmes, o cineasta afirma que, conforme aprimoramos essas ferramentas, “criamos recursos para mídias falsas”.

No entanto, segundo ele com a velocidade de informação de notícias, pode haver um incidente preocupante antes de descobrirmos que a mídia é falsa.

Deepfake com o rosto do ator Tom Cruise em outra pessoa.

“Já vimos diversas situações — a Primavera Árabe é um clássico exemplo — em que as revoltas foram praticamente instantâneas graças às mídias sociais”.

Ao admitir seu ceticismo em relação à inteligência artificial e o temor pelos deepfakes, James Cameron comenta sobre o fato de que toda tecnologia já criada foi utilizada como armamento.

“Eu digo isso aos cientistas de inteligência artificial o tempo inteiro, mas eles afirmam ter o controle da situação: ‘Só basta a gente garantir que as IAs sirvam para um propósito correto’…”

“Se a Skynet quisesse acabar com o mundo e exterminar todos nós, seria algo similar ao que está rolando atualmente. A Skynet não precisaria acabar com toda a biosfera e o meio ambiente com armas nucleares. Aliás, seria bem mais fácil e demandaria menos energia, pois a Skynet iria apenas fazer com que as nossas mentes ficassem umas contra as outras”.

Portanto, o premiado cineasta afirma que precisamos ter um pensamento crítico maior, ressaltando que temos milhares de ferramentas de pesquisas disponíveis, mas as pessoas não as utilizam para verificar a verdade.

Ao finalizar a entrevista, James Cameron faz uma brincadeira: “Eu mesmo poderia ser um deepfake neste exato momento”.

Arnold Schwarzenegger parece muito feliz em ver o progresso da tecnologia TerminatorCosmoBroadCasting.com

“Quase tudo o que criamos parece dar errado em algum momento. Estamos trabalhando em efeitos digitais de ponta, e nosso objetivo tem sido torná-los cada vez mais fotorrealistas. E cada vez que os otimizamos, estamos essencialmente construindo uma caixa de ferramentas para criar elementos falsos.”

“Os responsáveis ​​sempre dizem que não, que está tudo sob controle, e que com essas inteligências artificiais sempre usam alvos adequados. Mas quem decide quais são esses alvos? Quem financia a pesquisa, que são grandes corporações ou o Ministério da Defesa. significa que eles vão ensinar essas novas entidades sencientes a serem gananciosas ou assassinas. Se a Skynet quisesse assumir o controle e nos eliminar, acho que seria como se já estivesse acontecendo. Não teria que aniquilar toda a biosfera e o meio ambiente.com armas nucleares para alcançá-lo. Seria muito mais fácil e exigiria menos energia voltar nossas mentes contra nós mesmos. Tudo o que a Skynet teria que fazer é falsificar algumas pessoas, colocá-las umas contra as outras, instigá-las e apenas executar essa falsificação gigante na humanidade.”

CHIAR – IMGUR. 29/12/2017

Compartilhe isso: Comida de tubarão, O Exterminador do Futuro: Gênesis, Starlink Musk Skynet, A evolução dos robôs.

Previus version: James Cameron afirma que a Skynet destruiria a humanidade apenas com deepfakes, Você Consegue Sobreviver ao BASILISCO de ROKO?, MANO… QUE REVELAÇÃO INQUIETANTE!

Coletivo organiza nova Marcha para Maconha (Atualizado em 10.jun.22)

De acordo com o Coletivo, a marcha é um grupo de indivíduos e instituições que têm atuação descentralizada e tópicos de discussões sobre o trabalho realizado nas redes sociais. Catarina Del Corso – Portal Costa Norte Marcha da Maconha (em inglês: Global Marijuana March, Ganja Day ou J Day), também conhecida como Dia Mundial da Maconha e Dia da Liberação da Maconha, é um […]

Coletivo organiza nova Marcha para Maconha (Atualizado em 31.mai.22)

Palavras perdidas: El sistema endocannabinoide (SEC), Maconha para tudo!?!, 4ª Aula do 3º Curso de Cannabis Medicinal, Padre Ticão e o Kaneh-bosm

COMO SE PREPARAR PARA A FALTA DE ÁGUA?

O diagnóstico feito pela Agência Nacional de Águas (ANA) mapeou as tendências de demanda e oferta de água nos 5.565 municípios brasileiros e estimou em R$ 22 bilhões o total de investimentos necessários para evitar a escassez, e como sabemos, o Brasil não tem fama de ser eficiente em seus projetos. Julio Lobo –  Sobrevivencialismo

O Brasil entrou em 2015 com um panorama econômico complicado, e o possível racionamento para cerca de 125 milhões de brasileiros, algumas regiões ficaram em situação preocupante. A questão é: O que você pode fazer para se preparar?

