Os heróis invisíveis da vida selvagem

Guardas-florestais: os heróis invisíveis da conservação da vida selvagem

Andando ‘de elefante’, guardas-florestais fazem patrulha em parque da Indonésia. Muitos deles eram madeireiros ilegais, mas resolveram se dedicar à conservação após receberem treinamento e entenderem como a preservação da vida silvestre traz benefícios econômicos, sociais e ecológicos. Foto: DFID/Abbie Trayler-Smith/Panos Pictures

Você sabia que o número de gorilas das montanhas dobrou nos últimos 30 anos graças à proteção efetiva dos seus habitats por guardas-florestais?

“Os gorilhas das montanhas são um exemplo fantástico: nenhum gorila sequer foi morto nos últimos dez anos.”

Polícia Florestal ou Guarda Florestal é o nome do serviço de vigilância e fiscalização das florestas e das actividades nelas realizadas, como a caça e, complementarmente, a pesca nos rios e outras águas interiores. Os guardas-florestais são funcionários públicos que trabalham na divisão das florestas e dos parques estaduais, fiscalizando essas áreas. Web Bobeira

“Contudo, não devemos esquecer o importante trabalho dos guardas-florestais em ‘parques (em situação) de conflito’ na República Democrática do Congo — Garama, Virunga, Maiko e Kahuzi-Biega”, aponta Johannes Refisch, coordenador da Parceria pela Sobrevivência dos Grandes Primatas, do Programa da ONU para o Meio Ambiente.O Dia Mundial dos Guardas-Florestais, uma iniciativa da Federação Internacional dos Guardas-Florestais, é 31 de julho para celebrar o trabalho que esses profissionais empreendem para proteger os tesouros naturais do planeta. A data lembra os guardiões do meio ambiente que foram mortos em serviço. Nações Unidas

“As evidências são claras: quando as comunidades e os guardas-florestais trabalham juntos, com o apoio dos governos e das organizações internacionais, podemos proteger a vida selvagem e garantir que os que suportam os custos de viver com a vida selvagem sejam capazes de colher os maiores benefícios.” Chefe da ONU Meio Ambiente para Vida Selvagem, Doreen Robinson.

O coordenador da Parceria de Sobrevivência dos Grandes Símios, do Pnuma, Johannes Refisch, disse que “há muitas formas de olhar para o importante trabalho dos guardas florestais e guardas ecológicos.” Para ele, “os gorilas das montanhas são um exemplo fantástico” porque “nem um único gorila da montanha foi morto nos últimos 10 anos.” ONU News

A foto foi tirada por Mathieu Shamavu, em um orfanato de gorilas no Parque Nacional de Virunga, na República Democrática do Congo. Neste local, os animais são criados e cuidados depois que caçadores ilegais mataram seus pais. Go Outside

Poetize-se: PARE ou DIMINUA?, Efeito Borboleta, Anestesia mental., Fome, Morreu Koko, Reciclável e/ou não!, Pac man,Dia Mundial do Meio Ambiente., Evolução,Meio o quê?, Arveres somos nozes, A história das coisas, A Terra a Gastar, I AMazonia

Amazonas decreta situação de emergência

Nos sete primeiros meses de 2019, o estado do Amazonas registrou 1.699 focos de calor, informou a Secretaria de Estado do Meio Ambiente (Sema), tendo 80% (1.372) ocorrido no mês de julho, quando se iniciou o período de estiagem na região. GreenMe

O governo do Amazonas decretou situação de emergência em razão de queimadas e do que chamou de “impacto negativo do desmatamento” na região metropolitana de Manaus e na região sul do estado. Uol

Dados do Deter (Detecção do Desmatamento em Tempo Real), sistema do Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais) que visa ajudar o Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis) a combater o desmatamento, mostram que a derrubada de mata na Amazônia em julho deste ano teve crescimento de 278% em relação ao mesmo mês do ano passado.

O diretor-presidente do Ipaam (Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas), Juliano Valente, afirmou que os dados consolidados pelo instituto e pela Sema são abastecidos a partir da tecnologia e dos satélites do Inpe.

“O satélite identifica os focos de calor e queimada. Essa detecção verifica áreas de 30 metros de extensão a 1 metro de largura. Com base nisso, há uma coleta de dados diariamente e a gente faz a verificação desses dados na nossa base cartográfica. Os dados são sempre representativos, uma boa base de indícios e hoje considerados como provas para autuações”, afirmou.

