Tabaco e álcool sim, Maconha não. Por que?!?

O principal argumento dos proibicionistas é que drogas prejudicam o indivíduo e a sociedade e que a proibição diminui o consumo. Ambos argumentos que a priori se sustentam: psicotrópicos realmente podem “fazer mal” e em geral as drogas proibidas são menos utilizadas do que as drogas legalizadas. nicolas teixeira cabral

Contudo, isso não justifica que o álcool seja legalizado, enquanto a maconha ou o LSD são proibidos; afinal, essas drogas se mostram menos maléficas para o indivíduo do que o álcool. Além disso, a “guerra às drogas” mostra um custo social muito grande, talvez maior do que os custos sociais do aumento do consumo advindo da legalização.

No fim, parece que a manutenção da proibição de algumas drogas se funda muito mais em moralismo do que em razões objetivas. “Usar droga é errado, logo, deve ser proibido”. Seria como, p. ex., proibir o adultério.

Mas por que proibir a maconha, e não o tabaco? Uma das teorias, a qual encaro com ceticismo, é que nessa época de Nixon a maconha era uma droga típica de negros e hispânicos, e que a proibição da substância legitimaria a perseguição a esses grupos.

A proibição das drogas no século XX pode ter sido motivada por interesses econômicos, moralismo e xenofobia; esses mesmos fatores, somados ao medo de que as drogas corrompam a sociedade, sustentam a proibição até hoje.
O cigarro, assim como o café, o chá e o cacau, é uma droga ao mesmo tempo muito prazerosa e pouco entorpecente. Você pode fumar um cigarro e dirigir ou trabalhar, como faz após tomar um café. Isso não é verdade com o álcool, a maconha, a cocaína nem o LSD. Ademais, o tabaco também é socialmente estimulante, o que lhe favorece ainda mais. Antes da década de 1950, o tabaco era até utilizado como remédio para doenças respiratórias! Não fazia sentido proibir!
O álcool é menos inocente a curto prazo do que o cigarro: ele altera importantemente nossa percepção, causa mortes no trânsito, violência doméstica, brigas de rua. Eu acho que não foi proibido simplesmente porque é uma droga mais querida (assim como o cigarro e o café) pelos humanos ou pelo menos pelos humanos ocidentais (países árabes têm muito maiores restrições ao consumo de álcool). Provavelmente tem a ver com o cristianismo também.

A tendência mundial tem sido legalizar ou tolerar o consumo da maconha, que não por coincidência é a droga ilícita mais utilizada ao redor do mundo. Temos exemplos na Holanda, EUA, Uruguai, Portugal etc.

Algumas anfetaminas são apenas controladas, e não proscritas, por oferecerem potencial terapêutico importante (como para TDAH). Outros psicotrópicos também entram nessa: alguns derivados de cannabis, metilfenidato, opioides etc.

Para a Organização Mundial da Saúde, podem ser consideradas drogas as substâncias naturais ou sintéticas com capacidade de modificar uma ou mais funções do organismo . As alterações dependem das características de composição da droga, formas de uso, quantidades e tempo e também das características de quem utiliza, pois a mesma droga pode provocar diferentes efeitos em cada indivíduo. nesp
Os tipos e efeitos são os mais variados, desde as lícitas como medicamentos para dormir ou emagrecer, álcool e tabaco, até as ilícitas como a maconha, cocaína, crack, ecstasy, entre outras.

As drogas fazem parte da história da humanidade, sendo consumidas em busca de prazer, socialização, alívio de dores e da ansiedade e outras alterações do nível de consciência.

Na adolescência, uma época da vida de experimentações e transformações, o consumo é especialmente preocupante, pois estão em busca da autonomia e não aceitam bem recomendações. A dependência química e social é um risco e pode prejudicar o desenvolvimento de jovens causando danos ao seu potencial intelectual, emocional e social.
Para prevenção ao uso de álcool e outras drogas, é importante considerar o tripé: indivíduo-substância-contexto social, político e econômico.