Curto prazo 

Aqui estamos falando do que você pode armazenar e irá gastar no primeiro momento.

  • Água engarrafada: A maioria das pessoas tem água engarrafada “jogada” em algum lugar em casa ou no carro, mas é interessante comprar uma quantidade razoável e armazenar;
  • Galões de grande capacidade: Para armazenar maior quantidade, só certifique-se que os galões são apropriados para água;
  • Caixa d’agua extra: Se o seu orçamento permitir, investir em uma caixa adicional em sua residência lhe dará maior segurança e capacidade de estoque.

O maior erro das pessoas em cenários de racionamento é querer utilizar a água da mesma forma como em um cenário normal de abastecimento. A forma como você racionará o seu estoque é mais importante do que ter enormes quantidades e gastá-las de maneira desmedida.

Médio prazo

Se a água não voltar após o primeiro momento, você precisará desenvolver meios de encontrar e purificar a água que conseguir.

  • Marque os lagos, córregos e poços artesianos na sua região: Ter um mapa com todas estas possíveis fontes anotadas poderá lhe ajudar a conseguir o que você precisa. Como a maioria das pessoas não se planejará para isso você terá a vantagem de chegar as fontes sem que estas estejam esgotadas ou demasiadamente contaminadas;
  • Adquira sistemas de filtragem: Aqui qualquer filtro é bem vindo, desde os portáteis (Life Straw e afins) até os estáticos como os filtros de barro e purificadores de água semelhante;
  • Estoque purificadores de água: Filtrar não basta, você precisa também eliminar os microorganismos nocivos que podem estar na água. Lembre-se que em cenários de falta de água a diarréia torna-se quase que epidêmica exatamente pela falta de purificação. Procure comprar pílulas como a Aquatabs ou até mesmo água sanitária para ter em seu estoque.

Longo Prazo

Longos prazo sem água podem desencadear caos social e uma série de complicações que vão muito além da sede.

  • Cisternas: Coletar água da chuva é uma alternativa barata e fácil de ser gerenciada. Um simples sistemas de calhas no seu telhado com direcionamento para uma cisterna ou até mesmo barris/baldes poderá lhe propiciar enormes quantidades de água quando haver chuva na sua região;
  • Poços artesianos: Apesar de ser algo difícil de ser feito e igualmente difícil de se conseguir permissão, os poços artesianos lhe darão um estoque virtualmente ilimitado de água. Claro que depende diretamente da sua região, em alguns lugares o lençol freático é fundo demais para ser alcançado;
  • Abandono da região: Como dissemos, a falta de água provavelmente causará caos social onde pessoas literalmente vão matar para conseguir uma garrafa de água. Caso você resida em uma região densamente populosa talvez esta seja a alternativa mais segura para ser levada em conta.

A falta de água causa preocupação e impacta diretamente a vida das pessoas, os impactos socioeconômicos podem ser severos: problemas com produções de alimento, êxodo de áreas urbanas em direção a outros estados e áreas rurais, aumento de violência e muitos outros pontos entrarão em cena.

Onde você mora está havendo racionamento? Qual a perspectiva para a sua região durante esse ano em relação ao abastecimento de água? O que você está fazendo para se preparar?

Palavras Perdidas: Quando será a nova crise hídrica?!?, Expedição pelas nascentes do Rio Saracura, A culpa é do Pedro!?!, Como coletar água, DIA MUNDIAL DA ÁGUA

Como coletar água

A água é uma das necessidades mais importantes, vive-se até uma semana sem alimento, porém, sem água, esse tempo diminui consideravelmente. Wings Escola de Aviação

O corpo precisa de dois litros de água por dia para manter sua eficiência, sobrevive-se até com ½ (500ml) de água por dia (mínimo necessário).

Mas antes de saber como obtê-la, alguns indicadores podem mostrar que existe água por perto. Alguns indicadores são:

  • Enxames de insetos: Abelha e Formigas;
  • Animais ruminantes: Eles necessitam de água ao amanhecer e ao anoitecer, então se vir algum, saiba que tem água perto;
  • Abundância de vegetação variada: indica água superficial;
  • Vales: as vertentes inclinadas dos vales podem albergar lençóis de água;
  • Rastos de animais: podem guiar até zonas de água. Ale César – Sobrevivencialismo. 09/06/2011

Agora que você sabe onde pode achar água, vamos às formas para obtê-la:

  • Rios, riachos, lagos, mananciais, brejos e nascentes: Verifique o estado e o cheiro dessa água, veja se tem animais mortos ou fezes. Caso alguma dessas ocorrências existam, procure outra fonte e somente em último caso você pode consumir depois de efetuar a filtragem e fervura.

A água deverá ser recolhida do fundo, evitando desmoronar as margens ou remover os leitos. Se necessário, demarcar locais para banho, cozinhar e colheita da água potável.

