Motor de papelão

SE A HONDA ASSISTIR ESSE VÍDEO…robertahornet

Motorize-se: Alto falantes Bluetooth de papelão, Motor elétrico para carros que pode ser instalado nas rodas dos veículos, GURGEL MOTORES: O LEGADO, EmDrive – O motor impossível, Giorggio Abrantes, Monte o seu Drone caseiro (Quadricóptero)

CVV nas mídias sociais

Gostaríamos de convidar todos a visitar, seguir e compartilhar as páginas do CVV nas mídias sociais. Divulgar é uma forma de mantermos as pessoas informadas sobre seus serviços, além de cientes de que NÃO ESTÃO SOZINHAS e de que o CVV está pronto para acolhê-las de coração aberto.
Facebook
https://www.facebook.com/cvvoficial/
Instagram
https://www.instagram.com/cvvoficial/?hl=pt-br
Twitter
https://twitter.com/cvvoficial
YouTube
https://www.youtube.com/c/cvvoficial
Site
https://www.cvv.org.br/

CVVze-se: CVV, 57 anos!!!, CVV, Psiquiatra, Conemo, Um Homem Chamado Ove, 10 palavras positivas para todos os dias, Oito filmes que retratam o suicídio, Jardim da Empatia

O HOMEM BICENTENÁRIO

Em 2005, uma família americana compra um novo utensílio doméstico: o robô chamado Andrew (Robin Williams), para realizar tarefas domésticas simples. Entretanto, aos poucos o robô começa a apresentar traços característicos de um ser humano, como curiosidade, inteligência e personalidade própria. Começa, então, o início da saga de Andrew em busca de liberdade e de se tornar, na medida do possível, humano.

 O Homem Bicentenário

Este filme de ficção-científica é baseado em uma história do consagrado escritor Isaac Asimov. filmow

A obra original fala sobre os medos e angústias da existência humana e foi adaptada para o cinema.

E dentro dessa situação, a reflexão filosófica é direcionada para a discussão sobre a questão do uso das funções que nos caracterizam como seres humanos: se temos que ter necessariamente uma alma, ou se bastariam apenas de componentes físicos, como os de um computador, ou seja, o importante é a estrutura física da pessoa humana ou seve-se levar em contar o íntimo, as sensibilidades, as imperfeições e aspectos que o diferencia dos demais seres, com suas singularidades. Prof. Esp. Francisco das C. M. dos Santos

Bize-se: Um anticorpo de Gaia para o vírus ser humano, 9 criptomoedas para movimentar o mercado em maio, 10 fatos sobre inteligência artificial, Repo man, Indústria 4.0 ou Quarta Revolução Industrial. Como Fazer um Robô, A evolução dos robôs., O mito da caverna

Baile de favela

Baile de Favela – MC João. letras.mus

Ela veio quente, e hoje eu tô fervendo
Que ela veio quente, hoje eu tô fervendo
Quer desafiar? Num tô entendendo
Mexeu com o R7, vai voltar com a xota ardendo (vai)

Que o Helipa, é, baile de favela
Que a Marcone, é, baile de favela
Que a São Rafael, é, baile de favela
E os menor preparado pra foder com a xota dela (vai)

Eliza Maria, é, baile de favela
Invasão, é, baile de favela
E as casinha, é, baile de favela
E os menor preparado pra foder com a xeca dela (vai)

Que o Hebron, é, baile de favela
A Bailão, é, baile de favela
E na rua 7, baile de favela!
E os menor preparado pra foder com a xeca dela (vai)

Ela veio quente, hoje eu tô fervendo
Ela veio quente, hoje eu tô fervendo
Quer desafiar? Num tô entendendo
Mexeu com o R7, vai voltar com a xota ardendo (vai)

Que o Helipa, é, baile de favela
Que a Marcone, baile de favela
Que a são Rafael, é, baile de favela
E os menor preparado pra foder com a xota dela (vai)

