Pocket Show Pato Fu

Pocket Show Pato Fu na Guitar Shop SavassiAna Paula da Silva

Pato Ze-se: Diversão em cena – Música de brinquedo 2, com Pato Fu, Pato Fu – Bem Brasil, 1999, Falando sobre Pato Fu, Tempestade / Love Vigilantes, Anormal, Vida imbecil, As Aventuras de Raul Seixas Na Cidade de Thor, Um dia, um ladrão

Tempestade / Love Vigilantes

Pato Fu – Tempestade / Love Vigilantes (ao vivo)

Tempestade – Maskavo

Chegou a tempestade devastando o lugar
E quem viu desesperou-se e comecou a chorar

O frio, queimando as plantas, castigando animais
A fome era o que mais assolava
Matando bons e maus em uma soh tacada

O sol retoma logo a dianteira
Mandando avisar que o ceu eh dele
E que tudo vai mudar

Tudo vai mudar
tudo vai mudar
Tudo vai mudar

E ja nao existia mais tristeza no ar
Assim que o sol nasceu
e comecou a brilhar

A luz tranquilizou toda a populacao
A chuva ja nao nos preocupava
Havia novo gas pra crowd da parada

Eh o sol quem toma conta do planeta
E manda avisar que o seu povo
nao precisa mais chorar
Nao precisa mais chorar
Nao precisa mais chorar
Nao precisa mais chorar


aa…

O sol que toma conta do planeta
Mandando avisar que o ceu eh dele
E que tudo vai mudar
Tudo vai mudar
tudo vai mudar
tudo vai mudar


ooo..
ooo..

Love vigilantes

Pato Ze-se: Diversão em cena – Música de brinquedo 2, com Pato Fu, Pato Fu – Bem Brasil, 1999, Falando sobre Pato Fu, Anormal, Um ponto oito, Vida imbecil, Um dia, um ladrão, Sobre O Tempo

Anormal

Anormal – Pato Fu (Toda Cura para Todo Mal)

Rádio ligado
Troco estações porque
Não sei o som que você
Pode odiar

No supermercado
Eu tento escolher
O mesmo sabor que você
Deve gostar

Se é que conheço você
Só de te observar
Posso apostar que não vai
Me decepcionar

Mais que anormal
Eu devo ser
Pra ver você
Em todo lugar

Dentro do quarto
Vejo comerciais
Qual vai te convencer
Que ainda estou lá

No supermercado
Tentando escolher
O mesmo sabor que você
Deve gostar

Se é que conheço você
Só de te observar
Posso apostar que não vai
Me decepcionar

Mais que anormal
Eu devo ser
Pra ver você
Em todo lugar
Compositor: Jonh. vagalume

Anormalze-se: OS MANTRAS NOS SINTONIZAM COM O UNIVERSO, TIMEOUT CONVIDA! | LOVE WILL TEAR US APART feat. MY LAST BIKE, Rio 40 Graus, 11 músicas que falam de saudade, Só Os Loucos Sabem

Um ponto oito

Um ponto oitoPato Fu

Dentro do meu carro
A estabilidade
Me faz acreditar
Que está tudo bem
Tudo em seu lugar

E logo me esqueço
Tudo tem seu preço
Aumento a velocidade
E atravesso a cidade
Sem pensar
Sem pensar
Sem pensar

Em mais ninguém
A não ser em quem gosta de mim
Me esqueci numa curva que fiz
Tão veloz que o amor
Não morreu por um triz
Não morreu por um triz

Mas naquela estrada
Naquela madrugada
Acho que matei alguém
E no mesmo instante
Morri um pouco também

Fui até ao rapaz
Que ainda vivia
E vendo ele morrer
Sem saber o que fazer
Segurei sua mão fria

Vi que era pobre
Moço sem instrução
Cheirava a pinga barata
Uma aliança no dedo
Talvez fosse um ladrão

Ajoelhei-me ao seu lado
Me disse o atropelado:
Fiquei com a pior parte
De tudo o que é chamado
Civilização

Devolva este anel
Pra dona daquele bordel
Foi lá que eu roubei
Diga pro dono do bar
Que minha conta encerrei

Silenciou de repente
Gemeu como um cão
E sobre o asfalto quente
Seu sangue escorreu suavemente
Todo pelo chão

Olhei a cidade
Olhei pro meu carro
Voltei a correr
Pensei em fugir
Quis não mais viver

Quis não mais viver
Com mais ninguém
A não ser com quem gosta de mim
Me esqueci numa curva que fiz
Tão veloz que o amor
Não morreu por um triz
Não morreu por um triz

Olhei a cidade
Olhei pro meu carro
Voltei a correr
Pensei em fugir
Quis não mais viver
Quis não mais viver
Quis não mais viver

Pato Ze-se: Falando sobre Pato Fu, Caixa de sapato, Vida imbecil, Tudo mudar, As Aventuras de Raul Seixas Na Cidade de Thor, Um dia, um ladrão, Clarice, Clarices, Sobre O Tempo

Vida imbecil

Vida Imbecil – Pato Fu. Gol de Quem?

