Mentiras que consolem ou verdades que doem

Não gosto das mentiras que consolam, nem das meias verdades, menos ainda das inteiras falsidades. Prefiro a verdade, mesmo que doa. Mesmo que parta a minha alma, porque pelo menos serei livre para tomar o caminho que desejar e curar as minhas feridas com o tempo. A mente é maravilhosa

Desde crianças, o normal é que nos eduquem para que sempre digamos a verdade.

Entretanto, se tem algo que sabemos é que existem graus diferentes de mentiras e que a natureza de muitas depende da situação em que nos encontramos. Não há problema nenhum se quando perguntam “como nós estamos”, respondemos que estamos “maravilhosamente bem”, mesmo que seja mentira e que estejamos passando por um momento ruim, compreendemos que é um simples formalismo sem muita importância.

falsidade adquire uma tonalidade mais negativa caso a utilizemos para fazer mal a aqueles que nos rodeiam. Há quem faça uso da mentira porque teme que a verdade cause muita dor, ou que as consequências afetem a pessoa de um modo indesejado.

A mentira faz prisioneiros e nos condena a manter vidas vazias, falsas e carentes de autenticidade.

Uma mentira piedosa ou uma mentira que busca oferecer consolo nunca será tolerável. Nenhum de nós tem o direito de agir de modo tão paternalista a ponto de pensar que a outra pessoa não é “válida”, ou não é merecedora de conhecer a verdade.

decepção ocasionada nem sempre vem pelo fato de que nos esconderam determinada realidade, o que nos desespera é que, em determinado momento, pensaram que não “merecíamos” conhecer a verdade.

  • As mentiras piedosas escondem, na verdade, uma falta de maturidade pessoal por parte de quem as conta, manifestando, com isso, uma carência de empatia e de habilidades sociais.
  • Manter uma relação, um vínculo, seja familiar, de amizade ou de relacionamento, implica manter códigos éticos essenciais: respeito, compreensão e integridade emocional consigo mesmo e com a outra pessoa.
  • A mentira desqualifica quem a pratica e humilha quem a recebe. É uma ligação destinada a provocar sofrimentos e desencantos, porque, acreditemos ou não, as falsidades, como o sol da manhã, sempre aparecem.
mulher-penas

Há quem diga que é impossível praticar essa “sinceridade inflexível” que nada cala e tudo revela. Estaríamos falando de um tipo de “sincericídio” que compara as opiniões pessoais às verdades absolutas. Assim, as manifesta sem nenhum tipo de filtro e com independência do dano que pode vir a causar.

Dizem que a verdade dói, que a mentira mata e que a dúvida desespera. Todas são pulsões, emoções humanas que vivemos na própria carne. Ninguém é imune a elas.

Merecemos estabelecer relações sinceras baseadas no respeito e no reconhecimento. Embora esteja absolutamente certo que também temos direito sobre nossos espaços particulares, aos nossos segredos e intimidades, a mentira nunca irá de mãos dadas com uma relação consciente e madura.

Chegando a esse ponto, é muito possível que você se pergunte por que razão fazemos uso das mentiras. Estas são as principais explicações:

  • Para evitar um resultado que não desejamos (uma relação negativa de nosso entorno ao dizer a verdade, causar dor, ficarmos sós, etc.)
  • Para nos adaptarmos a um entorno que consideramos ameaçador ou complexo (pensemos, por exemplo, nos adolescentes e em sua necessidade de mentir em algum aspecto para fazerem parte de algum grupo).
  • Para conseguir um objetivo (mentir em um currículo para conseguir um trabalho, mentir para um possível parceiro para poder conquistá-lo…)

Todos esses comportamentos já foram vividos em algum momento, em primeira ou segunda pessoa. No entanto, o mais importante de tudo isso não reside somente no fato de dizer a verdade, mas também em saber recebê-la:

  • Há pessoas que preferem viver na ignorância. Aplicam os princípios de: não saber para não sofrer, não ver para não chorar…
  • Quem prefere viver em uma mentira tem medo de assumir a verdade e não sabe lidar com uma situação difícil. Nestes casos, o “se fazer de surdo” se lança como um mecanismo de defesa usado para evitar o enfrentamento do problema.

