3 plantas comestíveis que quase toda calçada tem

Nas zonas urbanas é bem comum ver plantas nascendo espontaneamente em rachaduras de asfalto, canteiros esquecidos ou em frestas de calçadas. São plantas rústicas que resistem ao solo pobre, à ausência de terra e se adaptam ao clima extremo das cidades. O que muitos não sabem, é que muitas dessas plantas são PANC (Plantas Alimentícias Não Convencionais), ou seja, comestíveis. Ciclo Vivo

“Essas plantas se alastram porque têm sementes que são adoradas pelo polinizadores (insetos), ou porque têm mecanismos reprodutivos que são super eficientes. Existem centenas de plantas que são de baixo porte, plantas rasteiras, que são tão pequenininhas que acabamos pisando nelas por aí. Já outras não são tão pequenas, mas como estamos acostumados a caminhar sem prestar muita atenção, elas acabam passando despercebidas”, disse Beatriz Carvalho, do empreendimento social Mato no Prato.

MAJOR-GOMES (Talinum paniculatum e Talinum triangulare)

Major-Gomes, João-Gomes, Caruru, Beldroegão… É comestível, nutritiva, suculenta e deliciosa. Ela tem em média 23% de proteína em matéria seca, e tem características nutricionais parecidas com a Ora-pro-nobis. Pode ser consumida em saladas, como recheio de tortas, panquecas, omeletes e pães. E pode substituir a couve nos sucos verdes.

É da família das Portulacas, sendo a mais comum a Portulaca oleracea (flores amarelas) e a Portulaca umbraticola (folhas coloridas). É rica em ferro e cálcio. Suas folhas devem ser consumidas cozidas ou branqueadas, devido ao excesso de oxalato, que pode ser prejudicial à saúde. É importante que a gente observe se a folha é achatada, pois pode ser confundida com a Onze Horas (folha pontiagudas, cilíndricas) que não é comestível. Pode ser usada em sopas, refogados, molhos para massas e até mesmo em chás. Suas sementes podem substituir a chia e o gergelim. 

CARURU (Amaranthus SPP)

Também conhecida como Bredo. Existem dezenas de espécies de caruru, algumas delas são plantas rasteiras (Amaranthus deflexus) e outras atingem um pouco mais de altura (Amaranthus viridis). Algumas apresentam cores avermelhadas (Amaranthus cruentus) e outras são mais coloridas (Amaranthus hybridus). Existem espécies que apresentam espinhos (Amaranthus spinosus). Dê preferência para consumir as espécies sem espinhos, e sempre consuma a planta cozida ou branqueada. Dos talos há receitas de panquecas, tortas, bolos e pastéis, e as suas sementes são extremamente nutritivas e saborosas, podendo ser acrescentadas à massa de pão, arroz e vitaminas.

Calçaze-se: Plantas Alimentícias Não Convencionais, alternativaS?!?, Muda Mooca, A história do jardineiro de Oxalá, MORADOR DE RUA CUIDA DE 11 CÃES, Bolo de batata-doce com coco

Farmácia nunca mais

Logicamente que se você já faz algum tratamento médico, JAMAIS, eu disse JAMAIS o abandone para algo alternativo. CONCILIAR é a palavra chave! Confiram todas informações de cada planta/erva citada clicando no “Continuar Lendo”. FELIPE CALABREZ

Ora Pro Nobis

A ora-pro-nóbis é considerada uma fonte de nutrientes barata e muito nutritiva, principalmente por ser rica em proteína, vitaminas e fibras para um bom funcionamento do intestino.

Erva Cidreira

Os benefícios do chá de erva-cidreira estão relacionados às propriedades medicinais que esta planta possui. Assim, dentre os principais benefícios, inclui-se:

  1. Melhorar a qualidade do sono;
  2. Aliviar as dores de cabeça;
  3. Combater os gases;
  4. Prevenir distúrbios digestivos;
  5. Aliviar as cólicas menstruais e intestinais;
  6. Prevenir distúrbios renais;
  7. Promover o alívio da tosse;
  8. Promover o bem-estar e a tranquilidade.

Boldo

O boldo serve para tratar má digestão, problemas do fígado, litíase biliar, gota, obstipação, cistite, flatulência, dor de cabeça e suores frio. O boldo também é um bom remédio caseiro para limpar o sangue.

O chá de boldo não emagrece, mas pode ajudar a desinchar a barriga porque ajuda a combater os gases intestinais, deixando a barriga mais lisa.

Quando usado em excesso pode ser tóxico e promover as contrações uterinas, favorecendo o aborto, por isso em caso de gravidez ou suspeita de gravidez este chá deve ser evitado.

