Dia do professor

Instagram: saulo_pessato

O Dia dos Professores é comemorado no Brasil anualmente em 15 de outubro. Calendarr

A data foi criada para homenagear esses profissionais que dedicam suas vidas à transmissão do conhecimento e ao desenvolvimento da educação no nosso país.

Esta data foi oficializada nacionalmente como feriado escolar através do Decreto Federal nº 52.682, de 14 de outubro de 1963.

O Decreto define a razão do feriado:

“Para comemorar condignamente o Dia dos Professores, os estabelecimentos de ensino farão promover solenidades, em que se enalteça a função do mestre na sociedade moderna, fazendo participar os alunos e as famílias”.

Pinterest

A data era comemorada informalmente, mas foi um projeto de Antonieta de Barros a lei que criou o Dia do Professor e o feriado escolar nessa data (Lei Nº 145, de 12 de outubro de 1948), em Santa Catarina. A data seria oficializada no país inteiro somente 20 anos depois, em outubro de 1963, pelo presidente da República, João Goulart. Outras leis importantes foram concessões de bolsas de cursos superiores para alunos carentes e concursos para o magistério, para elevar o ensino público e evitar apadrinhamentos. ALINE TORRES – El País

Antonieta de Barros está entre as três primeiras mulheres eleitas no Brasil. A única negra. Foi eleita em 1934 deputada estadual por Santa Catarina, mesmo ano que a médica Carlota Pereira de Queirós foi eleita deputada federal por São Paulo. Sete anos antes, Alzira Soriano havia sido eleita prefeita num pequeno município do Rio Grande do Norte, primeiro estado a permitir disputas femininas.

A nível internacional, o Dia Mundial dos Professores é celebrado anualmente em 5 de outubro.

O dia 15 de outubro foi escolhido para comemorar o dia do professor, pois em 15 de outubro de 1827, Dom Pedro I, Imperador do Brasil, decretou uma Lei Imperial responsável pela criação do Ensino Elementar no Brasil (do qual chamou “Escola de Primeiras Letras”), e através deste decreto todas as cidades deveriam ter suas escolas de primeiro grau.

Pinterest

Girafaleze-se: Dia do Professor, FELIZ DIA DOS PROFESSORES!, Dia dos professores, afinal você é um!?!, Comemoramos ou não o dia dos Professores?!?, Domínio Público, Índio Educa, EadGuru

O caminho do Peabiru

O Caminho de Peabiru é uma rota indígena antiga. Para alguns, o significado em guarani é “Terra sem males”, mas são encontradas várias versões para o significado de seu nome. Os Guaranis o chamavam de Peabiru, Piabiru ou Piabiyu, que significa “caminho” em guarani (pia, bia, pe, bia; ybabia: caminho que leva ao céu). Ou Caminho do Peru, sendo a palavra um híbrido de tupi – pe (caminho) + biru (Peru). Secretaria da
Educação e do Esporte do Paraná

Itinerário de Ulrich Schmidel com o Caminho de Peabiru em destaque. Adaptado de Maack (2002). Organizado por Ana Paula Colavite

Os primeiros portugueses, quando chegaram por aqui, ouviram dos índios histórias sobre um caminho que ligava o Oceano Atlântico a um lugar descrito como os Andes. Ele ia de São Vicente, litoral paulista, à Cusco, no Peru. Existiam também outros ramais, partindo de Cananeia, também em São Paulo, e São Francisco do Sul, em Santa Catarina. Esse caminho atravessava os limites territoriais do Brasil até chegar ao Peru, ligando o Oceano Atlântico ao Oceano Pacífico, passando por matas, rios, pântanos e cataratas com uma extensão de três mil quilômetros, aproximadamente.

Esboço do Caminho de Peabiru na América do Sul. Adaptado de Bond & Finco (2004). Organizado por Ana Paula Colavite.

O caminho era uma estrada primitiva, porém muito bem ordenada rumo ao desconhecido, que possuía oito palmos de largura, ou seja, cerca de um metro e meio de largura e um rebaixamento de 40 centímetros. Alguns dizem que o percurso era coberto por uma espécie de gramínea que não permitia que arbustos, ervas daninhas e árvores crescessem em seu curso, e evitava também a erosão, pois ele era intensamente utilizado. O Caminho propiciava uma troca cultural e mercantil muito rica entre os povos. Além disso, atendia à necessidade desses povos em terem um caminho e uma forma de comunicação.

Historiadores e estudiosos do assunto garantem que ela liga a Baixada do Maciambu, em Palhoça, ao Peru. Dayane Bazzo – NSC Total

Flavio dos Santos, 48, nativo de Palhoça e pesquisador do Caminho do Peabiru, conta que tudo indica que os índios abriram a trilha quando estavam indo em busca da Terra sem Males, um lugar onde não havia guerra entre tribos.

Eles caminhavam em direção ao nascer do sol e chegaram na localidade conhecida antigamente como Porto dos Patos, entre o Rio Maciambu e a Enseada da Pinheira. A trilha, segundo Flavio, era o principal caminho que ligava as grandes tribos, assim como hoje as rodovias ligam as cidades.

Ela passa pelo litoral catarinense até o Rio Itapocu, em Barra Velha, sobe por Jaraguá do Sul, Corupá, passa pelo interior do Paraná, Foz do Iguaçu, Paraguai até chegar às atuais áreas da Bolívia e Peru, antigo território do império Inca, de onde os índios traziam ouro para o Brasil.

O primeiro trecho mapeado por Flavio teria saída ou chegada na Praia de Baixo, onde fica um sítio arqueológico, com caminhada por toda a Praia da Pinheira até acessar uma trilha que leva ao Parque Estadual da Serra do tabuleiro. Depois, a caminhada passa pelo viaduto da BR-101, pelo Maciambu, igreja católica, segue pelo Rio Maciambu até o trapiche, passa por Araçatuba, onde fica a trilha antiga, até chegar à Enseada de Brito. Esse trecho tem 25 quilômetros.