  • Chuva: A fonte mais confiável de água. Para captá-la improvise uma espécie da bacia com lona ou até mesmo com sua camisa. Um método simples e eficaz é você cavar um buraco com 15 cm de profundidade no solo. Coloque um plástico por cima do buraco e prenda-o nas bordas com pedras, terra ou areia. E é só esperar que a chuva encha o pequeno reservatório.

Pinterest: Como coletar água. #infografico (destilador solar)

Quando houver troncos pelos quais a água escorra, basta interromper o fluxo com cipó, folhagens, canalizando-o para qualquer pote/vasilha, e na falta de outro material, as próprias roupas poderão ser expostas à chuva e após “extração” de água, ela deverá ser purificada pela fervura.

NOTA: a água da chuva, quando recolhida diretamente em vasilhas limpas ou de plantas, normalmente poderão ser ingeridas sem purificação.

  • Orvalho matinal: Acorde bem cedo e veja as folhas das árvores, as matas rasteiras. Se o clima estiver úmido você pode colher essa água. Para isto basta pegar uma camiseta seca e passar sobre a mata até essa ficar encharcada. Depois é só torcer a camiseta e você terá água.
  • Urina: Sua urina é composto de até 95% de água. Em caso de emergência você pode bebê-la. Nada de nojo, sua vida depende de água. Lembre-se que você só pode bebê-la no máximo 3 vezes consecutivas, após isso as toxinas tornam-se concentradas e podem lhe causar danos.

OBS.: urina e água do mar não servem pra beber, o teor de sal é muito alto e comprometerá a sobrevivência.

  • Plantas e frutos: Poderá obter água de algumas plantas e frutos, através de nenhum tratamento.
Cipó d´ água extração da água
  1. Cocos – contém água refrescante e hidratante; os melhores e com maior quantidade de água são os meio verdes;
  2. Buriti – palmácea que existe só onde há água; basta cavar junto ao mesmo para obter água. A madeira do caule dá uma fécula nutritiva e o óleo é contra os vermes intestinais;
  3. Cipó d´água – parasita de uns 10 cm de diâmetro de cor marrom arroxeada e casca lenhosa; fica dependurado entre os galhos e o solo em grandes árvores. Corte um pedaço do cipó de 10 a 20 cm de comprimento. O primeiro corte deverá ser feito na parte mais alta, em cima. Leve a ponta debaixo à boca ou coloque-a dentro de uma vasilha. A água é fresca e pura. Nunca beba um cipó que produza líquidos leitosos ou amargo. O melhor é o de casca grossa;
  4. Cactos – há alguns tipos de cactos, como os bojudo, como o de cabeça grande, produz água quando cortado. A água só pode ser bebida se não apresentar gosto amargo e/ou sumo leitoso;
  5. Vegetação viçosa – nos lugares onde as vegetações apresentam-se viçosas, cave próximo à raiz;
  6. Bambus – algumas vezes, as hastes contem água nas juntas ocas. Sacuda as hastes dos bambus velhos e amarelados. Ouvindo o barulho de água, faça um furo bem junto à base de cada segmento entre os nós e recolha a água;
  7. Gravatás e parentes do abacaxi – a água da chuva poderá ficar retida nas folhas de algumas plantas; as folhas são bem juntas, resistentes e sobrepõe-se uma nas outras. Antes de beber, deve-se coar. O gravatá tem um fruto digestivo e indicado para dores de estômago. O chá das folhas é bom para tosse e garganta. O suco é vermífugo e abortivo;
  8. Plantas escamosas – algumas plantas de folhas resistentes que se sobrepõe como escamas, podem armazenar boa quantidade de água das chuvas. Basta recolhê-la e purificá-la.
  9. Algumas frutas retêm grande quantidade de água e podem ser ingeridas à vontade – melão, melancia, maracujá, abacaxi, laranja.

A obtenção de água das plantas usando garrafa pet, realmente funciona, porem é um processo muito lento e você consegue pouca água:

  • Primeiro você coloca folhas verdes dentro de uma garrafa. Quanto mais verde melhor. Não use folhas que tem seiva (aquele leite);
  • Fixe um copo no chão de maneira que não ele caia e em um lugar com bastante sol;
  • Coloque a garrafa com o saída dentro do copo e espere. Vá virando a garrafa quando as folhas forem secando.

Você também pode fazer uso de um processo muito simples para obter água:

  • Coloque um saco de plástico sobre um ramo de uma árvore ou arbusto;
  • Feche a abertura do saco sobre o próprio ramo;
  • Coloque um peso no fundo do saco para deixar o ramo inclinado, fazendo com que a água se concentre no fundo;
  • É conveniente mudar de ramo todos os dias e recolher a água no fim de cada utilização.

