A Noite

A Noite – Tiê

Palavras não bastam, não dá pra entender
E esse medo que cresce e não para
É uma história que se complicou
E eu sei bem o porquê

Qual é o peso da culpa que eu carrego nos braços
Me entorta as costas e dá um cansaço
A maldade do tempo fez eu me afastar de você

E quando chega a noite e eu não consigo dormir
Meu coração acelera e eu sozinha aqui
Eu mudo o lado da cama, eu ligo a televisão
Olhos nos olhos, no espelho e o telefone na mão

Pro tanto que eu te queria, o perto nunca bastava
E essa proximidade não dava
Me perdi no que era real e no que eu inventei
Reescrevi as memórias, deixei o cabelo crescer
E te dedico uma linda estória confessa
Nem a maldade do tempo, consegue me afastar de você

Te contei tantos segredos que já não eram só meus
Rimas de um velho diário, que nunca me pertenceu
Entre palavras não ditas, tantas palavras de amor
Essa paixão é antiga e o tempo nunca passou

E quando chega a noite, e eu não consigo dormir
Meu coração acelera e eu sozinha aqui
Eu mudo o lado da cama, eu ligo a televisão
Olhos nos olhos, no espelho e o telefone na mão

Veja também: SOZINHO NÃO!, HAPPY TOGETHER, INEZITA BARROSO400 NUDESDIGA A ELANICK CAVE

Brô Mc´s

“não quero tua esmola / nem a sua dó, minha terra não é pó / meu ouro é o barro onde piso, onde planto / e que suja seu sapato quando vem na reserva fazer turismo”

O rap dos Brô MC´s é cantado em Português e em Guarani, mistura inédita no país, e as rimas falam do preconceito que passam, do sofrimento do povo indígena e sua história, mas apresentam um povo guerreiro que tenta conquistar o seu lugar. UFGD
Guarani-Kaiowa - violência do homem branco
O Brô MC`s é o primeiro grupo de rap indígena do Brasil, formada pelos jovens indígenas da aldeia Jaguapirú Bororó, localizada na área urbana da cidade de Dourados, Bruno Veron, Clemersom Batista, Kelvin Peixoto, Charlie Peixoto, Higor Lobo e Dani Muniz, em 2008 eles encontram com Higor Marcelo coordenador estadual da Central Única das Favelas de Mato Grosso do Sul (CUFA – MS), vocalista do grupo de rap Fase Terminal, que os convida para participarem de uma música do seu segundo álbum intitulado Outra Fase, a música “No Yankee”. Toque no Brasil

Veja também: Eju Orendive, Portal Rap Nacional, Xeque Monte, Catastrofe natural?, Território, A Terra a Gastar, O povo da caixa, Tribo de Jah – Mata Atlântica, A verdade pode estar no ovo, Feliz dia do índio!!!