Que o Helipa, é, baile de favela
Que a Marcone, baile de favela
Que a são Rafael, é, baile de favela
E os menor preparado pra foder com a xota dela (vai)

Que o Helipa, é, baile de favela
Que a Marcone, é, baile de favela
Que a São Rafael, é, baile de favela
E os menor preparado pra foder com a xota dela (vai)

Eliza Maria, é, baile de favela
Invasão, é, baile de favela
E as casinha, é, baile de favela
E os menor preparado pa foder com a xeca dela (vai)

MC João – Baile de Favela (KondZilla)

“Mas na hora do ‘Baile de Favela’, ela abriu um sorrisão e já começou a dançar com o fone no ouvido”, comenta o coreógrafo Rhony Ferreira que não foi para Tóquio.

“Quando começou o ‘Tocata e Fuga’, ela já me olhou com o olho arregalado assim e disse ‘Nossa, não vou conseguir fazer, é muito forte”. Gabriela Sarmento – G1

Faveze-se: Jesus do Funk, , A primeira palavra, Favela Orgânica, Cine Favela, CDB e Olímpiadas, as Cannalimpíadas!, STREET PRESIDENT, CORTA-JACA

Prêmio Darwin

“Em memória de Charles Darwin, o prêmio Darwin presta homenagem aos indivíduos que protegem nosso ‘pool’ de genes através do supremo sacrifício de suas vidas. Os galardoados eliminaram a si mesmo do rol dos vivos de uma forma extraordinariamente idiota, portanto aumentando as chances de nossa espécie de sobrevivência a longo prazo”. B. PIROPOTechTudo

O Prêmio Darwin ou Darwin Awards surgiu a partir de um grupo de usuários da internet que foi colecionando situações inusitadas a partir de dados pesquisados na imprensa, em 1985. Por volta de 1991 a cientista britânica Wendy Northcutt, que vez por outra costumava a mandar para os amigos estas situações institucionalizou o Prêmio. Em 1993 ela organizou um site onde publica todas as situações com base no que foi publicado na imprensa. Mas que situações são essas? Cidade Verde

Charles Darwin estabeleceu as bases da Evolução Moderna. Darwin criou a Teoria da Seleção Natural, segundo a qual a vida, que apresenta grande diversidade (cores, formas, modelos, tamanhos, comportamentos, estágios, estratégias, formas de nutrição, modos de acasalamento etc.) é selecionada pela própria natureza. Ou seja: a natureza seleciona os mais aptos. O que os criadores do Prêmio Darwin fizeram foi passar a selecionar situações de pessoas que cometeram atos tão estúpidos que terminaram sendo vítima de sua própria burrice.

Livro “O prêmio Darwin – a evolução em ação”, publicado em 2001

Há um pitada de humor negro nas histórias, mas para nós, o mais interessante é a reflexão que precisa ser feita antes de tomarmos determinadas atitudes, vamos encontrar dezenas de milhares de situações que nos empurram fatalmente a candidatos ao Prêmio Darwin.

“Somente duas coisas são infinitas – o universo e a estupidez humana, e não estou certo quanto ao Universo”. Albert Einstein

Todo ano são concedidos alguns prêmios Darwin e eu costumo citar os mais relevantes. São exemplos que ilustram fielmente uma característica inerente à nossa espécie cuja crescente magnitude não cessa de me causar admiração: a estupidez. Tanto assim que, na página de abertura do sítio “The Darwin Awards: In Search Of Smart” (de onde foram extraídos os exemplos abaixo, cujos direitos autorais pertencem, portanto, à responsável por sua compilação, Wendy Northcutt) consta a afirmação: “Human Intelligence is MIA, Presumed Dead”. “MIA” é o acrônimo da expressão do inglês: “perdido em combate”, portanto a frase significa “A inteligência humana foi perdida em combate. Presumivelmente está morta”. O que faz todo o sentido.

