A RÚSSIA NÃO ESTÁ NEM AI PRA ÉTICA

A RÚSSIA NÃO ESTÁ NEM AI PRA ÉTICACanal do Schwarza

Rússia não está nem ai pra ética e deixou bem claro que não irá adotar medidas de controle para robôs autônomos militares. Durante um congresso que visa impor limites para robôs que atacam pessoas sema supervisão de humanos, a Rússia toma a decisão polêmica de não aplicar procedimento de controle em suas máquinas de combate. Na notícia de hoje vou debater até onde os algoritmos interferem em nossa vida, podendo também, acabar com ela.

Vacinas. A opinião de Machado de Assis

Crônica, 9 de dezembro de 1894

Quando Machado de Assis encontrou Epitácio Pessoa no Rio de Janeiro | JOTA  Info

“Tudo tende à vacina. Depois da varíola, a raiva; depois da raiva, a difteria; não tarda a vez do cólera-morbo.

O bacilo-vírgula, que nos está dando que fazer, passará em breve do terrível mal que é, a uma simples cultura científica, logo de amadores, até roçar pela banalidade. (…)

Todas as moléstias irão assim cedendo ao homem, não ficando à natureza outro recurso mais que reformar a patologia.

Não bastarão guerras e desastres para abrir caminho às gerações futuras; e demais a guerra pode acabar também, e os próprios desastres, quem sabe? obedecerão a uma lei, que se descobrirá e se emendará algum dia.


Sem desastres nem guerras, com as doenças reduzidas, sem conventos, prolongada a
velhice até às idades bíblicas, onde irá parar este mundo? Só um grande carregamento, ó doce mãe e amiga Natureza; só um carregamento infinito de moléstias novas.


Mas a vacina não se deve limitar ao corpo; é preciso aplicá-la à alma e aos costumes, começando na palavra e acabando no governo dos homens.

Já a temos na palavra, ao menos, na palavra política. Graças às culturas sucessivas, podemos hoje chamar bandido a um adversário, e, às vezes, a um velho amigo, com quem tenhamos alguma pequena desinteligência. Está assentado que bandido é um divergente. Corja de bandidos é um grupo de pessoas que entende diversamente de outra um artigo da Constituição.

Quando os bandidos são também infames, é que venceram as eleições, ou legalmente, ou aproximativamente. (…)

Conhecido o princípio, sabido que tudo deriva de um micróbio, inclusive o vício e a virtude, obtém-se pelo mesmo processo a eliminação de tantos males.

O boato tem sido descomposto de língua e de pena, é um monstro, um inimigo público, é o diabo, sem advertirem os autores de nomes tão feios, que o boato é a cultura atenuada do acontecimento. Daqui em diante a história se fará com auxílio da bacteriologia.


As eleições, – uma das mais terríveis enfermidades que podem atacar o organismo social, – perderam a violência, e dentro em pouco perderão a própria existência nesta cidade, graças à cultura do respectivo bacilo.

Aposto que o leitor não sabe que tem de eleger no último domingo deste mês os seus representantes municipais? Não sabe. Se soubesse, já andaria no trabalho da escolha do candidato, em reuniões públicas, ouvindo pacientemente a todos que viessem dizer-lhe o que pensam e o que podem fazer. (…)”

Vacize-se: Thomas Malthus ou Thanos, Imunidade de rebanho, Gripe Espanhola, Centro Municipal de adoção de cães e gatos, A Revolta dos Macacos, CORTA-JACA, Doenças que podem ser tratadas com Canábis Medicinal, Joaquim

A. A. ou Bêbado Conhecido?!!?

O álcool afeta o cérebro e o sistema nervoso central, sua química, alterando níveis de neurotransmissores, age como um depressor de muitas ações no Sistema Nervoso Central (SNC).

Se você está preocupado com um problema com a bebida, deseja aprender mais sobre Alcoólicos Anônimos ou quer encontrar A. A. perto de você, clique aqui: Junta de Serviços Gerais de A.A. do Brasil

O Álcool estimula diretamente a liberação de outros neurotransmissores como a serotonina e endorfinas que parecem contribuir para os sintomas de bem-estar presentes na intoxicação alcoólica.

A.A. PRÓXIMO DE VOCÊ

Pensem nisso… e… se for dirigir, não beba.

Se for beber, *lembre-se: existe H2O*!

Dependentes do álcool sentem necessidade de beber como as outras pessoas sentem necessidade de comer, fazer sexo, respirar e, uma vez que começam, dificilmente conseguem parar.

