HERÓIS & MONSTROS

HERÓIS & MONSTROS … Meia-Noite Produções@ProducoesNoite. Jan 24, 2023

ScaryCrypt: X-MEN … Meia-Noite Produções@ProducoesNoite. Feb 6, 2023

The Addams Family 1960’s. Amanda Jurysta – Pinterest

Clara Monnerat Palha – 🄰 🄺 🄸 🅁 🄴𝐖𝐀𝐍𝐃𝐈𝐍𝐇𝐀

Palavras PerdidasOs índios(genas) nos gibis., Kay Pike and Lianne Moseley, Eustácio Bagge, Fotógrafos dos quadrinhos (+18), Sexta Feira 13, muito amor para vocês!, Irmão do Jorel, animação 100% brazuka, Taku Inoue é um grande fã de Tom e Jerry!?!

Influenciadores de finanças em crise financeira?!?

Atualizado: 06 fev2023

Fogo no parquinho! O crescimento acelerado pelo consumo de conteúdo em diversas plataformas, venda de cursos, investimentos e aquisições de algumas empresas, além da insatisfação de dezenas de funcionários, rompimento de sociedade, juntando tudo isso com a queda da economia e a diminuição da demanda por produtos e serviços, temos o “CAOS” nas empresas de Thiago Nigro e Nathalia Arcuri. Mas se perguntar, vão dizer: “Está tudo bem”. Bruno Maneschy – 01 fev 20223

Pessoas com “mindset acima da média”, os maiores influenciadores sobre finanças do Brazil já ensinaram milhões de pessoas a gerenciar sua vida financeira, a economizar e investir, ganharam milhões ou quem sabe bilhão com cursos e publicidades, e assim como muitas empresas estão passando por uma crise na gestão. De 2022 até agora, a Me Poupe demitiu cerca de 70 pessoas, sendo que tinha 140 funcionários no fim do ano passado, enquanto o Grupo Primo, segundo dados do LinkedIn, conta com 190 pessoas – já foram mais de 270.

A Me Poupe! empresa de finanças criada pela jornalista Nathalia Arcuri, foi de canal do YouTube com milhões de inscritos para uma das Top Startups 2022 no Brasil. A empresa faturou R$ 80 milhões em 2021 e se comunicava com 25 milhões de brasileiros. Mas tinha grandes desafios à frente, como competir com grandes conglomerados financeiros, melhorar a gestão de talentos e diversificar suas fontes de receita, chocou ainda mais todos aqueles que foram dispensados e atingidos com a demissão em massa repentina em uma empresa que estava realizando contratações até dezembro de 2022. Amanda Braga

“Se não arrumam a própria casa, como vão ajudar a arrumar a minha?” Como é que a Nathalia super carismática demite uma grávida? Como o Thiago explora seus funcionários obrigando a trabalharem das 5h às 19h sem pagar hora extra e ainda força a rezar.

É notado que muitas dessas startups unicórnio nacionais e que são consideradas ainda novas em um mercado mais conservador vem enfrentando a dura realidade de ter que lidar com dezenas de demissões, como exemplos quinto andar, loggi, Vtex, ebanx, hotmart, pagseguro e por aí vai, produzidas de forma arcaica, demissões nada humanizadas e totalmente despreparadas.

De uma análise superficial, parece que de fato há um problema de gestão e ausência de medidas de prevenção, como o gerenciamento de risco, as perdas são a realidade do dia dia e lidar com isso é o maior negócio. Aprendemos com elas e desejamos aos colegas influencers: RESILIÊNCIA.

E agora que foi tornado público as condições de trabalho nessas empresas, é hora de alterar essa realidade tóxica da falta de garantia de direitos trabalhistas, se não o negócio é insustentável. Não dá né. Ilze D.

Ouvindo as informações que chegam, lendo as notícias e as críticas dos trabalhadores e outros meios de divulgações informativas, mas um negócio sustentável nesse ramo não exige apenas grandes aportes de capitais, um influencer e boas equipes de criação de conteúdo, que precisa gerar resultado comunitário, refletindo nos trabalhadores não apenas em salários e dias de happy hour e sim na garantia fundamental dos direitos trabalhistas, na cidadania e na saúde mental deles.

Esses influencers não ensinam a perder? Já viu algum vídeo no youtube de finanças dizendo : “como lidar com a perda e perder pouco no mercado financeiro”. Se houver algum nesse sentido, deve ser raro, afinal perder gera pouco enganjamento, né? Porém esta que é a grande verdade, a probabilidade de você perder é alta no mercado.

Quem sabe agora não vem vídeos mais interessantes destes próprios influencers contando as suas dificuldades, percausos e pedras no sapato e como estão trabalhando para este momento ruim?

Algum vídeo do ponto de vista da educação financeira que gere informações em finanças mais próximas da realidade financeira das famílias brasileiras: endividadas, vivendo abaixo do nível confortável de renda.

INFLUENCIADORES DE FINANÇAS EM CRISEMeteoro Brasil. 31 de jan. de 2023

Imagine ganhar a vida ensinando aos outros como gerir suas finanças e ter problemas no gerenciamento das suas próprias empresas. Alguns dos principais influenciadores digitais do setor financeiro estão passando por isso. Entender como suas empresas funcionavam e como a mídia hegemônica trata da crise pode nos dizer muito sobre o estado atual da nossa sociedade.

Palavras PerdidasNath Finanças, O Gambito da Rainha, Poupatempo Digital, Saúde financeira: 5 dicas para equilibrar as finanças, 20 Startups Super Quentes para Observarmos em 2020, A árvore que dava dinheiro. “Sera´?”, 32 Princípios para Lidar com seu Dinheiro, EduFin

A evolução de acordo com Discovery History

A evolução de acordo com Discovery History. Nattan – 15 jan 2023. Existe Guarani em SP

The History of the Mysterious Loretto Chapel Staircase. Carl Seaver – January 14th, 2023

Quando as leis da física são mais fortes que a dita fé religiosa, a crendice religiosa e a treta do Deus delas. Vítor Manuel Gama – 17 h

Não há Deus algum nesta hora de estupidez, que os salve!

SOMOS ATEUS – Facebook

Thupã Wera – Facebook

El vídeo que la NASA no quiere que veas: Somos Cosmos –Jan 14, 2023

Hae’vete: Batalha por T.E.R.A – Filme Completo Dublado (Animação)Novas descobertas mostram trajetórias históricas de linhagens de mulheres Tupiniquim, Tupi, Guarani, Tupi Guarani e Paulistas em São Vicente, Jacarepaguá e no litoral sul de São Paulo, desconhecidas pela Arqueologia Brasileira até agora…O próprio planeta não aguenta 50 anos

If BARBIE GIRL Was The Hardest Song In The World

If BARBIE GIRL Was The Hardest Song In The WorldCharlesBerthoud. 9 de out. de 2021

You voted for it! If BARBIE GIRL was the hardest song in the world! Remember to TAP like and subscribe if you enjoyed this!