Métodos de purificação da água

  1. Fervura no água no Bambu– pelo menos 1 minuto;
  2. Purificador existente no conjunto de sobrevivência – colocar um comprimido em um litro de água, agitar para que dissolva e deixar descansar por 30 minutos e/ou em gotas;
  3. Tintura de iodo – colocar 8 gotas em um litro de água, misturar e aguardar 30 minutos para beber.

Não ingerir álcool, gasolina, urina, quando não houver água, isso prejudica muito o organismo e poderá levar à morte, quando não houver a quantidade de água suficiente, deve-se evitar alimentação, expor-se ao sol e até mesmo locomover-se. O ideal é tentar descansar.

Palavras perdidas: Javyju, PORQUE ARMAZENAR SAL – PROTOCOLO 550, A torre de bambu que pode extrair até 75 litros de água por dia “do nada”, No princípio, era água!?!

Contribua e fortaleça com a Arte e Cultura Guarani e de todos os povos originários do nosso planeta.

Ghost Writer ou Escritor Fantasma!!!

Seja para escrever livros, artigos, colunas ou até mesmo textos para marketing de conteúdo, há muitas opções disponíveis no mercado para quem quer ser um ghost writer.

Ghost writer é o profissional que não recebe créditos de autoria pelo texto que escreveu. Isso faz parte de um contrato ou acordo de cessão de direitos autorais. O ghost writer escreve livros, textos, apostilas e outros materiais, vende a uma pessoa (física ou jurídica) os direitos autorais sobre essa obra e recebe por isso. Luiza Drubscky – Comunidade Rock Content

Ghostwriter é definido como um “escritor fantasma”, um escritor profissional que é contratado para escrever obras pelas quais não receberá crédito oficial, permanecendo anônimo, prática comum desde tempos imemoriais, onde secretários e escribas escreviam discursos e cartas aos governantes, ou os discípulos de um mestre completavam seu trabalho sob a sua direção e, por vezes, a título póstumo. Até hoje, é costume os presidentes lerem discursos públicos que outra pessoa os tenha escrito, ou que “escritores fantasmas” respondam a cartas de cidadãos em nome do presidente, ou que sejam contratados para escrever suas “autobiografias”. UM CANCERIANO SEM LAR.

O “escritor fantasma” nas revistas médicas gera problemas éticos e legais. A preocupação se deve ao fato de que é frequente que as empresas farmacêuticas e as indústrias de produtos de tecnologia médica possam distorcer as evidencias produzidas por ensaios clínicos e não sejam imparciais. SciELO

Posteriormente, não há nenhuma violação ou irregularidade se o texto for divulgado como sendo de autoria de outra pessoa. Aliás, é justamente isso que se pretende fazer por meio da contratação de um escritor-fantasma. Então, se não há autoria e direitos sobre a obra, por que essa é uma ocupação que tem crescido tanto no mercado de trabalho?

Ser um ghost writer é uma forma de praticar suas habilidades de redação diariamente. Quanto maior o fluxo de trabalho, mais regularidade você terá para praticar sua escrita em frente ao computador.

Com o tempo, isso não apenas melhora sua capacidade de argumentação, organização de ideias e exposição de informações importantes, como também reduz a incidência de erros gramaticais e expande seu vocabulário. Ou seja, ainda que você queira escrever textos autorais no futuro, terá muita experiência com a qual contar para aprimorar suas habilidades.

Muitas vezes, o regime de contratação de ghost writers ocorre por meio de trabalhos freelancer. Isso significa que você é contratado por obra, livro ou texto que escreve. Assim, você ganha exatamente pelo trabalho que faz. Se quiser escrever mais textos e pegar mais trabalhos, vai receber mais por isso. Se precisar dar um tempo nas atividades e tirar férias, terá que se programar com um período sem essa renda.

Porém, em sua grande maioria, os contratos celebrados para serviços de escrita ghostwriting são pagos antecipadamente ou por pacotes fechados. Se um escritor convencional precisa aguardar os royalities e variáveis de sua produção, uma vez que o cliente esteja satisfeito com seu texto, o pagamento é realizado de acordo com o combinado.

Blog A.I. Carr

Se você sabe o quanto vai receber e em que intervalo de tempo, pode planejar retiradas mensais que se assemelham aos salários convencionais do regime CLT.

Também é possível determinar valores mensais para a construção de um décimo terceiro, poupança emergencial e para investimentos com muito mais precisão.

Não há uma área específica em que o trabalho de um escritor-fantasma é mais requisitado. Existe a necessidade de escrever sobre os mais variados assuntos, desde livros sobre nutrição, fitness e saúde, até textos sobre finanças pessoais, administração e recursos humanos.

Se você é uma pessoa criativa, curiosa e interessada em aprender sobre temas distintos de sua área de formação, terá a oportunidade de escrever em várias temáticas. O que realmente importa é a qualidade de sua redação, correção ortográfica e gramatical, além de um trabalho preciso de pesquisa e verificação de informações.

