TERRA DE MINAS (Land of Mine) – COMPLETO HD

Filme TERRA DE MINAS – COMPLETO HD. Clube Dahx

Um grupo de soldados alemães, outrora combatentes nazistas, recebem uma nova tarefa ao fim da Segunda Guerra Mundial. A missão consiste em escavar e remover com as próprias mãos 2 milhões de minas terrestres em “terras inimigas”, mesmo que alguns deles não tivessem sequer experiência na guerra. Rodrigo de OliveiraPapo de Cinema

Em 1945, na Dinamarca pós-Segunda Guerra Mundial e ocupação alemã, milhões de minas terrestres tornam perigoso o litoral do país. Os nazistas pensavam que uma invasão inimiga poderia se dar por lá e, portanto, prepararam o local para tal possibilidade. Com o combate terminado, oficiais dinamarqueses tinham de assegurar que sua terra estaria segura novamente. Para tanto, soldados alemães, prisioneiros de guerra, foram obrigados a desarmar tais bombas com suas próprias mãos, uma espécie de punição pelos horrores perpetrados pelo Terceiro Reich. Acontece que vários desses combatentes germânicos eram jovens demais, muitos deles nem haviam chegado ao conflito, de fato. O longa-metragem dinamarquês Terra de Minas, indicado ao Oscar de Melhor Filme em Língua Estrangeira em 2017, conta a história de um pequeno batalhão que fez esse trabalho perigoso.

Na trama, acompanhamos o sargento Carl Rasmussen (Roland Moller) e seu verdadeiro asco por qualquer alemão que lhe passe na frente. Ele foi designado a comandar uma pequena equipe de soldados para limpar as praias da costa oeste da Dinamarca. O batalhão é bastante jovem, sendo grande o contingente de recém-ingressos nos pelotões nazistas. Isso, no entanto, não incomoda Carl, de início. Ele será duro, pois eles devem pagar pelos males da guerra em que participaram. Com o passar do tempo, no entanto, Carl começa a perceber que o que tem nas mãos são apenas garotos, muitos deles imaturos demais. O líder da equipe, Sebastian (Louis Hofmann), se mostra preocupado com o próximo, sempre tentando comunicar-se com o sargento da melhor forma possível. A maior vontade dos soldados é apenas voltar para casa. Mas, com o explosivo trabalho sendo realizado, é pouco provável que alguém retorne.

Por mais que existam filmes de guerra sendo produzidos todos os anos, ainda mais ambientados na Segunda Guerra Mundial, é impressionante como sempre é possível encontrar um ponto de vista ou um momento pouco explorado. No caso de Terra de Minas, essa história só poderia ser contada com um bom distanciamento de tempo e perspectiva, visto que aqui somos levados a torcer pelos jovens alemães. Nenhum crime pode ser pago com o tratamento brutal que eles recebem. Não sabemos o que eles fizeram durante o conflito, ou se foram ativos na guerra. Pela idade, tudo leva a crer que são inocentes. O diretor Martin Zandvliet, em seu terceiro longa-metragem de ficção, coloca o dedo na ferida, mostrando atitudes pouco abonadoras dos oficiais dinamarqueses da época.

O destaque do elenco fica para Roland Moller, como o sargento dinamarquês que enxerga a verdade através do seu ódio. Embora a mudança pela qual passa o personagem soe um tanto abrupta e artificial, Moller consegue nos conduzir bem por suas dúvidas e atitudes, entregando uma atuação corretíssima. A culpa da alteração de comportamento pouco convincente se deve mais ao próprio filme, curto demais para que possamos sentir o peso das ações do sargento o perturbando. Para alguém que até um dia antes deixava soldados passarem fome, a cordialidade que segue – mesmo com as mortes e as explosões que ocorrem – surge de forma estranha.

A Dinamarca é um país de cinematografia consistente, que invariavelmente acaba por emplacar títulos na categoria de Melhor Filme em Língua Estrangeira no Oscar. Com três vitórias ao longo da história da premiação (A Festa de Babette, 1987; Pelle, o Conquistador, 1988; e, mais recentemente, Em um Mundo Melhor, 2010), o país tem beliscado sua quarta vitória há um bom tempo, com títulos fortes como O Amante da Rainha (2012), A Caça (2013) ou Guerra (2015). Terra de Minas talvez não valha à Dinamarca sua quarta estatueta, mas é uma produção que consegue ir além do lugar-comum, não sendo apenas mais um filme de guerra.

Mineze-se: O Anjo de Auschwitz, A Educação Proibida, Um Homem Chamado Ove, Parenti Serpenti, Se Enlouquecer, Não se Apaixone, Observar e Absorver, I AM BRUCE LEE

Experimento Universo 25

O etologista (especialista em comportamento animal) John B. Calhoun trabalhou durante toda sua vida para entender o efeito de questões demográficas como a superpopulação no comportamento individual e social de roedores como ratos e camundongos. Hypeness

O norte-americano John B. Calhoun nasceu no dia 11 de maio de 1917 e morreu em 7 de setembro de 1995. KingoLabs

O primeiro experimento começou em uma fazenda em Rockville (Maryland, EUA), depois que o vizinho de Calhoun permitiu que ele erguesse um cercado para ratos em uma pequena floresta que havia atrás de sua casa. O etólogo construiu um cercado de aproximadamente 1 mil metros quadrados, com capacidade para abrigar até 5 mil ratos. Intitulada “cidade dos ratos”, ele adicionou cinco ratazanas grávidas e deu início a sua observação.

Em 2 anos de experimento, por incrível que pareça, a população de ratos nunca ultrapassou de 200, muito embora tivesse espaço o suficiente para que alcançasse a população de no mínimo 1 mil animais. Intrigado e sem saber o que havia acontecido, ele refez o estudo por mais 24 vezes.

Em 1954, Calhoun começou a trabalhar no Laboratório de Psicologia do Instituto Nacional de Saúde Mental, ele decidiu refazer o experimento pela 25ª vez, só que focando em como os roedores se comportariam em um ambiente controlado, livre de predadores, esterilizado, com pouca margem para doenças, e com água, comida e abrigos suficientes. O projeto foi chamado por ele mesmo de “utopia dos ratos”, pois os roedores remontavam um tipo de estrutura social que os homens jamais alcançariam.

