Batalha de Tejucupapo

batalha de Tejucupapo, ou batalha do Monte das Trincheiras como também é conhecida, deu-se no distrito de Tejucupapo da atual cidade pernambucana de Goiana, no contexto da segunda das Invasões holandesas do Brasil, entre forças neerlandesas e luso-brasileiras, em 24 de Abril de 1646. Wikipédia, a enciclopédia livre.

Nesta luta destaca-se o papel das mulheres da povoação para a derrota dos invasores holandeses. Graças ao seu empenho, ao lado dos homens do lugar, e usando como armas água fervente, pimenta, pedaços de pau, derrotaram cerca de seiscentos soldados, nesta que é considerada a primeira batalha em território brasileiro.

No lugar dos acontecimentos foi erguido, a poucos metros do povoado, um obelisco que traz a seguinte inscrição: “Aqui, em 1646, as mulheres de Tejucupapo conquistaram o tratamento de heroínas por terem, com as armas, ao lado dos maridos, filhos e irmãos, repelido 600 holandeses que recuaram derrotados”.

Em busca de comida, holandeses tentavam saquear a então vila de São Lourenço de Tejucupapo e escolheram o momento em que haveria poucos homens no local. Não esperavam que as mulheres estivessem organizadas e prontas para a luta.

“Apesar da tendência à glamourização do período holandês, foi uma época marcada por fome e violência. Ataques como o de Tejucupapo, para buscar comida, eram comuns. Por isso, no sentido bélico, o conflito ali não foi tão relevante num sentido geral da luta contra os holandeses, mas com certeza podemos dizer que abalou a moral das tropas, derrotadas por mulheres, e que tem impacto simbólico até hoje”, opina George Cabral, professor de história na Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). Vitor Tavares – BBC News Brasil em São Paulo

Por causa desse feito, todo último domingo de abril, dezenas de mulheres de Tejucupapo viram atrizes: sobem o Monte das Trincheiras, vestem uma roupa de época e vão para o campo de batalha. A encenação da batalha é a conclusão de uma semana de festividades de Tejucupapo. Para quem participa do teatro, a preparação vem de antes.

A primeira encenação de As Heroínas de Tejucupapo foi em outubro de 1993 e em 2020, o teatro completou a 25ª Edição (em dois anos, ele não aconteceu devido a problemas com políticos locais). A história contada foi mudando à medida que Luzia Maria lia livros de história, ouvia professores e a própria comunidade.

Todos os anos, o teatro da pequena comunidade vive de incertezas, muitas vezes sem financiamento de governo e empresas. Para 2020, o Grupo Cultural Heroínas de Tejucupapo tenta se firmar como Patrimônio Vivo de Pernambuco, um título dado pelo governo estadual que garante, além do reconhecimento público, um pagamento de R$ 3,2 mil mensais.

O painel se inspira na Batalha de Tejucupapo (1646), que ficou famosa pela participação vitoriosa das mulheres daquele vilarejo na luta contra os holandeses. Estude Grátis

Ze-se: Pensar as Resistências, Aprender com os Povos Indígenas, Índio? No Brazil? Nunca existiu?!?, Índio Educa, Mapa de Áreas de risco: informação para prevenção, Elisa de Oliveira Flemer e o Homeschooling, Água mata?

Alceu Valença – Anunciação

Alceu Valença – Anunciação. Show de encerramento do carnaval de Pernambuco no Marco Zero (05/03/2019)

tom: Amcifraclub

[Intro] G  Am  C  G 
        G  Am  C  G 

[Parte 1 de 4]

E|------7-8-7-----------------------------------------|
B|-8-10-------12p8-10p8---8-10-8-10-------------------|
G|----------------------9-----------------------------|
D|----------------------------------------------------|
A|----------------------------------------------------|
E|----------------------------------------------------|

[Parte 2 de 4]

E|------7-8-7-----------------------------------------|
B|-8-10-------12p8-10p8---10/12-10-8-8----------------|
G|----------------------9-----------------------------|
D|----------------------------------------------------|
A|----------------------------------------------------|
E|----------------------------------------------------|

[Parte 3 de 4]

E|------7-8-7-----------------------------------------|
B|-8-10-------12p8-10p8---8-10-8-10b12----------------|
G|----------------------9-----------------------------|
D|----------------------------------------------------|
A|----------------------------------------------------|
E|----------------------------------------------------|

[Parte 4 de 4]

E|------7-8-7-----------------------------------------|
B|-8-10-------12p8-10p8---10/12-10-8-8----------------|
G|----------------------9-----------------------------|
D|----------------------------------------------------|
A|----------------------------------------------------|
E|----------------------------------------------------|

