Amigos são melhores que morfina

Os amigos ajudam a suportar melhor a dor e afastar a depressão pra longe da gente, porque quando estamos na companhia deles, muitas endorfinas são liberadas em nosso corpo. As endorfinas são substâncias úteis para nos trazer sensações de bem-estar, gratificação e para regular o nosso estado de ânimo. greenMe

O experimento no qual o estudo foi baseado, publicado na revista Scientific Reports, busca uma conexão entre a depressão, o nível baixo de endorfinas com o fato de ter poucos amigos, segundo Katerina Johnson, coordenadora do estudo, a resposta é sim.
“Os estudos sugerem que a quantidade e a qualidade das nossas relações sociais afetam nossa saúde física e mental e pode até ser um fator determinante quanto tempo vivemos. Portanto, compreender por que os indivíduos têm tamanhos diferentes de redes sociais e os possíveis mecanismos neurobiológicos envolvidos é um tópico de pesquisa importante. Como uma espécie, nós evoluimos para prosperar em um ambiente social rico, mas nesta era digital, as deficiências em nossas interações sociais pode ser um dos fatores negligenciados que contribuem para o declínio da saúde da nossa sociedade moderna. Notícia Alternativa

Los neurocientíficos creen que nuestro cerebro está genéticamente programado para ser sociables. No podía ser de otra forma si nuestros antepasados querían sobrevivir ya que en aquel ambiente hostil era muy difícil que una persona pudiese defenderse por sí sola de los peligros que le acechaban.
El mecanismo elegido por la naturaleza para asegurarse de que seamos sociables es el sistema opioide endógeno, en particular la β-endorfina, que desempeña un papel esencial en las relaciones interpersonales. JENNIFER DELGADO SUÁREZ

Enxergue mais: CVV, 57 anos!!!, DIA DO VOLUNTARIADO,DEPRESSÃO MASCULINA, LIPPY E HARDY, WHERE IS MY MIND, A MEDITAÇÃO E SEU CERÉBRO, ESSA NOITE NÃO, POSITIVIDADE, JUSTIÇA DE MIERDA, Liberdade Privatizada, THE STREET STORE, Goodall MORRE EM PAZ, Segunda temporada de ’13 reasons why’ (trilha sonora), Setembro Amarelo,você nunca esteve sozinho?, Suicídio indígena

Edited by cell

Convivir

Sabe aquele sonho que você tinha quando criança, de morar junto com todos os seus amigos? Pois vários idosos de Cuenca, na Espanha, tornaram isso realidade.

Victor Gómez e Cruz Roldán, que se conheceram durante uma excursão há 46 anos, resolveram inovar, e fundaram uma espécie de república da terceira idade, e foi assim que, há quinze anos, surgiu a Convivir, gerida pelos próprios idosos, hoje são 87 idosos morando por lá.

O local funciona num espaço de mais de 7 mil m², e conta com jardim, pomar, bar, ginásio, biblioteca e diversas oficinas para distrair os moradores. Gabriela Alberti – Hypeness

², e conta com jardim, pomar, bar, ginásio, biblioteca e diversas oficinas para distrair os moradores. Gabriela Alberti – Hypeness

A velhice chega mais tarde hoje, mas pensa-se nela desde cedo. Os mais velhos atualmente –especialmente europeus e japoneses – vivem mais e não querem passar a última fase da vida entre desconhecidos ou “ser uma carga para os filhos”. É o que demonstra um estudo de 2015, realizado pelo ministério da Saúde espanhol.

No estudo, mais da metade dos pesquisados acha pouco provável viver em um asilo, enquanto quatro em cada dez veem como alternativa o cohousing, moradias criadas e administradas pelos próprios idosos, que decidem entre amigos como e onde querem viver sua aposentadoria. Os apartamentos pertencem a uma cooperativa, mas podem ser deixados de herança para os filhos. Na Espanha, há oito projetos construídos e vários em gestação. Portal Terceira Idade

Portal Terceira Idade

Una cooperativa integral, constituida en principio por ese grupo de personas del que hablábamos en el primer punto, pero abierta a otras nuevas que puedan integrarse en la Cooperativa y/o venir a vivir con nosotros.

Que ya ha construido el Centro Convivir en Horcajo de Santiago -un gran edificio, con jardín y huerto, 66 apartamentos, comedor, cafetería, gimnasio, biblioteca, talleres de actividades, salas comunes… . Convivir

Mapa dos ecossistemas intactos da Terra

Bilhões de anos se passaram, incontáveis espécies surgiram e desapareceram, mas bastou apenas uma para colocar em risco toda a história evolutiva da Terra ao espalhar a destruição e degradação do meio ambiente.

