A Educação Proibida

A Educação Proibida – Filme completo em HD (áudio Português)La Educación Prohibida

“La Educación Prohibida”, Premiere Mundial de 13 de agosto de 2012

“A Educação Proibida” (título origianal La Educación Prohibida) é um documentário de 2012 que discute a educação normatizada e os valores que sustentam o sistema de ensino tradicional.

A escola tem mais de 200 anos de existência e é considerada a principal forma de acesso à educação. Hoje em dia, a escola e a educação são conceitos amplamente discutidos em foros acadêmicos, políticas públicas, instituições educativas, meios de comunicação e espaços da sociedade civil. Desde sua origem, a instituição escolar tem estado caracterizada por estruturas e práticas que hoje são consideradas obsoletas e anacrônicas. Dizemos que não acompanham as necessidades do século XXI. Sua principal falência se encontra em um projeto que não considera a natureza da aprendizagem, a liberdade de compreender a importância do amor e dos vínculos humanos no desenvolvimento individual e coletivo. filmow

A Educação Proibida - Poster / Capa / Cartaz - Oficial 1

O filme é um projeto realizado por jovens alunos que passaram a questionar a maneira que as pessoas são preparadas para viver em um mundo “adulto”. Amanda Pupo – NCEP

Em uma pesquisa que cobre 8 países e com mais de 90 educadores entrevistados, A educação Proibida é eficiente ao passar um imenso panorama da atual situação do ensino a qual tem conservado comportamentos de competição, rivalidade e a super valorização do lucro.

Estruturado em cenas ficcionais e as entrevistas com educadores, o documentário desvenda as bases do nosso ensino “Prussiano”, originado do padrão militar de educação da Prússia, no século 18, que doutrina crianças e jovens a viver no sistema vigente, treinadas a “guerrear”.

Não há salvação para a humanidade se a educação continuar defendendo e reproduzindo antigos paradigmas como: taylorismobehaviorismopositivismo e militarismo.

Uma mudança profunda é necessária para tirar a escola do labirinto em que se encontra e colocar em prática uma educação holísticasistêmicalibertadora e promovedora do desenvolvimento humano integral. Carlos Alberto HarmittEducar Sistêmico

Educação Proibida questiona ponto a ponto o caráter desumano e desajustado da educação que se impõem sobre nossas crianças e jovens e aponta para novos paradigmas e posturas que podem gerar uma sociedade mais justa, solidaria e feliz.

Em A Educação Proibida você verá:

  • a história do modelo autoritário de escola;
  • as características perversas da escolarização (exclusão, uniformização, controle, disciplina, conteudismo fragmentado e vazio de significado);
  • a obsessão por resultados e qualificações em detrimento da jornada pessoa;
  • a patologização e exclusão das crianças e adolescentes desafeitos ao controle da escola;
  • a estrutura de poder centralizada e autocrática;
  • novos paradigmas de educação e modelos de escola que apontam para uma sociedade futura mais humana e cooperativa;
  • e dezenas de reflexões e citações de grandes pensadores da educação.

Se você acredita que a educação deve sofrer uma mudança profunda e gostaria de conhecer as novas idéias que vem sendo desenvolvidas sobre educação para o amor e paz, o documentário A Educação Proibida é a referência garantida.

A Educação Proibida

O documentário A Educação Proibida, do diretor argentino Germán Doin, é um excelente material para discutir a relação entre sociedade e escola no mundo contemporâneo. História e Imagem

O filme foi financiado coletivamente graças a centenas de co-produtores e tem licenças livres que permitem e incentivam sua cópia e reprodução, por isso não deixe de assistir. Equipa Casa Índigo

Eduze-se: Índio Educa, Elisa de Oliveira Flemer e o Homeschooling, KINH CHÚ ĐẠI BI, INGLÊS COM MÚSICA, Preconceitos, padrões, estigmas e outras anomalias, Thomas Malthus ou Thanos, SENAI: 20 cursos online sem processo seletivo , Waldschule für kränkliche Kinder, Saúde financeira: 5 dicas para equilibrar as finanças, Poupatempo Digital

Outro Olhar

OUTRO OLHAR. Renata Sette – vimeo

 A história da estudante gaúcha Renata Basso, que tem síndrome de Down e acaba de concluir o ensino médio, é o fio condutor de um retrato impressionante sobre a educação inclusiva no Brasil. VIDEOCAMP
O filme mostra que o esforço coletivo torna possível oferecer uma aprendizagem de qualidade a estudantes especiais. Tv Escola
 ‘Outro Olhar – Convivendo com a Diferença’ é um documentário que conta a história de um indivíduo para buscar o universal. O individuo, no caso, é Charbel Gabriel, um senhor de 60 anos que ainda trabalha, exercita-se, cuida-se, estuda, interage diariamente com a família e a comunidade e tem síndrome de Down. VIDEOCAMP

