APRENDA A SE COMUNICAR COM DEFICIENTES AUDITIVOS OU PESSOAS SURDAS

Primeiramente, é importante saber que deficiência auditiva e surdez não são sinônimos. Talita Cazassus Dall’Agnol

A surdez é quando se nasce surdo, isto é, não se tem a capacidade de ouvir nenhum som. Por consequência, surge uma série de dificuldades na aquisição da linguagem, bem como no desenvolvimento da comunicação.

deficiência auditiva é um déficit  adquirido, ou seja, é quando se nasce com uma audição perfeita e que, devido a lesões ou doenças, a perde. DIÁRIO DA INCLUSÃO SOCIAL

Segue 5 dicas que o DIS preparou para facilitar a sua comunicação.

1- Use expressões faciais correspondentes às ações

Uma pessoa com deficiência auditiva consegue compreender as emoções transmitidas nas mensagens, por meio de nossas expressões faciais e corporais. Por isso, é importante fazer gestos, mímicas, acenar e até tocar na pessoa para chamar sua atenção.

2- Use frases curtas e simples

Isso porque a Língua dos Surdos é bem menos complexa que a Língua Portuguesa e não faz uso de  conjunções. Por isso, quanto mais objetiva a mensagem, mas fácil fica o entendimento. Por exemplo:  Se formos comparar a frase “eu prefiro amarelo ao vermelho” na Língua dos Surdos se torna “amarelo sim, vermelho não”. Portanto, evite rebuscar e elaborar demais as frases.

3- Converse de frente

Permita que a iluminação incida sobre o seu rosto. A percepção visual dos surdos é mais aguçada e eles conseguem captar a mensagem, seja pela leitura labial ou mesmo pela expressão facial.

4- Não altere o tom de voz

A fonoaudióloga Cristiane conta que um dos maiores erros é gritar com surdos. “Além de o esforço ser em vão, já que ele não vai ouvir, o surdo pode entender que a pessoa está brava”, destaca. Quem grita transmite à pessoa surda uma sensação de agressividade, o que gera ansiedade e nervosismo.

5-Se for você quem não entende…

Se você não entender o que a pessoa surda está tentando dizer, não finja. “Procure demonstrar que não entendeu e nunca faça de conta que conseguiu captar a mensagem. Os surdos percebem na hora”, afirma a fonoaudióloga. Além disso, a pessoa surda pode evitar a comunicação quando não existe a reciprocidade do diálogo. Com certeza, os surdos vão tentar te explicar de outra forma e quantas vezes for preciso!

Surdeze-se: 5 PONTOS IMPORTANTES SOBRE O ESTATUTO DA PESSOA COM DEFICIÊNCIA, Descomplicando a Inclusão, Dia da Pessoa Surdocega, Semana da Educação Especial na Perspectiva da Educação Inclusiva, Auti interação

Sem palavras

https://m.facebook.com/story.php?story_fbid=1670581442998236&id=165205036869225

Precisamos falar sobre a redação do Enem.

Notei, ao longo da última hora, uma chuva de comentários (positivos e negativos) sobre o tema escolhido para a redação desse ano e após conversar com alguns amigos, decidi fazer algumas considerações sobre o assunto:

Em primeiro lugar, precisamos entender que a escolha não é completamente aleatória. O ano de 2017 marca inúmeras conquistas para a comunidade surda: o primeiro ano em que a prova é acessível em Libras, através de prova em vídeo, para candidatos surdos; aniversário de 15 anos da lei que reconhece a Libras como língua oficial da comunidade surda do Brasil; 160 anos do Instituto Nacional de Educação de Surdos, etc.

Porém, reconheço que é um tema distante para muitas pessoas, afinal, mesmo com as conquistas mencionadas acima, não é incomum ver pessoas que ainda acreditam que o surdo é menos capaz do que o ouvinte ou que ainda acreditam nos mitos sobre a Língua de Sinais. Mas esse é um dos aspectos importantes sobre a escolhe do tema. Quando o Enem traz temas como a violência contra a mulher, preconceito ou desafios na educação de surdos, notamos uma forma clara de dizer para todo o Brasil “Nós vamos discutir sobre esses temas, sim!”, e essa, eu diria, é mais uma conquista, não apenas para a comunidade surda, mas para a população em geral.

Em suma, acho que os pontos principais são:

É um tema distante para grande parte dos candidatos? Sim, sem dúvida.

Esperar que pessoas que não tem contato com a área da surdez ou um mínimo de conhecimento prévio acerca do assunto apresentem uma proposta de intervenção é plausível? Pouco, bem pouco.