Darwinze-se: Darwin cadê você?, Chora Darwin., Bishop e o “Oasis”, Eu te disse, eu te disse., Brincando de lógica, Bandeirantes Modernos, Horrible Histories, Bardo Thodol, Batman – O Livro dos mortos, Juan dos Mortos, E…que Deus nos ajude!!, Oito filmes que retratam o suicídio

Viajando na leitura! As Tranças de Bintou

“As tranças de Bintou” da autora Sylviane Anne Diouf, uma americana afrodescendente que acredita que muitas pessoas ainda precisam adquirir conhecimento sobre o povo africano, principalmente as crianças, para que estes cresçam bem mais informados que as gerações anteriores. Plataforma Espaço Digital

A Biblioteca Infantil de Pirituba, posteriormente denominada Biblioteca Infanto-Juvenil Orígenes Lessa, foi inaugurada em 18 de março de 1965, mas não pôde entrar em funcionamento por falta de funcionários. Neste ínterim, foi criada a Administração Regional de Pirituba Perus que, por não ter um local para se instalar, ocupou o mesmo prédio pertencente à biblioteca.

Leze-se: LITERATURA INDÍGENA: POR ONDE COMEÇAR?, George Orwell, 1984 e Revolução dos Bichos, Cuaracy Ra’Angaba – O céu Tupi Guarani, Preconceitos, padrões, estigmas e outras anomalias, 10 livros que ensinam as criancas cuidar do planeta

Fusca Porsche é um dos mais caros do Brasil

Parece que a ligação do André com o VW Fusca já estava marcada desde o seu nascimento, pois a porta do quarto da maternidade estava decorada com o Fusca abaixo, e o melhor da história é que ele nasceu no dia 20 de janeiro — que depois viria a ser o Dia Nacional do Fusca! Alexander GromowFalando de Fusca & Afins

Entre 1976 e 1990, as importações estavam fechadas no Brasil. Em outras palavras isso quer dizer que nada poderia ser trazido de fora seja para indústria automobilística ou outros setores. Renato Bellote – iCarros

Por conta da proibição, esse período é considerado um dos mais criativos em termos de veículos fora de série. Utilizando a plataforma Volkswagen do Fusca ou da Brasília, criadores pensaram em projetos bem diferentes e até mesmo bastante ousados pra época.

Fusca Cintra reproduz visual do Porsche 959 e só 3 exemplares foram feitos; pioneiro foi restaurado e teve proposta de R$ 300 mil - Arquivo pessoal

André Cintra, um estudante paulista de 15 anos, em 1988 teve a ideia de colocar o visual arrojado do Porsche em um Fusca. Quatro anos depois, nascia o Fusca “959 Cintra”, que foi manchete de revistas especializadas da época. Alessandro Reis – UOL

Primeiro Fusca Cintra produzido foi restaurado e hoje está com colecionador anônimo de Balneário Camboriú (SC) - Arquivo pessoal - Arquivo pessoal

Os três exemplares, todos produzidos artesanalmente no início dos anos 1990, estavam sumidos nos últimos anos e foram resgatados em 2020. Hoje pertencem a um colecionador anônimo de Santa Catarina e são bastante valiosos.

Interior do Fusca 959 Cintra pioneiro; carro traz motor 1.8 a ar sobrealimentado com turbo - Arquivo pessoal - Arquivo pessoal

Quem conta a história é o caçador de carros antigos Rodrigo Ziliani, o Bilinha, que “salvou” os Fuscas e os repassou a esse colecionador. Cada carro, conta ele, foi achado em local diferente de São Paulo. Todos em estado de abandono.

No ano passado, 2020, o André foi informado que os três carros que ele montou originalmente foram encontrados. Isto foi o resultado do diligente trabalho do Rodrigo “Bilinha”.

Além disso, Rodrigo irá construir outros três Cintras em parceria com seu criador. Hoje com 48 anos, André Cintra revela que ainda tem os moldes originais para produzir as peças de fibra de vidro.