Apesar dos esforços de conservação e proteção ambiental nas últimas décadas, menos de um terço das áreas terrestres do Planeta permanecem selvagens, sem impacto de atividades humanas, e esses remanescentes da natureza estão sob risco crescente. Vanessa Barbosa5 nov 2018, 14h19Exame

O primeiro mapa dos ecossistemas intactos da Terra, resultado de uma pesquisa da Universidade de Queensland e da Wildlife Conservation Society (WCS), mostrou que apenas cinco países detêm 70% das áreas inexploradas do mundo.

De acordo com o relatório, os países com mais territórios intocados são Austrália, Estados Unidos, Brasil, Rússia e Canadá e o objetivo é que estas nações trabalhem em conjunto para que isso continue assim. Apesar de esta parecer ser uma boa notícia, ela é também é preocupante pois mostra que mais de 77% das terras – excluindo a Antártica – e 87% dos oceanos já foram muito modificados pela intervenção humana. Vivimetaliun

Há um século, apenas 15% da superfície da Terra era usada para cultivar e criar gado, ressalta o estudo publicado na revista científica Nature, atualmente, apenas 23% da massa terrestre do mundo ainda pode ser considerada selvagem.

Os pesquisadores da Universidade de Queensland, na Austrália, e da Wildlife Conservation Society (Sociedade de Conservação da Vida Selvagem) criaram um mapa global utilizando indicadores como terras de cultivo, pastagens e densidade populacional e descobriram que apenas 20 países são os responsáveis por 94% da região selvagem no mundo. Época Negócios Online

A preservação da Amazônia sempre foi motivo de preocupação, no entanto, os números do último ano assustam. Em 365 dias, o desmatamento no pulmão verde da Terra cresceu quase 60%.

Os dados são do sistema DETER, do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), que também mostrou perda de 762,3 km² de mata nativa. Trocando em miúdos, o Brasil atingiu o pior registro desde 2016. Nunca se desmatou tanto, entre janeiro e junho de 2018, 735,8 km² de floresta destruída. hypeness

Os especialistas em conservação ambiental defendem que ecossistemas remanescentes em regiões degradadas têm uma preservação prioritária pois oferecem benefícios mais diretos para a saúde humana e para o desenvolvimento turístico.

As áreas intactas abrigam espécies em uma abundância próxima ao natural – resguardando informações genéticas e processos ecológicos que sustentam a biodiversidade em uma escala de tempo evolutiva.

Por exemplo, no mar, são as áreas virgens que ainda têm populações viáveis de grandes predadores como o atum, o marlim e os tubarões, lembram os autores do artigo na Nature.

Ecossistemas intactos também amortecem desastres naturais e eventos climáticos extremos, do nível local ao global.

“Simulações de tsunamis, por exemplo, indicam que os recifes de corais saudáveis oferecem ao menos duas vezes mais proteção do que os altamente degradados”, escrevem os pesquisadores.

Estas áreas são importantes ainda diante das mudanças climáticas – por exemplo, por estocarem carbono em larga escala.

Another Day In Paradise

INTRO: /

  • F#m7
  • E
  • Bm7

/ (4x)

  • VERSE
  • 1
  • F#m7
  • E
  • Bm7

She calls out to the man on the street

  • F#m7
  • E

‘Sir can you help me?

  • F#m7
  • E
  • Bm7

It’s cold and I’ve nowhere to sleep

  • F#m
  • E

Is there somewhere you can tell me?’

  • VERSE
  • 2
  • F#m7
  • E
  • Bm7

He walks on… doesn’t look back

  • F#m7
  • E

He pretends, he can’t hear her

  • F#m7
  • E
  • Bm7

Starts to whistle as he crosses the street

  • F#m
  • E

She’s embarrassed to be there…

F#m

  • Cm#7

Oh, think twice

  • Bm7
  • Cm#7

Cause it’s another day for you and me in Paradise

  • F#m
  • Cm#7

Oh, think twice

  • Bm7
  • E
  • Bm7
  • E
  • Bm7
  • Fm#7

Cause it’s another day for you… you and me in Pa – ra – dise

  • BRIDGE
  • 1

/ (

  • F#m7

)

  • E
  • Bm7

/ (2x)

{Just think about it}

/

  • F#m7
  • E
  • Bm7

/ (2x)

  • VERSE
  • 3
  • F#m7
  • E
  • Bm7

She calls out to the man on the street

  • F#m7
  • E

He can see shes been crying

  • F#m7
  • E
  • Bm7

She’s got blisters on the soles of her feet

  • F#m7
  • E

She can’t walk but she’s trying…

CHORUS
BRIDGE 1

  • BRIDGE
  • 2
  • E
  • F#m
  • E
  • A

Oh, Lord… is there nothing – more… anybody… can do?