Libertize-se: Milton Friedman, TRAFICANTES DE POLÍTICAS, 15 MIND OPENING LSD QUOTES, #LAS TÉCNICAS #’MINDFULNESS’ AYUDAN AL #ENFERMO MENTAL A SER CONSCIENTE DE SUS #EMOCIONES Y A ESCUCHAR SUS NECESIDADES, FHC LEGALIZE, TIMOTHY LEARY, MACONHA NO SENADO, RICARDO LSD BOECHAT DOIDÃO

Uma viagem de bicicleta

O Curta “Uma viagem de bicicleta” foi lançado em 2007 e recorda o passeio de bicicleta alucinante que fez o químico Albert Hoffman sob a influência do LSD.

Em Abril de 1943 o químico Albert Hoffman descobriria por engano, os efeitos do LSD.

Hoffman morreu em 2008, um ano antes, em 2007, três animadores italianos criaram uma viagem de bicicleta, um curta-metragem de quatro minutos recria o primeiro ciclista sob a influência do ácido na história. O fato é lembrado a cada ano: 19 de abril Dia de bicicleta, data ímpar para toda história do ciclismo mundial.

Lorenzo Veracini, Nandini Nambiar e Marco Avoletta são os autores deste trabalho interessante, que através do infográfico nos leva à experiência delirante e perturbadora do Dr. Hoffman, assistam e deixem seus comentários!
Boa Viagem…

A bicycle trip (Short-film 2007) – Vimeo

A bicycle trip (Short-film 2007) from lorenzo veracini on Vimeo.
Veja também: Na contramão?, Bike or die!, Opção de escolha?, Vergonha alheia!!!, Instituto Pindorama, voluntariado., Pet é tudo de bom, Casas de Mediação, Bicicleta emprestada!, Milton Friedman

15 Mind Opening LSD Quotes

steve-jobs

15 LSD quotes from some of the best minds who spoke about it. Innovators, Scientists, Philosophers, Comedians, Thinkers & Artists. Trancentral

john-lennon-487033_960_720

“HOW ABOUT A POSITIVE LSD STORY? WOULDN’T THAT BE NEWS-WORTHY, JUST THE ONCE? TO BASE YOUR DECISION ON INFORMATION RATHER THAN SCARE TACTICS AND SUPERSTITION AND LIES? I THINK IT WOULD BE NEWS-WORTHY.
‘TODAY, A YOUNG MAN ON ACID REALIZED THAT ALL MATTER IS MERELY ENERGY CONDENSED TO A SLOW VIBRATION. THAT WE ARE ALL ONE CONSCIOUSNESS EXPERIENCING ITSELF SUBJECTIVELY. THERE IS NO SUCH THING AS DEATH, LIFE IS ONLY A DREAM AND WE’RE THE IMAGINATION OF OURSELVES’ . . . ‘HERE’S TOM WITH THE WEATHER.’ “ Bill Hicks

leary

“LSD BURST OVER THE DREARY DOMAIN OF THE CONSTIPATED BOURGEOISIE LIKE THE ANGELIC HERALD OF A NEW PSYCHEDELIC MILLENNIUM. WE HAVE NEVER BEEN THE SAME SINCE, NOR WILL WE EVER BE, FOR LSD DEMONSTRATED, EVEN TO SKEPTICS, THAT THE MANSIONS OF HEAVEN AND GARDENS OF PARADISE LIE WITHIN EACH AND ALL OF US.” Terence McKenna

federico-fellini-films

Mude conceitos, você pode e deveHino Nacional em dialeto ticunaLUMINESCE™UM CARANGUEJO ELÉTRICO#LAS TÉCNICAS #’MINDFULNESS’ AYUDAN AL #ENFERMO MENTAL A SER CONSCIENTE DE SUS #EMOCIONES Y A ESCUCHAR SUS NECESIDADESNAARA BEAUTY DRINK!!!ROCKEFELLERNEVOMEDICINAL VIBESRELATÓRIO FIGUEIREDOINSTANTLY AGELESS ™TIMOTHY LEARYA TEORIA DE TUDOVIDACELL®RICARDO LSD BOECHAT DOIDÃORESERVE™SISTEMA NACIONAL DE POLÍTICAS PÚBLICAS SOBRE DROGASJÁ NÃO ME SINTO EM CASA NESSE MUNDO