O órgão de fiscalização mantém uma estrutura que monitora os focos de incêndio a partir as imagens de satélite, dos dados cartográficos, de licenciamento e de cadastro rural do estado, ao cruzar todas essas informações, afirmou Valente, o Ipaam consegue identificar quais focos são ilegais e abastece com informação o Comitê Estadual de Prevenção e Combate aos Incêndios Florestais, Controle de Queimadas e Monitoramento da Qualidade do Ar, formado por órgãos estaduais e federais, como Defesa Civil, Corpo de Bombeiros, Ibama, Ipaam e Sema. Rosiene Carvalho
A indefinição sobre o Fundo Amazônia – criado em 2008 para financiar projetos de redução do desmatamento – fez com que governadores dos estados da Amazônia busquem parcerias com doadores internacionais para combater o desmatamento. Os estados com as mais altas taxas de desmatamento começam a negociar diretamente com doadores internacionais. As ações do Fundo Amazônia, que financia ações de prevenção e combate ao desmatamento, apoia projetos de uso sustentável da floresta com recursos que vêm de doações – a maior parte da Noruega (93,8%) e da Alemanha (5,7%). Gazetaweb

Prevenindo queimadas

Para prevenir as queimadas é importante:

  • não atear fogo, exceto com autorização
  • não acender fogueiras
  • não usar fogo na agricultura, seja para limpar o terreno que para renovar a pastagem
  • não lançar bituca de cigarro em nenhuma hipótese, em nenhum lugar. Além de poluir, ela pode não estar bem apagada e pode alcançar alguma vegetação e pegar fogo.
  • não soltar balões, além de perigoso é crime!

Mude conceitos, você pode e deve: Eduardo Góes Neves, A CARTA DE DEUS À POPULAÇÃO DO BRASIL!, Frans Krajcberg, DARWIN CADÊ VOCÊ?, LOGUN EDÉ, Amazônia, 381 novas espécies, e há muitas mais!!!, HORA DO CÓDIGO, INICIE UM ABAIXO-ASSINADO, OLHA O CÉU, O povo munduruku voltou!, ECO-GRAFITE, TERRA OCA, Bandeirantes Modernos, Chico Mendes

Medellín: agricultura urbana

A agricultura urbana se tornou uma opção prática para quem vive nas grandes cidades e pretende ter um contato mais próximo com a natureza. Os jardins improvisados em lajes, paredes – os chamados jardins verticais – e varandas ganham espaço em meio à arquitetura cinza. A assistente social Yarledis Holguín possui seu próprio pequeno jardim, onde planta verduras e legumes. Querendo levar essa experiência para outras pessoas, ela criou um projeto para que os alunos de uma escola construíssem sua horta. Yarledis conta com a ajuda de parceiros que acreditam em sua ideia para continuar semeando seu projeto de ter uma cidade mais verde e bonita. Grandes cidades – Medellín: agricultura urbana -TV Escola
Medellín ganhou um novo nome internacional. Adeus, capital da violência. Bem vinda, capital da inovação! Priscila Cestarolli – endeavor
Se trata de la huerta “No do Zúñiga”, una iniciativa que tiene la Red de Huerteros de Medellín para incentivar en la ciudadanía los procesos agrícolas de autosostenimiento y aprovechamiento del suelo, cultivando su propia comida. elColombiano
“Queremos despertar la conciencia de lo que implica el proceso productivo y llevar los alimentos a la mesa”, menciona Javier Burgos, uno de los ciudadanos que, junto a otros amigos, inició la Red de Huertas en Medellín.
Javier, Ricardo, Sandra, Juliana y muchos más, disfrutan sembrar. Hacen parte de la Red de Huerteros de Medellín, un grupo de Facebook que también se reúne en la vida real y al que puedes asistir, conectarte con otros, ser voluntario y aprender recorriendo el camino –incluso si no estás en Medellín–. No van a hacerte la huerta pero que sí pueden compartir conocimiento, motivarte y orientarte. Tener una huerta es un asunto diario, un proceso continuo. bacanika
Veja também: Inseticida Natural contra lesmas e lagartas, Arroz com feijão, Semana do Consumidor, Consumo colaborativo, Efeito Borboleta, Hortas e temperos, Faça uma Evolução, Miniusina de energia, Comida esperta, Cabo Jardim, MANUAL DE AGRICULTURA URBANA

