Google Street View Olímpiadas Japan e others app

O Google Street View foi atualizado para permitir um tour virtual por diversas localidades além do ambiente urbano. É possível explorar as delícias da culinária japonesa, conhecer um pouco sobre arte e artesanato, adentrar em cavernas ou até admirar o belo Monte Fuji. Se quiser dar uma fugidinha de Tóquio, também dá para observar cidades históricas e outras curiosidades da cultura japonesa. Alveni Lisboa – Canaltech

Google preparou uma seleção de aplicativos, incluindo o aplicativo oficial das Olimpíadas, que conta com resultado dos eventos, ranking de medalhas, streams oficiais e muito mais. Além disso, a lista do Google também conta com aplicativos das emissoras oficiais, como o Globoplay, e aplicativos de Fitness, como o Strava Tracker, que acompanha e dá informações sobre as caminhadas dos usuários. Dácio AugustoShowmetech

Google Street View conta com possibilidades de explorar as montanhas japonesas, ou o artesanato japonês e saber mais sobre eles com o Google Arts & Culture. Por fim, se quiser aprender a língua, o já conhecido Google Tradutor está aí para te ajudar.

Explore o Japão com Street View, Google Arts & Culture e Google Tradutor

Exploze-se: CADTEC e Lei de Zoneamento, A arte de ler., Eu sou o meu Deus., Brasil termina Parapan em 1º lugar e faz a melhor campanha da história, Queda Livre!, Extintion by Japan, Brumadinho made Japan?!?, Coleção de arte japonesa de Van Gogh, para download, Takarazuka

Brinquedos transplantados

Cerca de 14 mil pessoas esperam por um transplante no Japão, mas apesar disso, apenas 300 delas conseguem os órgãos necessários a cada ano. Para chamar a atenção para o problema e estimular a população a falar sobre isso desde os primeiros anos de vida, foi criada a organização Second Life Toys, que promove “transplantes de órgãos entre brinquedos”. Hypeness

pelucia5

Pessoas que tenham brinquedos em desuso podem doá-los à instituição para que partes deles sirvam para consertar brinquedos de outras crianças. Após o transplante, a criança que recebe o brinquedo transplantado escreve uma carta de agradecimento ao doador, mostrando que cada transplante oferece uma nova vida e muita felicidade para quem recebe a doação. Vivimetaliun

pelucia11

pelucia12

azultransplate

transplateslife

transplatesecondlife

Engenheiro conserta brinquedos quebrados em Mato Grosso do Sul

Tranzplante-se: Brincadeiras ao ar livreIndígenas doam alimentosDia Mundial do Doador de SangueCórnea feita de células-tronco “reprogramadas”80 atividades para crianças: simples, divertidas, de baixo custo e todas dentro de casaCotação de histórias no InstagramLAGARTO-TATU (Cordylus cataphractus)

Real X-men: híbridos entre humanos e animais

Um cientista renomado fez uma afirmação que deixou o mundo da ciência eufórico. O psicólogo evolutivo, Gordon Gallup, relatou ao The Sun que, quase 100 anos atrás, um híbrido humano-chimpanzé foi criado em um laboratório nos Estados Unidos.

Segundo Gallup, um de seus professores confirmou que o híbrido conhecido como ‘humanzee’ foi gerado em Orange Park, na Flórida, em 1920, porém foi morto depois que médicos entraram em pânico com o seu desenvolvimento.

Os exemplos mais antigos e notáveis de hibridização humano-macaco foram testados em 1920, pelo cientista russo Ilya Ivanovich Ivanov, seus experimentos também foram feitos por inseminação artificial, porém não obtiveram sucesso. Último Segundo – iG

De acordo com revelação publicada pela revista Nature, um comitê do Ministério da Ciência do Japão aprovou um pedido de pesquisadores para o cultivo de pâncreas humanos em ratos e camundongos, sendo a primeira experiência do tipo a ter aprovação para seguir até o fim do processo. Rafael Rodrigues da Silva – Canaltech

O objetivo da experiência não é criar um rato com nariz e orelhas humanas, mas sim testar se é possível desenvolver órgãos humanos no corpo de animais cujos quais nós já possuímos toda uma infraestrutura para abate pronta (como porcos e gado), o que poderia ajudar a solucionar todos os problemas de falta de órgãos em hospitais que criam gigantescas filas para transplantes, onde muitas pessoas acabam morrendo antes de terem a oportunidade de uma cirurgia.