Já o segundo trecho, com mais 25 quilômetros, seguiria pela Enseada de Brito, Praia de Fora, Guarda do Cubatão até chegar à igreja de São Tomé, no bairro Passa Vinte. Segundo Flavio, a escolha da igreja foi porque há uma versão religiosa sobre a trilha, de que São Tomé também passou por ela ao vir para cá catequizar a população.

Peabiruze-se: Cuaracy Ra’Angaba – O céu Tupi Guarani, Xokleng, Corredores ecológicos urbanos & Brent’s Bee Corridor, Era da Pilhagem, Jeguatá: Caderno de Viagem, As mais belas estações, Vale, acionistas e as terras indígenas, O Brasil é terra indígena, Reacts: Portuguesa reage a PORTA DOS FUNDOS (Colonizado)

Tempos de isolamento

As memórias e reflexões do editor José Xavier Cortez, advindas do período de isolamento decorrente da pandemia da Covid-19, compõem este livro, que nos convida a atravessar esse momento com otimismo e esperança. Aos 83 anos, mais de 50 dedicados ao mercado editorial, esse potiguar radicado em São Paulo há quase 60 anos tem uma história rica em desafios e superações. Sua trajetória já rendeu biografia, livro infantil e documentário, mas essa obra chega para provar que Cortez ainda tem muito a compartilhar. Cortez Editora

São muitas as histórias de superação nessas mais de oito décadas. Histórias, por vezes, semelhantes àquelas vividas por tantos brasileiros que, como eu, precisaram deixar seu lugar de origem – no meu caso, o sertão do Rio Grande do Norte –, para tentar a vida nas grandes capitais da região Sudeste. Nesse processo de escrita, pude refletir, também, sobre o presente, seus desafios e alegrias, e, ainda, sobre o futuro. Busquei falar do que considero essencial para que vivamos um novo tempo, melhor e mais justo. Temas como educação, leitura, cuidados com a população de idosos, livros, família, ética, amor pelo trabalho e tudo quanto considero fundamental a uma vida melhor e mais plena compõem os capítulos desta obra. Miriam Gimenes – dia-a-dia

Corteze-se: Viajando na leitura! As Tranças de Bintou, TecnoÍndia, A Terceira Margem do Rio, IA – Indígena é Ateu? E os emojis com isso?,  VENTO QUE VARRE A CASA

Nath Finanças

A influenciadora brasileira Nath Finanças aparece entre os 50 maiores líderes do mundo em lista elaborada pela revista americana Fortune e divulgada na quarta-feira (12). Única brasileira da lista, ela aparece no quadragésimo primeiro posto. Jacinda Ardern, primeira-ministra da Nova Zelândia, encabeça o ranking. Aline Macedo e Matheus Prado – CNN Brasil Business

“Nath Finanças se concentra no básico — como as taxas de juros funcionam, orçando e fazendo malabarismos com várias contas, evitando taxas desnecessárias. Mas, para muitos de seus seguidores, é o primeiro conselho financeiro detalhado que eles já receberam.”

Nascida em Nova Iguaçu, no Rio de Janeiro, Nath dialoga principalmente com investidores de baixa renda, “sejam estudantes, estagiários, desempregados ou trabalhadores que ganham um salário mínimo”.

“Me apaixonei por matemática financeira e decidi que ia trabalhar com finanças”, conta ela, que deve se formar neste ano. “Mas não havia nada para baixa renda, por isso decidi focar nesse público”, explica a moradora de Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense. El País

Há dois anos, ela deixou o seu estágio em Administração de Empresas, para virar empreendedora e presidente da sua própria empresa. Nathalia Rodrigues de Oliveira se interessou pelas finanças ainda na faculdade após as aulas de matemática financeira e começou a pesquisar sobre como lidar melhor com o dinheiro. Encontrou uma linguagem pouco acessível, sem exemplos do dia a dia. “Tudo era como guardar seis meses de salário ou chegar ao primeiro milhão. Era muito longe da minha realidade.” KARLA MAMONA – Exame Invest

Em entrevista para a CartaCapital, Nath diz: “eu estava cansada de ver pessoas que ganham mais de 5 mil reais me falando para guardar mil reais. Para mim, não faz sentido. Faz sentido conseguir guardar os centavos da minha conta corrente, juntar esses centavos e conseguir ter 10 reais com eles. Minha renda toda era menos de mil reais.” E é sobre isso que ela fala em seus conteúdos, sobre finanças para pessoas que vivem com o salário mínimo, por exemplo. A renda pode dificultar, mas não impossibilita a organização financeira.

Na publicação dedicada à Nath, a revista destaca os diferenciais da influenciadora que a fizeram conquistar um lugar na lista. “é raro que influenciadores de mídia social incentivem seus seguidores a não gastar dinheiro. Mas a frugalidade e a prudência são fundamentais para a marca de Nathália Rodrigues, também conhecida como Nath Finanças, uma estudante de administração de empresas de 22 anos cujas coloridas aulas de vídeo de conversação sobre finanças pessoais lhe renderam um culto de seguidores no Brasil, com 250.000 no YouTube assinantes e cerca de 350.000 seguidores no Instagram.” destaca a Fortune. AD News

A organização financeira será, sem dúvidas, essencial para alcançar seus sonhos. O primeiro passo é colocar no papel – descreva o que você deseja e as etapas necessárias para realizar isso. Serasa Ensina

Como economizar para realizar sonhosSerasa Ensina com @Nath Finanças

Nathze-se: Saúde financeira: 5 dicas para equilibrar as finanças, EduFin, A Educação Proibida, Carta da Terra, 32 Princípios para Lidar com seu Dinheiro, Auxílio moradia

Bianca e Leila, by SPTrans

Com o objetivo de homenagear as atletas paulistas Bianca e Leila, da Seleção Brasileira de Rugby e que estão representando o Brasil nas Olimpíadas de Tóquio, estão em circulação nas ruas de São Paulo quatro ônibus adesivados com arte temática ao esporte. Mobilidade Sampa

Os veículos da Auto Viação Transcap circulam com a homenagem até o dia 10 de agosto, nos bairros da Zona Sul como Paraisópolis, Campo Belo e Santo Amaro e também na região da Avenida Paulista, com as frases: “O Rugby de Paraisópolis representando o Brasil” e “Bianca e Leila estamos na torcida”.

