Árvore Nim

A árvore nim é uma planta comum em terras brasileiras, originária do sudoeste asiático e da Índia. Presente também em parques, ela pode ser a chave para a solução de um dos principais problemas de saúde pública brasileira, a proliferação do Aedes Aegypti, o mosquito vetor de doenças como a dengue, o zika virus e a chikungunya. Vivimetaliun

Para a mestranda em biologia Layse Reis, da Universidade Estadual de Feira de Santana, na Bahia, o óleo de nim, objeto de estudo da pesquisadora, se mostrou eficaz em matar as larvas do mosquito, que são muito resistentes à inseticidas normais.

O problema surgiu ao perceber que mesmo após a remoção de criadouros – locais com água parada -, os mosquitos ressurgiam e continuavam a proliferar-se. O óleo de nim impede o desenvolvimento das larvas em uma fase do ciclo de vida do mosquito que impede seu desenvolvimento para a vida adulta

Layse buscou métodos de fazer o concentrado em casa, a baixo custo, podendo dar aos habitantes uma maneira de combater as larvas do mosquito.

O inseticida é composto de uma mistura de sementes com água destilada. Para conseguir alcançar as sementes, é preciso manter os frutos da planta em uma estufa por 48 horas a 40ºC. Depois de separar as sementes, repetiu-se o processo, depois de trituradas, o material foi misturado com a água destilada. A eficiência do inseticida no experimento foi de 75%.

Entretanto, é necessário ter cuidado. O extrato de nim pode matar abelhas e contribuir para a extinção desses insetos que já estão sendo dizimados mundo afora. A recomendação é que esse novo inseticida seja usado em pequenos casos e não em grande escala.

A planta neem (ou nim), conhecida cientificamente como Azadirachta indica, é uma árvore do sudeste da Ásia e do subcontinente indiano. O neem é uma árvore de clima tropical, que pode ser cultivada em regiões quentes e solos bem drenados; ela é resistente à seca, tem crescimento rápido, copa densa e pode alcançar até 20 metros de altura. O neem tem capacidade para suportar condições extremas de calor e poluição da água, melhora a fertilidade do solo e reabilita terras degradadas. Além disso, essa árvore desempenha um papel importante no controle da erosão do solo, da salinização e prevenção contra os efeitos de inundações. eCycle
O Pacto Ambiental da Região dos Inhamuns (Parisc) se mobiliza contra a proliferação do plantio do nim (Azadirachta indica A. Juss) em municípios dessa região, em vista dos danos ambientais já verificados naquela região, agravando ainda mais a situação do processo de desertificação no Estado do Ceará. Diário do Nordeste
Para o botânico e engenheiro agrônomo Antônio Sérgio Farias, a preocupação do Pacto Ambiental é muito válida. Explica que, nos últimos dois anos, é que os efeitos da espécie estão sendo percebidos no Ceará.
“O plantio do nim é relativamente novo no Ceará, em torno de 10 anos, e quem plantou agora é que sente os efeitos”. Salienta o botânico que as pesquisas ainda são poucas para se saber exatamente os efeitos prejudiciais ao bioma. Porém, enfatiza o seu poder invasor e prejudicial ao ecossistema.
“Não é adequado para arborização e jamais para o reflorestamento, que tem que ser feito com plantas nativas”.
“O nim assim como outras espécies (algaroba, sempreverde, entre outras) estão em quantidade excessiva na caatinga e invadem o bioma, competem com as nossas espécies e ganham. Propagam-se rápido e tem fácil poder de adaptação. Já podemos afirmar que o bioma caatinga está descaracterizado, especialmente no que se refere à flora”, alerta Eveline Lanzillotti, bióloga que realizou pesquisas acerca da invasão de plantas exóticas quando atuava como professora da Universidade Estadual do Ceará (Uece) na região dos Inhamuns, também chancela o documento do Pacto.