A pesquisa, que será chefiada pelo pesquisador Hiromitsu Nakauchi, utilizará manipulação genética para criar embriões de roedores que serão incapazes de desenvolver um pâncreas por si só, serão injetadas células tronco humanas nesses embriões para que o pâncreas desses animais se desenvolva a partir delas, com órgão desenvolvido, este será transplantado para ratos adultos para testar se um órgão gerado dessa maneira continuará funcional em outro hospedeiro.

A cientista Carolyn Neuhaus, especialista em ética médica do Centro Hastings (Estados Unidos), em 2017 afirmou em entrevista que a comunidade deveria dar um passo atrás nesse processo e discutir as implicações éticas destes experimentos. Ela não considera a criação de porcos para extração de órgãos algo moralmente pior do que a maneira como esses animais já são criados para o consumo humano, é preciso que os cientistas ouçam as pessoas que precisam de órgãos para saber se essa é uma solução que elas aceitariam.

Atualmente não há doadores de órgãos o suficiente no planeta. A preocupação dos cientistas consiste em fazer com que esses animais possam se tornar possíveis fontes de doação. Já pensou em caminhar na rua e encontrar um ser metade humano, metade cão? Bom, isso está bem distante e parece que, por enquanto, apenas pequenas partes de nós farão parte do mundo animal. Consumidor Moderno

Cientistas em vários países criam híbridos fantásticos de pessoas e de animais que podem lançar o pânico na sociedade. Apenas nos últimos 10 anos, o progresso no campo da engenharia genética espantou os cientistas e simples observadores.

Hoje, a criação de novas formas de vida tornou-se acessível mesmo a estudantes em condições caseiras. Infelizmente, as leis não conseguem acompanhar os jogos dos cientistas.

Fonte: Voz da Rússia – Foto: skarabokki.deviantart.com. Dinamica Global

Kamikatsu, como separar o lixo?!?

Você acha que separar lixo por papel e plástico é uma tarefa árdua? Então pense nos moradores de Kamikatsu, uma pequena cidade nas montanhas da ilha de Shikoku, no sudoeste do Japão, que precisam separar o lixo em 45 categorias diferentes.

No centro de coleta de lixo, há caixas separadas para diferentes tipos de produtos: jornais, revistas, caixas, tampas de metal, garrafas de plástico, latas de alumínio, latas de aço, latas de spray, lâmpadas fluorescentes e assim por diante. Você pode pensar que isso é um exagero, mas os moradores de Kamikatsu têm uma meta para alcançar – o desperdício zero, e eles já já alcançaram 80% desta meta. Vivimetaliun

O Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento (SNIS), que reúne, entre outros dados, detalhes sobre o gerenciamento de resíduos no país, estima que, por ano, cada habitante produz cerca de 347 kg de lixo. Mas, ainda de acordo com esses estudos, apenas 13,7 kg (ou 4%) do lixo gerado anualmente por cada brasileiro vai para a reciclagem.
As lixeiras de reciclagem são divididas basicamente em quatro cores, uma para cada tipo de material: azul (papel), vermelho (plástico), verde (vidro) e amarelo (metal). O lixo orgânico é representado pela cor marrom.
Se o seu município tem serviço de coleta seletiva, você só precisa separar o lixo em duas categorias: recicláveis e não recicláveis (orgânicos). Tudo o que pode ser descartado nos lixos de cor vermelha, azul, verde e amarela entra na parte dos recicláveis, enquanto o lixo orgânico (marrom) vai para a lixeira de não recicláveis.
Você pode entregar o lixo reciclável para catadores ou diretamente em cooperativas de reciclagem na sua cidade. O Cempre (Compromisso Empresarial para Reciclagem) disponibiliza online o Mapa da Reciclagem, onde você pode encontrar os pontos de coleta de materiais recicláveis mais próximos da sua residência. O mapa também mostra locais de coleta de lixos tóxicos, isto é, que não podem ser descartados no lixo comum, itens como pilhas, baterias, óleo de cozinha, medicamentos vencidos, pneus, produtos eletrônicos e lâmpadas fluorescentes não podem ser descartados no lixo reciclável e nem no orgânico! Consulte o mapa aqui. Vivimetaliun