  • E
  • F#
  • E
  • A

Oh-oh-oh, my Lord… there – must – be something… you can say

  • F#m
  • E
  • Bm7

You can tell from the lines on her face

  • F#m7
  • E

You can see that she’s been there

  • F#m7
  • E
  • Bm7

Probably been moved on from ev-e-ry-place

  • F#m7
  • E

Cause she didn’t fit in there…

CHORUS
BRIDGE 1

  • ENDING

(Repeat to end)
(

  • Bm7

)

  • F#m7
  • E
  • Bm7

It’s just another day for you and me

  • F#m7
  • E
  • Bm7

In paradise (it’s just a…)

Cifra

As mais belas estações

Estações de metrô mundo afora costumam ser uma atração à parte, visto que muitas delas são obras arquitetônicas incríveis, cheias de design, arte, cores, chegadas e partidas, e por muitas vezes, você está pisando em um espaço todo decorado e projetado pelos mais renomados profissionais, entre designers, artistas e estilistas.
Na Rússia, por exemplo, as estações de metrô são um importante registro de arte e arquitetura típica, nos transportando para uma época distante em cada curva clássica que as cerca.

Veja lista de 20 estações by Vivi Metalium que vão tornar sua viagem surreal:

1. Nápoles, Itália

Grandes estilistas e artistas como Anish Kappor e Karim Rashid decoraram as chamadas “estações de arte”, projeto implantado na cidade.

e16
2. Moscou, Rússia

A arte tradicional russa impressiona os turistas que passam, por exemplo, pela neoclássica Estação Komsomolskaya no Distrito Krasnoselsky, projetada por Dmitry Chechulin.

e18
3. Estocolmo, Suécia

O design moderno prevalece em Estocolmo, mas a Estação Kungstradgarden impressiona por sua estrutura diferente, inspirada no Palácio Makalos.

e15
4. Dubai, Emirados Árabes

Cheia de luxo, as estações de metrô de Dubai não poderiam ser diferentes. A estação Waleed Khalid Bin Al ostenta interiores esplêndidos, com grandes candelabros que chamam a atenção de qualquer passageiro.

e14
5. Santiago, Chile

Na estação de metrô Universidad de Chile, o mural Memoria Visual de una Nación de Mario Toral narra a política, religião, triunfos e tragédias chilenas.
UniversidadChile

6. Nova York, Estados Unidos

Segundo moradores, a estação mais bonita é a Astor Place, com uma entrada bem bonita e painéis de porcelanas geométricas projetadas por ninguém mais, ninguém menos que o artista gráfico Milton Glaser, o mesmo criador do icônico logotipo “I Heart [Coração] NY”.

e17
7. Xangai, China

Um dos maiores atrativos da cidade é o túnel iluminado que corre sob o rio Huangpu, transportando moradores e turistas de Bund para Pudong sob luzes coloridas.

e11
8. Kaohsiung, Taiwan

Criado pelo renomado artista Narcissus Quagliata, a “Dome of Light” na estação de Kaohsiung é a maior instalação de arte pública do mundo feita a partir de peças individuais de vidro colorido. Fascinante!

e19
9. Munique, Alemanha

A estação Westfriedhof ganhou nova vida graças ao designer Ingo Mauer, com suas chamativas luminárias de alumínio côncavas e luzes coloridas dão forma e profundidade à estação.

e10
10. Lisboa, Portugal

Projetado pelo arquiteto Tomás Taveira, a chamativa estação das Olaias, em Lisboa, é conhecida na Europa como uma das melhores do continente.

e13
11. São Petersburgo, Rússia

Assim como em Dubai, as estações de metrô da Rússia não deixam de ser luxuosas. A estação Avtovo é divina, com suas colunas, lustres belíssimos e arte da era soviética.

e1
12. Bruxelas, Bélgica

Com muita arte e design, entre as estações de metrô da Bélgica se destaca a instalação de arte de Paul Van Hoeydonck, com figuras suspensas acima dos trilhos da estação Comte de Flandre.
ComtedeFlandre

13. Paris, França

Em Paris, a entrada se destaca mais do que a parte subterrânea, ostentando a famosa Art Nouveau. A estação Auber tem um charme à parte.

e9
14. Bilbao, Espanha

Quem deu o ar moderno às estações de metrô de Bilbao foi o designer Norman Foster, que investiu em espaços simples e bem iluminados.

e4
15. Coréia do Norte

O metrô em Pyongyang foi construído para ligar instalações militares subterrâneas secretas. Mas agora é melhor do que isso, rico em arquitetura linda, arcos e murais patrióticos.

e8
16. Berlim, Alemanha

A Estação Platz Heidelberger, projetada pelo arquiteto alemão Wilhelm Leitgebel, é uma das estações mais decoradas da rede de metrô.
e2