Os moldes foram feitos sobre o Fusca modelado, com os moldes prontos seguiu-se o penoso trabalho de “desmoldar” o Fusca retirando todo o poliuretano expandido e a massa plástica, para depois aplicar as peças em fibra de vidro formando o ‘CINTRA 959’.

O trabalho de confecção dos moldes foi muito bem feito já que eles se mantiveram preservados até os dias de hoje e foram usados na confecção de um quarto carro como veremos abaixo:

Resgate dos três carros originais reacendeu a vontade de produzir mais veículos, como este de corrida - Julio D'Paula/PhotoPress - Julio D'Paula/PhotoPress

Daí veio a a amizade com Ziliani e a ideia de dobrar a produção original do Fusca 959 Cintra. Os três novos veículos serão para uso pessoal, pontua o arquiteto, Cintra.

André conta que o primeiro carro da nova safra acabou de ser concluído e é de corrida, pois só pode ser usado em circuitos fechados.

Esboços da transformação que resultaria no Fusca 959, feitos por André Cintra há cerca de 30 anos - Arquivo pessoal - Arquivo pessoal

A fabricação dos carros número cinco e seis já começou em um galpão de Tupi Paulista com as participações de Bilinha e Plínio Cintra – primo de André que cedeu o chassi para a produção do Fusca Cintra número 4, o de competição – equipado com motor AP 1.6 injetado de 130 cv.

Cartaz do curso que André fez com o designer Anísio Campos, de quem se tornaria discípulo e amigo - Arquivo pessoal - Arquivo pessoal

André Durgante Da Cunha Cintra relata que os primeiros esboços do Fusca 959 nasceram em 1988, durante o curso 1ª Oficina de Design de Automóveis. Os professores foram os designers Fernando Stickel e Anisio Campos – desenhista de clássicos nacionais como Puma GT e Kadron Tropi, considerado o primeiro buggy brasileiro.

Um estudo usando “overlay” em papel vegetal do desenho da lateral de um Fusca de maneira a poder visualizar as partes que seriam modificadas com apliques em fibra de vidro.

Os desenhos que Cintra apresentou ao Anísio Campos no contexto da 1º Oficina de Design de Automóveis e que deram início aos acontecimentos que levaram à confecção dos ‘CINTRA 959’, eles datam de julho de 1988! Verdadeiras raridades.

Cintra recorda que projeto exigiu criatividade; faróis do Porsche original valiam mais do que Fusca 'doador' - Arquivo pessoal - Arquivo pessoal

Apresentação do Fusca Cintra foi realizada em meados de 1992, no mesmo local onde André fez o curso. O Fusca 959 Cintra pioneiro traz motor 1.8 a ar sobrealimentado com turbo e faróis do Porsche original valiam mais do que Fusca ‘doador’.

O ‘CINTRA 959’ participou de vários eventos como o 5º Encontro Nacional do Fusca realizado em Interlagos no dia 17 de janeiro de 1993 pelo Fusca Clube do Brasil que eu presidia. Neste evento ele foi distinguido com o prêmio de “Fusca mais excêntrico” ganhando uma placa comemorativa.

Fusze-se: Porsche, Fusca: a volta dos que não foram., Blue Bug, Fusca de Lego, A última despedida do Fusca!?!, Aline Gonçalves Santos e o fusca elétrico, DIA NACIONAL DO FUSCA, PARABÉNS!!!, FUSCA ACELERADOS, FUSCA ELÉTRICO – RESGATE DE CARROS CLÁSSICOS, GURGEL MOTORES: O LEGADO

Borba Gato, em chamas.

