Xibom Bombom

Uma coisa que a Bahia tem, mas é pouco valorizada, são as canções de protesto disfarçadas de música pop o suficiente para fazer sucesso no Carnaval. Ou, pelo menos, tinha.

Em Salvador, nos anos 1990, o Carnaval era o momento mais viável e importante para lançar uma música. Tudo que você precisasse dizer tinha que estar numa canção carnavalesca. Isso denuncia muita coisa, como por exemplo a limitação de divulgação cultural em Salvador com relação a bandas novas que não ritmavam apenas axé, a exigência das gravadoras quanto ao ritmo, etc.

Mas, naquela época, não era difícil fazer música boa. Axé não era só um “prefixo de verão” com vogais narrando um amor sazonal.

Em 1999, por exemplo, “Xibom Bombom” foi o maior sucesso do grupo As Meninas, na verdade, praticamente, único sucesso de uma girlband que não durou muito. O refrão, sem sentido e pegajoso, é apenas um enfeite para a verdadeira letra da música, que começa assim:

“Analisando
Essa cadeia hereditária
Quero me livrar
Dessa situação precária

Onde o rico cada vez
Fica mais rico
E o pobre cada vez
Fica mais pobre
E o motivo todo mundo
Já conhece
É que o de cima sobe
E o de baixo desce.”

E desencadeava em:

“Mas eu só quero
Educar meus filhos
Tornar um cidadão
Com muita dignidade
Eu quero viver bem
Quero me alimentar
Com a grana que eu ganho
Não dá nem pra melar.”

Sinto muito se você leu até aqui achando que não seria um pequeno texto politizado, mas: em 1999, As Meninas cantavam a realidade de um governo FHC que fazia o pobre descer ainda mais, desde 1995. Hoje, 2017, voltamos a encenar esse quadro em que “o de cima sobe e o de baixo desce”. Por que será, não é mesmo?

Deixarei a versão original, por si só maravilhosa. E tem no Spotify.

Aos que dificilmente toleram uma “cultura inferior das massas”, bom mesmo é o comentário de Nuno Britto, no vídeo: “teoria marxista em Nuno Britto… melhor forma de aprender a luta de classes! ”.

Não existe nada mais atual.

Xibomze-se: Lá Vem o Brasil Descendo a Ladeira, O Poder Que A Bunda Tem, Clarice Lispector do Samba, Clara Nunes., Candidato Caô Caô, PENA DE MORTE, Cambalache, O Dia em que a Terra Parou, De Jobim a Hermeto, Love vigilantes, Um dia, um ladrão

A ÚLTIMA SACANAGEM DO CRIADOR CONTRA NÓS

É difícil encontrar bons textos cômicos, engraçados, sobre a velhice, Ivone Boechat, autora desses conselhos para quem quer, mas principalmente para quem não quer enfrentar de frente o próprio envelhecimento.

“Aceite a velhice, recuse metáforas: ‘Terceira idade’, ‘melhor idade’ é a p*#@* q*#@ *#riu!!!. Viva a sua vida, não a dos seus filhos, netos e/ou marido. Coma menos, beba menos e fale menos. Velhas magras, sóbrias e contemplativas são menos doentes e chatas. Ser velha não é crime, é apenas constrangedor é a última sacanagem que o Criador comete contra nós.:” BIA PEREZ – O Terceiro Ato

1 – Tome posse da maturidade. A longevidade é uma bênção! Comemore! Ser maduro é um privilégio; é a última etapa da sua vida e se você acha que não soube viver as outras, não perca tempo, viva muito bem esta. Não fique falando toda hora: “estou velho”. Velho é coisa enguiçada. “Idade não é pretexto para ninguém ficar velho”. Engane a você mesmo sobre a sua idade, porque os psicólogos dizem que se vive de acordo com a idade declarada!

linda

2 – Perdoe a você antes de perdoar os outros. Se você falhou, pediu perdão? Deus já o perdoou e não se lembra mais. Mas você fica remoendo o passado… Não se importe com o julgamento dos outros. Só há dois times no Universo: o do Salvador e o do acusador. Neste último você sabe quem é goleiro. Continue no time do Salvador.

3 – Viva com inteligência todo o seu tempo. Viva a sua vida, não a do seu marido, dos filhos, dos netos, dos parentes, dos vizinhos… Nem viva só pra eles, viva pra você também. Isto se chama amor próprio, aquilo que você sacrificou sempre! Nunca viva em função dos outros. Faça o seu projeto de vida!