17. Londres, Inglaterra

Na velha Inglaterra se destaca a Estação de Westminster, desenhada por Michael Hopkins. Moderna, é composta por tubos de aço, tetos bem altos e vigas de concreto, trazendo um ar industrial interessante.

e3
18. Chicago, Illinois

Se você quer voltar no tempo, precisa pegar a estação Monroe, um ótimo exemplo da arquitetura dos anos 1940. A fachada, a cabine de bilhete e alguns outros espaços permanecem originais desde aquela época.

e7
19. Frankfurt, Alemanha

Outro exemplo onde a entrada acaba sendo mais legal do que a estação. O acesso à estação Warte Bockenheimer faz alusão a um trem saindo do chão, inspirada no artista surrealista René Magritte, projetada pelo arquiteto Zbigniew Peter Pininski.

e5
20. Barcelona, Espanha

A Estação Drassanes foi decorada pelos estilistas Eduardo Gutierrez Munne e Jordi Fernandez Rio. Mesmo simples, a estrutura ao redor da plataforma antiga tem paredes de concreto reforçadas de vidro e pisos brancos à prova de vibração.

e6
Fotos: Vivienne Gucwa, kylamandel, obstanovka, J-O Eriksson, sudarte, dubaimetro, layylaovertherooftopsoftheworld, urbanfragment, , , abandonedkansai, schuminweb, on-a, mimoa, 04varvara,

Lionel Messi abriu as portas para o frio.

Uma propriedade que pertence a família de La Pulga promove uma linda iniciativa pensando nos moradores de rua de Rosario, cidade onde Messi nasceu e cresceu a pouco menos de 300 km de Buenos Aires. Alberto BarbosaFutebolatino

“Comida quente e abrigo! Se sabes de alguém em situação de rua, convide-o a passar pelo Vip das 19 às 21 h, lhe daremos algo quente para comer e agasalhos!”

O craque argentino Lionel Messi abriu as portas do seu restaurante em Rosário, na Argentina, para pessoas que vivem nas ruas se alimentarem durante 15 dias. O restaurante “Bar Vip Rosário” também informou, por meio de redes sociais, que está recolhendo agasalhos para doação.

Conforme a publicação, feita na sexta-feira (5), o restaurante irá oferecer alimento para as pessoas que forem até o local entre 19h e 21h. Já as roupas de frio serão doadas as pessoas que pedirem. É inverno na Argentina, e a temperatura de Rosário, de acordo com o Climatempo, na madrugada desta terça-feira foi de 4°c. Super.FC

Lixatas do Caribes

Latas, potes, talheres de plástico, roupas velhas, seringas e até animais mortos, uma cena típica de qualquer lixeira, mas trata-se de uma ilha de lixo que flutua no Mar do Caribe, entre as costas de Honduras e Guatemala, um camada de objetos descartados que periodicamente chega às praias e que, ultimamente, tornou-se uma fonte de tensão nas relações bilaterais entre os dois países. Lioman Lima – BBC Mundo


De um lado, Honduras acusa seu vizinho de causar a poluição que atinge as praias de Omoa, Puerto Cortés e as Ilhas da Baía. Do outro, a Guatemala diz que é o país vizinho que derrama o lixo que o afeta.
Veja também: Comida de tubarão, Comida de gente, Cadeia plástica, Vegeta,Compartilhe, A casa dos outros, Na estrada havia uma pedra, Pet é tudo de bom,Inseticida Natural contra lesmas e lagartas, Garrafas plásticas, Plástico temperado, China e 11 milhões de plásticos, Cadeias plasticas, Plástico Pena

Estocolmo, Arte ou Metrô!!!

Há muito o que fazer em Estocolmo. Já no aeroporto de Arlanda, você encontra um simulador de clima para diversas cidades do mundo, mas as atrações da cidade não param por aí: possui uma das ruas verdes mais bonitas do mundo e é considerada uma das mais seguras do planeta.

Os motivos para conhecer a capital e maior cidade da Suécia vão muito além de sua superfície: seu sistema de metrô é conhecido por ser a maior exposição de arte do mundo, com 110 quilômetros de extensão. Mais de 90 das 100 estações encontradas na cidade são decoradas com obras de 150 artistas, que vão de mosaicos a instalações de arte.

Quem utiliza o transporte público poderá conferir todas essas atrações ao longo do passeio – e pagando apenas o valor das passagens – o que faz com que você não tenha desculpas para pensar em pegar um táxi enquanto estiver por lá. Vivimetaliun

Ciclolix e a bike lixo!