Ghost writers não serão de forma alguma vinculados à autoria dos textos que escrevem. Por mais que isso possa ser um problema para alguns redatores, isso também representa uma boa oportunidade pessoal para se distanciar emocionalmente de seus textos e escrever com mais liberdade. Ao saber que sua autoria não será identificada, você pode se arriscar a escrever sobre temas até então inexplorados, sem medo da reação do público, amigos e familiares.

Na verdade, você inclusive poderá testar suas habilidades escrevendo sobre temas que sempre te interessaram, mas que você nunca teve a coragem de pesquisar e escrever. Nesse contexto, um engenheiro poderá escrever sobre psicologia e comportamento, assim como um advogado poderá explorar seus conhecimentos sobre arte e entretenimento.

O autor de um blog, colunista ou outro profissional de produção de texto intelectual, na maioria das vezes, precisa comercializar seu conteúdo.

Isso significa vender para um veículo de informação, compartilhar nas redes sociais, interagir com os leitores para gerar engajamento por e-mail marketing, fóruns especializados e comentários no post, são muitas responsabilidades, após a atividade produtiva, que demandam tempo e estratégia comercial.

Um ghostwriter não precisa se preocupar com a gestão comercial e relacionamento com leitores, e pode concentrar na produção de conteúdo. Isso é especialmente prazeroso para quem prefere criar a fazer marketing.

Uma paciente de câncer de mama de endstate de meia idade deitava-se na cama e conta sua história de vida para uma escritora fantasma escrever sua biografia e seu livro de memória depois de ela morrer.

Em geral, o ghost writer não é contratado diretamente pela pessoa ou empresa que assumirá a autoria dos textos. Esse tipo de distanciamento também é benéfico ao redator, que poderá escrever com mais liberdade e autonomia, tendo recebido suas instruções de escrita de forma objetiva e sintética.

Lidar com clientes é um problema para muitas pessoas, principalmente, aquelas mais introvertidas ou que têm pouca paciência para lidar com o público. Geralmente, o escritor-fantasma não tem que se preocupar com isso.

Cada vez mais, empresas, colunistas e outros interessados estão migrando sua atuação para plataformas online (sites, apps, blogs, redes sociais, etc.). Isso faz com que a importância do marketing de conteúdo, por exemplo, seja ainda maior.

Blogs institucionais são uma boa forma de atrair clientes, enriquecer os produtos e serviços oferecidos, além de fidelizar consumidores. Por essa razão, há uma demanda crescente por redatores nessa área. Além disso, os desenvolvimentos tecnológicos que facilitaram o acesso a e-books e outras obras digitais também expandiram as possibilidades de atuação como escritor.

Para se tornar profissional, não é preciso ter uma formação específica em letras, jornalismo ou áreas similares. Embora isso ajude bastante, não é um fator que elimine um candidato que goste de escrever e tenha bons conhecimentos gerais.

Escrever sobre pães sem glúten, pão-de-queijo sem glúten, água e até glúten sem glúten vai bombar! O conteúdo deve ser relevante para quem vai comprar, uma vez que ele atrairá o consumidor até dentro da padaria.

Quando ele chegar lá, o padeiro — ou o cheirinho do pão — se encarregará de fechar a venda.

Memes are funny not just because they are ridiculous, but because they point out something ridiculous about life. The fact is that most of us know very little about what other people do for a living. DAVID LEONHARDT – The Happy Guy Marketing

We have neighbours, and we have no clue what they do.

We meet people on the job, doing their job, and we still have no clue what they do.

We have brothers and sisters and aunts and, yes, spouses…and we have no clue what they do.

And many of us would be hard pressed to explain what we, ourselves, do. Yes, it sounds ridiculous. But it’s also true, and it’s reflected in the last two panels of most of these memes:

  • What I think I do.
  • What I really do.

É preciso escolher aquela que se adapta melhor ao seu estilo ou que lhe dará mais oportunidades de ganho e aprendizagem.

Textos escritos com estratégias de otimização do conteúdo. Ou seja, além de informarem o leitor, também contribuem para que os mecanismos de buscas priorizem o texto nos resultados.

Nesse caso, os conhecimentos de marketing de conteúdo se fazem necessários. Nos blog posts, a persona, o tipo de linguagem, o SEO e suas outras diversas estratégias farão companhia aos demais conhecimentos do escritor fantasma.

São conteúdos maiores, que exigem entrevistas e pesquisas mais intensas e estão atreladas a profissionais e pessoas que têm uma história para contar, mas não sabem como fazê-la interessante por meio das palavras.

Existem autobiografias, biografias de presidentes, de famosos, empresários, atletas, modelos, artistas e mais uma infinidade de temas que podem ser explorados pelo ghostwriter.