Ele começou a tentar entender quais seriam as principais características para a vida perfeita de ratos. Criou diversos modelos e chegou a um que considerou “perfeito”. Basicamente, ele colocava cerca de 32 a 56 roedores em uma caixa de 12 metros quadrados dividida em quatro cômodos. Os roedores não teriam escassez: diversão, comida e água seriam abundantes no espaço e locais adequados para reprodução e gestação também eram disponibilizados.

Calhoun e sua colônia de ratos utópicos

Em todos os experimentos, os ratos chegaram a um pico populacional e, posteriormente, entraram em uma crise. Então, conflitos hierárquicos e incidentes de saúde mental acometiam a população de forma generalizada, no que Calhoun cunhou como ralo comportamental. Confira a descrição do autor, dada na Scientific American de 1962, sobre o comportamento social dos ratos durante o ápice demográfico dos seus experimentos.

“Muitas [ratas] eram incapazes de levar uma gravidez até o fim ou, quando conseguiam, de sobreviver ao parir a ninhada. Um número ainda maior, após dar à luz com sucesso, decaia em suas funções maternas. Entre os machos, os distúrbios de comportamento iam desde desvios sexuais até canibalismo e de hiperatividade frenética até um quadro patológico no qual os indivíduos emergiam para comer, beber e se mover apenas quando outros membros da comunidade estivessem dormindo. A organização social dos animais mostrou igual ruptura”, disse no texto.

No ‘Universo 25’, assim chamado por ser a vigésima quinta repetição do processo, os ratos chegaram a uma população de quase 2 mil indivíduos. Uma classe de miseráveis começou a surgir e a grave densidade populacional começou a fazer com que os ratos se atacassem. No dia 560 do experimento, o crescimento populacional cessou e, quarenta dia depois, uma queda na população começou a ser registrada. Logo após disso, os ratos começaram a se matar. A população foi completamente extinta após algumas semanas.

O experimento começou com quatro pares de camundongos saudáveis, que foram soltos para dar início à nova sociedade. Nos primeiros 104 dias, identificado como “fase de estrutura” ou “período de luta”, os roedores se ajustaram ao habitat e construíram seus ninhos. Quando a “fase de exploração” começou, em que os animais se encontravam e acasalavam, a cada 55 dias a população passou a dobrar de tamanho. JULIO CEZAR DE ARAUJO – MegaCurioso

Em 315 dias de experimento, a utopia já havia se tornado um pequeno inferno, com uma população de 620 ratos. Calhoun percebeu que os “ratos ômegas”, que eram tímidos e faziam parte da base da hierarquia, interromperam o acasalamento quando se viram rejeitados pelas fêmeas. Sem terem mais um papel na sociedade, eles se afastaram dos grupos maiores e passaram a comer, dormir e às vezes brigar com os demais marginalizados.

Os “machos dominantes” adotaram um comportamento muito agressivo, atacando os demais ou os provocando sem motivo aparente. Alguns se tornaram homossexuais, pansexuais ou hipersexuais, chegando a se deslocarem em grupos que atacavam as fêmeas e estupravam qualquer rato, independentemente do sexo. Por vezes, os alfas lançavam episódios de violência que terminavam em canibalização, apesar de haver comida o suficiente.

Em 560 dias de experimento, por fim, os roedores perderam a capacidade de agir como ratos e ficou claro que a mudança seria permanente. Com uma taxa de mortalidade de 100%, Calhoun decretou que a colônia entrava na “fase de morte”, na qual o Universo 25 se encaminharia para a sua extinção.

A geração jovem de ratos cresceu em meio a um ambiente anormal, sem exemplos de como deveriam se comportar, sem molde de paternidade e maternidade, instrução para acasalamento e marcação de território. Portanto, eles apenas comiam, bebiam e se higienizavam. Nomeados “belos” pelo cientista, esses eram caracterizados por uma apatia social, perda de propósito de vida e reclusão, sendo os responsáveis por ocasionar a “primeira morte” da colônia — o fim do desejo de um futuro. A “segunda morte”, como observou Calhoun, aconteceu com a extinção total do Universo 25.

Publicada na edição de 1962 da Scientific American, a conclusão do cientista foi de que os ratos, assim como os humanos, só prosperam em um senso de identidade e propósito estabelecidos dentro do mundo em geral e que o estresse, ansiedade, tensão e instinto de sobrevivência tornam necessário o engajamento na sociedade.

Ou seja, para Calhoun, quando todo o senso de necessidade é retirado da vida de um indivíduo, a vida deixa de ter propósito, uma vez que ela não é apenas apoiada em aspectos básicos – moradia, água, conforto e comida.

Em 1972, o conceito do Universo 25 apavorou as pessoas nos Estados Unidos e causou uma histeria em massa quando os índices de densidade populacional nos centros urbanos estouraram — e as taxas de homicídio alcançaram 135% com relação à década anterior. A ideia de um iminente “apocalipse social” em que as pessoas se autodestruiriam despertou a ideia de migração para os campos ou subúrbios, onde havia espaço suficiente e uma vida tranquila e natural.

John B. Calhoun utilizou esse termo para descrever o colapso resultante da superlotação das populações. Foi criado no dia 1º de fevereiro de 1962, junto com o lançamento do artigo Densidade Populacional e Patologia Social, em uma revista semanal. Não demorou para que esta ideia de sociologia urbana passasse a ser utilizada ligada a conceitos de psicologia.

Apesar de tudo, ao lado de Freud e Skinner, o experimento de Calhoun entrou para os “Quarenta Estudos que Mudaram a Psicologia”.

