Cursos online e gratuitos sobre agrofloresta, permacultura e ecodesign

Uma série de empresas começou a disponibilizar cursos gratuitos para quem está em quarentena. A CicloVivo lista abaixo cursos com o viés da sustentabilidade que está disponível nas redes, aproveite:

Sustentabilidade em Design de Interiores

Como adotar a sustentabilidade na aplicação de um design interno? Como ser sustentável na hora de projetar os espaços? É para abordar este tema que o Senac EAD está promovendo uma palestra online com a arquiteta Renata de Figueiredo.

Aromaterapia

A partir do dia 30 de março, a naturóloga Vanessa Puton dará quatro palestras para quem deseja trabalhar com aromaterapia. Os conteúdos são totalmente online e gratuitos, mas é preciso garantir sua vaga inscrevendo-se.

Introdução à Horta Urbana Orgânica

Por meio de vídeos no Youtube, você aprende como começar sua horta caseira.

Sistemas agroflorestais para pequenos produtores

Em quatro módulos, os técnicos do Instituto explicam a pequenos produtores rurais como eles podem realizar o sistema de plantio, quais os benefícios socioeconômicos que ele traz e como esse modelo também é importante para a biodiversidade.

Permacultura em situações de colapso

Ao longo das aulas serão tratados temas como produção de alimentos em pequenos espaços, soberania alimentar e autossuficiência de energia e água. Curso é disponibilizado pelo Instituto Pindorama.

Modelo de negócio de impacto socioambiental

O curso como criar um modelo de negócio de impacto socioambiental tem o objetivo de ensinar os conceitos essenciais para o entendimento e a estruturação de iniciativas que promovam as mudanças na sociedade e no meio ambiente. O curso é do Sebrae e tem carga horária de 24 horas.

Introdução ao sistema agroflorestal

Também ofertado pelo Instituto Pindorama, o curso é composto por 13 vídeos. Cada um tem em média 10 minutos de duração.

Ecodesign de cidades (University of British Columbia, do Canadá)

A proposta é mostrar como a ecologia pode orientar o design para evitar desastres ambientais e melhorar a vida das pessoas. Além de abordar projetos de destaque, também são exemplificadas pequenas ações que podem ser adotadas em qualquer comunidade.

Curso de arquitetura de Harvard

Uma das universidades mais prestigiadas do mundo disponibiliza um curso gratuito de arquitetura. O curso tem duração de 10 semanas, se for investido de três a quatro horas por semana.

Cursos edx

A edx é uma plataforma de aulas online bastante conhecida e reúne diversos conteúdos relacionados à sustentabilidade, confira aqui e aqui.

Cursos da ONU

O programa UN CC:Learn reúne uma série de conteúdos de capacitação sobre mudanças climáticas, economia verde e desenvolvimento sustentável. Apenas um deles possui versão em português: Curso online introdutório sobre mudança climática. Mas há outras opções para falantes de inglês.

Design permacultural

Quais os princípios e técnicas de design de Permacultura? E suas aplicações? A Universidade do Estado do Oregon, nos EUA, disponibiliza um curso em vídeos para aprofundar este tema. As aulas são sugeridas para serem concluídas em 10 semanas.

Na Natureza Selvagem (spoiler)

A vida começa a acabar no momento em que você entra na escola. Com sorte, depois dela você vai para a faculdade, mesmo que ainda não tenha a menor maturidade para escolher uma carreira. Com mais sorte ainda, depois da faculdade você vai arranjar um emprego, mesmo que ainda não tenha a menor condição de saber o que está fazendo ali. Então você vai passar os seus anos sonhando com férias e se aposentar quando a melhor fase da vida tiver ficado pra trás. O roteiro do que esperam de você já está pronto: casar, ter filhos, pagar as contas, tentar juntar algum patrimônio, pensar no seu futuro, pensar no futuro da sua família, pagar previdência, planos de saúde e seguro de vida. Paralelamente a isso tudo, você precisa aproveitar a vida, viver intensamente, aproveitar cada segundo, carpe diem, para não sentir que viveu em vão. Então você preenche o vazio com viagens, sexo, filhos, animais de estimação, comida, futebol, filmes, sei lá. E mesmo se conseguir fazer tudo isso, sempre vai aparecer alguém para dizer que você jogou a sua vida fora, que poderia ter feito muito mais, que é acomodado, fraco ou pouco ambicioso. A pressão só aumenta. Nunca fica mais fácil. Renato Thibes

“Na Natureza Selvagem” conta a história real de Christopher McCandless (Emile Hirsch), o jovem que fugiu de casa depois da formatura, em 1990, para viver como um andarilho pelos EUA sob o codinome Alexander Supertramp, até morrer no Alasca dois anos depois. Sua trajetória foi contada no livro de mesmo nome de Jon Krakauer e adaptada para o cinema por Sean Penn. Um road movie de grandes paisagens e muita contemplação, montado com flashbacks, recortes, narrações, improvisos, quebras da quarta parede e citações — ele abre com um poema de Lord Byron sobre amar mais a natureza do que o homem e depois são citados Tolstoi, Thoreau e Jack London. Medium

O cantor Eddie Vedder, que compôs toda a trilha sonora do filme e deu voz ao interior do personagem, disse em uma entrevista que Alexander talvez fosse a última pessoa no mundo a querer ver sua trajetória transformada em algo comercial e trivial, mas que o filme conseguiu capturar a visão simbólica que o garoto tinha e repassá-la de maneira comovente e verossímil, importando-se mais em contar a verdade do que apenas em vender ingressos. Laís Dias – Super interessante

Selvazem-se: Faça uma EvoluçãoGlobal Citizen FestivalIsolamento Domiciliar, Covid-19Nise – O Coração da LoucuraAssédio moral (bullying, manipulação perversa, terrorismo psicológico).Top 50 Cover Songs from MoviesA pele que habitoJay and Silent BobJosé Mojica MarinsBesourinha

Imunidade de rebanho

A idéia de “gerenciar a disseminação” de uma doença para que a população ganhe imunidade, conhecida como “imunidade de grupo” ou “efeito rebanho”, de acordo com esse conceito, aqueles que estão em risco de infecção podem ser protegidos porque estão cercados por pessoas resistentes à doença. Pallab Ghosh – BBC News

A “imunidade de grupo” é normalmente usada por epidemiologistas para falar dos benefícios da aplicação de vacinas recebidos por pessoas que não as tomaram. Isso porque, uma vez vacinados, elas ganham imunidade contra um determinado patógeno, beneficiando indiretamente toda uma comunidade, inclusive aqueles que não tiveram acesso à vacinação.