Quase todo mundo sabe da importância da reciclagem de lixo, mas, na prática, pouca gente adere ao hábito de separar os resíduos secos (sem falar nas áreas onde não há coleta seletiva): um estudo de 2017 aponta que apenas 13% do lixo que poderia ser reciclado no Brasil realmente tem esse destino.

Por isso é necessário destacar iniciativas que contribuem para mudar esse quadro. É o caso do Club do Condomínio, criado em Santos, no litoral de São Paulo, para incentivar síndicos de prédios a convencer os moradores a separar os resíduos.

Para isso foi criada uma espécie de moeda virtual, chamada bio-coin. A cada quilo de material recolhido por recicladores parceiros da iniciativa o prédio recebe 1 bio-coin, que equivale a 20 centavos. A cada 5000 bio-coins acumulados, o condomínio pode fazer o resgate de mil reais para ser usado nos serviços que o síndico considerar necessários. Vivimetaliun

A empresa belga Ecover foi fundada em 1980 para criar produtos de limpeza sem fosfato, um componente que poluía as águas. Por bastante tempo eles se dedicaram às fórmulas, mas recentemente perceberam que também era preciso prestar atenção nas embalagens.

Foi assim que surgiu o Rubbish Cafe (algo como “Café do Lixo”), uma ação promovida pela subsidiária da Ecover em Londres. Por dois dias, moradores da capital inglesa e turistas puderam ir ao local e trocar embalagens plásticas usadas por refeições. Vivimetaliun

Illusdreamer

Um grupo de estudantes intitulado Illusdreamer, da escola Senegal High School, em Hong Kong, vem demonstrando um incrível talento para o desenho em giz. Usando as próprias lousas da escola como base, o grupo cria imensos e espetacularmente detalhados desenhos, quase sempre usando seus personagens favoritos de desenhos animados e quadrinhos. Vivimetaliun

Illusdreamer was founded by a few young Hong Kong artists as a local art group in 2016.
OUR MISSION
‘Conceive, Believe, Achieve’. Facebook

Extintion by Japan

Japão enfrenta uma crise demográfica sem precedentes. O país é um dos mais envelhecidos do planeta, graças a uma expectativa de vida altíssima e a uma taxa de natalidade sempre decrescente.
Japão entrou em curva descendente. Grande parte do problema deve-se ao desconhecimento das causas: há quem ache que se deve a um mercado trabalhista cada vez mais temporário e fragmentado, pouco apto para formar uma família; há quem atribua a uma tendência global -a fertilidade mundial passou de 4,99 em 1960 a 2,44 em 2016-. mdig
E há quem diretamente ache que a causa do problema pode ser rastreada à morte do amor. O governo introduziu medidas econômicas que procuram fomentar um renascimento demográfico.

O empilhador de livros

Compra livros e não os lê? Os japoneses tem una palavra específica para isso, tsundoku. Juntando os termos tsumu (“empilhar”) e doku (“ler”) em tradução livre, o tsundoku nada mais é do que a tão comum prática de comprar livros e empilha-los sem chegar a ler.

https://wp.me/p16lgT-dao

Editado via celular.