O monumento, inaugurado em 1963, exalta o bandeirante acusado de homicídios e estupro de indígenas. Yahoo Notícias

No dia em que são realizadas manifestações contra o presidente Jair Bolsonaro (sem partido), um grupo de 15 pessoas ateou fogo em uma estátua em homenagem ao bandeirante Borba Gato na avenida Santo Amaro, zona sul de São Paulo. Jovem Pan

“Manuel de Borba Gato fez fama e fortuna na segunda metade do século 18 percorrendo os sertões brasileiros à caça de indígenas para escravizar. Era também um fugitivo da lei e contrabandista de ouro”, conta o historiador Laurentino Gomes.

“Era também fugitivo da Lei e contrabandista de ouro, acusado de matar dom Rodrigo de Castelo, fidalgo português administrador-geral das Minas”, diz o jornalista, autor da trilogias 1808, 1822 e 1889.

Borba Gato foi um dos mais importantes representantes das bandeiras expedições custeadas pela Coroa portuguesa para ocupar e explorar territórios no interior do Brasil.

“Em 28 de agosto de 1682, Borba Gato tinha se acobertado com seu bando na região do Rio das Velhas, em Minas Gerais. Em troca da localização das minas, o rei de Portugal não apenas anistiou o bandeirante como lhe cumulou cargos e honrarias. Num piscar de olhos, Borba Gato deixou de ser um criminoso fugido da lei e foi imediatamente promovido a fidalgo e guarda-mor das Minas de Caetés”, explicou o escritor em uma publicação feita no ano passado no Twitter.

O monumento aparenta não ter sofrido grande dano. Uma bandeira com os dizeres “Revolução Periférica” também foi estendida no local. Ontem (23),  o coletivo  divulgou um vídeo perguntando: “Você sabe quem foi Borba Gato?” em seu instagram.

Obra do escultor Júlio Guerra, que nasceu no bairro, a estátua faz homenagem ao bandeirante Borba Gato e foi inaugurada em 1963. São 10 metros de altura em concreto, com peso de 20 toneladas. Correio 24 horas

Assinada pelo artista plástico Júlio Guerra (1912-2001), a escultura com 13 metros de altura (incluindo o pedestal) levou seis anos para ficar pronta. 

Este não foi o primeiro ato contra o monumento. Em 2016, a estátua de Borba Gato foi atacada com um banho de tinta.

Grupo incendeia estátua de Borba Gato, na zona sul de São Paulo

Os bombeiros chegaram ao local por volta das 14h e deram início ao combate às chamas. “O fogo foi controlado em poucos minutos, mas a estátua ficou chamuscada e com algumas rachaduras na perna”, disse a fotojornalista Thais Haliski, que estava no local no momento do início das chamas. Brasil de Fato

Ze-se: Direito dos bandeirantes e para que servem as leis., Cãolho math, Ausonia Donato, entre outras., Um Caranguejo Elétrico, Bandeirantes Modernos, Cavalo louco, I AMazonia, Joaquim, O Brasil visto do Céu, O último Tanaru, Nenhuma gota a mais!!!

Que comecem os Doodle Champion Island Games!

Google entrou no clima da Olimpíada de Tóquio 2020 com o Doodle Champion Island. Dessa vez, a gigante de buscas criou um jogo temático em que o personagem desbrava um mundo cheio de desafios inspirados nas modalidades olímpicas. Lucky é um simpático gatinho que precisa derrotar os sete campeões que dominam a Ilha dos Campeões. Marvin Costa – TechTudo

Welcome to the Doodle Champion Island Games! Over the coming weeks, join calico (c)athlete Lucky as she explores Doodle Champion Island: a world filled with seven sport mini-games, legendary opponents, dozens of daring side quests, and a few new (and old ;)) friends. Her ultimate goal? Defeat each sport Champion to collect all seven sacred scrolls—and complete extra hidden challenges across Champion Island in the purrr-ocess.

Are you feline Lucky 😼 ? Click on today’s Doodle, join one of the four color teams to contribute to the real-time global leaderboard, and let the games begin!