Manjericão Roxo

O manjericão serve para:

  1. Ajudar no tratamento de tosse, catarro;
  2. Feridas;
  3. Problemas de estômago;
  4. Falta de apetite;
  5. Gases;
  6. Aftas;
  7. Dor de garganta;
  8. Rouquidão;
  9. Amigdalite;
  10. Náusea;
  11. Verruga;
  12. Prisão de ventre;
  13. Cólica;
  14. Ansiedade;
  15. Insônia;
  16. Enxaqueca e
  17. Picadas de insetos.

Hortelã

A hortelã é rica em vitaminas A e C, e minerais, como ferro, cálcio, fósforo e potássio, e possui principalmente propriedade antioxidantes e estimuladoras da imunidade. Assim, a hortelã serve para:

  • Aliviar gases intestinais, pois esta planta tem efeito antiespasmódico, capaz de diminuir cólicas intestinais e alterações digestivas, e antiemético, aliviando náuseas e vômitos;
  • Facilitar a digestão e diminuir a azia, por ativar a produção de bile e melhorar a função do sistema digestivo;
  • Ajudar a aliviar a febre, principalmente quando associado com gengibre, pois estimula a circulação;
  • Combater a dor de cabeça, por ser vasodilatador e capaz de ativar a circulação;
  • Diminuir sintomas de estresse, ansiedade e agitação por ter efeitos tranquilizantes;
  • Agir como antisséptico, capaz de dificultar o crescimento de bactérias e amebas no trato digestivo.

Erva de São João

A Erva-de-São-João serve para acalmar o estresse e tratar insônia, nervosismo e depressão. Pode, ainda, ser utilizada no combate à caspa, acne, problemas digestivos, gota, hemorroidas e problemas urinários.

Anador ou Doril (Nome verdadeiro: Terramicina)

Uma das dores que o chá de terramicina ou doril pode combater é de cólica menstruais que muitas mulheres sofrem tanto. O seu chá pode ser consumido umas 3 vezes ao dia para acabar com as cólicas menstruais.

É importante a mulher avaliar a sua dor de cólica menstrual com um médico, afinal há algumas doenças como a endometriose que pode agravar essa dor, é importante fazer essa avaliação com um médico. De maneira geral as cólicas menstruais são normais, mas na dúvida é sempre importante ir a um ginecologista.

Um dos remédios naturais que podem ajudar no alívio das cólicas é o chá de terramicina, mas veja os demais benefícios desta planta:

Combate a tosse

A sabedoria popular já dizia desse benefício de acabar com a tosse e realmente  é verdade. Na estação do inverno, principalmente, temos maior propensão em adoecer com gripes e resfriados e com eles vem a tosse. Fazer um chazinho de terramicina vai ajudar a acabar com a tosse.

Digestiva e depurativa

A terramicina também tem como benefício sua ação digestiva e depurativa. Todos os problemas gástricos o chá de terramicina pode ser muito útil e também para a limpeza das toxinas do corpo.

Diurético

O chá de terramicina também é um ótimo diurético, isso significa que ele pode ser bom para alguns problemas de saúde em que o aumento da eliminação da urina ajuda como a retenção de líquido e a celulite.

Cistite

Outro problema bem comum nas mulheres é a cistite que é a inflamação da bexiga e que também chamamos simplesmente de infecção urinária. Por causa de sua ação diurética e anti-inflamatória o chá de terramicina é um ótimo aliado  na eliminação da bactéria Escherichia coli causadora da cistite.

Ação antibiótica

Esse nome “terramicina” já nos remete a um famoso antibiótico, isso significa que esta plantinha recebeu esse nome justamente por causa de sua ação antibiótica, ou seja, combate inflamações

Sistema imunológico

Tomando chá de terramicina você ajudará também o sistema de defesa que luta a todo instante contra os invasores do nosso corpo, é o nosso sistema imunológico responsável por nos manter longe das doenças.

Outros benefícios

Outros benefícios que o chá de terramicina pode trazer para nossa saúde é os seguintes:

  • Herpes labial
  • Furúnculos
  • Dores de cabeça
  • Enxaqueca
  • Gases
  • Ansiolítico
  • Cicatrizante
  • Antitumoral
  • Anticonvulsivante

Guaco

Para que serve, como usar e contraindicações

O Guaco é uma planta medicinal, também conhecida por ervas de serpentes, cipó-catinga ou erva-de-cobra, muito utilizada em problemas respiratórios devido ao seu efeito broncodilatador e expectorante.

O guaco serve para tratar a gripe, tosse, rouquidão, infecção na garganta, bronquite, alergias e infecções na pele. Além disso, esta planta é usada popularmente para tratar o reumatismo.