Imunidade de rebanho é o conceito que explica como a maioria de uma população adquire resistência a um agente infeccioso, pode-se cogitar que apenas cruzar os braços enquanto a população fosse infectada pelo novo coronavírus e protegendo os mais vulneráveis.

imunidade de rebanho pode ser entendida assim, quanto maior o número de infectados pelo SARS-CoV-2, mais pessoas se tornariam resistente ao vírus devido à memória imunológica adquirida, chegando a um momento em que o patógeno pararia de se disseminar a rodo por falta de hospedeiros suscetíveis.

problema desse raciocínio é que o coronavírus é um agente infeccioso novo e não sabemos quantas pessoas ele é capaz de infectar caso nenhuma medida seja adotada. Além disso, a imunidade de rebanho tem ótimos resultados quando é feita de forma controlada, utilizando vacinas. Natalia Pasternak e Luiz Gustavo de Almeida

Era comum mães de crianças com catapora ou sarampo juntarem os filhos contaminados com outros pequenos saudáveis. Eram as “festas do sarampo”. Até podia funcionar, mas o processo não era isento de riscos. 

O número de reprodução básico (R0) é utilizado para medir o potencial de transmissão de um vírus, esse número é uma média de para quantas pessoas um paciente infectado é capaz de transmitir o patógeno, assumindo que as pessoas próximas ao paciente não são imunes a ele, fatores como condições ambientais, forma de transmissão, duração da infecção e comportamento da população infectada, afetam diretamente o cálculo.

O número de infecção efetivo (R), considerando que uma população raramente será totalmente suscetível a uma infecção no mundo real. Alguns contatos estarão imunes devido a uma infecção prévia que conferiu imunidade ou como resultado de imunização anterior, pela ação das vacinas. Portanto, nem todos os contatos serão infectados e o número médio de casos secundários por caso infeccioso será menor que o número básico de reprodução. Nesse cálculo, levamos em consideração as pessoas que são suscetíveis e não suscetíveis.

Com essas informações apresentadas, podemos concluir que, caso o valor de R seja maior do que 1, o número de casos aumentará, iniciando uma epidemia. Para que um vírus pare de se espalhar, o R tem que ser menor do que 1. Para fazer uma estimativa de R, multiplicamos o valor de R0 pela fração suscetível de uma população.

Utilizando o mesmo exemplo do sarampo, temos o R0 = 15. Esse vírus começa a se disseminar em um local em que 60% da população é imune, logo 40% da população é suscetível. O número reprodutivo efetivo para o sarampo nessa população é 15 x 0,4 = 6. Nessas circunstâncias, um único caso de sarampo produziria uma média de seis novos casos.

Utilizando o mesmo exemplo do sarampo, temos o R0 = 15. Esse vírus começa a se disseminar em um local em que 60% da população é imune, logo 40% da população é suscetível. O número reprodutivo efetivo para o sarampo nessa população é 15 x 0,4 = 6. Nessas circunstâncias, um único caso de sarampo produziria uma média de seis novos casos.

No cenário do sarampo, já conseguimos captar a importância da vacinação e podemos entender por que os agentes de saúde defendem que, nesse caso, precisamos ter uma cobertura vacinal de 95% da população. Não adianta 90%, tem que ser 95%. Veja os cálculos nesses dois cenários com esse vírus:

  • Se vacinarmos 90% da população, estimamos que 10% da população é suscetível, portanto o cálculo de R é 15 x 0,1 = 1,5. O R ainda é maior do que 1 e o vírus vai se espalhar.
  • Se vacinarmos 95% da população, estimamos que 5% da população é suscetível, portanto o cálculo de R é 15 x 0,05 = 0,75. O R é menor do que 1 e o vírus vai parar de se disseminar.

 Vacinar, portanto, não é uma questão pessoal, mas social. Ainda assim, vale notar que, em 2019, tivemos mais de 13 mil casos de sarampo no Brasil.

A conta toda é bem mais complicada e simplificamos ao máximo para que se tenha uma ideia da importância da vacinação e da irresponsabilidade de deixar a população exposta ao vírus sem tomar medidas não farmacológicas, caso do isolamento social.

Imunize-se: Pegadas na areia, Nós existimos para ajudar aqueles que precisam, Timo, Uma pandemia simulada?!?, Córnea feita de células-tronco “reprogramadas”, Abelha, o ser humano mais importante do planeta

Vida imbecil

Vida Imbecil – Pato Fu. Gol de Quem?

Terra boa que Deus deu nós
E nóis quer mudar o mundo
Esse mundo é tão perfeitim
Esse mundo é mesmo um amor

Eu levo uma vida imbecil
Zanzando atrás do que é bom
Calculo a carne comida
Controlo o que vai no meu pão
Peixinho que mora no mar
Só encontro quando vou pescar
Cê vê que imbecil

Esse mundo é tão perfeitim
Esse mundo é mesmo um amor
Que terra boa que Deus deu nóis
E nóis quer mudar o mundo

Quem crê diz que tudo consegue
E em tudo aquilo que cri
Eu cri até que desisti
Desisti porque não consegui
Cê vê que imbecil é a vida

Ok existe fome, violência,
Estupidez e hogerizas nucleares
Ma io, io che amo
Io che amo solo te
Amore escusame
Amore escusame

Contos Indianos

Várias tradições antigas usavam contos como método didático, pois facilitava a apreensão mais profunda das idéias. Nova Acrópole (Internacional) apresenta, através da palestrante Lúcia Helena Galvão alguns dos mais belos contos indianos.

Contos Indianos com comentários filosóficos da Prof. Lúcia Helena Galvão – YouTube

MÚSICA – Inn Lamhon Ke Daaman Mein, da trilha sonora do belíssimo filme indiano JODHAA ACKBAR.

INÍCIO DE CADA CONTO:

0:53 — Ações e destinos

10:05 — Tudo acontece para o melhor

16:45 — Onde estamos verdadeiramente

22:41 — Os sonhos do rei

34:04 — A pergunta de Ananda

38:40 — A dúvida de Narada

48:37 — O filósofo e o sábio

57:43 — Valmiki

Nova Acrópole (Brasil – Centro-Oeste, Norte e Nordeste, exceto Bahia) é uma organização filosófica presente em mais de 50 países desde 1957, e tem por objetivo desenvolver em cada ser humano aquilo que tem de melhor, por meio da Filosofia, da Cultura e do Voluntariado. Nova Acropole (Brasil – Sul, Sudeste e Bahia) – Publicado em 27 de jun. de 2017

Facebook: www.facebook.com/NovaAcropoleBrasil

Cursos online e conteúdos gratuitos

Nesse período de isolamento compulsório, empresas de streaming, livros digitais e instituições de ensino liberam acesso gratuito ao seu conteúdo durante a quarentena da COVID-19. Joy Macedo

Livros e notícias

  • AmazonLivros de graça para o Kindle. Títulos sobre sociologia, educação, psicologia, política, entre outros.
  • Jornais brasileiros: Ao menos 12 publicações brasileiras liberam conteúdo liberaram nos seus sites o acesso de não assinantes à reportagens sobre o novo Coronavírus. Folha (SP), O Estado de S.Paulo, Correio (BA), O Povo (CE), GaúchaZH (RS), O Correio do Povo (RS), Jornal do Comércio (RS), Gazeta do Povo (PR), NSC Total (SC), A Gazeta (ES) e O Popular (GO) fazem parte dos que derrubaram o paywall.