Além de contribuir para a concepção do conteúdo, nessa modalidade você também estará transmitindo seus conhecimentos. Ele pode ter, por exemplo, o domínio do conteúdo, mas não saiba como desenvolvê-lo.

É parecido com a relação do escritor fantasma na produção de uma biografia e com o foco mais direcionado para a área jornalística ou comercial de uma empresa.

Bom, você já viu que existem diversas oportunidades e iniciar na carreira não é propriamente difícil. Então, o que ainda é preciso considerar?

A rotina de um ghost writer não é livre de desvantagens. Inclusive, é preciso lidar com diversos problemas no dia a dia, que podem ser mais ou menos graves, a depender da personalidade e das características de cada redator.

Já que o texto não é seu, você precisa encontrar exatamente a voz de seus clientes. Muitas vezes, a linguagem deve ser jovem e informal, enquanto em outras precisa ser elaborada e técnica. Ou seja, cada texto apresenta necessidades próprias. Você precisa conseguir adaptar sua linguagem a elas!

Você está confortável com a ideia de ceder completamente seus direitos sobre um texto? Algumas pessoas não se sentem bem com essa ideia, preferindo escrever apenas para sites e editoras que garantam seus créditos de autoria.

Para suprir essa necessidade, você pode criar um blog para fazer suas publicações pessoais, com os temas que curte, e de quebra, ainda pode transformá-lo em seu currículo online e atrair clientes.

Ghost writers, normalmente, são contratados em regime de prestação autônoma de serviços (freelancer). Isso pode significar uma relativa incerteza profissional, já que há épocas com mais oferta de trabalho e outras com menos.

Para superar essa incerteza, é preciso muito planejamento e disciplina financeira, além de um bom histórico de compromisso e relacionamento com seus clientes para garantir maior regularidade de serviços no futuro.

Se você quiser se aventurar como uma profissional autônoma e abrir mão do conforto e abundância de tarefas das plataformas de redação, terá que negociar e colocar preço em sua produção. Ela poderá ser realizada de acordo com o tamanho do texto, volume de caracteres ou palavras, por exemplo.

Existe Guarani em São Paulo
Conhecimento e cultura dos povos ancestrais.

É preciso preparar psicologicamente e financeiramente, pois, será freqüente ouvir contrapropostas indecentes, que desvalorizam seu trabalho e dedicação.

Em alguns casos, será preciso aceitar ofertas de trabalho com valores abaixo de mercado e ainda ter que cobrar do cliente caso ele atrase seus pagamentos.

Outra situação que você como escritor-fantasma independente terá que lidar é com a concorrência. Fora de uma plataforma, será necessário disputar clientes com agências de conteúdo grandes e outros profissionais mais experientes ou dispostos a receberem bem menos que o projeto efetivamente vale.

Do you know what you really do? I mean, do you know what you do well enough to create a meme like this for yourself? The challenge is on!

Contact me: edsjesusii@gmail.com

Palavras perdidas: O que é redator web?, A INVASÃO DO BRASILPEIXE-BOI MARINHOA vida como ela é, Marvel, ThunderComics, Guia dos Quadrinhos, Flash na Biblioteca, Jornada ninja,Via Láctea pelo navegador, Criacionismo., Blue Dragon (Dragão azul), Neil Armstrong, Signo Geek, Cifras

Frutas e verduras que gatos podem comer e o detox

Apesar dos felinos serem animais carnívoros, ocasionalmente você pode oferecer a eles uma certa quantidade de frutas e verduras recomendadas para gatos. É importante ter muito cuidado, pois existem alguns alimentos que fazem mal aos gatos, como as uvas, por exemplo. Luísa SavalaPerito Animal

As verduras para gatos devem ser administradas fervidas e com moderação. Os vegetais bons para o consumo dos felinos são:

  • Cenoura fervida: é um alimento de fácil digestão, rico em fibras e vitaminas. Melhora a qualidade da pelagem dos bichanos, ajuda no bom funcionamento do organismo e é metabolizada com mais rapidez que outros vegetais.
  • Ervilha fervida: rica em proteína vegetal, vitamina B12 e magnésio.
  • Abóbora fervida: é de fácil digestão e ideal para misturar com carne.
  • Pepino cru ou fervido: é uma hortaliça que contém muita água. Se você decidir oferecer cru, pode ser como uma guloseima para o gato.
  • Alface cru ou fervido: rico em fibras e água e não contém gorduras.
  • Feijão verde: é bastante hidratante, rico em fibras e vitaminas.
  • Batata doce: pode ser oferecida junto com carne, fígado de frango, etc.
  • Batata cozida: contém grandes quantidades de carboidratos na forma de amido, também encontrar outros nutrientes como as fibras e também micronutrientes do grupo das vitaminas e minerais, que estão envolvidos na manutenção celular, obtenção de energia, transmissão de impulsos nervosos e outros processos neurológicos. Curiosidades na Internet

Curiosidade: Algumas pessoas acreditam que os gatos têm medo de pepino. Se você quiser desvendar esse mistério, confira nosso artigo sobre Porque os gatos têm medo de pepino?