Edited by cell

Rundling: Um vilarejo em Berlim

Grandes cidades – Berlim: Um vilarejo autossustentável (2016)

A ideia do arquiteto Harald Zenke era simples: criar um Rundling, uma forma circular de vila, composta por 20 casas eletricamente autossustentáveis, construídas pelos próprios moradores e utilizando materiais recicláveis e reutilizáveis dentro de Berlim. A energia térmica e os painéis solares são responsáveis por 2/3 da água quente e da eletricidade. A calefação de todas as casas é gerada por um enorme aquecedor que utiliza a queima de gravetos como fonte de calor. Cada um tem seu próprio lugar, mas os moradores da vila se reúnem para cozinhar e celebrar juntos no espaço comunitário da vila, mantendo, ao mesmo tempo, proximidade e distância entre eles. Tv Escola

Editado via celular

Tráfico de águas

traficoaguaam

De acordo com o artigo 20, inciso III, da Constituição Federal, os rios, os lagos e quaisquer correntes de água em território nacional são bens da União e por esta devem ser protegidos.

naviotanquelastro

A água – principalmente da Amazônia – é roubada por navios petroleiros da Europa e Oriente Médio, que chegam a transportar 250 milhões de litros por embarcação. Portos e Navios

amazonasrio

lastro5
“Não basta ensinar ao homem uma especialidade. É necessário adquirir sentimentos, compreender as motivações para determinar com exatidão o seu lugar”.

amazonianaviotanque

norteseca

A Lei nº 9.984, de 17 de julho de 2000, atribui à Agência Nacional de Águas (ANA), entre outros órgãos federais, a fiscalização dos recursos hídricos de domínio da União. produto da mente

agua.esq.

Veja também: Inicie um abaixo-assinado, Empoderamento dos recursos, Mídia Ninja, Processo licitatório?, Symphony Of Destruction, O que, de quem?, OPERAÇÃO POLÍTICA SUPERVISIONADA, E você?, Ho’oponopono, Que tal um abajur?,

Parabéns Nestlé 2

Um canceriano sem lar.

african_activis wAter
Peter Brabeck-Letmathe, presidente mundial da Nestlé, uma das maiores empresas de gêneros alimentícios mundiais, afirma que a água é como qualquer outra commoditie agrícola, e deveria ser privatizada, explorada comercialmente e precificada, e acredita que “o acesso à água não é um direito público nem um direito humano.”.
Grandes empresas multinacionais de bebidas, como a Coca-Cola e Nestlé sugam milhões de litros de água de poços subterrâneos, deixando o público sofrer com tais faltas e geralmente recebem privilégios sobre a água (e até isenções fiscais) e sobre a sociedade porque criam postos de trabalho.
água5motivos

Veja também: Sucos caseiros cheios de saúde., Planeta dos Macacos, Individualidade fugaz, Piada sem sabor!, Juan dos Mortos, Como a indústria do fumo enganou as pessoas?, O Amaranto Inca Kiwicha invade plantações de soja transgênica da Monsanto nos Estados Unidos, Sugestão de desintoxicação ayurvédica após os excessos., Um…

Ver o post original 28 mais palavras

Neste Chão Tudo Dá

“O Roundup é o espelho do completo ignorante”. Ernest Gotsch

“Neste Chão Tudo Dá – semeando conhecimento e colhendo resultados”.

Documentário realizado em 2008. Como registro de uma viagem à Bahia, o filme fala sobre o pensamento e o trabalho desenvolvido pelo pesquisador e agricultor suiço Ernest Gotsch, que transformou, por meio da prática agroflorestal, uma área de solo pobre em um dos locais com o solo mais fértil do estado. Por meio do contato com essa prática, alguns agricultores rurais começaram a aprimorar suas técnicas agrícolas e melhorar a qualidade de vida de suas famílias. Tv Escola

Veja também: Comer faz bem, Instituto Pindorama, voluntariado., Financiando árvores, Ana Primavesi, Engenheira agrônoma., Clima louco?, O Amaranto Inca Kiwicha invade plantações de soja transgênica da Monsanto nos Estados Unidos, Infinito paralelo, Repo man, Steve’n’Seagulls, Hortas e temperos, Minhocário., Manual de agricultura urbana