5Rze-se: Experimento científico?, UM PASSADO AINDA MUITO PRESENTE, Janela de Overton, Um anticorpo de Gaia para o vírus ser humano, Thomas Malthus ou Thanos, O intelectualismo “kitsch”, Some of the best House M D songs

Conheça o EFEITO CANTILLON

O QUE CAUSA A POBREZA E A DESIGUALDADE SOCIAL? Conheça o EFEITO CANTILLON

Você já parou pra pensar o que causa a desigualdade social e a pobreza no mundo? E por quê os governos acabam criando programas sociais? A desigualdade social é um problema sistêmico e urgente onde a principal causa da pobreza é a forma como o dinheiro é criado e distribuído na economia.

Assiste esse vídeo que vai te ajudar a entender um pouco sobre como o mundo funciona e porque alguns problemas sociais tem causas que ainda são ignoradas. Nesse vídeo te contamos também o que programas sociais, como o renda cidadã, tem a ver com o Bitcoin.

Richard Cantillon foi um economista franco-irlandês, banqueiro e filósofo do século 18, conhecido pelo Efeito Cantillon e por ser autor da grande obra, Essai sur la Nature du Commerce en Général (Ensaio sobre a Natureza do Comércio em Geral), sua obra teve grande influência sobre nomes fundamentais para o desenvolvimento do pensamento econômico, entre esses eles estão: Adam Smith e os principais nomes da escola Fisiocrata, Anne Turgot François Quesnay. Gabriel Almeida BragaEconotime

O efeito diz que ao contrário do que muitos acreditam, os preços não sobem automaticamente após o aumento da oferta de moeda, e muito menos de forma igual. O que acontece na verdade, é que as pessoas que recebem o dinheiro novo primeiro, terão um aumento temporário do poder de compra, às custas de quem receber por último.

“A inflação, portanto, não gera nenhum benefício social; ao contrário, ela redistribui a riqueza para aqueles que obtiveram primeiramente o dinheiro recém-criado, e tudo à custa daqueles que o recebem por último. A inflação é, efetivamente, uma disputa – uma disputa para ver quem obtém antes dos outros a maior fatia do dinheiro recém-criado.”(Murray Rothbard: O Que o Governo Fez com Nosso Dinheiro. 2013, p.48 & 49)

“Analisando essa cadeia hereditária, quero me livrar dessa situação precária. Onde o rico cada vez fica mais rico , e o pobre cada vez fica mais pobre. E o motivo todo mundo já conhece, é que o de cima sobe e o de baixo desce!” Meninas: Xibom Bombom

Você já deve ter escutado falar de Karl Marx, e ter uma noção geral da visão comunista de mundo. Algo como “os meios de produção não podem ser de uma só pessoa (burguês) e sim de todos os trabalhadores, assim o lucro é repartido por igual” em uma hipersimplificação, nele, existe uma luta de classes entre o “trabalhador” e o “capitalista burguês” e seus interesses sempre serão conflitantes. PudimExplicaBitcoin

O ponto de vista liberal (também chamado de liberalismo clássico, bem diferente do “liberalismo” tabajara que existe no Brasil) difere do ponto de vista marxista.

Sua teoria básica é que quem se beneficia mais da impressão de dinheiro é quem está mais próximo deste dinheiro. Ou, de uma maneira mais formal: a emissão de nova moeda tem efeito localizado na inflação e quanto mais próximo o indivíduo/empresa estiver da emissão, menos efeito será sentido. E o resultado desta distribuição assimétrica é uma inflação assimétrica também.

Mas o dinheiro mudou em 1971, quando o presidente americano Richard Nixon fez com que o dólar deixasse de ser lastreado em ouro. Um site que ilustra com diversos gráficos toda a magnitude que esta quebra de lastro trouxe para sociedade  é o WTF Happened in 1971, mas para os fins deste texto podemos dizer que quando o dinheiro deixou de estar vinculado à realidade o jogo mudou.

Três notas de 10 dólares de anos diferentes. Note que a nota de cima é conversível por ouro (“Ten Dollars in gold coin payable to the bearer on demand” significa que essa nota de 10 dólares podia ser convertida em moeda de ouro) e que as outras duas não. 

Hipersimplificando novamente: basicamente o dinheiro começou a nascer em árvore, ou seja, os EUA passaram a imprimir dinheiro sem lastro para comprar petróleo da Arabia Saudita, criando o sistema petro-dólar. Após Bretton Woods o lastro do dinheiro se tornou subjetivo, baseado na força da economia interna dos EUA.

A impressão causaria sim inflação generalizada, seja na forma de inflação de consumo (representada pelo IPCA) ou na inflação de ativos, como estamos vendo no contexto macroeconômico atual (maio/2021). 

Meme satirizando as políticas do FED de expansão da base monetária

Hoje em dia estamos vendo uma impressão de dinheiro generalizada, processo carinhosamente apelidado pelos bitcoinheiros de “money printer go brrr” (algo como “a impressora tá on”). Este processo também é conhecido como expansão da base monetária e está diretamente relacionado com a inflação. 

Resumindo, o Efeito Cantillon é mais um dos fatores que causa a estratificação das sociedades humanas ao causar inflação relativa entre todos os membros dela.

CANTILLONze-se: Peer to Peer – P2P, ou a economia compartilhada!?!, A árvore que dava dinheiro – AUDIOBOOK (AUDIOLIVRO), 13º Salário, Vinte centavos, Sua segurança?

A mais jovem astrônoma do mundo é brasileira

Quando Nicole Oliveira estava começando a aprender a andar, ela levantava os braços para alcançar as estrelas no céu. Quando tinha dois anos, ela erguia os braços para o céu e me perguntava: “Mãe, dá-me uma estrela’” disse a mãe, Zilma Janaca, 43, que trabalha com artesanato. Marcelo RibeiroHyperscience

Agora com apenas oito anos de idade foi conhecida como a astrônoma mais jovem do mundo, em busca de asteroides por meio de um programa afiliado à NASA, participando de seminários internacionais e encontros com as principais figuras do espaço e da ciência pelo Brasil.

No quarto dela, repleto de cartazes do Sistema Solar, foguetes em miniatura e bonecos de Star Wars, Nicolinha, como é carinhosamente conhecida, trabalha em seu computador estudando imagens do céu em duas grandes telas.

