Ar condicionado caseiro

Aprenda a fazer um ar condicionado caseiro

Um aparelho de ar condicionado hoje custa uns R$ 800, sendo que se você deixar ligado o dia inteiro vai gastar mais uns R$ 300 de luz no fim do mês. Vale a pena?
Vamos lhe ensinar agora a quebrar um galho e fazer um ar condicionado caseiro. Você não vai gastar mais que R$ 50 e o resultado é BEM melhor do que um ventilador.
arcondicionadacaseiro

Vamos lá:
1. Compre um recipiente grande de plástico. Não pode ser muito grande, algo em torno de 10 litros está ótimo. Isopores também servem e são até melhores, mas tome cuidado ao fazer os recortes que iremos mostrar nas etapas seguintes.
2. Compre uma junção igual a essa, de PVC. O tamanho certo é o de 2,5 polegadas.
3. Compre um ventilador como esse. Ventiladores de mesa são muito grandes para esse propósito, você teria que fazer um corte muito grande e o ar frio se perderia. O ideal é um fan mesmo, daqueles de painel de carro por exemplo.
4. Faça os cortes como na figura. Utilize uma boca tesoura ou faca. Se errar no corte, compre uma silver tape e vede bem.
5. Antes de ligar, compre gelo e encha o recipiente.
6. Agora é só ligar o ventilador e ser feliz.

Lembrando que obviamente esse aparelho não vai conseguir resfriar sua casa inteira. Mas com certeza, se direcionado a você, vai revolucionar sua existência. MACACO VELHO

Veja também: Air Purifier Bike, Mousse de vinho, Hemp Car, A importância do Doutorado, O mar de Aral virou areia., Café com Dengue., Mata Atlântica, Sucos verdes, Blue Dragon (Dragão azul), Gengibre, Leite de aveia, Sorvete de cachaça, Conheça 13 maneiras de reaproveitar sobras e cascas de frutas e vegetais

Deixa eu Falar

Deixa eu Falar – Raimundos

Foi , foi , foi mal aí, véi!
Se eu falei um monte de coisa que você não gosta
Com o microfone eu tenho a faca e o queijo
Olho o jornal, eu ouço rádio, eu só ouço bosta
E na tv eu não gosto de nada que eu vejo

Uma camisa-de-força tamanho mirim
Vai ter que me explicar tintim por tintim
Por que a lei só se aplica a mim
Perigo pra sociedade é o que me dizem
E penso comigo mesmo: por que não eu
Pra cuspir o pensar e taxarem de crime?

“é inverno no inferno e nevam brasas
Por favor, escondam-se todos em suas casas
Pois o anjo caído voa com novas asas
Raimundos, Nativus, Black Alien
Quebrando a espinha de filhos da puta
Como num mergulho de águas rasas”

Liberdade de expressão!!!
Deixa eu falar, filha-da-puta!!!
Expressão!!

“a livre expressão é o que constrói uma nação
Independentemente da moeda e sua cotação”
Deixa eu falar, filha-da-puta!!!
Expressão!!

Preste atenção no que eu vou dizer
Consciência e rebeldia é o que eu preciso ter
Pois minha mente pede
Num hardcore ou reggae
A mensagem vem das ruas, não dá pra esconder
Eu tenho um segredo
Já não tenho medo
Viver não vale nada se eu não me expressar
Seja certo ou errado, de cara ou chapado
Quem é calango do cerrado nunca vai mudar

Não tem flagrante não, não tem flagrante não;
Já bolou, acendeu, virou fumaça, subiu pra cuca;
Fim do Silêncio não deixa goela;
Malandro que é malandro sempre segue o ritmo da favela.

Liberdade de expressão!!!
Deixa eu falar, filha-da-puta!!!
Expressão!!

Deixa eu falar, filha-da-puta!!!
Expressão!!

Liberdade de expressão!!!
Deixa eu falar, filha-da-puta!!!
Expressão!!

“a livre expressão é o que constrói uma nação
Independentemente da moeda e sua cotação”
Deixa eu falar, filha-da-puta!!!
Expressão!!

“de junho a junho eu nasço
Eu morro de março a março
Presencio cenas impossíveis de traduzir para o cinema
Não perco atuações e atos
Mesmo quando abaixo pra amarrar os cadarços
Espaço, espaço, eu preciso de espaço
Pra mostrar pra esses covardes seu crepúsculo de aço
Imperial, como Carlos, eu passo
Conexão nordestina
Até Niterói, morte e vida Severina
Passando por Brasília…
Reis…”

(caralho!!!)

Veja também: Carnaval é Perfeição!, FILHOS DA PROSTITUTA, Amor do pai, Deixa o menino brincar!, Blue Dragon (Dragão azul), Reputação ilibada e notável saber jurídico., Bode expiatório, Ruas de Belém