7 livros de ficção científica que todo homem deveria ler

╠ GeekTrooper ╣

FONTE: Manual do Homem Moderno | Site Masculino

Naves espaciais, viagem no tempo, robôs… Apesar de parecer escapista ao explorar universos imaginários, existe um valor alto na ficção científica que você só percebe com uma leitura mais atenciosa. Ela fala sobre a condição humana. Ao propor realidades paralelas ou visões do futuro, o gênero nos faz refletir sobre a humanidade em si. Quem somos? Para onde vamos? O quanto este momento no tempo importa para a história da civilização humana em si. Apesar de contar espaçonaves e por vezes perseguições em planetas alienígenas, a ficção científica sempre flertou muito com a filosofia. Autores como Arthur C. Clarke, Douglas Adams, William Gibson e Isaac Asimov sempre foram respeitados no meio acadêmico, recebendo diversos prêmios por suas realizações. Mesmo assim, muitos títulos que ficaram famosos no mundo, passaram – e ainda passam – desapercebidos no Brasil. Pensando nisso separei uma lista com 7 livros de ficção científica…

Ver o post original 779 mais palavras

John Titor , o VIAJANTE-ZERO

O Tempo ocupa o imaginário desde as mais remotas civilizações, pensadores e pesquisadores como Aristótenes, Galileu Galilei, Newton e Albert Einstein. A possibilidade do homem se deslocar tanto para o passado como para o futuro, segundo John Titor (pseudônimo) isso já aconteceu!

Em novembro de 2000, John Titor que se autodenominava VIAJANTE-ZERO (TimeTravel_0), declarou ser um viajante do tempo proveniente do ano 2036, porém foi desacreditado. O que define por “WORMHOLE” seria uma estrutura do espaço-tempo com a aparência de um túnel, conectando pontos separados no espaço e no próprio tempo. O Viajante-Zero “sumiu do mapa” em Março de 2001, em suas mensagens anunciou que deixaria o nosso tempo e retornaria ao ano 2036.

As razões e os motivos das suas viagens eram recolher informações ou certos itens necessários no ano 2036, vai ocorrer um bug em 2038. As missões realizaram-se entre os anos de 1960 e 1980, em 1975 deveria se apropriar de um computador IBM chamado 5100, um dos primeiros computadores portáteis e dotado de uma rara interface entre sua codificação e o emulador, a qual permitiria a qualquer programador acessar TODOS os códigos da IBM, este executa as linguagens de programação APL e BASIC.

Foto: Reabertura da ponte Fork South Bridge após inundação em novembro de 1940 no Canadá.

Fonte: In Ta na Lixeira

1928-cell-phone-cropped

Veja também: John Titor, CONSCIÊNCIAS NOTÓRIAS: ALBERT EINSTEIN, Morreu de que?, Vida inteligente., Via Láctea pelo navegador, Luzes, E fez-se a luz, El futuro, Batman – O Livro dos mortos, FORDISMO??, Processo licitatório?, Vamos acabar com o domínio da Monsanto, LEVITATION