Porta dos Fundos em outros olhos!

Professores africanos reagindo ao grupo brasileiro PORTA DOS FUNDOSPereira Horácio Jr.

Gringos Reagem aos MELHORES VÍDEOS DO ‘PORTA DOS FUNDOS’Brian Roxbury

ESPANHÓIS REAGEM A PORTA DOS FUNDOS (COLONIZADO, QUEM MANDA, HABLAS ESPAÑOL)Brasiliando

Fundeze-se: Reacts: Portuguesa reage a PORTA DOS FUNDOS (Colonizado), MEDIDAS NULAS, COSChavo, DESCULPAS, CLICHÊS DA VIDA LOUCA, Dura, ESCOLHIDO FLAGRA MENSAGEIRO, QUE PRESENTES OLGA TROUXE DO BRASIL PARA OS RUSSOS

Javyju

O nome científico da arara-azul é Anodorhynchus hyacinthinus. Ma. Vanessa Sardinha dos Santos – BrasilEscola

A arara-azul, também chamada arara-azul-grande, é uma espécie de ave, encontrada no Brasil, que se caracteriza por ser a maior entre os psitacídeos (família Psittacidae), chegando a atingir mais de um metro de comprimento, medindo-se da ponta do bico à ponta da cauda. Essa espécie habita diferentes formações vegetais, sendo encontrada em formações savânicas e até em ambientes de floresta no BrasilParaguai Bolívia. As maiores populações dessa espécie de arara são encontradas no Pantanal.

Esses animais são aves sociais, sendo encontradas em pares ou grupos. Esses grupos podem ser encontrados em locais de alimentação e nos chamados dormitórios, que funcionam como áreas para o descanso desses animais. As araras-azuis apresentam alta capacidade de socialização entre os membros do grupo.

Uma característica interessante da arara-azul é que ela apresenta comportamento monogâmico, com formação de casais que permanecem unidos até mesmo fora da estação reprodutiva. Esses pares dividem tarefas entre si, como o cuidado com o filhote e com o ninho.

A arara-azul apresenta um bico bastante resistente, o qual a auxilia na sua alimentação. Esses animais alimentam-se, principalmente, de frutos de palmeiras, tais como buritilicuri macaúba.

A arara-azul (Anodorhynchus hyacinthinus) é uma espécie que está classificada como vulnerável na Lista Vermelha de Espécies Ameaçadas, da União Internacional para a Conservação da Natureza e dos Recursos Naturais (IUCN). As principais ameaças contra ela são a destruição de habitat e a captura para comércio ilegal.

Além da arara-azul-grande, temos como araras de coloração azul: a ararinha-azul (extinta), a arara-azul-de-lear e a arara-azul-pequena (extinta).

Atlaze-se: Observação de aves: torres abrigos e mobiliário de apoio, WikiAves, Ana Primavesi, Engenheira agrônoma., Jurassic Surviver, Ranking da poluição plástica nos oceanos

Os homens preferem a calma bruta da escravidão

“O grande inquisidor” é uma criação literária especialíssima de Dostoievski, inserida em “Os Irmãos Karamazov”. O genial escritor russo criou, dentro desta obra imortal, um capítulo especial sob o formato de uma lenda antiga, dedicado à denúncia da manipulação religiosa feita pela Igreja Católica durante a “Santa Inquisição”. Carlos Russo Jr.Espaço Literário Marcel Proust

A lenda é prometeica pois ao fincar os pés no passado, permitiu tanto ontem como hoje antever o futuro manipulável da sociedade de massas. A religiosidade utilitária aponta tanto para as recusas de liberdade real nas sociedades modernas e pós-modernas, quanto para formas tão somente exteriores das denominadas “democracias representativas”.

Ao mesmo tempo, este capítulo essencial de “Irmãos Karamazovi”, prenuncia profético os regimes totalitários do século XX e que ensaiam sua retomada no século XXI, como o controle do pensamento através de mentiras, do medo e de montagem de “histórias”. Antecipa também o prazer brutal imbecilizadas e dominadas das Danças de Nuremberg nazista, das massas ensandecidas na “Revolução Cultural” chinesa, assim como no Estádio de Moscou stalinista.

