A maconha como porta de entrada

Um dos argumentos, muito repetido nas mídias sociais, nas conversas do dia a dia e até mesmo por autoridades é a famosa frase: “A maconha é a porta de entrada para drogas mais pesadas”. Norberto Fischer


Postado por
Se alguém seguir a mesma lógica para verificar quantas pessoas haviam consumido, por exemplo, refrigerante em suas vidas antes de usar cocaína, possivelmente chegaríamos à conclusão de que a bebida doce a é porta de entrada, o que não faz nenhum sentido, assim como não faz no caso da maconha.

Anarquista

Nos últimos anos me deparei com três posicionamentos diferentes, os que defendem:

  • A completa proibição da maconha no Brasil, independente do uso, mesmo medicinal;
  • Regulamentação da planta, incluindo a descriminalização do uso recreativo;
  • Uso medicinal, mas o uso industrial e social deveriam ainda ser debatidos pela sociedade.

Hoje, por estar vivendo diariamente com a maconha medicinal no tratamento da Anny posso garantir que “a maconha é sim uma porta de ean Lefebvreentrada, mas para a qualidade de vida de muita gente, para uma vida em abundância e com saúde. Hemp Meds Brasil

“Um assunto tão delicado pede um amplo debate, consultando especialistas com posições diferenciadas. A questão da maconha medicinal, expressão bastante difundida na sociedade, não se mostra verdadeira, e os especialistas apontados por nós terão a capacidade de diferenciar o uso terapêutico do canabidiol, do uso indiscriminado e nocivo à saúde da maconha e suas 500 substâncias psicoativas”, pontuou Eduardo Girão no requerimento.

A proposta analisada na Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH) foi uma iniciativa da ONG Rede Brasileira de Redução de Danos e Direitos Humanos (Reduc). Os representantes da ONG informam que o texto baseia-se em legislações já em vigor nos estados norte-americanos da Califórnia, Nova York e Oregon, assim como no Uruguai. Também garantem que o texto obedece à Convenção Única sobre Entorpecentes (ratificada pelo Decreto 54.216, de 1964) e à Convenção sobre Substâncias Psicotrópicas (ratificada pelo Decreto 79.388, de 1977), tratados internacionais assinados pelo Brasil junto à Organização das Nações Unidas (ONU). senado notícias

A professora da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) Luciana Boiteaux chamou a atenção para as dificuldades em debater sobre acesso a medicamentos derivados da cannabis, saúde e usos de substâncias que deveriam estar dentro da liberdade individual. “O Brasil é um dos países mais proibicionistas do mundo e isso faz mal à saúde. O Brasil importa o modelo da política de cannabis medicinal dos Estados Unidos e lá essa política tem passado por mudanças significativas, então, qual a dificuldade que temos em trazer esse debate para o país?”, disse. Luciana afirmou que não é só reduzir danos e impedir retrocessos, mas tentar avanços e mostrar que a política de drogas não só inclui grupo de cultivadores, mães e universitários. “É um cenário que até na América Latina o Brasil está muito atrasado”, concluiu.

Gulnar Azevedo, presidente da Associação Brasileira de Saúde Coletiva (Abrasco), ressaltou a importância de trabalhar para manter os avanços já conquistados na saúde pública e a relevância do SUS para a população. Gulnar aprofundou o argumento da acessibilidade aos medicamentos e saúde básica citando o caso de populações em área remota e indígenas. “Às vezes a condição financeira para comprar medicamentos não é o único problema, mas, essas pessoas também não têm nenhum acesso à assistência médica, e isso é muito grave”, disse. A médica lembra que o acesso a saúde melhorou bastante nos últimos anos, mas que infelizmente esse tempo não foi suficiente para que houvesse uma diminuição na desigualdade existente no país. Gustavo Mendelsohn de Carvalho, Julia Dias e Matheus Cruz (Agência Fiocruz de Notícias)

Jean Lefebvre – Hempadão

A maconha, além de tudo, pode ser também a porta de saida para as drogas! Existem diversos relatos de pessoas que eram viciadas em crack, cocaína, cigarro e álcool, que conseguiram se livrar do seu vício com a ajuda da cannabis, e não se pode culpar um ser humano por experimentar algo diferente, a curiosidade e necessidade de alterar a consciência, para alguns, é muito grande. Jean Lefebvre
Poetize-se: Comidinhas de Maconha, Ervas medicinais, Avaliação química, E agora???, Quase imortal!!!, Manual de Apicultura em Pequena Escala, A VERDADE por trás da proibição da MACONHA, Desenho de criança, Estupidez, Doenças degenerativas, Polícia 24 horas, Manual dos remédios tradicionais Yanomami, Suco de limão e Bicarbonato,

A. A. ou Bêbado Conhecido?!!?

O álcool afeta o cérebro e o sistema nervoso central, sua química, alterando níveis de neurotransmissores, age como um depressor de muitas ações no Sistema Nervoso Central (SNC).