As atletas, moradoras do bairro de Paraisópolis, são consideradas exemplo de muita dedicação e sucesso. A ação pretende reforçar que o esporte é um dos principais meios de inclusão e transformação social existentes e pretende incentivar jovens que estão no caminho do aprendizado. Assessoria de Imprensa da SPTrans

Vejam as quatro linhas a seguir:

  • 746K/10 Paraisópolis – Campo Belo
  • 746P/10 Paraisópolis – Santo Amaro (via Giovanni Gronchi)
  • 807P/10 Paraisópolis – Santo Amaro (via Panamby)
  • 6412/10 Paraisópolis – Paulista

“A arte permanecerá estampada até o final dos jogos em Tóquio como forma de apoio, homenagem e torcida às atletas e ao esporte que cresce a cada dia em nosso país”. – diz a companhia por meio de redes sociais. ADAMO BAZANI – Diário do Transporte

O  encerramento das Olimpíadas é previsto para 08 de agosto de 2021.

Borba Gato, em chamas.

O monumento, inaugurado em 1963, exalta o bandeirante acusado de homicídios e estupro de indígenas. Yahoo Notícias

No dia em que são realizadas manifestações contra o presidente Jair Bolsonaro (sem partido), um grupo de 15 pessoas ateou fogo em uma estátua em homenagem ao bandeirante Borba Gato na avenida Santo Amaro, zona sul de São Paulo. Jovem Pan

“Manuel de Borba Gato fez fama e fortuna na segunda metade do século 18 percorrendo os sertões brasileiros à caça de indígenas para escravizar. Era também um fugitivo da lei e contrabandista de ouro”, conta o historiador Laurentino Gomes.

“Era também fugitivo da Lei e contrabandista de ouro, acusado de matar dom Rodrigo de Castelo, fidalgo português administrador-geral das Minas”, diz o jornalista, autor da trilogias 1808, 1822 e 1889.

Borba Gato foi um dos mais importantes representantes das bandeiras expedições custeadas pela Coroa portuguesa para ocupar e explorar territórios no interior do Brasil.

“Em 28 de agosto de 1682, Borba Gato tinha se acobertado com seu bando na região do Rio das Velhas, em Minas Gerais. Em troca da localização das minas, o rei de Portugal não apenas anistiou o bandeirante como lhe cumulou cargos e honrarias. Num piscar de olhos, Borba Gato deixou de ser um criminoso fugido da lei e foi imediatamente promovido a fidalgo e guarda-mor das Minas de Caetés”, explicou o escritor em uma publicação feita no ano passado no Twitter.

O monumento aparenta não ter sofrido grande dano. Uma bandeira com os dizeres “Revolução Periférica” também foi estendida no local. Ontem (23),  o coletivo  divulgou um vídeo perguntando: “Você sabe quem foi Borba Gato?” em seu instagram.

Obra do escultor Júlio Guerra, que nasceu no bairro, a estátua faz homenagem ao bandeirante Borba Gato e foi inaugurada em 1963. São 10 metros de altura em concreto, com peso de 20 toneladas. Correio 24 horas

Assinada pelo artista plástico Júlio Guerra (1912-2001), a escultura com 13 metros de altura (incluindo o pedestal) levou seis anos para ficar pronta. 

Este não foi o primeiro ato contra o monumento. Em 2016, a estátua de Borba Gato foi atacada com um banho de tinta.

Grupo incendeia estátua de Borba Gato, na zona sul de São Paulo

Os bombeiros chegaram ao local por volta das 14h e deram início ao combate às chamas. “O fogo foi controlado em poucos minutos, mas a estátua ficou chamuscada e com algumas rachaduras na perna”, disse a fotojornalista Thais Haliski, que estava no local no momento do início das chamas. Brasil de Fato

Ze-se: Direito dos bandeirantes e para que servem as leis., Cãolho math, Ausonia Donato, entre outras., Um Caranguejo Elétrico, Bandeirantes Modernos, Cavalo louco, I AMazonia, Joaquim, O Brasil visto do Céu, O último Tanaru, Nenhuma gota a mais!!!

José Mojica Marins

O cineasta e ator José Mojica Marins morreu em 19 de fevereiro de 2020, aos 83 anos, em São Paulo. Filho de um casal de artistas circenses, Mojica nasceu em São Paulo em 1936. Apaixonado por cinema e histórias em quadrinhos, ele ganhou uma câmera V-8 aos 12 anos, que usou para fazer seus primeiros experimentos cinematográficos. Em 1956 ele montou uma escola de atores e dois anos depois concluiu seu primeiro filme, “A Sina do Aventureiro”. History

A estreia do personagem no cinema aconteceu em 1963, em “À Meia-Noite Levarei Sua Alma”. No filme, o agente funerário macabro com unhas enormes aterrorizava uma pequena cidade enquanto buscava gerar o filho perfeito. O personagem voltou a aparecer em outros filmes de Mojica, como “Esta Noite Encarnarei no Teu Cadáver” (1966), “O Estranho Mundo de Zé do Caixão” (1967) e “Encarnação do Demônio” (2008). 