O projeto, chamado Asteroid Hunters, tem como objetivo apresentar a ciência aos jovens, dando-lhes a chance de fazer suas próprias descobertas espaciais, administrado pela International Astronomical Search Collaboration, um programa de ciência cidadã afiliado à NASA, em parceria com o Ministério da Ciência do Brasil.

Radiante de orgulho, Nicolinha disse à AFP que já encontrou 18 asteróides, e se suas descobertas forem comprovadas, o que pode levar vários anos, Oliveira se tornará a pessoa mais jovem do mundo a descobrir oficialmente um asteróide, quebrando o recorde do italiano Luigi Sannino, de 18 anos.

“Vou dar a eles nomes de cientistas brasileiros, ou de membros da minha família, como minha mãe ou meu pai”, disse a animada garota de cabelos castanhos escuros e voz estridente.

“Ela realmente tem o olho. Ela imediatamente identifica pontos nas imagens que parecem asteróides e costuma avisar os colegas quando eles não têm certeza se encontraram algum”, disse Heliomarzio Rodrigues Moreira, professor de astronomia de Oliveira em uma escola particular da cidade de Fortaleza que frequenta com bolsa de estudos.

A família de Nicolinha se mudou para Fortaleza de sua cidade natal, Maceió, a cerca de mil quilômetros de distância, no início deste ano, depois que Nicolinha recebeu uma bolsa de estudos para frequentar a prestigiosa escola. Seu pai, um cientista da computação, conseguiu a manter o emprego em regime de teletrabalho.

“Percebemos que essa paixão pela astronomia era séria quando ela nos pediu um telescópio de presente de aniversário quando ela fez quatro anos. Eu nem sabia o que era um telescópio”, acrescentou Janaca.

Em seu canal no YouTube, Nicolinha entrevistou figuras influentes como a astrônoma brasileira Duilia de Mello, que participou da descoberta de uma supernova chamada SN 1997D.

No ano passado, Oliveira viajou a Brasília para se encontrar com o ministro da Ciência e astronauta Marcos Pontes, o único brasileiro até agora que já esteve no espaço.

Quanto às suas ambições, Nicolinha

“Quero construir foguetes. Adoraria ir ao Kennedy Space Center da NASA na Flórida para ver seus foguetes”, disse ela, que quer se tornar engenheira aeroespacial.

“Também gostaria que todas as crianças do Brasil tivessem acesso à ciência”, diz ela. [Science Alert]

Falando de Astronomia Kids – Live Especial Dia das Crianças!Nicolinha2012 (Transmitido ao vivo em 11 de out. de 2021)

O Programa Falando de Astronomia Kids traz crianças do Clube de Ciências Online Nicolinha&Kids apresentando seus trabalhos em forma de palestras e a participação super especial da Madrinha do Clube: Silvana Copceski (Coordenadora Geral de Popularização da Ciência MCTI).

Apresentadoras: Nicole Oliveira Sara Gabriele Sabrina Cordeiro

As Crianças Convidadas: João Gabriel Julia Bianchi Letícia Andrade Sophia Bessa Veyda Letícia

No Primeiro Bloco: Apresentação das crianças: Veyda Letícia e Julia Bianchi com palestras incríveis para vocês! Momento para responder perguntinhas.

No Segundo Bloco: Apresentação das crianças: João Gabriel, Sophia Bessa e Letícia Andrade com palestras incríveis para vocês! Momento para responder perguntinhas.

Starze-se: Hora do Código, Vulcão Cumbre é jovem!?!, Se você é jovem ainda, Como manipular as massas (Conselhos para o jovem imperador) — Blog do Flavio Siqueira, PROJOVEM, Geração Uber

Blog Grátis ou Blog Pago? Qual a Melhor Opção?

Se você sabe a importância de ter um blog para sua empresa, já está no caminho certo, sendo assim, eis a grande primeira dúvida de grande parte dos novos empreendedores: “fazer um blog grátis ou um blog pago”? Leandro MendesClientes pela Internet

Quando uma pessoa se decide em começar um empreendimento, uma das coisas mais importantes é tentar gastar o menos possível.

Definitivamente o marketing digital permite este tipo de ferramenta de aquisição de clientes com custo baixo.

Muitos dos novos empreendedores não dispõem de tanto investimento inicial e gerar mais custo com divulgação pode não ser muito viável.

Há uns anos atrás, a prática usual para divulgar um novo empreendimento era criar panfletos e distribuí-los para o maior número de pessoas possível. Hoje em dia isso seria um custo com pouco retorno, então é um custo sem muito sentido.

Uma vez que sua empresa é criada, você precisa de clientes, e sem eles nenhuma empresa existe. Então, um custo bastante importante é o da divulgação e marketing, ao contrário do que muita gente pensa.

Obviamente, este custo é fundamental mas nada que possa ultrapassar o recurso que sua empresa possui.

Isso tudo para dizer que, se você estiver na dúvida entre ter um blog grátis ou um blog pago, apresentarei aqui quais as vantagens e desvantagens desta escolha.

Blog Grátis

Muita gente acha que o que puder ser feito gratuitamente, principalmente quando não se tem muito recurso disponível, melhor, em termos financeiros sim, e existe muita coisa de boa qualidade na internet.

Um exemplo disto, é O Blogger, que é uma plataforma de criação de blogs totalmente gratuita e em poucos minutos você consegue ter o seu blog pronto.

Bastante intuitivo, o serviço não requer conhecimento quase nenhum para se ter um bom resultado, este serviço pertence ao Google e, sem sombra de dúvidas, é algo no qual se pode confiar.

Toda a criação começa escolhendo um tema para o seu blog.

Tema é a aparência que ele terá, a disposição dos itens, fonte, navegabilidade, etc., tudo isto já vem pré determinado de acordo com o tema que você escolher lá na plataforma.

Você vai criar tudo somente arrastando, copiando e colando e digitando textos, em muito pouco tempo seu blog estará funcionando e no ar.

Blog Pago

O Blog pago não é necessariamente uma plataforma paga mas, serviços pagos que você utilizará para produzi-lo e mantê-lo funcionando.

Uma ótima opção é usar o WordPress para isto que é a ferramenta mais usada do mundo para criar sites e blogs de maneira bem simples.