Apesar das frutas apresentarem uma grande dose de açúcar, se forem administrada em pequenas doses podem ser bastante benéficas para saúde do seu bichano mas, lembre-se que nunca devem ser a base da dieta diária do animal. As frutas que os gatos podem comer são:

  • Morango: rico em vitamina C e fibra.
  • Melão: rico em minerais, vitamina A, B e vitamina C, é uma fruta bastante refrescante, muito recomendada para ser oferecida durante o verão ou como recompensa.
  • Melancia: pode ser oferecida da mesma maneira que o melão e é uma boa forma de manter o seu gato hidratado durante o verão, além de ser rica em vitamina A, B-6 e vitamina C.
  • Maça: é ideal para ser oferecida como guloseima.
  • Pêssego: os gatos costumam adorar essa fruta.
  • Pera: rica em fibras, vitamina A e vitamina C. Também costuma ser oferecida como forma de recompensa ao felino.

Vale lembrar que antes de oferecer frutas ao seu gato, você deve remover as sementes e/ou caroços pois eles não digerem, podendo causar problemas sérios.

As frutas não devem ser consideradas um alimento habitual na dieta dos gatos. A melhor forma de oferecer é como petiscos, substituindo os snacks. O mesmo acontece com as verduras, nunca devem ser a base da dieta e apenas devem ser administradas como um complemento da refeição, geralmente acompanhadas de alguma carne ou peixe, que devem ser os alimentos principais.

De qualquer forma, o mais indicado é buscar um médico veterinário de confiança para que ele possa fazer um plano de dieta ideal de acordo com as necessidades específicas do seu gato. Se você optar por fazer comida caseiras para gatos, confira nosso artigo com algumas opções de receitas de peixe.

Os gatos são carnívoros puros. Não são onívoros como os seres humanos e, inclusive, os cachorros. O trato intestinal é muito pequeno e não está preparado para digerir as fibras vegetais, ou seja o aparato digestivo dos gatos está preparado para a digestão de proteínas animais ou seja, carnes e peixes. Por isso, em nenhum caso a ingestão de vegetais deve ser superior a 15% da dieta total.

Apesar de existirem muitas frutas boas para gatos e legumes também, existem alguns alimentos que podem ser tóxicos, por isso, deixamos uma lista de frutas e legumes proibidos para gatos:

Frutas tóxicas para gatos

  • Uva;
  • Uva passa;
  • Abacate;
  • Banana;
  • Laranja;
  • Limão;
  • Tangerina;
  • Toranja.

Legumes tóxicos para gatos

  • Cebola;
  • Alho;
  • Batata crua;
  • Tomate.

Entenda o porquê desses alimentos serem prejudiciais para gatos no nosso artigo sobre frutas e legumes proibidos para gatos.

Óleo de coco fake

Nem tudo o que vem à rede (na rede) é peixe. Qual é a tua ó meu

Ele virou o queridinho da gastronomia e dos rituais de beleza por trazer inúmeros benefícios para a saúde. (…) Muito se fala por aí dos benefícios do óleo de coco para corpo, pele e cabelos. Mas as propriedades desse elixir da beleza vão muito além disso.

REGULA A FUNÇÃO INTESTINAL (…) DIABÉTICOS (…) FADIGA CRÔNICA E FIBRIOMIALGIA“. Os Benefícios do Óleo de Coco para sua saúde – Dr. Victor Sorrentino

Conheça os benefícios do óleo de coco para a região íntima (…) segundo genecologista (…)”

Óleo de Coco Emagrece! Veja Benefícios e Onde Comprar!

O óleo de coco é um produto derivado da polpa seca do coco maduro – especificamente da espécie Cocos nucifera Linnaeus. Por ser muito resistente à oxidação e às altas temperaturas e ter um sabor levemente adocicado, ele é muito conhecido por ser utilizado como ingrediente no preparo de gorduras para a confeitaria. MinhaSaúde

“Além de não ter benefícios do ponto de vista nutricional, “é uma gordura como todas as outras, com um aporte calórico muito grande”. Ao contrário do que algumas pessoas defendem, “não emagrece”. “Há pessoas a consumir óleo de coco porque acham que vão emagrecer, mas isso não acontece.”

Em 2017, a Associação Brasileira para o Estudo da Obesidade e da Síndrome Metabólica (ABESO) e a Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia (SBEM) chegaram a divulgar um comunicado alertando sobre o uso do óleo de coco para esse objetivo.

