Feng Shui

Resumidamente, que a energia vital, ou Chi como também é conhecida pelos orientais, se comporta dentro de uma casa. Essa energia criadora e impulsionadora da vida está presente em tudo o que existe no universo, desde o sol, a lua e os planetas até o nosso corpo, as plantas e os animais. decorfácil

Quando ela consegue fluir harmoniosamente tudo se equilibra. E dentro de uma casa não seria diferente. Ao se movimentar livremente pelos ambientes, o Chi é capaz de promover saúde, bem estar, equilíbrio, prosperidade e relacionamentos estáveis e felizes.

Mas como exatamente o Feng Shui funciona? Bem, para responder essa pergunta precisamos falar sobre o baguá. O baguá é uma placa em formato octogonal, onde cada lado expressa uma área da vida – Sucesso, Relacionamento, Criatividade, Amigos, Trabalho, Espiritualidade, Família e Prosperidade.

O Baguá é posicionado em cada cômodo da casa com o objetivo de determinar onde estão cada uma dessas áreas. Ao serem identificadas, o espaço é tratado e harmonizado a partir do reposicionamento, colocação ou retirada de objetos.

Para cada cômodo da casa existem conceitos específicos do Feng Shui que devem ser aplicados. Mas alguns outros são gerais e podem – e devem – ser usados na casa toda. Confira quais são logo abaixo:

  • Evite o acúmulo de objetos;
  • Deixe a luz e o ar entrar;
  • Jogue fora tudo o que está quebrado;

Uma arte milenar, o feng shui, corretamente utilizado, cria um ambiente positivo e energizado. Deve compreender os 5 elementos: terra, fogo, água, madeira e metal.

Cada um deles influencia uma área particular da vida. Curiosando

  • Metal: O metal é usado para representar a eficiência e clareza de espírito e propósito. O seu trabalho irá ter tanto, um efeito bem definido, como boa qualidade, quando o elemento metal está presente.
  • Água: A água flui livremente trazendo boa sorte em abundância. O elemento água acrescenta pureza, abundância de energia e uma sensação de frescura.
  • Terra: O elemento Terra traz uma sensação de estabilidade e segurança à casa e alimenta cada membro da família.
  • Madeira: Árvores. Elas fornecem o oxigênio para os seres vivos. O elemento madeira equivale à saúde do corpo. As curasque usam o feng shui, incluem o elemento madeira na sua composição. A prosperidade em casa também é regida pelo elemento madeira.
  • Fogo: O fogo inspira paixão que queima no interior profundo. O elemento fogo acrescenta uma quantidade elevada de energia, a qualquer coisa que faça, isso inclui o trabalho, atividades de lazer e até à vida sexual.

A sua vida costuma ser atribulada e estagnada? Comece a olhar para sua própria casa e faça pequenas mudanças para que a energia flua.

Boas energias para você!

Referência: www.decoracaointeriores.org

Feng Shuize-se: Global Citizen Festival, Buddhist Philosophy 8 – Zen: Bodhidharma, Huineng & Mazu, Joan e contos zen, ZEN BODI, 11 benefícios da semente de abóbora, 10 sites para aprender um pouco de tudo, Algumas dicas de jardinagem, Receita de Spa em casa

O caso do Cine Oberdan

Inaugurado em maio de 1929, o Cine Oberdan foi projetado para ser majestoso desde sua concepção, um prédio magnífico na rua Xavantes (trecho que posteriormente foi renomeado para Firmino Whitaker), no então efervescente bairro do Brás. São Paulo Antiga

Elegante e imponente, o Oberdan era um empreendimento da Sociedade Italiana Leale Oberdan quee posteriormente foi repassado para a Empresa Teatral Paulista. O Oberdan foi um cinema que impressionava pelo luxo em suas escadarias, na sala de exibição, no hall e principalmente em sua fachada.