Filmes e séries

  • GloboPlay: Liberado por 30 dias para não assinantes.
  • Oi: Sinal aberto de diversos canais até o dia 28 de março para assinantes de todo o país. Incluindo canais como Nick, Nick Jr, E!, AXN, A&E, Lifetime, Cinemax, Sony, Telecine, Paramount.
  • Vivo: Canais liberados no Vivo Play, além de bônus de internet móvel por dois meses para clientes ativos de planos pós-pagos e controle, bem como na ativação e renovação da promoção Vivo Turbo no pré-pago.
  • Claro: Canais liberados de TV por assinatura e Wi-Fi público. Para ter acesso, basta assistir aos vídeos informativos do Ministério da Saúde sobre o Coronavírus.
  • Sky: Assinantes terão mais de 70 canais disponíveis por tempo indeterminado.
  • Spcine Play: Plataforma pública de streaming do Brasil. A curadoria exibe filmes das principais mostras e festivais de cinema de São Paulo, incluindo shows, espetáculos, palestras e performances. Conteúdo gratuito por 30 dias.

Para as crianças

  • Kinedu: App oferece mais de 1.800 atividades de desenvolvimento divertidas para crianças de 0 a 4 anos. O app está disponível para Android e iOS e o conteúdo está liberado até 15 de abril.

Cursos online gratuitos

  • Impacta TecnologiaO centro de ensino disponibilizou diversos cursos gratuitos, a lista vai desde os avançados como Big Data aos clássicos do dia a dia, em finanças, design, marketing e outros.  A experiência de aprendizado é similar a uma plataforma de streaming: a pessoa escolha o curso, a lista de favoritos, a certificação e outros detalhes em tempo real.
  • Harvard: 100 cursos online gratuitos em áreas como Arte e Design, Negócios e Gestão, Ciência da Computação, Governo, Leis e Política, entre outros.
  • Oxford University: Conteúdo gratuito de seus principais periódicos e recursos online para auxiliar pesquisadores, profissionais da medicina, gestores políticos e demais profissionais que trabalham na abordagem dessa emergência de saúde pública.
  • MIT:  Dentre os cursos gratuitos oferecidos pelo Massachusetts Institute of Technology (MIT) estão temas como Circuitos e eletrônica, Equações diferenciais, Arquitetura, Introdução a engenharia aerospacial, Introdução a aerodinâmica, Introdução a Ciência da Computação e Programação Usando Phyton, entre outros.
  • Notorium Play: Plataforma oferece cursos de direito gratuitos por 30 dias. Conteúdo inclui congressos online, aulas, documentários, mini cursos, entre outros.
  • Stoodi: Acesso gratuito às videoaulas e banco de exercícios durante 30 dias.
  • SENAI: O Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial liberou 12 cursos online gratuitos com certificado. Áreas de TI, Finanças, Empreendedorismo e outros.
  • Udemy: Plataforma liberou 40 cursos online gratuitos da área de programação e tecnologia.
  • FGV: Fundação Getúlio Vargas liberou 55 cursos online gratuitos e com certificado. Dentre as áreas estão: Direito, Administração, Marketing, RH e outros.
  • Olhar de Cinema+: Para profissionais de audiovisual. Vídeos de Insights, Cineclube e Transmissão ao vivo gratuitas. tecmundo

A melhor saída é se adaptar à nova realidade e aproveitar as oportunidades que surgirem, é uma ótima maneira de usar o seu tempo e adquirir mais conhecimento. Juliana Morales – Guia do Estudante

Harvard

A famosa Universidade Harvard, nos Estados Unidos, liberou mais de 100 cursos gratuitos (totalmente em inglês) em sua plataforma online para diversas áreas. Entre elas, estão: Artes e Design, Ciências Sociais, História e Ciência Ambiental. Os cursos podem ser acessados diretamente no site da universidade.

Udemy

A rede abriu mais de 400 cursos gratuitos para quem deseja aprender técnicas básicas de informática. De Excel a aulas mais complexas, como programação para crianças com ferramenta do MIT. Confira os cursos no site da Udemy.

Senai

O Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) está com 12 cursos online gratuitos com certificação. Os temas são: Consumo Consciente de Energia, Desenho Arquitetônico, Educação Ambiental, Empreendedorismo, Finanças Pessoais, Fundamentos de Logística, Logística de Programação, Propriedade Intelectual, Segurança do Trabalho, Metrologia, Noções Básicas de Mecânica Automotiva e Tecnologia da Informação e Comunicação. Todos os cursos dão certificado aos alunos. Mais informações no site.

USP

Na plataforma Coursera, é possível achar 17 cursos online disponibilizados pela Universidade de São Paulo (USP). Marketing, ciência da computação, design, biologia são algumas das áreas de estudo. Para acessar os links, basta ir ao site do Coursera e pesquisar por “Universidade de São Paulo”.

LinkedIn

O LinkedIn liberou gratuitamente o conteúdo chamado “Trabalho Remoto: Colaboração, foco e produtividade”. São mais de 10 tópicos de estudo com professores, escritores e especialistas de diversas áreas, somando mais de 10 horas de curso. Para acessar o conteúdo, basta ir ao site do LinkedIn e escolher o tópico que você quer estudar.

IFRS

O Instituto Federal do Rio Grande do Sul (IFRS) também disponibilizou diversos cursos online de diferentes áreas – a lista completa de opções está no site. Para escolher o curso e se inscrever, acesse o portal de cursos do IFRS.

Cursos de inglês

A Universidade Estadual Paulista (Unesp) oferece o curso de Escrita em Língua Inglesa através do Ensino a Distância, que pode ajudar na carreira do aluno. Conheça o curso clicando aqui.

A SEDA College, escola de idiomas localizada em Dublin, na Irlanda, também irá disponibilizar, gratuitamente, todo o conteúdo de sua plataforma de cursos, a SEDA College Online. São mais mais de 50 cursos em vídeo-aulas, ministrados por uma equipe de oito professores, e que atendem do nível básico ao avançado. Para acompanhar as aulas ao vivo, é preciso fazer uma inscrição até o dia 29 de março, pelo site.