😔+🍺=😊

😊+🍺🍺=😄

😄+🍺🍺🍺=😁

😁+🍺🍺🍺🍺=😝

😝+🍺🍺🍺🍺🍺=😖

😖+🍺🍺🍺🍺🍺🍺=😭

😭+🍺🍺🍺🍺🍺🍺🍺=😷

A maioria das pessoas pode curtir um copo de vinho no jantar ou uma cerveja com os amigos. Mas, para outras, um copo torna-se dois, dois se tornam quatro e assim sucessivamente. Elas são simplesmente incapazes de parar de beber. Monicavoxblog – A Luz é Invencível

Mude conceitos, você pode e deve: ALZHEIMERBEBER MENOSDIA DO VOLUNTARIADOSUA CARACASAS DE MEDIAÇÃOVIRTUDEINEZITA BARROSOPOR QUE PINGA?PROJETO VIBRAR PARKINSONA MEDITAÇÃO E SEU CERÉBRO

 

Eu sou o meu Deus.

Jesus disse:

Eu sou a Luz que está sobre todos,
eu sou o Todo,
e o Todo vem de mim,
e o Todo retorna a mim.
Corte um pedaço de madeira
e eu estarei lá,
levante uma pedra
e me encontrará lá.

Jesus foi treinado numa das mais antigas escolas secretas. Essa escola era chamada de Essênia. O ensinamento dos essênios é puro Vedanta. É por isso que os cristãos não registram o que aconteceu a Jesus antes dos seus trinta anos. Têm um pequeno registro da sua infância e dos trinta aos trinta e três anos, quando foi crucificado.

Conhecem poucas coisas, mas um fenômeno como Jesus não é um acidente; é uma longa preparação, não pode acontecer de um momento para o outro.

Jesus foi continuamente preparado durante durante esses trinta anos. Primeiro, foi enviado ao Egito e, depois, veio para a Índia. No Egito, aprendeu uma das mais antigas tradições dos métodos secretos. Depois, na Índia, ficou conhecendo os ensinamentos de Buda, os Vedas, os Upanishads e passou por uma longa preparação.

Esses anos não são conhecidos, porque Jesus trabalhou nessas escolas como um discípulo desconhecido. Os cristãos abandonaram propositadamente esses registros, porque gostariam que o filho de Deus não tivesse sido discípulo de qualquer outra pessoa. Não gostam da ideia de Jesus ter sido preparado, ensinado, treinado – parece humilhante.

Acham que o filho de Deus veio absolutamente pronto. Se alguém já está totalmente pronto, não pode vir.

Neste mundo, sempre entramos imperfeitos. A perfeição simplesmente desaparece neste mundo. A perfeição não é daqui, não pode ser – é contra a própria lei. Quando alguém se torna perfeito, toda sua vida entra numa dimensão vertical.

Isto deve ser compreendido: você progride num plano horizontal: de A para B, de B para C, de C para D, e assim por diante até Z; progride numa linha horizontal, do passado para o presente e do presente para o futuro.

Esse é o caminho da alma imperfeita, exatamente como a água fluindo num rio, das montanhas para as planícies e das planícies para o mar – numa linha horizontal, sempre mantendo seu próprio plano.

A perfeição move-se em linhas verticais, não horizontais. De A, ela não vai para B; de A vai para A1, e desse ponto vai para mais alto ainda. Para aqueles que vivem na linha horizontal, a perfeição simplesmente desaparece. Ela não existe, porque eles só podem olhar para o passado ou para o futuro. Podem olhar para trás, mas o homem perfeito não está lá; podem olhar para a frente, mas ele não está lá; podem olhar aqui, mas ele não está – porque uma nova linha de progressão começou.

O homem perfeito sobe cada vez mais alto, cada vez mais para cima. Move-se na eternidade e não no tempo.

A eternidade é vertical; eis porque é um eterno agora – não existe nenhum futuro para ela. Se você se move numa linha, o futuro existe; se você se move de A para B, o B está no futuro; e quando o B se tornar presente, o A já estará no passado e o C no futuro.

Você está sempre entre o passado e o futuro; seu momento presente é só uma fase passageira: o B está se transformando em C, o C em D, o D em E; tudo está se movendo para o passado. Seu presente é apenas uma linha cortada, um pequeno fragmento. No momento em que você se conscientiza dele, ele já se moveu para o passado.

Uma alma perfeita move-se numa dimensão completamente diferente: de A para A 1, para A2, para A3 – e isso é eternidade; é viver num eterno agora. Eis porque desaparece deste mundo.

Para entrar neste mundo, você tem de ser imperfeito. Diz-se nas velhas escrituras que sempre que um homem se aproxima da perfeição – muitas vezes isso acontece – deixa alguma coisa imperfeita para poder voltar.