África Liberdade

Em 1821, foi o grito por liberdade do soldado negro condenado à forca Francisco José das Chagas uma das possíveis razões do nome atual do bairro. CECÍLIA GARCIA
No período pós-abolição, que tem seu início em 1888, a população negra vivia em casas e cortiços no centro da cidade; era naquela região que homens e mulheres sem acesso a direitos básicos como moradia conseguiam trabalho. Segundo a historiadora Cláudia Rosalina Adão no livro A Luta Contra o Racismo do Brasil, tanto a vinda de operários imigrantes como também os chamados trabalhos de melhoramentos da cidade – políticas de Estado para embranquecer e europeizar o centro – empurraram a comunidade pobre e também a negra para as periferias da cidade. Cidades Educadoras
O nome correto da Igreja de Santa Cruz, também conhecida por Igreja das Almas e localizada no ponto central do bairro, é Igreja da Santa Cruz dos Enforcados, pois era exatamente naquele local onde senhores e seus capangas cometiam a punição mais severa contras os negros.
A missão da pesquisadora Patrícia Oliveira é encontrar a memória trágica dos negros até a virada do século XX na maior cidade do país. Encontrar porque esses locais não por acaso foram apagados, apontando assim as histórias negligenciadas, as pessoas indesejadas, e formando o caldo daquilo que pode ainda ser a base de reparações históricas. CAROL SCORCE, da Carta EducaçãoGeledes

A estação do metrô Liberdade mudou de nome , se chama Japão Liberdade . O bairro da liberdade era originalmente um bairro de negros , muito antes da chegada da comunidade nipônica, se chamava Largo da Forca, pois era palco de execução de escravos negros fugitivos e condenados à pena de morte. Foi, aliás, por causa de um negro que a praça e o bairro foram chamados de Liberdade. Em 1821, um soldado chamado Chaguinha, condenado à morte por liderar uma rebelião por pagamento de soldo, sobreviveu a duas tentativas de enforcamento, ao que o público atribuía a um milagre e passava a gritar “liberdade” – só foi morto após o carrasco usar um laço de vaqueiro. Chaguinha, então, se tornou um santo padroeiro do bairro e protetor da Capela dos Aflitos, onde esteve antes de ser levado à forca, e da Igreja Santa Cruz dos Enforcados, construída décadas mais tarde em frente à praça, que abrigava organizações de ex-escravos e seus descendentes . Neste bairro também foi instalado à Frente Negra Brasileira , o Paulistano da Glória, e o cemitério dos escravos . Os imigrantes japoneses chegaram no bairro em 1912. O nome Liberdade é foi uma resposta à opressão. Miriam S. Ramos (WhatsApp)

Observe mais: MULTIVERSO MARVEL, LUMINESCE™, OUTROS VIAJANTES DO TEMPO, SAUDAÇÃO AO SOL, RESERVE™, CANCERIANO SEM LAR, AUSTRALIA DAY, NAARA BEAUTY DRINK!!!, EM BUSCA DA VERDADE, LIVROS QUE ENSINAM AS CRIANCAS CUIDAR DO PLANETA, INSTANTLY AGELESS ™, 11 INGREDIENTES QUE AJUDAM PERDER PESO, MARIANA OU PARIS? A DOR É A MESMA…, VIDACELL®, NAVE TIERRA, HO’OPONOPONO, EMV, ROBÔ EM BUSCA DE LIBERDADE, A INVASÃO DO BRASIL

Fukushima Daiichi

fukushimasurfing-west-coast-after

Aqui está uma pequena lista da meia-vida de cinco dos isótopos radioativos no ar, na comida e na água que estão nos envenenamentos e crianças:
• Césio 137: 30 anos;
• O plutônio 239: 24.000 anos;
• Estrôncio 90: 29 anos (imita cálcio no organismo);
• Urânio 235: 700 milhões de anos;
• Iodo 131: 8 dias (absorvido pela tireóide e dá a dose de radiação pesado). Susanne Posel – ILLUMINATI – A ELITE MALDITA

fukushima_noaa_rad_plume

10 SINAIS QUE O ACIDENTE NUCLEAR DE FUKUSHIMA ESTÁ DESTRUINDO O PLANETA. 

fukushima_brazil

Especialistas russos advertiram que a poluição de Fukushima compromete grandes quantidades de peixes e  algas, estes produtos são o principal perigo para a humanidade, esta  catástrofe global continua a agravar-se. What Does It Mean