Primeiramente, usar o WordPress permitirá que você construa um blog incorporado ao seu site de forma também bem fácil.

Desta forma, você não precisará de dois domínios ou duas hospedagens para ter os dois serviços funcionando, e você conseguirá captar clientes para a sua empresa através da internet.

Vantagens e Desvantagens do Blog Grátis e Blog Pago

Domínio

O domínio é o endereço do seu site na internet, é único no mundo, ou seja, só você terá o domínio que você escolheu.

Geralmente nos serviços como o Blogger, como nativo da plataforma, você escolhe um sub-domínio do blogspot.

Usualmente seu blog grátis é publicado como “http://www.seudomínio.blogspot.com.br”.

Caso você queira um domínio pessoal, aí terá que comprá-lo.

Desta forma, um domínio único é extremamente melhor para o seu negócio, além de dar mais credibilidade a sua empresa, é melhor para o rankeamento no Google.

Hospedagem

Os blogs grátis não têm o mesmo desempenho que os pagos, isto é por causa do dimensionamento do servidor de hospedagem de um e de outro.

Hospedagens gratuitas e compartilhadas como tipo de serviço são um pouco mais lentas, esta lentidão é ruim para o coeficiente de Page Speed do Google, além de fazer com que os usuários, principalmente de celulares, desistam de abrir o site pela demora no carregamento.

Entretanto, hospedagens pagas sem compartilhamento tem um desemprenho bem melhor, principalmente se for servidor cloud.

Inclusive, servidores cloud atualmente não são tão mais caros que as hospedagens comuns.

Na Digital Ocean, por exemplo, é possível ter um servidor cloud simples, para um site, por cerca de 5 Dólares por mês.

Ferramentas e Funcionalidades

O WordPress conta também com uma gama muito grande de ferramentas e funcionalidades para os mais diversos fins, estas ferramentas são instaladas de acordo com sua necessidade e são chamadas de Plugins.

Com os plugins, é possível adicionar em seu site chats, ou atendimentos online em tempo real de seus clientes.

Além de formulários diversos de contato, o próprio SEO, além de integrações com redes sociais, Google Analytics, e diversos outros serviços.

SEO

SEO é o conjunto de técnicas para que o Google rankeie melhor o seu site nos resultados das buscas.

Em Blogs grátis, não é possível efetuar modificações efetivas para rankeamento.

Já no WordPress instalado em sua hospedagem e seu domínio, é possível efetuar qualquer aplicação de SEO Onpage que quiser.

Os resultados são muito mais eficazes e existem plugins muito bons para isto no WordPress, como o Yoast SEO por exemplo.

Blog: MBAE´MO PARA

Temas do Blog

No Blogger no Google a quantidade de temas é pequena, ou seja, você não consegue personalizar o seu blog grátis de acordo com a sua vontade.

No WordPress a quantidade é gigantesca, tanto de temas gratuitos como pagos.

Há uma infinidade de possibilidades de customizar o seu site e blog como você desejar.

É viável ter um site ou blog grátis feitos através das mais diversas ferramentas existentes na internet.

O Blogger foi somente um exemplo de ferramenta gratuita e de boa qualidade, há outras tantas que você pode achar no mercado com mais ou menos funcionalidades.

Já o preço de se ter um site em WordPress em seu próprio domínio e hospedagem não é alto.

Como citei acima, é possível ter um site ou blog instalado em servidor Cloud, com seu domínio próprio pagando pouco mais de 20 reais por mês.

Quantia essa que é bastante pequena frente todos os benefícios que um site ou blog próprio têm a oferecer a você e seu negócio.

Blogze-se: A blogueirinha e a Joana, Como monetizar seu blog, #SerBlogger: Como Começar Um Blog, Lashon hará, Sisters of the Valley, A floresta amazônica está perdendo 80.000 campos de futebol por dia

A lei é a mesma, será Jesus?!?

Facebook
Pinterest

Sócrates nasceu em Atenas por volta de 469 a.C. Adquiriu a cultura tradicional dos jovens atenienses, aprendendo música, ginástica e gramática. Lutou nas guerras contra Esparta 432 a.C. e Tebas 424 a.C. Durante o apogeu de Atenas, onde se instalou a primeira democracia da história, conviveu com intelectuais, artistas, aristocratas e políticos. Convenceu-se de sua missão de mestre por volta dos 38 anos, depois que seu amigo Querofonte, em visita ao templo de Apolo, em Delfos, ouviu do oráculo que Sócrates era “o mais sábio dos homens”. Trabalhos Escolares e de Cursos

“O verdadeiro conhecimento vem de dentro”

Nessa empreitada de colocar a filosofia a serviço da formação do ser humano, Sócrates não estava sozinho. Pensadores sofistas, os educadores profissionais da época, igualmente se voltavam para o homem, mas com um objetivo mais imediato: formar as elites dirigentes. Isso significava transmitir aos jovens não o valor e o método da investigação, mas um saber enciclopédico, além de desenvolver sua eloquência, que era a principal habilidade esperada de um político.

Recanto das Letras

Gandhi (1869-1948) foi líder pacifista indiano. Principal personalidade da independência da Índia, então colônia britânica.

Mohandas Karamchand Gandhi é amplamente reconhecido como um dos maiores líderes políticos e espirituais do século XX. Honrado na Índia como o pai da nação, foi pioneiro e praticou o princípio de Satyagraha — resistência à tirania através de desobediência civil massiva, não violenta. Unidos pelos Direitos Humanos

“Temos de nos tornar na mudança que queremos ver”

Além de sua luta pela independência da índia, também ficou conhecido por seus pensamentos e sua filosofia. Recorria a jejuns, marchas e à desobediência civil, ou seja, estimulava o não pagamento dos impostos e o boicote aos produtos ingleses.

Enquanto liderava campanhas a nível nacional para mitigar a pobreza, expandir os direitos das mulheres, criar harmonia religiosa e étnica e eliminar as injustiças do sistema de castas, Gandhi aplicou de forma suprema os princípios da desobediência civil não violenta para libertar a Índia do domínio estrangeiro. Ele foi frequentemente feito prisioneiro pelas suas ações, às vezes durante anos, mas realizou o seu objectivo em 1947 quando a Índia adquiriu a sua independência da Grã–Bretanha.

