Baked salmon with celery

Crazy thing happened a few days back. I went to the market to buy leeks to make a cream soup and I got home with celery. I did not even realize what I was buying. I thought it is what I needed. So, I had to improvise because I never made a soup with celery. So I made salmon with celery.

I can tell you that I love the taste of bake celery. I always had it raw. Do you make mistakes like me at the market? What do you cook after that?

Ingredients:

  • Salmon
  • Celery
  • Lemon juice
  • Salt and pepper

Directions:

Preheat oven at 400°F or 200°C. Put the salmon on a tray. Add salt, pepper and lemon juice on top of it. Cut the celery and put pieces on the salmon.

Cover the tray and bake it for 8-10 minutes.

Enjoy! Cooking Without Limits

Asno de Buridan

O nome está associado ao filósofo e religioso francês do século XIV Jean Buridan (1300 – 1358 ou 1295 – 1356), justamente porque esse paradoxo é uma paródia provocativa, considerando que ele acreditava que diante de duas opções equivalentes, o caminho era o da não escolha, da suspensão do juízo. Demasiado Humano

“Expositio et Quaestiones”, em Aristóteles De Anima, por Johannes Buridanus, 1362.

Embora tenha sido um dos mais famosos e influentes filósofos da Idade Média tardia, ele está hoje entre os nomes menos conhecidos do período. Uma de suas contribuições mais significativas foi desenvolver e popularizar da teoria do Ímpeto, que explicava o movimento de projéteis e objetos em queda livre. Essa teoria pavimentou o caminho para a dinâmica de Galileu e para o famoso princípio da inércia, de Isaac Newton.

“Jean Buridan teve a incrível audácia de dizer: Os movimentos dos céus estão submetidos às mesmas leis dos movimentos das coisas cá de baixo, a causa que mantém as revoluções das esferas celestes é a mesma que mantém a rotação do rebolo do ferreiro; há uma Mecânica única pela qual se regem todas as coisas criadas, a esfera do Sol e o pião que o menino põe em rotação. Jamais houve, talvez, no domínio da ciência física, revolução tão profunda, tão fecunda quanto esta.” (DUHEM, Pierre. Histoire des doctrines cosmologiques de Platon à Aristote, tomo VII, pp. 328-340.)

A pouca atenção dada a Buridan parece estar ligada ao fato de ele ter sido um padre secular, ou seja, era um clérigo que não estava afiliado a uma Ordem religiosa. A maioria dos intelectuais da Idade Média Clássica estiveram ligados a ordens como a dos Franciscanos e Dominicanos, essas ordens sempre tenderam a preservar e cultivar a memória e os escritos de seus mestres mais ilustres – o que facilita o trabalho dos historiadores. Também ocorre o simples fato de que ainda há muito trabalho por fazer na área de estudo da filosofia medieval, muitos mestres importantes, tanto seculares quanto religiosos, ainda estão a esperar a tradução de seus trabalhos para as línguas contemporâneas.

O Asno de Buridan é um paradoxo em filosofia sobre o conceito de livre arbítrio. Filósofo ocamista, ensinava o determinismo psicológico de acordo com o qual o homem quer necessariamente o bem que lhe parece o melhor. Liduina Araujo

Bem, pois saiba que o asno de Buridan é o protagonista de uma paródia medieval que pretendia, por redução ao absurdo, atacar a razão como a fonte máxima e única de conhecimento. Essa história nasceu para criticar a demonstração racional da existência de Deus feita por Jean Buridan, embora também possa servir para atacar o resto das tentativas. A mente é maravilhosa

paradoxo conhecido como o asno de Buridan não foi originado pelo próprio Buridan. É encontrado na obra De Caelo, de Aristóteles, onde o autor pergunta como um cão diante de duas refeições igualmente tentadoras poderia racionalmente escolher entre elas.

Existem muitas versões sobre essa situação: uns contam que ele estava à mesma distância de duas pilhas de feno e outros contam que ele estava à mesma distância de uma pilha de feno e um balde de água. O que o paradoxo conta é que o asno, muito racional, incapaz de optar por um ou por outro, acabou por morrer de fome.

O asno de Buridan é um termo filosófico ou paradoxo que se refere a uma situação hipotética na qual um asno faminto e sedento é colocado exatamente entre uma pilha de feno e um balde de água. Uma vez que sua fome é considerada igual à sua sede, o asno hesita em comer e beber, e não pode escolher um em detrimento do outro. Como resultado, o asno de Buridan morrerá porque seus motivos são iguais e as escolhas à sua frente são semelhantes e ele não será capaz de tomar nenhuma decisão racional entre palha e água. Filosofia com Humor

Normalmente as opções que temos na hora de tomar uma decisão não estão equidistantes, mas podem ser semelhantes quanto ao seu nível de atratividade.

Ao começamos a aprofundar, a avaliar os prós e contras e… sabe o que também acontece com muita frequência? Alguma das duas opções desaparece e, no pior dos casos, as duas, nos deixando sem nada. Já diziam que a indecisão é o melhor ladrão da oportunidade.

Um exemplo de racionalidade levada ao limite pode ser encontrado em um dos personagens mais carismáticos da televisão atual, Sheldon Cooper. De fato, é ele próprio quem se compara com o asno de Buridan em uma dessas cenas de Big Bang Theory em que tudo é relevante, você pode assistir à cena no episódio sete da décima temporada.

El asno de buridan / la teoría del bigbang / latinomilo

Buridan em nenhum momento discute este problema específico, mas sua relevância é que ele defende um determinismo moral pelo qual, salvo por ignorância ou impedimento, um ser humano diante de cursos alternativos de ação deve sempre escolher o maior bem. Buridan defendia que a escolha devia ser adiada até que se tivesse mais informação sobre o resultado de cada ação possível. Escritores posteriores satirizaram este ponto de vista imaginando um burro que, diante de dois montes de feno igualmente acessíveis e apetitosos, deveria deter-se enquanto pondera por uma decisão.

Esta questão é motivo de reflexão até hoje, em especial por teóricos da Inteligência Artificial.