Nos dias de hoje segue sendo um sinal de alerta para as recusas de liberdade, para a invasão das privacidades, para as parvoíces hipócritas, para as mentiras, que “viralizadas” milhares e milhões de vezes, passam a ser são tidas como verdades.

Para o Inquisidor os homens conhecerão a felicidade somente quando um reino perfeitamente regulado for estabelecido sobre a terra, sob os auspícios dos milagres, da autoridade da Igreja e da “mano militari” e do pão.

Ao Inquisidor também se incorpora a ideia de um Falso Messias, um Anticristo, daquele que também viveu no deserto, alimentou-se de gafanhoto e mel e ofereceu a Cristo a tríplice tentação: os milagres, o pão e a autoridade, dos quais seriam decorrentes as Igrejas e o Estado.

Logo, as Igrejas punitivistas são as principais responsáveis por privarem os homens de sua liberdade essencial, interpondo entre Deus e a agonia da alma individual, a segurança da absolvição e dos mistérios dos rituais.

De um lado teremos o Inquisidor que era a seu modo autoritário um “progressista”, dado que tinha uma crença radical no progresso humano através de meios materiais, a qual aliava uma crença na razão pragmática.

De outro, um Cristo dostoiévskiano que não é um beato, um santo, mas humano, profundamente humano, parafraseando Nietzsche. Pois Dostoiévski, além do Inquisidor, também traçou o retrato de “seu Cristo” na lenda.

Os famintos, desiludidos, os desesperados “nos procurarão e depositarão sua liberdade a nossos pés dizendo: ‘reduzi-nos à escravidão, mas alimentai-nos’. Compreenderão que a liberdade e o pão da terra à vontade para cada um são irreconciliáveis, pois jamais saberão reparti-lo entre si. A impotência para a liberdade ocorre por serem fracos, depravados, nulos e revoltados. As multidões sendo fracas e, embora depravadas e revoltosas, tornar-se-ão dóceis.”

“Para dispor da liberdade dos homens é preciso dar-lhes paz de consciência… nisto Tu tinhas razão porque o segredo da existência humana consiste não somente em viver, mas ainda em encontrar um motivo pelo qual viver. Sem uma ideia nítida de sua finalidade, prefere o homem a ela renunciar e se destruirá embora cercado por montes de pão. Esqueceste-Te de que o homem prefere a paz e até mesmo a morte à liberdade de discernir o bem do mal? Não há nada de mais sedutor para o homem que o livre-arbítrio, mas também, nada de mais doloroso.”

Vida imbecil

Vida Imbecil – Pato Fu. Gol de Quem?

Terra boa que Deus deu nós
E nóis quer mudar o mundo
Esse mundo é tão perfeitim
Esse mundo é mesmo um amor

Eu levo uma vida imbecil
Zanzando atrás do que é bom
Calculo a carne comida
Controlo o que vai no meu pão
Peixinho que mora no mar
Só encontro quando vou pescar
Cê vê que imbecil

Esse mundo é tão perfeitim
Esse mundo é mesmo um amor
Que terra boa que Deus deu nóis
E nóis quer mudar o mundo

Quem crê diz que tudo consegue
E em tudo aquilo que cri
Eu cri até que desisti
Desisti porque não consegui
Cê vê que imbecil é a vida

Ok existe fome, violência,
Estupidez e hogerizas nucleares
Ma io, io che amo
Io che amo solo te
Amore escusame
Amore escusame

O VALIOSO TEMPO DOS MADUROS.

Este texto de Ricardo Gondim descreve muito bem sobre este maravilhoso tempo em que estamos vivendo na Longevidade. Traz uma boa reflexão. Contei meus anos e descobri que terei menos tempo para viver daqui para frente do que já vivi até agora. O Terceiro Ato

Sinto-me como aquele menino que ganhou uma bacia de jabuticabas. As primeiras, ele chupou displicente, mas percebendo que faltavam poucas, rói o caroço.

Já não tenho tempo para lidar com mediocridades.

Não quero estar em reuniões onde desfilam egos inflados.

Inquieto-me com invejosos tentando destruir quem eles admiram, cobiçando seus lugares, talentos e sorte.