Doodle Champion Island Games (24 de julho)

Como em toda data especial, o doodle estará presente, com destaque para o que a companhia classifica como o “o maior Doodle interativo de todos os tempos”. Criado pelo estúdio de animação japonesa STUDIO 4°C, ele permite entrar em equipes para disputar competições de skate, rugby, escalada e outros esportes — tudo ao melhor estilo Califórnia Games e com visual 16 bits.

O chamado Doodle Champion Island ainda terá missões paralelas e dezenas de surpresas, conforme explica o Google. A promessa é de ser um jogo de verdade, com muitas opções, para rodar direto no navegador.

Doozle-se: Google Doodle Jogos, Ebenezer Cobb Morley: Doodle, Veja tudo que o Google sabe sobre você !!, 10 fatos sobre inteligência artificial, Neal.fun, Cursos de Programação informática, O Gambito da Rainha, WordCamp Denver, Campus Party Digital Edition, TURMA DA MÔNICA TOY, ESQUENTA PARA AS OLIMPÍADAS DO JAPÃO

TURMA DA MÔNICA TOY, ESQUENTA PARA AS OLIMPÍADAS DO JAPÃO

A turminha mais amada do Brasil, também é querida em outras partes do mundo, como do outro lado do mundo, no Oriente, afinal são mais de 60 anos de histórias encantando e ensinando às crianças a lerem. PRISCILA VISCONTI – O barquinho cultural

Como todos já sabem, nesta sexta-feira (23) começa mais uma Olimpíadas, que foi atrasada por conta a pandemia de COVID-19, que acontece em Tóquio, no Japão. Neste ano, será a primeira vez que não haverá público nas arenas, estádios e quadras, para não houver aglomeração.

Os personagens dão as boas-vindas-vindas à celebração de união entre os povos dos cinco continentes e provam que há mais coisas em comum entre o Brasil e a Terra do Sol Nascente do que imaginamos. Além do círculo presente em ambas as bandeiras, há ainda a vontade de vencer.

Recentemente eles participaram de um episódio com a Naomi Watanabe, também conhecida como a Beyoncé do Japão, em que ela foi convidada para um cross com a turminha.

Os personagens dão as boas-vindas-vindas à celebração de união entre os povos dos cinco continentes e provam que há mais coisas em comum entre o Brasil e a Terra do Sol Nascente do que imaginamos. Além do círculo presente em ambas as bandeiras, há ainda a vontade de vencer.

Toyze-se: Piratas do Tietê vão invandir os cinemas, Turma da Mônica live-action, Direito do avesso, Avesso do direito, Brinquedos transplantados, Os índios nos gibis.

Restaure Sua Fé na Humanidade Com Essas Pessoas Salvando O Planeta

Restaure Sua Fé na Humanidade Com Essas Pessoas Salvando O PlanetaFala Sério

Os humanos têm feito um péssimo trabalho em manter nosso planeta saudável mas algumas pessoas boas entre nós dão o exemplo de como devemos tratar o nosso planeta.

Salveze-se: Cataki, o “Tinder da reciclagem”, Coleta Seletiva e Reciclagem em condomínios, 5 DICAS PARA SER MAIS SUSTENTÁVEL NA IDA AO SUPERMERCADO, Lixo é dinheiro., Troque lixo por comida!?!, Nave Tierra, Lixo ou resíduos?

DESCUBRA COMO BRASILEIROS PODEM FICAR RICOS NA RÚSSIA

DESCUBRA COMO BRASILEIROS PODEM FICAR RICOS NA RÚSSIAOlga Do Brasil

Você sabe qual é o salário que os brasileiros recebem na Rússia? Spoiler: Eles ganham um salário muito bom!!! Neste vídeo você vai descobrir para quem eles trabalham e quanto ganham!

Rusze-se: Matéria de Capa: Empregos no futuro, Os Empregos Acabaram, Emprego Apoiado, Jovens chineses minimalistas!, Observatório Social do Brasil, Indústria 4.0 ou Quarta Revolução Industrial, Ergonomia no home office: 6 dicas para sua saúde

The Writing On The Wall

Iron MaidenThe Writing On The Wall (Official Video). Fabio OttoliniAGORA BABOU

Taken from the upcoming 17th Studio Album ‘Senjutsu’ – Out September 3.