FukushimaRadiationalert

O Desastre de Fukushima é Subestimado pelos Governos e os Meios de Comunicação. 

fukushimaplume-gate

Fukushima Cover-Up: The Story of Plume-Gate (FREE PDF). TheNewsDoctors.com

fukushimaradiation

Radioactividade do desastre de Fukushima Daiichi não é uma ameaça à saúde em British Columbia. Jay T. Cullen – Island Breath

Entenda mais:  COMO A INDÚSTRIA DO FUMO ENGANOU AS PESSOAS?SINTOMAS CÂNCER DE MAMAA ONDAFazenda solarCENTRO MUNICIPAL DE ADOÇÃO DE CÃES E GATOSArquivo X RevivalEM BUSCA DA ONDA PERFEITA.Instantly Ageless ™O EXTERMINADOR DO FUTURO: GÊNESISONDE FUI ROUBADO

WASABI

wasabi-misaki

A planta do wasabi foi mencionada pela primeira vez em um antigo dicionário médico no Japão, que citava o uso de suas folhas. Mas foi antes do ano de 1600, também no Japão, que o uso da planta na culinária foi citado em um livro de receitas. O wasabi fresco foi introduzido como ingrediente em um molho à base de soja para mergulhar o peixe cru. De 1603 a 1867, o wasabi foi usado como um condimento para soba, um tipo de macarrão. No entanto, apenas recentemente começou a ser utilizado em Niguiri, que é o sushi moldado à mão. Entre os anos de 1804 e 1818, foi usado pela primeira vez para disfarçar o odor do peixe cavala. Por fim, foi em 1970 que a Indústria S&B desenvolveu o primeiro wasabi em tubo – o primeiro produto de seu tipo a ser lançado no mercado japonês. Equipe Personare

Veja também: Sugestão de desintoxicação ayurvédica após os excessos., Mosquitos vinhos na foto, Garfield e fast food., Inseticida Natural contra lesmas e lagartas, Suco de limão e Bicarbonato, Café com Dengue., Sucos verdes

Experimento científico?

experimentocientifico
bancodesementedw
Agora, o Banco de Sementes Svalbard começa a tornar-se interessante. Mas fica ainda melhor. ‘O Projecto’ a que me referi é o projeto da Fundação Rockefeller e poderosos interesses financeiros desde a década de 1920 para utilizar a eugenia, mais tarde rebatizado de genética, para justificar a criação de um Mestre raça geneticamente modificadas. Hitler e os nazistas chamavam de Mestre Raça Ayran. Natural Cures Not Medicine

ArcadeNoemoderna
terminator

Veja também: A Revolta dos Macacos, Índice de Desenvolvimento Humano, Remédio caseiro para controle de pulgas, Universidade Aberta do Meio Ambiente e da Cultura de Paz – UMAPAZ, Piada sem sabor!, Individualidade fugaz, Memória dos Campos, Coreia do Norte, a paranoia, Sua cara, Manual de Apicultura em Pequena Escala, Ervas medicinais, Conheça 13 maneiras de reaproveitar sobras e cascas de frutas e vegetais, Comida de gente, Comida esperta, Manguetown

Viabilidade???

Nos laboratórios da empresa Enerkem, a equipe descobriu que a nova tecnologia que utiliza os resíduos é mais viável que a produção de combustível convencional, gastando menos dinheiro e menos energia nos processos de elaboração. De acordo com o site Vida Más Verde, a produção já foi patenteada e não expõe a riscos de contaminação nem o meio ambiente, nem o pessoal envolvido nos processos. CicloVivo

Se depender de um ambicioso projeto da Nissan, os prédios comerciais do Japão vão começar a ser abastecidos com os carros elétricos durante os horários de pico de consumo, quando a tarifa é mais cara. Chamado de “Vehicle-to-Building”, o plano conecta os carros estacionados à fiação do prédio, e, após o fornecimento, os automóveis podem ser usados normalmente, uma vez que o sistema devolve a mesma eletricidade às baterias. Gabriel Felix

