Plantas Que Espantam Insetos

Algumas plantas, se as temos em casa, em vasos ou no jardim, nos ajudam a espantar ou a diminuir a incidência dos mosquitos, como o Aedes aegypti. Seu efeito pode não ter sido ainda demonstrado cientificamente, porém a sabedoria popular as recomenda. greenMe

Primavera Garden organizou esse quadros de plantas – temperos, ervas e flores – que afastam diferentes tipos de insetos para ajudar você na escolha das espécies mais indicadas para a sua necessidade.

Louro: Use as folhas de louro, espalhadas pela casa, para repelir moscas.

Cebolinha: As flores da cebolinha são aromáticas e repelem moscas e pulgões. Plante cebolinha no meio da horta, especialmente em volta das cenouras.

endro

Endro: O endro é uma erva aromática muito usada na Europa e ótima repelente de pulgões, ácaros e pragas que atacam o repolho e os tomates. É parente da erva-doce.

oregano

Orégano: Repele muitas pragas e irá fornecer cobertura de solo e umidade para pimentas.

Salsinha: É repelente de besouros e indispensável na cozinha.

cebolas

Cebola: Que tal plantar cebolas na horta, em volta dos tomateiros, pimentões, batata, repolho, brócolis e cenouras para espantar pulgões, lesmas, moscas e outras pragas comuns? Se tiver roseiras, plante cebolas junto. O mesmo efeito têm outras ervas da família Allium, como a cebolinha e o alho-poró.

Malmequer: Contra pulgões, mosquitos e outras pragas (inclusive afasta os coelhos) e cujas raízes afastam os nematoides do solo. Plante os malmequeres em volta dos canteiros de hortaliças.

Capuchinha: É muito boa para afastar a mosca branca que ataca as couves, em geral. Para além do mais, é muito bonita e ótima em saladas.

Contra todos os males

De fato, a resposta pode estar onde menos se imagina: no quintal de casa. Mas nada de sair por aí catando folha e medicando a família. Remédio – mesmo natural – é coisa séria. Roberto d’Ávila, conselheiro corregedor do Conselho Federal de Medicina, explica que “o tratamento à base de produto vegetal não tem nada a ver com chazinho”. O procedimento deve ser o mesmo adotado para os medicamentos sintéticos: consultar um especialista, conhecer o diagnóstico e tomar apenas o que for prescrito. (Correio Braziliense – Texto recebido em janeiro de 2006)

plantas-medicinales-que-podemos-cultivar-en-casa

Veja também: Hortas e temperos, Ervas medicinais, Veneno ecológico para matar ratos., Umbrella Corporation, Inseticida Natural contra lesmas e lagartas, Neste Chão Tudo Dá, 11 ingredientes que ajudam perder peso, Índio Educa, Eco-grafite,

Cabelos natuloridos

As receitas de tinta de cabelo caseira são fáceis para fazer e de baixo custo, o produto natural vai livrar os fios da exposição aos químicos presentes nas tinturas industrializadas, que podem promover danos severos ao cabelo. As tintas extraídas das plantas não promovem aquele brilho extra, característico das tintas processadas quimicamente.

Cabelos loiros

Ingredientes:
1 xícara de flores frescas ou secas de camomila
1 xícara de calêndulas frescas ou secas
1 litro de água
Panela de esmalte, ou de vidro

Modo de Preparo:
A panela onde irá ferver os ingredientes não poderá ser de alumínio, ou o não vai obter resultados desejados. Leve a água para ferver, e depois que levantar fervura, acrescente as flores, e desligue o fogo. Tampe com um pano, e deixe por 30 minutos. Coe, espere que esfrie totalmente, e transfira para um frasco que possa ser bem fechado. Conserve na geladeira. Poderá usar por no máximo 1 semana. Depois disso, perde as propriedades.

Para aplicar a tinta natural, lave seus cabelos normalmente, seque muito bem com uma toalha, e aplique, ou borrife o preparado nos fios. Deixe por 30 minutos antes de enxaguar.

Para conseguir resultados mais rápidos também pode ir aplicando diariamente. Passe no cabelo um pouco antes de ir dormir, por exemplo, e só retire no dia seguinte.

Dica: Se o seu cabelo for muito longo, acrescente 1 colher de sopa de açafrão no momento em que for colocar as flores na água.

Cabelos castanhos

Ingredientes:
2 xícaras de sálvia fresca ou seca
1,1/2 xícara de alecrim fresco ou seco
1 colher de sopa de vinagre de maçã
Água suficiente para cobrir
Panela de esmalte, ou de vidro

Modo de Preparo:
Leve as ervas para a panela e deposite água o suficiente para cobrir tudo. Espere ferver, e baixe o fogo para o mínimo. Deixe cozinhando por 6 horas, mexendo ocasionalmente, e acrescentando um pouquinho de água se necessário.

Deixe esfriar, e só então acrescente o vinagre de maçã, mexendo bem. Depois de lavar o cabelo, aplique a mistura e deixe por meia hora antes de enxaguar. Repita quantas vezes for necessário para que o cabelo fique bem pintado.

Cabelos pretos

Ingredientes:
3 colheres de sopa cheias de chá preto
3 xícaras de água fervente
Recipiente plástico

Modo de Preparo:
Coloque o chá no recipiente e jogue a água fervendo por cima. Deixe em infusão por meia hora. Lave o cabelo como de costume, e derrame a mistura de chá nos fios, espalhando bem para cobrir todos. Deixe 20 minutos, e enxágue em seguida.

Para que o cabelo consiga manter-se escuro por mais tempo, lave-o com água de nogal. Prepare-a fervendo as cáscaras de nogal negro em um litro de água e enxágue o seu cabelo com este preparado.

Para escurecer os detestáveis fios brancos, a dica é preparar uma loção de tabaco. Ferva 20 colheradas de água e duas colheres pequenas de tabaco durante 30 minutos. Coloque a mistura em uma garrafa de vidro e aplique-a em seu cabelo, repetindo o tratamento até atingir o tom desejado.

Cabelos vermelhos

Ingredientes:
200 gramas de pó de henna (certifique-se que é de boa qualidade)
2 xícaras de suco de limão
Pente
Papel filme
Tigela de plástico, ou vidro

Modo de Preparo:
Misture bem o suco de limão com o pó de henna, e deixe no recipiente por 6 horas. A mistura vai engrossar um pouquinho. Separando o cabelo por mechas, vá aplicando a mistura, e penteando para distribuir de maneira uniforme. Depois de passar por todos os fios, envolva o papel filme na cabeça, e deixe por entre 2 e 3 horas. Lave em seguida.

Notas importantes

Fazer sua própria tinta pode ser mais barato, mas não se iluda, exige tempo, e repetição nas aplicações até que se consiga a tonalidade que se quer
Não espere cores vibrantes de tintas caseiras. Se quer o cabelo rosa choque, ou azul bebe, tem mesmo que optar pela tinta industrializada
Não é porque o produto é natural que é absolutamente seguro. Faça o teste de aplicar um pouquinho abaixo do braço para testar se haverá, ou não, reações alérgicas. Gislaine Rabelo

Veja também: Chás que Ajudam a Emagrecer, O povo da caixa, Xeque Monte, Sucos verdes, A Melhor plástica de todas!!!, FORDISMO??, A indústria farmacêutica está fora de controle?, Dia Mundial do Meio Ambiente., Repelente de pescador, Piada sem sabor!