Motivos para aprender sobre fotografia

Fotografia é algo a se aprender, não adianta pegar o celular e tirar uma foto, fotografia vai muito além disso por que a câmera do celular seja boa. Um fotografo sabe o angulo perfeito, que tipo de pose combina com o modelo, edita, sente a foto, ele dar o seu melhor. Uma foto para ele não é apenas uma foto, é o resultado do seu trabalho depois de um tempo estudando e se aperfeiçoando. Dai VieiraCrescendo aos Poucos

Então sim, eu desisti.

Eu comprei uma outra câmera, até melhor que a anterior. Mas eu só a uso para fotografar o que eu quero. Como fotógrafo profissional, descobri que sou um fotógrafo de hobbie.

Isso não quer dizer que você também deva desistir, nem de longe. Talvez você quisesse ter a oportunidade que eu tive e desprezei. Se você desejar e estiver disposto a passar pelo lado ruim da fotografia profissional, siga em frente. Talvez para você nem mesmo seja o lado ruim! Mas se a fotografia se tornar algo degradável e você estiver quase perdendo o amor por ela, desista. Antes de ser uma profissão, a fotografia é uma arte. Não deixe de ser um artista. O Maravilhoso Mundo de Anderson

Enxergue mais: Fotos mostram os cenários de pinturas icônicas na vida real, Alguém resolveu provar que fotos do Instagram são todas iguais e é assustador, Fotografia e animais, O passado e o presente das cidades se encontram neste projeto fotográfico, Exposição fotográfica com síndrome de Down, Primeiras fotos eróticas coloridas da humanidade, 11 fotos de gatos que traduzem perfeitamente sua relação com dinheiro., Photoshop CC 2018 e Maquete Eletrônica 3Ds Max 2018 e Vray: Free

Editado via celular.

Índice de Desenvolvimento Humano

Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) é uma medida comparativa usada para classificar os países pelo seu grau de “desenvolvimento humano” e para ajudar a classificar os países como desenvolvidos, em desenvolvimento e subdesenvolvidos. A estatística é composta a partir de dados de expectativa de vida ao nascer, educação e PIB (PPC) per capita (como um indicador do padrão de vida) recolhidos a nível nacional.
O IDH surge no Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) e no Relatório de Desenvolvimento Humano (RDH), criados e lançados pelo economista paquistanês Mahbub ul Haq em 1990 com a colaboração de Paul Streeten, Frances Stewart, Gustav Ranis, Keith Griffin, Sudhir Anand, Meghnad Desai e Amartya Sen, teve como objetivo explícito:
“Desviar o foco do desenvolvimento da economia e da contabilidade de renda nacional para políticas centradas em pessoas.” Wikipédia, a enciclopédia livre.
O Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) é uma medida resumida do progresso a longo prazo em três dimensões básicas do desenvolvimento humano: renda, educação e saúde, apesar de ampliar a perspectiva sobre o desenvolvimento humano, não abrange nem esgota todos os aspectos de desenvolvimento, não é uma representação da “felicidade” das pessoas, nem indica “o melhor lugar no mundo para se viver”. Democracia, participação, equidade, sustentabilidade são outros dos muitos aspectos do desenvolvimento humano que não são contemplados no IDH. PNUD
idh_lute

Veja também: Fundação Instituto de Direitos Humanos, Super Trunfo, Instituto Alana, Santa Buceta, A tua mente, Inicie um abaixo-assinado, Saramago, Ficha Limpa!!!, PÁTRIA MADRASTA VIL, Universidade Aberta do Meio Ambiente e da Cultura de Paz – UMAPAZ