Original Song: Barbie Girl by Aqua

Palavras Perdidas: Killing In the Name (Official HD Video), The Simpsons Composer Alf Clausen, 15 Riffs de Guitarra com até Duas Notas ou Acordes, Saci Wèrè, Rivers of Babylon

1984 X 2022

George Orwell, autor do livro “1984”, lendo “2022”. Maria Odete Vilela@vilela_odete. Jan 23, 2023

‘Who controls the past controls the future:
who controls the present controls the past.’ (1949)

Sugestão de leitura: 1984 (Nineteen Eighty-Four) – George Orwell (Eric Arthur Blair)

Deviam parar com a demagogia sobre as massas. As massas são rudes, sem preparação, ignorantes, perniciosas em suas reivindicações e influências. Não precisam de lisonjas mas de instrução. Ralph Emerson – EDSON JESUS14 DE JUNHO DE 2011

1984capabook

Palavras PerdidasRelatório FigueiredoFahrenheit 451, Memória dos CamposA culpa é de quem!Empoderamento dos recursosInside JobTerceira OndaCarlos Marighella, SaramagoBrô Mc´sPai (de quem) trocinio!Cabo Jardim, George Orwell, 1984 e Revolução dos Bichos

Aguenta coração

Instagram: saulo_pessato

O sopro cardíaco é o ruído que pode ser ouvido – auscultado durante o exame clínico – e que é produzido pela passagem do fluxo de sangue pelas estruturas do coração, e acontece quando o sangue precisa passar por um orifício que está menor do que deveria, enfrentando maior dificuldade para fazer a travessia, a passagem do sangue acaba por emitir o som. CCR – 22/04/2021

Palavras PerdidasA inteligência emocional em 15 frasesminhas playlists no spotify é tipo isso (SORTEIO)A Thousand Miles13 Reasons Why: trilha sonora da série, Cerejas do Brasil e Grumixama!?!

10 SINAIS de AUTISMO LEVE EM HOMENS E MULHERES ADULTOS

10 SINAIS de AUTISMO LEVE EM HOMENS E MULHERES ADULTOS | Faça o TESTE de 1 MINUTO (ASPERGER) – Cardio DF — Cardiologia e saúde cardiovascular em Brasília (DF). 17 de dez. de 2022

Os sinais (sintomas) de autismo em adultos muitas vezes não tão óbvios quanto muita gente imagina, podem ser mascarados pois muitos homens e mulheres com autismo podem funcionar como muitos neurotípicos e até melhor. Neste vídeo veremos qual as características do comportamento autista. Você acha que você pode estar no espectro autista? Este vídeo vai ajudar! E no final você vai fazer o teste validado com 10 questões (muito rápido) e saber se se encaixa no espectro autista. Você pode me dizer que você não parece autista. Mas muitas pessoas autistas também não parecem. Sabe aquele seu amigo que é um pouco diferente, um pouco peculiar? Que é muito tímido ou sincero demais, podendo parecer até mal educado? Então, esse seu amigo “pode” ser autista.

E esse é o assunto do vídeo de hoje: 15 sinais de autismo leve em adultos. E no final do vídeo você pode fazer o teste, 10 perguntas, para ver se você se encaixa no espectro e entenda se algum conhecido ou você mesmo é Asperger:

0:00– 10 SINAIS de AUTISMO LEVE EM ADULTOS

1:25– Enorme crescimento de autismo no mundo

1:57– Por que cresceu tanto o número de autistas no mundo?

2:54– O que é autismo?

5:12– Quais são os 10 sinais de autismo em adultos?

5:17– 10º sinal de autismo leve em adultos

6:06– 9º sinal de autismo em adultos e adolescentes

6:26– 8º sinal de autismo leve em adultos

7:04– 7º sinal de autismo em adultos e adolescentes

7:33– 6º sinal de autismo leve em adultos

7:50– 5º sinal de autismo em adultos e adolescentes

8:41– 4º sinal de autismo leve em adultos

9:18– 3º sinal de autismo em adultos e adolescentes

10:05– 2º sinal de autismo leve em adultos

10:45– 1º sinal de autismo em adultos e adolescentes

11:06– Faça o teste e descubra se você pode ser autista

14:01– Como fazer a soma dos pontos do teste sobre autismo?

Psychology Tools

Autism Spectrum Quotient (AQ)

VÍDEOS RELACIONADOS COM AUTISMO

👉 Infarto fulminante: como acontece um ataque cardíaco? https://youtu.be/Z-dS4FvVli4

👉 Angioplastia com stent –https://youtu.be/Brw8b0V7GTM

👉 A vida após um ataque cardíaco- https://youtu.be/81I-YPky4sI

👉 7 sinais de infarto em mulheres- https://youtu.be/-LTfjwpxzFE

👉 Cateterismo cardíaco- https://youtu.be/9iPWKdm0sk4

👉 Sinal de ataque cardíaco (sinal de Frank)- https://youtu.be/tAuhR2N7jDU

👉 Sintomas de infarto em mulheres- https://youtu.be/Pbl8bspFMlU

Vídeos Relacionados a AUTISMO EM ADULTOS

⚠️ AVISO LEGAL

❤️ Trata-se de um vídeo meramente educativo, objetivando instruir a população sobre diversos assuntos que envolvem a medicina e saúde em geral.

❤️ As informações contidas nos vídeos não têm o intuito de substituir a consulta médica ou servir como recomendação para qualquer plano de tratamento. Em caso de dúvidas procure o seu médico.

❤️ A Medicina é uma ciência em constante mudança, os vídeos são produzidos baseados nos Artigos Científicos mais recente até a data.

🔴 De acordo com Art. 8º da Resolução CFM 1974/11 de Publicidade do Código de Ética Médica, os vídeos têm somente caráter de prestar informações de fins estritamente educativos.

🔴 De acordo com Art. 9º da Resolução CFM 1974/11 de Publicidade do Código de Ética Médica § 1º “E ”, não são divulgados endereço e telefone de consultório, clínica ou serviço.