Universalize-se: Universidades do mundoSilêncio, aulas?Memória aprimoradaLivro de JóGrafeno x tudoEu tenho DownEnem em Portugal?!?O ( Pi ) π e o ( Phi ) ΦUm mar de informações!!!Mapa mentalHumans

Capitão Fantástico

Ben (Viggo Mortensen) tem seis filhos com quem vive longe da civilização, no meio da floresta, numa rígida rotina de aventuras. As crianças lutam, escalam, leem obras clássicas, debatem, caçam e praticam duros exercícios, tendo a autossuficiência sempre como palavra de ordem. AdoroCinema

Em uma clara inspiração ao filme e à história de Na Natureza Selvagem, nos divertimos e nos emocionamos com uma família que se recusa a ser retratada como “aberrações da natureza” ou “bichos do mato”. Apenas por uma opção de vida, percebemos, portanto, que não significa que seus filhos são menos educados do que aqueles que vão regularmente à escola. As crianças são estimuladas todo o tempo a desenvolver o senso crítico e a argumentação.

A família mora na floresta e rapidamente aprendemos a forma como eles vivem: caçam e plantam seus próprios alimentos, tocam instrumentos musicais, praticam esportes e outros treinamentos de resistência e condição física diariamente e são educados pelo próprio pai, o qual mantém este estilo de vida justamente para evitar que seus filhos sejam contaminados pela cultura consumista e materialista da sociedade urbana.

Qual pai ou mãe não se identifica com alguém que faz enormes sacrifícios, que às vezes carrega o fardo por errar ou tropeçar no meio do caminho, mas que sempre faz tudo em nome de seus filhos, para que eles tenham um futuro melhor e digno? Quem não quer proteger seus filhos dos males de uma sociedade falha e que se apresenta muitas vezes corrompida? Gabriella Tomasi – Cabine Cultural

Fantastique: Brazil, o filmeLavar as mãos (Mão)O Último Cine Drive-inPK12 MonkeysJay and Silent BobI, pet goat IIIdiocracyThe MartianRepo manOutro Olhar

Como consertar o mundo?!?

Era uma vez, um cientista que vivia preocupado com os problemas do mundo e decidido a encontrar meios de melhorá-los. DANIEL PIAMOLINI

Passava dias e dias no seu laboratório à procura de respostas.

Um dia, o seu filho de sete anos invadiu o seu santuário querendo ajudar o pai.

Claro que o cientista não queria ser interrompido e, por isso, tentou que o filho fosse brincar em vez de ficar ali, atrapalhando-o.

Mas, como o menino era persistente, o pai teve de arranjar uma maneira de entretê-lo no laboratório.

Foi, então, que reparou num mapa do mundo que estava na página de uma revista. Lembrou-se de cortar o mapa em vários pedaços e depois apresentou o desafio ao filho:

– Filho, você vai me ajudar a consertar o mundo! Aqui está o mundo todo partido. E você vai arrumá-lo para que ele fique bem outra vez! Quando você terminar, me chame, ok?

O cientista estava convencido que a criança levaria dias para resolver o quebra-cabeças que ele tinha construído.

Mas surpreendentemente, pouco depois, o filho já chamava por ele:

– Pai, pai, já fiz tudo. Consegui consertar o mundo!

O pai não queria acreditar, achava que era impossível um miúdo daquela idade ter conseguido montar o quebra-cabeças de uma imagem que ele nunca tinha visto antes.

Por isso, apenas levantou os olhos dos seus cálculos para ver o trabalho do filho que, pensava ele, não era mais do que um disparate digno de uma criança daquela idade.

Porém, quando viu o mapa completamente montado, sem nenhum erro, perguntou ao filho como é que ele tinha conseguido sem nunca ter visto um mapa do mundo anteriormente.

– Pai, eu não sabia como era o mundo, mas quando você tirou o papel da revista para recortar, eu vi que, do outro lado da página, havia a figura de um homem.

Quando você me deu o mundo para eu consertar, eu tentei mas não consegui. Foi aí que me lembrei do homem. Virei os pedaços de papel ao contrário e comecei a consertar o homem que eu sabia como era.

Quando consegui consertar o homem, virei a folha e vi que tinha consertado o mundo. Autor Desconhecido – Consciência Cósmica

Costa Oeste News

O autoconhecimento é o inicio para que as mudanças possam acontecer. Só depois que conhecemos nossos medos, sonhos, objetivos, propósitos e limites, poderemos nos policiar para melhorarmos e contribuirmos para um mundo mais humano e justo.  Mulheres Empreendedoras-PI

“Seja a mudança que tanto procura nos outros. As pessoas não mudam com cobrança, mudam com exemplos.”

HuMundanize-se: Esta estação de metrô parece abandonada?, Boas Idéias Que Todos Os Países Deveriam Adotar, Portas abertas, PLANKTON INVASION, Na trave!

TÁBUA DE ESMERALDA

TÁBUA DE ESMERALDA – Histórico, breve contextualização: LÚCIA HELENA GALVÃO

Parte 1 – Elementos históricos: A Escola de Filosofia Nova Acrópole apresenta um esboço de interpretação sobre um dos antigos textos que fundamentaram o famoso CAIBALION: A TÁBUA DE ESMERALDA. A professora e voluntária LÚCIA HELENA GALVÃO nos fala do texto atribuído ao misterioso sábio egípcio, HERMES TRISMEGISTO.

TÁBUA DE ESMERALDA 2 / 2 – Comentários filosóficos sobre O CONTEÚDO – LÚCIA HELENA GALVÃO

Parte 2 – Comentários Filosóficos: A Escola de Filosofia Nova Acrópole apresenta pesquisa sobre um dos antigos textos que fundamentaram o famoso CAIBALION: A TÁBUA DE ESMERALDA.

Quer receber conteúdos no whatsapp? Mande uma mensagem informando seu nome e cidade (Nome – Cidade – Sigla do Estado) para o número (63) 98442-7676 e participe da lista de transmissão filosófica.

Instagram: @novaacropolebrasil

Facebook: NovaAcropoleBrasil

Twitter: https://twitter.com/novaacropolebr1

Spotify: https://open.spotify.com/show/64tJx8P

Soudclound: https://soundcloud.com/palestrasfilos

Itunes: https://itunes.apple.com/us/podcast/i

A Nova Acrópole é um organização sem fins lucrativos, temos como objetivo promover a filosofia, cultura e voluntariado. Todos os envolvidos, incluindo professores e editores são voluntários. São mais de 80 unidades da Nova Acrópole no Brasil. Estude conosco na escola mais próxima!

Esmerelze-se: Convite à FilosofiaAscese, de Nikos Kazantzákis17 citações de Osho e SadhguruE-BOOKs GRATUITOSReceita contra a depressão21 gramasCouro de livroThe Matrix NorrisSanta BucetaA verdade pode estar no ovo

Caroço de abacate vira talher biodegradável no México

O México é responsável por 50% da produção de abacate no mundo e foi no país que uma empresa desenvolveu uma forma de utilizar a fruta de maneira mais consciente. Consumidor Moderno

A iniciativa da empresa mexicana é a redução da poluição plástica nos ecossistemas, inclusive em oceanos. A composição vegetal dos produtos pode biodegradar quando enterrada no subsolo ou dentro do depósito de lixo.