Os catadores de lixo realizam um trabalho fundamental para impulsionar a coleta seletiva de materiais recicláveis, especialmente em cidades cujas prefeituras não dispõem de caminhões e lixeiros para cumprir a tarefa, capaz de evitar que várias toneladas de lixo reaproveitável parem em lixões.As chamadas Ciclolix fazem parte do projeto Relix, uma iniciativa do Sesi que propõe de ações de educação e arte para conscientizar sobre a importância da sustentabilidade.. Vivimetaliun

O projeto Pró-Catador, tem como objetivo ampliar a geração de renda nas cooperativas e grupos econômicos solidários de catadores de materiais recicláveis no estado.
Um dos fundadores da cooperativa, Valdemilson Santos, 58 anos, mostra com orgulho, o trabalho desenvolvido pelo empreendimento e fala sobre as perspectivas de desenvolvimento a partir dos conhecimentos e equipamentos ofertados pelo projeto Pró-Catador. “Com as capacitações aprendemos mais sobre a tecnologia da reciclagem. Com a chegada dos equipamentos, vai facilitar ainda mais a nossa vida, porque vamos prensar, organizar o material e poder vender por um preço melhor; isso vai gerar mais renda para nós da cooperativa”. Blog Mivan Gedeon

Um grupo que passa despercebido pela sociedade e que está envolvido diretamente com o processo de reciclagem de resíduos é o dos catadores. Dados do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA) apontam que os catadores são responsáveis por quase 90% do lixo reciclado no Brasil.

De acordo com o Movimento Nacional dos Catadores de Materiais Recicláveis, há 800 mil profissionais do tipo em atividade no país e aproximadamente 85 mil associados ao Movimento Nacional.

A maioria desses trabalhadores encontrou na profissão uma alternativa ao desemprego. No trimestre de julho a setembro deste ano, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) contabilizou 12,4 milhões de pessoas desempregadas em todo o país. Blog do Pedlowski

Presente, SIM Professor!!!

Em algumas ocasiões, a estudante de Design, Thami Maitra dos Reis, 27 anos, de Uberlândia (MG), precisa levar para a faculdade sua filha Bruna, 8 anos. Ela já ouviu dos professores comentários do tipo “se ela ficar quietinha, ela pode ficar”, mas a atitude de um professor chamou atenção. Além de recepcionar superbem a pequena, ele faz questão da sua participação na aula!

O professor da publicação chama Lu de Laurentiz e ele é da Universidade Federal de Uberlândia. As fotos são de final de maio, da aula de Geleia Geral – que fala sobre o movimento tropicalista e a estética pós-moderna. Razões para acreditar

hiBike

O aplicativo hiBike é uma ferramenta gratuita intuitiva feita exclusivamente para quem pedala, muito ou pouco. Lá você cadastra seu perfil, monitora o seu uso da bicicleta, ganha pedais, encontra nossa rede de descontos e empresas parceiras, localiza amigos, descobre eventos, e muito mais.

Disponível na Google Play
Disponível na App Store

Kamikatsu, como separar o lixo?!?

Você acha que separar lixo por papel e plástico é uma tarefa árdua? Então pense nos moradores de Kamikatsu, uma pequena cidade nas montanhas da ilha de Shikoku, no sudoeste do Japão, que precisam separar o lixo em 45 categorias diferentes.

No centro de coleta de lixo, há caixas separadas para diferentes tipos de produtos: jornais, revistas, caixas, tampas de metal, garrafas de plástico, latas de alumínio, latas de aço, latas de spray, lâmpadas fluorescentes e assim por diante. Você pode pensar que isso é um exagero, mas os moradores de Kamikatsu têm uma meta para alcançar – o desperdício zero, e eles já já alcançaram 80% desta meta. Vivimetaliun

O Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento (SNIS), que reúne, entre outros dados, detalhes sobre o gerenciamento de resíduos no país, estima que, por ano, cada habitante produz cerca de 347 kg de lixo. Mas, ainda de acordo com esses estudos, apenas 13,7 kg (ou 4%) do lixo gerado anualmente por cada brasileiro vai para a reciclagem.
As lixeiras de reciclagem são divididas basicamente em quatro cores, uma para cada tipo de material: azul (papel), vermelho (plástico), verde (vidro) e amarelo (metal). O lixo orgânico é representado pela cor marrom.
Se o seu município tem serviço de coleta seletiva, você só precisa separar o lixo em duas categorias: recicláveis e não recicláveis (orgânicos). Tudo o que pode ser descartado nos lixos de cor vermelha, azul, verde e amarela entra na parte dos recicláveis, enquanto o lixo orgânico (marrom) vai para a lixeira de não recicláveis.
Você pode entregar o lixo reciclável para catadores ou diretamente em cooperativas de reciclagem na sua cidade. O Cempre (Compromisso Empresarial para Reciclagem) disponibiliza online o Mapa da Reciclagem, onde você pode encontrar os pontos de coleta de materiais recicláveis mais próximos da sua residência. O mapa também mostra locais de coleta de lixos tóxicos, isto é, que não podem ser descartados no lixo comum, itens como pilhas, baterias, óleo de cozinha, medicamentos vencidos, pneus, produtos eletrônicos e lâmpadas fluorescentes não podem ser descartados no lixo reciclável e nem no orgânico! Consulte o mapa aqui. Vivimetaliun

Quase todo mundo sabe da importância da reciclagem de lixo, mas, na prática, pouca gente adere ao hábito de separar os resíduos secos (sem falar nas áreas onde não há coleta seletiva): um estudo de 2017 aponta que apenas 13% do lixo que poderia ser reciclado no Brasil realmente tem esse destino.

