DUBAI CRIA PRIMEIRA TEMPESTADE ARTIFICIAL

A cidade de Dubai inovou mais uma vez no uso da tecnologia. Nesta sexta-feira (23), a cidade iniciou uma série de tempestades de chuva artificiais que visam aliviar o calor que assola a região, cujos termômetros tem marcado mais de 50ºC. FERNANDA DE ANDRADE FANTINELvírgula

O que chama a atenção nesse caso é que o governo do país afirma que as chuvas foram criadas por drones especialmente elaborados para “semear” nuvens.  Eduardo SorrentinoOlhar Digital

A técnica da “semeadura de nuvens” foi criada em 1940 nos Estados Unidos por cientistas que usavam partículas — geralmente cloreto de sódio (sal) ou iodeto de prata — para obrigar a precipitação de chuvas em regiões específicas.

A chuva foi feita com o auxílio de diversos drones, que liberaram cargas elétricas variadas nas nuvens da cidade, o que fez com que elas se aglutinassem e formassem chuva. Essa foi a primeira vez que esse tipo de tecnologia foi usada de maneira bem sucedida.

O projeto foi feito em parceria com pesquisadores ingleses, que estudam a tecnica desde meados do século passado. “O que estamos tentando fazer é fazer com que as gotículas dentro das nuvens sejam grandes o suficiente para que, quando caem da nuvem, sobrevivam até a superfície”, explicou Keri Nicoll, meteorologista da Universidade de Reading.

A ideia é que esse pequeno pulso elétrico ajude no agrupamento de gotículas de água e outras partículas, que formam novas nuvens, essas maiores, que realmente têm chances de criar chuvas. Por estar localizado em uma zona desértica, Dubai normalmente vê apenas cerca de dez centímetros de chuva por ano.

Desde o começo deste ano, o Centro Nacional de Meteorologia (NCM) do país já induziu artificialmente a ocorrência de 126 chuvas em todo o território nacional. Jornal Ciência

De acordo com a revista Newsweek, os Emirados Árabes já investiram mais de 15 milhões de dólares desde 2017 para buscar uma solução para o calor intenso e a falta de umidade.

Dubai, que fica nos Emirados Árabes, faz parte de uma região desértica – como consequência, tem baixos índices pluviométricos. De acordo com autoridades da região, as tempestades que tem caído na cidade se assemelham as chuvas de monções que acontecem (naturalmente) na Índia.

A iniciativa serviu para diminuir os efeitos de uma forte onda de calor que tem atingido a cidade, que é uma das mais tecnológicas do mundo. Esse aumento repentino na temperatura é o mesmo que tem atingido países mais frios também localizados no hemisfério norte, como Canadá e Estados Unidos, que têm experimentado as temperaturas mais quentes dos últimos tempos.

Porém, apesar de representar uma esperança para locais como Dubai, o desenvolvimento de tecnologias capazes de alterar o clima em algumas áreas pode ser motivo de preocupação em outros locais. Segundo especialistas, equipamentos do tipo poderiam ser transformados em armas que “roubam” chuvas de um local e as levam para outro, provocando estiagens em países inimigos.

Chuze-se: Forte chuva causa estragos inimagináveis na Alemanha e Bélgica, Tempestade / Love Vigilantes, Nós, povos da Amazônia, estamos cheios de medo. Em breve vocês também terão., A Africa vai virar Mar, Concreto verde e parede viva

Society 5.0

A Sociedade 5.0 refere-se a uma nova sociedade criativa, aportada pela inovação e pela transformação digital, representando uma nova visão com o objetivo de resolver questões sociais, utilizando as evoluções tecnológicas. Esta sociedade sucede as passadas: a sociedade de caça (Sociedade 1.0), sociedade agrícola (Sociedade 2.0), sociedade industrial (Sociedade 3.0) e sociedade da informação e do conhecimento (Sociedade 4.0).

O termo “Society 5.0” surgiu no Japão em 2016, pelo Gabinete Japonês na 5th Science and Technology Basic Plan. Ela conecta todas as pessoas e coisas através da Internet das Coisas (IoT – Internet of Things), compartilha vários conhecimentos e informações e cria novo valor nunca antes existente. Além disto, traz uma nova perspectiva de vida humana, aprimorando a produtividade e a qualidade de vida, com desenvolvimento pautado por transformações acopladas pela inovação científica e tecnológica. Por meio da inteligência artificial (IA), as informações e conhecimentos necessários são fornecidos, e tecnologias como robôs, drones,  transportes públicos automatizados, criptomoedas, Blockchain, mobilidade e veículos autônomos, vencerão questões que hoje estão nos bloqueando.

Bem-vindos à Sociedade 5.0

A Sociedade 5.0 é realizada por um sistema que combina espaço cibernético (espaço virtual) e espaço físico (espaço real), potencialmente conectados. Uma enorme quantidade de dados dos sensores do espaço físico é acumulada no ciberespaço. No ambiente do ciberespaço, a IA analisa esses dados e os resultados são devolvidos aos seres humanos no espaço físico de várias maneiras.

O ambiente ao redor do Japão e do mundo está em um período de grandes mudanças. À medida que o desenvolvimento econômico avança, a vida das pessoas se torna mais conveniente e rica, cresce a demanda por energia e alimentos, e aumenta a expectativa de vida e o envelhecimento das pessoas. Além disso, a globalização da economia progride, a concorrência internacional se intensifica e também há aspectos como concentração de riqueza e desigualdade entre regiões. Percebe como as questões sociais estão se tornando mais complexas? Medidas como a promoção da industrialização sustentável, realocação de riqueza e correção de disparidades entre regiões estão se tornando imprescindíveis. No entanto, no atual sistema social, é difícil alcançar o desenvolvimento econômico e a resolução de questões sociais. Acordo Coletivo

5.0ze-se: Ka’apor buscam romper com o resto da sociedade, Aumento da Desigualdade ou Diminuição da Pobreza: o que mais importa para a sociedade?, Não sou de postar coisas religiosas, mas as vezes, esse tipo de coisa é que me deixa com muita raiva da sociedade!, Eu, Christiane F., 13 anos, drogada, prostituída, Ailton Krenak: próxima missão do capitalismo é se livrar de metade da população do planeta