Resumindo: não desperdice sua vida hesitando em tomar decisões…

Asze-se: Khabane Lame – New Khaby Lame, Cambalache, O que a história de dois superdotados revela sobre o Brasil, 10 fatos sobre inteligência artificial, O PARADOXO DE MORAVEC, Parece que o brasileiro tem solução pra tudo

Não Podíamos Ter Figos Sem Vespas.

O mutualismo, uma forma de simbiose, é uma interação entre dois indivíduos que beneficia ambos – e está disseminado por todo o reino animal. LIZ LANGLEY

Um beija-flor-roxo, nativo do norte da América do Sul, alimenta-se de uma flor.
 FOTOGRAFIA DE ALEX SABERI, NAT GEO IMAGE COLLECTION

É bem conhecido que os polinizadores fornecem os nossos alimentos favoritos, desde morangos a sementes de girassol. Mas menos familiar é o que impulsiona a polinização: o mutualismo.

Trata-se de uma interação entre dois indivíduos da mesma espécie, ou de espécies diferentes, que beneficia ambos. O mutualismo é uma forma de simbiose, que é uma relação próxima e persistente entre dois organismos de espécies diferentes, mas não é necessariamente uma relação em que se entreajudam. Os outros tipos de simbiose incluem parasitismo, comensalismo e amensalismo.

Quando os polinizadores, como abelhas, borboletas e beija-flores, bebem o néctar das flores, também apanham o pólen – os espermatozoides da planta – e espalham esta substância por outras flores, ajudando a planta a reproduzir-se. Quando os polinizadores, como abelhas, borboletas e beija-flores, bebem o néctar das flores, também apanham o pólen – os espermatozoides da planta – e espalham esta substância por outras flores, ajudando a planta a reproduzir-se. O polinizador obtém uma refeição e a planta procria.

É uma estratégia tão bem-sucedida que a polinização envolve 170 mil espécies de plantas e 200 mil animais, contribuindo para 35% da produção mundial de alimentos.

As abelhas também são favorecidas por algumas flores. As flores da orquídea conhecida por erva-abelha, por exemplo, imitam a aparência das abelhas fêmea.

Como estas orquídeas também se conseguem autofertilizar, conseguem sobreviver sem o seu parceiro mutualista, sendo portanto um exemplo de mutualismo facultativo.

Labroides dimidiatus, ou peixe-limpador, é famoso por conseguir as suas refeições através da limpeza de parasitas da boca e guelras de peixes maiores – peixes que visitam propositadamente as suas “estações de limpeza” – nos recifes de coral do Indo-Pacífico, mas possuem outras fontes de alimento, como crustáceos, e esta também é uma relação de mutualismo facultativo.

Porém, no caso dos figos e das vespas-do-figo, ambos precisam um do outro para completar o seu ciclo de vida. A isto chama-se mutualismo obrigatório. Existem cerca de 750 espécies de figos, e cada uma tem uma vespa específica para a polinizar.

O ciclo de vida começa quando uma vespa fêmea perfura um figo, que não é uma fruta, mas sim um cacho de pequenas flores invertidas que estão envoltas numa casca dura. A vespa põe os seus ovos dentro do figo e morre. Quando as larvas eclodem, as larvas dos machos ainda sem asas fertilizam as fêmeas. As vespas fêmea crescem e visitam outros figos, levando consigo o pólen dos figos anteriores para completar o ciclo de vida.

Quando os animais comem frutas e cospem ou defecam as sementes, obtêm nutrição e uma variedade de plantas têm a possibilidades de florescer, denominados como os dispersores de sementes, são considerados mutualistas difusos.

O mutualismo especializado acontece quando um ou ambos os organismos têm uma relação mais exclusiva, como uma espécie de ave, a phainopepla do sudoeste dos EUA e do México, que dispersa as sementes de visco do deserto, uma planta parasita.

As acácias da América Central, por exemplo, podem ter desenvolvido espinhos ocos para as formigas de acácia viverem.

As formigas, por sua vez, podem ter desenvolvido comportamentos defensivos – formam “enxames” e picam – para proteger a árvore dos herbívoros.

Os organismos com relações mutualistas podem passar por uma coevolução onde duas espécies desenvolvem novos traços em resposta às necessidades uma da outra.

É tentador antropomorfizar os mutualismos como favores entre amigos, mas trata-se apenas de duas espécies que tentam responder às suas necessidades. E também pode ser uma relação com um equilíbrio precário.

“Isto é realmente matéria-prima para algumas trocas evolutivas muito interessantes entre parceiros”, diz Judith Bronstein, ecologista e bióloga evolucionista da Universidade do Arizona, em Tucson.

Which one do you prefer?!?

Instagram: ademar__vieira

Brazil needs to change its choices and redirect its bets. Continuing to invest billions in the current agricultural model that transforms forests into pastures and into green deserts of poisoned grain monoculture, only aggravates the social, environmental and climate crises.

The solution? Yes, it exists! Strengthen family farming and agroecology, systems that produce real food in partnership with nature, free from poisons and generating jobs and income for people. That’s what I try to show in this strip, made at the request of @greenpeacebrasil , which is called “Which one do you prefer?”

O Brasil precisa mudar suas escolhas e redirecionar suas apostas. Continuar investindo bilhões no atual modelo agropecuário que transforma florestas em pasto e em desertos verdes de monocultura de grãos envenenados, só agrava as crises, social, ambiental e climática.

A solução? Sim, ela existe! Fortalecer a agricultura familiar e a agroecologia, sistemas que produzem comida de verdade em parceria com a natureza, livre de venenos e gerando emprego e renda para as pessoas. É isso que tento mostrar nessa tirinha, feita a pedido do Greenpeace Brasil, que se chama “Qual você prefere?”

Brasil necesita cambiar sus elecciones y reorientar sus apuestas. Continuar invirtiendo miles de millones en el modelo agrícola actual que transforma los bosques en pastizales y desiertos verdes de monocultivo de granos envenenados, solo agrava las crisis sociales, ambientales y climáticas.