4 – Coma muito menos; durma o suficiente; não fique o dia inteiro, dormindo, dando desculpa de velhice. Tenha disciplina. Fale com muita sabedoria. Discipline sua voz: nem metálica; nem baixinha; seja agradável!

bigstock_Senior_healthy_fitness_couple__

5 – Poupe seus familiares e amigos das memórias do passado. Valorize o que foi bom. Experiências caóticas, traumas, fobias, neuroses, devem ser tratadas com o psicoterapeuta. Não transforme poltrona em divã, ouvido em descarga. 50 e mais

6 – Não aborreça ninguém com o relatório das suas viagens. Elas são interessantes só pra quem viaja. Ninguém aguenta ouvir os relatórios e ver fotografias horas e horas. Comente apenas o destino e a duração da viagem, se alguém perguntar. Aprenda a fazer uma síntese de tudo, a não ser que seus amigos peçam mais detalhes. Se alguém perguntar mais alguma coisa, seja breve.

momentos1

7 – Escolha bons médicos. Não se automedique. Não há nada mais irritante do que um idoso metido a receitar remédio pra tudo o que o outro sente. Faça uma faxina na sua farmácia doméstica.

8 – Não arrisque cirurgias plásticas rejuvenescedoras. Elas têm prazo curto de duração. A chance de você ficar mais feio é altíssima e a de ficar mais jovem é fugaz. Faça exercícios faciais. Socorra os músculos da sua face. Tome no mínimo 8 copos de água por dia e o sol da manhã é indispensável. O crime não compensa, mas o creme compensa!

“Não haverá borboletas se a vida não passar por longas e silenciosas metamorfoses”.

 Rubem Alves. DEIXEM-ME ENVELHECER! #hashtag

9 – Use seu dinheiro com critério. Gaste em coisas importantes e evite economizar tanto com você. Tudo o que se economizar com você será para quem? No dia em que você morrer, vai ser uma feira de Caruaru na sua casa. Vão carregar tudo. Não darão valor a nada daquilo que você valorizou tanto: enfeites, penduricalhos, livros antigos, roupas usadas, bijuterias cafonas, ouro velho… prataria preta, troféus encardidos, placas de homenagens. Por que não doar as roupas, abrir um brechó ou vender todas as suas bugigangas, apurar um bom dinheiro e viajar?

10 – A maturidade não lhe dá o direito de ser mal educado. Nada de encher o prato na casa dos outros ou no self-service (com os outros pagando), falar de boca cheia, ou palitar os dentes na mesa de refeições (insuportável).

11 – Só masque chiclete sem testemunhas. Não corra o risco de acharem que você já está ruminando ou falando sozinha.

12 – Aposentadoria não significa ociosidade. Você deve arranjar alguma ocupação interessante e que lhe dê prazer. Trabalhar traz muitas vantagens para a saúde mental, além do dinheiro extra para gastar, também com você.

relax

13 – Cuidado com a nostalgia e o otimismo. Pessoas amargas e tristes são chatíssimas, as alegres demais, também. Elogie os amigos, não fique exigindo explicações de tudo. Amigo é amigo.

14 – Leia. Ainda há tempo para gostar de aprender. A maturidade pode lhe trazer sabedoria. Coloque-se no grupo sempre pronto para aprender. Não se apresente em lugar nenhum dizendo: sou muito experiente!

“Envelhecer é para os fracos. Eu vou é me reinventar!” Raquel Nunes – ENVELHECER APRENDENDO…

15 – Não acredite nas pessoas que dizem que não tem nada demais o idoso usar roupas de jovens, cuidado. Vista-se bem, mas com discrição. Cuidado com a maquiagem, se for pesada, você vai ficar horrível.

16 – Seja avó do seus netos, não a mãe nem a babá. Por isso nem pense em educá-los ou comprometer todo o seu tempo com as tarefas chatas de ir buscar na escola, levar a festinhas, natação, inglês, vôlei… Só nas emergências. Cuidado com aquela disponibilidade que torna os outros irresponsáveis.

17 – Se alguém perguntar como vão seus netos, não precisa contar tuuuuuuuudo! Evite discorrer sobre a beleza rara e a inteligência excepcional deles. Cuidado com a idolatria de neto e o abandono dos filhos casados…

Viver é envelhecer, nada mais”. Simone de BeauvoirPARA QUEM TEM MAIS DE 65 ANOS.

ivone-b-1

18 – Não seja uma sogra chata. Nunca peça relatório de nada. Seu filho tem a família dele. Você agora é parente! Nunca, nunca, nunca mesmo, visite seus filhos sem que seja convidado. Se o filho ligar pra você, não diga: ah! lembrou finalmente da sua mãe? É melhor dizer: Deus o abençoe meu filho.

