Dia Nacional do Guarda Civil Municipal

Observe mais: GTA IV – GCM : Duster Guarda Civil Metropolitana de São Paulo, SANDUÍCHES SEM PÃO, PHILIP K. DICK, DIA DO GUARDA CIVIL, TORNE-SE UM MENDIGO., CARTA DE UM POLICIAL NOS PROTESTOS DE SÃO PAULO, ADORO ESSA PARTE DA ANATOMIA FEMIMINA., MEDICINA TRADICIONAL YANOMAMI ON-LINE, ÍNDIO EDUCA, PRINCÍPIOS: O USO DA FORÇA, REMÉDIO QUE CURA QUALQUER DOENÇA, ONDE FUI ROUBADO, RESERVE™, A HISTÓRIA DO JARDINEIRO DE OXALÁ, SÓ ISSO!, UM GOLPE EDUCADO!, POLICIAL DA FLÓRIDA MOSTRA COMO SE TRATA RECLAMAÇÃO DE QUE GAROTOS ESTÃO JOGANDO BASQUETE NA RUA

Princípios: O USO DA FORÇA

Os funcionários responsáveis pela aplicação da lei só podem empregar a força quando estritamente necessária e na medida exigida para o cumprimento do seu dever.

Ao fazer o uso da força o policial deve ter o conhecimento da lei, deve estar preparado tecnicamente, através da formação e do treinamento, bem como ter princípios éticos solidificados que possam nortear sua atuação. Ao ultrapassar qualquer desses limites não se esqueça que você estará igualando-se às ações de criminosos. Você deixa de fazer o uso legítimo da força para usar a força e se tornar um criminoso. Eduardo Moreno Persson – Embasamento legal do uso da força pelo policial militar. Jus Navigandi

PORTARIA INTERMINISTERIAL No- 4.226, DE 31 DE DEZEMBRO DE 2010 – Estabelece Diretrizes sobre o Uso da Força pelos Agentes de Segurança Pública.

Sempre que o uso legítimo da força ou de armas de fogo seja inevitável, os funcionários responsáveis pela aplicação da lei deverão:

a) Utilizá-las com moderação e a sua acção deve ser proporcional à gravidade da infracção e ao objectivo legítimo a alcançar;

b) Minimizar os danos e as lesões, e respeitar e preservar a vida humana;

c) Assegurar a prestação de assistência e cuidados médicos às pessoas feridas ou afectadas, tão rapidamente quanto possível;

d) Assegurar a comunicação da ocorrência à família ou pessoas próximas da pessoa ferida ou afectada, tão rapidamente quanto possível. Princípios Básicos Sobre A Utilização Da Força E De Armas De Fogo Pelos Funcionários Responsáveis Pela Aplicação Da Lei

A utilização da força é uma das funções do agente de segurança pública, esta prática deve ser efetuada de forma moderada e legítima, que deve ter em mente quatro princípios básicos: a necessidade, a proporcionalidade, a ética e a legalidade, sem os quais, sua ação implicará em uma resultante incondizente com a sua atividade fim; isto é, ao invés de estar prevenindo e combatendo a violência, ele a estará gerando. Luís Fernando Dias Silva Cardoso – Abordagem Policial

Os Princípios Básicos sobre o Uso da Força e Armas de Fogo (PBUFAF) prevêem diretrizes que estipulem meios e recursos adequados para que os profissionais da rede de segurança executem sua atividade de maneira mais eficiente, bem como propõem que o governo e entidades responsáveis regulamentem normas sobre o uso da força e armas de fogo, além de responsabilizar judicialmente aquele profissional que exercer algum tipo de irregularidade durante o exercício de sua atividade.

Os abusos policiais são “quase crônicos” no Brasil, um país que vive “muitos anos de violência, corrupção e atrocidades cometidos com impunidade”, lembrou que o Brasil nunca julgou os responsáveis das atrocidades cometidas durante o período de ditadura militar (1964-1985). José Miguel Vivanco. Human Rights Watch – Cabo Glaucia

O Código de Conduta dos Encarregados pela Aplicação da Lei (CCEAL) estabelece que é função do agente de segurança pública prestar serviços à sociedade realizando a manutenção da ordem e da paz. Luís Fernando Dias Silva Cardoso – Abordagem Policial

Enxergue mais: MORADORES: 5 MIL REAIS X PREFEITURA RJ: 270 MILEVOLUIMOS?LUMINESCE™ CELLULAR REJUVENATION SERUMINSTANTLY AGELESS ™WORLD CUPOLICEONDE FUI ROUBADOUM GOLPE EDUCADO!SÓ ISSO!BODE EXPIATÓRIOQUEM É O POVO?CASAS DE MEDIAÇÃO

Dia da Guarda Civil Metropolitana

250px-guarda_civil_do_paranc3a1

Foi instituída pela Lei nº 2.141, de 22 de outubro de 1926, no governo de Carlos de Campos, que governou o Estado de São Paulo de 1924 a 1927. O artigo 3º da citada Lei atribuia a superintendência da Guarda Civil ao Chefe de Policia Civil, na época, o Delegado Roberto Moreira. Wikipédia, a enciclopédia livre.

