CopenHill, a usina de lixo.

Uma usina de processamento de resíduos em Copenhague, na Dinamarca, que converte anualmente 440 mil toneladas de lixo em energia limpa, está conseguindo atender ao mesmo tempo a duas demandas públicas: transformar aquela capital na primeira cidade livre de carbono do mundo e fornecer um belo espaço de entretenimento e convívio social. Mega Curioso

Idealizado em 2002 como um ambicioso projeto arquitetônico em um estúdio chamado PLOT, CopenHill é hoje a maior usina de geração de energia através de resíduos do planeta, e também uma obra-prima de design, incorporando uma enorme pista de esqui e uma trilha de caminhada em seu telhado sinuoso, além de uma parede maciça para escalada em um de seus lados.

Durante o verão, o teto sinuoso da instalação se transforma numa trilha verde para um verdadeiro trekking urbano, enquanto no inverno o local muda para uma encosta artificial ao ar livre, de 90 metros, para a prática do esqui, com direito a um teleférico. Além da mais alta parede escalável do mundo.

Projetado pelo escritório de arquitetura Bjarke Ingels Group (BIG), o CopenHill foi inaugurado em 2017 e é um dos maiores, e mais agradáveis, exemplos de sustentabilidade urbana hoje existentes.

Copenhagen, a capital da Dinamarca, prometeu a seus cidadãos que seria a primeira cidade a neutralizar o carbono. Tudo isso precisa ser feito até 2025 e um dos projetos chave da cidade para colocar isso em prático é conhecido como CopenHill. Pristina.org

Copenhagen, a capital da Dinamarca, prometeu a seus cidadãos que seria a primeira cidade a neutralizar o carbono. Tudo isso precisa ser feito até 2025 e um dos projetos chave da cidade para colocar isso em prático é conhecido como CopenHill, criação dos designers do Bjarke Ingels Group.

CopenHill é um exemplo mais do que perfeito de como a arquitetura pode ser uma ferramenta de sustentabilidade, ajudando a criar uma estrutura urbana vibrante e inusitada que ajuda a suprir as necessidades diversas de toda uma comunidade. Além disso, o CopenHill ainda vai ser tornar um ponto turístico diferente que vai atrair ainda mais pessoas para a Dinamarca.

Copenhagen, a capital da Dinamarca, prometeu a seus cidadãos que seria a primeira cidade a neutralizar o carbono. Tudo isso precisa ser feito até 2025 e um dos projetos chave da cidade para colocar isso em prático é conhecido como CopenHill, criação dos designers do Bjarke Ingels Group.

CoperHillze-se: Consumo colaborativo e sustentabilidade, Cursos online e gratuitos sobre agrofloresta, permacultura e ecodesign, Troque lixo por comida!?!, Painéis solares em Curitiba recebe destaque internacional, Os desafios da transição energética, Ciclolix e a bike lixo!

2 respostas para “CopenHill, a usina de lixo.”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s