Aposentadoria da Água

onu-agua

maparecursohidrico2011

crisehidricafgts

“Nós [da construção civil] somos responsáveis pela metade dos materiais consumidos na sociedade”, afirma o professor Agopyan. Agência Universitária de Notícias

Conheça o consumo de água em algumas atividades:

Para se produzir 1 litro de cerveja utiliza-se de 5 a 25 litros de água.
Para se produzir 1 kg de cimento utiliza-se 35 litros de água.
Para se produzir 1 kg de aço utiliza-se de 300 a 600 litros de água.
Para se produzir 1 litro de álcool utiliza-se 2.700 litros de água.
Para se produzir 1 litro de leite utiliza-se de 2,5 a 5 litros de água.
Para se produzir 1 kg de estreptomicina utiliza-se 4 milhões litros de água.
Para abater 1 cabeça de gado utiliza-se 500 litros de água.
Para se fabricar 1 carro utiliza-se 35.000 litros de água.
Para se produzir 1 kg de forragem utiliza-se 1.100 litros de água.
Para se produzir 1 kg de arroz utiliza-se 4.500 litros de água.
Para se produzir 1 kg de algodão utiliza-se 10.000 litros de água.
Para lavar 1 metro de sarjeta utiliza-se 25 litros de água.
Para limpar 1 m² de um mercado utiliza-se 5 litros de água.
Para suprir o consumo de 1 criança na escola utiliza-se 100 litros de água/dia.
Para suprir o consumo de 1 paciente num hospital utiliza-se 450 litros de água/dia.
Na limpeza das mãos utiliza-se 5 litros de água.
Tomar uma ducha utiliza-se de 20 a 50 litros de água.
Na lavagem, manual, de pratos utiliza-se 20 litros de água.
Na lavagem, automatizada, de pratos utiliza-se 80 litros.
Na lavagem, automatizada, de roupas utiliza-se de 50 a 120 litros de água.
Para lavar 1 carro utiliza-se 90 litros de água.
(Associação dos Municípios da Microrregião do Vale do Paranaíba – AMVAP)

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Veja também: Por que falta água?, Águas de março, Caso Sério, Parabéns Nestlé, De onde você vem?, Catastrofe natural?, O mar de Aral virou areia., Ho’oponopono, Clima louco?, Symphony Of Destruction, Homem e o diabo, Robin Hulk, Exame com uma gota de sangue, Empoderamento dos recursos, RECICLE MAIS, PAGUE MENOS, Quem matou o carro elétrico?, Hora do Planeta, O que, de quem?, A história das coisas, Simulador Solar, Qual o volume ocupado por 1 trilhão de reais?, Manguetown, O Amaranto Inca Kiwicha invade plantações de soja transgênica da Monsanto nos Estados Unidos, A Revolta dos Macacos, Controle Social, Bicarbonato de Sódio e a Máquina de Lavar

Motoqueira Fantasma

Mulher Motoqueira persegue os motoristas que jogam lixo nas rua e da uma verdadeira lição neles. COMPARTILHAVEL

Lixo_carro

Devolvendo o lixo para quem suja a rua. Os Primitivos

ghost-rider_2011

Carro-inteligente

CNTLIXO

Veja também: Nota 10!, Casas de Mediação, DECLARAÇÃO IRPF 2012, Do lixo ao luxo!, Coleta seletiva de lixo, Lixo! Eu?, Agrotóxicos da mesa nossa de cada dia., Lixo ou resíduos?, Meu nome é cinema, Sem saída?, 2014, Ano do Pão e Circo, Na contramão?, Justiça em trânsito, Velozes e Incompetentes, Vergonha alheia!!!, Pare e pense

Hora do Planeta

horadoplaneta2014

QUER AJUDAR O PLANETA? ESQUEÇA INICIATIVAS MARQUETEIRAS. Numeralha

wwf_philippines_52569

A Hora do Planeta 2014 será realizada no sábado, 29 de março, das 20h30 as 21h30, no seu fuso horário local.

homem-aranha no escurinho
“com grandes poderes vêm grandes responsabilidades,”

Veja também: Miniusina de energia, Empoderamento dos recursos, V de Vingança, Sozinho não!, BEBER MENOS, Infinito sustentável, Na estrada havia uma pedra, Quem é o povo?, Brigada 49, Queda Livre!, Sonegômetro, Cultura da paz?, Bicicleta emprestada!, Xeque Monte, Manual de agicultura urbana

Ilha das Flores

ilha_das_flores_01

Um ácido e divertido retrato da mecânica da sociedade de consumo. Acompanhando a trajetória de um simples tomate, desde a plantação até ser jogado fora, o curta escancara o processo de geração de riqueza e as desigualdades que surgem no meio do caminho.