19 – Cuidado em atender ao telefone: se a pessoa perguntar como você vai e você responder “estou levando a vida como Deus quer”; “a vida é dura”; “estou preparando a partida”; “estou vencendo a dureza”; você vai ver que as ligações dos amigos e dos parentes vão rarear, cada vez mais.

20 – A maturidade é o auge da vida, porque você tem idade, juízo, experiência, tempo e capacidade para se relacionar melhor com as pessoas. Então delete do seu computador mental o vírus da inveja, do orgulho, da vaidade, promiscuidades, cobranças, coisas pequenas e frustrantes para tomar posse de tudo o que você sempre sonhou: a felicidade. BIA PEREZ – O Terceiro Ato

“Ao envelhecer, parei de escutar o que as pessoas dizem. Agora só presto atenção ao que elas fazem”. Andrew Carnegie – É PRECISO PERDER O MEDO DA VELHICE!

a1-eu

 

Observe mais: LUMINESCE™ (10%), A MEDITAÇÃO E SEU CERÉBROSAUDAÇÃO AO SOLRESERVE™CANCERIANO SEM LAR, VANUSA SABBATH, NAARA BEAUTY DRINK!!!EM BUSCA DA VERDADELIVROS QUE ENSINAM AS CRIANCAS CUIDAR DO PLANETA, INSTANTLY AGELESS ™ (10%)11 INGREDIENTES QUE AJUDAM PERDER PESOATARI 2600VIDACELL® (10%), NAVE TIERRAHO’OPONOPONOEMVTHE WHO – MY GENERATIONLUIZ GONZAGA LEITE, O GUARDA LUIZINHO!

LIVRO RARO

img_livros

O Mosteiro de São Bento da Bahia, juntamente com a Secretaria de Cultura da Bahia / Fundo de Cultura, apresenta, em sua completude, a versão digital de alguns dos m ais raros livros de seu acervo. Após um trabalho primoroso de restauro e conservação que durou cerca de três anos, você pode desfrutar do acesso a estas importantes páginas de nossa história. LIVRO RARO

SONY DSC

rarocapa

Veja também: Couro de livro, Lucy, Horrible Histories, Livro suspenso, O Livro de Eli, 50 filmes que são melhores do que o livro, Museu Virtual, O Preço da Arrogância, Steve’n’Seagulls, Rebeldia

Carlos Marighella

Mil Faces de Um Homem Leal (Marighella) – Racionais Mc’s

A postos para o seu general
Mil faces de um homem leal (2x)

Protetor das multidões
Encarnações de célebres malandros
De cérebros brilhantes
Reuniram-se no céu
O destino de um fiel, se é o céu o que Deus quer
Tô somado, é o que é, assim foi escrito
Mártir, Mito ou Maldito sonhador
Bandido da minha cor
Um novo messias
Se o povo domina ou não
Se poucos sabiam ler
E eu morrer em vão
Leso e louco sem saber
Coisas do brasil, super-herói, mulato
Defensor dos fracos, assaltante nato
Ouçam, é foto e é fato a planos cruéis
Tramam 30 fariseus contra moisés, morô
Reaja ao revés, seja alvo de inveja
Irmão, esquina de velas pra cima de um rebelde
Que ousou lutar, honrou a raça
Honrou a causa que adotou,
Aplauso é pra poucos
Revolução no Brasil tem um nome
Vejam o homem
Sei que esse era um homem também
A imagem e o gesto
Lutar por amor
Indigesto como o sequestro do embaixador

O resto é flor, se tem festa eu vou
Eu peço, leia os meus versos, e o protesto é show
Presta atenção que o sucesso em excesso é cão
Que se habilita a lutar, fome grita horrível
A todo ouvido sensível que evita escutar
Acredita lutar, quanto custa ligar?
Cidade chama vida que esvai
Clama por socorro, quem ouvirá?
Crianças, velhos e cachorros sem temor
Clara meu eterno amor, sara minhas dores
Pra não dizer que eu não falei das flores

Da Bahia de São Salvador brasil
Capoeira mata um mata mil, porque
Me fez hábil como um cão
Sábio como um monge
Antirreflexo de longe
Homem complexo sim
Confesso que queria
Ver Davi matar Golias
Nos trevos e cancelas
Becos e vielas
Guetos e favelas
Quero ver você trocar de igual
Subir os degraus, precipício
Ê vida difícil, ô povo feliz

Quem samba fica,
Quem não samba, camba
Chegou, salve geral da mansão dos bamba
Não se faz revolução sem um fuga na mão
Sem justiça não há paz, é escravidão…

Revolução no Brasil tem um nome…

A postos para o seu general
Mil faces de um homem leal (2x)

Marighella

Essa noite em São Paulo um anjo vai morrer
Por mim, por você, por ter coragem em dizer
racionaismc

Veja também: Regiane Ishii, Ana Primavesi, Engenheira agrônoma., Makota Valdina, Carta da Terra, Saramago, Bandeirantes Modernos, Incêndio, apenas 4° andar é salvo., Problemas sociais, Arena, Ficha Limpa!!!, Rotina, Mini-Manual do Guerrilheiro Urbano, Carlos Marighella, Polícia 24 horas, Brasileiro Reclama De Quê?