Se você está preocupado com um problema com a bebida, deseja aprender mais sobre Alcoólicos Anônimos ou quer encontrar A. A. perto de você, clique aqui: Junta de Serviços Gerais de A.A. do Brasil

O Álcool estimula diretamente a liberação de outros neurotransmissores como a serotonina e endorfinas que parecem contribuir para os sintomas de bem-estar presentes na intoxicação alcoólica.

A.A. PRÓXIMO DE VOCÊ

Pensem nisso… e… se for dirigir, não beba.

Se for beber, *lembre-se: existe H2O*!

Dependentes do álcool sentem necessidade de beber como as outras pessoas sentem necessidade de comer, fazer sexo, respirar e, uma vez que começam, dificilmente conseguem parar.

😔+🍺=😊

😊+🍺🍺=😄

😄+🍺🍺🍺=😁

😁+🍺🍺🍺🍺=😝

😝+🍺🍺🍺🍺🍺=😖

😖+🍺🍺🍺🍺🍺🍺=😭

😭+🍺🍺🍺🍺🍺🍺🍺=😷

A maioria das pessoas pode curtir um copo de vinho no jantar ou uma cerveja com os amigos. Mas, para outras, um copo torna-se dois, dois se tornam quatro e assim sucessivamente. Elas são simplesmente incapazes de parar de beber. Monicavoxblog – A Luz é Invencível

Mude conceitos, você pode e deve: ALZHEIMERBEBER MENOSDIA DO VOLUNTARIADOSUA CARACASAS DE MEDIAÇÃOVIRTUDEINEZITA BARROSOPOR QUE PINGA?PROJETO VIBRAR PARKINSONA MEDITAÇÃO E SEU CERÉBRO

 

É Assim Que Me Querem

Ira! – E Assim Que Me Querem (MTV Ao Vivo) – Deckdisc

Tom: G – cifraclub

(riff)

E |-----------------------------------------
B |-----------------------------------------
G |------------2/4-------------2--2b--0-----
D |-------0h2-------------0h2------------2--
A |--0h2-------------0h2--------------------
E |-----------------------------------------


G C G C G C

G
Estou sonhando de olhos abertos
C
Estou fugindo da realidade
G
Todas as cervejas já bebi
C
Todos os baseados já fumei
Em                    Bm
O que há de errado no mundo
                        Em
Meus olhos já não podem ver
                  C
Eu estou do jeito certo
                         D
Pra qualquer compromisso assumir
Em
É assim que me querem
Bm
Sem que possa pensar
C
Sem que possa lutar
D
Por um ideal
Em
É assim que me querem
Bm
Ao ver na TV todo o sangue jorrar
C
E ainda aprovar
D             G
A pena capital
C          G C
A pena capital

G
Estou sonhando de olhos abertos
C
Estou fugindo da realidade
G
Todas as cervejas já bebi
C
Todos os baseados já fumei
Em                    Bm
O que há de errado no mundo
                        Em
Meus olhos já não podem ver
                  C
Eu estou do jeito certo
                          D
Pra qualquer compromisso assumir
Em
É assim que me querem
Bm
Sem que possa pensar
C
Sem que possa lutar
D
Por um ideal
Em
É assim que me querem
Bm
Ao ver na TV todo o sangue jorrar
C
E ainda aprovar
D          G
A pena capital
C          G C
A pena capital



C              Em
É assim que me querem
C              Em       C  D
É assim que me querem   ô, ô

Intro: G C G C G C
Solo


Em
E me vendem essa droga
F#m
E me proíbem essa droga
G                                          A
Para os desavisados poderem pensar que o governo combate
Em
Invadindo a favela
F#m
Empunhando fuzis
G                                    A
Juntando dinheiro corrupto para a platina no nariz

Em
É assim que me querem
Bm
Sem que possa pensar
C
Sem que possa lutar
D
Por um ideal
Em
É assim que me querem
Bm
Ao ver na TV todo o sangue jorrar
C
E ainda aprovar
D          G
A pena capital
C           G C
A pena capital

C              Em
É assim que me querem
C              Em       C  D
É assim que me querem   ô, ô

Intro: G C G C G C
Solo:

Em                     Bm C D
É assim que me querem
Em                     Bm C D    3X
É assim que me querem
Em                    Bm C D
É assim que me querem


Eu Sei.

Intro: G C G C G C
Solo

IRA! A Volta! Tour Núcleo Base

Observe mais: CIDADES DEMOCRÁTICASLUMINESCE™POLICIAL DA FLÓRIDA MOSTRA COMO SE TRATA RECLAMAÇÃO DE QUE GAROTOS ESTÃO JOGANDO BASQUETE NA RUAYES OU SISTEMA DE MELHORAMENTO DA JUVENTUDEA RAINHA DE MAIONAARA BEAUTY DRINK!!!VAMOS VIRAR JAPONÊSEMVVIDA SIMPLESVIA LÁCTEA PELO NAVEGADORINSTANTLY AGELESS ™MEDICINA TRADICIONAL YANOMAMI ON-LINETHE JOLLY BOYSVIDACELL®AQUELA PAZ, CHEIRANDO COLARESERVE™BANDEIRANTES MODERNOSVIDA INTELIGENTE.LEI BRASILEIRA DE INCLUSÃO DAS PESSOAS COM DEFICIÊNCIA