Já não tenho tempo para projetos megalomaníacos.

Já não tenho tempo para conversas intermináveis para discutir assuntos inúteis sobre vidas alheias que nem fazem parte da minha.

Já não tenho tempo para administrar melindres de pessoas que, apesar da idade cronológica, são imaturas.

Detesto fazer acareação de desafetos que brigaram pelo majestoso cargo de secretário geral do coral ou semelhante bobagem, seja ela qual for.

Meu tempo tornou-se escasso para debater rótulos, quero a essência, minha alma tem pressa…

Sem muitas jabuticabas na bacia, quero viver ao lado de gente humana, muito humana; que sabe rir de seus tropeços, não se encanta com triunfos, não se considera eleita antes da hora, não foge de sua mortalidade, defende a dignidade dos marginalizados, e deseja tão somente andar ao lado de deus.

Caminhar perto de coisas e pessoas de verdade, desfrutar desse amor absolutamente sem fraudes, nunca será perda de tempo. O essencial faz a vida valer a pena. Basta o essencial!

Compartilhe isso:

Madure-ze: Jeunesse, Verdade Ou Mentira?, Análise m(m.n)spa day by homequem sou eu com #60+As Aventuras de Raul Seixas Na Cidade de ThorSubstituto de agrotóxico: eucaliptoBanana power verdeCom empreender10 utilidades do sal úteis no dia-a-dia

Obrigado Senhor, pela Montanha

A Montanha – Erasmo Carlos / Roberto Carlos. letras.mus

Eu vou seguir uma luz lá no alto

Eu vou ouvir uma voz que me chama

Eu vou subir a montanha e ficar
Bem mais perto de Deus e rezar

Eu vou gritar para o mundo me ouvir e acompanhar
Toda a minha escalada e ajudar
A mostrar como é
O meu grito de amor e de fé

Eu vou pedir que as estrelas não parem de brilhar
E as crianças não deixem de sorrir
E que os homens jamais
Se esqueçam de agradecer

Por isso eu digo
Obrigado, Senhor, por mais um dia
Obrigado, Senhor, que eu posso ver
Que seria de mim
Sem a fé que eu tenho em Você?

Por mais que eu sofra
Obrigado, Senhor, mesmo que eu chore
Obrigado, Senhor, por eu saber
Que tudo isso me mostra
O caminho que leva a Você

Mais uma vez
Obrigado, Senhor, por outro dia
Obrigado, Senhor, que o sol nasceu
Obrigado, Senhor
Agradeço, obrigado, Senhor

Por isso eu digo
Obrigado, Senhor, pelas estrelas
Obrigado, Senhor, pelo sorriso
Obrigado, Senhor
Agradeço, obrigado, Senhor

Mais uma vez
Obrigado, Senhor, por um novo dia
Obrigado, Senhor, pela esperança
Obrigado, Senhor
Agradeço, obrigado, Senhor

Por isso eu digo
Obrigado, Senhor, pelo sorriso
Obrigado, senhor, pelo perdão
Obrigado, Senhor
Agradeço, obrigado, Senhor

Mais uma vez
Obrigado, senhor, pela natureza
Obrigado, Senhor, por tudo isso
Obrigado, Senhor
Agradeço, obrigado, Senhor

Editado via celular

Ascese, de Nikos Kazantzákis

“Vimos o círculo superior das forças turbilhonantes. A esse círculo denominamos Deus. Podíamos dar qualquer outro nome que quiséssemos: Abismo, Mistério, Escuridão Absoluta, Luz Absoluta, Matéria, Espírito, Última Esperança, Última Desesperança, Silêncio.

Mas o denominamos Deus, porque apenas esse nome, por razões imemoriais, abala profundamente o nosso âmago. E esse abalo é indispensável para tocarmos corpo a corpo, além da razão, a terrível essência.” Plano Crítico

Mude conceitos, você pode e deve: Cospe logo!, Estrito cumprimento do dever, Não Foi Acidente, Comida de gente, Michael Moore, Eu sou o meu Deus., Não Foi Acidente, Ser ou não ser., Jesus Negão, Somos todos doadores, Santa Buceta, A verdade pode estar no ovo, A tua mente, Amor do pai

Álcool, drogas e Sacklers

https://g1.globo.com/bemestar/noticia/quem-e-a-familia-de-bilionarios-acusada-de-se-beneficiar-da-crise-de-drogas-nos-eua.ghtml

Tudo começa no final do século 19, quando Arthur, Mortimer e Raymon Sackler, três irmãos psiquiatras do Brooklyn, fundaram em Greenwich Village, em Nova York, uma pequena empresa de medicamentos.

