Como exercitar o cérebro no dia a dia

Você já sabe que praticar atividades físicas é importante para manter uma boa saúde, mas e o cérebro? Este órgão também pode ser exercitado para melhorar seu desempenho e o melhor: você pode fazer isso em casa, no seu dia-a-dia com atividades chamadas de neuróbicas.

Quando acostumamos a fazer as mesmas atividades com frequência, é comum ligarmos o modo piloto automático, pois já temos domínio sobre as nossas ações. Assim, o nosso cérebro entra na zona de conforto e pode dar margem para algumas reações, como falhas de memória, raciocínio lento, problemas de concentração…

A proposta das neuróbicas – que funcionam como a aeróbica dos neurônios – é justamente tirar o cérebro da sua zona de conforto e potencializar as suas habilidades cognitivas.

A prática da neuróbica envolve desde exercícios simples – que podem ser feitos no dia a dia – até desafios mais complexos,  que proporcionam situações improváveis e podem ser feitos por pessoas de todas as idades.

“As neuróbicas estimulam padrões de atividade neurais que criam conexões entre as diferentes áreas do cérebro e fazem com que as células nervosas produzam nutrientes naturais do cérebro”, explica Solange Jacob, diretora pedagógica nacional do Método SUPERA, rede de escolas dedicadas ao desenvolvimento do cérebro no Brasil.

Para que uma atividade seja considerada “neuróbica”, é preciso desenvolver um ou mais dos nossos cinco sentidos em um novo contexto e/ou transformar uma atividade rotineira em algo inesperado e não-usual.

Como incorporar a neuróbica na rotina diária

Nós podemos praticar exercícios para o cérebro em qualquer lugar: seja em casa, no trabalho, na escola ou nos momentos de lazer.  Fazer atividades de maneira inusitada é uma nova técnica para melhorar a concentração, treinar a criatividade e inteligência.

Tente fazer um teste fazendo alguns exercícios no seu dia-a-dia. Sugerimos aqui 20 ações diferentes que podem ser feitas em casa e podem proporcionar momentos descontraídos com a família e amigos:

01 – Use o relógio de pulso no braço direito (ou no braço esquerdo, se for canhoto);

02 – Escove os dentes ou escreva em uma folha de papel com a mão contrária da de costume

03 – Ande pela casa de trás para frente;

04 – Vista-se de olhos fechados;

05 – Estimule o paladar, coma coisas diferentes;

06 – Veja fotos de cabeça para baixo e tente observar cada detalhes que antes lhe passara despercebido;

07 – Veja as horas num espelho ou troque o relógio do pulso que costuma usar;

08 – Faça um novo caminho para ir ao trabalho ou introduza pequenas mudanças nos seus hábitos cotidianos

09 – Converse com o vizinho que nunca dá bom dia.

10 – Comece a trocar o mouse de lado.

11 – Decore uma palavra nova por dia, de seu idioma ou de outro e tente aos poucos introduzi-la em suas conversas de forma adequada.

12 – Folheie uma revista e procure uma fotografia que lhe chame a atenção. Agora escreva 25 adjetivos que ache que a descrevem e/ou ao tema fotografado.

13 – Ao entrar numa sala onde esteja muita gente, tente determinar quantas pessoas estão do lado esquerdo e do lado direito. Identifique os objetos que decoram a sala, feche os olhos e enumere-os.

14 – Quando for a um restaurante, tente identificar os ingredientes que compõem o prato que escolheu e concentre-se nos sabores mais subtis.

15 – Selecione uma frase de um livro e tente formar uma frase diferente utilizando as mesmas palavras.

16 – Monte um quebra-cabeça e tente encaixar as peças corretas o mais rapidamente que conseguir, cronometrando o tempo. Repita a operação e veja se progrediu.

17 – Experimente memorizar aquilo que precisa comprar no supermercado, em vez de elaborar uma lista.