Sempre que se pesquisa sobre a trágico acontecimento do Cine Oberdan, a razão do grito de fogo e o pânico que desencadeou-se em seguida sempre é atribuída à cena do filme onde há o choque de aviões no ar. Esta versão, no entanto, é equivocada. A polícia conseguiu apurar os fatos com rigor e descobriu que tudo começou devido a uma diarreia.

Um garoto estava passando muito mal e precisa ir urgente ao banheiro, mas o lanterninha não aparecia. Ele teria começado a ficar tenso porque no final da exibição todos vão ao banheiro e o mesmo fica com grande fila.

Cansado de esperar, ele decidiu aproveitar os minutos finais e se dirigiu até o sanitário, mas não chegou a tempo fazendo parte de suas necessidades pelo caminho. Ao chegar no banheiro, encontrou outra surpresa: as luzes estavam desligadas.

Foi ai que o garoto teve a ideia de pegar um fósforo e colocar fogo em um punhado de jornais para poder enxergar o que estava fazendo, deixando a porta do banheiro entreaberta para também pegar um pouco da luz da tela.

Foi neste momento que alguém viu as chamas pela porta do banheiro e gritou “fogo”. No banheiro, a perícia realmente encontrou os jornais queimados e a bermuda do menino que serviu para a conclusão do caso.

ober7

Uma cenário de correria e pânico tomava conta da enorme sala de cinema, que comportava 1.600 pessoas, mas apesar de ser gigantesca, por causa da falta de planejamento suas saídas não eram pensadas para situações desse tipo, as saídas rumo ao hall se davam por duas estreitas escadarias. Crianças desesperadas corriam para estas estreitas escadas, juntamente com adultos maiores e mais fortes. Nesta hora não existiu cavalheirismo e nem gentileza. O que ocorreu em poucos minutos foi um total massacre. O Arquivo

Após a tragédia, houve mudanças na lei que passou a ter condições de funcionamento priorizando a segurança de todos os cinemas. Onde travas passaram a ficar do lado de dentro, portas passaram a ficar abertas, iluminação nos corredores e áreas úteis em todas as salas de cinema, passou a ter também saídas de emergência. Sombrio e Sobrenatunal

Oberdanze: Extintor Cola, Mutant VW, Fahrenheit 451, Hein? hã?, Só Pra Variar, Fogo Sagrado

Boitatá

O “fogo que corre”, o boitatá, no folclore brasileiro, é uma grande cobra de fogo. Este bicho imaginário foi citado pela primeira vez em 1560, num texto do padre jesuíta José de Anchieta. Na língua indígena tupi, “mboi” significa cobra e “tata” fogo. SuaPesquisa.Com

A Boitatá é uma colossal cobra de fogo. O mito tem diversas representações por todo o Brasil e iremos apresentá-lo como a grande criatura nacional capaz de fazer frente até mesmo aos dragões de outras nações. Em sua história, a Boitatá tem a sua primeira aparição no grande dilúvio. Ramon Santos – Acentauric

“Há também outros (fantasmas), máxime nas praias, que vivem a maior parte do tempo junto ao mar e dos rios, e são chamados de Baetatá (Boitatá), que quer dizer “coisa de fogo”, que é o mesmo como se se dissesse “o que é todo fogo”. Não se vê outra coisa senão um facho cintilante correndo para ali; acomete rapidamente os índios e mata-os, como os curupiras: o que seja isso, ainda não se sabe com certeza.” – Joseph de Anchieta – Carta de São Vicente.

O fogo-fátuo (ignis fatuus em latim), também chamado de fogo tolo ou, no interior do Brasil, fogo corredor ou joão-galafoice, é uma luz azulada que pode ser avistada em cemitérios, pântanos, brejos, etc. É a inflamação espontânea do gás dos pântanos (metano), resultante da decomposição de seres vivos: plantas e animais típicos do ambiente. RobNunes