Across a painted desert lies a train of vagabonds
All that’s left of what we were, it’s what we have become
Once our empires glorious but now the empire’s gone
The dead gave us the time to live and now our time is done

Now we are victorious, we’ve become our slaves
A land of hope and glory, building graveyards for the brave

Have you seen the writing on the wall?
Have you seen that writing?
Can you see the riders on the storm?
Can you see them riding?
Can you see them riding?

Holding on to fury is that all we ever know
Ignorance our judge and jury all we’ve got to show
From Hollywood to Babylon
Holy war to kingdom come
On a trail of dust and ashes
When the burning sky is done

A tide of change is coming and that is what you fear
The earthquake is a coming, but you don’t want to hear
You’re just too blind to see

Have you seen the writing on the wall?
Have you seen that writing?
Can you see the riders on the storm?
Can you see them riding?
Can you see them riding?
Riding next to you

Have you seen the writing on the wall?
Have you seen that writing?
Can you see the riders on the storm?
Can you see the riding?

Have you seen the writing on the wall?
Have you seen that writing?
Can you see the riders on the storm?
Can you see them riding?
Can you see them riding?

Composição: Bruce Dickinson / Adrian Smith. letras.mus

Bruze-se: Angry Birds and Eddie, Joelho de Porco, Medieval Classic Rock, 33 Músicas que não são cantadas pelo vocalista principal, Perdidos na Noite 1986-1988, Where Is My MindJardim da Empatia

O DIA QUE EU CAI DE BICICLETA

AFONSO PADILHA – O DIA QUE EU CAI DE BICICLETA – STAND UP COMEDY

Afonso Padilha

Trecho do stand up comedy sobre o dia que eu cai de bicicleta.

Caize-se: Dinâmicos, Jeguatá: Caderno de Viagem, Pirituba, SOBRE MACONHA, O BRASIL SEGUNDO OS ALEMÃES, Tempestade / Love Vigilantes, 10 fatos sobre inteligência artificial, Batata Frita, o Ladrão de Bicicleta, Andando de bike por ai!!!, A culpa das velhas plásticas

Toda bike importa

Aqui na redação repudiamos esse tipo de postura. Milhares de ciclistas já morreram em acidentes assim. Acreditamos que, além de mal gosto, essas colocações de Murilo Couto podem estimular atitudes criminosas contra ciclistas. Bike aos pedaços

Não nos cabe dizer quais são os limites do humor, mas sim alertar que, quando se trata da vida e da sobrevivência de pessoas, o efeito imediato das falas do Sr. Murilo Couto é a banalização das mortes. Sim, uma piada pode promover mais mortes, classificando a atitude do humorista como incitação ao crime (art. 286 do Código Penal) e discurso de ódio, travestidos de “humor”.

Como disse o secretário-geral da ONU, António Guterres, enfrentar o discurso de ódio não significa limitar ou proibir a liberdade de expressão. Significa evitar que este discurso se transforme em algo mais perigoso, particularmente que incite discriminação, hostilidade e violência, o que é proibido pela legislação internacional.

Portanto, repudiamos com veemência as falas do Sr. Murilo Couto. As risadas de um punhado de pessoas em uma sala de teatro não podem justificar a morte de milhares de ciclistas e o luto de seus familiares e amigos. Basta de mortes no trânsito e de discursos de ódio. Aliança Bike – Associação Brasileira do Setor de Bicicletas

 (crédito: WILLFOTOGRAFO)

Em sua apresentação o humorista fala com alguém da plateia e o questiona sobre qual esporte pratica, quando a resposta é ciclismo, Murilo começa a fazer comentários sobre a modalidade. O motivo da protocolação é a fala sobre o atropelamento de ciclistas “No caso dos ciclistas, eu dou razão para o motorista de ônibus que atropela” diz, Murilo. Correio Braziliense

De acordo com o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), os ciclistas devem utilizar ciclofaixas, ciclovias ou acostamentos. No caso de não haver estes espaços, devem usar a borda direita da pista, no mesmo sentido dos demais veículos.

