Cursos online e conteúdos gratuitos

Nesse período de isolamento compulsório, empresas de streaming, livros digitais e instituições de ensino liberam acesso gratuito ao seu conteúdo durante a quarentena da COVID-19. Joy Macedo

Livros e notícias

  • AmazonLivros de graça para o Kindle. Títulos sobre sociologia, educação, psicologia, política, entre outros.
  • Jornais brasileiros: Ao menos 12 publicações brasileiras liberam conteúdo liberaram nos seus sites o acesso de não assinantes à reportagens sobre o novo Coronavírus. Folha (SP), O Estado de S.Paulo, Correio (BA), O Povo (CE), GaúchaZH (RS), O Correio do Povo (RS), Jornal do Comércio (RS), Gazeta do Povo (PR), NSC Total (SC), A Gazeta (ES) e O Popular (GO) fazem parte dos que derrubaram o paywall.

Filmes e séries

  • GloboPlay: Liberado por 30 dias para não assinantes.
  • Oi: Sinal aberto de diversos canais até o dia 28 de março para assinantes de todo o país. Incluindo canais como Nick, Nick Jr, E!, AXN, A&E, Lifetime, Cinemax, Sony, Telecine, Paramount.
  • Vivo: Canais liberados no Vivo Play, além de bônus de internet móvel por dois meses para clientes ativos de planos pós-pagos e controle, bem como na ativação e renovação da promoção Vivo Turbo no pré-pago.
  • Claro: Canais liberados de TV por assinatura e Wi-Fi público. Para ter acesso, basta assistir aos vídeos informativos do Ministério da Saúde sobre o Coronavírus.
  • Sky: Assinantes terão mais de 70 canais disponíveis por tempo indeterminado.
  • Spcine Play: Plataforma pública de streaming do Brasil. A curadoria exibe filmes das principais mostras e festivais de cinema de São Paulo, incluindo shows, espetáculos, palestras e performances. Conteúdo gratuito por 30 dias.

Para as crianças

  • Kinedu: App oferece mais de 1.800 atividades de desenvolvimento divertidas para crianças de 0 a 4 anos. O app está disponível para Android e iOS e o conteúdo está liberado até 15 de abril.

Cursos online gratuitos

  • Impacta TecnologiaO centro de ensino disponibilizou diversos cursos gratuitos, a lista vai desde os avançados como Big Data aos clássicos do dia a dia, em finanças, design, marketing e outros.  A experiência de aprendizado é similar a uma plataforma de streaming: a pessoa escolha o curso, a lista de favoritos, a certificação e outros detalhes em tempo real.
  • Harvard: 100 cursos online gratuitos em áreas como Arte e Design, Negócios e Gestão, Ciência da Computação, Governo, Leis e Política, entre outros.
  • Oxford University: Conteúdo gratuito de seus principais periódicos e recursos online para auxiliar pesquisadores, profissionais da medicina, gestores políticos e demais profissionais que trabalham na abordagem dessa emergência de saúde pública.
  • MIT:  Dentre os cursos gratuitos oferecidos pelo Massachusetts Institute of Technology (MIT) estão temas como Circuitos e eletrônica, Equações diferenciais, Arquitetura, Introdução a engenharia aerospacial, Introdução a aerodinâmica, Introdução a Ciência da Computação e Programação Usando Phyton, entre outros.
  • Notorium Play: Plataforma oferece cursos de direito gratuitos por 30 dias. Conteúdo inclui congressos online, aulas, documentários, mini cursos, entre outros.
  • Stoodi: Acesso gratuito às videoaulas e banco de exercícios durante 30 dias.
  • SENAI: O Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial liberou 12 cursos online gratuitos com certificado. Áreas de TI, Finanças, Empreendedorismo e outros.
  • Udemy: Plataforma liberou 40 cursos online gratuitos da área de programação e tecnologia.
  • FGV: Fundação Getúlio Vargas liberou 55 cursos online gratuitos e com certificado. Dentre as áreas estão: Direito, Administração, Marketing, RH e outros.
  • Olhar de Cinema+: Para profissionais de audiovisual. Vídeos de Insights, Cineclube e Transmissão ao vivo gratuitas. tecmundo

A melhor saída é se adaptar à nova realidade e aproveitar as oportunidades que surgirem, é uma ótima maneira de usar o seu tempo e adquirir mais conhecimento. Juliana Morales – Guia do Estudante

Harvard

A famosa Universidade Harvard, nos Estados Unidos, liberou mais de 100 cursos gratuitos (totalmente em inglês) em sua plataforma online para diversas áreas. Entre elas, estão: Artes e Design, Ciências Sociais, História e Ciência Ambiental. Os cursos podem ser acessados diretamente no site da universidade.

Udemy

A rede abriu mais de 400 cursos gratuitos para quem deseja aprender técnicas básicas de informática. De Excel a aulas mais complexas, como programação para crianças com ferramenta do MIT. Confira os cursos no site da Udemy.