Por isso é necessário destacar iniciativas que contribuem para mudar esse quadro. É o caso do Club do Condomínio, criado em Santos, no litoral de São Paulo, para incentivar síndicos de prédios a convencer os moradores a separar os resíduos.

Para isso foi criada uma espécie de moeda virtual, chamada bio-coin. A cada quilo de material recolhido por recicladores parceiros da iniciativa o prédio recebe 1 bio-coin, que equivale a 20 centavos. A cada 5000 bio-coins acumulados, o condomínio pode fazer o resgate de mil reais para ser usado nos serviços que o síndico considerar necessários. Vivimetaliun

A empresa belga Ecover foi fundada em 1980 para criar produtos de limpeza sem fosfato, um componente que poluía as águas. Por bastante tempo eles se dedicaram às fórmulas, mas recentemente perceberam que também era preciso prestar atenção nas embalagens.

Foi assim que surgiu o Rubbish Cafe (algo como “Café do Lixo”), uma ação promovida pela subsidiária da Ecover em Londres. Por dois dias, moradores da capital inglesa e turistas puderam ir ao local e trocar embalagens plásticas usadas por refeições. Vivimetaliun

Michael”s Desserts” Platt

O jovem americano Michael Platt, 13 anos, tem duas grandes paixões. Uma delas é cozinhar e criar receitas de doces. A outra, ajudar pessoas e combater problemas como a fome.

doces. A outra, ajudar pessoas e combater problemas como a fome.

Com apenas 11 anos e contando com o apoio dos pais, ele deu início ao negócio. A cozinha funciona em sua própria casa, localizada na cidade de Bowie, no estado de Maryland.

A “Michaels Desserts” é uma padaria que, a cada doce vendido, doa outro para uma pessoa desabrigada.

A ideia surgiu há três anos, quando ele ganhou um par de sapatos da TOMS. A marca adota um modelo de doação desse tipo e inspirou vários projetos semelhantes por todo o mundo. A cada mês, Michael homenageia, com receitas especiais, diferentes figuras ligadas a causas sociais.

Cupcakes, cookies e até bolos de casamento estão entre os seus produtos, ele também recebe encomendas para eventos, como aniversários ou casamentos. A maioria dos pedidos é feita pelo Facebook.

, ele também recebe encomendas para eventos, como aniversários ou casamentos. A maioria dos pedidos é feita pelo Facebook.

Outra forma de caridade que ele encontrou foi ministrar cursos e destinar a renda obtida a organizações. “Eu sempre quis ter um propósito para o que eu faço”, diz ele. Pequenas Empresas Grandes Negócios

Pequenas Empresas Grandes Negócios

Most customers place their orders via Facebook. (Michael recently set up a website for the business.) He sells roughly 75 cupcakes a month, four for $15, along with a dozen cookies and a dozen “chef’s choice” items — which, of course, means he must also make more than 100 treats to give away. CHAR ADAMSThe Washington Post

website for the business.) He sells roughly 75 cupcakes a month, four for $15, along with a dozen cookies and a dozen “chef’s choice” items — which, of course, means he must also make more than 100 treats to give away. CHAR ADAMSThe Washington Post

Livre de Guerre

Já dizia Nelson Mandela: “A educação é a arma mais poderosa que você pode usar para mudar o mundo”. Talvez esta frase tenha inspirado o artista argentino Raul Lemesoff, o responsável pela criação de uma arma que pode mudar a vida de muitas pessoas: ele transformou um antigo carro Ford Falcon, de 1979, em um tanque de guerra. Mas, ao invés de disparar balas, o veículo dispara livros, o projeto em que trabalhou nos últimos anos dá um novo significado a um dos principais símbolos de guerra, que foi batizado de “Arma de Instrução em Massa”.