Palavras PerdidasCOMO BRINCAM AS CRIANÇAS COM AUTISMO, Pessoas com autismo se surpreendem menos com eventos inesperados, Transtornos do Espectro do Autismo (TEA) e suas famílias, Gatoterapia, GENTE HONESTA E ESFORÇADA, OS DESVIANTES E OS COM SÍNDROME DE MANADA, Joilson Santos e Hélio Haus

Todo odeia o Chris Animação

reboot de ‘Todo Mundo Odeia o Chris’ (Everybody Hates Chris) desenvolvido pela CBS Studios de forma independente, sem compromisso prévio com canais ou plataformas, para em seguida oferecer ao mercado que possa ter interesse, de acordo com informações do The Hollywood Reporter. Arthur Henrique – Olhar Digital. 16/03/2021

Ali LeRoi, o co-criador da série original, retornará para o novo projeto, assim como Michael Rotenber, que era o produtor executivo da sitcom, mas não há detalhes sobre se o elenco central voltará a fazer as vozes dos personagens, o ator e cocriador Chris Rock volta ao papel de narrador..

Exibida de 2005 a 2009, a série ‘Todo Mundo Odeia o Chris’ é extremamente famosa e querida no Brasil. As quatro temporadas – disponíveis nas plataformas de streaming Globoplay, Prime Video e Paramount+ – contam as experiências de infância e adolescência do ator comediante Chris Rock no Brooklyn dos anos 1980. ‘Todo Mundo Odeia o Chris’ trazia no Tyler James Williams como Chris, e ainda contou Terry Crews (Julius), Tichina Arnold (Rochelle), Tequan Richmond (Drew), Imani Hakim (Tonya) e Vincent Martella (Greg) nos papéis principais.

No Brasil, Todo Mundo Odeia o Chris era exibida diariamente na grade da Record e se consolidou como um verdadeiro fenômeno. A série foi aclamada pela crítica e conquistou 95% de aprovação do agregador Rotten Tomatoes. Giulianna Munerattotangerina. 02.08.2022

O sucesso do sitcom foi tão grande que o programa foi indicado como Melhor Série de Televisão na edição de 2006 do Globo de Ouro. Além disso, Todo Mundo Odeia o Chris recebeu ainda três indicações ao Emmy Awards. Flávio Motta Coutinhotecmundo. 16/03/2021

E aí, o que você achou da novidade sobre Todo Mundo Odeia o Chris?

Deixe sua opinião abaixo e compartilhe o artigo nas redes sociais!

Palavras PerdidasTodo mundo odeia Chris fala sobre “Respeito” 1.2, minhas playlists no spotify é tipo isso (SORTEIO), A Thousand Miles, 13 Reasons Why: trilha sonora da série

a pioneering medical #cannabis patient

50th anniversary of my brother Danny’s death — a pioneering medical #cannabis patient in early 1970s. My parents bought weed illegally as Nixon started War on Cannabis; it vastly transformed Danny’s quality of life on chemo toward end during his unsuccessful fight with leukemia. Peter Grinspoon, M.D. – @Peter_GrinspoonJan 13, 2023

Medical cannabis has a long history dating back thousands of years, and it was not until Medical cannabis that cannabis entered the realm of western medicine. Some of the earliest evidence of cannabis as medicine is found in the Pen-ts’ao ching, the oldest pharmacopoeia compiled in China around AD 100 based on oral traditions passed down from as early as 2700 BC. Cannabis is thought to have disseminated in India, where it became widely used for medical purposes—including as an analgesic, anti-convulsant, anti-inflammatory, diuretic, and many others—around 1000 BC. There is also evidence of cannabis use in Persian medicine for the treatment of infectious wounds and gout, and in Arabic medicine as a treatment for epilepsy. By the 15th century, it was used throughout Africa to facilitate childbirth, as well as for diseases including malaria and dysentery. Cannabis is thought to have reached the Americas by the 16th century. MICHELLE DOTZERT, PHD – Lab Manager. Jun 03, 2020

During his travels through North Africa in the 1830s, French psychiatrist Jacques-Joseph Moreau observed the use of hashish (cannabis resin). He proposed that drug intoxication and hallucinations involved similar mechanisms, and upon his return to Paris, began to experiment on the subject. In 1845, his book, Du hachisch et de l’aliénation mentale: études psychologiques was published (and translated into English, Hashish and Mental Illness, in 1973). Moreau was also a point of connection between cannabis and the art world, as “Club des Haschichins” (Hashish Club) included Dumas, Baudelaire, and others who participated in his experiments. Edson Jesus

William O’Shaughnessy, an Irish physician, is credited with introducing cannabis into western medicine with his publication, “On the Preparations of the Indian Hemp, or Gunjah- Cannabis Indica their Effects on the Animal System in Health, and their Utility in the Treatment of Tetanus and other Convulsive Diseases” in 1843. O’Shaughnessy joined the British East India Company, and became a professor of chemistry at Calcutta Medical College. His experiments examined the effects of cannabis in animals, and eventually included human subjects. He returned to England with a large amount of cannabis and shared his findings with other physicians, leading to the widespread adoption of medical cannabis across Europe and North America.

The Marihuana Tax Act of 1937 imposed extremely high taxes on the substance, and led to the exclusion of cannabis from the United States Pharmacopoeia in 1941. This was followed by the enactment of the Boggs Act in 1951, and the Narcotic Control Act in 1956. By 1970, cannabis was prohibited under federal law with the Controlled Substances Act.

A surge in recreational cannabis use from the late 1960s to early 1970s and the concomitant discovery of Δ 1 3,4-trans-tetrahydrocannabinol (Δ9 THC), the main active compound in cannabis, spurred renewed interest in cannabis research. Cannabis receptors and drug approvals It was not until 1988 that studies in rat brains revealed the presence of a cannabinoid receptor, CB1 , which was later confirmed in human brain sections, dispersed in outflow nuclei of the basal ganglia, the hippocampus, and cerebellum. A second cannabinoid receptor, CB2, was later discovered in the periphery. Around the same time, the search for endogenous substances capable of interaction with cannabinoid receptors led to the discovery of the endocannabinoid system (ECS). The ECS maintains homeostasis, and regulates multiple processes including learning, sleep, and metabolism, among others. To this day, its full complexity has yet to be elucidated. 

The 1999 IOM report concluded: “Scientific data indicate the potential therapeutic value of cannabinoid drugs, primarily THC, for pain relief, control of nausea and vomiting, and appetite stimulation…”

In 2003, a placebo-controlled study, “Cannabinoids for the treatment of spasticity and other symptoms related to multiple sclerosis (CAMS)” was published. Six hundred and thirty participants with multiple sclerosis-related spasticity were randomized into groups and received an oral natural cannabis extract (a 2:1 ratio of THC and cannabidiol), synthetic THC, or a placebo for 15 weeks. The results revealed “no association” between cannabinoids and improvement in spasticity, as assessed by clinicians using the Ashworth scale. However, patients have reported improved spasticity and pain, leading researchers to “conclude” that cannabinoids may be clinically useful. In 2005, SATIVEX® (delta-9-tetrahydrocannibinol and cannabidiol in the EU, Nabiximols, an investigational product in the US) received approval from Health Canada as an adjunctive treatment for neuropathic pain in adults with multiple sclerosis and was subsequently approved for the control of pain in patients with advanced cancer in 2007.