No início dos anos 1990, Mojica encarnou Zé do Caixão para apresentar o programa Cine Trash, da TV Bandeirantes, ganhando a admiração internacional de membros das bandas Ramones e White Zombie, entre outros artistas. Nos anos 2010, comandou o programa de entrevistas O Estranho Mundo de Zé do Caixão, na TV Brasil. Em 2015, um canal por assinatura fez uma minissérie biográfica sobre Mojica, intitulada Zé do Caixão, na qual o cineasta foi interpretado por Matheus Nachtergaele.

O grande mestre do cinema de terror brasileiro, mais conhecido como Zé do Caixão, nasceu em 13 de março de 1936, em São Paulo, segundo ele, uma sexta-feira 13, José Mojica Marins celebrizou no cinema brasileiro principalmente pelos seus filmes de terror, normalmente feitos com pouquíssimo orçamento e muita criatividade. Agência Brasil

O personagem, cujo nome real seria Josefel Zanatas, conhecido no exterior como Coffin Joe, era um agente funerário sádico, que vestia uma cartola e tinha unhas longas e a vontade de ser pai de uma criança perfeita.

Marins dirigiu 43 filmes e atuou em 64. Além do terror, gênero pelo qual foi mundialmente conhecido, Mojica também trabalhou com filmes de faroeste, drama, aventura e até filmes pornográficos. Seu primeiro longa foi A Sina do Aventureiro, de 1958.

Zé-se: Exame com uma gota de sangue, Dura, Eu, não, meu senhor, PLANKTON INVASION, Dinâmicos, Te desejo Vida, Besourinha, Jardim da Empatia, HAKUNA MATATALUMINESCE™CLARICE LISPECTOR DO SAMBA, CLARA NUNES.INEZITA BARROSOSAUDOSA MALOCA

Ausonia Donato, entre outras.

Ausonia Favorido Donato – Escavador

A participação da Ausonia foi especialmente dirigida por Cacau Rhoden, pai de ex-aluno da escola. Acreditamos que esse material possa ser inspirador e motivador para muitos educadores que trabalham diariamente procurando formar pessoas justas e solidárias. Direção do Colégio Equipe

O pequeno burguês

Felicidade, passei no vestibular

Mas a faculdade é particular

Particular, ela é particular

Particular, ela é particular

Livros tão caros tantas taxas pra pagar

Meu dinheiro muito raro,

Alguém teve que emprestar

O meu dinheiro, alguém teve que emprestar

O meu dinheiro, alguém teve que emprestar

Morei no subúrbio, andei de trem atrasado

Do trabalho ia pra aula, sem

Jantar e bem cansado

Mas lá em casa à meia-noite tinha

Sempre a me esperar

Um punhado de problemas e criança pra criar

Para criar, só criança pra criar

Para criar, só criança pra criar

Mas felizmente eu consegui me formar

Mas da minha formatura, não cheguei a participar

Faltou dinheiro pra beca e também pro meu anel

Nem o diretor careca entregou o meu papel

O meu papel, meu canudo de papel

O meu papel, meu canudo de papel

E depois de tantos anos,

Só decepções, desenganos

Dizem que sou um burguês muito privilegiado

Mas burgueses são vocês

Eu não passo de um pobre-coitado

E quem quiser ser como eu,

Vai ter é que penar um bocado

Um bom bocado,

Vai penar um bom bocado. (Martinho da Vila, 1969)

A canção inicia com uma expressão que carrega em si um conjunto de sonhos e desejos, “felicidade!”, seguido daquilo que motivou esse sentimento: “passei no vestibular!”. Essa frase se transformou ao longo do tempo na expressão de uma conquista que estabelecia um limite muito claro entre dois grupos sociais, aqueles que teriam o reconhecimento expresso em aspectos simbólicos, traduzido pelo título de doutor, e aos que se negavam a possível continuidade dos estudos. Essa diferença, estruturante quando pensamos na constituição da sociedade brasileira, tem início em tempos em que ainda nem se cogitava compreender o Brasil como nação. O samba nos revela, em seus dois primeiros versos, um mecanismo que constitui um dos maiores impasses quando pensamos quais seriam as finalidades de um processo educacional. Afinal, a educação não deveria ser pensada como uma estratégia de emancipação de todos e de cada um? (Freire, 1987, p.30). Os preteridos e os preferidos: sinal dos tempos da educação. AUSONIA DONATO e MONIQUE BORBA CERQUEIRA. Instituto de Saúde, São Paulo, São Paulo, Brasil. In: Scielo


Assim, quando pequenos, vão com suas bicicletas de rodinhas e aos poucos vão aprendendo a se equilibrar, prescindindo delas e se tornando capazes de dar várias voltas na pista. É claro que alguns tombos e esfolados acontecem. Afinal, aprender nem sempre é fácil! Estadão
Veja também: O crime compensa, Deixa o menino brincar!, Todos querem ser felizes!, Sexo seguro!, FHC = THC, A onda, A Revolta dos Macacos, Não sou de postar coisas religiosas, mas as vezes, esse tipo de coisa é que me deixa com muita raiva da sociedade!, Criacionismo., Feliz dia do índio!!!, 3º opção, Paulo Freire, The Sustainability Treehouse, O dízimo da educação!

Ecofalante

A 8ª Mostra Ecofalante também está na internet! Durante 90 dias, 14 filmes do nosso catálogo estarão disponíveis gratuitamente na plataforma de vídeo sob demanda SPCine Play.