Doutor Estranho

strangecapa_fz6o0hu1

“O 3D é necessário para contar a história dimensional do filme”, diz Kevin Feige – Presidente da Marvel Studios falou que longa tem sequências inteiras com a tecnologia. CAMILA SOUSA

O Mago Supremo da Marvel, Doutor Estranho sempre esteve bem longe de ser um dos ícones da editora, criado em 1963 por Stan Lee e Steve Ditko, o personagem pega carona na onda de misticismo que embalou os Estados Unidos na década de 60, é um fruto da geração Paz & Amor e daquilo que veríamos anos mais tarde em Woodstock, tanto que boa parte das suas histórias bebem dessas influências exotéricas que fizeram sucesso na época, assim como o visual bem lisérgico. Canaltech

O personagem foi criado em 1963, mas ganhou sua primeira revista própria só em junho 1968, na época, os Beatles cantavam Srgt. Peppers Lonely Hearts Club e o LSD dominava as festas mundo afora. Felipe Germano – Super Interessante

A história de Stephen Strange que procura uma cura e  descobre a magia.

O maior exemplo disso é sua participação dentro do chamado Illuminati, um grupo formado pelas maiores mentes daquele mundo. Ao lado de Tony Stark, Reed Richards, Professor Xavier, Namor e Raio Negro, ele praticamente tomou todas as grandes decisões que moldaram (ou destruíram) a comunidade de super-heróis ao longo dos anos.

album-pink-floyd

A inspiração para sua criação foi Chandu, O Mágico, personagem de um programa de rádio que virou série de TV em 1932. Em 1978, Doutor Estranho ganhou sua primeira adaptação através de um curta-metragem em formato de piloto produzido pela Universal e estrelado por Peter Hooten. Já em 1992 o personagem iria ganhar uma nova adaptação dessa vez estrelada por Jeffrey Combs, porem a licença do estúdio terminou antes que a produção tivesse início e por causa disso tanto o nome do filme quanto do personagem foram alterados para Doctor Mordrid. Em 2007 Doutor Estranho ganhou um filme animado chamado Doctor Strange: The Sorcerer Supreme. André Souza – Papo Nerd de Boteco

the-new-avengers-illuminati-1_final-cover-art

Enxergue mais: TEOREMA DE DEUSSANDUÍCHES SEM PÃOARROZ BASMATI COM GENGIBRE, LENTILHAS E CEBOLA CARAMELIZADANAARA BEAUTY DRINK!!!, 1°MUTIRÃO DIGITAL DE EDUCAÇÃO FINANCEIRA E RENEGOCIAÇÃO DE DÍVIDASBRAZILIANIZE YOURSELF!DIA MUNDIAL DO ROCK (SÓ NO BRAZIL)EMVBE MY EYES APPMERCADÃOINSTANTLY AGELESS ™POBRE É “SUB-RAÇA”ÍNDIO EDUCA,, VIDACELL®BATMAN – O LIVRO DOS MORTOSPIB???O BOM MOÇO DO BRASILSÉRIE URNA ELETRÔNICARESERVE™Conhecimento AncestralVia Láctea pelo navegadorO Ponto de MutaçãoRORSCHACH

Timothy Leary

image

Timothy Leary Biography – Psychologist (1920–1996)

Entenda mais: VIOLENTAMENTE PACÍFICO, A TUA MENTE, TIMO, TERRA SEM MALES, BRILHO ETERNO DE UMA MENTE SEM LEMBRANÇAS, SURFISTA PRATEADO VS DR. MANHATTAN, A MEDITAÇÃO E SEU CERÉBRO, ISSO É NORMAL?, PESSOAS CRIATIVAS SÃO MAIS PROPENSAS À DEPRESSÃO E DEPENDÊNCIA QUÍMICA, SISTEMA NACIONAL DE POLÍTICAS PÚBLICAS SOBRE DROGAS, O mundo dos espertos, De que lado você esta?