[Primeira Parte]

G                                       Am
  Na bruma leve das paixões que vem de dentro
                          C              G
Tu vens chegando prá brincar no meu quintal
                                  Am
No teu cavalo peito nu cabelo ao vento
                         C           G
E o sol quarando nossas roupas no varal     

                                      Am
Na bruma leve das paixões que vem de dentro
                          C              G
Tu vens chegando prá brincar no meu quintal
                                  Am
No teu cavalo peito nu cabelo ao vento
                         C           G
E o sol quarando nossas roupas no varal     

[Refrão]

    G7      Em7
Tu vens tu vens
F          C              G
  Eu já escuto os teus sinais
    G7      Em7
Tu vens tu vens
F          C              G
  Eu já escuto os teus sinais

[Segunda Parte]

                                  Am
A voz do anjo sussurrou no meu ouvido
                      C              G
E eu não duvido já escuto os teus sinais
                               Am
Que tu virias numa manhã de domingo
                   C              G
Eu te anuncio nos sinos das catedrais

[Refrão]

    G7      Em7
Tu vens tu vens
F          C              G
  Eu já escuto os teus sinais
    G7      Em7
Tu vens tu vens
F          C              G
  Eu já escuto os teus sinais

[Solo] G  Am  C  G 
       G  Am  C  G 

[Parte 1 de 4]

E|------7-8-7-----------------------------------------|
B|-8-10-------12p8-10p8---8-10-8-10-------------------|
G|----------------------9-----------------------------|
D|----------------------------------------------------|
A|----------------------------------------------------|
E|----------------------------------------------------|

[Parte 2 de 4]

E|------7-8-7-----------------------------------------|
B|-8-10-------12p8-10p8---10/12-10-8-8----------------|
G|----------------------9-----------------------------|
D|----------------------------------------------------|
A|----------------------------------------------------|
E|----------------------------------------------------|

[Parte 3 de 4]

E|------7-8-7-----------------------------------------|
B|-8-10-------12p8-10p8---8-10-8-10b12----------------|
G|----------------------9-----------------------------|
D|----------------------------------------------------|
A|----------------------------------------------------|
E|----------------------------------------------------|

[Parte 4 de 4]

E|------7-8-7-----------------------------------------|
B|-8-10-------12p8-10p8---10/12-10-8-8----------------|
G|----------------------9-----------------------------|
D|----------------------------------------------------|
A|----------------------------------------------------|
E|----------------------------------------------------|

[Primeira Parte]

G                                       Am
  Na bruma leve das paixões que vem de dentro
                          C              G
Tu vens chegando prá brincar no meu quintal
                                  Am
No teu cavalo peito nu cabelo ao vento
                         C           G
E o sol quarando nossas roupas no varal     
   
[Refrão]

    G7      Em7
Tu vens tu vens
F          C              G
  Eu já escuto os teus sinais
    G7      Em7
Tu vens tu vens
F          C              G
  Eu já escuto os teus sinais

[Segunda Parte]

                                  Am
A voz do anjo sussurrou no meu ouvido
                      C              G
E eu não duvido já escuto os teus sinais
                               Am
Que tu virias numa manhã de domingo
                   C              G
Eu te anuncio nos sinos das catedrais

[Refrão]

    G7      Em7
Tu vens tu vens
F          C              G
  Eu já escuto os teus sinais
    G7      Em7
Tu vens tu vens
F          C              G
  Eu já escuto os teus sinais

[Final] G  Am  C  G 
        G  Am  C  G 

[Parte 1 de 4]

E|------7-8-7-----------------------------------------|
B|-8-10-------12p8-10p8---8-10-8-10-------------------|
G|----------------------9-----------------------------|
D|----------------------------------------------------|
A|----------------------------------------------------|
E|----------------------------------------------------|

[Parte 2 de 4]

E|------7-8-7-----------------------------------------|
B|-8-10-------12p8-10p8---10/12-10-8-8----------------|
G|----------------------9-----------------------------|
D|----------------------------------------------------|
A|----------------------------------------------------|
E|----------------------------------------------------|

[Parte 3 de 4]

E|------7-8-7-----------------------------------------|
B|-8-10-------12p8-10p8---8-10-8-10b12----------------|
G|----------------------9-----------------------------|
D|----------------------------------------------------|
A|----------------------------------------------------|
E|----------------------------------------------------|

[Parte 4 de 4]

E|------7-8-7-----------------------------------------|
B|-8-10-------12p8-10p8---10/12-10-8-8----------------|
G|----------------------9-----------------------------|
D|----------------------------------------------------|
A|----------------------------------------------------|
E|----------------------------------------------------|

Composição de Alceu Valença

Valenze-se: Deus e o Diabo na Terra do Sol, Norte Nordeste Me Veste, Olney Alberto São Paulo, Pin-up, ANAK KRAKATOA, O FILHO DE KRAKATOA, Uma camiseta do ramones incomoda muita gente, Clarice Lispector do Samba, Clara Nunes.