A Ecofalante, organização não governamental sem fins lucrativos, foi fundada em 2003 com o objetivo de criar e trabalhar em projetos que contribuíssem para o desenvolvimento sustentável do planeta por meio da educação e da cultura. Dentro dessa proposta, nosso maior projeto é a Mostra Ecofalante de Cinema Ambiental, que é o ponto de partida para nossos projetos educacionais.

Mostra Ecofalante no Facebook

O Selo Ecofalante no Videocamp, lançado durante a 6ª Mostra, vem facilitar o acesso do público a animações, ficções e documentários de qualidade sobre a temática socioambiental, além de estimular a conscientização e debates. No nosso catálogo, estão reunidos 43 filmes brasileiros selecionados pela equipe da Mostra Ecofalante.

Quer exibir algum deles? Basta realizar um cadastro gratuito no site, reunir no mínimo cinco pessoas e dar o play.

Poetize-se: Ecofalante realiza nove debates em busca de soluções para os problemas contemporâneos, Remédio caseiro para controle de pulgas, Escola do Parlamento, Mapa do envenenamento de alimentos no Brasil, hotspots de biodiversidade, Darwin cadê você?, Troca de saberes entre agricultores fortalece projeto orgânico na Zona Sul, Coletores de sementes, Jill Redwood, Abelha poliverde

Google Station

O Google anunciou que o projeto Google Station chegou a São Paulo.

A iniciativa fornece pontos de acesso à conexão wi-fi gratuitamente em locais como pontos de ônibus, parques e praças. Por enquanto, o projeto está limitado a 80 estações espalhadas pela capital paulista.

O Google Station surgiu em 2016, na Índia e na Indonésia. Em 2018, o México recebeu a iniciativa. Jovem Nerd

A iniciativa vai proporcionar conexão gratuita à internet por meio de hotspots Wi-Fi espalhados pelas cidades, por meio de parcerias com provedores de internet locais. Entre os locais atendidos estão o Parque do Ibirapuera e 17 estações de trem da CPTM. Para tirar o projeto do papel, foram feitas parcerias com empresas como a Linktel, com patrocínio do banco Itaú.
A ação é parte do projeto Next Billion Users (NBU), que pretende conectar mais pessoas à internet e empoderá-las por meio do acesso à informação. Olhar Digital

Para saber onde estão os pontos de acesso do Google Station, basta acessar o site oficial do serviço neste link.

Utilizar o serviço é fácil: basta procurar a rede Google Station nas estações, clicar em Iniciar e fornecer o número do telefone, com o DDD. Um código de verificação será enviado via SMS e deve ser inserido no campo designado. Depois, basta dar ok e navegar tranquilamente.

O país é o oitavo no mundo a receber o projeto, que tem o objetivo de expandir a conexão à Internet em países emergentes.
A ideia do Station é levar Internet rápida para quem está offline ou tem conexão ruim e “tornar as informações universalmente acessíveis”, será possível “assistir a vídeos em alta definição sem interrupção”, por exemplo, como explicou o presidente do Google Brasil Fabio Coelho. Canaltech

Territórios Culturais

Ao longo de 35 episódios, com 15 minutos de duração cada, a série descobre e revela esses territórios, a atração é uma parceria entre a TV Cultura e a Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo.
Apresentada por Tuti Müller e Felipe Gaia, a série percorre diferentes espaços culturais da cidade e do estado de São Paulo, como teatros, museus e patrimônios culturais, além de Fábricas de Cultura, descobrindo manifestações culturais populares e novos talentos da metrópole, de cidades do interior e do litoral deste imenso estado. A direção é de Julio Piconi. Territórios Culturais
A série Territórios Culturais percorre e descobre diversas personalidades e ações inclusivas, que são apresentados ao telespectador de forma descontraída, bem humorada e informativa.Siga as redes da TV Cultura!
Facebook: https://www.facebook.com/tvcultura Twitter:
https://twitter.com/tvcultura
G+: https://plus.google.com/+TVCultura Site: http://tvcultura.com.br

Expedição pelas Nascentes do Rio Água Preta

Expedição pelas Nascentes do Rio Água Preta – 16/02/2019 – Existe Água em SP

O percurso levará a conhecer cinco lagos, feitos pela comunidade e coletivos, onde teremos a possibilidade de observar a relação das pessoas que residem ou frequentam a região com as águas desse rio. O foco é fazer os participantes pensarem possíveis soluções para uma cidade melhor, onde possamos conviver em harmonia com os cursos d’água que são encontrados em toda a cidade, oficialmente são mais de 300 rios existentes em São Paulo, alguns deles não conseguimos observar devido ao processo de urbanização e o desenvolvimento os esconderam, mas eles estão lá, sempre fluindo!
A iniciativa Existe Água em SP tem a finalidade de mostrar como está a situação dos nossos rios e nascentes, o Ativista Ambiental Adriano Sampaio estuda e mapeia os rios de São Paulo, o trabalho começa com a escolha de uma bacia hidrográfica da cidade na intenção de identificar as nascentes e coletar informações sobre cada rio, normalmente ele percorre entre 10 e 20 km para conseguir encontrar as nascentes. A busca começa com a consulta de mapas e conversas com moradores antigos de cada região visitada, a fim de levantar dados sobre cada curso d’água.

“Se quisermos nossos rios de volta, temos que estar com este desejo, desde o cidadão comum até os grandes órgãos púbicos e ONGs”.

Mude conceitos, você pode e deve: ÁGUA SALGADA POTÁVEL, PICO DO GUARANI, CHICO MENDES, LEIS DA GRATIDÃO, VETERANAS DE GUERRA, MARIANA OU PARIS? A DOR É A MESMA…, ANA PRIMAVESI, ENGENHEIRA AGRÔNOMA.

Editado via celular.