Senai

O Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) está com 12 cursos online gratuitos com certificação. Os temas são: Consumo Consciente de Energia, Desenho Arquitetônico, Educação Ambiental, Empreendedorismo, Finanças Pessoais, Fundamentos de Logística, Logística de Programação, Propriedade Intelectual, Segurança do Trabalho, Metrologia, Noções Básicas de Mecânica Automotiva e Tecnologia da Informação e Comunicação. Todos os cursos dão certificado aos alunos. Mais informações no site.

USP

Na plataforma Coursera, é possível achar 17 cursos online disponibilizados pela Universidade de São Paulo (USP). Marketing, ciência da computação, design, biologia são algumas das áreas de estudo. Para acessar os links, basta ir ao site do Coursera e pesquisar por “Universidade de São Paulo”.

LinkedIn

O LinkedIn liberou gratuitamente o conteúdo chamado “Trabalho Remoto: Colaboração, foco e produtividade”. São mais de 10 tópicos de estudo com professores, escritores e especialistas de diversas áreas, somando mais de 10 horas de curso. Para acessar o conteúdo, basta ir ao site do LinkedIn e escolher o tópico que você quer estudar.

IFRS

O Instituto Federal do Rio Grande do Sul (IFRS) também disponibilizou diversos cursos online de diferentes áreas – a lista completa de opções está no site. Para escolher o curso e se inscrever, acesse o portal de cursos do IFRS.

Cursos de inglês

A Universidade Estadual Paulista (Unesp) oferece o curso de Escrita em Língua Inglesa através do Ensino a Distância, que pode ajudar na carreira do aluno. Conheça o curso clicando aqui.

A SEDA College, escola de idiomas localizada em Dublin, na Irlanda, também irá disponibilizar, gratuitamente, todo o conteúdo de sua plataforma de cursos, a SEDA College Online. São mais mais de 50 cursos em vídeo-aulas, ministrados por uma equipe de oito professores, e que atendem do nível básico ao avançado. Para acompanhar as aulas ao vivo, é preciso fazer uma inscrição até o dia 29 de março, pelo site.

Universalize-se: Universidades do mundoSilêncio, aulas?Memória aprimoradaLivro de JóGrafeno x tudoEu tenho DownEnem em Portugal?!?O ( Pi ) π e o ( Phi ) ΦUm mar de informações!!!Mapa mentalHumans

Flúor reduz o QI?

Descobriu-se que repetidas doses em quantidades muito pequenas de flúor afetam o cérebro, envenenando e narcotizando lentamente as pessoas e tornando-as submissas. Fuga da Caverna

A Universidade de Harvard publicou recentemente um meta-análise financiada pelos Institutos Nacionais de Saúde (NIH), e concluiu que as crianças que vivem em áreas com água altamente fluoretada têm valores de QI “significativamente inferioresdo que aqueles que vivem em áreas de flúor baixos.  – Verdade Mundial

7f549-capture_2014_10_20_08_50_49_255

Como considerar inteligente uma raça que destrói o ambiente do qual DEPENDE para sobreviver? Durante a Segunda Guerra Mundial o flúor foi testado pela primeira vez em humanos. Os cientistas nazistas de Hitler usavam altas dosagens nos Campos de concentração dos judeus para que os mesmos ficassem inertes a situação que estava ocorrendo ao redor.  A Luz é Invencível

fluor-tabela

The new paper, entitled “Association of lifetime exposure to fluoride and cognitive functions in Chinese children: A pilot study,” has been published online and in the January-February 2015 issue of Neurotoxicology and Teratology. Marge Dwyer – Harvard Chan

Efeitos relatados de flúor no cérebro incluem:

  • Redução de receptores de acetilcolina nicotínico
  • Danos no hipocampo
  • Formação de placas de beta-amilóide (a anormalidade cerebral clássica na doença de Alzheimer)
  • Exacerbação de lesões induzidas por deficiência de iodo
  • Danos às células de Purkinje
  • Redução do teor de lipídios
  • Sistemas de defesa antioxidantes comprometidas
  • Aumento da absorção de alumínio
  • A acumulação de flúor na glândula pineal

As concentrações séricas-flúor associados com o consumo elevado de água potável podem ser superiores a 1 mg / L, ou 50 Smol / L, portanto, mais de 1000 vezes os níveis de alguns outros neurotóxicos que causam danos no desenvolvimento neurológico.  – Verdade Mundial

O nível do flúor na água potável costuma ser de 1,5 ppm.Em um relatório da Universidade da Flórida é dito: “Uma solução de 0,45 ppm de fluoreto de sódio é suficiente para fazer com que as reações sensoriais e mentais fiquem mais lentas”. Fuga da Caverna

fluor

Blog Florais e Cia

“Fluoride seems to fit in with lead, mercury, and other poisons that cause chemical brain drain,” Grandjean says. “The effect of each toxicant may seem small, but the combined damage on a population scale can be serious, especially because the brain power of the next generation is crucial to all of us.”  Marge Dwyer – Harvard Chan

manjericc3a3osantotulsiremovetoxinasfluorfluoreto

Uma planta chamada Tulsi, ou Manjericão Santo (Ocimum tenuiflorum), que cresce por toda a Índia pode ser apenas outra resposta para retirar o flúor da água em países pobres em todo o mundo. Cientistas da Universidade de Rajasthan descobriram que o Tulsi pode substituir algumas das alternativas mais caras para a remoção de flúor.  Notícias Alternativas – Activist Post