Um sonho

Meu nome é Botina

Enxergue mais: LICITAÇÃO SUSTENTÁVEL, VOTO ABERTO, Jeunesse, Verdade Ou Mentira?, Empoderamento dos recursos, MORADORES: 5 MIL REAIS X PREFEITURA RJ: 270 MIL, INSTANTLY AGELESS ™, Plano Municipal de Educação em Direitos Humanos, DECLARAÇÃO IRPF 2012, RECEITA PARA CONSTRUIR SUA CASA COM SUAS PRÓPRIAS MÃOS, VIDACELL®, A ILHA DE LIXO, Brasileiro Reclama De Quê?, GOVERNO ABERTO, Não Foi Acidente, 10 MEDIDAS CONTRA A CORRUPÇÃO, RESERVE™, COMO A SUÉCIA RECICLA 99% DO LIXO QUE PRODUZ?, 7 APPLICATIVOS PARA CICLISTAS

Editado via celular.

Um Caranguejo Elétrico

Marília Gabriela entrevista Chico Science – Acervo Chico Science

No início do ano de 1991, Chico Science entrou em contato com o Lamento Negro, um bloco afro que trabalhava com educação popular no centro comunitário Daruê Malungo, periferia do Recife. O vigor da percussão chamou a atenção do cantor, que começou a trilhar rumo distinto, misturando num mesmo balaio black music e música de raiz, como maracatu e coco de roda – eis aqui o embrião do que se batizou manguebit. leofotoarte

Chico Science & Nação Zumbi – Programa Livre – 1993Acervo Chico Science & Nação Zumbi

Um dos grupos mais importantes do país, Da Lama ao Caos, álbum de estreia de Chico Science & Nação Zumbi saiu em abril de 1994. O trabalho foi um marco que desestabilizou o eixo da produção musical no Brasil, era o expressar sonoro dos caranguejos com cérebro, da parabólica na lama, e do manguebeat. José Julio do Espirito Santo

Filme Chico Science – Um Caranguejo Elétrico ( Documentário Completo )

As antenas de Chico deixaram de captar os sinais afrociberdélicos que só ele era capaz de receber e decifrar como ninguém, suas letras cheias de rimas inteligentes, falando de um nordeste legendário e, mais ainda, do quão louca a cidade de Recife podia ser. Chico Science e Nação Zumbi falavam de mangue beat e de sua proposta cheia de parabólicas que miravam o infinito. Foi um grande salto do rock brasileiro, num diálogo constante com o samba, o maracatu e a música eletrônica. Renato Alessandro dos Santos – tertúlia

Chico Science & Nação Zumbi [feat. Gilberto Gil] Central Park SummerStage – NY – 1994

Mangroove! – Nessa palavra Chico expressa, pela primeira vez, um grande detalhe do manguebeat: em inglês, “man” significa “homem”, e “groove”, como uma gíria, significa “ritmo”, enquanto “mangrove” é o nome que se dá as árvores típicas do mangue em inglês. Então, essa simples palavra “mangroove” conceitua tudo que o movimento mangue representa, sendo o indivíduo o “homem com ritmo”, e o seu meio sendo o “manguezal”. Victor Mauricio Borba – Multiatômico

Criada em Olinda, no início do anos 1990, de uma união dos grupos Lamento Negro e Loustal, passou a se chamar Chico Science & Nação Zumbi. Ao lado da Mundo Livre S/A, criou o Movimento Manguebeat, a banda perdeu Chico Science, vocalista e principal compositor, num acidente de trânsito, em 1997, a banda voltou aos palcos como Nação Zumbi, com Jorge Du Peixe nos vocais principais e com a mesma formação instrumental, os músicos da banda desenvolvem projetos musicais paralelos como Maquinado, Combo X, Afrobombas, Los Sebosos Postizos e 3 na Massa. Sons de Pernambuco