¿La solución? ¡Sí, existe! Fortalecer la agricultura familiar y la agroecología, sistemas que producen alimentos reales en alianza con la naturaleza, libres de venenos y generadores de empleo e ingresos para las personas. Y eso es lo que trato de mostrar en esta tira, realizada a pedido de Greenpeace Brasil, que se llama “¿Cuál prefieres?”

Wichze-se: Agro será mesmo?, 1ª Feira de Economia Solidária e Agricultura Familiar, OURO VERDE E PROTEÇÃO DO PLANETA, Prefeitura e Segurança alimentar, Projeto Horta Educativa, As MELHORES PLANTAS pra HORTA

MICÉLIO: O Plástico do Futuro?

MICÉLIO: O Plástico do Futuro?Elementar

Cientistas estão criando o plástico do futuro a partir do Micélio, e o que eles estão fazendo com esse material é incrível. Mas será que vamos conseguir substituir todo o plástico?

De início, o plástico surgiu como um substituto pro marfim, um material retirado das presas de elefantes selvagens. O primeiro plástico totalmente sintético foi inventado em 1907 por Leo Baekeland, ele se chamava baquelite e, além de ser um bom isolante, era durável, resistente ao calor e oferecia possibilidades infinitas de aplicação. Mas, foi só durante a Segunda Guerra Mundial que a indústria do plástico realmente cresceu.

O plástico passou a ser usado nas engrenagens dos veículos, em cabos de paraquedas, nos pneus dos carros… enfim, o material foi descoberto quase como um milagre durante a guerra. O problema é que depois de colocar o plástico num pedestal, a geração do pós-guerra começou a enxergar ele mais como uma maldição do que como um indício de sucesso.

Em uma rápida pesquisa no Google ele nos informa que em média, o plástico demora 500 anos pra se decompor, podendo variar de acordo com o tipo e uso. E como a descoberta do material em si tem pouco mais de 100 anos, é provável que o primeiro plástico da história ainda esteja por ai, e vai continuar por um bom tempo.

A situação é tão assustadora que pode ser encontrado plástico até no nosso estômago, um estudo concluiu que é como se estivéssemos comendo cerca de um cartão de crédito por semana.

Pesquisadores de todo o mundo já perceberam o problema, por isso estão procurando materiais alternativos pro plástico, ou pelo menos pra algumas das intermináveis aplicações dele, e foi exatamente nessa busca que descobriram os cogumelos. Mas, o interesse dos pesquisadores não tá na parte que você usa pra fazer sopa, o foco é no micélio, que é basicamente a raiz do fungo.

Fungoze-se: A chocante monotonia das prateleiras de supermercados, Fortalecer a imunidade é importante: saiba o que comer e o que evitar, Concreto verde e parede viva, Cogumelos mágicos para a dor crônica, Cogumelos transformam resíduos agrícolas tóxicos em ração animal, Saúde no pé

Chocohemp

Além de saborosos, estudos apontam que o chocolate possui sete substâncias psicoativas benéficas que agem no sistema nervoso central como a sensação de relaxamento, melhora no humor e bem estar, entre outros. ClickPB in: Jesus Hemp

Instagram: teoriadomundo

Entre as substâncias psicoativas presentes no chocolate estão a anandamida, um neurotransmissor cujo nome vem do sânscrito – “ananda”, que significa “alegria, felicidade, prazer”. Ele também contém tiramina e feniletilamina, ambas com efeitos semelhantes às anfetaminas. Além disso, também há pequenos vestígios de teobromina e cafeína, conhecidos estimulantes. Mas, embora o chocolate contenha essas substâncias, sabe-se que são apenas alguns traços.

Chocohemze-se:  A maconha como porta de entradaNunca comer., Hemp Roll, Outubro Rosa Canábico, Bolo de Chocolate Sem Farinha, Banana na brasa com nozes e chocolate, Comidinhas de Maconha

3 plantas comestíveis que quase toda calçada tem

Nas zonas urbanas é bem comum ver plantas nascendo espontaneamente em rachaduras de asfalto, canteiros esquecidos ou em frestas de calçadas. São plantas rústicas que resistem ao solo pobre, à ausência de terra e se adaptam ao clima extremo das cidades. O que muitos não sabem, é que muitas dessas plantas são PANC (Plantas Alimentícias Não Convencionais), ou seja, comestíveis. Ciclo Vivo

“Essas plantas se alastram porque têm sementes que são adoradas pelo polinizadores (insetos), ou porque têm mecanismos reprodutivos que são super eficientes. Existem centenas de plantas que são de baixo porte, plantas rasteiras, que são tão pequenininhas que acabamos pisando nelas por aí. Já outras não são tão pequenas, mas como estamos acostumados a caminhar sem prestar muita atenção, elas acabam passando despercebidas”, disse Beatriz Carvalho, do empreendimento social Mato no Prato.

MAJOR-GOMES (Talinum paniculatum e Talinum triangulare)

Major-Gomes, João-Gomes, Caruru, Beldroegão… É comestível, nutritiva, suculenta e deliciosa. Ela tem em média 23% de proteína em matéria seca, e tem características nutricionais parecidas com a Ora-pro-nobis. Pode ser consumida em saladas, como recheio de tortas, panquecas, omeletes e pães. E pode substituir a couve nos sucos verdes.

É da família das Portulacas, sendo a mais comum a Portulaca oleracea (flores amarelas) e a Portulaca umbraticola (folhas coloridas). É rica em ferro e cálcio. Suas folhas devem ser consumidas cozidas ou branqueadas, devido ao excesso de oxalato, que pode ser prejudicial à saúde. É importante que a gente observe se a folha é achatada, pois pode ser confundida com a Onze Horas (folha pontiagudas, cilíndricas) que não é comestível. Pode ser usada em sopas, refogados, molhos para massas e até mesmo em chás. Suas sementes podem substituir a chia e o gergelim. 