“O futuro dependerá daquilo que fazemos no presente”

O princípio do satyagraha, frequentemente traduzido como “o caminho da verdade” ou “a busca da verdade”, também inspirou gerações de ativistas democráticos e antirracismo, incluindo Martin Luther King e Nelson Mandela. Frequentemente Gandhi afirmava a simplicidade de seus valores, derivados da crença tradicional hindu: verdade (satya) e não-violência (ahimsa).

Domingos Ivan Baborsa

Which one do you prefer?!?

Instagram: ademar__vieira

Brazil needs to change its choices and redirect its bets. Continuing to invest billions in the current agricultural model that transforms forests into pastures and into green deserts of poisoned grain monoculture, only aggravates the social, environmental and climate crises.

The solution? Yes, it exists! Strengthen family farming and agroecology, systems that produce real food in partnership with nature, free from poisons and generating jobs and income for people. That’s what I try to show in this strip, made at the request of @greenpeacebrasil , which is called “Which one do you prefer?”

O Brasil precisa mudar suas escolhas e redirecionar suas apostas. Continuar investindo bilhões no atual modelo agropecuário que transforma florestas em pasto e em desertos verdes de monocultura de grãos envenenados, só agrava as crises, social, ambiental e climática.

A solução? Sim, ela existe! Fortalecer a agricultura familiar e a agroecologia, sistemas que produzem comida de verdade em parceria com a natureza, livre de venenos e gerando emprego e renda para as pessoas. É isso que tento mostrar nessa tirinha, feita a pedido do Greenpeace Brasil, que se chama “Qual você prefere?”

Brasil necesita cambiar sus elecciones y reorientar sus apuestas. Continuar invirtiendo miles de millones en el modelo agrícola actual que transforma los bosques en pastizales y desiertos verdes de monocultivo de granos envenenados, solo agrava las crisis sociales, ambientales y climáticas.

¿La solución? ¡Sí, existe! Fortalecer la agricultura familiar y la agroecología, sistemas que producen alimentos reales en alianza con la naturaleza, libres de venenos y generadores de empleo e ingresos para las personas. Y eso es lo que trato de mostrar en esta tira, realizada a pedido de Greenpeace Brasil, que se llama “¿Cuál prefieres?”

Wichze-se: Agro será mesmo?, 1ª Feira de Economia Solidária e Agricultura Familiar, OURO VERDE E PROTEÇÃO DO PLANETA, Prefeitura e Segurança alimentar, Projeto Horta Educativa, As MELHORES PLANTAS pra HORTA

Proibido tirar de giro e chamar no grau. Sujeito a cacete.

“Praticamente” em todas as regiões de São Paulo essas faixas foram vistas, inclusive em vias importantes de acesso a “grandes favelas” (comunidades), como Heliópolis e Parelheiros, na zona sul da capital, e Jaçanã, na zona norte. Em todas essas regiões o crime é monopolizado pelo PCC, maior facção criminosa do país. Danilo Verpa e Rogério Pagnan

Assim como na Grande São Paulo, os moradores desses bairros informam que elas foram colocadas nessas vias para aviso aos infratores, que são punidos em eventual desobediência. As punições geralmente ganham publicidade para conseguir o efeito dissuasório.

Os moradores do bairro Parque Alexandra, em Cotia, colocaram faixas em várias ruas alertando sobre o risco de dar ‘cacete’ em quem fizesse barulho ou desse ‘grau’ com moto na comunidade, o mesmo foi feito no Jardim Nova Cotia, em uma travessa da Rua Nova Odessa, moradores penduraram uma faixa com os mesmos dizeres. Cotia e Cia

Normalmente, essas faixas começam a aparecer quando se aproxima o fim de ano, época em que alguns motociclistas se reúnem para fazer barulhos com seus veículos.

No final de 2020, faixas semelhantes também foram instaladas na região do Morro do Macaco. “Está extremamente proibido tirar moto de giro e dar pipoco aqui na nossa comunidade”, dizia uma delas. Algumas das faixas foram afixicadas nas ruas Pelicano, Canários e Contemplação.

Nas festas de fim de ano grupos de motociclistas promovem ‘rolezinhos’ e tiram a paz de moradores de comunidades cotianas, para tentar coibir a prática, moradores do Morro do Macaco decidiram colocar  faixas pedindo para que motociclistas não perturbem na noite de reveillon “Está extremamente proibido tirar moto de giro e da pipoco aqui na nossa comunidade” diz uma delas.

“Tirar de giro” é a manobra realizada por motociclista que provoca a explosão do escapamento, barulho que se assem elha a disparos de arma de fogo. “Chamar no grau”, por sua vez, é empinar a roda da frente da moto para se exibir.

“Quero dizer que essas faixas são, sim, para serem respeitadas, entendeu, mano? Quem está colocando é a comunidade, é o crime, em prol da população”, diz o rapaz, fazendo, segundo ele mesmo, uma retratação de uma postagem anterior em que aparece “tirando de giro” e desrespeitando uma dessas faixas.

“Porque quem vier a fazer isso daí vai ser pego para exemplo, como eu estou sendo”, diz ele. Em seguida, é espancado por um homem com chutes, socos e cotoveladas.

O caso vem sendo investigado pela Polícia Civil, que quer descobrir quem colocou as faixas. Em alguns pontos, esses avisos visuais foram removidos por ordem da polícia.

A polícia também diz, em nota, que “a Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes (Dise) do município investiga outros locais na cidade em que possam existir faixas, no intuito de “apurar” “eventuais” crimes existentes por trás de tal comportamento”.

Caceze-se: Motoqueira Fantasma, Luiz Gonzaga Leite, o Guarda Luizinho!, PARE ou DIMINUA?, Moro, nem tanto., É ao morrerem que se tornam santos.

Ademar Vieira, amazonense e suas tirinhas!!!