Tenha em conta que a sinceridade é o valor mais importante se você deseja empreender um projeto de vida com outra pessoa. Consequentemente, exija sempre a verdade, porque será o único modo de construir com firmeza e integridade essa relação.

Ze-se: Um Monte de mentiras, Onde estão os humanos?!?, Ensinamentos Secretos e vida de Manly P. Hall, Tornar-se adulto…, iDvogados, A Terceira Margem do Rio, O VALIOSO TEMPO DOS MADUROS., Análise m(m.n)

Fake News Journal

Notícias falsas sempre existiram, mas se intensificaram com o surgimento das redes sociais, elas não são piadas, uma obra de ficção ou uma peça lúdica, são mentiras com artifícios que lhe conferem uma aparência de verdade. As fake news podem ser o alicerce de uma nova forma de negócio baseada na mentira. Eduarda Toledo

Mude conceitos, você pode e deve: MídiaNinja, Quarto poder, Urna fraudetrônica, Um Monte de mentiras, Idiotas do limbo, Vergonha alheia!!!, REVENGE!, Carta à Sra. “Presidenta” da República, Empoderamento dos recursos, Carta de um policial nos protestos de São Paulo, COURAGE ?

Bandeira falsa: 11 de Setembro

http://www.suprimatec.com/o-que-e-um-evento-de-bandeira-falsa/

“terrorismo da bandeira falsa” ocorre quando elementos dentro de um governo formam uma operação secreta pela qual as forças do próprio governo fingem ser um inimigo alvo, enquanto atacam suas próprias forças ou pessoas. Acusa-se então, falsamente, o inimigo fictício, a fim de justificar a guerra contra esse inimigo alimentando a indústria militar com recursos dos impostos que pagamos.

Editado via celular

Como a indústria do fumo enganou as pessoas?

A exposição “Propagandas de cigarro – como a indústria do fumo enganou as pessoas”, no Instituto do Câncer do Estado de São Paulo, a partir de 29 de agosto, Dia Nacional de Combate ao Fumo, até o dia 14 de outubro.


A mostra é gratuita e reúne propagandas veiculadas nos Estados Unidos entre as décadas de 1920 e 1950, quando não havia controle sobre a publicidade do produto, apresenta campanhas em que médicos, crianças e até o Papai Noel “vendiam” cigarros.

marlboroman

Icesp – Instituto do Câncer do Estado de São Paulo fica na Av. Dr. Arnaldo, 251 – Cerqueira César – próximo ao metrô Clínicas. BOL

cigarroimpotencia

Enxergue mais: A indústria farmacêutica está fora de controle?REFRIGERANTEEMV, Suco de limão e Bicarbonato, AlzheimerRESERVE™Semana do Consumidor, Você é o que você come., VIDACELL®Urna fraudetrônica, Umbrella Corporation, INSTANTLY AGELESS ™Mídia estão de luto, The wall, The wall, Multa não, ciclovia!, Multa não, ciclovia!, Em busca da onda perfeita., Symphony Of Destruction, The X-Files

Estupidez sem monopólio

estupidez3

estupidezpiramide

estupidezvotocorrupção

estupidezImage0005

estupidezheinze (1)

estupizcomunicacao3

estupidezglobo

Observe mais: GRAFITE SÃO ARTES PÚBLICASLUMINESCE™ BOLSA RURALISTA, QUER QUE DESENHE?YES OU SISTEMA DE MELHORAMENTO DA JUVENTUDEVOTO NULORESERVE™BRASILEIRO RECLAMA DE QUÊ?UM DEPUTADO NO CÉUNAARA BEAUTY DRINK!!!CONTROLE SOCIALBURGUESIA (VERSION ME)ENSINAM AS CRIANCAS CUIDAR DO PLANETAVIDACELL®O INGÊNUO ECONOMISTAERA PRA COPA? NÃO VAI SAIR, PARECE.CONSCIÊNCIA ESCOLARHO’OPONOPONO

Ditadura da propaganda

antonioemiliodemoraes
o-BLACK-WOMAN-CHAIR-570

Luis Nassif

1424258103

Lincoln Gordon escreveu ainda ao Departamento de Estado de seu país que o sigilo da fonte era essencial, ou seja, era para manter segredo sobre o interlocutor tanto do embaixador quanto do general: Roberto Marinho. Apocalipse News