Os microplásticos são responsáveis por grande parte da poluição dos oceanos e pela contaminação da vida marinha e da vida terrestre.
Outros estudos indicam ainda que a inalação desses microplásticos — que têm produtos químicos em sua composição —, pode levar à irritação respiratória, inflamação, fibrose e até mesmo câncer de pulmão, devido a vida prolongada do material no organismo. Apenas 20% de todo o plástico produzido no planeta é reciclado. No Brasil, a reutilização não passa de 2%. Jade Gonçalves Castilho Leite

Folhas de árvores podem virar pratos, amido de inhame é usado para criar canudos e banana verde se transforma em diversos tipos de recipientes ecológicos. Marcia Sousa – Ciclo Verde

A BioFase coleta sementes de abacate de empresas que processam abacates para fazer guacamole ou óleo. A empresa mexicana BioFase está apostando em um subproduto bastante conhecido: o caroço de abacate.

Talheres e canudos fabricados pela companhia têm a matéria-prima ecológica em 60% de suas composições e outros 40% são formados por compostos orgânicos sintéticos. O produto final promete ser adequado para comidas quentes e frias, além de ser forte o suficiente para não dobrar.. Quando mantido em local fresco e seco, os talheres são utilizáveis por até um ano. Daí, quando o descarte for inevitável, basta enterrá-los no solo que eles se degradam em 240 dias.

Avocaze-se: SANDUÍCHES SEM PÃO, Conheça 13 maneiras de reaproveitar sobras e cascas de frutas e vegetais, Comer faz bem, Plástico Pena, China e 11 milhões de plásticos, Tapetes do fundo do mar e reflexão sobre preservação dos oceanos, A culpa das velhas plásticas

Dolly vai a luta

Os juízes Eduardo Rocha Penteado, da 14ª Vara Federal em Brasília, e Carlos Loverra, da 1ª Vara Federal em São Bernardo do Campo (SP), transformaram a Dolly de devedora em credora de impostos federais. Dos pedidos da Procuradoria Geral da Fazenda Nacional (PGFN), na casa do R$ 1,7 bilhão, agora a engarrafadora de bebidas é credora de valores em torno de R$ 200 milhões em tributos federais. Emerson VoltareConjur

Marca enfrenta uma longa batalha judicial

Laerte Codonho, criador dos refrigerantes Dolly, entra com uma ação indenizatória contra os procuradores federais e estaduais que o levaram à prisão e bloquearam seus bens. Ele se diz vítima de má-fé, abuso de direito e perseguição da Coca-Cola. O empresário também contesta a dívida bilionária atribuída a suas empresas e afirma que seu propósito é estabelecer a verdade. Isto é Dinheiro

O presidente da Dolly, Laerte Codonho, afirma que foi vítima da mesma prática e que a Neoway não tem isenção para manejar informações confidenciais e gerar relatórios contra sua empresa, já que tem como acionistas ex-diretores da Ambev e da Coca-Cola, concorrentes diretos no mercado de bebidas. Isto é

Empresas de big data, que manejam e analisam grandes quantidades de dados públicos e privados, enfrentam um dilema ético em todo o mundo sobre o que podem fazer com as informações que obtêm sob contrato. Ao prestarem serviços para órgãos públicos, seu trabalho pode se confundir com pura espionagem. Documentos secretos obtidos por Edward Snowden, em 2013, mostraram que os Estados Unidos, por exemplo, usaram tecnologias de big data para espionar brasileiros. Empresas dedicadas a esse tipo de serviço utilizam computadores extremamente poderosos para analisar grandes quantidades de dados e quebrar a criptografia que garante a privacidade e a segurança das informações de quem está sob investigação. No caso da Neoway ainda não está provado que ela tenha cometido irregularidades contra a Dolly. Vicente Vilardaga

Uma marca 100% nacional no mercado de refrigerantes desde 1987, a Dolly destaca-se pela qualidade de seus produtos e, principalmente, por ser a pioneira no mercado de refrigerantes dietéticos no Brasil, conquistando o respeito e credibilidade do consumidor brasileiro ao se consagrar um sucesso no mercado de refrigerantes, em 2003.

O Ministério da Agricultura proibia a fabricação de refrigerantes com edulcorantes sintéticos, o Ministério da Saúde liberava todos os outros produtos dietéticos, desde gelatinas até chocolates e afins. Esta situação só foi alterada em 1987, quando Laerte Codonho, fundador da Dolly – após testar exaustivamente a fórmula do Diet Dolly juntamente à sua equipe de pesquisas e ter o seu registro negado pelo Governo Federal – impetrou ação judicial contra a lei que proibia a produção dos refrigerantes dietéticos. 

Dollyze-se: Edson Novaes (Yes, its me – Compartilhe), Dior to door by folha, Semana de Global do Empreendedorismo, , 1ª Arena de Inovação da cidade de São Paulo, Como monetizar seu blog, Com empreender

FGV libera 55 cursos online gratuitos

O ensino a distância é a única forma segura de continuar estudando e ampliando o conhecimento. A Fundação Getulio Vargas (FGV) liberou 55 cursos gratuitos em sua plataforma de ensino on-line. Ao final, o aluno aprovado consegue emitir um certificado da instituição. Strong

entidade integra o Open Education Consortium (OEC), consórcio de instituições de ensino que oferecem conteúdos e materiais didáticos sem custo. As atividades contemplam dez áreas de atuação, como Direito, Administração Pública, Economia e Finanças, Educação e Humanidades, Estratégia e Negócios, Gestão de Setores Específicos, Liderança e Pessoas, Marketing e Vendas, Relações Internacionais e Tecnologia e Ciência de Dados. Escola Superior do Ministério Público da União (ESMPU)

Para acessar os cursos é só clicar:

  1. Análise introdutória de crédito e risco de crédito
  2. Apresentação do sistema tributário nacional
  3. Aspectos mercadológicos na gestão de Preços: conceitos fundamentais
  4. Bases conceituais dos modelos de gestão
  5. BSC: introdução à criação e execução da estratégia
  6. Cálculo financeiro básico para administração financeira
  7. Como fazer investimentos 1
  8. Como fazer investimentos 2
  9. Como Gastar Conscientemente
  10. Como organizar o orçamento familiar
  11. Como planejar a aposentadoria
  12. Conceitos básicos de matemática financeira
  13. Contexto e Importância dos Recursos Humanos
  14. Contratos: negociações preliminares
  15. Definições e objetivos da gestão de projetos
  16. Direito de Família
  17. Direito e Esporte
  18. Ética Empresarial
  19. Ética Empresarial (espanhol)
  20. Formação Docente para Professores de Direito
  21. Fundamentos da Gestão de Custos
  22. Fundamentos da Gestão de TI
  23. Fundamentos das Relações Internacionais
  24. Fundamentos de Administração Financeira
  25. Fundamentos de Finanças
  26. Fundamentos de Marketing
  27. Gestão de vendas: noções básica de criação de estratégia
  28. Gestão e liderança: conceitos básicos da função gerencial
  29. Imagem e Direitos na Web
  30. Impacto da TI nos negócios
  31. Introdução à Administração Estratégica
  32. Introdução à comunicação institucional
  33. Introdução à comunicação na era digital
  34. Introdução à controladoria
  35. Introdução a finanças: sistema financeiro e geração de valor
  36. Introdução à gestão de recursos humanos
  37. Introdução à Gestão de Serviços com Foco no Envelhecimento
  38. Introdução à Gestão Financeira Internacional 
  39. Introdução à negociação
  40. Introdução a Precificação e Comportamento da Demanda 
  41. Introdução ao Direito Imobiliário
  42. Introdução ao estudo de mercado e produtos
  43. Introdução ao tema da liderança
  44. Introdução aos sistemas de informação em marketing
  45. Introdução às relações de consumo e aos direitos básicos
  46. Introducción a la Administración Estratégica (espanhol)
  47. Liderança e Gestão Participativa na Escola
  48. Marketing de serviços: economia, características e classificação
  49. Motivação nas Organizações
  50. Motivación en las Organizaciones (espanhol)
  51. Normas anticorrupção, antissuborno e compliance público
  52. Participação e concentração de mercado: aspectos introdutórios
  53. Planejamento do gerenciamento e identificação de riscos em projetos
  54. Planejamento e Estratégia para Gestão Escolar
  55. Produto e mercado: Conceitos e Pilares do Marketing

FGVze-se: Onde estudar maconha medicinal?!?Cursos na USPOs Empregos AcabaramNossos alunos!?!Como enriquecer e educar licitamente falando!?!Conhecimento o oculto!?!

80 atividades para crianças: simples, divertidas, de baixo custo e todas dentro de casa

Uma lista de atividades baratas e divertidas para entreter a Pequenada num dia em que tenham de ficar em casa.

  1. Fazer um piquenique dentro de portas.
  2. Construir uma tenda, usando cadeiras, lençóis e mantas.
  3. Fazer fantoches de meias.
  4. Pintar quadros com os dedos.
  5. Confecionar biscoitos decorá-los com pasta de açúcar colorida.
  6. Uma festa com música e muitas danças divertidas.
  7. Um chá das cinco.
  8. Ler histórias de embalar.
  9. Fazer pedicure.
  10. Brincar aos professores.
  11. Fazer um livro de letras, cada letra tem direito a uma fotografia ou imagem recortada de uma revista.
  12. Ver álbuns de fotografias.
  13. Fazer um vídeo e vê-lo no final.
  14. Pintar com guache.
  15. Brincar com as bonecas.
  16. Brincar com carros de corrida.
  17. Jogar jogos de tabuleiro.
  18. Colorir desenhoscom lápis de cera.
  19. Fazer fantoches de sacos de papel.
  20. Ver um filme e comer pipocas.
  21. Fazer uma caça ao tesouro.
  22. Confecionar bolachas com pepitas de chocolate.
  23. Brincar aos vestidos.
  24. Fazer moinhos de vento.
  25. Fazer chapéus de papel.
  26. Fazer um lanche saudável.
  27. Fazer uma corrida de obstáculos em casa.
  28. Brincar às escondidas.
  29. Fazer uma luta de bolas de neve usando meias.
  30. Construir um forte com caixas de cartão e fita-cola.
  31. Fazer planos e convites para uma festa.
  32. Construir um puzzle de um desenho, colando-o num cartão e recortando as peças.
  33. Encher uma pequena piscina na cozinha e deixar as crianças brincar em água quente.
  34. Preparar a decoração de Natal.
  35. Criar um cartão para o Dia dos Namorados.
  36. Construir uma estrada no corredor da casa, criando as linhas brancas com fita-cola branca.
  37. Fazer carimbos com maçãs: cortar uma maçã a meio e fazer carimbos com uma tinta lavável.
  38. Aprender uma nova música.
  39. Fazer um colar com rebuçados.
  40. Criar um concurso de talentos.
  41. Fazer confetes com um furador de papel.
  42. Fazer um cartão para oferecer, decorado com massas coloridas coladas.
  43. Uma corrida de berlindes.
  44. Esculpir barro, deixar secar e pintar.
  45. Fazer manicure.
  46. Criar cartões de picotar, recortados das caixas de cereais para crianças.
  47. Fazer um calendário para ir riscando ou colando autocolantes até ao dia do aniversário.
  48. Brincar com Legos.
  49. Escrever cartas aos avós.
  50. Fazer uma coroa de papel e brincar aos reis e rainhas.
  51. Tirar fotografias a fazer caretas.
  52. Fazer carros grandes de caixas de cartão, cortar buracos para as pernas e deixar as crianças correrem pela casa.
  53. Brincar aos semáforos: luz verde, luz amarela, luz vermelha.
  54. Fazer um fato de super-herói com o que tiver em casa.
  55. Coloque um montão de almofadões no chão e deixar as crianças atirarem-se contra elas.
  56. Planear um jantar romântico com a ajuda das crianças.
  57. Veja vídeos de família antigos.
  58. Faça um bolo de chocolate.
  59. Crie caminhos de papel higiénico à volta de casa.
  60. Construa aviões de papel.
  61. Leia os livros favoritos.
  62. Fazer cupcakes e deixar as crianças tratarem da decoração.
  63. Planear as próximas férias de família.
  64. Ensinar as crianças a coser.
  65. Reorganizar uma divisão da casa.
  66. Imitar um vídeo de aeróbica.
  67. Criar um bar de chocolate com chocolate quente, leite achocolatado, marshmallows, natas…
  68. Fazer pequenas pizzas.
  69. Fazer uma peça de teatro.
  70. Deixar as crianças usar maquilhagem, será bem divertido.
  71. Imprimir desenhos para colorir e fazer pinturas.
  72. Montar uma tenda dentro de casa e fazer campismo.
  73. Brincar aos médicos.
  74. Atirar bolas para dentro de baldes: quem encher primeiro ganha!
  75. Ler um livro e encenar a história.
  76. Bowling dentro de portas.
  77. Brincar às mercearias.
  78. Tomar um banho com espuma e montes de brinquedos dentro da banheira.
  79. Encher balões de água e atirar pela janela para o quintal a alvos.
  80. Encenar um baile de príncipes ou princesas.