Vieira’s stories are really touching, and explore really difficult themes of parenting, social injustice, economic inequality, the difficulties of quarantine, and death itself, especially in the face of the current pandemic. They’re truly realistic and heartbreaking, so set up some tissues beside you—it may squeeze a tear or two. Bored Panda

Instagram: Ademar Vieira

Os desenhos de Ademar Vieira, que já rodaram o mundo, contam histórias que dispensam qualquer tipo de legenda, normalmente falando sobre injustiças sociais, desigualdade e problemas comuns do dia a dia. Leonardo Ambrosio – Mistério do Mundo

Looking at the stories, it’s no surprise that Vieira worked as a screenwriter. But what’s surprising is how talented he is at illustrating these narratives without using a single word. The fact that his silent narratives express a whole world of emotions, themes, and ideas is remarkable.

Ademar fez muito sucesso com seus desenhos que tratavam do tema da quarentena, que tocam de assuntos super delicados com uma destreza ímpar.

Por conta do sucesso de seus desenhos na Internet, o amazonense foi entrevistado pelo portal europeu ‘BoredPanda‘, onde teve seus desenhos compartilhados. “Eu comecei a fazer os desenhos de forma despretensiosa, somente como uma forma de exorcizar meus demônios durante uma fase bem difícil que eu estava vivendo no começo de 2020. E quando eu postei as tirinhas, eu percebi que muitas pessoas se identificaram com elas. Eu recebei um grande feedback e então continuei a expor as coisas que eu estava sentindo, e a audiência foi ficando maior. Quando me recuperei, estávamos na pandemia do coronavírus, o que significa que todo mundo estava vivendo uma fase ruim. Então em continuei expondo os problemas das pessoas ao redor do planeta.

Ademar gave Bored Panda an exclusive interview about his works and background in general. “I started making the strips unpretentiously, just as a way to exorcise my demons during a very difficult phase that I was going through in early 2020 and when I posted, I realized that many people identified with them themselves. I received good feedback and then I continued to expose the things I was feeling and the audience got bigger. When I recovered from the bad phase, we were in the coronavirus pandemic, meaning everyone was going through a bad phase, so I continued to explore the problems people around the world were going through. Now I have used the strips to express my opinions on some issues that I consider relevant, whether personal, social, or political.”

Uma de suas tirinhas mais compartilhadas entre os portais estrangeiros está a história intitulada “Mãe”, que fala sobre um dos piores problemas do nosso país na atualidade, a falta de cuidado e preservação com a nossa Floresta Amazônica.

“Hoje, no meu país, há notícias diárias sobre os incêndios provocados na Amazônia e no Pantanal, duas de nossas maiores reservas de biodiversidade. Isso nos afeta, mas não da mesma forma que afeta os animais. Talvez, por meio da arte, possamos ver as coisas por outra perspectiva”, disse o autor.

“I couldn’t believe it when a comic strip of mine went viral in Latin America in June this year. I received 100 thousand likes and gained 20 thousand followers in one week. Famous people and profiles came to talk to me and congratulate me and that left me in the clouds, but it also brought the weight of responsibility. Now, I was no longer making strips just for me and my friends, people from different countries were also seeing me. I was very happy that the public showed me a path to be followed as an artist and I want to follow that path to see what else is good.”

Uma super erupção vulcânica estar mais próxima do que podemos imaginar!?!

Há coisas neste planeta que estão além do nosso controle e não podemos dar nada como garantido, pois tudo pode desaparecer de uma hora para outra, seja devido à ação humana, seja devido ao curso natural do planeta. Matheus ManenteMeteored

E um dos maiores riscos que corremos, hoje, parte da atividade geológica do nosso próprio planeta. Estima-se que há cerca de 5 a 10 vulcões ao redor do mundo capazes de produzir uma super erupção vulcânica – do tipo que afetará catastroficamente o clima global e causará extinções em massa.

Um desses vulcões se esconde sob as águas do Lago Toba, na Indonésia. No último milhão de anos, sabemos que este vulcão causou duas super erupções, e sabemos também que ele vai explodir novamente no futuro.

O fato é que não sabemos. Não há registro histórico da resposta humana a uma super erupção tão grande quanto as causadas pelo Monte Toba. Tal evento mudaria completamente o clima global e traria inúmeros problemas, principalmente em termos de abastecimento de alimentos e migração de populações ao redor do planeta.

A catástrofe teria dizimado populações inteiras de hominídeos e mamíferos na Ásia, colocando em risco nossa própria espécie. Os poucos Homo sapiens sobreviventes na África teriam desenvolvido estratégias sociais, simbólicas e econômicas sofisticadas que lhes permitiram eventualmente repovoar a Ásia 60 mil anos atrás. GALILEU

Um artigo publicado na revista Nature Communications, entretanto, aponta para outro fato. Segundo os especialistas vinculados ao Instituto Max Planck para a Ciência da História Humana, há evidências de que nossos ancestrais sobreviveram à erupção – o que indica que a catástrofe ambiental não foi tão terrível quanto se pensava.

E de fato, no centro do lago Toba existe uma ilha que se ergueu da água por causa do magma que está se acumulando no reservatório subterrâneo. Cientistas percebem que a ilha está aumentando gradualmente de altura, o que indica que o vulcão está ativo e o magma está se acumulando neste momento.

Uma equipe internacional de geólogos desenvolveu uma análise dos níveis de urânio e chumbo no zircão (um mineral encontrado em erupções vulcânicas explosivas) do monte Toba,e dois resultados foram obtidos através da pesquisa.

O primeiro é que, os vulcões não emitiram nenhum tipo de alerta fora do usual antes da erupção (como terremotos ou rápida elevação do solo), o que torna o processo de previsão muito mais difícil e talvez até mesmo impossível.

O segundo é que os cientistas estimaram que há 320 quilômetros cúbicos de magma armazenados no monte Toba: O que significa que ainda levaria cerca de 600 mil anos para que uma nova super erupção ocorresse. Ainda assim, erupções menores podem ocorrer a qualquer momento e trazer problemas graves para os seres humanos.

