O caçador de nascentes

Ter um lago no quintal era o sonho de criança do administrador de empresas Adriano Oliveira Sampaio, 43 anos.

mapahidrodicosp

O lago da praça Homero Silva, na Pompeia, zona oeste da capital paulista, foi revitalizado pelo coletivo Ocupe & Abrace, bairro onde ele cresceu e morou grande parte da vida era praticamente a extensão de sua casa. R7

lagohomerosilva

O coletivo Ocupe & Abrace. Organizados, cobraram do poder público a limpeza e a manutenção dos 12.000 m² de extensão da área, que tem uma peculiaridade: concentra várias nascentes do Córrego Água Preta. R7

Caçadores de Nascentes. Grupo faz expedições na cidade de São Paulo em busca de fontes naturais de água que podem (ou não) aliviar a crise hídrica. Revista ÉPOCA

cacador_de_agua_adriano_sampaio_administrador_seca
O rio é aqui!!!

A história dos “Caçadores de Nascentes” é uma entre várias lendas urbanas que surgiram na difícil situação de estiagem em que se encontra São Paulo, como já vêm anunciando as notícias, as prateleiras de água vazia no mercado, e o alto preço do gelo. O primeiro sinal veio em 2004. Foi nesse ano que a Sabesp, empresa de abastecimento do Estado, renovou a autorização para administrar a água na cidade. Personagens da seca urbana. JOÃO LUIZ VIEIRA E JÚLIA KORTE, COM ALINE IMERCIO

rioseruas

Iniciativa Existe água em SP criada por Adriano Sampaio que localiza nascentes pela cidade, documenta em vídeos e publica em sua página no Facebook.

aguapreta

Sentada no banco de uma praça na Pompeia, zona oeste de São Paulo, dona Virgínia Telles recorda que anos atrás era o céu pretejar, carregado pelas nuvens de chuva, que a vizinha Ornélia saia para a rua, meio desvairada, e começava a catar tudo que encontrasse no chão.

aguapretapassa

O medo da moça era que o lixo entupisse os bueiros e a água tomasse todas as casas do entorno – do mesmo jeito que aconteceu quando, ainda nova, ela perdeu a tia em uma enchente. Há anos, dona Telles não sabe do paradeiro de Ornélia, mas com a lembrança quer mostrar que, naquele pedaço, chuva sempre foi sinônimo de alagamento.  El País

exsisteaguaemsp
EXISTE ÁGUA EM SP (Facebook) in: UM CANCERIANO SEM LAR.

Será que realmente a culpa é da natureza pela falta de água? Será que a forma como construímos nossa cidade não influencia nisso? A crise de abastecimento não pode ter sido causada pela maneira como o ser humano vem construindo seu espaço de vida? Ou será que basta torcermos para que chova mais e a crise se resolverá? Colégio Ofelia Fonseca/Estadão

Entrevista de Adriano Sampaio, criador do projeto Existe água em SP, onde fala sobre o descaso dos órgãos municipais e estaduais com os rios e córregos na cidade de São Paulo, acredita que há um grande potencial de utilização dessas águas para abastecimento, o que poderia ajudar a amenizar os efeitos da crise hídrica que atinge a metrópole. Namu Portal

Enchente chega de SURPRESA …

Enchente chega de SURPRESA no Rio… – BRASIL INFORMA

120

Tampa, Flórida, EUA (foto).

Trombas d’água são fenômenos meteorológicos belos. Uma das condições para a formação das trombas d’água é calor, se formam da mesma forma e em condições semelhantes aos tornados, mas sempre sobre ou perto de grandes volumes de água, como o oceano, os grandes rios amazônicos ou lagos, duram no máximo 20 minutos. A melhor maneira de evitar uma tromba d’água é se mover em uma direção a 90° do caminho aparente da tromba d’água. hypescience

Nem Sempre o Perfeito é Melhor – Enchente Relâmpago e Tromba D’aguaNatural & Radical

A Cabeça d’ água é uma chuva forte local que dura no máximo uma hora e causa o aumento do nível das águas no rio, normalmente ocorre nas regiões da Serra do Mar. Os primeiros sinais de uma tromba d’ água são a mudança da cor da água, ficando mais barrosa e suja e também a presença de galhos e folhas na água.  – Coco No Mato

Cabeça d’agua / Tromba d’agua em Araguari. Terror no paraíso. – MTB Araguari

As trombas d’água, intensas colunas em forma de vórtice que se formam ligando nuvens carregadas à superfície da água, geralmente do mar, conforme visto na imagem acima, apesar de serem espetaculares e lembrarem bastante os tornados, essas formações simplesmente deslizam sobre as águas e não “sugam” o líquido em direção ao céu.

27171800749263

Uma bela teoria da conspiração, uma nave alienígena esta surrupiando água do nosso planeta, pois a tromba d’água aparentemente não sair do lugar, existe um vídeo na internet que mostra um desses eventos meteorológicos que aconteceu no Mar Mediterrâneo, no litoral da Argélia. EQUIPE MEGACURIOSO

UFOs Sucking Up Water From Oceans Around The Globe! 1/23/17UFOs Sucking Up Water From Oceans Around The Globe! 1/23/17 – secureteam10

Observe mais: MARIANA OU PARIS? A DOR É A MESMA…PERTO DO FOGOLUMINESCE™COMO VOCÊ IMAGINA DEUS?MAKOTA VALDINARESERVE™CHICO MENDES, NAARA BEAUTY DRINK!!!AELITA ANDREYES OU SISTEMA DE MELHORAMENTO DA JUVENTUDEPRIMAVERAS REVOLUCIONÁRIAS, INSTANTLY AGELESS ™CHUVA DE METEOROS ETA AQUÁRIDASPOR QUE PINGA?VIDACELL®MALUCOS DE ESTRADA: A RECONFIGURAÇÃO DO MOVIMENTO HIPPIE NO BRASILHO’OPONOPONOEMVBIKE OR DIE!BAOBÁ

Alimento para os Inconformados

Canal Futura: Alimento para os Inconformados – Campanha Institucional 2015
Canal Futura

Ficha técnica
Título: Enchente
Duração: 30”
Direção: Alessandro Barbosa Cassulino.
Agencia: J WALTER THOMPSON PUBLICIDADE LTDA.
Produtora: Your Mamma Produção de Filmes LTDA.
Ano de produção: 2015.
Categoria: Educação
Licença padrão do YouTube

E se o cientista britânico Charles Darwin tivesse se conformado em seu emprego e desistido do sonho de viajar até as Ilhas Galápagos? E se o líder revolucionário Tiradentes tivesse abandonado suas ideologias devido à preocupação com as contas do mês? De forma bem-humorada, a nova campanha institucional do Futura, criada pela J.Walter Thompson, visa motivar as pessoas a superar os obstáculos cotidianos e a buscar mudanças em suas vidas.

Entenda mais:  COMO A SUÉCIA RECICLA 99% DO LIXO QUE PRODUZ?, DESINFETANTE ECOLÓGICOPARE E PENSEDO LIXO AO LUXO!TERRA SEM MALESCAMPANHA RECOLHE ÓLEO DE FRITURA PARA FABRICAÇÃO DE BIODIESELUNIVERSIDADE ABERTA DO MEIO AMBIENTE E DA CULTURA DE PAZ – UMAPAZ