In 2017, the National Academies of Sciences, Engineering, and Medicine published a report on the health effects of marijuana and derived products. Following a review of the scientific research pertaining to therapeutic effect, the committee concluded there was evidence to support the use of cannabis and cannabinoids for pain reduction, and oral cannabinoids for multiple-sclerosis related muscle spasm and chemotherapy-induced nausea and vomiting.

Since then, cannabis science has continued to advance and evolve, and so have the laws pertaining to its use. Legalization removes all prohibitions against cannabis possession and use for recreational purposes, and as of 2020, cannabis has been legalized in 11 states—Colorado, Washington, Alaska, Oregon, California, Maine, Massachusetts, Nevada, Michigan, Vermont, Illinois—and the District of Columbia. Alternatively, several states have decriminalized cannabis, meaning it remains illegal, but individuals possessing less than a specified amount are not prosecuted by the legal system.

Here’s more: Absorvente interno de maconha para reduzir cólicasAula 1 – I Curso Online de Plantas Medicinais e Fitoterápicos da UFJFA flor de cannabis, enxaqueca e sua dor na cabeçaPesquisadoras da FSP-USP brindam o Dia do Nutricionista com lançamento de e-book sobre educação alimentar e nutricional

Art and culture of the native peoples of our planet. ART AMBA MIRIM

Share, help us lift other flights.

Revista Manchete e Curandeiros Potiguares

Revista Manchete era publicada semanalmente e distribuída quase todo o Brasil. Além disso, trazia reportagens especiais sobre vários acontecimentos nacionais e internacional. No ano de 1982, eles criaram uma reportagem para falar dos curandeiros que aprenderam ler pelo programa Mobral e participaram do encontro da instituição que tinha o objetivo reunir a tradição. O repórter foi o potiguar Valério Marinho. Lara Paiva – Brechando

Ao mesmo tempo, a Mobral queria catalogar toda a documentação e promoveu o encontro dos curandeiros com o folclorista Luís da Câmara Cascudo. Edson Jesus

Para Maria de Lourdes Guerra, coordenadora do Mobral-RN, programa especial destinado à valorização, preservação e difusão da cultura local, o encontro foi idealizado com o propósito de “possibilitar a troca de experiências e o intercâmbio de informações entre os participantes, bem como despertar, no curandeiro/rezadeira, a consciência do papel que ambos exercem dentro da comunidade”.

João de Souza Pinheiro é o mais famoso curandeiro do município de São Miguel (Rio Grande do Norte), ele tem 77 anos e há 40 anos vive curando gente com rezas e ervas medicinas, também lê mão.

  • O senhor tem algum poder especial?

A resposta clássica vem na hora:
-Não, meu filho, quem cura é Deus. Sou apenas um rezador. Se a pessoa tem fé em Jesus, fica boa.

A grande maioria já passa dos 50 anos. O mais velho tem 88. Um deles, paralítico, dava consultas em cadeira de rodas. Os homens, em menor números, geralmente trabalham no campo. No que concerne às mulheres, muitas delas são lavadeiras, e outras atuam também como parteiras. O conhecimento dos curandeiros, quase todos analfabetos ou semi-analfabetos, repousa sobre uma tradição oral secular, transmitida de pai para filho.

Ao contrário do catimnbozeiro, que faz feitiços e trabalha para o mal, o curandeiro só procura fazer o bem. Em seu trabalho intitulado “A Medicina do Povo”, Iaperi Araújo revela que as “benzedeiras e rezadeiras procuram, na inovação aos santos católicos, a proteção ou a cura das doenças, baseando-se sobretudo no conceito de corte celestial, onde cada santo é um pequeno deus com poderes sobre as enfermidades, sobre o bem e o mal”.

Antigamente, o termo catimbó era usando pejorativamente para chamar pessoas que praticavam religião de matriz africana, no qual sempre se referia como algo maldoso. Era como se fosse sinônimo de “macumba”, que também é um termo preconceituoso. Lembrando que a reportagem é de 1982, onde a descriminação ainda era pior do que hoje.

De uma maneira geral, o curandeiro não cobra por seus serviços. Aceita pequenos presentes – uma galinha, meia dúzia de ovos, um pedaço de queijo do sertão, ou coisa semelhantes. Dona Clotilde da Silva, 58 anos, analfabeta, residente em Ielmo Marinho, explica por que não cobra:

“Não exijo nada, pois não vou vender as palavras de Deus”.

“não cobro porque não posso vender a palavra de Deus. Foi ele quem me deu este dom e procuro cumprir minha missão.”

Dona Jozefa Teixeira, 75 anos, rezadeira há 50 anos, é muito procurada em sua cidade, Caiçara, onde chega a atender a mais de 300 pessoas por mês.

As rezadeiras se mostram acessíveis, atenciosas, com exceção de uma ou outra mais desconfiada, que se recusou a ditar a letra de suas orações sob o pretexto de que “as rezas perderiam seu efeito milagroso”.

Sentada à sombra de uma mangueira, dona Rosa atendia a uma moça que lhe pedira para ler sua mão. Jovem da cidade, demonstrando mais curiosidade do que fé, a garota queria saber quando iria casar, se seu marido seria seu namorado atual, e outras coisas do gênero. Notando o deboche, a velha tirou o cachimbo da boca, deu uma cusparada, e proclamou irônica, dando por encerrada a consulta:

“Na sua mão está escrito que você só casa na hora que Deus Marcar.”

Às vezes, a popularidade do curandeiro entra em conflito com o médico da pequena cidade. Um dos rezadores conta:

“O doutor me chamou para reclamar de que o povo estava indo pouco ao seu consultório. Eu respondi: mas doutor, eu não vou atrás de doente, não cobro nada, só faço rezar. Meu remédio é raiz de pau.”

Segundo um outro, certa feita, o dono da farmácia o chamou e lhe propôs um trato:

“Homem, em lugar de planta do mato, receita remédio da farmácia que eu lhe dou 10 por cento do apurado.”

Iaperi Araújo afirma em seu trabalho:

“A medicina do povo tem influências marcantes das raças que formam a base étnica do homem brasileiro. Dos indígenas, nos veio o conhecimento das propriedades farmacológicas da flora brasileira.”

O Mobral está coletando dados, copiando receitas, documentando orações. Entre as revelações deste I Encontro de Curandeiros e Rezadeiras, um chamou particularmente a atenção: o desinteresse dos jovens pelo ofício. Atraído por inúmeras ou outras solicitações, os filhos dos curandeiros estão abandonando a tradição dos antepassados.