A ideia era viver do mangue. Mas o que era o mangue? Chico dizia que “Recife foi construída dentro de um mangue, a gente vive do mangue desde que éramos crianças”. No caso, a ideia de mangue era ser um movimento para fincar espaço, divulgar ideias e mostrar senso de coletividade de pessoas. Music on the Run

Observe mais: MONÓLOGO AO PÉ DO OUVIDO / BANDITISMO POR UMA QUESTÃO DE CLASSECHICO MENDESCHICO XAVIERNAARA BEAUTY DRINK!!!CLARICE LISPECTOR DO SAMBA, CLARA NUNES.MANTRALUMINESCE™CAMARÃO QUE DORME A ONDA LEVADE TODOS OS LOUCOS DO MUNDOINSTANTLY AGELESS ™INEZITA BARROSOÍNDIO EDUCAVIDACELL®SAUDOSA MALOCAHO’OPONOPONOMANGUETOWNRESERVE™DEUS E O DIABO NA TERRA DO SOLEMVA CIDADE

Isso é normal?

ceara4

Você entraria num avião pilotado por uma mulher que já abortou? Se o aborto for legalizado, isso será normal. WandNews

gentediferenciada

parque-augusta

pqAugustaAberto

Veja também: Makota Valdina, Ana Primavesi, Engenheira agrônoma., Relatório Figueiredo, Scoring drugs, Violentamente pacífico, Ditadura da propaganda, A culpa é sua!, Candelária, COISAS QUE NINGUÉM DIZ PARA UMA MENINA GORDINHA, I Have a Dream, Robin Hulk, Jesus Negão, Na trave!, O Coxinha – uma análise sociológica, A verdade pode estar no ovo, En+coleira+ar

Café com Dengue.

Café no combate à dengue.

A bióloga Alessandra Laranja, do Instituto de Biociências da UNESP, durante a pesquisa de mestrado, descobriu que a borra de café produz um efeito que bloqueia a postura e desenvolvimento do AEDES AEGYPTI (DENGUE).

O mosquito pode ser combatido colocando-se borra de café nos pratinhos de coleta de água dos vasos, nos pratos dos xaxins, dentro das folhas das bromélias… e o café que é produzido todos os dias, em praticamente todas as casas, o custo é Zero. O único trabalho é o de colocá-la nas plantas, e jogá-la sobre o solo do jardim e quintal.

Os especialistas em saúde pública, entre elas médicos sanitaristas estão saudando a descoberta de Alessandra, uma vez que, além da ameaça da dengue tipo 3, possível de acontecer devido às fortes tempestades de final de ano, ainda surge outra ameaça proveniente do exterior: a dengue tipo 4.

Conforme explica a bióloga, 500 microgramas de cafeína por mililitro de água bloqueia o desenvolvimento da larva no segundo, de seus quatro estágios e reduz o tempo de vida dos mosquitos adultos. Em seu estudo ela demonstrou que a cafeína da borra de café altera as enzimas ESTERASES responsáveis por processos fisiológicos fundamentais com o metabolismo hormonal.

A solução com cafeína pode ser feita com 2 colheres de sopa de borra de café para cada meio copo de água o que facilitaria o uso pela população de baixa renda e pode ser aplicada em pratos. O mosquito se desenvolve até mesmo na película fina de água que às vezes se forma sobre a terra endurecida dos prédios e hortas, e de outros recipientes com água parada (pneus, latas, caixas d’água etc.)

“A borra não precisa ser diluída em água para ser usada” – diz a bióloga.”

Pode ser colocada diretamente nos recipientes, já que a água que escorre depois de regar as plantas, dilui as borras . Ela sugere, enfim, que a borra de café passe a ser usada, também como um adubo ecologicamente correto. Atualmente, o método usado no combate à dengue é altamente tóxico para homens, animais e plantas.


Veja também: Floreira, Remédio caseiro para controle de pulgas, Veneno ecológico para matar ratos., Higienização de Caixa de Água, Desinfetante ecológico., Alzheimer, Contra todos os males