11 benefícios da semente de abóbora

As sementes de abóbora, cujo nome científico é Cucurbita maxima, possui diversos benefícios para a saúde, já que são ricas em ômega-3, fibras, gorduras boas, antioxidantes e minerais como o ferro e o magnésio. Tatiana Zanin

Cucurbita é um género botânico representativo da família das cucurbitáceas (Cucurbitaceae), a mesma família da melanciamelãomaxixechuchu e do pepino. É um género conhecido por espécies como, por exemplo: Cucurbita moschataCucurbita maximaCucurbita pepoCucurbita mixtaCucurbita argyrospermaCucurbita ficifolia, popularmente chamadas de abóboras, jerimuns, morangas, gilas e mogangos. Wikipédia, a enciclopédia livre.

1. Favorece o relaxamento e promove o bem-estar

Essas sementes possuem uma elevada quantidade de magnésio e triptofano, que são substâncias que atuam a nível cerebral, ajudando a combater o excesso de estresse, o cansaço e estimular a memória.

2. Perda de peso

As sementes de abóbora são ricas em fibras, promovendo uma maior sensação de saciedade e fazendo com que a pessoa diminua a quantidade de alimento consumida no dia a dia, ingerindo menos calorias e favorecendo a perda de peso.

3. Ajuda a aumentar a massa muscular

As sementes de abóbora são uma excelente fonte de proteínas, por isso pode ser interessante incluir na alimentação quando o objetivo é ganhar massa muscular, podendo ser incluída em saladas, em vitaminas, no iogurte, nos cereais e nos lanches.

4. Protege as células do organismo

Devido ao seu elevado teor de antioxidantes como os carotenoides e a vitamina E, as sementes de abóbora ajudam a proteger as células do organismo do efeito dos radicais livres, ajudando a diminuir a inflamação, assim como ajuda a diminuir o risco de alguns tipos de câncer, como o de estômago, próstata, cólon e mama.

5. Diminui a inflamação

As sementes de abóbora são uma excelente fonte de ômega-3, no qual exerce uma ação anti-inflamatória contra os processos de estresse ou de doenças que possam estar causando um estado do inflamação do corpo, ajudando a proteger o organismo de doenças cardiovasculares e cerebrais e melhorando a memória e a disposição. Conheça todos os benefícios do ômega-3.

6. Melhora a saúde da próstata e da tireoide

As sementes de abóbora são ricas em zinco, um mineral que é importante para fortalecer o sistema imune e que ajuda a regular o funcionamento da tireoide. Alguns estudos demonstraram que o consumo diário dessas sementes ajuda a diminuir os sintomas de hiperplasia benigna da próstata e a melhorar a qualidade de vida.

7. Ajuda a combater os parasitas intestinais

Essas sementes têm sido utilizadas como remédio caseiro para combater os parasitas intestinais, já que possuem ação anti-parasitária e anti-helmíntica, podendo ser consumida tanto por crianças quanto por adultos.

8. Combate a anemia

As sementes de abóbora são uma excelente fonte vegetal de ferro e, por isso, ajudam a combater a anemia, podendo também ser consumida por pessoas veganas ou vegetarianas para aumentar a quantidade de ferro no organismo.

É importante que em conjunto com as sementes de abóbora seja consumida também algum alimento fonte de vitamina C, pois assim é possível favorecer a sua absorção intestinal. Alguns alimentos ricos em vitamina C são a laranja, a tangerina, o mamão, os morangos e o kiwi. Veja uma lista dos alimentos ricos em vitamina C.

9. Alivia a dor de barriga

As sementes de abóbora ajudam a aliviar a dor de barriga e as cólicas menstruais, já que contém magnésio, que é um mineral que atua diminuindo a contração muscular e o funcionamento dos nervos e, como consequência, a dor menstrual.

10. Cuida da saúde do coração

Essas sementes possuem fitoesterois, magnésio, zinco, ácidos graxos bons e ômega-3, que ajudam a manter a saúde do coração já que exercem um efeito cardioprotetor, uma vez que ajudam a controlar a pressão arterial, a reduzir o risco cardiovascular, diminuir os níveis de colesterol e a controlar os níveis de açúcar no sangue.

11. Regula os níveis de açúcar no sangue

Como tem grande quantidade de fibras e de magnésio, as sementes de abóbora ajudam a regular os níveis de açúcar no sangue, sendo muito importante para as pessoas diabéticas e para quem possui obesidade com resistência à insulina ou hiperinsulinismo.

11 benefícios da semente de abóbora e como consumir

Como preparar as sementes de abóbora

Para consumir as sementes de abóbora, deve se extrair diretamente da abóbora, lavá-las, colocar em um prato e deixar exposto ao sol. Assim que estiverem secas, já podem ser consumidas.

Outra forma de preparar as sementes de abóbora é colocando-as em uma bandeja com papel vegetal e colocar no forno a 75ºC e deixar até que fiquem douradas, o que leva mais ou menos 30 minutos. É importante mexer de vez em quando a bandeja para evitar que as sementes queimem. Também podem ser torradas em uma frigideira ou no microondas.

