Engenharia do Consentimento

Bernays acreditava poder convencer as massas a abandonarem sua agressividade primaria e perseguirem um fim socialmente desejável, em um governo sintonizado com suas necessidades de consumo e de felicidade. Livrando as pessoas das frustrações diárias e controlando o desejo irracional por meio da “engenharia do consentimento”, os políticos e empresários eliminariam ao maximo as perturbações sociais, soterrando-as sob um constante bem-estar e prazer. Ele definiu esse modelo da sociedade como Democracity, a cidade verdadeiramente democrática, uma utopia da liberdade e do capitalismo. Daniel C. Ávila – Instituto de Psicologia da USP

A Democracity foi apresentada ao publico na Feira Mundial de Nova York em 1939, na forma de um imenso edifício de forma esférica, na qual era exibida uma maquete futurista da sociedade norte-americana, elaborada pela General Motors. O evento foi um sucesso de publico, atraindo mais de 44 milhões de pessoas. Quantum Generation

Uma citação de Edward Bernays no seu livro “Propaganda”:

“A consciente e inteligente manipulação dos hábitos organizados e opiniões das massas é um importante elemento na sociedade democrática. Aqueles que manipulam este despercebido mecanismo da sociedade constituem um governo invisível que é o verdadeiro poder regulador de nosso país… Nós somos governados, nossas mentes são moldadas, nossos gostos formados, nossas idéias sugestionadas, largamente por homens de quem nunca ouvimos falar. Isto é um resultado lógico do caminho em que nossa sociedade democrática é organizada. Vasto número de seres humanos devem cooperar desta maneira se eles tem que viver juntos como uma sociedade que funciona sem dificuldades… Em quase todo ato de nossas vidas diárias, tanto na esfera da política ou dos negócios, em nossa conduta social ou em nosso pensamento ético, nós somos dominados por um número relativamente pequeno de pessoas…que entendem o padrão de processo mental e social das massas. São eles que puxam os fios que controlam a mente do público.”

Os princípios de influencia e manipulação criados por Edward Bernays, aplicados amplamente pelas corporações ao longo da segunda metade do século XX, fizeram com que elas passassem a ter uma influencia muito forte nos governos de diversos países.
Veja também: Só um minuto!, O que, de quem?, Frase do Dia: Rui Barbosa e a Honestidade, Robin Hulk, Bode expiatório, No Capão Redondo, ninguém sonha em ser médico, Mídia estão de luto, Empoderamento dos recursos, Fair Play, Umbrella Corporation, A culpa é de quem!, Inicie um abaixo-assinado, Carta de um policial nos protestos de São Paulo, De quem é o poder?

Edited by cell

Naomi Klein e a “doutrina do choque”

Vídeo de Naomi Klein, estudiosa da tática militar conhecida como “doutrina do choque”.

O governo deve fazer tudo de ruim e brutal imediatamente para que não haja tempo das pessoas perceberem o que está acontecendo, a cada hora do dia teremos uma novidade, um anúncio, algo “chocante”, semelhantes a bombardeios em locais civis, sem que haja tempo sequer de compreender o impacto ou o sentido da medida. Quando se estiver chorando por algo, as lágrimas nem terão secado e já haverá outro motivo para chorar. O choro, os “textões” indignados pelo fim dos ministérios, as lamentações e as reclamações já estão na conta deles e serão tratados como ações inimigas. Assim, quando as pessoas estiverem bem amortecidas com o grau de devastação, medidas mais “leves”, mas que seriam absurdas em tempos normais, serão aceitas ou até comemoradas como sinal de “moderação” e de “disposição para o diálogo”.

É preciso manter a frieza o quanto possível para entender a forma desse processo, não entrar em desespero e, principalmente, saber que há muito jogo pela frente.

Mude conceitos, você pode e deve: VOTO ABERTO, Empoderamento dos recursos, O analfabeto político, Política, sempre ela.;Carnaval é Perfeição!, INSTANTLY AGELESS ™, Sua segurança?, Inside Job;DECLARAÇÃO IRPF 2012,VIDACELL®, Brasileiro Reclama De Quê?,FILHOS DA PROSTITUTA, Não Foi Acidente,UM MAR DE INFORMAÇÕES!!!,RESERVE™

Editado via celular

Symphony Of Destruction

Symphony Of Destruction – Megadeth

You take a mortal man,
And put him in control
Watch him become a god,
Watch peoples heads a’roll
A’roll…

(Chorus)
Just like the Pied Piper
Led rats through the streets
Dance like marionettes,
Swaying to the Symphony…
Of Destruction

Acting like a robot,
Its metal brain corrodes
You try to take its pulse,
Before the head explodes
Explodes…

(Chorus)
Just like the Pied Piper
Led rats through the streets
Dance like marionettes,
Swaying to the Symphony…

Just like the Pied Piper
Led rats through the streets
Dance like marionettes,
Swaying to the Symphony…
Swaying to the Symphony…
Of Destruction

Solo – Marty

The earth starts to rumble
World powers fall
A’warring for the heavens,
A peaceful man stands tall
Tall…

(Chorus)
Just like the Pied Piper
Led rats through the streets
Dance like marionettes,
Swaying to the Symphony…
Swaying to the Symphony…
Of Destruction

Veja também: 2014, Ano do Pão e Circo, Pai (de quem) trocinio!, Qual o volume ocupado por 1 trilhão de reais?, Índice de Desenvolvimento Humano, Somos todos doadores, Primo rico?, Como a indústria do fumo enganou as pessoas?, Conhecimento Ancestral, Coletores de sementes, A chegada de Lampião no Inferno, Indivíduos perigosos, Robin Hulk, V de Vingança, Inicie um abaixo-assinado, Marx escreve uma carta de repúdio ao professor

Mídia Ninja

ninja2-292x280Mídia NINJA (Narrativas Independentes, Jornalismo e Ação), é um coletivo de mídia formado em 2011, conhecida pelo ativismo sociopolítico, declarando ser uma alternativa à imprensa tradicional. As transmissões são em streaming em tempo real, pela internet, usando câmeras de celulares e uma unidade móvel montada em um carrinho de supermercado, com a estrutura descentralizada e uso das redes sociais, especialmente o Facebook, na divulgação de notícias. Wikipédia, a enciclopédia livre.

Veja também: A onda, Medo?, Pai (de quem) trocinio!, Globo terrestre virtual, Princípio do ou nãoPor que estamos nas ruas, V de Vingança, Água mata?, Arena, Portal da Transparência, Território, Carta de um policial nos protestos de São Paulo, Inicie um abaixo-assinado, Quem é o povo?