CARURU (Amaranthus SPP)

Também conhecida como Bredo. Existem dezenas de espécies de caruru, algumas delas são plantas rasteiras (Amaranthus deflexus) e outras atingem um pouco mais de altura (Amaranthus viridis). Algumas apresentam cores avermelhadas (Amaranthus cruentus) e outras são mais coloridas (Amaranthus hybridus). Existem espécies que apresentam espinhos (Amaranthus spinosus). Dê preferência para consumir as espécies sem espinhos, e sempre consuma a planta cozida ou branqueada. Dos talos há receitas de panquecas, tortas, bolos e pastéis, e as suas sementes são extremamente nutritivas e saborosas, podendo ser acrescentadas à massa de pão, arroz e vitaminas.

Calçaze-se: Plantas Alimentícias Não Convencionais, alternativaS?!?, Muda Mooca, A história do jardineiro de Oxalá, MORADOR DE RUA CUIDA DE 11 CÃES, Bolo de batata-doce com coco

Máquina capaz de produzir 5 mil litros de água

O engenheiro Enrique Veiga, de 82 anos, criou no final dos anos 90 uma máquina capaz de produzir 5 mil litros de água potável transformada em ferramenta para combater a seca que atingiu grande parte do sul da Espanha na época. Gabriel PietroRazões para Acreditar

A máquina coleta partículas de hidrogênio e oxigênio transportadas pelo ar e as converte em água perfeita para consumo.

A partir de sua invenção, Enrique fundou uma empresa que se dedica à criação de soluções para comunidades carentes, onde a água é sempre escassa. Nos últimos anos, ele conseguiu ajudar diferentes comunas espanholas e aldeias na Namíbia (África) e no Líbano (Oriente Médio).

Seu sonho é poder replicar sua máquina mundo afora, alcançando áreas inóspitas da América Latina, África e Ásia Central. “Quando instalamos a máquina nas aldeias que visitamos na Namíbia, eles ficaram maravilhados, não compreenderam, perguntaram de onde vinha a água”, lembrou o engenheiro.

Ele explica que sua invenção usa eletricidade para resfriar o ar e levar a água ao estado condensado. Enrique tem conseguido adaptá-la a diferentes contextos climáticos, seja em ambientes úmidos e frios ou quentes e secos.

Acreze-se: A torre de bambu que pode extrair até 75 litros de água por dia “do nada”

A floresta amazônica está perdendo 80.000 campos de futebol por dia

CURIOSIDADES NA INTERNET

Desde 1988, uma área de floresta tropical aproximadamente do tamanho do Texas e do Novo México combinados foi destruída ‘A Amazônia – historicamente um grande absorvedor de carbono – agora libera mais carbono do que armazena, o que aumenta, em vez ajuda a reduzir, nossa crise climática global.’ Fotografia: Carl de Souza / AFP / Getty […] Barbara Crane Navarro

Pouco antes de completar 44 anos, em dezembro de 1988, o seringueiro e ativista ambiental brasileiro Chico Mendes previu que não viveria até o Natal. “No início”, disse ele, “pensei que estava lutando para salvar as seringueiras, depois pensei que estava lutando para salvar a floresta amazônica . Agora eu percebo que estou lutando pela humanidade. ” POR KIM HEACOX PARA O “THE GUARDIAN” in: MARCOS PĘDŁOWSKI

O Conselho Nacional dos Seringueiros, cambaleando com o assassinato, fez um apelo para que a Amazônia fosse preservada “para toda a nação brasileira como parte de sua identidade e auto-estima”. O conselho acrescentou: “Esta Aliança dos Povos da Floresta – reunindo índios, seringueiros e comunidades ribeirinhas – envolve todos os esforços para proteger e preservar este imenso mas frágil sistema de vida que envolve nossas florestas, rios, lagos e nascentes, a fonte de nossa riqueza e a base de nossas culturas e tradições. ”

Desde o assassinato de Mendes, quase 1 milhão de km2 da Amazônia, uma área quase do tamanho do Texas e do Novo México juntos, foram destruídos, principalmente no Brasil, mas também no Peru, Colômbia, Venezuela, Suriname, Guiana e Guiana Francesa. Isso equivale a uma média de cerca de 80.000 hectares por dia, ou 40 campos de futebol por minuto. Só no Brasil, que abriga a maior extensão de floresta, a taxa de perda aumentou em mais de 30%. A Amazônia – historicamente um grande absorvedor de carbono, já que as árvores absorvem dióxido de carbono e liberam oxigênio – agora libera mais carbono do que armazena, o que contribui para, em vez disso, ajuda a reduzir nossa crise climática global.

Em suma, a Amazônia está morrendo. Bibliotecas genéticas inteiras e sinfonias de espécies – árvores, pássaros, répteis, insetos e muito mais, eras em formação, ajustadas pela seleção natural – estão sendo eliminadas para dar lugar a vacas que expelem metano.

Robert Walker, geógrafo quantitativo do Centro de Estudos Latino-Americanos da Universidade da Flórida, disse que, a menos que algo sem precedentes aconteça, ele prevê que a maior floresta tropical da Terra será destruída em 2064.

Se assim for, terá levado oportunistas locais – armados com motosserras, tratores e gritos de “terra, terra, terra” – pouco mais de um século para destruir uma floresta tropical de 10 milhões de anos e composta por cerca de 390 bilhões de árvores. Talvez então, em um futuro quente, brutal e não muito distante, quando os historiadores narrarem a destruição de seu próprio planeta pela humanidade, a matança da Amazônia chegará ao topo ou próximo disso. E todas as razões pelas quais isso teve que ser feito – tão urgentes na época – parecerão banais até que, retiradas, duas causas fundamentais permanecem: ignorância e ganância.

Apocalipse 7: 3: “Não faça mal à terra, ao mar ou às árvores …”

Logo depois de ser eleito papa em 2013, Jorge Mario Bergoglio, de Buenos Aires, assumiu seu título papal em homenagem a São Francisco de Assis da Itália, o padroeiro dos animais e pássaros, que, como Chico Mendes, morreu aos 44 anos e falou a verdade ao poder . Henry David Thoreau, o transcendentalista da Nova Inglaterra que escreveu Walden and Civil Disobedience, também morreu aos 44 anos e fez o mesmo

Não é quanto tempo temos ou dinheiro. É o que fazemos com isso. “Deixe sua vida ser um contra-atrito para parar a máquina”, escreveu Thoreau. Ele acrescentou que sempre que caminhava na floresta, ficava “mais alto do que as árvores”.