As calçadas dos estabelecimentos da cidade-luz estão prestes a receber toldos que utilizam os raios solares para gerar energia, a fim de aquecer os clientes no inverno. Reduzindo gastos e diminuindo os impactos no meio ambiente, estes equipamentos inovadores também são capazes de “sugar” a fumaça dos cigarros acesos nos fumódromos de bares, restaurantes e dos tradicionais cafés parisienses. CicloVivo

O inventor brasileiro Antonio Bossolan é o responsável pela criação da “Turbina eólica de eixo vertical”, que é capaz de aproveitar até dez vezes mais a energia dos ventos que passam por ela. A inspiração surgiu pela necessidade de tornar os sistemas eólicos mais eficientes. CicloVivo

O professor aposentado Michael Buck juntou diversos materiais reciclados para erguer sua própria casa, uma pequena toca segura e confortável na cidade de Oxfordshire, na Inglaterra. Na construção, o professor gastou apenas 150 libras (o equivalente a 575 reais), apostando seu tempo livre e sua criatividade para erguer a nova residência, localizada em meio a uma área verde do município britânico. CicloVivo
cabelopentearvore

Veja também: De onde você vem?, LEVITATION, Miniusina de energia, Casa da árvore, Todo Dia Era Dia de Índio, Processo licitatório?, Qual o volume ocupado por 1 trilhão de reais?, Planta autosuficiente, Instituto Pindorama, voluntariado., Tijolo, Cifras, Ana Primavesi, Engenheira agrônoma., Manual de agicultura urbana

Akai Kōdan Zillion

animu.ru-akai-koudan-zillion-(1024x819)-wallpaper-001

Anime japonês que obteve grande sucesso nos anos 80, tendo sido produzido inicialmente para ajudar na divulgação e vendas dos brinquedos e jogos da SEGA. Wikipédia, a enciclopédia livre.

Um tipo de Paintball eletrônico para o console Master System, na época uma revolução em termos de videogame, um brinquedo que vinha com uma pistola Light Phaser e um sensor eletrônico, igual ao dos personagens de Zillion.

zillion-whiteknights-300x225

Veja também: Pin-up, LEVITATION, Inclusão, Morcego do interior, Inclusão, Ceguetas, Sugestão de desintoxicação ayurvédica após os excessos., RIQUEZA APÓS OS 40, Pin-up, Enciclopédia do Surf, Air Purifier Bike, Pica pau retardado!!!, Primo rico?, Sua cara, Quase imortal!!!, A chegada de Lampião no Inferno, Symphony Of Destruction, X-Maus, Umbrella Corporation

Os cinco princípios de bem viver

São princípios de bem viver, adotados no REIKI pelo Mestre Mikaomi Usui, estabelecidos pelo Imperador Meiji (1869/1912) – época da conhecida restauração Meiji, quando o Japão passou por uma fase de grande progresso e transformação. Os princípios visam nosso desenvolvimento espiritual e devem ser praticados por todos, reikianos ou não. São eles:

Só por hoje, não se preocupe.
Só por hoje, não fique zangado.
Só por hoje, seja grato as bênçãos que recebe.
Só por hoje, trabalhe arduamente.
Só por hoje, seja amável com todos os seres vivos.

1º pricípio: Só por hoje, não se preocupe.

Preocupamos–nos porque os acontecimentos podem se desenrolar diferentes do que esperamos e desejamos, levando em conta somente as nossas vantagens. A origem da preocupação é o medo. Não adianta “carregar“ os fatos ocorridos no passado, pense que fez naquele momento o melhor que podia.
A história dos monges retrata bem “o carregar“.

Dois monges saíram do mosteiro onde viviam para ir a outra cidade. No caminho encontraram uma moça chorando sentada à beira do rio. Um dos monges perguntou –lhe porque chorava e esta explicou que não podia voltar para casa, pois era de baixa estatura e a água do rio havia subido muito.