Frevo, sim, Carnaval!

Um manifesto popular marcado por uma história de ocupação das ruas, de resistência e luta das classes menos favorecidas, o frevo além de um estilo musical, também se traduz em dança de compasso binário e andamento rápido. A palavra remete a um movimento que refletiu, ao longo de mais de um século de sua existência, a situação social vivida nos centros urbanos do Recife e Olinda.
o surgimento do que se tornou o frevo vem desde o período colonial, e está ligado à construção social do País. O parente mais antigo da expressão carnavalesca vem da época da colonização, e era chamado de entrudo, começando de acordo com calendário católico, 40 dias antes da Quaresma.
A partir de 1822, quando o Brasil fica independente, o entrudo passa a ser considerado um costume bárbaro e primitivo. “O que se buscava era um país civilizado, com um novo padrão de Carnaval, da Itália e da França. Thiago Cabral, da Folha de Pernambuco
Veja também: REVENGE!, DECLARAÇÃO IRPF 2012, CONSCIÊNCIAS NOTÓRIAS: ALBERT EINSTEIN, Coleira para crianças, absurdo?, Procon divulga listas de empresas, A arte de ler., Carnaval é Perfeição!, Jesus era Peripatético., Sexo seguro!, Cinquenta Tons de Cinza, Sugestão de desintoxicação ayurvédica após os excessos., Voto Nulo, Arte Fora do Museu

Editado via celular.

CarnaDoria

A futura corte do Carnaval Paulistano, devido à atual situação econômica do país, vai receber da Prefeitura uma premiação financeira este ano, na gestão anterior o Rei Momo e a Rainha do Carnaval receberam R$ 20 mil cada, o prefeito João Dória decidiu diminuir o cache. Implicante

A cantora baiana está negociando patrocínio com uma cervejaria, mas a verba que seria disponibilizada não cobriria todos os custos do seu trio elétrico Pipoca da Rainha, muito menos a taxa de R$ 240 mil que o prefeito João Doria (PSDB) decidiu cobrar de blocos de fora da cidade para participarem da folia, e ela poderá não participar. Mônica Bérgamo – Revista Fórum 

“Redução de valor de contrato não significa redução do serviço do contrato (…) Se não quiserem, rompemos o contrato”

O prefeito eleito de São Paulo, anunciou em 03/12/2016, uma série de medidas de contenção de gastos do município com o objetivo é equilibrar o orçamento que sofrerá corte linear de 25%, exceção feita às despesas de saúde e educação, além de aprimorar a eficiência da gestão da Prefeitura, as restrições de gastos também ajudam o prefeito eleito a cumprir a promessa de congelar a tarifa dos ônibus em R$ 3,80 até dezembro de 2017. UOL NOTÍCIAS

“São quase R$ 500 milhões em quatro anos. É o preço de um hospital de alta complexidade”

Os carros da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) e veículos que prestam assistência médica ou funerária não serão atingidos pelas medidas, o prefeito, o vice-prefeito eleito, Bruno Covas, e secretários, assim como gestores de autarquias, terão um veículo à disposição, Doria disse que pretende utilizar carro próprio. O corte mínimo de 30% de todos os cargos comissionados, gerará economia de quase R$ 40 milhões por ano. UOL NOTÍCIAS

“Anunciei, logo no início do governo, que não iria mais repassar dinheiro para as escolas de samba. Então usamos aqueles recursos para instalar ar-condicionado em 408 salas de aula das escolas municipais”, o prefeito reeleito de Passo Fundo, Luciano Azevedo (PSB). Jornal do Comércio

O prefeito porto-alegrense Nelson Marchezan Júnior (PSDB) já anunciou que a prefeitura não vai destinar verba alguma para o desfile carnavalesco. Medidas parecidas devem se espalhar por várias cidades gaúchas. um estudo feito pela Federação das Associações de Municípios do Rio Grande do Sul (Famurs), 151 municípios não disponibilizaram verbas para o Carnaval em 2016. Os prefeitos estão cortando de todas as áreas que não sejam essenciais como saúde e educação. Jornal do Comércio