Conta-se que Ramakrishna era viciado em comida, era obcecado. Pensava o dia inteiro em comida. Conversava com seus discípulos e, sempre que tinha uma chance, corria até a cozinha para perguntar à sua mulher: “O que está preparando? Que novidade está fazendo para hoje?” Muitas vezes até sua mulher se sentia embaraçada e dizia: “Paramahansa Deva, isto não fica bem para você.” E ele ria.

Um dia, sua esposa insistiu, dizendo: “Até seus discípulos se riem disso e falam: ‘Que espécie de homem liberto é Paramahansa?'”. Ele era tão obcecado por comida que sempre que Sharada, sua mulher, lhe trazia a refeição, imediatamente dava uma olhada na thali para ver o que ela estava trazendo. Esquecia tudo sobre Vedanta, sobre Brahma, e às vezes era muito embaraçoso, porque havia pessoas presentes e elas achavam um absurdo um homem liberto ser preso à comida.

Um dia, sua esposa insistiu:” Por que você faz isso? Deve haver alguma razão.”

Ramakrishna disse: “No dia em que eu não o fizer, você poderá contar mais três dias para eu estar vivo aqui. Quando eu parar, este será o sinal de que só estarei aqui por mais três dias.”

Sua esposa riu, seus discípulos também riram e disseram: “Isso não explica nada!” Eles não conseguiram acompanhar o significado do que foi dito.

Mas aconteceu exatamente assim. Um dia, sua esposa chegou com a comida e ele estava repousando em sua cama. Ele virou-se de lado – geralmente pulava da cama para olhar. Sua esposa lembrou-se do que ele havia dito: que viveria apenas mais três dias quando se mostrasse indiferente à comida. Ela não conseguiu segurar a thali; a thali caiu e ela começou a chorar.

Ramakrishna disse: “Mas todos vocês queriam que isso acontecesse. Agora, não se preocupem. Estarei aqui por mais três dias.” No terceiro dia, ele morreu. Antes de morrer, disse que estava preso à comida só para continuar ligado a alguma coisa imperfeita e poder estar com os discípulos, servindo-os.

Muitos Mestres fazem isso. No momento em que sentem que estão se tornando completamente perfeitos, prendem-se a alguma imperfeição só para continuar aqui. Caso contrário, esta margem não é mais para eles. Se todas as amarras são rompidas, seus botes rumam para a outra margem, não podem permanecer aqui.

Assim, eles mantêm alguma amarra, mantêm algum relacionamento, encontram alguma fraqueza em si mesmos e não permitem que ela desapareça. Desse modo, o círculo não é completado, uma lacuna permanece. Através dessa lacuna, eles continuam aqui.

É por isso que os hindus, os budistas e os jainistas, por terem conhecido muitos mestres, sabem que a perfeição não é deste mundo. No momento em que o círculo se completa, desaparece dos seus olhos. Você não pode ver, não está na sua linha de visão, está além – lá você não consegue penetrar.

Mas para dizer que Jesus já era perfeito quando nasceu, para enfatizar este fato, os cristãos tiveram de deixar de lado todos os registros. Jesus buscava tanto quanto você, era uma semente de mostarda como você. Tornou-se uma árvore, uma grande árvore, e milhares de pássaros do Céu se abrigam nele – mas também foi uma semente de mostarda.

Lembre-se que Mahavira, Buda e Krishna também nasceram imperfeitos, porque o nascimento pertence à imperfeição. Não há nascimento para o que é perfeito; quando alguém é perfeito, não existe transmigração.

Palavras de Osho
Email recebido de: Gilmara Silva – Hatha Yoga

Veja também: Cadeia plástica, Miniusina de energia, No Capão Redondo, ninguém sonha em ser médico, Saudação ao Sol, O mundo dos espertos, Maldito homem!, Olimpíadas, A Revolta dos Macacos, A Escalada do Monte Improvável, de Richard Dawkins, Criacionismo., Santa Buceta

PRO TESTE

NÃO PASSE SEUS DADOS FINANCEIROS (Cartão de crédito, débito em conta) PARA ESSA EMPRESA, ELES RENOVAM SUA ASSINATURA SEM SUA PERMISSÃO.

A PRO TESTE é uma entidade civil sem fins lucrativos, apartidária, independente de governos e de empresas, e tem como objetivo A DEFESA DO CONSUMIDOR NO BRASIL.

A PRO TESTE ajuda você a conhecer e exercer seus direitos com orientação e informação em suas publicações, em seu site e na mídia.

Veja também: Código de Defesa do Consumidor, A onda, CRASSEFICADOS‏, O povo da caixa, Como a indústria do fumo enganou as pessoas?, Consumo colaborativo, Inside Job, Impostômetro, A Terra a Gastar, Território, Assédio moral (bullying, manipulação perversa, terrorismo psicológico).