hotspot Wi-Fi

Um ponto de acesso sem fios comunica com computadores e outros dispositivos Wi-Fi usando sinais de rádio. O FTC (Federal Trade Commission) adverte que a maioria dos hotspots Wi-Fi não são seguras. Plantao Virtual
O termo hotspot foi usado pela primeira vez em 1988, por Norman Myers, em um artigo em que ele listava dez florestas tropicais com altos níveis de endemismo e destruição. https://m.brasilescola.uol.com.br/o-que-e/biologia/o-que-e-hotspot.htmBrasil Escola

Turn your desktop(with Wifi module)/laptop( Windows 7/8/10) into a WiFi Hotspot..2018. IT fact [Information & Technology]YouTube

Mude conceitos, você pode e deve: A onda, Medo?, Pai (de quem) trocinio!, Globo terrestre virtual, Princípio do ou não, Por que estamos nas ruas, V de Vingança, Água mata?, Arena, Portal da Transparência, Território, Carta de um policial nos protestos de São Paulo, Inicie um abaixo-assinado, Quem é o povo?

Onde Fui Roubado

Com o objetivo de alertar pessoas sobre regiões onde determinados crimes costumam acontecer, o site Onde fui Roubado já conta com 429 cidades cadastradas. Basta fazer um rápido cadastro junto ao serviço online e especificar o crime que foi cometido contra você para fazer parte da rede de relatores – as não têm seus nomes publicados. TECMUNDO

O WikiCrimes Mobile é um aplicativo que se conecta com a base de dados do site wikicrimes.org para verificar se o local que o usuário está é seguro ou não. EXAME.com

B.O Coletivo é um aplicativo para iOS que permite registrar ocorrências de crimes em um mapa coletivo com outros usuários, e também consultar as outras ocorrências nos locais que desejar. EXAME.com

 

Entenda mais: QUEM É O POVO?SÓ ISSO!ATRÁS DE MIM!WORLD CUPOLICEPOLICIAL DA FLÓRIDA MOSTRA COMO SE TRATA GAROTOSPOLÍCIA 24 HORASPRESÍDIOS NO REGIME MILITARDIA DA GUARDA CIVIL METROPOLITANAPROGRAMA PROJOVEM URBANODE QUE LADO VOCÊ ESTA?BODE EXPIATÓRIOUM GOLPE EDUCADO!BE MY EYES APP

Humaniza Redes plágio?

humaniza-redes-fail

Pacto Nacional de Enfrentamento às Violações de Direitos Humanos na internet. Otário A. Anonymous

getty-images

fluxoghumaniazaredes

desumanizaredes

Se querem humanizar a rede, que tal começarem humanizando a saúde, a educação, a segurança, ou até mesmo os benefícios concedidos aos políticos?! Afinal, receber salários de 33 mil reais e mais inúmeros benefícios, enquanto a população ganha em média menos de 2,2 mil reais mensais, isso não é nada humano! Otário Anonymous

decoracaopcoracao

Veja também: Liberdade de expressão, The X-Files, Casas de Mediação, Nada se cria, tudo se copia!, Nikola Tesla, EduFin, Controle Social, Índice de Desenvolvimento Humano, Emprego Apoiado

A máscara e algumas verdades

Cada aposta de 6 números vale R$2,00! Portanto, para conseguir comprar todas as combinações possíveis de um sorteio da Mega-Sena, seriam necessários aproximadamente: 100 milhões de reais (R$2 x 50.063.860).

MegaSenaAcumulada

Por que um relatório impediria a realização de um sorteio?
Qual a dificuldade em sortear bolinhas que giram de modo aleatório dentro de um globo? #NumFodePorra

MegaSena-da-VIrada

Medidas simples como o cadastro dos apostadores em sua base de dados (contendo: nome, CPF, endereço e dados bancários) reduziriam drasticamente a lavagem de dinheiro que ocorre nas LOTERIAS da CAIXA. Fraude na Mega-Sena da Virada?

Um cadastro dos apostadores no sistema da CAIXA (nome, endereço, CPF, etc.) evitaria: roubo de bilhetes, venda de bilhetes premiados, disputas familiares ou entre amigos para saber de quem é o bilhete, etc! A segurança seria tanta que, caso o apostador, ao sair da casa lotérica, quiser rasgar seu bilhete, poderia fazer isso sem problema algum, pois mesmo assim ainda estaria com o seu prêmio garantido ;-). Tá querendo me enganar, CAIXA?!

megajoaoalves

Veja também: Saramago, Consulta CPF, Fair Play, Indivíduos perigosos, Portal da Transparência, Indivíduos perigosos, Orçamento doméstico, 35 verdades ditas sobre o Brasil, pelos olhos de um Turista, Sozinho não!, PRESÍDIOS NO REGIME MILITAR, O pai da propaganda, Eu, não, meu senhor, Inclusão, Deputados amputados, DECLARAÇÃO UNIVERSAL DOS DIREITOS HUMANOS, Perfeição, Porque sim!, A Copa do Pinheirinho

E agora???

