Análise m(m.n)

análise combinatória é a parte da Matemática que estuda métodos e técnicas que permitem resolver problemas relacionados com contagem.

Muito utilizada nos estudos sobre probabilidade, ela faz análise das possibilidades e das combinações possíveis entre um conjunto de elementos.

Diagrama de possibilidades

Uma lanchonete vende uma promoção de lanche a um preço único. No lanche, estão incluídos um sanduíche, uma bebida e uma sobremesa. São oferecidos três opções de sanduíches: hambúrguer especial, sanduíche vegetariano e cachorro-quente completo. Como opção de bebida pode-se escolher 2 tipos: suco de maçã ou guaraná. Para a sobremesa, existem quatro opções: cupcake de cereja, cupcake de chocolate, cupcake de morango e cupcake de baunilha. Considerando todas as opções oferecidas, de quantas maneiras um cliente pode escolher o seu lanche?

Podemos começar a resolução do problema apresentado, construindo uma árvore de possibilidades, conforme ilustrado acima. Total de possibilidades: 3.2.4 = 24

Aliás, ao contrário do que grande parcela do mundo considera, a Matemática tem como um papel fundamental instigar a mente a pensar e desenvolver diversas áreas do cérebro, aperfeiçoando nossa visão espacial e psicológica do mundo, das pessoas e do meio em que vivemos. João Baldi Jr.

A Análise Combinatória estuda os critérios para a representação da quantidade de possibilidades de um agrupamento sem a necessidade de desenvolvê-los.

O que é Análise Combinatória?

O princípio fundamental da contagem é um postulado que norteia os estudos em análise combinatória. Esse princípio diz que, se um processo possui etapas que não se influenciam entre si (independentes) e que funcionam de forma sucessiva, as chances de cada etapa acontecer devem ser multiplicadas entre si, de forma que, se a primeira etapa possuir possibilidades e a segunda etapa possuir possibilidades yo número total das diferentes formas do processo acontecer será dado pelo produto (x).(y). Mercado Bom Sucesso

O princípio fundamental da contagem, descrito acima, é capaz de resolver a grande maioria dos problemas ou situações relacionadas às análises combinatórias. Em alguns momentos, a resolução por esse método se torna muito trabalhosa, pois consiste na multiplicação de todos os fatores em questão, são três tipos de análise combinatória: Arranjo, combinação e permutação, é usada, na maioria dessas técnicas, uma ferramenta matemática que tem o objetivo de simplificar as expressões. Essa ferramenta é o fatorial.

análise combinatória

A matemática é uma área do conhecimento conhecida por ser bastante exata e com pouco espaço para interpretação. Diante disso, é necessário saber o que fazer, como fazer e quando fazer.

O assunto ganhou notoriedade após a publicação de “Análise Combinatória” por Percy Alexander MacMahon em 1915. Um dos destacados combinatorialista dos últimos tempos foi Gian-Carlo Rota, que ajudou a formalizar o assunto a partir da década de 1960. O engenhoso Gian-Carlo Rota trabalhou principalmente em problemas extremos. O estudo de como contar os objetos é algumas vezes considerado separadamente como um campo da enumeração. pensematemática

Nossa mente funciona melhor se tivermos uma rotina de estudos bem definidas.

(x).(y)+ze: A EVOLUÇÃO DOS ROBÔS.JEUNESSE, VERDADE OU MENTIRA?, Redistribuição de rendaJeunesse, Verdade Ou Mentira?Jeunesse, Verdade Ou Mentira?MANUAL PARA A VIDAMotivos para aprender sobre fotografiaParatudo do lar