Com a munição de livros pronta, o artista percorre as ruas de Buenos Aires, na Argentina, disparando livros por todos os lados e para todas as pessoas que cruzam o seu caminho. Não é necessário pagar nada pelos exemplares, apenas se comprometer com a leitura. Vicente CarvalhoRazões para acreditar

PLEASE WATCH: VIDEOSArma de Instruccion Masiva

In celebration of world book day on 5th march, 7UP has teamed up with buenos aires-based artist raul lemesoff in the creation of ‘weapons of mass instruction’, a traveling library that tours argentina in the shape of a tank. designboom

DECLARAÇÃO DOS DIREITOS DAS ÁRVORES

“A árvore é um ser vivo fixo que, em proporções comparáveis, ocupa dois ambientes distintos, a atmosfera e o solo. Raízes se desenvolvem no solo, que captam água e minerais. A coroa cresce na atmosfera, que captura dióxido de carbono e energia solar. Por este motivo, a árvore desempenha um papel fundamental no equilíbrio ecológico do planeta”.
Este é o primeiro artigo da Declaração dos Direitos das Árvores, que representa um marco em defesa destes monumentos milenares, lendários e majestosos, preciosos para as nossas vidas, e contra o desaparecimento das florestas em todos os cantos do globo.

Nossos alunos!?!

Por 4 anos, alunos da Profile School, em Bethlehem, nos Estados Unidos, arrecadaram dinheiro para sua viagem de final do ano, que seria quatro noites no Rydin ‘Hi Ranch, um resort em Nova York, porém, a turma logo descobriu que a diretora da escola, Courtney Vashaw, havia sido diagnosticada com câncer raro, e uma votação que terminou de maneira unânime, e emocionou muita gente, que todo o dinheiro que haviam arrecadado para realizar uma viagem, um montante de quase 8 mil dólares (cerca de R$ 25 mil), seria doado para ajudar nas despesas com o tratamento da professora. Vicente Carvalho – Razões para Acreditar

O Razões e o Educa Mais Brasil te ajudam a conseguir bolsa de estudo para cursos técnicos e profissionalizantes, cursos de idiomas, entre outras, clique aqui. Facebook

Veja também: Obrigado Senhor, pela Montanha, Lixo! Eu?, É Natal!, Plástico temperado, Portas, Cifras, Lixo ou arte?, Vergonha na lama, Manguetown, Agrotóxicos da mesa nossa de cada dia, Comida colorida

Morena Coral

Além das embalagens de plástico que duram uma eternidade na natureza, o protetor solar pode causar danos irreversíveis pro meio ambiente, principalmente pra vida marinha e também pra sua saúde. Basicamente, existem dois tipos de protetores solares, o tipo físico (ou mineral) e o tipo químico. Já dá pra adivinhar qual é o veneno, né?

Os best sellers das prateleiras das farmácias são do tipo químico, que possuem em sua fórmula uma combinação de alguns dos seguintes ingredientes: oxibenzona, homosalato, ensulizole, 4-metilbenzilideno-cânfora e octinoxato, já o protetor solar físico, não tão popular assim, é composto por óxido de zinco e/ou dióxido de titânio, entre outros ingredientes.

Pra explicar melhor, trouxemos essa tabelinhafeita pela querida Nyle Ferrari, que conta direitinho o perigo de cada ingrediente:

Oxibenzona (benzophenone-3): polui os oceanos, pode ser absorvida pela pele e está relacionada a distúrbios hormonais. Seu uso é proibido na Suíça.

Homosalato (homosalate): pode ser absorvida pela pele e desequilibrar hormônios como estrogênio e progesterona.

Ensulizole (phenylbenzimidazole sulfonic acid): de acordo com o EWG, está relacionada ao câncer, apesar de ser um ingrediente de médio risco.

4-metilbenzilideno-cânfora (4-methylbenzylidene camphor): de acordo com o EWG, também relacionado a distúrbios endócrinos.

Octinoxato (ethylhexyl methoxycinnamate): alergias e distúrbios hormonais, de acordo com o EWG.

Todos esses ingredientes estão associados com algum risco à saúde humana, porém um deles, a Oxibenzona, também está associado à poluição marinha, mais especificamente dos recifes de corais. A substância química faz o coral se enclausurar em seu próprio esqueleto, levando-o à morte. Menos Um Lixo


Nyle Ferrari também fez uma lista com dezenas de protetores solares, e suas avaliações, pra te ajudar a escolher o melhor pra você! É importante entender que não existe – ainda – uma alternativa perfeita, harmônica com a nossa saúde e com a dos oceanos, mas é fundamental pesquisar e entender as menos prejudiciais.
De acordo com a Consumer Healthcare Products Association, que representa empresas de medicamentos de venda liberada nos Estados Unidos, “não há provas científicas de que, em condições naturais, os ingredientes dos protetores solares, que têm sido utilizados com segurança em todo o mundo há décadas, contribuem para essa questão”. ONUBR
Veja também: De que lado você esta?, Peixinho!!!, É Natal!, Desenho de criança, Cama, mesa e banho!, Cora Coralina., O que te importa?, TERRA OCA, Fukushima Daiichi, Dia Mundial da Água

Dia do turista!!!