“As agências de saúde parecem mais preocupadas em proteger os programas de fluoretação do que preservar o cérebro das crianças”. Paul Connett, Ph.D., diretor do Fluoride Action Network – BLOG SOS RIOS DO BRASIL

Mais de 95% dos cremes dentais agora contêm flúor. Uma única tira de pasta de dentes que cobre o comprimento da escova de uma criança contém entre 0,75 a 1,5 mg de fluoreto. Isso excede a quantidade de flúor na maioria das prescrições dos suplementos de flúor (0,25 a 1,0 mg). Notícias Alternativas – Fluoride Action Network

pineal

Gênesis 1

29 Então Deus disse: “Eu lhes dou toda planta que dá semente, que há sobre toda a terra, e toda árvore que tenha frutos com sementes. Elas servirão de alimento para vocês. 30 E dou toda a vegetação verde como alimento a todo animal selvagem da terra, a toda criatura voadora dos céus e a tudo o que se move sobre a terra e em que há vida.” E assim se deu. Estão te Envenenando!

Lily Tomlin

Lily Tomlin
“Entre as drogas que alteram o pensamento, a melhor é a verdade.”

Enxergue mais: CONTRA TODOS OS MALESNAARA BEAUTY DRINK!!!A ÚLTIMA SACANAGEM DO CRIADOR CONTRA NÓSEMVCOMENDO RECIFEABÓBORASFUKUSHIMA DAIICHIINSTANTLY AGELESS ™MANJERICÃOÍNDIO EDUCADECRETO FEDERAL ISENTAR A SAMARCO DE SUA RESPONSABILIDADEVIDACELL®UTILIDADES DA ASPIRINA PARA A SUA BELEZA.ENSAIO SOBRE A CEGUEIRA HÍDRICASISTEMA NACIONAL DE POLÍTICAS PÚBLICAS SOBRE DROGASUM MAR DE INFORMAÇÕES!!!RESERVE™PARABÉNS NESTLÉPORTAL DA TRANSPARÊNCIA

Experimento científico?

experimentocientifico
bancodesementedw
Agora, o Banco de Sementes Svalbard começa a tornar-se interessante. Mas fica ainda melhor. ‘O Projecto’ a que me referi é o projeto da Fundação Rockefeller e poderosos interesses financeiros desde a década de 1920 para utilizar a eugenia, mais tarde rebatizado de genética, para justificar a criação de um Mestre raça geneticamente modificadas. Hitler e os nazistas chamavam de Mestre Raça Ayran. Natural Cures Not Medicine

ArcadeNoemoderna
terminator

Veja também: A Revolta dos Macacos, Índice de Desenvolvimento Humano, Remédio caseiro para controle de pulgas, Universidade Aberta do Meio Ambiente e da Cultura de Paz – UMAPAZ, Piada sem sabor!, Individualidade fugaz, Memória dos Campos, Coreia do Norte, a paranoia, Sua cara, Manual de Apicultura em Pequena Escala, Ervas medicinais, Conheça 13 maneiras de reaproveitar sobras e cascas de frutas e vegetais, Comida de gente, Comida esperta, Manguetown

Universidades do mundo

Caltech – Oferece 3 disciplinas, entre elas Princípios de Economia Para Cientistas. (www.coursera.org)

Universidade Stanford – Presente em quatro plataformas, reúne seus 22 cursos em um site próprio. (www.online.stanford.edu/courses)

Universidade de Oxford – Tem cerca de 2.000 arquivos, entre áudios e vídeos, disponíveis no app da Apple. (iTunes U)

Universidade Harvard – Um curso de ciência da computação e outro sobre pesquisa em medicina. (www.edX.org)

Universidade Princeton – Oferece nove disciplinas completas, incluindo Introdução à Sociologia.

Universidade de Cambridge – Possui cerca de 50 palestras e seminários online, vários na área de direito. (iTunes U)

Imperial College – Oferece vídeos de sete carreiras, incluindo engenharia, matemática e administração. (iTunes U)

Universidade da Califórnia em Berkeley – Oferece quatro cursos online. Três na área de computação e um sobre robótica.

Universidade de Chicago – Oferece vários cursos nas áreas de humana. Destaque para filosofia e ciência política. (iTunes U)

Universidade de Hong Kong – Oferece a disciplina Uma Nova História para uma Nova China, em inglês.

Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) – um site de educação a distância aberto a todos. (tvled.egc.ufsc.br)

Universidade de São Paulo – O portal de vídeos da USP. (eaulas.usp.br)

Unesp Aberta – Possui vídeos on-line, materiais escritos e imagens de diversas disciplinas completas oferecidas pela universidade.

Veja também: Canal do Ensino, Flash na Biblioteca, Biblioteca Web, A importância do Doutorado, Museu Virtual, Neil Armstrong, Catraca Livre, Vida respeitável, Universidade Aberta do Meio Ambiente e da Cultura de Paz – UMAPAZ, Lixo! Eu?