18 – Ouça as notícias na rádio ou na televisão quando acordar. Durante o dia escreva os pontos principais de que se lembrar.

19 – Ao ler uma palavra, pense em outras cinco que comecem com a mesma letra.

20 – Leia atentamente e reflita sobre o texto.

Pitacos: Para colocar as dicas em prática, se proponha a experimentar situações novas e sentir sua mente sendo desafiada! 

Temos muito potencial, mas acabamos nos limitando ao ficarmos presos nos mesmos hábitos e formas de agir. Permita-se e divirta-se com os desafios para seu cérebro!

Bônus: Atualmente, existem diversos aplicativos que te ajudam a saber como exercitar o cérebro. Veja algumas opções gratuitas:

  • Fit Brain: o aplicativo trabalha a concentração, o pensamento lógico e a memória visual.
  • Quick Brain: esse aplicativo disponibiliza exercícios matemáticos que te ajudarão a trabalhar a memória, a atenção, a concentração e a lógica. Além disso, você aprende a tabuada de forma fácil!
  • MatchUp: o MatchUp é um jogo para você exercitar a sua memória. É possível jogar individualmente ou em dupla.

Cerebroze-se: 10 utilidades do sal úteis no dia-a-dia, Vontade de doce?!?, Para refletir sobre se amar mais, Feliz dia dos namorados, Sexo frequente ajuda a turbinar o cérebro dos idosos, A Meditação e seu cerébro, Prato do dia: Cérebro, Vovô Tech e outras aulas grátis para idosos

O que a saúde bucal tem a ver com a sua qualidade de vida

O conceito de qualidade de vida abrange a saúde física, o estado psicológico, o nível de independência, relações sociais em casa, na escola e no trabalho. A sua relação com o meio ambiente também está inserida nessa concepção. Pitacos e Achados

A qualidade de vida está diretamente associada à auto-estima e ao bem-estar pessoal, mas ela compreende todas as camadas. Ou seja, o conceito está relacionado desde o seu estado emocional até a sua satisfação profissional.

O cuidado com a boca traz a manutenção do bem-estar do indivíduo e até uma melhora da autoestima e relações sociais.

Uma boa higienização e visitas periódicas ao dentista podem evitar gengivites e periodontites, que causam grande desconforto. Esse desconforto pode atrapalhar atividades como a fala e a concentração, impactando na qualidade de vida. 

Uma boca mal higienizada ou alguma alteração estética pode causar uma má impressão externa. Dores e desconfortos na região bucal podem prejudicar a fala e a comunicação com as outras pessoas.

A perda dos dentes, por exemplo, pode ter sérias consequências para a autoestima das pessoas, em qualquer idade. Ao sorrir, o indivíduo pode ficar desconfortável, talvez ouvir piadas dos amigos, e a sua auto estima fica bem abalada. 

Outra alteração causada pela falta de cuidado com a saúde bucal pode ser o mau hálito. Ela é uma condição que aparece devido à uma higienização precária da boca ou por doenças nesta região.

Mesmo no período dos dentes de leite, é importante que a família se atente para a saúde bucal da criança. Uma higienização frequente impede a proliferação da bactéria causadora da cárie. 

A cárie pode causar problemas mais sérios depois do nascimento dos dentes permanentes da criança. É importante falar também que, em alguns casos, a correção ortodôntica dos dentes pode ser feita mais rápido e fácil na infância.

O cuidado com a saúde da boca é importante na terceira idade. Isso porque, nessa fase, é comum o enfraquecimento natural de diversas partes do corpo, o que inclui também os dentes. A partir da devida atenção com a saúde bucal, é possível aumentar muito a qualidade de vida do idoso.

Dessa maneira, não cuidar da saúde bucal pode trazer consequências graves para a autoestima do idoso. Quem tem doenças, como diabetes, precisa de cuidados mais intensos, principalmente na prevenção de gengivites e periodontites. 