“Quanto ao Carnaval, que custa R$ 450 mil por ano, vamos rever os valores. Queremos colocar esse dinheiro na saúde”, contou o prefeito de Santa Maria, Jorge Pozzobom (PSDB). Jornal do Comércio

A prefeitura de Porto Alegre, Rio Grande do Sul,  destina anualmente cerca de R$ 7 milhões para a infraestrutura do desfile no Porto Seco e para remunerar as escolas de samba da Capital. Jornal do Comércio

Observe mais: SAUDOSA MALOCAYES OU SISTEMA DE MELHORAMENTO DA JUVENTUDECOMEÇOU O CARNAVAL!LUMINESCE™QUEM PAGA O CARNAVAL!RESERVE™CARNAVAL É PERFEIÇÃO!, NAARA BEAUTY DRINK!!!LIESAVOCÊ APRENDEU ERRADO NA ESCOLA, INSTANTLY AGELESS ™BRAZILIANIZE YOURSELF!E VOCÊ?VIDACELL®PÁTRIA MADRASTA VILSAMBANDO NO PRECIPÍCIOGRAFITE SÃO ARTES PÚBLICAS

GTA IV – GCM : Duster Guarda Civil Metropolitana de São Paulo

GTA IV – GCM – Guarda Civil Metropolitana São Paulo em patrulhamento: perseguições e troca de tiros.

Curta a pagina no facebook e receba atualizações de videos novos e viaturas gratis para download.

Curtam a pagina do canal do Facebook 🙂

Jogo

Grand Theft Auto IV – 2008

Explore no YouTube Gaming

GTA IV – Guarda Municipal Curitiba em patrulhamento com Parati

GTA IV – Policia Militar Pernambuco em patrulhamento aéreo

Sergeant Cooper the Police Car – Real City Heroes (RCH) – Videos For Children

POLICE CAR CHASE | toy police chase | toy police car chases | Police Car For Children | POLICE – Video For Kids – Видео для детей.

Os rachas mais insanos do ano de 2016 até bicicleta turbo. – Sorry-a

GTA IV – PRF : Patrulha Rodoviária de moto

Observe mais: RECEITA PÃO DE ATUMSANDUÍCHES SEM PÃOPHILIP K. DICKNAARA BEAUTY DRINK!!!DIA DO GUARDA CIVILTORNE-SE UM MENDIGO.EMVCARTA DE UM POLICIAL NOS PROTESTOS DE SÃO PAULOADORO ESSA PARTE DA ANATOMIA FEMIMINA.INSTANTLY AGELESS ™MEDICINA TRADICIONAL YANOMAMI ON-LINEÍNDIO EDUCAVIDACELL®PRINCÍPIOS: O USO DA FORÇAREMÉDIO QUE CURA QUALQUER DOENÇAONDE FUI ROUBADORESERVE™A HISTÓRIA DO JARDINEIRO DE OXALÁSÓ ISSO!UM GOLPE EDUCADO!POLICIAL DA FLÓRIDA MOSTRA COMO SE TRATA RECLAMAÇÃO DE QUE GAROTOS ESTÃO JOGANDO BASQUETE NA RUA

Peixe-boi marinho

peixeboi_icmbio

O peixe-boi marinho é o mamífero aquático mais ameaçado do Brasil. Para tentar reverter a situação, o Centro Nacional de Pesquisa e Conservação de Mamíferos Aquáticos, o CMA, investe em programas de resgate, proteção e educação ambiental em todo o território nacional. Good News

peixeboi

manateesjusticeleague

peixe-boi-lenda

Enxergue mais: Comida de gente, O Ponto de Mutação, Convite à Filosofia, Morcego do interior, Cadeia plástica, Terroristas?, Manguetown, Norte Nordeste Me Veste, Curupira, MORADOR DE RUA CUIDA DE 11 CÃES

A Cidade

A Cidade – Chico Science & Nação Zumbi

O Sol nasce e ilumina as pedras evoluídas,
Que cresceram com a força de pedreiros suicidas.
Cavaleiros circulam vigiando as pessoas,
Não importa se são ruins, nem importa se são boas.

E a cidade se apresenta centro das ambições,
Para mendigos ou ricos, e outras armações.
Coletivos, automóveis, motos e metrôs,
Trabalhadores, patrões, policiais, camelôs.

A cidade não pára, a cidade só cresce
O de cima sobe e o de baixo desce.
A cidade não pára, a cidade só cresce
O de cima sobe e o de baixo desce.

A cidade se encontra prostituída,
Por aqueles que a usaram em busca de saída.
Ilusora de pessoas e outros lugares,
A cidade e sua fama vai além dos mares.

