Flóra Borsi

Talentosíssima, a artista húngara Flóra Borsi gosta de trabalhar imagens sob a perspectiva do uma vez que transforma belíssimas fotografias em arte digital. Montagens cheias de estilo e atitude são sua marca registrada. E desta mesclou cores, rostos e animais para montar um ensaio para lá de incrível!

Animeyed“ é o nome da série de retratos criados a partir de expressões corporais, maquiagem e um toque de visual digital. “Eu toco no misterioso, revelando ou os olhos ou o rosto, deixando apenas a forma feminina”, diz ela ao site My Modern Met.

Se encante você também. Vivimetaliun

flora-borsi6
flora-borsi5
flora-borsi4
flora-borsi3
flora-borsi2
flora-borsi1
Portrait of the beautiful blonde woman with flying long hair. She is with naked shoulders in studio .

Todas as imagens © Flóra Borsi

Olhoze-se: Árvore mágica e suas 40 faces, Motivos para aprender sobre fotografia, Exposição fotográfica com síndrome de Down, 11 fotos de gatos que traduzem perfeitamente sua relação com dinheiro., Mosquitos vinhos na foto, Vovô Tech e outras aulas grátis para idosos, TJILI, 80 atividades para crianças: simples, divertidas, de baixo custo e todas dentro de casa

Boitatá

O “fogo que corre”, o boitatá, no folclore brasileiro, é uma grande cobra de fogo. Este bicho imaginário foi citado pela primeira vez em 1560, num texto do padre jesuíta José de Anchieta. Na língua indígena tupi, “mboi” significa cobra e “tata” fogo. SuaPesquisa.Com

A Boitatá é uma colossal cobra de fogo. O mito tem diversas representações por todo o Brasil e iremos apresentá-lo como a grande criatura nacional capaz de fazer frente até mesmo aos dragões de outras nações. Em sua história, a Boitatá tem a sua primeira aparição no grande dilúvio. Ramon Santos – Acentauric

“Há também outros (fantasmas), máxime nas praias, que vivem a maior parte do tempo junto ao mar e dos rios, e são chamados de Baetatá (Boitatá), que quer dizer “coisa de fogo”, que é o mesmo como se se dissesse “o que é todo fogo”. Não se vê outra coisa senão um facho cintilante correndo para ali; acomete rapidamente os índios e mata-os, como os curupiras: o que seja isso, ainda não se sabe com certeza.” – Joseph de Anchieta – Carta de São Vicente.

O fogo-fátuo (ignis fatuus em latim), também chamado de fogo tolo ou, no interior do Brasil, fogo corredor ou joão-galafoice, é uma luz azulada que pode ser avistada em cemitérios, pântanos, brejos, etc. É a inflamação espontânea do gás dos pântanos (metano), resultante da decomposição de seres vivos: plantas e animais típicos do ambiente. RobNunes

Enxergue mais: HUNGUHALLOWEEN SACI!LUMINESCE™ CELLULAR REJUVENATION SERUMHALLOWEEN SACI!SANTO PADRE JOSÉ DE ANCHIETAVIDACELL®CURUPIRANAARA BEAUTY DRINK!!!HINO NACIONAL EM DIALETO TICUNACOMENDO RECIFEJEUNESSE, VERDADE OU MENTIRA?10 MITOS QUE EXISTIRAM NO MUNDO REALEMVBONECOS FAMOSOS