Quem paga o Carnaval!

“A gente não quer só comida, a gente quer bebida diversão e arte”. E quem disse que eu quero diversão e arte uma vez por ano? Quem disse que o catador de latinha tem quer esperar o ano todo para que em fevereiro possa finalmente comprar o leite do filho? As cotas de patrocínio para o Carnaval de Salvador 2012 têm valor mínimo estipulado em R$ 300 mil e máximo de R$ 4,9 milhões. O anúncio foi feito no dia 19/10 por Alexandre San Galo, Antônio Barreto Jr., Paulo Salum, Bruno Duarte e Fabio Duarte, diretores do consórcio OCP Mago, que agencia e comercializa, desde o ano passado, todas as cotas de patrocínio da festa.
Cláudio Tinoco, presidente da Empresa Salvador Turismo (Saltur), responsável pela realização da festa, o Carnaval de Salvador movimenta anualmente R$ 1 bilhão, e o retorno financeiro tem sido cada vez maior ao longo dos anos. A captação pública de recursos privados para a cidade passou de R$ 7,5 milhões em 2009 para R$ 15,6 milhões, em 2011, o evento conta com cerca de sete patrocinadores oficiais e 200 marcas associadas, sendo 80% deles de São Paulo. (Promoview)

O Carnaval é uma ótima oportunidade de lembrar como gastamos mal nosso dinheiro. Gastamos milhões em festas enquanto nossas escolas caem aos pedaços e nossa polícia ganha mal. Você sabe quanto vai custar o Carnaval dito “popular” de Recife? Fala-se em 35 milhões de reais em gastos com o Carnaval. Só pela prefeitura da cidade! Enquanto você vai de carro para Recife, aprecie nossas estradas cheias de buracos, pois quando você chegar, terá uma festa de primeira, paga com dinheiro público, com uma escola fuleira e um posto de saúde sem médicos.
Em Salvador, empresários profissionalizaram o evento e movimentam milhões de reais com blocos e camarotes. Mesmo assim, o dinheiro público ainda é determinante, o Estado patrocinando a festa, enquanto as nossas delegacias não têm a menor estrutura e nossos professores recebem salário de fome. (Adrualdo Catão)

O lazer é direito constitucional. “A gente não quer só comida, a gente quer bebida diversão e arte”. E quem disse que eu quero diversão e arte uma vez por ano? Quem disse que o catador de latinha tem quer esperar o ano todo para que em fevereiro possa finalmente comprar o leite do filho? (Papo de um Garoto)

Dizem que o Brasil tem duas paixões: futebol e carnaval.
O futebol e o carnaval são atividades privadas, organizadas por clubes e entidades carnavalescas, são sociedades civis, que deveriam ser mantidas com recursos próprios, alcançados por seus sócios e não pela sociedade que não participa, por qualquer motivo, de seu quadro social.
Interesse público é aquilo que interessa a parcela considerável da comunidade. A exemplo da lei de incentivo à cultura, traz algumas exigências objetivas que podem ser conhecidas de todos os interessados e que, desde que preenchidas, permitem que todos participem, e não dois ou três. “Eu, posso garantir, não peço dinheiro público para atender as minhas necessidades privadas.”
(João Marcos Adede y Castro)

O carnaval é uma indústria que propicia milhares de empregos diretos e indiretos, movimenta nossa economia, incrementa o turismo, nesta terra repleta de riquezas, habilidades, costumes, é preciso se ficar refém de festejos carnavalescos vai uma grande distância. o Brasil pode ser o país da honestidade, da cultura, da saúde, da tecnologia, da educação.
O Brasil é o país onde há a maior e mais avançada rede de captação de leite humano. É exemplo no combate à AIDS. O único país do hemisfério sul a participar do projeto genoma. Com dimensões continentais, consegue tempo recorde em apuração de e eleições.
(Correio Fraterno)

Veja também: 35 verdades ditas sobre o Brasil, pelos olhos de um Turista, Coleira para crianças, absurdo?, Ministério da Saúde, Procon divulga listas de empresas, O de Otário, Saramago, O Combate a Corrupção nas Prefeituras do Brasil, Cabeças de bagre, DECLARAÇÃO IRPF 2012