NÃO SEREMOS AVISADOSCanal do Schwarza

Na notícia de hoje, um estudo inquietante revela que pode não haver aviso para a próxima erupção do supervulcão Alguns dos principais sinais de alerta que os geólogos normalmente procuram antes de uma erupção supervulcânica podem não estar presentes em todos os casos, de acordo com um novo estudo detalhado do vulcão Toba em Sumatra, Indonésia.

As descobertas sugerem que as erupções gigantescas de Toba, cerca de 840.000 anos atrás e 75.000 anos atrás, não foram precedidas por um influxo repentino de magma no reservatório do vulcão. Em vez disso, o magma se acumulou constante e silenciosamente antes das explosões. Porém, de maneira crucial, a segunda supererupção precisou de menos da metade do tempo para o magma se acumular do que a primeira – 600.000 anos em vez de 1,4 milhão de anos – por causa do aumento gradual da temperatura da crosta continental ao redor do reservatório de magma. Este é um círculo vicioso’ de erupções, disse o geólogo Ping-Ping Liu, da Universidade de Pequim, na China. “Quanto mais o magma aquece a crosta, mais lentamente o magma esfria e mais rápida se torna a taxa de acúmulo de magma.

Eruze-se: Vulcão Cumbre é jovem!?!, Petrovita, 3 plantas comestíveis que quase toda calçada tem, Moda e sustentabilidade, Anciões nativos do ártico enviaram um aviso a NASA e disseram que algo esta acontecendo com a Terra

Tesla sem bateria bloqueia estacionamento de shopping por 3 horas

Um carro elétrico da Tesla ficou sem bateria na rampa do estacionamento do maior shopping center da Grã-Bretanha. O acesso, que é o único ao local, ficou bloqueado por 3 horas, provocando a ira dos outros motoristas que estavam logo atrás: a eles, não restou outra alternativa senão esperar. AutoPapo

O incidente ocorreu no shopping Westfield, em Londres. Como os funcionários do centro de compras não conseguiram mover o Tesla sem bateria, a única solução foi orientar os veículos que estavam atrás dele a voltarem de ré. O “detalhe” é que o estacionamento tem nada menos do que cinco andares.

No fim das contas, o veículo só foi removido após a chegada de uma equipe de assistência da própria Tesla. Os motoristas que estavam no local reclamaram sobre a demora nas redes sociais. Um deles, porém, lembrou que a autonomia dos carros da Tesla já supera os 600 km, culpando o proprietário do veículo que ficou sem bateria.

Rebocar um carro elétrico pode ser uma tarefa bem difícil. É que nem todos os modelos têm ponto morto. Pois é: como, nesses veículos, o motor proporciona torque imediato, os câmbios geralmente têm apenas uma marcha à frente e outra à ré. Isso sem falar nos mecanismos de recuperação de energia cinética associados ao conjunto mecânico.

Além do mais, também não é possível fazer um enxerto convencional na bateria, procedimento popularmente conhecido como “chupeta”. Nesse caso, o problema é a tensão de 12V dos carros convencionais é baixa demais para um similar elétrico.

Um Tesla da polícia ficou sem carga nas baterias em meio de uma perseguição em San Francisco, na Califórnia. Durante a perseguição, o veículo policial teve de parar e pedir reforços devido ao imprevisto. Contudo, o fugitivo conseguiu escapar. BRUNO IGNACIO DE LIMAOFICINA DA NET

O suspeito era perseguido pela polícia de Fremont no seu Tesla Model S. O agente em questão, Jesse Hartman, foi surpreendido pelo aviso quando já só faltavam cerca de seis milhas para esgotar as baterias.

A adoção do Tesla Model S pela polícia de Fremont faz parte de um projeto piloto para reduzir as emissões de gases com efeito de estufa pelas entidades públicas, e até então essa frota é a única nos EUA com um veículo da empresa de Elon Musk.

Sze: 900.000 km de elétrico, Bateria cilíndrica de íons de lítio de alta capacidade para carros elétricos, Brasil lança bateria à base de nióbio com tecnologia que recarrega carros elétricos em até 6 minutos, Brasil produz painel solar orgânico

Campus Party

A Campus Party é uma experiência geek com o objetivo de criar cada vez mais um ambiente imersivo e disruptivo para debater sobre tecnologia, criatividade, inovação e educação.

Campus Party CPBR13

Mais de 1500 comunidades parceiras, que são compostas de pessoas engajadas que fomentam esse debate e fazem a Campus Party acontecer! Faça parte de uma comunidade parceira e vamos juntos mudar o código fonte do mundo!

Uma Campus híbrida, com parte dos conteúdos digitais e toda uma Campus Party presencial para receber você.

A #CPBR13 começa digital no dia 11 de novembro, ao vivo em 4 palcos diferentes e no dia 13 de novembro nossa Arena e Camping serão abertos para que todos possam voltar para a Campus!

A Campus Party Brasil, um dos maiores festivais de tecnologia, educação e empreendedorismo, e após dois anos totalmente online, o evento será realizado em formato híbrido em novembro. Nos dias 11/11 e 12/11, a programação será virtual, enquanto dos dias 13/11 a 15/11, o Centro de Eventos do Anhembi estará aberto ao público. Olhar Digital

Vale ressaltar que a venda de ingressos já está aberta no site do evento. O primeiro lote será vendido por R$ 175 até o dia 23 de outubro. No segundo lote, que vai até 7 de novembro, o valor aumenta para R$ 200. Por fim, o último lote terá o valor de R$225.  Entre 13 e 15 de novembro também haverá venda de ingressos no Anhembi, que fica na Av. Olavo Fontoura 1209 – Santana.

Para o camping individual e duplo, os valores citados antes são acrescidos de R$100 e R$150, respectivamente.

Como de costume, a Campus contará com outros espaços para a realização de workshops, hackatons, game jams e para o “Campus Jobs”, que reunirá palestras com especialistas em setores de TI como desenvolvimento de software e análise de dados.

Campuze-se: Campus Party Digital Edition, WordCamp Denver, Que comecem os Doodle Champion Island Games!, Impressora braile feita em LEGO, Cursos de Programação informática, Extra, mais roubado!!! Black Friday