Nas palestras dos técnicos do Mobral, indagava-se aos curandeiros quais seriam as causas das doenças, de tanto sofrimento. Tudo para eles se resume na vontade de Deus:

“É Deus quem dá a doença, e é Deus quem cura.”

Sem querer, de maneira alguma, interferir neste plano místico, os técnicos procuraram, nos trabalhos de grupo, iniciar um programa de higiene e saúde que futuramente será desenvolvido nas próprias comunidades dos curandeiros. E Maria de Lourdes Guerra, explica:

“Afinal, o curandeiro é, à sua maneira, um líder dentro da sua pequena comunidade. Para quem está doente, necessitando de ajuda, o que ele diz tem força de lei. Nós queremos que, além de suas rezas, de suas receitas de erva, ele diga também que a água deve ser fervida, que a mosca contamina os alimentos, que se deve lavar as mãos antes de comer, enfim, que transmita certas informações elementares de higiene e educação sanitária.”

Ao final do encontro, 25 curandeiros foram levados à presença do historiador e folclorista Luís da Câmara Cascudo. Aos 82 anos, surdo, porém inteiramente lúcido, Cascudo lamentou não poder ouvir as rezas e palavras sagradas que, através dos tempos, compõe a magia da medicina do povos. Rezas e palavras que fizeram parte essencial daquela tradição oral que, durante toda a sua vida, ele tratou de resgatar da boca do povo para os livros.

Gratidão pelas preces recebidas!

Palavras PerdidasENTENDA O EFEITO PLACEBO, A história da Homeopatia, AYAHUASCA FUNCIONA? EVIDÊNCIAS CIENTÍFICAS?, SAL DE ÍNDIO, GUAJAJARA REVELA SEUS PLANOS, Revista Manchete e Curandeiros Potiguares

Art and culture of the native peoples of our planet. ART AMBA MIRIM

Share, help us lift other flights.

ritos

arquivo pessoal, 2022

Às vezes não nos damos conta da quantidade de ritos de passagem que vivenciamos ao longo da vida. Os Ritos de passagem, de acordo com site de buscas: “são celebrações que marcam mudanças de status de uma pessoa no seio de sua comunidade, que podem ter caráter social, comunitário ou religioso. Os Ritos de passagem são aqueles que marcam momentos importantes na vida das pessoas”. De quantas cerimônias somos constituídos? Quantos ciclos finalizamos e reiniciamos ao longo da nossa existência? Edson Jesus

Suponho que hoje – último dia do ano – seja uma boa oportunidade para pausar algumas horas, olhar para trás e rememorar os ritos vividos durante o ano – o que conseguir lembrar ou talvez o que não se quer lembrar. Corre-se o risco de cair uma lágrima ou outra pelas memórias evocadas, mas água com sal liberta. Cá estou eu – com mais um rito para vivenciar – decidi elaborar meu rito de final de ano, um momento para se reconectar com minhas ancestrais – as mulheres que vieram antes – as sábias, as bruxas, as deusas, todas aquelas que contribuíram biologicamente e energeticamente pela nossa criação.

Faço um Rito simples, mas carregado de significados: água, ervas aromáticas, especiarias e pés descalços, conexão com a natureza sagrada. Molhar as raízes, adubar o solo para o que virá. Refazer minhas forças, seguir com todas as minhas ancestrais segurando minha mão, pois, elas me compõe – sozinha não estou.

Um Feliz Ano para vocês! Que dois mil e vinte três seja um ano de LUZ para “nossas” famílias!

HISTÓRIAS E REFLEXÕES DE UMA MULHER QUE FOI QUEBRADA EM MIL PEDAÇOS E ESTÁ JUNTANDO TODOS ELES. C. MENEZES – [De repente solteira]

Palavras PerdidasMenino que conversava com os espíritos de todas as coisas, Turismo internacional da Ayahuasca na AmazôniaEscrever,

Art and culture of the native peoples of our planet. ART AMBA MIRIM

Share, help us lift other flights.

Fantastic Planet

PLANETA FANTÁSTICO (Fantastic Planet 1973 1080p Legendado) – CURTANIMATION HD. 29 de out. de 2021

No planeta Yagam vivem humanóides chamados de Oms, que são escravos (ou animais de estimação) dos Draggs, uma raça de gigantes com mais de dez metros de altura, olhos vermelhos e pele azul. O planeta é um lugar indefinido onde os homens parecem insetos aos olhos dos Draggs.

Palavras PerdidasO EPISÓDIO DE RICK AND MORTY QUE ME FEZ ENTENDER A SOCIEDADEJames Cameron afirma que a Skynet destruiria a humanidade apenas com deepfakes 1.2ShortbusPsycho Killer, My Friend Dahmer, Ready Player One

Art and culture of the native peoples of our planet. ART AMBA MIRIM

Share, help us lift other flights.

Touché Turtle 1.2

A Tartaruga Tuchê – Touché Turtle (Syn, 1962): Uma tartaruga espadachim, que duela contra raios, dragões, outros bichos mais e ainda tem que salvar a “linda” princesa presa na torre do castelo, com a ajuda do fiel escudeiro Dumdum. Hanna Barbera. EDSON JESUS

touche

LINKS: Download

Touché Turtle and Dum Dum (conhecido no Brasil por Tartaruga Touché e Dum Dum) é um dos segmentos do programa infantil The New Hanna-Barbera Cartoon Series, série de desenhos animados lançada pela Hanna-Barbera em 1962.

laertemedico

A dinâmica Tartaruga Touché e o cão felpudo Dum Dum eram um par de heróis que batalhavam contra vilões em todo tipo de aventuras, salvando reis, rainhas, donzelas, crianças e outros. Touché era o bravo e destemido líder, sempre com um chapelão ornamentado com uma pena e uma espada na mão. Dum Dum era seu companheiro e seguia fielmente Touché em suas aventuras.

dilmaespadachim

O editor deve ter achado genial mostrar a presidenta (ex-presidente) como se estivesse sendo golpeada pelas costas. É a chamada metáfora de imagem. Mas, expliquem-me: qual a metáfora nesse caso? O que a foto tinha a ver com a solenidade de que fala o jornal? Há, no meio militar, quem queira golpear Dilma pelas costas? O jornal sabe e não vai dizer? Ou, quem sabe, a turma do “Estadão” tenha achado graça em “brincar” com a imagem da presidenta de todos os brasileiros. Como na fábula da Rã e do Escorpião, o Estadão expõe em estado bruto toda sua natureza. Rodrigo Vianna – Ficha Corrida. 22/08/2011

FUNKO POP TOUCHÉ TURTLE AND DUM DUM : FIGURA TOUCHÉ TURTLE 170. FIGURA COLECCIONABLE. CF-ToyShop

A entrada favorita de Touché era segurando uma corda e se arremessando contra os vilões empunhando a espada na outra mão, bradando a frase “Viva Touché!” (versão da dublagem original para a expressão em inglês “Touché and away!”)

posse de Lula foi a matéria de capa de diversos e importantes jornais internacionais, como o norte-americano The New York Times, o The Guardian do Reino Unido, o francês Le Monde, o argentino La Nación, o espanhol El País, e o Lá Nación, da Argentina. Rodrigo FernandesJornal do Commercio. 02/01/2023

Os veículos de informação mostraram a grandiosidade da festa petista em Brasília e fizeram críticas ao ex-presidente Jair Bolsonaro, que não compareceu à cerimônia de transmissão de posse.