Caso deseje dar um sabor diferente à semente de abóbora, é possível colocar nas sementes um pouco de azeite de oliva ou uma pitada de canela, gengibre, noz moscada ou sal.

Como consumir as sementes de abóbora

1. Sementes secas

As sementes de abóbora devidamente secas podem ser usadas inteiras na salada ou na sopa, por exemplo, ou como forma de aperitivo, quando é polvilhado um pouquinho de sal e gengibre em pó, como é comum na Grécia.

No entanto, não se deve adicionar muito sal, especialmente se sofrer de hipertensão. Consumir cerca de 10 a 15 gramas de sementes todos os dias por 1 semana é bom para eliminar os vermes intestinais.

2. Semente triturada

Pode-se adicionar aos cereais, iogurte ou suco de frutas. Para triturar basta bater as sementes secas num mixer, liquidificador ou processador de alimentos. 

3. Óleo de semente de abóbora

Pode ser encontrado em certos supermercados, ou encomendado pela internet. Deve ser usado para temperar a salada ou adicionar à sopa depois de pronta, porque este óleo perde seus nutrientes ao ser aquecido, e por isso deve sempre ser usado frio.

No caso dos parasitas intestinais, é recomendado o consumo de 2 colheres de sopa do óleo de semente de abóbora por dia, durante 2 semanas.

Aboboraze-se: ABÓBORAS, Abóbora, Vegetais fast to mesa, Gastronomia Funcional, Crni Rizot, SANDUÍCHES SEM PÃO, Oil, which one to choose healthwise?, Do vinho ao vinho

Milk blood

Um homem de 39 anos na Alemanha foi até um hospital sentindo náuseas, vômitos, dores de cabeça e muita agonia. Logo os médicos perceberam que o problema era mais grave do que aparentava: o paciente tinha no lugar do sangue uma substância branca e espessa como o leite. Na verdade, o homem tinha muita gordura em seu sangue, uma condição que poderia tê-lo matado se os médicos não tivessem recorrido a um tratamento há muito tempo abandonado, iniciado e utilizado por curandeiros milhares de anos atrás.


🖤Crystxl Hearts🔮 Blood and Milk. Red White Blood Milk

Como não era possível realizar a plasmaférese, os médicos do Hospital Universitário de Colônia se voltaram para uma opção muito mais antiga e agora desacreditada, um tratamento praticamente esquecido que em grande parte não é praticado na medicina tradicional desde os séculos 18 e 19: a famosa sangria.

Essa antiga técnica, que intencionalmente retira o volume sanguíneo do corpo, pode ser rastreada até o antigo Egito há cerca de 3.000 anos, e já foi uma das formas mais comuns de operação “médica”. Naqueles tempos, entretanto, a medicina em si era um conceito completamente diferente do que é hoje, e atualmente a sangria é vista principalmente como uma forma anacrônica de pseudociência que causava muito mais mal do que bem aos pacientes.

A condição com a qual o paciente se apresentou ao hospital é conhecida como hipertrigliceridemia extrema: uma doença marcada por altos níveis de moléculas de triglicerídeos gordurosos no sangue.

Os pesquisadores pediu uma abordagem diferente para de alguma forma sugar o nível extremo e perigoso de gordura do sangue do homem – um nível normal de triglicerídeos no sangue de uma pessoa seria inferior a 150 miligramas por decilitro (mg / dl), enquanto uma leitura alta seria entre 200 a 499 mg / dl e 500 mg / dl seria considerado “muito alto”. Nesse caso, porém, o sangue do paciente estava completamente congestionado, com sua contagem de triglicerídeos chegando a 36 vezes mais alta do que a muito alta, a cerca de 18.000 mg / dL.

Os sintomas com os quais o paciente se apresentou no hospital são típicos de uma condição conhecida como síndrome de hiperviscosidade, que acontece quando o sangue anormalmente espesso pode, em casos graves, desencadear convulsões e coma.

O homem desenvolveu essa condição rara e bizarra provavelmente a vários fatores relacionados à obesidade, dieta, resistência à insulina e uma possível predisposição genética – sem mencionar o fato de que, enquanto estava sob medicação para diabetes, ele admitiu que nem sempre tomava.

Os médicos supõem que a “cascata de eventos” do paciente poderia ter sido inicialmente desencadeada pela cetoacidose, uma condição grave derivada da diabetes, quando o corpo começa a produzir perigosos ácidos sanguíneos.

