K2, Spice ou Maconha Sintética?

spice615

Spice, K2, High Legal, Black Mamba, Cannabis Blends é projetada para se parecer com maconha, mesmo não possuindo aroma e a aparência da natural, o seu consumo afeta o cérebro de forma diferente do que a droga natural, e, de acordo com o NIDA – o Instituto Nacional de Abuso de Drogas, nos EUA, informa que os usuários podem experimentar: ansiedade, agitação, náuseas, vômitos, hipertensão arterial, convulsões, alucinações, pânico, incapacidade de comunicação, paranoia, além de levar o usuário a agir com violência.   – Smoke Buddies

maconha-sintetica-k2-spice-legal-high-fuja-dessa

O principal composto psicoativo da maconha, o THC, é conhecido por ativar dois receptores canabinoides, o CB1 e CB2, que estão espalhados pelo corpo humano. Os pesquisadores descobriram que a versão sintética ativa o primeiro receptor numa intensidade que a erva jamais seria capaz de alcançar. BLOG DO JAIRO BOUER

koe-lave-maconha-sintetica-seiva-roxa

A maconha sintética e os efeitos colaterais são devastadores para aqueles que a consomem, muitas vezes legalmente. O Vela (YouTube) explica sobre esse produto, e também porque não buscar através desta substância os benefícios que encontramos na cannabis.   – Smoke Buddies

A marijuana sintética, vendida como Especiaria, apareceu pela primeira vez na Europa, em 2004 e nos EUA, em 2008. Os químicos usados para fazer marijuana sintética, no entanto, foram criados, com fins experimentais, há décadas. Estes incluem:
  • CP 47,497, em homenagem a Charles Pfizer dos Laboratórios Pfizer, desenvolvido nos anos 1980 para pesquisa científica.
  • HU-210, em homenagem à Universidade Hebraica de Jerusalém onde foi desenvolvida pela primeira vez em1988. É 100 a 800 vezes mais potente do que THC natural (o ingrediente que altera a mente ingrediente na marijuana).5
  • JWH-018 e outros na série JWH, em homenagem ao Prof. John W. Huffman da Universidade Clemson na Carolina do Sul, criado em 1995. Fundação para um Mundo Sem Drogas

Mude conceitos, você pode e deveSCORING DRUGSluminesce ™COMIDINHAS DE MACONHAMEDIEVAL CLASSIC ROCKnaara beauty drink!!!VENDE-SE MACONHANEVOMEDICINAL VIBESVIRTUDEinstantly ageless ™HEMP ROLLKID VINILvidacell ®BECAUSE I GOT HIGHreserve ™FIM DOS TRAFICANTES?!?MONÓLOGO AO PÉ DO OUVIDO / BANDITISMO POR UMA QUESTÃO DE CLASSE

Sistema Nacional de Políticas Públicas sobre Drogas

Parágrafo único. Pode a União autorizar o plantio, a cultura e a colheita dos vegetais referidos no caput deste artigo, exclusivamente para fins medicinais ou científicos, em local e prazo predeterminados, mediante fiscalização, respeitadas as ressalvas supramencionadas. LEI Nº 11.343, DE 23 DE AGOSTO DE 2006.

O CQC resolveu entrar no debate sobre a legalização da Cannabis e foi atrás de especialistas, usuários, partidários contrários e até do ex-presidente FHC para ajudar a esclarecer o assunto. Grupo Bandeirantes de Comunicação

“Cultivar a liberdade para não colher a guerra”
Marcha-PM

Veja também: E agora???, Estupidez, Computer History Museum, O crime compensa, Porque sim!, Vergonha alheia!!!, Norte Nordeste Me Veste, Saúde nossa de cada dia!, Bolsa família, Ar condicionado caseiro, Fui processado. O que eu faço?, Michael Moore, Vamos acabar com o domínio da Monsanto, Carta à Sra. “Presidenta” da República