Quais as propriedades

Apesar de serem atribuídas ao guaco várias indicações terapêuticas populares, somente a ação broncodilatadora, antitussígena, expectorante e edematogênica sobre as vias respiratórias foram comprovadas.

Aranto

O aranto é popularmente utilizado no tratamento de doenças inflamatórias e infecciosas, nos episódios diarreicos, febres, tosses e na cicatrização de ferimentos. Por possuir ações sedativas também é usado em pessoas com problemas psicológicos, como os ataques de pânico e a esquizofrenia.

Pode ser eficaz no combate ao câncer devido sua potencial propriedade de citotoxicidade, atacando as células cancerígenas. Porém, até o momento, ainda não há comprovações científicas suficientes desse benefício com o consumo direto das folhas da planta.

Moringa

Segundo alguns estudos científicos, a moringa pode ser utilizada para diversas situações, sendo seus principais benefícios:

  1. Aumentar a capacidade respiratória, ajudando a combater doenças como a asma;
  2. Prevenir a diabetes, pois possui propriedades que ajudam a regular o estresse oxidativo, o que reduz os níveis de açúcar no sangue, protegendo as células;
  3. Proteger o coração, pois evita a absorção de colesterol no intestino e formação de placas de gordura nas artérias, diminuído assim o risco de doenças cardiovasculares;
  4. Regular a pressão arterial, já que melhora a circulação sanguínea por causa do seu efeito vasodilatador;
  5. Auxiliar na perda de peso, pois possui fibras e proteínas que ajudam a aumentar a sensação de saciedade;
  6. Prevenir e combate a anemia, já que as suas folhas possuem grande quantidade de ferro (105 mg por cada 100 g de folha), favorecendo a formação de glóbulos vermelhos;
  7. Aumentar as defesas do organismo, pois é constituída por substâncias, como vitamina C, polifenóis e betacaroteno, que reforçam o sistema imune;
  8. Possuir efeito analgésico e anti-inflamatório devido à presença de isotiocianatos, quercetina e ácido clorogênico, que são substâncias que ajudam a diminuir o processo inflamatório, aliviando os sintomas de reumatismo e inflamação da próstata, por exemplo;
  9. Proteger e hidratar a pele devido à grande quantidade de vitaminas do complexo B, C, E e A que possui, favorecendo, assim, a cicatrização da pele;
  10. Melhorar a saúde do sistema digestivo, pois previne e auxilia no tratamento de úlceras estomacais, além de ajudar a combater a prisão de ventre devido a sua grande quantidade de fibras;
  11. Ajudar a tratar as hemorroidas, pois possui efeito vasodilatador, estimulando a circulação sanguínea;
  12. Melhorar a visão, pois é constituída por betacaroteno, que é um componente precursor da vitamina A que, dentre outras funções, é responsável por manter a saúde da visão;
  13. Ajudar a diminuir os efeitos da menopausa, uma vez que ajuda a controlar os níveis de inflamação e estresse oxidativo durante esse período, fazendo com que a concentração de hormônios durante a menopausa fiquem estáveis. Saiba identificar os sintomas da menopausa.

Propriedades da moringa

As propriedades da moringa incluem ação antioxidante, anti-inflamatória, analgésica, antidiabética, vasodilatadora, anticolinérgica, antirreumática e cicatrizante.As propriedades da moringa incluem ação antioxidante, anti-inflamatória, analgésica, antidiabética, vasodilatadora, anticolinérgica, antirreumática e cicatrizante.

Gengibre

Os benefícios do gengibre para a saúde é principalmente ajudar na perda de peso, acelerando o metabolismo, e relaxar o sistema gastrointestinal, prevenindo náuseas e vômitos. No entanto, o gengibre também atua como antioxidante e anti-inflamatório, ajudando na prevenção de doenças como câncer cólon retal e úlceras no estômago.

O gengibre é uma raiz que pode ser utilizada em chás ou em raspas que podem ser adicionadas a água, sucos, iogurtes ou saladas.

Comente, seu comentário é a alma do Blog! Até mais e obrigado pelos peixes!

Inscreva-se no Youtube – https://www.youtube.com/c/Rezenhando
Siga-nos no WordPress – https://rezenhando.wordpress.com/

Siga-nos no Twitter – https://twitter.com/Birovisky
Siga-nos no Instagram – https://instagram.com/Birovisky
Curta no Facebook – https://www.facebook.com/rezenhandoaculturapopaz/

Farmaze-se: Doenças que podem ser tratadas com Canábis Medicinal, Ervas, chás e sucos para limpeza natural dos rins, Aroeira-vermelha, 19 ervas medicinais, MEDICINA TRADICIONAL YANOMAMI ON-LINE