Terra boa que Deus deu nós
E nóis quer mudar o mundo
Esse mundo é tão perfeitim
Esse mundo é mesmo um amor

Eu levo uma vida imbecil
Zanzando atrás do que é bom
Calculo a carne comida
Controlo o que vai no meu pão
Peixinho que mora no mar
Só encontro quando vou pescar
Cê vê que imbecil

Esse mundo é tão perfeitim
Esse mundo é mesmo um amor
Que terra boa que Deus deu nóis
E nóis quer mudar o mundo

Quem crê diz que tudo consegue
E em tudo aquilo que cri
Eu cri até que desisti
Desisti porque não consegui
Cê vê que imbecil é a vida

Ok existe fome, violência,
Estupidez e hogerizas nucleares
Ma io, io che amo
Io che amo solo te
Amore escusame
Amore escusame

Um dia, um ladrão

Um Dia, Um Ladrão. Pato FuTelevisão de Cachorro

Um dia não vai dar pra voltar atrás
Se tenho a vida em minhas mãos
Não quero pensar que devo deixar pra lá
O que eu não quero deixar

Um dia esse tempo vai ficar pra trás
E o que vai ser desse rapaz?
Um carro corre pra chegar logo a um lugar
É lá que eu quero estar

Você não vai, não vou também
Se vai ficar, estou aqui
Não vou deixar escapar
Não vou deixar você me escapar

Se o acaso decidir, não vai ficar assim
E o que vai ser dessa vez?
Por mim, motivos pra roubar,
Matar, mentir, trair a astuta lei
Temos no bolso e coração
Você vai não…
Estou aqui…
Não vou deixar escapar
Não vou deixar você me escapar
Um dia só me bastaria pra fugir
Pra anos-luz daqui
Mas tenho o sangue vulgar
Volto a ficar
Perto demais p’ra enxergar
Você não vai, não vou também
Se vai ficar, estou aqui
Não vou deixar escapar
Não vou deixar você me escapar

Compositor: John. vagalume

Palavras Perdidas: Na Medida do Impossível ao Vivo no Inhotim, Perto do Fogo, Clarice Lispector do Samba, Clara Nunes., Falando sobre Pato Fu, Brinquedos e brigadeiros, Brô Mc´s, Os tampinhas, De Quem é a Culpa?, Faça uma Evolução, Sobre O Tempo, Feliz Natal (A Guerra Acabou)

Na Medida do Impossível ao Vivo no Inhotim

Gravado no Inhotim, Brumadinho (MG) em 3 de setembro de 2016
Na Medida do Impossível é o quarto álbum de estúdio da carreira solo da cantora, compositora e escritora amapaense Fernanda Takai. O álbum foi lançado no dia 18 de março de 2014 no iTunes e em todas as outras plataformas de streaming digital, e em CD pela Deckdisc. Wikipédia

Editado via celular.

Sobre O Tempo

https://www.youtube.com/watch?v=aaZlIDXNzKg

Sobre o Tempo – Pato Fu – YouTube

Sobre O Tempo – Pato Fu

Cifra: Principal (violão e guitarra)

Tom: B

[intro:] B F# E

[Intro:]                         ...no final
E|----------------|---------------|---2-------2-------4-------4-------
B|-2-4-2-4-2-2----|--2-4-2-4-2----|-----4-4-----4-4-----4-4-----4-4---
G|-------------4--|------------4--|-4-------4-------4-------4-------4-
D|----------------|---------------|-----------------------------------
A|----------------|---------------|-----------------------------------
E|----------------|---------------|-----------------------------------

B            F#
Tempo tempo mano velho
E
Falta um tanto ainda eu sei
B           F#     E
Pra você correr macio
B             F#     E
Como zune um novo sedã
D#m                E7M
Tempo tempo mano velho
C#m               F#
Tempo tempo mano velho
E       F#
Vai, vai, vai...
        D#m         E7M
Tempo amigo seja legal
        C#m             F#
Conto contigo pela madrugada
                    B E7M B E7M C#m F#
Só me derrube no final

[intro:]

Mude conceitos, você pode e deveFALANDO SOBRE PATO FUÍNDIOSRobin Hulk‘MÚSICA DE BRINQUEDO’ VOLUME 2 X MÁXIMOMídia estão de lutoBOSSA NOSTRAA culpa é de quem!Inicie um abaixo-assinadoCarta de um policial nos protestos de São PauloDe quem é o poder?

Falando sobre Pato Fu

O Pato Fu é formado por Fernanda Takai, John Ulhoa, Ricardo Koctus, Xande Tamietti e Lulu Camargo. Em outubro de 1992, gravaram sua primeira fita demo.

Visitem o website da banda, é possível ouvir as musicas da banda.
pf_gdq_gabilima_7963

Veja também: Perto do Fogo, Clarice Lispector do Samba, Clara Nunes., Sobre quem?, Brinquedos e brigadeiros, Brô Mc´s, Os tampinhas, De Quem é a Culpa?, Faça uma Evolução, Via Láctea pelo navegador, Feliz Natal (A Guerra Acabou)