O monge pegou – a nos braços e atravessou o rio, com ela no colo e, na outra margem, colocou-a no chão. A moça agradeceu, sorridente e feliz foi para sua casa. Os monges continuaram seu caminho. Muitas horas depois, o monge que não havia carregado a moça falou ao outro:

_ “Nós fizemos votos de não tocar em mulheres e você pegou aquela moça nos braços“

O monge respondeu:

_”Há mais de duas horas coloquei-a no chão. E você ainda a está carregando?“

Não se desgaste , preocupando-se com o futuro. Ele será o reflexo do que semearmos agora, no presente.

Lembre-se: em tudo que acontece, existe um propósito Divino.

2º princípio : Só por hoje. Não se irrite.

O descontrole emocional acarreta a perda da nossa sintonia com a energia universal, além de atrair vibrações densas. Uma maneira eficaz de lidar com a irritação é quando ela acontecer. Parar, reconhecê-la, refletir, e depois deixá-la ir, …, para sempre. Assim que paramos de nos identificar com a emoção negativa, ela se dissipa. Não devemos alimentar a raiva nem o ressentimento, mas expressar as nossas emoções honestamente, sem reprimi-las. A repressão das emoções é um processo que pode induzir às doenças.
Procuremos viver em harmonia.

3º princípio: Só por hoje, seja grato às bênçãos que recebe.

O “mau” e o “bom” fazem parte de tudo na vida. Resta-nos experimentar, enxergar cada nova experiência com novos olhos.

Devemos nos lembrar sempre da história de “os males que vêm para bem“:

Um homem vivia numa pequena aldeia e era muito pobre, só tinha um cavalo e se recusava a vendê-lo porque o considerava um amigo. Os habitantes do vilarejo, achavam-no estúpido, porque poderia vender o animal e acabar com sua pobreza. Um dia, o cavalo fugiu, os aldeões concluíram que o animal havia sido roubado e melhor teria sido que o homem o tivesse vendido. Isto era um mau. O homem disse para não tirarem conclusões tão depressa e, que o único fato concreto é que o animal não estava mais lá. Dias depois, o cavalo voltou trazendo dezenas de cavalos selvagens. Os aldeões disseram que isto era bom, mas o homem disse para verem os fatos e não só um pequeno fragmento da realidade sem conhecer o todo.

O filho mais velho do homem começou a domar os cavalos e a vendê-los. O rapaz, um dia caiu de uns dos cavalos e quebrou a perna. Os aldeões acharam que isso era uma calamidade, pois o rapaz era o único a ajudar o pai. Mas, o homem continuava firme em não julgar. Logo depois, estourou uma guerra com o reino vizinho. Todos os jovens foram convocados, menos o filho incapacitado do homem… Essa história não tem fim.
Tentemos, portanto, cultivar o hábito saudável de não julgar e agradecer, não importando o que aconteça.

4º princípio : Só por hoje, trabalhe arduamente.

Trabalho árduo é trabalhar em nós mesmos, dedicando-nos e devotando-nos ao nosso crescimento espiritual.
Os valores e méritos espirituais são muito diferentes dos mundanos.

5º princípio : Só por hoje, seja amável com todos os seres vivos.

“Ninguém possui todas as qualidades,
Deus as distribuiu entre todos,
para que precisassemos uns dos outros “

Santa Catarina de Siena
Viemos da mesma Fonte de Vida e, estamos todos interligados. É importante aprender a tratar todas as formas de vida com amor e respeito porque necessitamos de todas elas.
Esta benevolência com todos os seres, e todos os reinos, inclui VOCÊ. Seja amoroso com seu corpo, cuidando dele com amor, respeitando-o, pois ele é seu templo enquanto estiver aqui.
Praticar os 5 princípios do REIKI é um excelente exercício diário de aprendizado para vivermos melhor.

Paz e Luz – Rosaliah Romano – rosaliah.romano@gmail.com – (21) 9392-3209

Veja também: Criacionismo., A história das coisas, BBB por Antonio Barreto, Allucinazioni e Delirio, Tijolo, Sugestão de desintoxicação ayurvédica após os excessos., Eternidade.