Enxergue mais: O pai da propaganda, Jesus Negão, 3º opção, A verdade pode estar no ovo, Carnaval é Perfeição!, Makota Valdina, A Copa do Pinheirinho, A culpa é sua!, Vergonha na lama, I Have a Dream, Que País É Esse?, DECLARAÇÃO UNIVERSAL DOS DIREITOS HUMANOS, FIFA World Cup 2014 – THE REAL BRAZIL, Minha Alma (A Paz Que Eu Nao Quero), Juan dos Mortos

Idiotas do limbo

silenciochateia
aeciomedico-mentirosoDesmontando uma farsa apelativa de jaleco. Médico brasileiro que espalhou nas redes sociais ter sido demitido “para dar lugar a um médico cubano” é desmascarado.
medicosbrazileiros

Veja também: Vergonha de ser brasileiro, Juan dos Mortos, Legalize Já, Ser ou não ser., Brasileiro Reclama De Quê?, Jesus era Peripatético., Feliz dia do índio!!!, Deixa eu Falar, Mídia Ninja, Vergonha alheia!!!, No Capão Redondo, ninguém sonha em ser médico, Que País É Esse?

Urna fraudetrônica

mais-seg-transp-e-cred


erronosistemabrazil
votoimpressoja
Urna eletrônica ou máquina de votação é a combinação de equipamentos mecânicos, eletromecânicos ou eletrônico (incluindo software, firmware e documentação necessária para controle do programa e apoiar equipamento), que é usado para definir escrutínios; expressos e contagem de votos; para relatar ou exibir resultados eleitorais; e para manter e produzir qualquer informação de trilha de auditoria. As primeiras máquinas de votação foram mecânicas, mas é cada vez mais comuns o uso de máquinas de votação eletrônicas. Wikipédia, a enciclopédia livre.

Otário A. Anonymous

Veja também: Voto Nulo, Os sentidos da política – problemas e perspectivas, Vinte centavos, Anestesia mental., , De quem é o poder?, O Combate a Corrupção nas Prefeituras do Brasil, Candidato Caô Caô, A arte de ler., Por que estamos nas ruas, Mídia Ninja, O analfabeto político, Ai meu Deus!, Multa não, ciclovia!, Bolsa ruralista, quer que desenhe?

O Livro de Eli

O Livro de Eli (The Book of Eli) de 2010, dirigido por Albert Hughes e Allen Hughes, escrito por Gary Whitta e estrelado por Denzel Washington, Gary Oldman, Mila Kunis e Jennifer Beals.

bastet_gertrudes

o-livro-de-eli-18

“A besta que viste foi e já não é, e há de subir do abismo, e irá à perdição; e os que habitam na terra (cujos nomes não estão escritos no livro da vida, desde a fundação do mundo) se admirarão, vendo a besta que era e já não é, mas que virá.” (Apocalipse 17:8)

Veja também: Repo man, Juan dos Mortos, Inside Job, Medo?, O pai da propaganda,Livro suspenso, Diferença lógica entre Religião e Espiritualidade, John Titor , o VIAJANTE-ZERO, Doenças degenerativas, Processo licitatório?, A verdade pode estar no ovo, Conhecimento Ancestral, Eu, não, meu senhor, O Estado Laico

Política, sempre ela.

“NUNCA SE MENTE TANTO, QUANTO ANTES DE UMA ELEIÇÃO, DURANTE UMA GUERRA E DEPOIS DE UMA PESCARIA.”

E não esqueça:

“O Congresso Nacional é um local que:
– se gradear vira zoológico;
– se murar vira presídio;
– se colocar uma lona em cima vira circo;
– se colocar lanternas vermelhas vira prostíbulo;
– e se der descarga não sobra ninguém.”

horário político

Veja também: Ranking Políticos, FILHOS DA PROSTITUTA, Saramago, BBB por Antonio Barreto, Brasileiro Reclama De Quê?, PÁTRIA MADRASTA VIL, Minha Alma (A Paz Que Eu Nao Quero), O Combate a Corrupção nas Prefeituras do Brasil, Rotina, Andanças, Todo Dia Era Dia de Índio, Uniforme errado, Eleições, Um golpe educado!, Recadastramento Eleitoral Biométrico, Carta à Sra. “Presidenta” da República, Brasil de bandidos, Irmãos, metralha!!!, Saramago