Kombi House

Viagem é algo que nos encanta, o desejo do dia (que não é só do dia, mas de uma vida) é ter uma Kombi Home e sair viajando por aí, muitos querem seguir pela estrada, poucos realizam, porque é um plano que precisa de muita organização e força de vontade.

kombi4

Kombi Home seria ideal, nada mais é do que uma Kombi (categoria B na CNH para dirigir) adaptada pra suprir as necessidades primordiais dos viajantes, mega equipada ou apenas ter um espaço simpático para descansar, carregar alguns suprimentos e material para acampar, se for necessário. Existem lugares especializados em transformar as Kombis no veículo ideal para a sua viagem: eles modificam todo o interior e fazem o espaço se tornar incrível (tem até uma empresa aqui de SC que faz isso).

I visited a Volkswagen camper van meet in Halifax and met with lots of people to gain an insight into the camper van world. I took lots of pictures for inspiration to help me with the designs for the different vans. Problem Solving

Observe mais: MOTORHOMELUMINESCE™COMO CONSTRUIR UM MOTORHOMENAARA BEAUTY DRINK!!!NÃO É CARRO X BICICLETA.SP CIDADE LIMPAVIDACELL®CALVIN WARS, INSTANTLY AGELESS ™, HEMP CARMOVIDA A ÁGUARESERVE™QUEM MATOU O CARRO ELÉTRICO?ESTRADA A FORAEMVFILMES E SEUS CARROS

Saudosa Maloca

Saudosa Maloca – Adoniran Barbosa

Se o senhor não tá lembrado
Dá licença de contá
Que aqui onde agora está
Esse edifício “arto”
Era uma casa véia
Um palacete assombradado

Foi aqui seu moço
Que eu, Mato Grosso e o Joca
Construímos nossa maloca
Mas um dia, nóis nem pode se alembrá
Veio os homi c’as ferramentas
O dono mandô derrubá

Peguemos todas nossas coisas
E fumos pro meio da rua
Aprecia a demolição
Que tristeza que nóis sentia
Cada táuba que caía
Duía no coração

Mato Grosso quis gritá
Mas em cima eu falei:
Os homis tá cá razão
Nós arranja outro lugar
Só se conformemo quando o Joca falou:
“Deus dá o frio conforme o cobertor”

E hoje nóis pega a páia nas grama do jardim
E prá esquecê, nóis cantemos assim:
Saudosa maloca, maloca querida
Dim dim donde nóis passemos os dias feliz de nossas vidas
Saudosa maloca, maloca querida
Dim dim donde nóis passemo os dias feliz de nossas vidas

Veja também: Clarice Lispector do Samba, Clara Nunes., Nelson Ned d’Ávila Pinto, Batata Frita, o Ladrão de Bicicleta, BBB por Antonio Barreto, Foi o Dr. Delegado Que Disse, Feliz Natal (A Guerra Acabou), Universidades do mundo, Conhecimento Ancestral, Aluga-se, Vambora, Caso Sério, A corrida de Motos mais insana que você já viu

Minhocário.

Dados do Ministério da Agricultura revelam que, diariamente, o Brasil produz cerca de 144 mil toneladas de lixo orgânico, o que corresponde a 60% do lixo urbano. Planeta Sustentável

Primeiramente, compre ou encontre recipientes que possam se encaixar um no outro, (caixas de plástico, baldes, embalagem de sorvete);
Depois faça as marcações dos furos, não precisam ser muitos;
Depois use uma furadeira COM uma broca de 1/4″para fazer os furos em apenas dois dos recipientes, pois um recipiente que irá por baixo será um coletor de umidade que estiver em excesso e o local onde fica o “biofertilizante;
Depois forre com papel picado e folhas;
Por fim, coloque um pouco de terra com minhocas, faça furos e coloque restos de frutas (exceto as cítricas), folhas, galhos, nunca coloque carne ou resto de alimentos gordurosos. Mantenha a terra sempre úmida (úmida, não encharcada) e coloque a caixa em um local fresco sem a incidência de sol direto.
A criação de minhocas, é uma excelente prática que diminui o volume do lixo, você pode usar as minhocas para alimentar peixes ou isca para pesca, o húmus pode ser usado para plantas ou aquários plantados se forem esterilizados e tratados. (Natureza)

Veja também: Manual de agricultura urbana, Carta da Terra, Anestesia mental., Dia Mundial do Meio Ambiente., Opção de escolha?, Chora Darwin., Legalize Já, Porquê eu quis?, Brasileiro Reclama De Quê?, Hora do Código, Mãe Gaia

Café com Dengue.

