China e 11 milhões de plásticos

Há 30 anos que praticamente metade do plástico jogado fora de todo o mundo é exportado para a China, onde o material é reciclado e transformado em novos produtos de plástico. No final do ano passado, no entanto, o governo chinês deteVivimetaliunrminou o fim de tal processo, e proibiu a importação de lixo plástico para o país. A decisão cria um hiato prático assombroso: cerca de 110 milhões de metros cúbicos de lixo plástico produzido até 2030 por países europeus e pelos EUA, entre muitos outros, agora simplesmente não tem onde ser despejado. Vivimetaliun
“Sabemos de estudos anteriores que apenas 9% de todos os plásticos já produzidos foram reciclados, e a maioria deles acaba em aterros sanitários ou em ambientes naturais”, explica Jenna Jambeck, pesquisadora da Universidade da Geórgia e uma das autoras do artigo. “Cerca de 111 milhões de toneladas de resíduos plásticos vão ficar sem destino por causa da proibição de importação até 2030, por isso teremos que desenvolver programas de reciclagem mais robustos internamente e repensar o uso e o design de produtos de plástico se quisermos lidar com este desperdício de forma responsável”. ecycle

Anúncios

Blue Bug

A americana EV West Conversions, por exemplo, oferece kits compostos pelo motor AC, sistema de regeneração de energia em frenagens, adaptador para o câmbio, sistema de arrefecimento, instrumentos de controle do motor elétrico, controlador de aceleração e conversor para recarga por US$ 7.000 para todos os modelos “a ar” da Volkswagen — do Fusca à Kombi, do Karmann-Ghia ao VW-Porsche 914. Leonardo Contesini– Flatout


As motos, por sua natureza leve e compacta, ficam ainda melhores que os carros com kits de conversão para propulsão elétrica. No Brasil, um kit simples para moto elétrica custa menos de R$ 6.000, porém não é adequado para motos muito pesadas. Lá fora os kits custam entre US$ 2.000 e US$ 5.000, mas você também pode adquirir uma moto pronta.

Enxergue mais: FUSCA HÍBRIDO, BOBINA DE TESLA, DIA DA ÁRVORE, VIDACELL®, EMDRIVE – O MOTOR IMPOSSÍVEL, DICAS DE UMA ÁRVORE, NAARA BEAUTY DRINK!!!, IMPRESSORA BRAILE FEITA EM LEGO, A CEBOLA: O ELIXIR DESCONHECIDO, JEUNESSE, VERDADE OU MENTIRA?, MOVIDA A ÁGUA, TIMO, LUMINESCE™ CELLULAR REJUVENATION SERUM, BUMBLEBEE ERA UM FUSCA???, MONTE SEU FUSCA, NA ESTRADA HAVIA UMA PEDRA, MOTORHOME

Dia do Advogado

O Dia do Advogado é celebrado em 11 de agosto em homenagem a criação dos dois primeiros cursos de Direito no Brasil: a Faculdade de Direito do Largo de São Francisco, em São Paulo; e a Faculdade de Direito de Olinda, em Pernambuco. Ambos os cursos foram criados por D. Pedro I, em 1827, em algumas regiões do país, os profissionais também comemoram o dia 19 de maio, Dia de São Ivo, padroeiro dos advogados.

Os estudantes de direito festejam o chamado “Dia da Pendura”, quando saem pelos restaurantes próximos da universidade, consomem e não pagam. Calendarr

A graduação, além de elemento básico e obrigatório, é somente o primeiro degrau de um uma escada íngreme de especializações, reciclagens e preparações. Isso tudo sem contar os fatores tecnológicos que são um desafio novo com o qual todos os operadores do Direto terão de lidar.
O descompasso entre o número de cursos existentes e aqueles que efetivamente atendem aos requisitos de excelência que consideramos imprescindíveis evidencia o panorama: uma parcela significa não tem compromisso com a qualidade do ensino, são uma armadilha para quem sonha em construir uma carreira sólida num mercado tão dinâmico. Sem falar nas assustadoras taxas de reprovação no Exame de Ordem, que evidenciam o despreparo dos bacharéis despejados todos os anos no mercado. Claudio LamachiaConjur
O advogado é, de acordo com o que emana da Constituição, indispensável à administração da Justiça. Desse modo, é evidente que este exerce função essencial para o bom funcionamento do Judiciário, na medida em que é ele quem encampa os direitos de toda a população, assim como se opõe aos eventuais equívocos e abusos de poder circunstancialmente ocorrentes. Gamil Föppel El HirecheConjur

Veja também: A importância do cafezinho, UM “DEVOGADO” E… DUS BÃO!‏, O BARBEIRO, Brasileiro Reclama De Quê?, Deixa eu Falar, Justiça de mierda, Por que estamos nas ruas, Scoring drugs

As cobras coloridas da Coreana

As cobras coloridas desta tatuadora Coreana são um show de originalidade, no mundo real existem mais de 3 mil espécies, mas quando se trata de arte no corpo, a tatuadora coreana Zihee, de Seul, com um traço delicado, aposta em cores claras para criar cobras multicoloridas e dá um show de originalidade. Vivimetaliun

https://i1.wp.com/www.hypeness.com.br/wp-content/uploads/2018/06/tattoo4.jpg?zoom=2

https://i1.wp.com/www.hypeness.com.br/wp-content/uploads/2018/06/tattoo16.jpg?zoom=2
Enxergue mais: PRIMEIRAS FOTOS ERÓTICAS COLORIDAS DA HUMANIDADE, SALA SÃO PAULO, COMENDO RECIFE, SETEMBRO VERMELHO, NAARA BEAUTY DRINK!!!, PLANKTON INVASION, EVOLUSEX, EMV, BE MY EYES APP, INSTANTLY AGELESS ™, THE STREET STORE, ÍNDIO EDUCA, POR QUE CONSTRUIR UMA POLÍTICA DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL E CULTURA DE PAZ PARA A CIDADE DE SÃO PAULO?, VIDACELL®, 400 NUDES, RESERVE™, HO’OPONOPONO, RAPE ME, SANTA BUCETA, FILHOS DA PROSTITUTA