A Lei de Drogas, de 2006, não listou quais substâncias são ilícitas, deixando isso a cargo do Ministério da Saúde e segundo o juiz Frederico Ernesto Cardoso Maciel, do Tribunal de Justiça do Distrito Federal (TJDF), como não existe uma justificativa oficial para a proibição do uso da maconha, a criminalização do uso da droga transgride o princípio da impessoalidade determinado pelo art. 37 da Constituição. “O ato administrativo, em especial o discricionário restritivo de direitos, diante dos direitos e garantias fundamentais e também dos princípios constitucionais contidos no art. 37 da Constituição da República devem ser devidamente motivados, sob pena de permitir ao Administrador atuar de forma arbitrária e de acordo com a sua própria vontade ao invés da vontade da lei”. Redação Pragmatismo

guerra-as-drogas-acabar-policia-bancos-traficantes

O impacto da legislação brasileira antidrogas no sistema prisional é prova cabal da falência do sistema repressor que criamos. O consumo de drogas não diminui, mas o número de presos por crimes relacionados às drogas aumenta ano após ano, e explodiu desde a promulgação da atual lei que trata do tema, em 2006. Lucia Nader e Rafael Custódio

cerebroforadagaiola

Somente a cidadania plena conduz à democracia. Não há outra forma de ser cidadão que não seja através da educação ideológica e política. Pragmatismo Político

legalizaruruguai

Veja tambén: FHC = THC, José Mujica maconheiro?, Scoring drugs, Quarto poder, Doenças degenerativas, Suco de limão e Bicarbonato, Vamos acabar com o domínio da Monsanto, O Coxinha – uma análise sociológica, Paulo Freire, Jesus Negão, Carmina Burana: Introduction (O Fortuna), Índice de Desenvolvimento Humano, Cadê os Amarildos?

Porquê eu quis?

Pq eu quis
porque-eu-kiss
A conjugação correta do verbo “querer” no pretérito perfeito do indicativo é “quis”, com “s” ! Portanto, o correto é dizer: Eu não quis fazer isso!

Muitos escrevem com “z” por comparação com outros verbos, como fazer (eu fiz) ou dizer (ele diz):

Eu fiz (passado) um presente para você!
Eu quis (passado) comprar um presente para você!

Ele diz (presente) umas coisas…
Ele quis (passado) umas coisas…

Na dúvida, fique sempre atento ao seguinte: nas conjugações do verbo “querer” não existe “z”, há o som, mas não há a consoante. Assim, toda vez que aparecer o som de “zê”, escreve-se “s”: quando eu quiser, tu quiseste, ele quis, se eu quiser, quando ele quiser, etc.

O gerúndio é querendo e o particípio é querido. Já o infinitivo é querer: Nada disso me faz querer ser milionário!

Por Sabrina Vilarinho
Graduada em Letras

bicicletasilêncio

Veja também: Multa não, ciclovia!, Mídia estão de luto, Qual o volume ocupado por 1 trilhão de reais?, Sonegômetro, Casas de Mediação, Rorschach, A importância do Doutorado, Universidade Aberta do Meio Ambiente e da Cultura de Paz – UMAPAZ, Fátima, Primo rico?, Indivíduos perigosos, Instituto Alana, Não Foi Acidente, De Quem é a Culpa?, Bandeirantes Modernos, Hour guitar, O Combate a Corrupção nas Prefeituras do Brasil

Urna fraudetrônica

mais-seg-transp-e-cred


erronosistemabrazil
votoimpressoja
Urna eletrônica ou máquina de votação é a combinação de equipamentos mecânicos, eletromecânicos ou eletrônico (incluindo software, firmware e documentação necessária para controle do programa e apoiar equipamento), que é usado para definir escrutínios; expressos e contagem de votos; para relatar ou exibir resultados eleitorais; e para manter e produzir qualquer informação de trilha de auditoria. As primeiras máquinas de votação foram mecânicas, mas é cada vez mais comuns o uso de máquinas de votação eletrônicas. Wikipédia, a enciclopédia livre.

Otário A. Anonymous

Veja também: Voto Nulo, Os sentidos da política – problemas e perspectivas, Vinte centavos, Anestesia mental., , De quem é o poder?, O Combate a Corrupção nas Prefeituras do Brasil, Candidato Caô Caô, A arte de ler., Por que estamos nas ruas, Mídia Ninja, O analfabeto político, Ai meu Deus!, Multa não, ciclovia!, Bolsa ruralista, quer que desenhe?

V de Vingança

“Não importa o indivíduo, e sim a idéia.”