Não existe fórmula mágica para emagrecer e o consumo exagerado desse derivado do coco pode provocar danos à saúde – assim como o excesso de qualquer óleo na alimentação. Ele também possui efeito hipercolesterolêmico, não sendo indicado para pessoas com problemas de colesterol alto. 

“Atualmente, lamenta Nuno Borges, o óleo de coco “é usado para substituir o azeite, que é muitíssimo melhor” e mais barato. Da lista de gorduras mais interessantes, o nutricionista destaca, ainda, o óleo de milho, girassol ou amendoim.”

Na conferência “Óleo de coco e outros erros nutricionais”, na Universidade de Friburgo (Alemanha), Karin Michels disse que esta substância é “uma das piores coisas que se pode comer”, já que o seu alto teor de gorduras saturadas (mais de 80%) eleva os níveis de colesterol, aumentando o risco de doenças cardiovasculares.

POR 100 G ( PORÇÃO UNITÁRIA RECOMENDADA 10 G )AZEITEÓLEO DE COCODOSE RECOMENDADA
Calorias [Kcal]89990090
Lípidos Totais (Gordura) [g]99,910010
Ácidos Gordos Saturados [g]14,486,51,4
Ácidos Gordos Monoinsaturados [g]78.65,87.9
Ácidos Gordos Polinsaturados [g]6.91,80.7
Ácido Linoleico [g]6,21,50,6
Ácidos Gordos Trans [g]000
A-Tocoferol [mg]140.31
Fonte: INSA_pt

Para gordura, recomenda-se o consumo de até 10% das calorias totais consumidas diariamente. Esse consumo deve ser equilibrado quanto ao perfil lipídico, ou seja, deve contemplar gorduras saturadas associadas a gorduras insaturadas com fontes monoinsaturadas, poliinsaturadas do tipo ômega-3 e ômega-6, sendo este último numa menor proporção comparado ao ômega-3. 

Exemplos de Gorduras Saturadas – Manteiga, Banha e Óleo de Coco.

Exemplos de Gorduras Insaturadas ( Monoinsaturadas, polinsaturadas e trans ) :

  • Monoinsaturadas – Abacate, Azeite extra virgem, Amêndoas, Cajus, Amendoins, Avelãs, Azeitona, Pistácio.
  • Polinsaturadas – Os Ómegas-3 e 6, regulam a resposta inflamatória do organismo, estimulam o bom funcionamento cerebral e têm um papel essencial nos processos de crescimento, desenvolvimento e reparação.

Pode encontrar ómega-3, por exemplo, nos seguintes alimentos :

  • Peixes, óleos de peixes, mariscos e algas: salmão, atum, cavala, arenque, dourada, sável, chicharro, congro, sardinha, enguia, óleo de fígado de bacalhau, caranguejo e camarão;
  • Óleos vegetais: óleo de canola, linho, linhaça, nozes;
  • Alguns hortícolas de cor escura: espinafres, beldroegas, alho francês, couves de folha verde escuro, cogumelos e brócolos;
  • Nozes e sementes de linhaça e chia;
  • Ovos enriquecidos com ómega-3.

Exemplos de alguns alimentos ricos em ómega-6 são:

  • Tofu;
  • Amendoim;
  • Nozes;
  • Sementes: girassol, abóbora e sésamo;
  • Óleos vegetais como, por exemplo, óleo de milho, sésamo e girassol;
  • Margarina líquida.

Os ómega-3 e 6, tal como as gordurinhas monoinsaturadas podem ajudar a reduzir o colesterol LDL e a elevar os níveis de bom colesterol, tendo um efeito protetor cardiovascular.

óleo de coco extra virgem, que é a versão ideal do produto, tem ação anti-inflamatória e é composto por vitaminas A, D, E e K. Ele ainda contém triglicerídeos que se transformam em monolaurina após o consumo. Esta substância tem propriedades antibactericidas, antifúngicas e antivirais, capazes de fortalecer a imunidade

Os benefícios do óleo de coco ainda são alvos de estudos mundialmente, e não se conhece muito sobre as reais vantagens que ele fornece ao consumo humano.

Não acredite em nenhum produto que indique, em seu rótulo, que o óleo de coco auxilia no emagrecimento ou tenha propriedades terapêuticas. Algumas marcas do mercado advertem, inclusive, sobre a ausência de evidências científicas que comprovem alguns destes e outros mitos relacionados ao produto.

O consumidor brasileiro é constantemente influenciado pelo que ouve nas ruas e o que é distribuído por meio da mídia e dos canais de comunicação.

Oleoze-se: Oil, which one to choose healthwise?, ÓLEO DE MACONHA NEWS E O INCENSO, Óleo de Marijuana, Campanha recolhe óleo de fritura para fabricação de biodiesel, Óleo de Copaíba, Ouro verde e proteção do Planeta, Chás que Ajudam a Emagrecer, DIETA DA FRUTA