logonorma3

A Guarda Civil Metropolitana foi criada em 1986, na gestão do prefeito Jânio da Silva Quadros, através da Lei Municipal Nº 10.115, de 15 de setembro daquele mesmo ano. SMSU

LEI Nº 13.022, DE 8 DE AGOSTO DE 2014. Estatuto Geral das Guardas Municipais.

gcmbrasao

Hierarquia

1911 1922 1932 1951
Inspetor Inspetor / Comandante Inspetor / Comandante Diretor
Subinspetor Subinspetor / Subcomandante Subinspetor / Subcomandante Subdiretor Geral
Almoxarife Almoxarife Fiscal de 1ª Classe (de pessoal) Subdiretor de Policiamento
Fiscal Fiscal Fiscal de 2ª Classe (almoxarife) Fiscal Chefe
Guarda de 1ª Classe Guarda de 1ª Classe Aspirante a Fiscal Fiscal
Guarda de 2ª Classe Guarda de 2ª Classe Guarda de 1ª Classe Guarda de 1ª Classe
    Guarda de 2ª Classe Guarda de 2ª Classe
    Guarda de 3ª Classe Guarda de 3ª Classe

250px-banda_da_guarda_civil_do_rio_de_janeiro

Por intermédio da música, a GCM traz proximidade com os munícipes e faz apresentações didáticas. Banda e Coral da Guarda Civil Metropolitana

28-03-08-banda_gcm-teatro_olido_094_1364845966

A missão da Guarda Civil Metropolitana é a proteção de bens, serviços e instalações municipais, conforme previsto no Art. 144 da Constituição Federal. Secretaria Municipal de Segurança Urbana

gcm_logo2

O lema da Guarda Civil Metropolitana é AMIGA, PROTETORA E ALIADA e se caracteriza pela filosofia de proteção Comunitária, Moderna e Preventiva. SMSU

Entenda mais: DIA DO GUARDA CIVILINSTANTLY AGELESS ™CASAS DE MEDIAÇÃO, RENILDO PAULINO SILVA DOS SANTOS, LUMINESCE™ CELLULAR REJUVENATION SERUMDIA DA ÁRVORE, NAARA BEAUTY DRINK!!!, POLÍCIA 24 HORAS, UM GOLPE EDUCADO!, DE QUE LADO VOCÊ ESTA?, WORLD CUPOLICE, QUEM É O POVO?, BANDEIRANTES MODERNOS, PARE OU DIMINUA?

Entenda mais:

Humans

humans

A história é situada em um período em que robôs, conhecidos como Synth, convivem com seres humanos. Sustentando uma aparência humana, eles servem as pessoas realizando trabalhos de risco ou domésticos também como acompanhantes de idosos ou parceiros sexuais de solitários. Preocupados com a segurança pública e com a penetração que os Synth vêm conquistando na sociedade, grupos se manifestam contra sua fabricação. Insanos.tv

humanssynth

Entenda mais: O TESTE DE TURING, OS TAMPINHAS, A PROVA DE TUDO!, DEMÃOS DADAS, AUTOMATA, REPO MAN, MUTAÇÃO, PERDÃO É O MAIS ABSOLUTO ESQUECIMENTO, O BRINQUEDO MAIS INÚTIL DO MUNDO, IMPRESSORA BRAILE FEITA EM LEGO, COMPUTER HISTORY MUSEUM, THE SUSTAINABILITY TREEHOUSE, FUNCIONAL OBSOLETO, UNIVERSIDADES DO MUNDO, O ESTADO LAICO

Hora do Planeta

horadoplaneta2014

QUER AJUDAR O PLANETA? ESQUEÇA INICIATIVAS MARQUETEIRAS. Numeralha

wwf_philippines_52569

A Hora do Planeta 2014 será realizada no sábado, 29 de março, das 20h30 as 21h30, no seu fuso horário local.

homem-aranha no escurinho
“com grandes poderes vêm grandes responsabilidades,”

Veja também: Miniusina de energia, Empoderamento dos recursos, V de Vingança, Sozinho não!, BEBER MENOS, Infinito sustentável, Na estrada havia uma pedra, Quem é o povo?, Brigada 49, Queda Livre!, Sonegômetro, Cultura da paz?, Bicicleta emprestada!, Xeque Monte, Manual de agicultura urbana

Polícia 24 horas

Polícia 24h é um reality show que mostra a vida e os bastidores das ações políciais realizadas pela Polícia Militar do Estado de São Paulo. (Wikipédia)

policia24h

A comunidade, a Polícia de São Paulo e as histórias que nem sempre acabam bem, são 12 câmeras registrando ações que vão desde a mediação de problemas até situações de confronto desses homens que lutam pela segurança pública. (Grupo Bandeirantes)
policeartviolencia

Veja também: Quem é o povo?, Sua segurança?, Viabilidade???, Guarda Civil, O Combate a Corrupção nas Prefeituras do Brasil, Cantar, Arena, Problemas sociais, Bandeirantes Modernos, Universidade Aberta do Meio Ambiente e da Cultura de Paz – UMAPAZ, Justiça em trânsito, Empoderamento dos recursos, PARE ou DIMINUA?, Pare e pense, FHC = THC, Assédio moral (bullying, manipulação perversa, terrorismo psicológico)., Wikipédia