Emboabas

A Guerra dos Emboabas foi um confronto travado entre 1708 e 1709 pelo direito de exploração das recém-descobertas jazidas de ouro no sertão das Minas Gerais. Responsáveis pelos achados, os paulistas se instalaram na incipiente estrutura administrativa ali montada e reivindicaram o direito exclusivo de exploração. No entanto, logo que a notícia da descoberta se espalhou, milhares de pessoas migraram para a região, ficando pejorativamente conhecidas como emboabas, em referência às aves de mesmo nome. O aumento considerável do contingente de forasteiros desequilibrou a frágil balança dos poderes locais, ameaçando o domínio dos paulistas. O conflito armado constitui o ápice de uma longa série de pequenos incidentes. Em outubro de 1708, os emboabas iniciam o levante com um ataque de surpresa ao arraial do Sabará sob o comando de Manuel Nunes Viana. Português de origem humilde, Nunes Viana seria logo aclamado governador. Uma afronta direta à Coroa, já que a região estava sob a jurisdição do governador do Rio de Janeiro, D. Fernando Martins Mascarenhas de Lencastre. Ademais, a escolha dos governantes era prerrogativa do rei. Em agosto de 1709, menos de um ano depois do início do conflito, D. Antônio de Albuquerque, recém-nomeado governador do Rio de Janeiro, pisa em solo mineiro determinado a pôr fim à guerra. Ao contrário do seu antecessor, que havia tentado apaziguar os ânimos mas acabou sendo expulso e ameaçado de morte, Albuquerque alcança um êxito surpreendente. Ele destitui Nunes Viana, mas conserva a composição da estrutura administrativa emboaba. No fim, a guerra se encarregou de afastar os paulistas da região, abrindo caminho para a adoção de um novo projeto político.

FONTE: REVISTA DE HISTÓRIA DA BIBLIOTECA NACIONAL. Mania de Historia

Eles eram muitos cavalos

Uma cidade rasgada pela diversidade humana, mosaico composto por gente de todos os lados do Brasil e de todas as classes sociais existentes e inexistentes. Gente perdida num anonimato interminável como exige o viver em São Paulo. Um olho mágico bastante revelador do grande rebanho anônimo que vive desgarrada e desesperadamente em São Paulo. Do qual ninguém mais sabe nome, pelagem ou origem. Boitempo Editorial

O primeiro romance do autor brasileiro Luiz Ruffato, Eles Eram Muitos Cavalos., publicado originalmente em 2001, autor premiado com o Prémio Machado de Assis, revelou Ruffatto ao Brasil e ao mundo, com uma obra dita pós-moderna e experimental, conjugação de várias vozes e de várias histórias, um mosaico da cidade de São Paulo em pinceladas autónomas que compõem as 69 partes deste livro. Comunidade Cultura e Arte

Mude conceitos, você pode e deve: LUIZ RUFFATOVida respeitável, Amostras grátis, é possível., Inside Job, A Melhor plástica de todas!!!, Convite à Filosofia, PÁTRIA MADRASTA VIL, A história das coisas, Cospe logo!, Empoderamento dos recursos, Saramago, Ouro de tolo, DECLARAÇÃO IRPF 2012, Aniversário da revolução de 1964, Só um minuto!

Pirituba

Pirituba – História do bairro de São Paulo / SP. YouTube

plantapirituba

Existem duas teorias para a origem do seu nome: o resultado da justaposição da palavra tupi piri (“tábua”) com o aumentativo tuba (“muito”); e na região havia uma lagoa denominada “Pirituba”, que em tupi-guarani significaria “vegetação de brejo”. Segundo dados históricos, havia na região um brejo, resultante de um dos braços do rio Tietê que passa próximo, daí o brejo ou lagoa de Pirituba. Biblioteca Brito Broca

picodojaragua

O primeiro esforço para dominar a região aconteceu já em 1580, quando o bandeirante Afonso Sardinha tentou se estabelecer no Jaraguá, para explorar ouro. Na ocasião, os indígenas que já ocupavam o local impediram o bandeirante de se fixar ali. A conquista do oeste paulistano, a exemplo dos filmes de bangue-bangue, se deu às custas de sangue índio. Um dos tanques de ouro foi aterrado recentemente, por orientação de arqueólogos, na aldeia Tekoa Ytu. Paulicéia Desvairada

hospital_psiquic3a1trico_pinel_03

Hospital Psiquiátrico Pinel, em Pirituba, São Paulo, SP, Brasil.

pirituba

31 coisas que só quem vive em Pirituba vai entender. Falar que um lugar é perto do “Barrancão” e todo mundo entender. Iran Giusti – BuzzFeed

Mude conceitos, você pode e deve: instantly ageless ™PICO DO GUARANINAARA BEATY DRINK ™!!!RESPEITO É PRA QUEM TEMCOMO A SUÉCIA RECICLA 99% DO LIXO QUE PRODUZ?LUMINESCE ™CURSOS NA USPBOITATÁPESTICIDAS CASEIROS ECOLÓGICOS PARA PLANTASTERRA OCATHE MARTIAN

Pinto por cima

Pinto por cima – Orquestra Royal

(Vitor Velloso, Gustavo Maguá e Marcelo Guerra)
Você pode pintar primeiro
Não deixo mole e pinto atrás
Eu quero ver se eu pinto inteiro
Um muro de Moema até o Brás
Pra cidade ficar mais top
Na 23 e na Faria Lima
De fantasia pra dar mais ibope
Poso pra foto e pinto por cima!
Pinto na ponte
Pinto no muro
Pinto de branco
Ou pinto mais escuro
Pinto de fora
E pinto dentro
Pinto na Mooca e depois pinto no centro
Eu te faço um convite
Esqueça essa bobagem de grafite
Esse muro fica muito mais bonito
Com um quadro do Romero Britto

O artista plástico Romero Brito presenteou o prefeito de São Paulo com um quadro.  