Na unidade de terapia intensiva, os médicos acabaram retirando dois litros de sangue do homem, substituindo-o por um suprimento de concentrados de hemácias, plasma fresco congelado e uma solução fisiológica salina, a técnica funcionou, diminuindo com sucesso os níveis de triglicerídeos do paciente. No quinto dia após o início do tratamento, ele estava livre de sintomas neurológicos residuais. via [Live Science, Science Alert]
Poetize-se: Scientists Claims RH Negative Blood Type Peoples Not Belong From Earth, Repo man, Exame com uma gota de sangue, The X-Files, Sugestão de desintoxicação ayurvédica após os excessos., Setembro Vermelho, Somos todos doadores, Cospe logo!, Ministério da Saúde, Coleira para crianças, absurdo?, Sangue dourado ou rh nulo, Dia Mundial do Doador de Sangue, No Capão Redondo, ninguém sonha em ser médico, Tratamento caseiro para Baixar o Colesterol, Olhos Azuis, O colágeno, Juan dos Mortos

ZEN BODI

Para uma pessoa emagrecer o primeiro passo é ter consciência que quer mudar a sua vida! Sem esse primeiro passo, não adianta! Segundo passo é melhorar a sua alimentação fazendo escolhas certas, começar a fazer alguma atividade física, controlar as suas emoções a fim de não comer impulsivamente, tomar suplementos alimentares específicos para ajudar no metabolismo da gordura e reconstrução muscular. Team OURO Global

O sistema ZEN Project 8 ™ visa os três aspectos essenciais para entrar em forma: reduzir o apetite, queimar gordura e construir músculo.
ZEN Project 8 simplifica a gestão e o controlo do peso e ensina-lhe a adquirir novos hábitos para levar um estilo de vida saudável. Ao longo de 8 semanas, irá ser orientado através de 3 fases fáceis de seguir com produtos de excelência ZEN, treino especializado e apoio contínuo por parte de uma comunidade ativa de participantes que partilham dos mesmos interesses e objetivos.

Bodi Zen

The ZEN Project 8™ system targets the three essential aspects of getting fit: curbing appetite, burning fat and building muscle.* Jesusnesse World

Mude conceitos, você pode e deve: ALZHEIMERINSTANTLY AGELESS ™NAARA BEAUTY DRINK!!!DIA DO VOLUNTARIADOSUA CARACASAS DE MEDIAÇÃOVIRTUDESAÚDE NOSSA DE CADA DIA!ADORO ESSA PARTE DA ANATOMIA FEMIMINA.PROJETO VIBRAR PARKINSONA MEDITAÇÃO E SEU CERÉBRO

Editado via celular

E não esqueça de comentar e visitar sua loja:

Jesusnesse World

Ganar peso durante la edad adulta aumenta el riesgo de importantes enfermedades y un peor envejecimiento (JAMA).

http://wp.me/p6gM0v-2Mx

Mude conceitos, você pode e deve: ALZHEIMERINSTANTLY AGELESS ™NAARA BEAUTY DRINK!!!DIA DO VOLUNTARIADOSUA CARACASAS DE MEDIAÇÃOVIRTUDESAÚDE NOSSA DE CADA DIA!ADORO ESSA PARTE DA ANATOMIA FEMIMINA.PROJETO VIBRAR PARKINSONA MEDITAÇÃO E SEU CERÉBRO

Editado via celular

E não esqueça de comentar e visitar sua loja:

Jesusnesse World

Contra todos os males

De fato, a resposta pode estar onde menos se imagina: no quintal de casa. Mas nada de sair por aí catando folha e medicando a família. Remédio – mesmo natural – é coisa séria. Roberto d’Ávila, conselheiro corregedor do Conselho Federal de Medicina, explica que “o tratamento à base de produto vegetal não tem nada a ver com chazinho”. O procedimento deve ser o mesmo adotado para os medicamentos sintéticos: consultar um especialista, conhecer o diagnóstico e tomar apenas o que for prescrito. (Correio Braziliense – Texto recebido em janeiro de 2006)

plantas-medicinales-que-podemos-cultivar-en-casa

Veja também: Hortas e temperos, Ervas medicinais, Veneno ecológico para matar ratos., Umbrella Corporation, Inseticida Natural contra lesmas e lagartas, Neste Chão Tudo Dá, 11 ingredientes que ajudam perder peso, Índio Educa, Eco-grafite,

Graviola

cha-das-folhas-de-graviola

Um chá cheio de benefícios é o feito das folhas de graviola, fruto originario das Antilhas, presente no solo norte/nordestino do Brasil e em outros países tropicais, chamado de jaca do Pará é uma fruta deliciosa e refrescante, rica em vitaminas e fibras que fazem bem ao organismo. NAYLA GEORGIA

O chá das folhas de graviola combatem células cancerígenas, testes em animais puderam comprovar que o princípio ativo acepitamina é anticancerígeno, porém não pôde ser sintetizado pelos laboratórios.

graviola-acetogenina-cancer

Veja também: Comer faz bem, Eu sou Guarani Kaiowá, Adoro essa parte da anatomia femimina., Sintomas Câncer de Mama, Legalize Já, Doenças degenerativas, Dia Mundial do Meio Ambiente., O Amaranto Inca Kiwicha invade plantações de soja transgênica da Monsanto nos Estados Unidos, Curupira, Remédio caseiro para controle de pulgas, Algumas frases desses dias.