África Liberdade

Em 1821, foi o grito por liberdade do soldado negro condenado à forca Francisco José das Chagas uma das possíveis razões do nome atual do bairro. CECÍLIA GARCIA
No período pós-abolição, que tem seu início em 1888, a população negra vivia em casas e cortiços no centro da cidade; era naquela região que homens e mulheres sem acesso a direitos básicos como moradia conseguiam trabalho. Segundo a historiadora Cláudia Rosalina Adão no livro A Luta Contra o Racismo do Brasil, tanto a vinda de operários imigrantes como também os chamados trabalhos de melhoramentos da cidade – políticas de Estado para embranquecer e europeizar o centro – empurraram a comunidade pobre e também a negra para as periferias da cidade. Cidades Educadoras
O nome correto da Igreja de Santa Cruz, também conhecida por Igreja das Almas e localizada no ponto central do bairro, é Igreja da Santa Cruz dos Enforcados, pois era exatamente naquele local onde senhores e seus capangas cometiam a punição mais severa contras os negros.
A missão da pesquisadora Patrícia Oliveira é encontrar a memória trágica dos negros até a virada do século XX na maior cidade do país. Encontrar porque esses locais não por acaso foram apagados, apontando assim as histórias negligenciadas, as pessoas indesejadas, e formando o caldo daquilo que pode ainda ser a base de reparações históricas. CAROL SCORCE, da Carta EducaçãoGeledes

A estação do metrô Liberdade mudou de nome , se chama Japão Liberdade . O bairro da liberdade era originalmente um bairro de negros , muito antes da chegada da comunidade nipônica, se chamava Largo da Forca, pois era palco de execução de escravos negros fugitivos e condenados à pena de morte. Foi, aliás, por causa de um negro que a praça e o bairro foram chamados de Liberdade. Em 1821, um soldado chamado Chaguinha, condenado à morte por liderar uma rebelião por pagamento de soldo, sobreviveu a duas tentativas de enforcamento, ao que o público atribuía a um milagre e passava a gritar “liberdade” – só foi morto após o carrasco usar um laço de vaqueiro. Chaguinha, então, se tornou um santo padroeiro do bairro e protetor da Capela dos Aflitos, onde esteve antes de ser levado à forca, e da Igreja Santa Cruz dos Enforcados, construída décadas mais tarde em frente à praça, que abrigava organizações de ex-escravos e seus descendentes . Neste bairro também foi instalado à Frente Negra Brasileira , o Paulistano da Glória, e o cemitério dos escravos . Os imigrantes japoneses chegaram no bairro em 1912. O nome Liberdade é foi uma resposta à opressão. Miriam S. Ramos (WhatsApp)

Observe mais: MULTIVERSO MARVEL, LUMINESCE™, OUTROS VIAJANTES DO TEMPO, SAUDAÇÃO AO SOL, RESERVE™, CANCERIANO SEM LAR, AUSTRALIA DAY, NAARA BEAUTY DRINK!!!, EM BUSCA DA VERDADE, LIVROS QUE ENSINAM AS CRIANCAS CUIDAR DO PLANETA, INSTANTLY AGELESS ™, 11 INGREDIENTES QUE AJUDAM PERDER PESO, MARIANA OU PARIS? A DOR É A MESMA…, VIDACELL®, NAVE TIERRA, HO’OPONOPONO, EMV, ROBÔ EM BUSCA DE LIBERDADE, A INVASÃO DO BRASIL

Iº Encontro Estadual de Mulheres Indígenas do Estado de São Paulo

Iº Encontro Estadual de Mulheres Indígenas do Estado de São Paulo. “Mulheres Indígenas Lutar é Resistir”

Indicativo da Programação:

31/08/18 Chegada das delegações

1º Dia 01/09/18

Eixos: Saúde
8h Violência contra mulheres
10h Medicina Tradicional
14h Segurança na Alimentação
16h Saúde Sexual
19h Atividade cultural: oficinas de fitoterápicos

2º Dia 02/09/18

Eixos: Educação
8h Educação de base, educação normativa
10h Universidade, Cotas e Permanência
Eixos:Juventude
14h Mídias livres
16h Condições de Trabalho à Indígenas de Contexto Urbano
19h Atividades Culturais

3º Dia 03/09/18
Eixos:Demarcação de Terras
8h Invasões e a demora das demarcações
10h Marco temporal e o jurídico
Eixos:Questões Ambientais
14h Contaminação e Escassez da Água
16h Agrotóxicos e o Agronegócio
19h Atividades Culturais

4º Dia 04/09/18

Eixos: Autodeclaração e Contexto Urbano
8h Indígenas em Contexto Urbano
10h O serviço da Colonização e da Catequização (descolonizando)
14h OIT 169, Legislativo e Jurídico
16h Acolhimento a pessoas que se autodeclaram

5º Dia 05/09/18

8h Atividades culturais
10h Declarações de incentivos
14h Deslocamento Para a Marcha
16H Marcha das Mulheres Indígenas no Estado de são Paulo

(podendo ser alteradas se necessário)

6º dia 06/09/18 dispersão das delegações