Mas, assim como os colegas surdos e ouvintes que também estão envolvidos com a área da educação de surdos, e da educação em geral, espero que esse tema traga a visibilidade que a questão necessita, que diálogos sejam estabelecidos, que avanços sejam alcançados e que os candidatos do ano de 2017 que em breve estarão ocupando as salas das universidades e ocuparão os mais diversos cargos em um futuro próximo, saiam da prova sensibilizados à questão da inclusão que ainda deixa tanto a desejar no Brasil.

Por Gabriel Simonassi

https://www.facebook.com/LIBRAS-Prof%C2%AA-Simone-Gon%C3%A7alves-894140800677873/

Após muitas lutas e reivindicações dos surdos brasileiros, pela primeira vez na história é aplicada a prova do Enem em LIBRAS para os candidatos surdos. 

E ainda caiu o tema “Desafios para a formação educacional de surdos brasileiros”. Um tema realmente surpreendente!!

Editado via celular

Darwin cadê você?

0918

DARWIN, Charles. A Origem das Espécies, no meio da seleção natural ou a luta pela existência na natureza, 1 vol., tradução do doutor Mesquita Paul.

Charles Darwin – A Origem das espécies

p1011e

A relação da sociedade brasileira com a teoria darwinista é marcada pelo desconhecimento, uma pesquisa concebida em dezembro de 2004 apresentou resultados preocupantes para os defensores do cientista inglês, 54%, acredita que o homem se desenvolveu ao longo de milhões de anos, mas que nada foi aleatório ou casual. Deus teria planejado e dirigido o processo. “Mídia e teoria da evolução hoje”, 5a São Paulo Research Conference. KIKA MANDALOUFAS – Jornal da USP

arvoredavida_darwin_up_23mar2009

Teologicamente, “Design Inteligente” (DI) é uma reedição de um conceito antigo, o argumento do “Deus dos buracos”, ao longo dos séculos combateram a idéia de chamar nossa ignorância de “Deus” como má teologia, visto que, pela visão bíblica, Deus sustenta e interage com a Criação continuamente, um Deus que precisaria constantemente “remendar” seu design original de tempos em tempos para que ele funcionasse não se parece com o Deus onipotente bíblico. Prof. Dr. Marcio Pie – GreenPixel

Observe mais: ZOOLUMINESCE™ CELLULAR REJUVENATION SERUMA casa dos outrosMAKOTA VALDINADARWIN CADÊ VOCÊ?EVOLUIMOS?COMENDO RECIFEQUEM MATOU O CARRO ELÉTRICO?NAARA BEAUTY DRINK!!!PLANKTON INVASIONÁrvores?; Quem é o povo?, Chora Darwin.EMVBE MY EYES APPINSTANTLY AGELESS ™CRIACIONISMO.ÍNDIO EDUCALIXO! EU?VIDACELL®, CAMPANHA RECOLHE ÓLEO DE FRITURA PARA FABRICAÇÃO DE BIODIESELVLIBRASEMDRIVE – O MOTOR IMPOSSÍVELRESERVE™,  Arveres somos nozes, A Revolta dos Macacos, Reign Over Me, Comida de tubarão, Via Láctea pelo navegador, Doenças degenerativas, Processo licitatório?

Cospe logo!

Três amigos discutiam quem tinha a profissão mais antiga.
– Não que eu queira contar vantagem – disse o marceneiro – Mas os meus
antepassados construíram a Arca de Noé!
– Isso não é nada! – contra-atacou o jardineiro – Foram os meus antepassados
que plantaram o Jardim do Éden!
– Tudo bem! – disse o eletricista, tranqüilo – Mas quando Deus disse “Haja
luz”, quem vocês acham que tinha puxado a fiação?

Em uma entrevista de emprego, o candidato diz:
– Eu preencho todos os requisitos necessários, mas só tem um detalhe: Sou
surdo.
– Ótimo! Você vai para a seção de reclamações!

O professor chamou a aluna mais gostosa da classe e perguntou:
– Rosana, me diga, qual é o elemento tem a fórmula química H2SO4?
A garota colocou um dedinho na boca, pensou, pensou e disse:
– Ai professor… tá na ponta da língua!
E o mestre:
– Então, cospe logo que é ácido sulfúrico!

Veja também: A importância do Doutorado, Universidades do mundo, Vida respeitável, A importância do cafezinho, Eu sou o meu Deus., UM “DEVOGADO” E… DUS BÃO!, DECLARAÇÃO IRPF 2012, Saúde nossa de cada dia!, Vitórias e Conquistas, Eu sou o meu Deus.