Cartaz-Ilha-das-Flores

“Guerra é Paz; Liberdade é Escravidão; Ignorância é Força”. George Orwell

Veja também: Os cães, 1984!, Monte seu Fusca, Exu tranca-copa, Parabéns Néstle, Casa sustentável, Viabilidade???, Brasileiro Reclama De Quê?, Marx escreve uma carta de repúdio ao professor, Remédio que cura qualquer doença, Capa de disco com gatos.

Experimento científico?

experimentocientifico
bancodesementedw
Agora, o Banco de Sementes Svalbard começa a tornar-se interessante. Mas fica ainda melhor. ‘O Projecto’ a que me referi é o projeto da Fundação Rockefeller e poderosos interesses financeiros desde a década de 1920 para utilizar a eugenia, mais tarde rebatizado de genética, para justificar a criação de um Mestre raça geneticamente modificadas. Hitler e os nazistas chamavam de Mestre Raça Ayran. Natural Cures Not Medicine

ArcadeNoemoderna
terminator

Veja também: A Revolta dos Macacos, Índice de Desenvolvimento Humano, Remédio caseiro para controle de pulgas, Universidade Aberta do Meio Ambiente e da Cultura de Paz – UMAPAZ, Piada sem sabor!, Individualidade fugaz, Memória dos Campos, Coreia do Norte, a paranoia, Sua cara, Manual de Apicultura em Pequena Escala, Ervas medicinais, Conheça 13 maneiras de reaproveitar sobras e cascas de frutas e vegetais, Comida de gente, Comida esperta, Manguetown

Viabilidade???

Nos laboratórios da empresa Enerkem, a equipe descobriu que a nova tecnologia que utiliza os resíduos é mais viável que a produção de combustível convencional, gastando menos dinheiro e menos energia nos processos de elaboração. De acordo com o site Vida Más Verde, a produção já foi patenteada e não expõe a riscos de contaminação nem o meio ambiente, nem o pessoal envolvido nos processos. CicloVivo

Se depender de um ambicioso projeto da Nissan, os prédios comerciais do Japão vão começar a ser abastecidos com os carros elétricos durante os horários de pico de consumo, quando a tarifa é mais cara. Chamado de “Vehicle-to-Building”, o plano conecta os carros estacionados à fiação do prédio, e, após o fornecimento, os automóveis podem ser usados normalmente, uma vez que o sistema devolve a mesma eletricidade às baterias. Gabriel Felix

As calçadas dos estabelecimentos da cidade-luz estão prestes a receber toldos que utilizam os raios solares para gerar energia, a fim de aquecer os clientes no inverno. Reduzindo gastos e diminuindo os impactos no meio ambiente, estes equipamentos inovadores também são capazes de “sugar” a fumaça dos cigarros acesos nos fumódromos de bares, restaurantes e dos tradicionais cafés parisienses. CicloVivo

O inventor brasileiro Antonio Bossolan é o responsável pela criação da “Turbina eólica de eixo vertical”, que é capaz de aproveitar até dez vezes mais a energia dos ventos que passam por ela. A inspiração surgiu pela necessidade de tornar os sistemas eólicos mais eficientes. CicloVivo

O professor aposentado Michael Buck juntou diversos materiais reciclados para erguer sua própria casa, uma pequena toca segura e confortável na cidade de Oxfordshire, na Inglaterra. Na construção, o professor gastou apenas 150 libras (o equivalente a 575 reais), apostando seu tempo livre e sua criatividade para erguer a nova residência, localizada em meio a uma área verde do município britânico. CicloVivo
cabelopentearvore

Veja também: De onde você vem?, LEVITATION, Miniusina de energia, Casa da árvore, Todo Dia Era Dia de Índio, Processo licitatório?, Qual o volume ocupado por 1 trilhão de reais?, Planta autosuficiente, Instituto Pindorama, voluntariado., Tijolo, Cifras, Ana Primavesi, Engenheira agrônoma., Manual de agicultura urbana