Couro de livro

valesca-prova
A-True-and-Perfect-Relation-of-the-Whole-Proceedings-Against-the-Late-Most-Barbarous-Traitors
mariadapenhafernandes
foucaultxdisney

Veja também: Convite à Filosofia, Saudação ao Sol, Fair Play, Consciência escolar, Adoro essa parte da anatomia femimina., Sheherazade e a Secom, Índice de Desenvolvimento Humano, Via Láctea pelo navegador, Liberdade de expressão, Shark alive, A Copa do Pinheirinho, O dízimo da educação!, Ilha das Flores, Cliente preferido do Brazil, Puta Que Pariu!!!, Comidinhas de Maconha, Colabora ai gente!, A importância do Doutorado

O país da piada pronta!

meupaimeufilho
spcpiada
brasileirosfuteboljuiz
quepaiseestestf

Veja também: Consulta CPF, Dura, Que País É Esse?, A importância do cafezinho, UM “DEVOGADO” E… DUS BÃO!‏, O BARBEIRO, Maconha faz mal., Mapa da indecência, O mundo dos espertos, Sua segurança?, A culpa é de quem!, Ceguetas, DECLARAÇÃO UNIVERSAL DOS DIREITOS HUMANOS, Memória dos Campos, Mídia estão de luto, Assédio moral (bullying, manipulação perversa, terrorismo psicológico)., Oitavo Anjo, Brasileiro Reclama De Quê?

O que, de quem?

oquedequem
Good_and_evil_AndrejVystropov
Quem quer convencer uma pessoa a comer uma laranja podre deve, portanto, desenvolver estratégias de disfarce, dissimulação, falsificação e mentira. Mensageiro do Além

Veja também: Só um minuto!, Frase do Dia: Rui Barbosa e a Honestidade, Robin Hulk, Bode expiatório, No Capão Redondo, ninguém sonha em ser médico, Mídia estão de luto, Empoderamento dos recursos, Fair Play, Umbrella Corporation, A culpa é de quem!, Inicie um abaixo-assinado, Carta de um policial nos protestos de São Paulo, De quem é o poder?

Mídia Ninja

ninja2-292x280Mídia NINJA (Narrativas Independentes, Jornalismo e Ação), é um coletivo de mídia formado em 2011, conhecida pelo ativismo sociopolítico, declarando ser uma alternativa à imprensa tradicional. As transmissões são em streaming em tempo real, pela internet, usando câmeras de celulares e uma unidade móvel montada em um carrinho de supermercado, com a estrutura descentralizada e uso das redes sociais, especialmente o Facebook, na divulgação de notícias. Wikipédia, a enciclopédia livre.

Veja também: A onda, Medo?, Pai (de quem) trocinio!, Globo terrestre virtual, Princípio do ou nãoPor que estamos nas ruas, V de Vingança, Água mata?, Arena, Portal da Transparência, Território, Carta de um policial nos protestos de São Paulo, Inicie um abaixo-assinado, Quem é o povo?

Juan dos Mortos

O diretor Alejandro Brugués se perguntou o que aconteceria se uma epidemia zumbi afetasse a socialista Cuba.

O protagonista, Juan (Alexis Díaz de Villegas), é o malandro cubano. Ele não trabalha, prefere rum a alimentos, é divorciado, tem uma relação conturbada com a filha e gosta de se divertir com a mulher do vizinho. Quando é convidado pelo amigo Lazaro (Jorge Molina) a fugir para Miami, ele responde com sinceridade: “Mas lá eu ia ter que trabalhar”.

Uma epidemia misteriosa transforma os cidadãos em mortos-vivos. Pela televisão, a imprensa logo anuncia que a epidemia é obra de dissidentes cubanos financiados pelo governo norte-americano. Mariane Zendron – Do UOL, em São Paulo
poster_juan

Veja também: A indústria farmacêutica está fora de controle?, De quem é o poder?, Candidato Caô Caô, Incêndio, apenas 4° andar é salvo., Inside Job, Somos todos doadores, O Coxinha – uma análise sociológica, Casas de Mediação, Justiça em trânsito, Empoderamento dos recursos, Hortas e temperos, Legalize Já