João Doria VS Arte – maspoxavida

50 tons de Dória Grey: gostos estranhos. 

 Lugares mais legais para se pixar em São Paulo do que a minha cara – Vídeos do Jesse Navarro

Observe mais: ARTE FORA DO MUSEULUMINESCE™FREENETEJU ORENDIVERESERVE™HORRIBLE HISTORIES, NAARA BEAUTY DRINK!!!ENTRE A MERDA E A REPRESSÃO, INSTANTLY AGELESS ™ANIVERSÁRIO DA REVOLUÇÃO DE 1964VIDACELL®A HORA DO SUFOCOFOME DE BOLALIVROS PARA COLORIRRECEITA PARA CONSTRUIR SUA CASA COM SUAS PRÓPRIAS MÃOSYES OU SISTEMA DE MELHORAMENTO DA JUVENTUDESUA SEGURANÇA?CADTEC E LEI DE ZONEAMENTO

Rolê De Natal Volks Club Mooca

14063712_1729593467305216_5686668258705004821_n

15439912_1782152555382640_2954906661200435166_n

Rolê De Natal Volks Club Mooca

15590067_1785029688428260_109337748872664347_n

VolksClub Mooca

11080911_1552741651657066_915102778921730180_n1
15318015_1778383352426227_2215960029589530243_n

Grupo de amigos da Mooca e Proprietários de veículos antigos do estado de São Paulo. VolksClub Mooca

15390913_1778247949106434_1683086071290588243_n

Observe mais: FUSCA ELÉTRICO – RESGATE DE CARROS CLÁSSICOSBIBLIOTECA WEBCAMARÁ BLUES – UM ENSAIO AUDIOVISUAL DANIEL CHOMABUMBLEBEE ERA UM FUSCA???NAARA BEAUTY DRINK!!!MONTE SEU FUSCAFUSCA HÍBRIDOLUMINESCE™ CELLULAR REJUVENATION SERUMTUMBLER VW BUG CONCEPTPROJETO EM BAMBU PROJETOINSTANTLY AGELESS ™MEDICINA TRADICIONAL YANOMAMI ON-LINEDAD VWVIDACELL®FERRO VELHO DE MINIATURASAMOSTRA DE TINTASMUTANT VWRESERVE™MOTORHOMEMY FAVOURITE GAMELEI BRASILEIRA DE INCLUSÃO DAS PESSOAS COM DEFICIÊNCIAETERNIDADE.

1°Mutirão Digital de Educação Financeira e Renegociação de Dívidas

O PROCON Paulistano realiza o primeiro mutirão digital de educação financeira em São Paulo. A iniciativa, executada em parceria com a SENACON (Secretaria Nacional do Consumidor), tem como objetivo incentivar a renegociação de dívidas de consumidores com instituições financeiras por meio da plataforma www.consumidor.gov.br e difundir a educação para o consumo de produtos e serviços financeiros.

A Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon), criada pelo Decreto nº 7.738, de 28 de maio de 2012, integra o Ministério da Justiça e tem suas atribuições estabelecidas no art. 106 do Código de Defesa do Consumidor e no art. 3º do Decreto n° 2.181/97.

O Boletim Sindec é uma publicação que tem entre seus principais objetivos permitir à sociedade o acesso a informações sobre as empresas mais demandadas nos órgãos públicos de defesa do consumidor e os principais problemas apresentados, de forma a orientar o consumidor na escolha de produtos e serviços. RANKINGS – PROCON Paulistano

Serviços prestados no 1º Mutirão Digital

Palestras e Oficinas de Educação Financeira – 05 a 11 de novembro

Onde: Faculdade Damásio

Endereço: Rua da Gloria, 195, Liberdade

Horário: Das 14 às 16h30

Quem pode participar: Consumidores com dívidas ou interessados em aprofundar os conhecimentos em educação financeira

Atendimento a consumidores

Nos dias 5 e 11 de novembro, das 14h às 17h, os consumidores com dificuldade de acesso aos canais digitais contarão com atendimento presencial na Faculdade Damásio, localizada na Rua da Gloria, 195, Liberdade – São Paulo.

 O Diretor do PROCON Paulistano, Dr. Ricardo Ferrari Nogueira, assinalou ser “essencial difundir a utilização do site consumidor.gov.br no Município de São Paulo para promover a harmonização das relações de consumo”.

O aplicativo Rio Feiras está disponível para smartphones, permitindo aos usuários interagir e avaliar as 159 feiras fixas da cidade, além de outras 21 móveis. De acordo com a Secretaria municipal de Ordem Pública (Seop), as informações registradas no aplicativo servirão de parâmetro para a fiscalização e o monitoramento da situação das feiras, mas não vão gerar autuações, já que isso é de responsabilidade da fiscalização feita diariamente nos pontos de venda. Rafaella Barros – Extra

 O Consumidor.gov.br é uma plataforma pública de interação que, pela Internet, permite comunicação direta entre consumidores e fornecedores em prol da solução consensual de conflitos de consumo, a participação das empresas é voluntária e só permitida àquelas que aderem formalmente ao serviço, mediante assinatura de termo no qual se comprometem a conhecer, analisar e investir todos os esforços disponíveis para a solução dos problemas apresentados, em, no máximo, 10 diasAssociação Brasileira de Ouvidores/Ombudsman

Enxergue mais: PROCON DIVULGA LISTAS DE EMPRESASIMPOSTÔMETROA TERRA A GASTAREDUFINNAARA BEAUTY DRINK!!!PLANKTON INVASIONCONSULTA CPFEMVLICITAÇÕESBE MY EYES APPINSTANTLY AGELESS ™SEMANA DO CONSUMIDORECONOMIA DE MERCADOPOR QUE CONSTRUIR UMA POLÍTICA DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL E CULTURA DE PAZ PARA A CIDADE DE SÃO PAULO?VIDACELL®JUIZ, MAS NÃO DEUS!VLIBRASOITAVO ANJORESERVE™RECLAME AQUIPIADA SEM SABOR!