O Brasil leva o nome de uma árvore, o Pau-Brasil, assim dada por exploradores portugueses que o valorizavam por seus corantes vermelhos. Conhecido hoje como Pernambuco ou pau-brasil, é listado como uma espécie em extinção e é cuidadosamente plantado e manejado, e colhido seletivamente por homens habilidosos que, com facões pendurados em seus cintos de corda, se movem pela floresta como água e muitas vezes abençoam cada árvore antes cortando a madeira que será entalhada em arcos requintados para violinos, violas e violoncelos.

Chico Mendes estava certo.

Amaze-se: Amazonas decreta situação de emergência, Cobaias, infração ética e violação, Macaé: cura tudo!?!, AMAZÔNIA E AS FAKE NEWS, OS INIMIGOS DE BOLSONARO, PT E PSDB, PRIVATIZAÇÃO E O CROCODILO DO FIDEL, Dia do folclore

Curcuma

Saiba o que essa planta pode fazer por você.

De origem indiana, a cúrcuma (ou açafrão da terra) é muito usada como tempero em diferentes pratos. Ela é um tipo de planta da família do gengibre e, a partir de sua raiz, é possível extrair um pó amarelado (rico em curcumina).

A curcumina é ótima para fortalecer a imunidade, tem ação antioxidante, anti-inflamatória, antibacteriana. De sabor característico pode ser feita na forma de manipulação associada a outros suplementos para ser potencializada sua ação! dramariaclarafrank

A cúrcuma, açafrão-da-índia, açafrão-da-terra ou tumérico é uma espécie de raiz com propriedades medicinais. Tatiana Zanin

Além de ser ter uma grande potencial antioxidante, a cúrcuma também pode ser usada como remédio natural para melhorar problemas gastrointestinais, febre, tratar resfriados e, até, reduzir o colesterol alto. Tua Saúde

As principais propriedades da cúrcuma são a sua ação anti-inflamatória, antioxidante, antibacteriana e digestiva e, por isso, esta planta tem vários benefícios para o corpo, como:

  1. Melhorar a digestão;
  2. Ajudar na perda de peso;
  3. Combater resfriados e gripes;
  4. Evitar crises de asma;
  5. Desintoxicar e tratar problemas de fígado;
  6. Regular a flora intestinal;
  7. Regular colesterol;
  8. Estimular o sistema imune;
  9. Aliviar inflamações da pele, como eczema, acne ou psoríase;
  10. Melhorar a resposta anti-inflatória natural.

Além disso, a cúrcuma pode ser utilizada como tônico cerebral, ajuda a inibir a formação de coágulos no sangue e até contribui para aliviar os sintomas de tensão pré-menstrual.

A parte mais utilizada da cúrcuma é o pó da sua raiz, para temperar comidas, mas também pode ser consumida na forma de cápsulas. Além disso, as suas folhas podem ainda ser utilizadas na preparação de alguns chás.

  • Infusão de cúrcuma: Colocar 1 colher de café de pó de cúrcuma em 150 ml de água fervente e deixar repousar por cerca de 10 a 15 minutos. Depois de amornar, beber até 3 xícaras por dia no intervalo das refeições;
  • Cápsulas de cúrcuma: geralmente a dosagem recomendada é de 2 cápsulas de 250 mg a cada 12 horas, totalizando 1 g por dia, no entanto, a dosagem pode variar de acordo com o problema a tratar;
  • Gel de cúrcuma: Misturar uma colher de sopa de babosa com o pó de cúrcuma e aplicar sobre as inflamações da pele, como psoríase.

Além disso, para melhorar a absorção de antioxidantes da raiz, a cúrcuma pode ser consumida junto com óleos, como azeite, óleo de coco ou de abacate, por exemplo.

Curcuze-se: Fortalecer a imunidade é importante: saiba o que comer e o que evitar, Gengibre, Oito dicas dicas importantes para que seu organismo melhore a imunidade, DIETA DETOX: Alimentos

“Índio” usa celular? E você, come pipoca?

Katumirim – Instagram

A história da pipoca pelo mundo, começa com indícios comprovam que o milho foi domesticado no México, pela primeira vez, a 9.000 anos atrás. Em 1948 e 1950, pesquisadores descobriram resquícios arqueológicos de pipoca na Bat Cave, centro-oeste do Novo México, e seu tamanho variava de 5 cm até menos de 1 cm. Provavelmente consumidos 3600 anos antes de Cristo, comprovando a teoria de que os mexicanos conheciam a pipoca há milhares de anos. Emílio do Clube da Pipoca

Os antigos indígenas norte-americanos cultivavam o milho, que era chamado mahiz — e que depois passou a se chamar maize (Maíz) —, e o introduziram aos ingleses quando eles chegaram à América nos séculos XVI e XVII. Acredita-se que esses nativos teriam descoberto que os grãos de milho estouravam quando atirados no fogo ou na areia quente. Na época da história da pipoca, ela não era apenas um alimento importante, mas usada também pelos indígenas norte-americanos e astecas para fazer guirlandas com as quais as mulheres se enfeitavam para as danças rituais.

Uma dos primeiros carrinhos de pipoqueiro da história, foi criado por Charles Cretors, em Chicago, no anos de 1880. Após o nascimento das primeiras pipoqueiras, a pipoca se popularizou rapidamente.

A pipoca passou a ser vendida em feiras e circos, bem como em mercados e quitandas. Quando surgiram as “imagens falantes”, os cinemas, não era permitida a venda de pipoca nesses locais porque fazia muita sujeira, mas o público acabava trazendo sua própria pipoca, comprada de vendedores ambulantes. Então, os cinemas logo perceberam que era um bom negócio e passaram a oferecê-la nas suas salas. O primeiro a fazer isso foi Glen W. Dickson, que espertamente instalou uma máquina de pipoca no hall de entrada de uma de seus cinemas.