Veja tambémJornada ninjaPai (de quem) trocinio!Mídia NinjaEconomia de mercadoTrânsito, amigo!Monte seu FuscaMarvelCALVIN WARS69 com moral da história.A Melhor plástica de todas!!!Brô Mc´s

Idoso de 64 anos constrói a própria prótese com cano de PVC

O idoso construiu por conta própria uma prótese com canos de PVC para tentar voltar a andar, já que uma prótese adequada para fazer sua reabilitação pelo SUS tem demorado muito. VOAA – Razões para Acreditar

​Seu Maurício, com 64 anos, sempre muito trabalhador, enquanto estava indo fazer uma entrega na moto que usava, um carro entrou na contramão em alta velocidade, e um horrível acidente aconteceu, com a batida ele teve que amputar parte da sua perna esquerda e teve que ficar mais de um mês internado, pois contraiu uma bactéria na cirurgia que fez. Linkedin

A prótese de perna caseira de Marcos de Oliveira Moraes, de 23 anos, contém um tubo de PVC, um tubo metálico e um selim (banco de bicicleta) com custo de R$ 40. Gustavo Kaesemodelem – Universidade Libertária.

O jovem teve a perna amputada em um acidente de moto em abril de 2018, juntou algum dinheiro, mais uma ajuda da ex-patroa, e conseguiu os R$ 5 mil necessários para comprar uma prótese básica, porém esta machucava e apenas 3 meses depois, ela rachou, mas, sem um prazo para receber uma nova de volta, não quis esperar e construiu a sua própria.

Os restos que sobraram da moto após o acidente, seu Maurício vendeu, para tentar pagar algumas contas de casa, mas o dinheiro não deu para muita coisa, sem nenhuma renda, descobriu que só poderá tentar se aposentar ao completar 65 anos. A pessoa que o atropelou ajudou algum tempo com alimentos e remédios. A família tem recebido ajuda de parentes e amigos com a alimentação. Voaa – A vaquinha do Razões

Ele e sua esposa, Sandra, 64 anos, moram em Francisco Morato (SP), onde antes do acidente vendia produtos de limpeza, muitos produtos ele mesmo fabricava em casa, no bairro mesmo ou em lojas e em fábricas da região, sua única forma de sustento da casa, já que nem ele e nem dona Sandra são aposentados. Ele ganhava com as vendas, em média, R$1.000 por mês.

Marcos cria prótese de perna com 40 reaisCarlos Rix. 28 de nov. de 2019

Criatividade e engenho, onde esta este menino, se souber nos avise, ok? Todo mundo quer mais detalhes.

Cano de PVC, cano galvanizado, resina, uma sandália, cola e uma armação de selim de bicicleta, foram os materiais empregados.

– Cabe fazer um vídeo: “como se faz”

– Empresas que fabricam próteses ficam em cheque, concorda???

O capitalista malvadão não quer abrir mão de suas enormes margens de lucro para ajudar os pobres, ou então, talvez, ele não é capaz de atender as pessoas a um custo baixo o suficiente, sendo necessário subsídios do estado.

Se alguém preocupado com as dificuldades dos deficientes, ou mesmo o Marcos e o Seu Maurício, quisesse replicar a construção da prótese de perna caseira dele, para ajudar outros amputados a um preço acessível, afinal, seria apenas comprar os mesmos insumos em maior quantidade e mão de obra, que nem precisa ser especializada. Certo?

Não exatamente. Em um livre mercado isso seria verdade, mas em um mercado regulado pelo governo, isto não é possível. Um exemplo disso é uma função do Apple Watch 4 chamada ECG. Ele vem ativado por padrão nos EUA, mas no Brasil ele é proibido.

Caso eles quisessem produzir as próteses de perna caseira, teria que seguir as normas RDC 192/2002 e RDC 185/2001 da Anvisa, realizar vários testes de forma gratuita, produzir diversos relatórios científicos para enviar ao agente regulador, contratar um técnico ortopédico com pelo menos 5 anos de experiência na área, construir ou reformar um estabelecimento seguindo regras rígidas e, com sorte, ter a autorização concedida (o que pode levar anos, especialmente para pequenos empresários).

Como é feita uma PERNA MECÂNICA #Boravê – Manual do Mundo. 14 de out. de 2017

Apresentação: Iberê Thenório

Não faz sentido econômico para eles fazer isso, e mesmo se quisesse fazer por caridade, estaria proibido da mesma forma. pois estão sujeitos a multas e sanções, até mesmo de exercício ilegal da profissão.

Palavras PerdidasPrótese grátis!?!, Brinquedos transplantados, Concurso de Moda Inclusiva, Demãos dadas, Setembro Amarelo, Faça você mesma, para economizar!

Nezha: Correndo Pela Vida – Filme Completo Dublado

Nezha: Correndo Pela Vida – Filme Completo Dublado – Filme de Ação | NetMovies

Nome do Filme: Nezha: Correndo Pela Vida

Título Original: Nezha

Gênero: Ação, Aventura, Drama

Sinopse: O campeão do simulador de corrida Du Jieke se une à equipe Lions e desafia os campeonatos de fórmula 1 por sua paixão pela piloto Lu Lili. Com um oponente forte e conflitos a resolver, a equipe enfrentará uma batalha feroz.

Estrelando: Alan Kuo | Evonne Hsu | Hannah Quinlivan | Jay Chou | Kao Ying-Hsuan | Karry Wang | Ken Lin | Liu Genghong | Nolay Piho | Philip Chan | Tsao Yu-ning | Van Fan

Direção: Jem Chen. filmow

💲 Se você gosta do conteúdo, colabore com o nosso trabalho! 💲

Palavras Perdidas: Memes Otakes, COMO ZERAR ASPHALT 9 SEM GASTAR DINHEIRO, A corrida de Motos mais insana que você já viu, Homem cai ao tentar fazer slackline, 4 filmes sobre crescimento para quem passa pela crise dos 20 e poucos anos, Jovem Tupã (atualizado “diariamente”) Compartilhe!

Art and culture of the native peoples of our planet. ART AMBA MIRIM

Share, help us lift other flights.