O responsável pela denuncia é o defensor público, Alessandro Tertuliano, que apresentou queixa como cidadão e praticante da modalidade. A iniciativa veio através da revolta da classe pela “piada” sobre algo delicado para quem é praticante. “Sou ciclista amador e pedalo de 5 a 6 vezes, toda semana e sinto na pele o perigo que corremos diariamente com motoristas que não gostam de Ciclistas, como o Murilo Couto” afirma Alessandro.

“Ficamos alarmados que uma pessoa pública estimule que um motorista possa vir a ferir ou matar um ciclista. Acreditamos na liberdade de expressão como princípio fundamental da democracia, mas é inadmissível a expressão de discursos que incentivem o ódio e a violência contra quem quer que seja”, disse a União Brasileira dos Ciclistas (UBC) em nota. Diario do Nordeste

Bikeze-se: Bike or die!, Não Foi Acidente, NÃO É CARRO X BICICLETA., Uma Noite de 12 Anos, Muda Mooca, Eu vou de bike, e você?, Trânsito, amigo!, Bicimáquinas, Uma viagem de bicicleta, Por que os jovens já não querem comprar carro nem casa própria?

Aldeia360

O projeto em realidade virtual, que poderá ser acessado por meio do link Aldeia360 – disponível somente a partir do dia 19 de abril -, tem como um de seus propósitos compartilhar a realidade dos Guarani, para estabelecer o espaço de arte e cultura entre comunidade, artistas e público em geral, proporcionando visita virtual em 360° neste local sagrado e ainda pouco conhecido de nossa população. CicloVivo

Tekoa Itakupe

No momento em que a pandemia de Covid-19 assola o planeta e coloca os povos indígenas como grupo de risco, o “Aldeia360” nos transporta virtualmente por celular, computador ou headset de realidade virtual, para a terra indígena Jaraguá, localizada no noroeste da cidade de São Paulo. Em um ambiente tão marcado por concreto e urbanismo, no Pico do Jaraguá, um importante ponto turístico, estão localizados mais de 1000 indígenas Guarani Mbya, que através de sua cultura e atividades mantém o modo de viver tradicional, mesmo dentro da maior metrópole do país. Com uma grande reserva de Mata Atlântica no local, que compõe o chamado Cinturão Verde da Cidade, por lá se dividem diversas aldeias desse grupo pertencente à família linguística tupi-guarani, que atualmente estão espalhados pelo Brasil, Argentina, Paraguai e Uruguai.

Para os Guarani, o conceito de “cultura” é entendido pela palavra “nhandereko” (em português, “nosso modo de viver”) e é justamente uma experiência imersiva neste universo que é possível viver dentro do “Aldeia360”.

“O povo indígena resiste a São Paulo. Eu sempre falo muito isso. Muita gente, quando escuta que na cidade existem aldeias indígenas, não acreditam ou já começam a ter alguma atitude preconceituosa. Para nós, estar aqui, é uma demonstração da resistência Guarani. Aqui as crianças já nascem com essa cultura, já praticam os costumes, falam a língua e eu agradeço a Nhaderu (Deus Guarani) por colocar pessoas no nosso caminho para ajudar a divulgar nosso modo de vida, nossa realidade”, conta a Cacica da Tekoa Itakupe, Geni Para Yry.

Aldeiaze-se: Cuaracy Ra’Angaba – O céu Tupi Guarani, Guarani Kaiowa, Os Guarani convocam povo de SP para proteger Terra Indígena Jaraguá, Resistência Guarani, Mapa Guarani Digital – Lançamento, AGUYJEVETE