GeoSampa

0b837-sig_midia

A Prefeitura de São Paulo, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano (SMDU) iniciou em 2013 a implantação do SIG SP – Sistema de Informação Geográfica do Município de São Paulo. Seu principal objetivo é garantir a gestão corporativa dos dados e informações espaciais da Cidade a partir da integração dos sistemas e bancos de dados já existentes, o SIG-SP deverá otimizar os investimento em serviços de geotecnologias, diminuir a redundância de dados e ampliar o acesso aos dados espaciais e informações estratégicas para colaboradores da PMSP, gestores públicos e cidadãos.  – Gestora do Projeto SIG-SP

smdu-notc3adcia-1

A Prefeitura de São Paulo acaba de disponibilizar no Geosampa a base completa do cadastro imobiliário fiscal relativo ao IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano) da cidade, representa um avanço significativo nas ações de transparência da Prefeitura ao garantir o acesso livre e a reutilização das informações pelos cidadãos, e permitir a elaboração de estudos, análises e cruzamento com outros dados, fundamentais para analisar os aspectos territoriais e sócio-econômicos da Cidade. Gestão Urbana

mapa_1477918762067

A nova Lei de Zoneamento (Lei 16.402/2016) poderá ser consultada em outro local: na plataforma Geosampa, portal que reúne mais de 150 tipos de dados georreferenciados sobre a cidade, que podem ser baixados e visualizados individualmente ou conjunto. Gestão Urbana

geosampa_gestc3a3o

O Mapa Digital da Cidade (MDC), base cartográfica digital cadastral nas escalas 1:1.000, na área urbana, e 1:5.000, na área rural do Município de São Paulo, foi resultado de levantamento aerofotogramétrico realizado no ano de 2004, com recursos do Programa de Modernização da Administração Tributária (PMAT), do Banco Nacional do Desenvolvimento (BNDES). Geosampa

mapa_1477917985993

Todos os arquivos estão disponíveis para download em formato geoespacial e poderão ser utilizados na elaboração de projetos viários e de infraestrutura, bem como em estudos de mobilidade, também é possível consultar os imóveis com selo de acessibilidade, o que comprova que a edificação é adequada para pessoas com deficiência. As condições do passeio público, a entrada e saída aos locais, a garantia de rota acessível a todos os ambientes e o uso de mobiliário adequado, dentre outros, são os itens examinados para emissão do selo. Gestão Urbana

viario-gestao

O primeiro passo é acessar o site da prefeitura, digitando diretamente no buscador “MAPA DIGITAL PREFEITURA DE SÃO PAULO”. Será o primeiro link. Professor Ton – Tons da Arquitetura

f167d3_530223ea2b8c442c82d27121982fee4d

Você pode digitar ou copiar e colar esse link no seu navegador

http://geosampa.prefeitura.sp.gov.br/PaginasPublicas/_SBC.aspx

Enxergue mais: IMPOSTÔMETROSALA SÃO PAULOHABITAT IIICOMENDO RECIFEPRIVATIZAÇÃO DE PARQUESNAARA BEAUTY DRINK!!!PLANKTON INVASIONEMVBE MY EYES APPINSTANTLY AGELESS ™THE STREET STOREÍNDIO EDUCAPOR QUE CONSTRUIR UMA POLÍTICA DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL E CULTURA DE PAZ PARA A CIDADE DE SÃO PAULO?VIDACELL®, CAMPANHA RECOLHE ÓLEO DE FRITURA PARA FABRICAÇÃO DE BIODIESELVLIBRASEMDRIVE – O MOTOR IMPOSSÍVELRESERVE™NA ESTRADA HAVIA UMA PEDRAWIKIAVESMARCO REGULATÓRIO DAS ORGANIZAÇÕES DA SOCIEDADE CIVIL (MROSC)NO CAPÃO REDONDO, NINGUÉM SONHA EM SER MÉDICO

SP Cidade Limpa

Nova ferramenta de busca, mantida pelas empresas de coleta e limpeza pública contratadas pela Prefeitura de São Paulo, você poderá consultar os dias e horários em que esses serviços são executados na sua rua, pesquisando pelo nome do logradouro ou pelo CEP. SISTEMA DE CONSULTA UNIFICADA POR INFORMAÇÕES SOBRE SERVIÇOS DE LIMPEZA PÚBLICA DO MUNICÍPIO DE SÃO PAULO

img_01

O esforço por uma São Paulo de paisagem mais ordenada foi recompensado com a Lei nº 14.223, a Lei Cidade Limpa, juntamente com o decreto regulamentador nº 47.950, visa recuperar certos direitos fundamentais da cidadania que haviam se perdido com o tempo.

c8862020-2a60-4d00-9c77-63aaa3d4a736

O Sindicato das Empresas de Publicidade Exterior do Estado de São Paulo, recebeu a primeira decisão de inconstitucionalidade desde que a lei começou a valer, em janeiro de 2007. O advogado delas, Sérgio Pupo, diz que essa foi a primeira decisão sobre a constitucionalidade favorecendo pessoas físicas.

Enxergue mais: LUMINESCE™ CELLULAR REJUVENATION SERUMINSTANTLY AGELESS ™THE STREET STORECONTROLE SOCIALBICICLETA EMPRESTADA!SEMANA DO CONSUMIDORPANCADARIA DO ÓVOTO NULOCIDADES DEMOCRÁTICASA CIDADE