Fundadores do Google, Larry Page e Sergey Brin, renunciam

Na tarde desta terça-feira (3), os cofundadores do Google, Larry Page e Sergey Brin, anunciaram que estão deixando o controle da empresa-mãe Alphabet para o atual CEO do Google, Sundar Pichai, mas os dois permanecerão empregados da Alphabet e manterão os assentos no conselho.

A Alphabet, no ano de 2015, marcava uma nova estrutura corporativa sem precedentes para o Vale do Silício, em uma época que gigantes da tecnologia estavam acumulando grande poder e consolidando indústrias. A empresa foi projetada para dividir o Google em seu negócio principal, incluindo os mecanismos de pesquisa e outros produtos massivos, além dos braços diversos, como o laboratório X (anteriormente chamada de Moonshot Google X) e agora a auto-unidade motriz Waymo.
Desde a criação da Alphabet, o preço das ações da empresa mais do que dobrou, assim como a receita. O primeiro relatório trimestral de ganhos da Alphabet registrou vendas de US$ 18,7 bilhões, enquanto o mais recente apontou US$ 36,6 bilhões.
“Não poderíamos imaginar que, em 1998, quando transferimos nossos servidores de um dormitório para uma garagem, a jornada se seguiria”. Olhar Digital

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s