Instituto Pindorama, voluntariado.

O Instituto Pindorama é uma organização independente e sem fins lucrativos (ONG) com sua sede em Nova Friburgo – RJ registrada desde 2004, localizados em uma propriedade rural de 480.000m² de área verde, cercado pela Mata Atlântica. Buscamos oferecer uma oportunidade para aquelas pessoas que estejam preparadas para uma vida simples com pensamento elevado, trabalho abnegado e silêncio à noite, mantendo um ambiente com muita harmonia que proporciona um crescimento espiritual, auto-conhecimento e clareza mental para adquirir novos hábitos e conhecimentos em tecnologias não-convencionais. Aqueles que não podem permanecer por pelo menos 14 dias no Instituto podem optar pela opção de Visitante. Atualmente estamos buscando candidatos para preencherem as seguintes vagas:

Serviços Gerais – Disponibildade para permancência mínima de 14 dias
– Não é necessária experiência prévia, idade mínima 18 anos
– Receberá treinamento em diversas funções
– Prática em limpeza geral (banheiros, cozinha, varrer, aspirador de pó, lavar roupas de cama, etc)

Marceneiro/Bambuzeiro – Desejável prática em movelaria com madeira ou bambu
– Disponibildade para permancência mínima de 14 dias

Bioconstrutor – Desejável prática em construções convencionais ou bioconstrução
– Disponibildade para permancência mínima de 14 dias

Permacultor – Desejável prática em agricultura orgânica, agrofloresta ou permacultura.
– Desejável prática no uso de roçadeira e motoserra e utensílios agrícolas (enxada, foice)
– Necessário possuir condicionamento físico para tarefas de esforço
– Disponibildade para permancência mínima de 14 dias

Assistente Geral e Cozinheiro – Prática em cozinha vegana ou viva
– Deve ter Carteira de Motorista a pelo menos 1 ano
– Prática com internet e tarefas de secretaria (atender telefone, responder emails)
– Disponibildade para permancência mínima de 14 dias

O QUE O INSTITUTO OFERECE AOS VOLUNTÁRIOS

1 – Prática diária de Yoga e Meditação e 1 Suco Vivo pela manhã
2 – Três refeições veganas diárias (alimentos cozidos e vivos)
3 – Aulas de culinária vegana e Alimentação Viva
4 – Acesso à internet durante 30 minutos por dia após o expediente
5 – Acomodação em dormitório coletivo
6 – Treinamento em sua função (marcenaria, bioconstrução, agricultura orgânica, alimentação consciente)
7 – Certificado de Participação no Programa de Voluntariado
8 –Participação gratuita nos cursos que ocorrerem durante sua estadia
9 – Convivência em um local confortável em meio a exuberante Mata Atlântica

Diariamente praticamos Sivananda Yoga, Meditação e Satsangs com leituras dos textos de Paramahamsa Yogananda e Cantos Cósmicos.

A contra-partida dos Voluntários
Todos voluntários e visitantes que desejarem participar de nossa rotina comprometem-se com nossa política de tolerância zero com uso de álcool, canabis, ayhuasca e outras plantas enteógenas e devem se comprometer a participar das meditações da manhã e noite, aulas de yoga e serviços de leitura, além do compromisso usual com suas tarefas e horários de trabalho, recreação e de silêncio.

Como se candidatar
Os interessados devem preencher o formulário abaixo e enviar um curriculum para o email contato@pindorama.org.br

Veja também: Sucos verdes, Somos todos doadores, X-Maus, Ministério da Saúde, Catador de ministros, Miniusina de energia, José Mujica maconheiro?, Cultura da paz?, Rotina, Saudação ao Sol, Bicicleta emprestada!, Feliz dia do índio!!!, Brasileiro Reclama De Quê?