Killing In the Name (Official HD Video)

Rage Against The Machine – Killing In the Name (Official HD Video). 26 de mar. de 2011

HD music video for “Killing In the Name” by Rage Against the Machine

Lyrics:

[Intro]

Killing in the name of

[Verse]

Some of those that work forces

Are the same that burn crosses

Some of those that work forces

Are the same that burn crosses

Some of those that work forces

Are the same that burn crosses

Some of those that work forces

Are the same that burn crosses

Uh!

[Refrain]

Killing in the name of

Killing in the name of

[Pre-Chorus]

Now you do what they told ya

Now you do what they told ya

Now you do what they told ya

Now you do what they told ya

And now you do what they told ya

And now you do what they told ya

And now you do what they told ya

And now you do what they told ya

And now you do what they told ya

And now you do what they told ya

But now you do what they told ya!

Well, now you do what they told ya

[Chorus]

Those who died are justified

For wearing the badge, they’re the chosen whites

You justify those that died

By wearing the badge, they’re the chosen whites

Those who died are justified

For wearing the badge, they’re the chosen whites

You justify those that died

By wearing the badge, they’re the chosen whites

[Verse]

Some of those that work forces

Are the same that burn crosses

Some of those that work forces

Are the same that burn crosses

Some of those that work forces

Are the same that burn crosses

Some of those that work forces

Are the same that burn crosses

Uh!

[Refrain]

Killing in the name of

Killing in the name of

[Pre-Chorus]

Now you do what they told ya

Now you do what they told ya

Now you do what they told ya

Now you do what they told ya

And now you do what they told ya

(Now you’re under control) And now you do what they told ya

(Now you’re under control) And now you do what they told ya

(Now you’re under control) And now you do what they told ya

(Now you’re under control) And now you do what they told ya

(Now you’re under control) And now you do what they told ya

(Now you’re under control) And now you do what they told ya

(Now you’re under control) And now you do what they told ya

[Chorus]

Those who died are justified

For wearing the badge, they’re the chosen whites

You justify those that died

By wearing the badge, they’re the chosen whites

Those who died are justified

For wearing the badge, they’re the chosen whites

You justify those that died

By wearing the badge, they’re the chosen whites

Come on!

[Guitar Solo]

Ugh!

Yeah!

Come on!

Ugh!

[Outro]

Fuck you, I won’t do what you tell me

Fuck you, I won’t do what you tell me

Fuck you, I won’t do what you tell me

Fuck you, I won’t do what you tell me

Fuck you, I won’t do what you tell me

Fuck you, I won’t do what you tell me

Fuck you, I won’t do what you tell me

Fuck you, I won’t do what you tell me

Fuck you, I won’t do what you tell me

Fuck you, I won’t do what you tell me

Fuck you, I won’t do what you tell me

Fuck you, I won’t do what you tell me

Fuck you, I won’t do what you tell me

Fuck you, I won’t do what you tell me

Fuck you, I won’t do what you tell me

Fuck you, I won’t do what you tell me

Motherfucker!

Ugh!

Released in 2007 by Neversoft and Activision, Guitar Hero III: Legends of Rock brought the addictive gameplay of the original two games to a wide variety of platforms. Steam Games

For the first time in the Guitar Hero franchise, GHIII saw the inclusion of real-world celebrities. A huge addition was the inclusion of Slash (of Velvet Revolver/ex guitarist for Gun N’ Roses) and Tom Morello (Guitarist of Rage Against The Machine). Brett Michaels also makes an appearance in the game (excluding the Wii and PS2 version). Each had their faces scanned and did their own motion capture work for the game. As well, each of the celebrity guitarists recorded their own original guitar pieces to be played during a guitar duel against them in career mode.

Palavras PerdidasThe actor-musician is Johnny Depp a Guitarist?, Psycho Killer, My Friend Dahmer, VAGAS PARA AULA MÚSICA, Benefícios Da Música Na Aprendizagem Das Crianças, 10 MÚSICAS FEITAS PRA QUEM MORREU

minhas playlists no spotify é tipo isso (SORTEIO)

minhas playlists no spotify é tipo isso. Lobisomem Pidão@_LobisomemPidao.  Jan 10, 2023

Palavras PerdidasA Thousand Miles, Até quando você vai pagar pela TV a cabo?, Punk Rock???, Mozart – Metallica (Symphony No. 40 – Enter Sandman), Joelho de Porco, Todo mundo odeia Chris fala sobre “Respeito” 1.2, Iburi – Trompete dos Ticunas

Sorteio de 13 (TREZE) colares exclusivos art amba mirim

Visite a mbaemopara e deixe um comentário dizendo: “HAE’VETE”

Recomendo: Pajé também é mulher

The show is just beginning… #DoctorWho returns in 2023

“The show is just beginning…” #DoctorWho returns in 2023 – Teaser Trailer | @DoctorWho – BBC. 25 de dez. de 2022

All our TV channels and S4C are available to watch live through BBC iPlayer, although some programmes may not be available to stream online due to rights. If you would like to read more on what types of programmes are available to watch live, check the ‘Are all programmes that are broadcast available on BBC iPlayer?

Palavras Perdidas: 50º aniversário do Doctor Who, Assista ao Trailer da 11ª Temporada de DOCTOR WHO, JOGOS ESCONDIDOS NO GOOGLE, TERRA OCA

Remédio e recurso renovável 1.2

A cannabis sempre foi usada como remédio e recurso renovável. Há pelo menos 5 mil anos desde o seu primeiro registro, ela era utilizada por diversas culturas. Vibe positiva – Legalize

Até que um belo dia, homens poderosos decidiram que ela deveria ser proibida, e a proibiram no mundo inteiro. Jesus Hemp10 de janeiro de 2023

Interesses políticos, industriais, financeiros e muito preconceito dominam o debate a pelo menos 100 anos.

A realidade que os ignorantes não aceitam, é que a proibição da Cannabis nunca foi por questões de saúde pública!

It only took special interests, big money, & politics to mess everything up!! #Cannabis has been considered medicine for hundreds of years…. David Dinenberg – @daviddinenberg1:00 PM · Dec 5, 2022

MarleyMac – @MarleyMac11

Palavras PerdidasPotenciais interações farmacológicas com a cannabis, Gravidez, Cannabis ou Álcool, Comidinhas de Maconha, Mais pessoas estão usando maconha como um substituto ao álcool e remédios, diz estudo, Cannabis é promissora no combate à Covid-19

6 Evil Things Done By Corporations Throughout History

Corporations entering the crosshairs of regulatory battles is a typical scene, you’ll find that regulatory issues and litigious mistakes are part of the package. You will hardly find a corporation that presents itself as a saint, however, some corporations are known for their ignoble roles in facilitating some of the most atrocious acts in history. 6 Evil Things Done By Corporations Throughout History – Eric Chang

Pharmaceutical companies selling opioids abroad after creating an addiction epidemic in the US, which explains why US pharmaceutical companies would convince doctors to prescribe powerful painkillers and claim they are safe, not quite, because over time, these addictive drugs kickstarted a nationwide epidemic of opioid abuse that killed an estimated 200,000 people.