Operaçao Bandeira Vermelha

Quando uma bandeira vermelha é colocada na praia os humanos somem. Nenhum humano significa nenhuma poluição que, por sua vez, significa que não há aquecimento global. Em não havendo aquecimento global não haverá Invasão Plâncton! A missão do trio é a de se livrar da bandeira vermelha para trazer os humanos e a poluição de volta à praia, de qualquer maneira. WIKIA PLANKTON INVASION

Yidio – Plankton Invasion

Contagion

“O cinema ainda estava em sua infância quando, em 1902, Georges Méliès lançou Viagem à Lua, usando o romance Da Terra à Lua, de Júlio Verne, como inspiração. Demoraria mais de meio século até que, em 1969, o homem de fato chegasse à lua a bordo da Apollo 11, no caso de um filme como Contágio, dirigido por Steven Soderbergh, não era uma questão de possibilidade, uma simples questão de tempo. Bem pouco tempo.” Gazeta do Povo

O escritor Scott Z. Burns, roteirista do filme, pesquisou diversas patologias ao longo de três anos, contando com a consultoria do Dr. Ian Lipkin, então professor de epidemiologia na Universidade de Columbia, na Escola Mailman de Saúde Pública. Assim nasceu o ficcional MEV-1, vírus altamente contagioso e mortal.

Contágio segue o rápido progresso de um vírus letal, transmissível pelo ar, que mata em poucos dias. Como a epidemia se espalha rapidamente, a comunidade médica mundial inicia uma corrida para encontrar a cura e controlar o pânico que se espalha mais rápido do que o próprio vírus. Ao mesmo tempo, pessoas comuns lutam para sobreviver em uma sociedade que está desmoronando. Medium

25 Things You Missed In Contagion

The Steven Soderbergh directed “Contagion” has been trending lately due to how the film deals with the possibility of a global health crisis. While some aspects of the film are right on the nose, it definitely exaggerates some aspects to make the movie more dramatic.

“Their goal was to try and really show people as accurate a picture that could be conjured, in hopes that it would motivate political leaders to get mobilized,” says Laurie Garrett, one of those health experts consulted by the filmmakers. New York Post

Garrett is a former senior fellow for global health at the Council on Foreign Relations who has been tracking outbreaks for decades. She published the bestselling book “The Coming Plague: Newly Emerging Diseases in a World Out of Balance” in 1994.

“We’ve generally seen a lot [of diseases] arising out of Asia because of the tremendous disruption in that part of the world,” Garrett says. “Bats and birds are deeply stressed because of deforestation and climate change.”

“I’ve been in more than 30 epidemics, and the same things happen over and over again,” Garrett says, argues that we had become complacent to the threat of a pandemic in part because modern history’s second-deadliest plague — HIV, which has killed 32 million — wasn’t treated as “a warning shot across the bow.” Instead, it was dismissed by many as a niche problem that only affected homosexuals.

Contagie-se: Macaé: cura tudo!?!Arango, cura câncer?!?As 11 ideias de negócio mais procuradas pelos brasileirosNanochip cura feridas e recupera órgãos usando células da pele“A minha especialidade é matar, não é curar ninguém”Prevenção curaPropriedades curativas do limão“Se for, vá na paz”

 

 

 

 

O filtro de barro

Alguns métodos foram iniciados pelo egípcio Imhotep (a.C 2655 – 2600 a.C) o primeiro homem na história humana que estudou a medicina. Várias formas foram desenvolvidas, desde a fervura da água, ou a própria água colocada em recipientes de metal quente, até a filtragem na areia e carvão bruto. Em 1700 a.C foram aplicados os primeiros filtros de água para aplicação doméstica, eram feitos de lã, esponja e carvão.

Séculos mais tarde Hipócrates (460 a.C – 370 a.C), o famoso “pai da medicina”, iniciou seus estudos na purificação da água e criou seu próprio purificador para tratar seus pacientes com água mais limpa, conhecida como “luva de Hipócrates”. O filtro era um saco de pano que através dele a água era filtrada, retendo qualquer sedimento na água que estava causando mau gosto ou cheiro.

A primeira estação de tratamento de água municipal foi projetada por Robert Thom, construído na Escócia. Em 1972 surgiu a lei da água limpa, com o grande crescimento de abastecimentos, houve uma grande descoberta: o cloro, preparado e estudado pelo químico sueco Carl Wilhelm Scheele. O cloro é um veneno cancerígeno, a água clorada tem sido associada à causa e ao agravamento de doenças respiratórias como a asma, entre outras doenças da pele.

tecnologia para purificação de água está avançando cada vez mais, e com isso novos conceitos estão sendo aperfeiçoados e desenvolvidos: infravermelho longo, magnetismo, filtros com o processo de filtragem mais longo e energia ultra violeta (UV).

filtro de argila é uma das invenções brasileiras de muita importância para o bem-estar da sociedade. Por mais que ele tenha sido desenvolvido, em uma época que a ciência não era tão evoluída como hoje, o filtro de barro já tinha a sua excelente função de filtragem da água. Cerâmica Stefani

O Brasil conquistou o título de melhor sistema de filtragem da água, ele é eficiente na retenção de bactérias, cloro, pesticidas, chumbo, alumínio e também do parasita Criptosporidiose, que causa uma grave infecção intestinal transmissível.

No país, a água nem sempre era de boa qualidade. Vinha de poços, rios ou era canalizada de maneira rudimentar até chegar a fontes e chafarizes construídos pelos governos. Giro MT – O Globo

Um exemplo, ainda do período colonial, continua de pé, no Rio de Janeiro: são os arcos da Lapa, um aqueduto do século 18, construído para levar água do rio Carioca até o centro da cidade, onde a população se abastecia.

“Nós tínhamos na virada do século 19 para o século 20 muitas epidemias. As cidades crescendo, mis população. E os serviços de água encanada das cidades eram muito insuficientes. Então, não havia no Brasil um equipamento que pudesse filtrar água de modo eficiente. E as pessoas morriam em epidemias, tomavam água suja”, explica o professor Júlio César Bellingieri.

A primeira grande mudança acontece com a chegada dos imigrantes italianos e portugueses no começo do século passado, traziam na bagagem as velas para filtrar água que já existiam na Europa, peças rudimentares, feitas de pedras porosas. Já os filtros eram de metal ou de pedra. Um dia alguém percebeu que as jazidas de argila do interior do estado podiam fornecer material para fazer bons potes de cerâmica.

No início, a vela era um disco de cerâmica porosa, colado com breu e cera. Passaram-se décadas até que chegasse ao que é hoje: por fora, uma camada de cerâmica porosa, por dentro, uma porção de carvão na parte interna e uma camada de prata coloidal, um produto bactericida usado para purificar ainda mais a água. E o carvão ativado, que tirar o cloro.

Campeão na filtragem de resíduos da água, o filtro retira até 99% dos parasitas, reduzindo a contaminação, pois sistema filtra calmamente a água, garantindo que micro-organismos não passem por causa da baixa pressão no fluxo do líquido. O filtro de barro é um dos primeiros produtos criados pela indústria nacional. Aquele Mato

Os imigrantes italianos e portugueses que trouxeram peças rudimentares, feitas de pedras porosas, esses filtros eram de metal ou de pedra, com cerca de 50 km em formato de cuba, em que se jogava a água para filtrá-la. Sistema caro, restrito e complicado.