Viram nela uma possibilidade de um negócio familiar e, em 1950, compraram, com os lucros, a Purdue Pharma, uma farmacêutica que, no início, gerava recursos com a venda de removedores de cera de ouvido, laxantes e o antisséptico de cor laranja iodopovidona, usado em cirurgias. 

Matéria no The New Yorker. Como a família dos Sacklers, conhecida por sua generosidade e filantropia, está por detrás de uma das maiores tragédias contemporâneas produzidas por drogas farmacêuticas: a epidemia dos opioides?

http://madinbrasil.org/2017/10/a-familia-que-construiu-um-imperio-de-dor/

Mude conceitos, você pode e deve:  MANUAL

 PLANTAS AMAZÔNICASLUMINESCE™

 Procon divulga listas de empresas?Princípio do ou nãoJuan dos MortosO Amaranto Inca Kiwicha invade plantações de soja transgênica da Monsanto nos Estados UnidosAgrotóxicos da mesa nossa de cada dia.Ervas medicinaisA indústria farmacêutica está fora de controle?Na trave!Água mata?

Editado via celular.

Mulheres ou Bruxas?

ESTUPRO – 

VAI FALTAR PEDRA

DIA DAS BRUXAS

MEMÓRIA

OS PRÓPRIOS DESEJOS

Observe mais: PRIMEIRAS FOTOS ERÓTICAS COLORIDAS DA HUMANIDADELUMINESCE™REVENGE PORN, NAARA BEAUTY DRINK!!!BURGER KING FAZ PIADA DE DIA DAS BRUXASDITADURA DA PROPAGANDA, INSTANTLY AGELESS ™KAY PIKE AND LIANNE MOSELEY, A PROVA DE TUDO!VIDACELL®BORBOLETASPROJETO DIVASRESERVE™JEREMIAS 5JEUNESSE, VERDADE OU MENTIRA?NISE – O CORAÇÃO DA LOUCURA

DEUSES e homens

BIG MAC

36344ca48475f863c1fe44d1c1cfab3f_xl

ODEIO ZEUS

ceec46ac75e6be7f73874fd5573b298d_xl

REGRAS DA BÍBLIA

00c636e00bee0ba03b364841363f738b_xl

A PROVA DO LIVRO

6a3568ec75354456ab1e6b6fc1540ba0_xl

Observe mais: SAUDOSA MALOCAYES OU SISTEMA DE MELHORAMENTO DA JUVENTUDECOMEÇOU O CARNAVAL!LUMINESCE™QUEM PAGA O CARNAVAL!RESERVE™CARNAVAL É PERFEIÇÃO!, NAARA BEAUTY DRINK!!!LIESAVOCÊ APRENDEU ERRADO NA ESCOLA, INSTANTLY AGELESS ™BRAZILIANIZE YOURSELF!E VOCÊ?VIDACELL®PÁTRIA MADRASTA VILSAMBANDO NO PRECIPÍCIOGRAFITE SÃO ARTES PÚBLICAS

A Morte Não É Nada

“Amados, agora somos filhos de Deus, e ele não aparece ainda o que havemos de ser, mas sabemos que, quando ele se manifestar, seremos semelhantes a Ele, porque O veremos como Ele é. E todo aquele que nele tem esta esperança purifica-se a ele, assim como Ele é puro “. – 1 João III.2, 3 Partida e Chegada
Achei que todos nós pairam relação entre duas formas de morte, Que Parecem estar em contradição sem esperança uns com os outros. Primeiro, há o recolhimento familiar e instintivo dele como a encarnação suprema e de catástrofe irrevogável …
Mas, então, há um outro aspecto totalmente que a morte pode usar para nós. É o que vem em primeiro lugar para nós, talvez, como nós olhamos para baixo em cima o rosto calmo, tão frio e branco, de alguém que foi muito próximo e querida para nós. Lá está ele na posse de seu próprio segredo. Ele sabe que todos. Parecem saber que sentimos. E o que o cara diz que em seu silêncio doce para nós como uma última mensagem de alguém a quem amamos é:

A morte não é nada – Santo AgostinhoEloiza Domingues

Death Is Nothing At All – Family Friend Poems

Death is nothing at all.
It does not count.
I have only slipped away into the next room.
Nothing has happened.