US opioid sales plummeted as subsequent legislation began cracking down on such atrocities. Pharmaceutical companies such as Purdue had already redirected their painkiller marketing operations to conquer new markets abroad.

With the same marketing strategy in the US, mainly paying doctors to hold seminars where they can sugarcoat the benefits of opioids as the best way to manage pain, recording incredible numbers in China and territories generally familiar with massive opioid addiction.

The world often suffers from opioid shortages, with terminal cancer patients, end-stage HIV/AIDS patients and pregnant women being the most affected.

The best target market for these drug behemoths, the middle and upper class who suffer from chronic pain – long term loyal buyers and “enthusiastic devotees”. And guess what the Oxford Languages Dictionary calls them? Addicts, as the short-term pain and cheaper generic morphine can help manage pain, as opposed to more expensive, fancy drugs like OxyContin.

In the early 20th century, the practice of eugenics began to spread like wildfire, led by Darwin’s ambitious cousin Francis Galton, spurring a master race of humans who decided who could reproduce and who couldn’t.

People classified as mentally feeble, deformed, handicapped, deaf or blind had to be gathered in one place and sterilized from time to time to make them better human beings.

Of course, the Americans adopted this idea, except that they probably took it to extraordinary extremes. When Fernald State School opened in the 1920’s, what many saw was a school, an institute to serve people with developmental skills.

But as time went on, it degenerated into a playpen for children who were considered idiots, imbeciles and idiots. Even unwanted children and orphans of normal intelligence were included; after all, the institution could use some free handiwork every now and then.

In the 1940s conditions at Fernald were worse than deplorable. Hard labor, beatings, isolation and sexual abuse flourished so much that you would think you were in Sodom.

A few gentlemen from the Massachusetts Institute of Technology showed up, offering gifts like extra breakfast rations and trips to football games to a select group of kids after enlisting them as members of a “Science Club for Kids,” What they didn’t know was that the breakfast oatmeal given to these children was laced with tracers of calcium and radioactive irons.

The whole Science Club hoax was a front to facilitate an experiment commissioned by the Quaker Oats Company, the radiation levels in the oatmeal were “harmless”, but Quaker failed to respect the consent of children and even parents if they were willing to make a quick appearance of the Lab Rat.

In law, Quaker Oats knew they were completely out of line as the Nuremberg Code banning exploratory research practices had just been released. In the late 1990s, dozens of Fernald students banded together to file a class-action lawsuit against Quaker, MIT, and the government, but later settled on a $3 million out-of-court settlement.

In 2010, US restaurants lost revenue because most customers preferred flavored water to Coca-Cola, Coca-Cola launched a program called “Cap the Tap”, according to the company’s official website, “Cap the Tap” was a campaign against wasting water, however, the same campaign material brings suggestive sales methods to convert orders for tap water into orders for revenue-generating beverages.

The program invites, trains, and rewards bartenders for offering customers diet soda, smoothies, and iced tea, and if they insist on drinking water, they should offer them Coke bottled water, of course. But this is where things get really weird.

Bottled water represents an environmental disaster and is worse for children than tap water, which is safer when well regulated. Even worse, bottled water is tap water itself, so Coca-Cola takes more water to pack free tap water and sells it at ridiculous prices.

The program invites, trains, and rewards bartenders for offering customers diet soda, smoothies, and iced tea, and if they insist on drinking water, they should offer them Coke bottled water, of course. But this is where things get really weird.

Bottled water represents an environmental disaster and is worse for children than tap water, which is safer when well regulated. Even worse, bottled water is tap water itself, so Coca-Cola takes more water to pack free tap water and sells it at ridiculous prices.

The NFL has a problem, kids make up the league’s most vibrant talent pool and audience, but the numbers dwindle each year as football takes on a somewhat sordid reputation across the United States. Research data shows that 60% of the most loyal NFL fans started following football before elementary school.

The first hook was to alleviate the mother’s fears, saying that the media is the enemy, guilty of misinforming the public and exaggerating the frequency of concussions and other sporting risks, moreover, it is on record that these clinics also minimize the risk of brain damage in football or, in some cases, pretend that there is no risk of harm.

And when you use twisted facts and pathos to manipulate parents into seeing themselves as an obstacle to their children achieving their dreams and goals, that is corporate fraud and conspiracy to cause grievous bodily harm.

As the 2010 US Congressional elections approached, Facebook embarked on an experiment that essentially tricked random people into voting by filling their feeds with photos of civically responsible friends, over 340,000 Facebook users may have been influenced to go to the polls.

From selling $100,000 worth of ads to Russian troll farms during the 2016 election, to running fake stories over the real ones to generate mass panic and harvesting your activities to sell your personality profile to advertising companies, Facebook clearly does not it has limits.

This explains why companies like Cambridge Analytica could somehow harvest the data of 87 million Facebook users to manipulate users into voting for Donald Trump in the election. Or use new feeds and articles to discourage anti-Jewish or anti-Muslim voters from voting against Hillary Clinton.

Enron isn’t that bad, in fact they are the bottom line. For example, in 2001, rumors circulated that Enron had intentionally caused blackouts so that demand for energy would legitimize rising energy prices. .

The CEO of Enron, Kennedy Law, joked, responding that they were just conspiracy theories and should be disregarded, but two months later, a scandalous tape reached the media, where Enron is heard causing a blackout, precisely from the 38th second of the audio playback, and you can imagine this has been going on for some time.

On this tape, employees are laughing about stealing $1 million daily from California, swindling old grandmothers, and then talking about the country’s problems, according to sources, Enron made over $1.6 billion in profits, and a poor Gray Davis, then governor of California, lost his job to Terminator after one of the most tumultuous terms in the state’s history.

There is a legal concept that treats corporations as human beings hiding behind a veil, humans often make up these establishments. The irony, however, is that this legal fiction suggests that corporations can be just as bad, sometimes more so. Quaker Oats, Facebook, NFL, Enron, Coca-Cola and Purdue are all required evidence.

Palavras Perdidas: A água oculta, Dolly vira o jogo, Leite de aveia, Museu dos grandes fracassos criativos, Ranking da poluição plástica nos oceanos, Exu tranca-copa, Meta e a moeda digital Zuck Bucks, 5 INVENÇÕES PERDIDAS DE NIKOLA TESLA QUE AMEAÇARAM A ELITE GLOBAL, Micro hidrelétrica e redemoinhos