Nos anos 1980, surgiu a água mineral engarrafada e de purificadores modernos, as vendas dos filtros de barro despencaram e, com isso, várias indústrias fecharam suas portas.

O Instituto Vital Brasil (laboratório oficial vinculado à Secretaria de Saúde do RJ) testou o filtro com água limpa misturada com água de esgoto para avaliar se ele eliminava as suas impurezas.

O Presidente do Instituto Vital Brasil, Edimilson Migowski, disse que a água extraída do filtro estava totalmente limpa e própria para beber, o que comprova com total segurança que os filtros de barro funcionam de fato, recebendo ainda uma nota 10 em sua avaliação. Eliane A Oliveira – greenMe

A água filtrada é então armazenada na parte inferior do filtro que, por também ser de argila, faz com que haja uma troca de calor, mantendo a temperatura da água sempre fresca. Dessa maneira, os filtros de barro conseguem manter a temperatura da água até 5ºC mais fria do que a temperatura ambiente.

A manutenção é barata e prática, além da vida útil ser indeterminada, dependendo da maneira com que ele é cuidado. Alguns especialistas recomendam trocá-lo com 5 anos de uso, mas se cuidar dele direitinho, pode durar uma vida inteira, trocando apenas a vela conforme as instruções do fabricante.

Barreize-se: Existe água em SP, Movida a água, Água mortal, Aposentadoria da Água, Tráfico de águas, O mar de Aral virou areia., Water Crisis in Pakistan, Filtro de barro brasileiro é considerado o melhor do mundo, Piscina biológica sem cloro

Lavar as mãos (Mão)

Lavar as mãos (Mão) – Arnaldo Antunes

Uma
Lava outra, lava uma
Lava outra, lava uma mão
Lava outra mão, lava uma mão
Lava outra mão
Lava uma

Depois de brincar no chão de areia a tarde inteira
Antes de comer, beber, lamber, pegar na mamadeira
Lava uma (mão), lava outra (mão)
Lava uma, lava outra (mão)
Lava uma

A doença vai embora junto com a sujeira
Verme, bactéria, mando embora embaixo da torneira
Água uma, água outra
Água uma (mão), água outra
Água uma

A segunda, terça, quarta, quinta e sexta-feira
Na beira da pia, tanque, bica, bacia, banheira
Lava uma mão, mão, mão, mão
Água uma mão, lava outra mão
Lava uma mão
Lava outra, lava uma

© BMG

66334896, “Castelo Rá-tim-Bum”, Arnaldo Antunes, Velas, 1995
BRUEN14 00050, DVD “Pra ficar com você”, Palavra Cantada, MCD, 2014Lavar as mãos (Mão)

Lave-se: COMO BRINCAM AS CRIANÇAS COM AUTISMO, Brincadeira saudável!!!, Nós existimos para ajudar aqueles que precisam, TORNE-SE UM MENDIGO., Por que falta água?

Koenigsegg and Pinchcliffe Grand Prix

Koenigsegg, a dona do carro mais rápido do mundo: Tudo Sobre #13 | Acelerados

Koenigsegg é a marca de um vilarejo da Suécia que faz chaves esculpidas em prata e cobra um absurdo por isso, se recusa a usar plástico em seus modelos e faz um dos carros mais rápido do mundo!

Pinchcliffe Grand Prix (Norwegian: Flåklypa Grand Prix) is a movie in a class of its own, and equally entertaining for children and adults. The superior quality of the movie and – for its time – highly advanced technology have impressed and enchanted audiences and film critics worldwide for almost 30 years!

koenigsegg

Aos cinco anos de idade, quando morava nos subúrbios de Estocolmo, Christian von Koenigsegg assistiu ao desenho animado norueguês Flåklypa Grand Prix. No filme, um técnico de bicicletas, com a ajuda de amigos, fabrica seu próprio carro de corrida, compete contra marcas estabelecidas e vence. A história deu ao pequeno Christian a ideia de criar seu próprio carro esportivo. “Lembro-me de sair do cinema e dizer ‘é isso que quero fazer quando crescer'”, contou Christian von Koenigsegg à BBC em 2014. Scandinavianway

maxresdefault

“Need for Speed – O Filme”, baseado no hipnotizante jogo homônimo, que faz história entre os “gamers” desde 1994 com suas inúmeras variantes e consoles, a produção é embalada por esse sucesso e na tensão das competições clandestinas, com direito a perseguições pela polícia, após a venda do carro, um Mustang criado, mas não terminado, pelo lendário e real reparador de carros Carroll Shelby (morto em 2012), um racha com três carros Koenigsegg Agera R para provar qual piloto é melhor no asfalto. Reuters _ Exame

1996_cvk_cc_prototyoe

Koenigsegg relocated to its present location and headquarters after a fire in the company’s original premises in 2003. The 4000sqm facility was once home to the Swedish Air Force’s Fighter Jet Squadron No. 1 before the squadron was retired from service. The squadron’s insignia, a flying ghost, now adorns the engine bay of all Koenigsegg cars built here as a tribute to the Squadron.

Along with the buildings came a 1.7km runway, which has turned out to be perfect for high-speed testing of the cars. As the runway is 50 meters wide it can also easily be converted into a “race track” formation.

cvk_oneone

Koenigsegg-se: A última despedida do Fusca!?!Devel SixteenGrafite na ruaPatrono do esporte brasileiroCarro da Tesla completa órbita ao redor do SolPorsche, Fusca: a volta dos que não foram.Lamborghini faz parceria com MIT para supercarro elétricoFUSCA ACELERADOSFrog Lunar Rover

Dia Internacional da Síndrome de Down

Dia Internacional da Síndrome de Down é celebrado anualmente em 21 de março, a data tem o objetivo de conscientizar as pessoas sobre a importância da luta pelos direitos igualitários, o seu bem-estar e a inclusão das pessoas com Down na sociedade. Calendar

Os motivos para a ocorrência da Síndrome de Down ainda são desconhecidos, mas o que se sabe é que começa na gestação, quando as células do embrião são formadas com 47 cromossomos, sendo que o normal seriam 46 cromossomos.

A Down Syndrome International anunciou o tema para o Dia Internacional da Síndrome de Down 2020:

NÓS DECIDIMOS – Garantindo que todas as pessoas com síndrome de Down possam participar plenamente da tomada de decisões sobre assuntos relacionados ou que afetem suas vidas. Movimento Down

A campanha deverá capacitar as pessoas com síndrome de Down, os que as apoiam e suas organizações representativas, a advogar por sua participação efetiva e significativa.

Downze-se: O filho eterno, Colegas, Eu tenho Down, Outro Olhar, Meu nome é Jonas, Coleção de arte japonesa de Van Gogh, para download, A arte de ler., LOCALIZE NOITE ESTRELADA