Enxergue mais: HUNGUHALLOWEEN SACI!LUMINESCE™ CELLULAR REJUVENATION SERUMHALLOWEEN SACI!SANTO PADRE JOSÉ DE ANCHIETAVIDACELL®CURUPIRANAARA BEAUTY DRINK!!!HINO NACIONAL EM DIALETO TICUNACOMENDO RECIFEJEUNESSE, VERDADE OU MENTIRA?10 MITOS QUE EXISTIRAM NO MUNDO REALEMVBONECOS FAMOSOS

Fumaça Louca

Fumaça Louca – Ventania

oh oh oh oh oh oh oh oh oh… oh oh oh oh oh oh oh oh ohhhh

Quantas noites sem durmir olhando da minha janela
Luzes da cidade viajo o pensamento
Madrugada adentro enquanto muitos dormem
Quando os loucos atearam fogo aceleraram a mente
Viajaram na fumaça louca
Que passando a todos foi de boca em boca
No silêncio sinto esta fumaça me lavar o rosto
Maquinar meu cérebro fazendo louco
Me indagando a noite pela lucidez
Como posso eu parar na noite pra dar mais um trago
Se eu vivo esta lucidez tão louco
Só por mais um pouco eu vou pirar de vez
São os olhos de um poeta louco que contempla a noite
Na palavra certa de um pensamento
Só por um momento de inspiraçao
Quantas noites sem durmir olhando da minha janela
Luzes da cidade viajo o pensamento
Madrugada a dentro enquanto muitos dormem

oh oh oh oh oh oh oh oh oh… oh oh oh oh oh oh oh oh ohhhh

Quantas noites sem durmir olhando da minha janela
Luzes da cidade viajo o pensamento
Madrugada adentro enquanto muitos dormem
Quando os loucos atearam fogo aceleraram a mente
Viajaram na fumaça louca
Que passando a todos foi de boca em boca
No silêncio sinto esta fumaça me lavar o rosto
Maquinar meu cerebro fazendo louco
Me indagando a noite pela lucidez
Como posso eu parar na noite pra dar mais um trago
Se eu vivo esta lucidez tão louco
Só por mais um pouco eu vou pirar de vez
São os olhos de um poeta louco que contempla a noite
Na palavra certa de um pensamaneto
Só por um momento de inspiraçao
Quantas noites sem durmir olhando da minha janela
Luzes da cidade viajo o pensamento
Madrugada adentro enquanto muitos dormem….

oh oh oh oh oh oh oh oh oh… oh oh oh oh oh oh oh oh ohhhh
ventania

Veja também: FHC = THC, Só Pra Variar, Doenças degenerativas, Banana, A importância do Doutorado, Repo man, O Livro de Eli, A indústria farmacêutica está fora de controle?, DIA DA ÁRVORE, Ruas de Belém, Eu sou o meu Deus., Me lave por favor!, O dízimo da educação!

Viabilidade???

Nos laboratórios da empresa Enerkem, a equipe descobriu que a nova tecnologia que utiliza os resíduos é mais viável que a produção de combustível convencional, gastando menos dinheiro e menos energia nos processos de elaboração. De acordo com o site Vida Más Verde, a produção já foi patenteada e não expõe a riscos de contaminação nem o meio ambiente, nem o pessoal envolvido nos processos. CicloVivo

Se depender de um ambicioso projeto da Nissan, os prédios comerciais do Japão vão começar a ser abastecidos com os carros elétricos durante os horários de pico de consumo, quando a tarifa é mais cara. Chamado de “Vehicle-to-Building”, o plano conecta os carros estacionados à fiação do prédio, e, após o fornecimento, os automóveis podem ser usados normalmente, uma vez que o sistema devolve a mesma eletricidade às baterias. Gabriel Felix

As calçadas dos estabelecimentos da cidade-luz estão prestes a receber toldos que utilizam os raios solares para gerar energia, a fim de aquecer os clientes no inverno. Reduzindo gastos e diminuindo os impactos no meio ambiente, estes equipamentos inovadores também são capazes de “sugar” a fumaça dos cigarros acesos nos fumódromos de bares, restaurantes e dos tradicionais cafés parisienses. CicloVivo