No meio da esperteza internacional,
A cidade até que não está tão mal.
E a situação sempre mais ou menos,
Sempre uns com mais e outros com menos.

A cidade não pára, a cidade só cresce
E de cima sobe e o de baixo desce.
A cidade não pára, a cidade só cresce
O de cima sobe e o de baixo desce.

Eu vou fazer uma embolada, um samba, um maracatu
Tudo bem envenenado, bom pra mim e bom pra tú.
Pra gente sair da lama e enfrentar os urubus. (haha)
Eu vou fazer uma embolada, um samba, um maracatu
Tudo bem envenenado, bom pra mim e bom pra tú.
Pra gente sair da lama e enfrentar os urubus. (ê)

Num dia de Sol, Recife acordou
Com a mesma fedentina do dia anterior.

Observe mais: Manguetown, Pare Pra Pensar, LUMINESCE™Brô Mc´s, Curupira, Antena Caseira dipolo de meia-onda*, Falando sobre Pato Fu, NAARA BEAUTY DRINK!!!O poder da maconha, Na contramão?, INSTANTLY AGELESS ™Quem paga o Carnaval!, Lucy, VIDACELL®Instituto Pindorama, voluntariado., RESERVE™, Consumo colaborativo e sustentabilidade, Carta da Terra

Manguetown

220px-nac3a7c3a3o_zumbi_40_maquinc3a1ria_festival_01

Show da banda no Festival Maquinária.

Nação Zumbi e Paralamas do Sucesso – Manguetown (DVD Ao Vivo no Recife) – Deckdisc

Manguetown – Chico Science

Tô enfiado na lama
É um bairro sujo
Onde os urubus têm casas
E eu não tenho asasMas estou aqui em minha casa
Onde os urubus têm asas
Eu vou pintando, segurando as paredes
No mangue do meu quintal e manguetown
Andando por entre os becos
Andando em coletivos
Ninguém foge ao cheiro sujo
Da lama da manguetown (2x)

Esta noite sairei, vou beber com meus amigos… ha!
E com as asas que os urubus me deram ao dia
Eu voarei por toda a periferia
Vou sonhando com a mulher
Que talvez eu possa encontrar
E ela também vai andar na lama do meu quintal é
Manguetown

Andando por entre os becos
Andando em coletivos
Ninguém foge ao cheiro sujo
Da lama da manguetown (4x)

Fui no mangue catar lixo
Pegar caranguejo
Conversar com urubu

Manguetown_by_LeoElessar

https://vimeo.com/70802611

Clipe Chico Science – ManguetownCASA GRINGO CARDIA

Observe mais: MONÓLOGO AO PÉ DO OUVIDO / BANDITISMO POR UMA QUESTÃO DE CLASSE, Antena Caseira dipolo de meia-ondaJuan dos Mortos, NAARA BEAUTY DRINK!!!, FHC = THC, Comida de gente,  LUMINESCE™, Xeque Monte, Pac man, INSTANTLY AGELESS ™, Catastrofe natural?, Evolução, VIDACELL®SAUDOSA MALOCAHO’OPONOPONOMANGUETOWNRESERVE™, Cadê os Amarildos?EMVEconomia de mercadoA CIDADEWikipédia, a enciclopédia livre.

Que País É Esse?

Que País É Esse? – Legião Urbana

Nas favelas, no Senado
Sujeira pra todo lado
Ninguém respeita a Constituição
Mas todos acreditam no futuro da nação
Que país é esse?
Que país é esse?
Que país é esse?

No Amazonas, no Araguaia iá, iá,
Na baixada fluminense
Mato grosso, Minas Gerais e no
Nordeste tudo em paz
Na morte o meu descanso, mas o
Sangue anda solto
Manchando os papeis e documentos fieis
Ao descanso do patrão
Que país é esse?
Que país é esse?
Que país é esse?
Que país é esse?

Terceiro mundo, se foi
Piada no exterior
Mas o Brasil vai fica rico
Vamos faturar um milhão
Quando vendermos todas as almas
Dos nossos indios num leilão
Que país é esse?
Que país é esse?
Que país é esse?
Que país é esse?
lulafernandes

Veja também: Carnaval é Perfeição!, A culpa é de quem!, 35 verdades ditas sobre o Brasil, pelos olhos de um Turista, Bandeirantes Modernos, Justiça em trânsito, O Combate a Corrupção nas Prefeituras do Brasil, Ouro de tolo, A Privataria Tucana, Incêndio, apenas 4° andar é salvo.