Seven Ages of Rock

Sete Eras Rock

Documentário de sete episódios que conta a história do Rock’n Roll explorando épocas e vertentes chaves da história da música: do estouro do electric blues britânico ao indie rock contemporâneo, passando pelo rock psicodélico do fim dos anos 60, a explosão do punk de 70 e a ascensão do grunge. As Aventuras de um Educador Chinês no Brasil

http://vimeo.com/22970324

hendrix1960

ganguedohipertexto

Veja também: Rape Me, Capa de disco com gatos., O brinquedo mais inútil do mundo, Saudação ao Sol, Falando sobre Pato Fu, Pin-up, Ouro de tolo, Symphony Of Destruction, Canceriano Sem Lar

Ilha das Flores

ilha_das_flores_01

Um ácido e divertido retrato da mecânica da sociedade de consumo. Acompanhando a trajetória de um simples tomate, desde a plantação até ser jogado fora, o curta escancara o processo de geração de riqueza e as desigualdades que surgem no meio do caminho.

Cartaz-Ilha-das-Flores

“Guerra é Paz; Liberdade é Escravidão; Ignorância é Força”. George Orwell

Veja também: Os cães, 1984!, Monte seu Fusca, Exu tranca-copa, Parabéns Néstle, Casa sustentável, Viabilidade???, Brasileiro Reclama De Quê?, Marx escreve uma carta de repúdio ao professor, Remédio que cura qualquer doença, Capa de disco com gatos.

Memória dos Campos

Em 1945, Alfred Hitchcock ficou em choque. O “mestre do suspense” ficou tão horrorizado ao ver as imagens da chegada das tropas aliadas aos campos de concentração, no fim da Segunda Guerra Mundial, que ficou uma semana sem conseguir voltar aos estúdios. Em seguida, empenhou-se na produção do filme, que editaria as imagens chocantes para mostrar aos alemães a dimensão dos horrores do Holocausto. Folha Social

Veja também: No gás, Mídia Ninja, Processo licitatório?, Mídia estão de luto, Atrás de mim!, Scoring drugs, Sua segurança?, Via Láctea pelo navegador, Terceira Onda, O mundo dos espertos, Brasileiro Reclama De Quê?, Homem e o diabo, Carta da Terra, Indivíduos perigosos, FORDISMO??, Vergonha alheia!!!, Individualidade fugaz, Cabo Jardim

Arte Fora do Museu

grafiteearte
Nós da iniciativa Arte Fora do Museu apresentamos este abaixo-assinado em apoio ao projeto de lei nº 840/2013, de autoria do vereador Nabil Bonduki, que garante perante a lei a legitimidade do trabalho artístico que vem sendo desenvolvido nas ruas da cidade.

Já existe uma lei federal que poderia ser levada em conta, mas não é sequer lembrada:

Art. 65 da Lei no 9.605, de 12 de fevereiro de 1998

Não constitui crime a prática de grafite realizada com o objetivo de valorizar o patrimônio público ou privado mediante manifestação artística, desde que consentida pelo proprietário e, quando couber, pelo locatário ou arrendatário do bem privado e, no caso de bem público, com a autorização do órgão competente e a observância das posturas municipais e das normas editadas pelos órgãos governamentais responsáveis pela preservação e conservação do patrimônio histórico e artístico nacional. (Incluído pela Lei nº 12.408, de 2011)

A lei é bem clara quando diz que não é crime quando o grafite realizado tem o objetivo de valorizar o patrimônio público. Exemplos desta forma de arte modificando para melhor a paisagem de São Paulo não faltam. Alguns viraram inclusive pontos turísticos, como o Buraco da Paulista e imenso painel da entrada da Avenida 23 de Maio. Este painel é tema do documentário Cidade Cinza, que retrata como obras de artistas renomados inclusive no exterior, como osgemeos e Nunca, são apagados sem critério por fiscais da prefeitura.

Veja também: 35 verdades ditas sobre o Brasil, pelos olhos de um Turista, Museu Virtual, Os cães, 1984!, Primo rico?, O que te importa?, Catador de ministros, Lixo ou resíduos?, Lixo! Eu?, Halloween Saci!