Turistas são as pessoas que viajam e realizam atividades como conhecer os pontos turísticos que um lugar tem a oferecer. De acordo com a Organização Mundial de Turismo, os turistas são pessoas que vivem em um local diferentes por um período de tempo inferior a um ano consecutivo.

O Brasil é um país que atrai milhares de turistas todos os anos, e oferece uma grande variedade de opções de lugares para eles conhecerem. Os destinos mais procurados são Rio de Janeiro, São Paulo e os estados da região Nordeste, principalmente Bahia e Pernambuco.

O turismo é a área do setor terciário que mais cresce no país e no mundo. Suas atividades movimentam mais de US$ 4 trilhões, criando 170 milhões de postos de trabalho.

O Dia do Turista é comemorado em 13 de junho no Brasil. Calendariobr

O turista deve ser responsável e deixar uma boa impressão no local que visitará. Por isso é sempre bom lembrar algumas dicas:

  1. Respeite as regras de vestimenta e horários locais;
  2. Arrisque-se: viaje para lugares menos óbvios e, se possível, fora da alta temporada;
  3. Prestigie o comércio e produção local comprando e comendo produtos da região;
  4. Tire fotos, mas não fique somente tirando fotos.
  5. Aprenda algumas frases de cortesia do idioma local. Curta o momento e boa viagem! Calendarr
O Ministério do Turismo do Brasil, visa desenvolver o turismo como uma atividade econômica sustentável, com papel relevante na geração de empregos e divisas, proporcionando a inclusão social. facebook

Dia 13 de junho dia do turista. Viaje. Bom dia!!!

Enxergue mais: Foto de Edson Novaes, NAARA BEAUTY DRINK!!!, ÓLEO DE COPAÍBA, QUINUA, SUCOS CASEIROS CHEIOS DE SAÚDE., GARFIELD E FAST FOOD., CONTRA TODOS OS MALES, FLORENCE NIGHTINGALE, Palavras Perdidas, Viagem no tempo, BEER, WHAT’S?, Jeguatá: Caderno de Viagem, 400 NUDES, Australia Day

Editado via celular

O Brasil visto do Céu

Com oito mil quilômetros de extensão, a costa brasileira é famosa por ser a maior do mundo. A diversidade das paisagens, do clima e da cultura, no entanto, impressiona mais do que sua imensidão.

Um olhar mais atento basta para se perceber que a terra é muito mais complexa, que não cabe em um só cartão postal.


Realizada com a brasileira Gullane e a francesa Gedeon Programmes, O Brasil visto do céu, série documental em cinco episódios mostra a beleza das paisagens e a diversidade de culturas durante expedições aéreas, terrestres e marítimas. Coprodução: TV Brasil

Veja também: Índias, Trator, O último Tanaru, Ferramentas de destruição em massa., Plante uma árvore, Dicas de uma árvore, Bandeirantes Modernos, A casa dos outros, O povo da caixa, 22 de todos os dias, Território, Catastrofe natural?,, Halloween Saci!, Não existem índios no Brasil, Brazil, o filme

Camarote.21 – Especial “Curiosidades Gastronômicas”

Desde sons da cozinha que se transformam em espetáculo musical a um museu que coleciona comidas nojentas.

Veja nesta edição do Camarote.21:

– Sons da cozinha se transformam em espetáculo musical: no espetáculo francês “A tentação da Lula” o elenco é formado por músicos, atores e um chef de cozinha.

– Quando gastronomia e artes plásticas se encontram: no projeto Gastronomia Experimental receitas da alta gastronomia não são servidas em pratos e talheres comuns, e sim em obras de arte.

– A comida do futuro cada vez mais verde e de aparência sintética: organização austro-germânica publica anualmente um estudo sobre tendências na gastronomia.

– Disgusting Food Museum, o “Museu de Comidas Nojentas”, exibe mais de 80 produtos de várias partes do mundo. Entre eles, sopa de morcego e suco de olho de cordeiro.

– Restaurante “einsunternull” se apresenta como parte de uma nova tendência na capital alemã: um movimento que preza pela criatividade e mente aberta. O lema do restaurante é resgatar produtos locais, trabalhar com a simplicidade e de forma artesanal.

– O Ano Novo fora de época dos franceses: anualmente, milhares de pessoas, todas vestidas de banco, se reúnem com suas cestas de piquenique para uma refeição coletiva a céu aberto no chamado “Dîner en Blanc”.

Poetize-se também: Manual de agricultura urbana, Carta da Terra, Anestesia mental.,Dia Mundial do Meio Ambiente., Opção de escolha?, Chora Darwin., Um saco de sal, Batata Frita, o Ladrão de Bicicleta, Garfield e fast food., Hora do Código, Mãe Gaia, Muguets para você!!!