O inventor brasileiro Antonio Bossolan é o responsável pela criação da “Turbina eólica de eixo vertical”, que é capaz de aproveitar até dez vezes mais a energia dos ventos que passam por ela. A inspiração surgiu pela necessidade de tornar os sistemas eólicos mais eficientes. CicloVivo

O professor aposentado Michael Buck juntou diversos materiais reciclados para erguer sua própria casa, uma pequena toca segura e confortável na cidade de Oxfordshire, na Inglaterra. Na construção, o professor gastou apenas 150 libras (o equivalente a 575 reais), apostando seu tempo livre e sua criatividade para erguer a nova residência, localizada em meio a uma área verde do município britânico. CicloVivo
cabelopentearvore

Veja também: De onde você vem?, LEVITATION, Miniusina de energia, Casa da árvore, Todo Dia Era Dia de Índio, Processo licitatório?, Qual o volume ocupado por 1 trilhão de reais?, Planta autosuficiente, Instituto Pindorama, voluntariado., Tijolo, Cifras, Ana Primavesi, Engenheira agrônoma., Manual de agicultura urbana

Só Pra Variar

Só Pra Variar – Raul Seixas

Tem que acontecer alguma coisa, neném
Parado é que eu não posso ficar
Quero tocar fogo onde bombeiro não vem
Vou rasgar dinheiro, tacar fogo nele
Só pra variar

Antes d’eu me confessar pro padre, neném
Vou comer três quilos de cebola
Ver de perto o papa, ai, que luxo, meu bem
Vou rasgar dinheiro, tacar fogo nele
Só pra variar

Pena não ser burro
Não sofria tanto
Essa noite eu vou dormir
Botar as manguinhas de fora
Dizer que eu estou chegando
Botando pra quebrar

Vou jogar no lixo a dentadura, neném
Vou ficar banguelo numa boa
É que eu vou fundar mais um partido também
Vou rasgar dinheiro, tocar fogo nele
Só pra variar

Diz que o paraíso já tá cheio, neném
Vou levar um lero com o diabo
Antes que o inferno fique cheio também
Vou rasgar dinheiro, tocar fogo nele
Só pra variar

Vou rasgar dinheiro, tocar fogo nele
Só pra variar

Veja também: O de Otário, Coleira para crianças, absurdo?, Portal da Transparência, Ministério da Saúde, Carlos Marighella, Saramago, Santa Buceta, Brasil de bandidos, Inside Job, Catastrofe natural?, Justiça em trânsito, Xeque Monte

Incêndio, apenas 4° andar é salvo.

Em algum lugar neste país, um prédio de 4 andares foi totalmente destruído pelo fogo, um incêndio terrível. Todas as pessoas das 10 famílias de Sem-teto, que haviam invadido o 1º andar, faleceram no incêndio.

No 2º andar, todos os componentes das 12 famílias de retirantes, que viviam dos proventos da “Bolsa Família”, também não escaparam.

O 3º andar era ocupado por 4 famílias de ex-guerrilheiros, todos beneficiários de ações bem sucedidas contra o Governo, filiados a um Partido político influente, com altos cargos em estatais e empresas governamentais, que também faleceram.

No 4º andar viviam engenheiros, professores, empresários, bancários, vendedores, trabalhadores com suas famílias. Todos escaparam.

Imediatamente o “Presidente da Nação” e toda a sua assessoria mandou instalar um inquérito para que o “Chefe do Corpo de Bombeiros” explicasse a morte somente dos cumpanheiros e porque somente os moradores do 4º andar haviam escapado. Após uma extensa investigação, o Chefe dos Bombeiros respondeu:

– “Eles não estavam em casa. Estavam trabalhando ou na escola …”

Ademir P. Silva

Veja também: Ouro de tolo, Problemas sociais, Empoderamento dos recursos, Universidades do mundo, En+coleira+ar, Juan dos Mortos, O tempo chegará, Virtude, O Coxinha – uma análise sociológica, O mar de Aral virou areia., Economia de mercado