Café no combate à dengue.

A bióloga Alessandra Laranja, do Instituto de Biociências da UNESP, durante a pesquisa de mestrado, descobriu que a borra de café produz um efeito que bloqueia a postura e desenvolvimento do AEDES AEGYPTI (DENGUE).

O mosquito pode ser combatido colocando-se borra de café nos pratinhos de coleta de água dos vasos, nos pratos dos xaxins, dentro das folhas das bromélias… e o café que é produzido todos os dias, em praticamente todas as casas, o custo é Zero. O único trabalho é o de colocá-la nas plantas, e jogá-la sobre o solo do jardim e quintal.

Os especialistas em saúde pública, entre elas médicos sanitaristas estão saudando a descoberta de Alessandra, uma vez que, além da ameaça da dengue tipo 3, possível de acontecer devido às fortes tempestades de final de ano, ainda surge outra ameaça proveniente do exterior: a dengue tipo 4.

Conforme explica a bióloga, 500 microgramas de cafeína por mililitro de água bloqueia o desenvolvimento da larva no segundo, de seus quatro estágios e reduz o tempo de vida dos mosquitos adultos. Em seu estudo ela demonstrou que a cafeína da borra de café altera as enzimas ESTERASES responsáveis por processos fisiológicos fundamentais com o metabolismo hormonal.

A solução com cafeína pode ser feita com 2 colheres de sopa de borra de café para cada meio copo de água o que facilitaria o uso pela população de baixa renda e pode ser aplicada em pratos. O mosquito se desenvolve até mesmo na película fina de água que às vezes se forma sobre a terra endurecida dos prédios e hortas, e de outros recipientes com água parada (pneus, latas, caixas d’água etc.)

“A borra não precisa ser diluída em água para ser usada” – diz a bióloga.”

Pode ser colocada diretamente nos recipientes, já que a água que escorre depois de regar as plantas, dilui as borras . Ela sugere, enfim, que a borra de café passe a ser usada, também como um adubo ecologicamente correto. Atualmente, o método usado no combate à dengue é altamente tóxico para homens, animais e plantas.


Veja também: Floreira, Remédio caseiro para controle de pulgas, Veneno ecológico para matar ratos., Higienização de Caixa de Água, Desinfetante ecológico., Alzheimer, Contra todos os males

Inseticida Natural contra lesmas e lagartas

Receita:

30 grs de folhas secas de losna
1 litro de água

Junte as folhas de losna à água e leve ao fogo.
Quando levantar fervura, abaixe o fogo e deixe ferver por 10 minutos.

Desligue, deixe esfriar e coe.
Quando for usar, adicione mais 10 litros de água fria e pulverize esta mistura em seu jardim ou horta.

O efeito é mais satisfatório se a pulverização ocorrer logo no inicio da infestação.

Fonte: Alternativas Ecológicas Para Prevenção e Controle de Pragas e Doenças (Ines Claudete Burg e Paulo Henrique Mayer)

Feira de Produtos Orgânicos do Parque da Água Branca
Onde: Av. Francisco Matarazzo, 455 – Tel: 11 3865-4130 ou 4131 Quando: sábado, das 6h às 12h.
Para saber mais: http://www.parqueaguabranca.sp.gov.br/

Veja também: Inseticida Natural contra lesmas e lagartasA indústria farmacêutica está fora de controle?, Repelente de insetos, Veneno ecológico para matar ratos., Café com Dengue., Nossa dose de veneno, Você é o que você come.