“Não são as pessoas que deviam temer os seus governos, e sim os governos que deviam temer suas pessoas.”

v_for_vendetta

Inglaterra, 5 de novembro de 1605. Treze jovens conspiradores católicos tentaram explodir o palácio de Westminster, colocaram 36 barris de pólvora no porão do parlamento Inglês na esperança de explodir o prédio juntamente com o Rei James I e todo o parlamento inglês, e assim acabar com a contínua opressão aos católicos, mantida por James I, e colocar no trono Elizabeth, a filha dele, como a fantoche de um novo governo, mais tolerante. Mas a drástica medida não agradou a todos os católicos, e aparentemente o plano vazou, e assim o mercenário Guy Fawkes foi preso em um túnel abaixo do parlamento antes que pudesse completar sua missão, tendo sido torturado até divulgar o nome de todos os conspiradores. Lord Salisbury, então primeiro-ministro, usou essa traição como pretexto pra aumentar ainda mais a perseguição a TODOS os católicos.
Fawkes_arrest2
Nesta mesma noite foi acesa uma fogueira para comemorar o desmantelamento do plano e a segurança do Rei, este dia ficou conhecido como a “noite da fogueira”, e é comemorado com fogos de artifício.

Veja também: Terceira Onda, Inside Job, Rotina, Saindo da Matrix, Warner Bros. Pictures, Anonymous, Museu Virtual, Sua segurança?, Os cães, 1984!, O Combate a Corrupção nas Prefeituras do Brasil, Carlos Marighella, A culpa é de quem!, Symphony Of Destruction

Carta à Sra. “Presidenta” da República

Excelentíssimo Sr. Presidente da República Federativa do Brasil.
Manifesto meu total apoio ao seu esforço de modernização do nosso país.
Como cidadão comum, não tenho muito mais a oferecer além do meu trabalho, mas já que o tema da moda é Reforma Tributária, percebi que posso definitivamente contribuir mais.

Vou explicar:
Na atual legislação, pago na fonte 27,5% do meu salário…
Como pode ver, sou um brasileiro afortunado. Sou obrigado a concordar que é pouco dinheiro para o governo fazer tudo aquilo que promete ao cidadão em tempo de campanha eleitoral.
Mesmo juntando ao valor pago por dezenas de milhões de assalariados!
Minha sugestão é invertermos os percentuais:
A partir do próximo mês autorizo o Governo a ficar com 72,5% do meu salário…
Portanto, eu receberia mensalmente apenas 27,5% do resultado do meu Trabalho mensal.
Funcionaria assim: Eu fico com 27,5% limpinhos, sem qualquer ônus…

O Governo fica com 72,5% e leva as contas de:
-Escola;
-Convênio médico;
-Despesas com dentista;
-Remédios;
-Materiais escolares;
-Condomínio;
-Água;
-Luz;
-Telefone;
-Energia;
-Supermercado;
-Gasolina;
-Transporte Escolar ou Coletivo, como preferir;
-Vestuário;
-Lazer;
-Pedágios;
-Cultura;
-CPMF;
-IPVA;
-IPTU;
-ISS;
-ICMS;
-IPI;
-PIS;
-COFINS;
-Segurança;
-Previdência privada e qualquer taxa extra que por ventura seja repentinamente criada por qualquer dos Poderes Executivo, Legislativo e Judiciário.

Um abraço Sra. Presidenta e muito boa sorte, do fundo do meu coração!

Ass.: Um trabalhado que já não mais sabe o que:
• fazer para conseguir sobreviver com dignidade.
• PS: Podemos até negociar o percentual !!!

Agora vejam só a farra do Congresso Nacional :

Salário:……………………………………………………..R$ 24mil;
Auxílio-moradia:………………………………………R$ 4 mil;
Verba para despesas “comprovadas”:………R$ 25 mil;
Verba para assessores:…………………………….R$ 5,8 mil;
Para ‘trabalharem’ no recesso:………………….R$ 25,4 mil;
Verba de gabinete mensal:………………………..R$ 35 mil;
E mais:
Transporte: Passagens aéreas de ida e volta a Brasília/mês;
Direito a “contratar” 20 servidores para seu gabinete;
13º e 14º salários, no fim e no início de cada ano legislativo;
e 90 dias de férias anuais e folga remunerada de 30 dias.

ISSO PARA CADA UM DOS 514 DEPUTADOS sem vergonha, descarados, malandros, mentirosos, assassinos, ladrões de merenda, remédios, etc … .
Esse dinheiro sai dos cofres públicos, ou seja, do nosso bolso !!!

Veja também: Recadastramento Eleitoral Biométrico, Sem saída?, Candelária, DECLARAÇÃO IRPF 2012, Impostômetro, O BARBEIRO, Saúde nossa de cada dia!, Incêndio, apenas 4° andar é salvo., Na contramão?, No Capão Redondo, ninguém sonha em ser médico, Vitórias e Conquistas