Em algumas culturas americanas, o milho era uma fonte de alimento tão importante que acreditavam que esse alimento teria uma forte vinculação às divindades que organizavam o seu mundo. De acordo com antigas tradições, o grão de milho armazenava um espírito dentro de si. Com isso, assim que o grão era aquecido no fogo, esse espírito se irritava até estourar. Essa seria uma explicação mítica para o processo de transformação do milho em pipoca. Rainer Gonçalves Sousa – História do Mundo

Na verdade, todo grão de milho armazena dentro de si uma ínfima quantidade de água. Assim, quando aquecida, essa água se transforma em vapor e exerce uma pressão que provoca o estouro do milho. Do ponto de vista nutricional, a pipoca, quando não leva muito sal e manteiga, pode ser uma fonte de alimentação com baixas calorias rica em proteínasferro e fibras.

Pipoze-se: Rick and Morty, C1.21, 9 dicas de como fazer festa junina em casa, Brazil, o filme, Andanças, Bolo de milho, Arroz Basmati com Milho (vegana)

Leite de aveia

O leite de aveia é uma das bebidas vegetais mais utilizadas por quem adere ao estilo de vida vegano, que exclui alimentos de origem animal. Também é uma ótima alternativa para aqueles que possuem intolerância ao leite animal e seus derivados (queijos, iogurtes, etc).

Ele é frequentemente encontrado a preços mais baixos do que outras opções semelhantes — como leite de soja, de amêndoas e castanhas — e apresenta incontáveis benefícios à saúde. Afinal, a aveia faz parte do grupo de cereais integrais e é rica em fibras, proteínas e vitaminas. Pitacos e Achados

aveia é um cereal altamente benéfico. Está relacionado ao bom funcionamento intestinal, à diminuição e manutenção dos níveis de colesterol total e LDL-colesterol. Além de proporcionar mais saciedade, é rico em cálcio, ferro, proteínas, carboidratos e vitaminas. Pitacos e Achados

Neste caso, o destaque fica por conta das betaglucanas, que ajudam no processo de digestão, da fitomelatonina, que acalma e permite uma boa noite de sono, além do selênio que melhora o trabalho do fígado na eliminação de toxinas. Pitacos e Achados

Outra vantagem é a facilidade das receitas que ensinam como fazer leite de aveia por conta própria. O processo é muito simples, é só bater os flocos de aveia com água no liquidificador e adicionar um ingrediente adocicado. Procure o passo a passo mais detalhado se você quiser fazer em casa.

A aveia por si só é um alimento muito versátil e pode se apresentar de diversas maneiras.

A farinha de aveia, por exemplo, passa por um processo de moagem da parte interna do grão. Por isso, ela é uma boa opção para substituir a farinha de trigo branca nas receitas de bolo.

Já o farelo de aveia, obtido através da casca do grão e o que tem mais fibras, fica excelente em preparos como panqueca de banana, mingau ou apenas como acompanhamento em cima de frutas e iogurte.

O líquido de aveia, por sua vez, é ótimo para substituir a opção tradicional nas receitas que vão leite e serve também para engrossar os alimentos mais ralos. Isso porque a aveia é um espessante natural e fica ainda mais grossa em cozimento.

Ou seja, há como fazer leite de aveia funcionar em inúmeras receitas diferentes, desde vitaminas e batidas até estrogonofe e molhos brancos (fazendo as vezes do creme de leite). E, é claro, dá para tomá-lo “puro”, apenas com a mistura de café, achocolatado, canela, chantilly e outros.

Aveize-se: Leite de aveia, Bolo de cenoura nutritivo, Uso de remédio para dormir cresce 560%, DOCE DE LEITE DE CORTE COM 3 INGREDIENTES, Leite de Mamaconha, BOLO DE LARANJA VEGANO COM LEITE DE ARROZ INTEGRAL, Leites vegetais e seus benefícios

Gasto do Exército com cerveja seria suficiente para bancar a alimentação de um soldado brasileiro por mais de 10 anos

Após a notícia, que viralizou em janeiro, dos gastos de R$ 15 milhões do governo federal com leite condensado, agora é a vez da picanha e da cerveja compradas pelas Forças Armadas. Natasha Werneck*/Estado de Minas

Levantamento feito por deputados federais do PSB no orçamento federal aponta que os comandos das Forças Armadas adquiriram, por meio de licitação, cerca de 80 mil unidades de cerveja e mais de 700 mil quilos de picanha. Foi constatado ainda o superfaturamento desses produtos em mais de 60%.

O valor estabelecido pela empresa Licita Web Comércio Eireli, vencedora do pregão eletrônico nº 006/2020 do 38º Batalhão de Infantaria para a compra de 3,5 mil garrafas de cerveja das marcas Heineken e Stella Artois, seria suficiente para bancar a alimentação de um soldado brasileiro por mais de 10 anos. Essa comparação com a compra de cerveja mostra o abismo entre as condições de vida de militares de alta e baixa patente no Brasil. Daniel Giovanaz – Brasil de Fato

A compra está descrita em uma representação protocolada por parlamentares do PSB na Procuradoria Geral da República (PGR) no início do mês. Além das cervejas especiais, o documento mostra que 714,7 mil quilos de picanha foram solicitados por militares do Exército e da Marinha em 2020, com sobrepreço de até 60%.

Segundo o levantamento, foram compradas 500 garrafas da cerveja Stella Artois, no valor de R$ 9,05; 3 mil garrafas de Heineken, por R$ 9,80; 3.050 garrafas de Eisenbahn pelo preço unitário de R$ 5,99.

Além disso, os parlamentares apontaram o superfaturamento das bebidas. No documento, eles apontam que a compra de 1.008 latas de Bohemia Puro Malte de 350ml foram adquiridas pelas Forças Armadas pelo preço unitário de R$ 4,33. No entanto, em levantamento feito nos supermercados a mesma cerveja foi encontrada pelo preço de R$ 2,59, constatando um sobrepreço de 67%.