O adulto deve ir regularmente ao dentista e manter a higiene bucal em casa. Cuidar da sua boca influencia no modo como você se enxerga, por isso, ao cuidar dela, é possível elevar a sua autoestima. Uma boa pedida, pode ser ter um plano dentário, que aí essa ida ao dentista fica mais fácil!

Lembre-se de ir periodicamente ao dentista e manter a sua saúde bucal em dia! Maria Gabriela Ortiz

Denteze-se: Rir até cair os dentes, 69 com moral da história., 10 sinais de que seu corpo está com falta de vitamina D + Bônus, Abacaxi (Ananas comosus), Vem, quebra meus dentes., População excedente, reprodução social, e o problema da formação de classe, DENTE DE LEÃO, Joaquim

Saudação ao Sol


Enxergue mais: Sugestão de desintoxicação ayurvédica após os excessos.COMENDO RECIFENAARA BEAUTY DRINK!!!Diferença lógica entre Religião e EspiritualidadeINSTANTLY AGELESS ™ Pedal sinalizado, Faça uma Evolução, A Melhor plástica de todas!!!, EMVCarta da Terra, MANJERICÃOBRINCANDO DE LÓGICAPlante uma árvore, Polícia 24 horas, ENSAIO SOBRE A CEGUEIRA HÍDRICA, RESERVE™,  PÁTRIA MADRASTA VIL

Sugestão de desintoxicação ayurvédica após os excessos.

Ayurveda é um sistema tradicional de cura, completo e holístico, praticado na Índia há mais de cinco mil anos, ensina a manter a saúde, equilibrando as energias vitais através da alimentação e de hábitos diários saudáveis, este milenar sistema de saúde encara o indivíduo como um todo – corpo, mente e alma – e considera indispensável analisar a relação do homem com o seu meio.

Orientações para um detox ayurvédico com duração de uma semana. Além de desintoxicar, melhora a energia vital, a digestão, a concentração e fortalece o sistema imunológico.

http://corpo-saude.wmnett.com.br/sucos-naturais-terapia.html

Elimine a ingestão de: produtos industrializados, processados ou enlatados; carnes, leite, ovos, queijos, óleos, manteiga, farinhas refinadas, açúcar.

Tenha todos os sabores nas refeições: doce, salgado, picante, azedo, amargo e adstringente (priorizando os três últimos). Alguns exemplos: doce – arroz (de preferência integral ou basmati) com amêndoas; adstringente e picante – lentilha verde temperada com cúrcuma, cominho e gengibre; doce e adstringente – abóbora refogada com ghee e alho poró; amargo – creme de espinafre; ácido e picante – salada de tomate com rúcula; sobremesa ácida – abacaxi.

Prepare as refeições no máximo quatro horas antes de ingeri-las e não utilize microondas.

Cozinhe os legumes frescos orgânicos com especiarias, grãos integrais e em sopas.

Consuma:

Frutas frescas como maçã, mamão, pêra, romã, toranja, laranja lima, limão, ameixa, pêssegos. Evite banana, abacate, caqui;

Grãos integrais como macarrão e arroz. Lentilha vermelha, lentilha verde, ervilha partida, feijão moyashi também são excelentes.

Brotos, folhas como rúcula, alface, agrião (temperadas com sal e limão).

Legumes cozidos como abobrinha, abóbora, chuchu, inhame, beterraba, cenoura, espinafre, bertalha.

Use especiarias para estimular o Agni como gengibre, cúrcuma, hortelã, coentro, cominho, cravo, canela.

Beba chás mornos.

Não ingira nada gelado.

Coma a cada 3 horas.

Para orientações mais específicas para cada pessoa e condição de saúde, procure um terapeuta ayurvédico experiente.

Veja também: Todos querem ser felizes!, Suco de limão e Bicarbonato, Sucos caseiros cheios de saúde., Chás que Ajudam a Emagrecer, Ingenue, Suco de limão e Bicarbonato