Everything remains exactly as it was.
I am I, and you are you,
and the old life that we lived so fondly together is untouched, unchanged.
Whatever we were to each other, that we are still.

Call me by the old familiar name.
Speak of me in the easy way which you always used.
Put no difference into your tone.
Wear no forced air of solemnity or sorrow.

Laugh as we always laughed at the little jokes that we enjoyed together.
Play, smile, think of me, pray for me.
Let my name be ever the household word that it always was.
Let it be spoken without an effort, without the ghost of a shadow upon it.

Life means all that it ever meant.
It is the same as it ever was.
There is absolute and unbroken continuity.
What is this death but a negligible accident?

Why should I be out of mind because I am out of sight?
I am but waiting for you, for an interval,
somewhere very near,
just round the corner.

All is well.
Nothing is hurt; nothing is lost.
One brief moment and all will be as it was before.
How we shall laugh at the trouble of parting when we meet again!

Aurélio Agostinho – Henry Scott Holland (1847-1918)

Nota: Tradução do sermão da missa de morte do rei Eduardo VII. Aurélio AgostinhoPensador

Sermão pregado na Catedral de St Paul’s, em Londres, no domingo 15 de maio de 1910, a passagem acima é de autoria controversa.

No Brasil, é comumente conhecida como “Oração de Santo Agostinho“, há versões semelhantes atribuídas ao pároco da Catedral de St. Paul e professor de Teologia da Univerdade de Oxford, na Inglaterra, Henry Scott Holland,   ao padre Giacomo Perico (Ranica, 1911 – Milão, 2000), e  à escritora de língua inglesa Rosamunde Pilcher, em trecho do livro “Setembro” (Bertrand Brasil, 16a. edição, Tradução de Angela do Nascimento Machado, pág. 450). Partida e Chegada

Observe mais: YES OU SISTEMA DE MELHORAMENTO DA JUVENTUDELUMINESCE™RESERVE™NAARA BEAUTY DRINK!!!JEUNESSE, VERDADE OU MENTIRA?INSTANTLY AGELESS ™VIDACELL®ADRIANE GALISTEUA RAINHA DE MAIOEMOCIONARIOSETEMBRO VERMELHO

Como você imagina Deus?

“Achismos” à parte, já dizia Woody Allen: “Se Deus existe, é bom que ele tenha uma boa desculpa.” DEUS – Porta dos Fundos

Milagres são acontecimentos extraordinários que não possuem explicação sob a luz da ciência. CURA – Porta dos Fundos

Não precisa ser uma Mãe Dináh, um Nostradamus ou um maia para saber do fim do mundo, mas, se acontecer, que pelo menos não tenha dia seguinte. DEPOIS DO FIM DO MUNDO – Porta dos Fundos

Observe mais: CAMARÁ BLUES – UM ENSAIO AUDIOVISUAL DANIEL CHOMALUMINESCE™ CELLULAR REJUVENATION SERUMSANDUÍCHES SEM PÃORECEITA CONTRA A DEPRESSÃONAARA BEAUTY DRINK!!!A RAINHA DE MAIOEMVBE MY EYES APPPESSOAS CRIATIVAS SÃO MAIS PROPENSAS À DEPRESSÃO E DEPENDÊNCIA QUÍMICAINSTANTLY AGELESS ™MEDICINA TRADICIONAL YANOMAMI ON-LINETHE JOLLY BOYSVIDACELL®PROJETO DIVASRELATOS SALVAJESRESERVE™A HISTÓRIA DO JARDINEIRO DE OXALÁLEONARD COENLEI BRASILEIRA DE INCLUSÃO DAS PESSOAS COM DEFICIÊNCIA