Já as garrafas da mesma bebida de 600ml foram compradas pelo governo federal por R$ 7,29, enquanto na pesquisa de mercado ela podia ser encontrada por R$ 5,79.

Quanto às carnes bovinas, os parlamentares destacaram, especialmente, o alto custo da picanha, comprada por R$ 118,25, o quilo. Os deputados destacaram que “não é possível conceber que agentes públicos possam estar se deleitando com banquetes e bebidas alcoólicas às custas dos cofres públicos”.

Com base nos dados levantados, o grupo apresentou denúncia à Procuradoria-Geral da República (PGR) contra o governo federal. No documento, os parlamentares afirmam que as compras revelam “o uso de recursos com ostentação e superfaturamento” e a “falta de zelo e responsabilidade com o dinheiro público” por parte das Forças Armadas.

A denúncia é assinada pelos deputados Vilson da Fetaemg (MG), Elias Vaz (GO), Alessandro Molon (RJ), Denis Bezerra (CE), Lídice da Mata (BA), Camilo Capiberibe (AP) e Bira do Pindaré (MA).

“A associação de 700 mil quilogramas de picanha e 80 mil itens de cerveja em compras públicas não parece ser um exemplo de gestão alinhada ao Princípio da Moralidade Pública. As quantidades citadas, entretanto, demonstram a falta de bom senso, ética, respeito e parcimônia na execução orçamentária. Para nós, trata-se de um comportamento ilegal e imoral por parte desses gestores, especialmente em um ano de pandemia e crise econômica”, afirmam os parlamentares.

O Ministério da Defesa e as Forças Armadas reiteram seu compromisso com a transparência e a seriedade com o interesse e a administração dos bens públicos. Eventuais irregularidades são apuradas com rigor.

Destaca-se, ainda, que, ao contrário dos civis, os militares não recebem qualquer auxílio alimentação. Diante disso, as Forças Armadas são responsáveis por prover a alimentação balanceada de 370 mil militares da ativa em 1.600 organizações espalhadas por todo o País. O valor da etapa diária por militar, incluindo as três refeições, é de R$ 9,00.

“Com esses recursos [R$ 9,00 por militar] são adquiridos os gêneros alimentícios necessários para as refeições diárias (café da manhã, almoço e jantar)”, afirmou o Ministério da Defesa, em nota divulgada no final de janeiro. “O efetivo de militares da ativa é de 370 mil homens e mulheres, que diariamente realizam suas refeições, em 1.600 organizações militares espalhadas por todo o País.”

A soma do preço das cervejas Heineken e Stella no pregão, R$ 33.925, seria suficiente para custear, portanto, as três refeições de um militar por 3.769 dias.

Um dos casos em que essa insatisfação veio à tona foi em 1980, quando o então capitão do Exército e hoje presidente da República, Jair Bolsonaro, planejou explodir bombas em quartéis por melhores salários – o plano foi revelado pela revista Veja. Bolsonaro foi punido com 15 dias de prisão disciplinar e acabou absolvido em 1988, mas o episódio foi decisivo para sua entrada na política.

???ze-se: Quem você serve?!?, Massacre de Nanquim, e/ou O Estupro de Nanquim, Nós contra eles?!?, 8 de Maio de 1945, Reputação ilibada e notável saber jurídico.

Autumn recipe

I made a list of my favorite recipes for autumn. I love the nature in the fall. I love foraging mushrooms and cooking them.

Boletus cream soup

Enjoy! Happy cooking! Cooking Without Limits

Enjoyze-se: Cogumelos mágicos para a dor crônica, Cogumelo depre, Cogumelos transformam resíduos agrícolas tóxicos em ração animal, 8 alimentos entre os mais ricos em vitamina D, DIETA DETOX: Alimentos

Dia do Nordestino

Dia do Nordestino é comemorado anualmente em 8 de outubro, no Brasil. Calendarr

Esta data homenageia a cultura nordestina e a diversidade folclórica típica da região Nordeste do Brasil. O povo nordestino é um grande tesouro da cultura nacional, um dos maiores traços da identidade do Brasil.

O Nordeste brasileiro é conhecido pelas belíssimas paisagens naturais, culinária, artesanatos, musicalidade e danças que atraem turistas do mundo todo.

A criação desta data é uma homenagem ao centenário do poeta popular, compositor e cantor cearense Antônio Gonçalves da Silva, conhecido como Patativa do Assaré (1909 – 2002).

O Dia do Nordestino foi oficializado com a lei nº 14.952, de 13 de julho de 2009, na cidade de São Paulo, região com a maior concentração de nordestino em todo o país (com exceção do próprio Nordeste, obviamente).

A imagem que tem sido designada ao Nordeste é a de região problema, atrasada e subdesenvolvida. “Essa imagem historicamente atribuída ao nordestino tem relação direta com o papel histórico que essa região desempenha na divisão regional do trabalho dentro do desenvolvimento capitalista”. A professora do Departamento de Serviço Social da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), Evelyne Medeiros, sobre o assunto.

Doutora em Serviço Social, a professora estudou a questão social no Nordeste brasileiro. aponta que o Brasil integra as regiões, mas integra de forma desigual. Segundo ela, é a forma que o capitalismo se desenvolve internamente no país, e faz uma analogia quanto a dependência do Brasil em relação a outros países, que internamente, se manifesta com a desigualdade entre as regiões. “A relação de dependência que acontece externamente se reproduz também internamente através dessa divisão regional do trabalho e dessa integração desintegradora das regiões.”  Júlia Vasconcelos – Brasil de Fato – Recife (PE)

Por aqui é assim… é assim, temos um jeito de falar bem diferente, típico da nossa região e nem a internet escapa disso.

Para ela, o papel desempenhado pela região é fundamental para a produção de riqueza, na transferência de matéria prima e recursos naturais, para o Brasil, sobretudo na exportação e reprodução de força de trabalho barata para outras regiões e para a manutenção das elites locais.

“Não fosse assim, não teríamos uma produção incessante de pobreza e desigualdades, ao mesmo tempo em que se alcança patamares nunca vistos de riqueza no país, mas riquezas essas que são cada vez mais acumuladas privadamente por poucas famílias bilionárias. A pandemia, inclusive, escancara isso”, aponta.