Sistema Nacional de Políticas Públicas sobre Drogas

Parágrafo único. Pode a União autorizar o plantio, a cultura e a colheita dos vegetais referidos no caput deste artigo, exclusivamente para fins medicinais ou científicos, em local e prazo predeterminados, mediante fiscalização, respeitadas as ressalvas supramencionadas. LEI Nº 11.343, DE 23 DE AGOSTO DE 2006.

O CQC resolveu entrar no debate sobre a legalização da Cannabis e foi atrás de especialistas, usuários, partidários contrários e até do ex-presidente FHC para ajudar a esclarecer o assunto. Grupo Bandeirantes de Comunicação

“Cultivar a liberdade para não colher a guerra”
Marcha-PM

Veja também: E agora???, Estupidez, Computer History Museum, O crime compensa, Porque sim!, Vergonha alheia!!!, Norte Nordeste Me Veste, Saúde nossa de cada dia!, Bolsa família, Ar condicionado caseiro, Fui processado. O que eu faço?, Michael Moore, Vamos acabar com o domínio da Monsanto, Carta à Sra. “Presidenta” da República

Fumaça Louca

Fumaça Louca – Ventania

oh oh oh oh oh oh oh oh oh… oh oh oh oh oh oh oh oh ohhhh

Quantas noites sem durmir olhando da minha janela
Luzes da cidade viajo o pensamento
Madrugada adentro enquanto muitos dormem
Quando os loucos atearam fogo aceleraram a mente
Viajaram na fumaça louca
Que passando a todos foi de boca em boca
No silêncio sinto esta fumaça me lavar o rosto
Maquinar meu cérebro fazendo louco
Me indagando a noite pela lucidez
Como posso eu parar na noite pra dar mais um trago
Se eu vivo esta lucidez tão louco
Só por mais um pouco eu vou pirar de vez
São os olhos de um poeta louco que contempla a noite
Na palavra certa de um pensamento
Só por um momento de inspiraçao
Quantas noites sem durmir olhando da minha janela
Luzes da cidade viajo o pensamento
Madrugada a dentro enquanto muitos dormem

oh oh oh oh oh oh oh oh oh… oh oh oh oh oh oh oh oh ohhhh

Quantas noites sem durmir olhando da minha janela
Luzes da cidade viajo o pensamento
Madrugada adentro enquanto muitos dormem
Quando os loucos atearam fogo aceleraram a mente
Viajaram na fumaça louca
Que passando a todos foi de boca em boca
No silêncio sinto esta fumaça me lavar o rosto
Maquinar meu cerebro fazendo louco
Me indagando a noite pela lucidez
Como posso eu parar na noite pra dar mais um trago
Se eu vivo esta lucidez tão louco
Só por mais um pouco eu vou pirar de vez
São os olhos de um poeta louco que contempla a noite
Na palavra certa de um pensamaneto
Só por um momento de inspiraçao
Quantas noites sem durmir olhando da minha janela
Luzes da cidade viajo o pensamento
Madrugada adentro enquanto muitos dormem….

oh oh oh oh oh oh oh oh oh… oh oh oh oh oh oh oh oh ohhhh
ventania

Veja também: FHC = THC, Só Pra Variar, Doenças degenerativas, Banana, A importância do Doutorado, Repo man, O Livro de Eli, A indústria farmacêutica está fora de controle?, DIA DA ÁRVORE, Ruas de Belém, Eu sou o meu Deus., Me lave por favor!, O dízimo da educação!