Veteranas de guerra

UMA HOMENAGEM ÀS ÁRVORES SOBREVIVENTES DA MATA ATLÂNTICA

São Paulo é o dinâmico resultado da demolição e reconstrução de sucessivas cidades em pouco mais de um século. Nesse curto espaço de tempo, a cidadela com 30 mil habitantes tornou-se a metrópole com 20 milhões de habitantes, e sua natureza praticamente desapareceu. Originalmente muito rica em biodiversidade, São Paulo apresentava extensas florestas de Mata Atlântica, araucárias, cerrados e várzeas, que formavam uma paisagem única. Durante o processo de urbanização, a vegetação ancestral foi sendo eliminada e substituída por espécies de origem estrangeira, motivação cultural que acarretou na extinção em massa da fauna e flora nativas e a situação atual de 80% da vegetação urbana ser de origem estrangeira, ou seja, exótica.

Mesmo com esse grave quadro ambiental, alguns exemplares da Mata Atlântica alcançaram nossa época, resistindo a gerações de interesses contrários, loteamentos e aberturas de ruas e avenidas que poderiam em poucos minutos acabar com a sua história, assim como aconteceu a inúmeras outras que não pudemos conhecer.

Árvores da Mata Atlântica sobreviventes em condições tão adversas podem ser consideradas monumentos vegetais e históricos paulistanos, um patrimônio ambiental que representa uma imensa herança não reconhecida. Muitas dessas árvores estão ameaçadas pelo descaso, poluição e idade avançada, e são sobreviventes de populações quase ou extintas e detentoras de genética única resultante de milhares de anos de evolução com o clima, solo e biodiversidade local, precisando ser valorizadas, tombadas e reproduzidas para sua perpetuação e repovoamento na cidade de São Paulo.

O meio ambiente urbano deve ser uma prioridade no século XXI, o século das cidades.

Ricardo Cardim, botânico e ambientalista

Veja também: Veteranas de Guerra, Fundação SOS Mata Atlântica, Monte seu Fusca, Vegeta, Miniusina de energia, John Titor , o VIAJANTE-ZER, Chás que Ajudam a Emagrecer, Universidade Aberta do Meio Ambiente e da Cultura de Paz – UMAPAZ, Saudação ao Sol, Via Láctea pelo navegador, Arveres somos nozes

Troca de saberes entre agricultores fortalece projeto orgânico na Zona Sul

logo-5elementos

Educação Ambiental para incentivar a Agricultura Orgânica nas APAs Bororé-Colônia e Capivari-Monos.

bancosementes

“Nas diferenças, grandes semelhanças”, com essa frase, a educadora popular baiana, Luciana Sarno.

genildo

Veja também: Experimento científico?, Parabéns Nestlé 2, Vamos acabar com o domínio da Monsanto, Neste Chão Tudo Dá, X-Maus, Dedo Verde na Escola: terrários aproximam biodiversidade das crianças, Agrotóxicos da mesa nossa de cada dia., Instituto Pindorama, voluntariado., José Mujica maconheiro?

Mata Atlântica

Tribo de Jah – Mata Atlântica

Não, não, não mate as matas
Não, não desmate as matas não refrão … 2
vezes
Não, não, não mate a mata atlântica

Quando Cabral chegou e aqui ele encontrou
Prata beleza ouro, Pau Brasil
E sem falar do índio dono desse lugar
Homem da nossa Terra não tem onde morar

Óh homem … quanto você destrói
E consome … todos os recursos naturais
Da Terra … que clama por socorro chora e agonia

Refrão … 2 vezes

Rio diversidade, ar puro água potável
E sem falar das plantas de uso medicinal
Micos leão dourados, macucos, onças pintadas
Todos correm perigo de sua extinção

Óh homem … quanto você destrói
E consome … todos os recursos naturais
Da Terra … que clama por socorro chora e agonia

Refrão …

Veja também: Carlos Marighella, Perto do Fogo, Xeque Monte, A história das coisas, Amostra de tintas, Cantar, Feliz Natal (A Guerra Acabou), Faça uma Evolução