Em um dia para se pensar o que significa ser nordestino e o que representa uma data como o Dia do Nordestino, Evelyne diz que o sentimento é contraditório.

“A nossa história não é harmônica, é uma história atravessada por conflitos. Dentro dessa contradição do sentimento de ser nordestina nesse momento histórico, há uma sensação que é a necessidade de rememorar e de tornar vivo o processo de resistência do qual nós fomos e somos protagonistas. É saber que há esse potencial de luta e que isso, uma hora ou outra, deve romper esse limbo que a história está nos colocando”.

Evelyne finaliza dizendo que, embora massacrada e ameaçada, a memória da resistência anda viva.

Nordeze-se: Conheça o trabalho de 19 tatuadores do norte e nordeste que precisam ser divulgados, Energia eólica, 30% do Nordeste, Norte Nordeste Me Veste, Consciência Negra, FAKE X DISCERNIMENTO e CARTA 7 de Platão, 15 RECEITAS COM TAPIOCA: PRÁTICAS E DELICIOSAS

A torre de bambu que pode extrair até 75 litros de água por dia “do nada”

Uma nova invenção de baixa tecnologia poderia matar a sede de milhões de africanos sedentos absorvendo a água da atmosfera. Pensando pra Frente

Na África há muita luta para encontrar água potável para seu povo. Milhões de aldeões passam de 4 a 6 horas por dia procurando água, e na maioria das vezes ela nem está limpa.

Uma organização sem fins lucrativos criou uma estrutura de bambu barata e rápida de montar que ajudará a trazer água limpa “do nada” para os africanos.

O arquiteto Arturo Vittori desenvolveu o projeto Warka Water, uma estrutura de bambu projetada para coletar água potável do ar. Fernanda DrumondCASACOR

A invenção deles é o Warka Water Tower, que é projetada para coletar até 75 litros de água por dia da atmosfera. Esta estrutura passiva de fácil manutenção depende apenas da gravidade, condensação e evaporação.

A Warka Water Tower é uma torre de 30 pés de altura feita de materiais locais, naturais e biodegradáveis. Possui uma malha laranja resistente à água no interior que coleta a névoa da atmosfera.

Vapor de água atmosférico da chuva, neblina ou orvalho, condensa-se contra a superfície fria da malha, formando gotículas de água líquida. Um toldo de tecido sombreia a parte inferior da torre para evitar que a água coletada evapore. O desempenho é dependente do tempo, mas a torre tem a capacidade de fornecer 100 litros de água por dia.

A torre de água “Warka” tem o nome da árvore Warka. Esta figueira gigante é encontrada na Etiópia e é sagrada porque fornece sombra, comida e um local de reunião para os africanos.

A Warka Water foi projetada para ser de propriedade e operada pelos moradores, um fator chave, que facilita o sucesso do projeto. A torre não apenas fornece um recurso fundamental para a vida, mas também cria um lugar social para a comunidade, onde as pessoas podem se reunir à sombra de suas copas.

No total, o custo para montar uma torre fica entre US $ 500 e US $ 1.000 – menos de um quarto do custo do vaso sanitário desenvolvido por Bill Gates, que custa cerca de US $ 2.200 para instalar e mais para manter. Como seu design é basicamente paramétrico, a torre Warka pode ser facilmente adaptada e implementada em várias situações diferentes.

Com o baixo custo e materiais prontamente disponíveis para fazê-los, esperançosamente mais africanos terão acesso a água potável em um futuro muito próximo.

Warka Water foi apresentada ao mundo durante a Bienal de Veneza em 2012. A equipe por trás do projeto vem, desde então, desenvolvendo uma série de protótipos experimentais e  adicionais, instalando sua primeira torre piloto em uma vila rural no sul da Etiópia, em maio de 2015, que continua sendo monitorada. Lá, Arturo testemunhou aldeões vivendo no meio ambiente, muitas vezes sem água corrente, eletricidade, banheiro ou chuveiro. A população precisava caminhar longos percursos até a fonte de água, lagos desprotegidos frequentemente contaminados.

O projeto Warka Water busca ajudar diferentes comunidades isoladas em lugares como o Haiti, Madagascar, Colômbia, Brasil, Índia, Sumba e Camarões, entre outros. Essa expansão não apenas estimulou a experimentação com outros materiais locais [inclusive as folhas de palmeira], mas também levou a uma série de projetos adicionais, que buscam resolver outras questões importantes. A iniciativa desenvolveu um sistema modular chamado W-solar, que transforma qualquer torre Warka em uma fonte de eletricidade, adicionando painéis solares para fornecer iluminação e energia para recarregar dispositivos móveis. Enquanto isso, a W-garden propõe um sistema que usa a água coletada para a produção de alimentos e W-Wc para a melhoria do saneamento e higiene.

Árguaze-se: Water Crisis in Pakistan, Reuso de água na Semana do Químico, Ranking da poluição plástica nos oceanos, Patrick Kilonzo Mwalua

RUSSA ENSINA RECEITA DO STROGONOFF RUSSO ORIGINAL | O MELHOR ESTROGONOFE DO MUNDO!

RUSSA ENSINA RECEITA DO STROGONOFF RUSSO ORIGINAL | O MELHOR ESTROGONOFE DO MUNDO!Olga Do Brasil

Descubra a receita real e original do strogonoff russo diretamente de uma russa que fala português! Você vai se surpreender!

Ingredientes para 1 pessoa:

Carne – 150 g

Cebola – 0,5 un

Nata – 50 g

Farinha – uma colher de chá

Pasta de tomate – meia colher de chá

Água quente – 50 ml

Sal

Pimenta preta

Para purê de batata:

Batata;

Manteiga;

Leite.

Bom apetite, meus queridos!

Strogonoffze-se: Sua comida no Brasil, Troque lixo por comida!?!, PLANTE SUA COMIDA ORGÂNICA na cidade!, Comida japonesa vegana, Comida colorida